Você está na página 1de 1

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE PONTE DE LIMA – 403039

Turma EFA 2

Ano lectivo 2010/2011

Área de Competência: Curso EFA Unidade de Competência 6


Cidadania e Profissionalidade Educação e Formação de Adultos Núcleo Gerador:
Nível Secundário - Turma 2 Saberes Fundamentais
Abertura Moral
Actividades: Formador:
Elaboração de um texto/debate Alzira Fernandes DR4:Mediação intercultural

Formando: Leonardo Alves

Mediação Intercultural

Acreditar num mundo mais tolerante, para mim é acreditar na pluralidade cultural.
Sinto que respeitar os diferentes grupos e culturas que compõem o mosaico étnico mundial, incentivando
o convívio dos diversos grupos e fazer dessa característica um factor de enriquecimento cultural. Propor
com a pluralidade cultural é respeitar as diferenças, enriquecer-se com elas e, ao mesmo tempo, valorizar
a própria identidade cultural e regional. Também lutar por um mundo em que o respeito às diferenças seja
a base de uma visão de mundo cada vez mais rica para todos nós.

Todo o ser humano cria modos de viver colectivamente, de organizar sua vida política, de se relacionar
com o meio ambiente, de trabalhar, distribuir e trocar as riquezas que produzem. Mais ainda, todos os
povos desenvolveram linguagens, manifestações artísticas e religiosas, mitologias, valores morais,
vestuários e moradias. Assim, a pluralidade cultural indica, antes de tudo, um acumulo de experiências
humanas que é património de todos nós, pois pode enriquecer nossa vida ao nos ensinar diferentes
maneiras de existir socialmente e de criar o futuro.

Dentro da Pluralidade Cultural abrimos espaço para estudar sobre preconceito, racismo, o índio,
imigração, as diversas religiões, como o judaísmo, o catolicismo, os protestantes, e o islamismo.

Página 1 de 1