Você está na página 1de 71

CARTILHA DE OBRAS

GUIA DE ORIENTAÇÃO AOS PROFISSIONAIS DA


CONSTRUÇÃO CIVIL

Secretaria Municipal de Planejamento Urbano


Divisão de Fiscalização de Obras e Posturas

Virgínio Henrique Vieira Reis – Secretário Municipal de


Planejamento Urbano

Gisele de Oliveira Souza – Diretora de Fiscalização de Obras e


Posturas

Elaboração: Marciel Montalvane Barbosa – Fiscal de Obras e Posturas

Colaboração:

Ednei Rafael Barbosa – Engenheiro Civil

Bárbara Cristina Facirolli – Engenheira Civil

Camila Eduarda Cardoso – Engenheira Civil

Franca
2017
Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Índice
1. Introdução ........................................................................................................ 06

2. Legislação ........................................................................................................ 07

3. Documentação ................................................................................................. 08

4. O projeto .......................................................................................................... 09

5. Projeto de Construção/Ampliação Residencial................................................. 15

5.1. Descrição ............................................................................................. 15

5.2. Documentação ..................................................................................... 15

5.3. Anexos ................................................................................................ 16

5.3.1. Requerimento ................................................................................. 16

5.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 17

5.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 18

6. Projeto de Regularização Residencial ............................................................. 19

6.1. Descrição ............................................................................................. 19

6.2. Documentação ..................................................................................... 19

6.3. Anexos ................................................................................................. 20

6.3.1. Requerimento ................................................................................. 20

6.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 21

6.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 22

7. Projeto de Construção/Ampliação Comercial .................................................. 23

7.1. Descrição ............................................................................................. 23

7.2. Documentação ..................................................................................... 23

7.3. Anexos ................................................................................................. 24

7.3.1. Requerimento ................................................................................. 24

7.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 25

7.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 26

8. Projeto de Regularização Comercial ............................................................... 27

Cartilha de Obras – pág. 2


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

8.1. Descrição ............................................................................................. 27

8.2. Documentação ..................................................................................... 27

8.3. Anexos ................................................................................................. 28

8.3.1. Requerimento ................................................................................. 28

8.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 29

8.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 30

9. Projeto de Construção/Ampliação Industrial .................................................... 31

9.1. Descrição ............................................................................................. 31

9.2. Documentação ..................................................................................... 31

9.3. Anexos ................................................................................................. 32

9.3.1. Requerimento ................................................................................. 32

9.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 33

9.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 34

10. Projeto de Regularização Industrial ................................................................. 35

10.1. Descrição ............................................................................................. 35

10.2. Documentação ..................................................................................... 35

10.3. Anexos ................................................................................................. 36

10.3.1. Requerimento ................................................................................. 36

10.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 37

10.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico .................................................... 38

11. Projeto Residencial Multifamiliar ...................................................................... 39

11.1. Descrição ............................................................................................. 39

11.2. Documentação ..................................................................................... 39

11.3. Anexos ................................................................................................. 40

11.3.1. Requerimento ................................................................................. 40

11.3.2. Memorial Descritivo ........................................................................ 41

11.3.3. Modelos de Quadro de Áreas ........................................................ 42

Cartilha de Obras – pág. 3


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

12. Transformação de Uso .................................................................................... 43

12.1. Descrição ............................................................................................. 43

13. Substituição de Projetos .................................................................................. 44

13.1. Descrição ............................................................................................. 44

13.2. Documentação ..................................................................................... 44

14. Cancelamento de Projeto ................................................................................ 45

14.1. Descrição ............................................................................................. 45

15. Alvará de Demolição ........................................................................................ 45

15.1. Descrição ............................................................................................. 45

15.2. Documentação ..................................................................................... 45

16. Desmembramento, Desdobro e Unificação de Lotes ...................................... 46

16.1. Descrição ............................................................................................. 46

16.2. Documentação ..................................................................................... 46

17. Modificação de Projeto .................................................................................... 47

18. Documentação Cadastral/Procuração ............................................................ 48

19. Projetos Complementares ............................................................................... 50

20. Projeto do Corpo de Bombeiros ...................................................................... 50

21. Projeto de Acessibilidade ................................................................................ 50

22. Especificações Gerais ..................................................................................... 54

22.1. Área Construída ................................................................................... 54

22.2. Área Existente ...................................................................................... 54

22.3. Área de Iluminação e Ventilação ......................................................... 57

22.4. ART/RRT ............................................................................................. 57

22.5. Cores do Projeto .................................................................................. 57

22.6. Numeração Predial .............................................................................. 57

22.7. Piscina ................................................................................................. 57

22.8. Taxa de Ocupação .............................................................................. 58

Cartilha de Obras – pág. 4


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22.9. Recuos ................................................................................................ 58

22.10. Selo Padrão ......................................................................................... 64

22.11. Projeto Padrão ..................................................................................... 65

23. Execução da Obra ........................................................................................... 66

23.1. Precauções na Execução dos Serviços ............................................... 66

23.2. Placa do Profissional ........................................................................... 66

23.3. Licença para Edificar ........................................................................... 66

23.4. Muro de Arrimo/Sustentação ............................................................... 66

23.5. Tapumes .............................................................................................. 67

23.6. Argamassa no Logradouro Público ...................................................... 67

23.7. Tela Protetora ...................................................................................... 67

23.8. Passeio Público ................................................................................... 68

23.9. Lixeira ................................................................................................. 68

24. Conclusão da Obra ......................................................................................... 68

24.1. Limpeza da Obra ................................................................................. 68

24.2. Habite-se/Carta de Ocupação ............................................................. 69

24.2.1. Definição ........................................................................................ 69

24.2.2. Documentação ............................................................................... 69

24.3. Certidão de Área Construída ............................................................... 70

24.3.1. Definição ........................................................................................ 70

24.3.2. Documentação ............................................................................... 70

25. Responsabilidades e Penalidades ................................................................... 70

Cartilha de Obras – pág. 5


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

1. INTRODUÇÃO

A Prefeitura de Franca, através da Secretaria Municipal de Planejamento


Urbano, elaborou esta Cartilha de Obras, visando à modernidade
administrativa, em atendimento ao disposto no art. 52 do Plano Diretor do
Município, com o objetivo de orientar os profissionais diretamente envolvidos
na aprovação de projetos de construções civis.

Assim, esta se torna uma ferramenta útil para engenheiros, arquitetos,


técnicos em edificações, além de estudantes, proprietários de imóveis e demais
interessados, na medida em que traz, de maneira clara e objetiva, a
documentação exigida para a aprovação, os principais tipos de projetos e os
parâmetros legais mais relevantes.

Desta forma, espera-se que os profissionais consigam realizar seu


trabalho de forma mais ágil e com menor incidência de erros, para que a
aprovação de projetos ocorra no menor prazo possível.

Lembramos que esta cartilha não exaure todos os tópicos relativos à


aprovação de projetos no Município de Franca, pois não é seu objetivo
substituir a legislação vigente, mas apenas servir como instrumento de
orientação aos interessados. Assim, os profissionais devem estar cientes a
respeito das normas técnicas e legais relativas ao tema.

Por fim, esclarecemos que a presente Cartilha poderá ser atualizada


periodicamente, de forma a refletir as alterações da legislação e/ou de
procedimentos relativos à aprovação de projetos em nosso Município.

Cartilha de Obras – pág. 6


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

2. LEGISLAÇÃO

A atividade de construção civil deve seguir determinadas normas


técnicas, administrativas e jurídicas, de âmbito federal, estadual e municipal, as
quais são destinadas a regular a forma e determinar os parâmetros a serem
observados por esta relevante área do conhecimento humano.

Para a elaboração de projetos dentro das especificações da Prefeitura


Municipal de Franca, deve ser observada a seguinte legislação:

- Estatuto da Cidade – Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001.

- Lei de Acessibilidade (Estatuto da Pessoa com Deficiência) – Lei nº 13.146,


de 06 de julho de 2015.

- Plano Diretor do Município de Franca – Lei Complementar nº 50, de 17 de


janeiro de 2003.

- Código de Edificações do Município de Franca – Lei 1.647/68.

- Código de Meio Ambiente do Município de Franca – Lei Complementar nº


09, de 26 de novembro de 1996.

- Lei de Parcelamento e Uso do Solo – Lei 137/08.

- Código de Posturas do Município de Franca – Lei 2.047/72.

- Lei Complementar nº 266, de 26 de abril de 2016.

- Código de Ética Profissional.

- Normas Técnicas da ABNT, notadamente as seguintes:

- NBR 9050/2015 e NBR 16537/2016 (Acessibilidade a edificações, mobiliário,


espaços e equipamentos urbanos);

- NBR 6492/1994 (Representação de projetos de arquitetura);

Cartilha de Obras – pág. 7


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

3. DOCUMENTAÇÃO

A análise dos pedidos de aprovação de projetos será formalizada em


processo administrativo requerido pelo interessado e assinado por profissional
devidamente habilitado.

O interessado deverá se dirigir ao serviço de protocolo da Prefeitura


Municipal de Franca, localizada à Rua Frederico Moura, 1517, Cidade Nova,
munido dos documentos citados abaixo e dar entrada ao respectivo processo.

Em geral, a documentação necessária é a especificada abaixo. Porém, é


importante consultar, neste guia, a sessão referente a cada tipo de projeto.

Projeto de Construção/Ampliação Residencial, Comercial e Industrial

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)

 Memorial descritivo da construção (2 vias)

 Projeto arquitetônico (2 vias)

 Projetos complementares, quando a construção for superior a 200 m² ou


2 pavimentos, independente da área a ser construída (2 vias)

 Cópia do projeto de construção existente, se houver (1 via)

 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do imóvel


para atualizações cadastrais (1 via)

 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias, fornecida


pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a existência de
restrições (1 via)

 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad 2009

 Guia paga da taxa de fiscalização de projeto (1 via)

 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)

 ART/RRT de demolição se houver (1 vias)

 Cópia do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) quando for


comércio, indústria ou edifício

Cartilha de Obras – pág. 8


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

4. O PROJETO

Desenhos que compõem o projeto: NBR 6492/1994

- Planta baixa
- Planta de Cobertura/Implantação
- Cortes
- Fachadas
- Planta de Situação
- Planta de Localização
- Quadro de Áreas
- Quadro de Iluminação de Ventilação

Carimbo (Selo):

a) identificação da empresa e do profissional responsável pelo projeto (citar se


é Engenheiro, Arquiteto ou Técnico em Edificações);

b) identificação do cliente, nome do projeto ou do empreendimento;

c) título do desenho; (Regularização, Substituição, Construção, Ampliação,


Comercial ou Residencial);

d) endereço da obra: indicação de lote e quadra, conforme matrícula;

e) escalas;

f) data;

g) autoria do desenho e do projeto;

h) situação com nomes das ruas e vielas;

i) área existente: aquela que possuir projeto aprovado neste município;

j) indicar a distância do lote até a esquina mais próxima;

l) carimbo do Corpo de Bombeiros, quando for comércio, indústria ou prédio


multifamiliar

Cartilha de Obras – pág. 9


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Escala: Código de edificações (Lei n°1647, de 02/09/1968)

Igual ou superior a 1/100 na representação da edificação.

Tipos de folha e dobramento de cópias de desenho: NBR 10068

Devem ser utilizados os formatos de papel da série A, conforme NBR 10068,


formato A0 como máximo e A4 como mínimo, para evitar problemas de
manuseio e arquivamento.

Cartilha de Obras – pág. 10


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Larguras de Linhas e Escrita: NBR 8403 e NBR 8402

Seguir a NBR 8403 (Aplicação de linhas em desenhos - tipos de linhas -


larguras das linhas) e NBR 8402 (Execução de caracter para escrita em
desenho técnico).

Cartilha de Obras – pág. 11


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Atenção:

Seguem abaixo itens essenciais para análise:

 Diferenciação nas espessuras de penas (paredes e esquadrias)

 Nomenclaturas de todos os ambientes

 Áreas (área de iluminação e ventilação natural)

 Cotas externas e internas, (cotar recuos e área de iluminação)

 Indicar os níveis

 Projeções de beirais

Para Prédios Multifamiliares:

 Cotar todas as vagas de garagem (medida mínima de 2,30 x 4,50m)


LEI COMPLEMENTAR Nº 266, DE 26 DE ABRIL DE 2016.

 Cotar patamar da escada (1,20 x 1,20m)

 Citar no selo “Submetido à Lei Federal n°4591/64”

 Citar o nome do condomínio

 Lotes confrontantes na planta

 Apresentar o quadro de áreas complementar, indicando cada


apartamento com sua respectiva área, área privativa e área comum.

Cartilha de Obras – pág. 12


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

DICAS:

 A obra só poderá ser iniciada após a aprovação final do projeto e


obtenção do Alvará de Execução.

 Os documentos obtidos na aprovação do projeto deverão ser retirados e


guardados pelo interessado, pois serão necessários para obtenção do
Habite-se e/ou Carta de Ocupação.

 O projeto aprovado deverá ser executado no local sem nenhuma


alteração.

 Alterações e ampliações deverão ser aprovadas antes da execução,


repetindo o procedimento desde o início.

 A construção deverá estar igual ao projeto apresentado à prefeitura


(recuos, disposição interna e área).

 Não poderá existir saliência ou desnível, em hipótese alguma, no


passeio público, inclusive nas divisas com os vizinhos.

 O passeio público não poderá ter rampa acentuada (inclinação máxima


3%).

 As águas pluviais não poderão ser jogadas diretamente no passeio


público,devendo ser embutidas e canalizadas na calçada até ao meio
fio.

 Interessado deverá manter o imóvel disponível para vistoria (inclusive


interna), após ter requerido a regularização.

 Interessado deverá requerer o habite-se somente quando o imóvel


estiver concluído.

Cartilha de Obras – pág. 13


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

ATENÇÃO
Lei 1647/68 – Código de Edificações do Município:

Art. 3º - Nenhuma edificação poderá ter a sua construção iniciada sem


aprovação de projeto arquitetônico e o respectivo alvará, sem licença para
edificar e sem alvará de alinhamento e nivelamento, por parte do órgão
competente da Prefeitura.

§1º - A obrigatoriedade de aprovação de projeto arquitetônico e de concessão


de licença pela Prefeitura é extensiva às reformas, reconstruções parciais e
acréscimos de edificações.

§2º - Incluem-se nas exigências da licença prévia da Prefeitura a execução de


demolições.

Conforme se observa da leitura do art. 3º do Código de Edificações, nenhuma


construção, reforma, reconstrução, ampliação ou demolição, poderá ser
iniciada antes de o projeto ser aprovado pelo órgão competente da Prefeitura,
ou seja, pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano.

Qualquer construção, reforma,


reconstrução, ampliação ou demolição,
não poderá ser iniciada antes de o projeto
ser aprovado pela Prefeitura.

Portanto, mesmo que o projeto já tenha sido protocolado na Prefeitura, a obra


não pode ser iniciada, pois caso isso ocorra, tanto o proprietário do imóvel
quanto o responsável técnico estarão sujeitos a multas e demais penalidades
previstas na legislação, como por exemplo, embargo da obra, demolição,
advertência, suspensão, etc. O início da obra é autorizado somente após a
aprovação do projeto, com a expedição do respectivo alvará de construção.

Atenção: projeto protocolado na Prefeitura


não é sinônimo de projeto aprovado.
Portanto, antes da aprovação, a obra não
pode ser iniciada!

Cartilha de Obras – pág. 14


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

5. PROJETO DE CONSTRUÇÃO/AMPLIAÇÃO RESIDENCIAL

5.1. Descrição

O projeto de construção residencial deve ser usado para construções


novas e independentes de outras que já estejam concluídas, como por
exemplo, a construção de uma residência em um terreno vago ou a construção
de uma edícula em um terreno onde já exista uma construção principal.

Já o projeto de ampliação residencial é usado para os casos em que


se deseja ampliar uma construção residencial já existente, aumentando sua
área construída, como por exemplo, a construção de mais um cômodo ou de
uma garagem. Neste caso, deve-se juntar ao requerimento cópia do(s)
projeto(s) anteriormente aprovado(s).

5.2. Documentação

Projeto de Construção/Ampliação Residencial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projetos complementares, quando a construção for superior a 200
m² ou 2 pavimentos, independente da área a ser construída (2
vias)
 Cópia do projeto da construção existente, se houver (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis, para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 15


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

5.3. Anexos

5.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE CONSTRUÇÃO RESIDENCIAL, em imóvel
localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ - Lote
....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 16


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

5.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE DORMITÓRIOS:

13 – Nº DE BANHEIROS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 17


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

5.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 18


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

6. PROJETO DE REGULARIZAÇÃO RESIDENCIAL

6.1. Descrição

Um projeto de regularização residencial deve ser utilizado quando há


uma edificação que foi construída sem prévia aprovação de projeto pela
Prefeitura Municipal ou quando a construção foi executada em desacordo com
o projeto aprovado. Porém, para que o projeto de regularização possa ser
aprovado pelo órgão competente da Prefeitura, é necessário que a obra
respeite as prescrições do Código de Edificações do Município e da legislação
correlata.

6.2. Documentação

Projeto de Regularização Residencial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Cópia do projeto da construção existente (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 19


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

6.3. Anexos

6.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE REGULARIÇÃO RESIDENCIAL, em imóvel
localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ - Lote
....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 20


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

6.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE DORMITÓRIOS:

13 – Nº DE BANHEIROS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 21


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

6.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 22


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

7. PROJETO DE CONSTRUÇÃO/AMPLIAÇÃO COMERCIAL

7.1. Descrição

O projeto de construção comercial deve ser usado para construções


novas e independentes de outras que já estejam concluídas, como por
exemplo, a construção de um cômodo comercial em um terreno vago ou a
construção de um cômodo comercial em um terreno onde já exista uma
construção, seja ela comercial, residencial ou industrial, desde que o imóvel
esteja localizado em zona urbana de uso misto.

Uma observação importante é com relação à documentação do imóvel,


pois há loteamentos que possuem algumas restrições a certos tipos de
construções em determinados lotes. Portanto, o primeiro passo é observar esta
documentação.

Já o projeto de ampliação comercial é usado para os casos em que se


deseja ampliar uma construção comercial já existente, aumentando sua área
construída. Neste caso, deve-se juntar ao requerimento cópia do(s) projeto(s)
anteriormente aprovado(s).

7.2. Documentação

Projeto de Construção/Ampliação Comercial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projetos complementares (2 vias)
 Projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros (1 via)
 Cópia do projeto da construção existente (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 23


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

7.3. Anexos

7.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE CONSTRUÇÃO COMERCIAL, em imóvel
localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ - Lote
....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 24


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

7.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE SANITÁRIOS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 25


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

7.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 26


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

8. PROJETO DE REGULARIZAÇÃO COMERCIAL

8.1. Descrição

Um projeto de regularização comercial deve ser utilizado quando há


uma edificação comercial que foi construída sem prévia aprovação de projeto
pela Prefeitura Municipal ou quando a construção foi executada em desacordo
com o projeto aprovado. Porém, para que o projeto de regularização possa ser
aprovado pelo órgão competente da Prefeitura, é necessário que a obra
respeite as prescrições do Código de Edificações do Município e da legislação
correlata.

8.2. Documentação

Projeto de Regularização Comercial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros (1 via)
 Cópia do projeto da construção existente (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 27


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

8.3. Anexos

8.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE REGULARIZAÇÃO COMERCIAL, em
imóvel localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ -
Lote ....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 28


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

8.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE SANITÁRIOS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 29


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

8.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 30


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

9. PROJETO DE CONSTRUÇÃO/AMPLIAÇÃO INDUSTRIAL

9.1. Descrição

O projeto de construção industrial deve ser usado para construções


novas e independentes de outras que já estejam concluídas, como por
exemplo, a construção de um barracão industrial em um terreno vago ou a
construção de um novo barracão industrial em um terreno onde já exista uma
construção, desde que o imóvel esteja localizado em zona urbana de uso misto
ou em zona industrial.

Uma observação importante é com relação à documentação do imóvel,


pois há loteamentos que possuem algumas restrições a certos tipos de
construções em determinados lotes. Portanto, o primeiro passo é observar esta
documentação.

Já o projeto de ampliação industrial é usado para os casos em que se


deseja ampliar uma construção industrial já existente, aumentando sua área
construída. Neste caso, deve-se juntar ao requerimento cópia do(s) projeto(s)
anteriormente aprovado(s).

9.2. Documentação

Projeto de Construção Industrial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projetos complementares (2 vias)
 Projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros (1 via)
 Cópia do projeto da construção existente (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 31


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

9.3. Anexos

9.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE CONSTRUÇÃO INDUSTRIAL, em imóvel
localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ - Lote
....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 32


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

9.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE SANITÁRIOS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 33


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

9.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 34


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

10. PROJETO DE REGULARIZAÇÃO INDUSTRIAL

10.1. Descrição

Um projeto de regularização industrial deve ser utilizado quando há


uma edificação industrial que foi construída sem prévia aprovação de projeto
pela Prefeitura Municipal ou quando a construção foi executada em desacordo
com o projeto aprovado. Porém, para que o projeto de regularização possa ser
aprovado pelo órgão competente da Prefeitura, é necessário que a obra
respeite as prescrições do Código de Edificações do Município e da legislação
correlata.

10.2. Documentação

Projeto de Regularização Industrial:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros (1 via)
 Cópia do projeto da construção existente (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias,
fornecida pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a
existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão
2016 ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 35


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

10.3. Anexos

10.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE REGULARIZAÇÃO INDUSTRIAL, em
imóvel localizado à Rua/Av. ................................................... - Quadra ........ -
Lote ....... – Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 36


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

10.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE SANITÁRIOS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 37


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

10.3.3. Modelo de Projeto Arquitetônico

Cartilha de Obras – pág. 38


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

11. PROJETO RESIDENCIAL MULTIFAMILIAR

11.1. Descrição

O projeto de construção residencial multifamiliar é usado para


construções novas, com mais de três unidades residenciais, como por
exemplo, em um edifício de apartamentos ou em um condomínio residencial.

Em um projeto de construção multifamiliar, o quadro de áreas é peça


fundamental, porque nele são especificadas as áreas de cada unidade, as
quais serão utilizadas para cadastramento e registro do imóvel. Portanto, deve-
se dar atenção especial a este item, uma vez que os erros em sua confecção
são comuns, gerando atrasos no prazo de aprovação do projeto.

Além disso, este tipo de projeto deve ser acompanhado do respectivo


EIV – Estudo de Impacto de Vizinhança.

Com a edição da Lei Complementar nº 266, de 26 de abril de 2016, este


estudo, que anteriormente era obrigatório para todos os casos de aprovação de
projeto multifamiliar, tornou-se obrigatório apenas para construção de edifícios
com mais de 3 (três) pavimentos ou com mais de 16 (dezesseis) unidades.

11.2. Documentação

Projeto de Construção/Ampliação Residencial Multifamiliar:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Projeto aprovado pelo Corpo de Bombeiros (1 via)
 Projetos complementares, quando a construção for superior a 200 m² ou 2
pavimentos, independente da área a ser construída (2 vias)
 Cópia do projeto da construção existente, se houver (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do imóvel para
atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias, fornecida pelo
Cartório de Registro de Imóveis para verificar a existência de restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão 2016 ou
anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)
 EIV (para edificações com mais de três pavimentos ou mais de dezesseis
unidades)

Cartilha de Obras – pág. 39


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

11.3. Anexos

11.3.1. Requerimento

EXMO. SR. PREFEITO MUNICIPAL DE FRANCA/SP

....................................................................,
portador do RG n° ................................... e CPF n° ........................., residente
e domiciliado em Franca/SP, à Rua/Av. .............................................................,
vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, requerer a
APROVAÇÃO DE PROJETO DE CONSTRUÇÃO RESIDENCIAL
MULTIFAMILIAR, em imóvel localizado à Rua/Av.
................................................... - Quadra ........ - Lote ....... –
Bairro:..................................., Franca-SP.

Para tanto, juntamos ao processo documentos


necessários para tal aprovação.
Nestes Termos
P. Deferimento

Franca-SP, ..... de ...................... de ............

_________________________________
PROPRIETÁRIO

Cartilha de Obras – pág. 40


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

11.3.2. Memorial Descritivo

MEMORIAL DESCRITIVO

Obra: .................................................................................................................
Local: ................................................................................................................
Lote: ............. Quadra: ........... Bairro: ...................................................
Proprietário:.......................................................................................................
Responsabilidade: ............................................................................................

01 – SERVIÇO PRELIMINAR:

02 – FUNDAÇÕES:

03 – ALVENARIA:

04 – LAJE:

05 – TELHADO:

06 – ESQUADRIAS METÁLICAS:

07 – REBOCO:

08 – INSTALAÇÃO ELETRICA:

09 – INSTALAÇÃO HIDRAULICA:

10 – PISO:

11 – PINTURA:

12 – Nº DE DORMITÓRIOS:

13 – Nº DE BANHEIROS:

FRANCA, ........... de ................................ de .................

_________________________________________
RESPONSÁVEL TÉCNICO
CREA/CAU:.........................................

Cartilha de Obras – pág. 41


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

11.3.3. Modelos de Quadro de Áreas

Apartamentos sem garagem:

ÁREA ÚTIL ÁREA ÁREA TOTAL


APTO (m²) COMUM (m²) (m²)
APTO.
49,44 3,35 52,79
01
TÉRREO
APTO.
49,44 3,35 52,79
02
APTO.
49,44 3,35 52,79
1º 03
ANDAR APTO.
49,44 3,35 52,79
04
APTO.
49,44 3,35 52,79
2º 05
ANDAR APTO.
49,44 3,35 52,79
06
APTO.
49,44 3,35 52,79
3º 07
ANDAR APTO.
49,44 3,35 52,79
08
ÁREA TOTAL (m²) 422,32

Cartilha de Obras – pág. 42


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Apartamentos com garagem:

ÁREA ÚTIL ÁREA COMUM ÁREA DA ÁREA TOTAL


APTO (m²) (m²) GARAGEM (m²) (m²)
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
01
TÉRREO
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
02
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
03
1º ANDAR
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
04
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
05
2º ANDAR
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
06
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
07
3º ANDAR
APTO.
49,44 3,35 15,00 67,79
08
ÁREA TOTAL (m²) 395,52 26,80 120,00 542,32

12. TRANSFORMAÇÃO DE USO

12.1. Descrição
O projeto para transformação de uso é utilizado, como o próprio nome
diz, quando há alteração do uso inicialmente dado à edificação, como por
exemplo, quando um imóvel residencial, ou parte dele, transforma-se em
comercial, ou vice-versa.
Para que se proceda à transformação de uso, faz-se necessário projeto
de substituição e/ou regularização, dependendo do caso, tendo em vista que
de acordo com a legislação que trata da acessibilidade de pessoas com
deficiências, todo imóvel de uso coletivo deve ser adaptado para o uso de
destas pessoas.

Portanto, se um imóvel residencial for transformado em comercial,


industrial, prestador de serviços, etc., deverá haver adaptação para se adequar
às normas de acessibilidade, com sanitários acessíveis, rampas de acesso,
etc.

Cartilha de Obras – pág. 43


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

13. SUBSTITUIÇÃO DE PROJETO

13.1. Descrição

Um projeto deve ser substituído quando a construção sofrer alterações


que lhe modifiquem as características originais, como por exemplo, construção
espelhada, ou em caso de mudança do projeto, como acontece quando se
aprova um projeto para que seja construída uma edícula e o proprietário
resolve construir na parte da frente do terreno, diferentemente do que foi
inicialmente projetado.
Outro exemplo de projeto que deve ser substituído é quando há
mudança de uso – foi aprovada uma construção residencial e o proprietário
decide realizar uma construção comercial. Observe que este caso é diferente
de transformação de uso, uma vez que esta é usada para os casos de
construções já concluídas, às quais, sem sofrer alterações, é dada nova
destinação.
O projeto a ser substituído deve ser mencionado no quadro de áreas,
onde deverá constar seu número de protocolo e sua respectiva área (m²).

13.2. Documentação

Substituição de Projeto:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto arquitetônico (2 vias)
 Cópia do projeto a ser substituído (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias, fornecida
pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a existência de
restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão 2016
ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de execução e de projeto (2 vias)
 ART/RRT de demolição, se houver (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 44


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

14. CANCELAMENTO PROJETO

14.1. Descrição

O cancelamento de projeto deve ser solicitado quando este não for


utilizado ou quando a construção sofrer alterações que descaracterizem o
projeto aprovado, podendo opcionalmente, neste último caso, ser feita sua
substituição. Nestes casos, deverá ser elaborado novo projeto, regularizando-
se a construção existente e/ou projetando-se uma nova construção a ser
executada.

15. ALVARÁ DE DEMOLIÇÃO

15.1. Descrição

Qualquer área que se pretenda demolir ou que já tenha sido demolida


deverá possuir Alvará de Demolição, conforme prescreve o art. 63 do Código
de Edificações do Município. Neste caso, deverá ser requerido o respectivo
alvará, sendo necessária a apresentação de croqui ou projeto que demonstre
claramente a área objeto de demolição.

No projeto a ser aprovado, a área demolida ou a demolir deve ser


indicada na cor amarela, tanto na legenda quanto no projeto arquitetônico,
devendo ser subtraída da soma da área total.

Assim, no quadro de áreas deverão ser discriminadas a área existente, a


área demolida ou a demolir e a área a regularizar, como demonstrado a seguir.

15.2. Documentação

Alvará de Demolição:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Croqui da área a ser demolida (1 via)
 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias, fornecida
pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a existência de
restrições (1 via)
 Guia paga da taxa de demolição (1 via)
 ART/RRT de demolição (1 via)

Cartilha de Obras – pág. 45


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

16. DESMEMBRAMENTO, DESDOBRO E UNIFACAÇÃO DE LOTES

16.1. Descrição

Desmembramento é a divisão de uma gleba de terras em várias partes,


ou em vários lotes. Já o desdobro é a divisão de um lote em duas ou mais
unidades. A unificação, por sua vez, é o oposto do desdobro, ou seja, é a
união de dois ou mais lotes para formar um único lote.

Para se desmembrar ou desdobrar um imóvel é necessário consulta


prévia à Secretaria de Planejamento Urbano de Franca para verificar tal
possibilidade, pois determinados imóveis não são passíveis de
desmembramento ou desdobro, além de sofrerem restrições quanto à
metragem mínima de cada unidade.

16.2. Documentação

Desdobro/Unificação de Lotes:

 Requerimento endereçado ao Sr. Prefeito (1 via)


 Memorial descritivo da construção (2 vias)
 Projeto contendo as situações atual e pretendida, com assinatura(s)
do(s) proprietário(s) e responsável pelo projeto (2 vias)
 Termo de acordo assinado pelo(s) proprietário(s) do imóvel, para
desdobro ou desmembramento do terreno de esquina (1 via)
 Cópia da escritura e/ou contrato em nome do(s) proprietário(s) do
imóvel para atualizações cadastrais (1 via)

 Em casos de desdobro, é necessário que já tenha lavrado a


escritura do imóvel, se quitado junto à Imobiliária, em razão de
exigências relativas a registros, notas públicas e Resolução nº 01
de 02/05/2014.

 Matrícula atualizada do imóvel, expedida a menos de 60 dias, fornecida


pelo Cartório de Registro de Imóveis para verificar a existência de
restrições (1 via)
 CD ou DVD com desenho digitalizado em AutoCad (.dwg) versão 2016
ou anteriores
 Guia paga da taxa de aprovação de projeto (1 via)
 ART/RRT de projeto (2 vias)

Cartilha de Obras – pág. 46


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

17. MODIFICAÇÃO DE PROJETO

O Código de Edificações do Município trata, na Seção IX, das condições


para modificar o projeto arquitetônico aprovado:

Art. 64 - Antes do início da execução da edificação ou durante, será


admissível modificar-se projeto arquitetônico aprovado ou alterar-se o destino
de compartimentos ou as linhas e detalhes das fachadas.

§1º - As modificações ou alterações de que trata o presente artigo


dependem do projeto modificado, bem como da sua aprovação pelo órgão
competente da Prefeitura.

§2º - O projeto modificado deve ser apresentado pelo interessado ao


órgão competente da Prefeitura juntamente com o projeto aprovado e a licença
para edificar.

§3º - A aprovação do projeto modificado constará de apostilas a licença


para edificar, anteriormente fornecida, a qual será devolvida ao interessado
juntamente com as cópias do referido projeto.

Art. 65 - No caso de modificação do projeto arquitetônico e após sua


aprovação pelo órgão competente da Prefeitura, o proprietário ou construtor
responsável fica obrigado a cientificar as repartições públicas competentes e as
concessionárias de serviços, com a devida antecedência, a fim de que as
mesmas possam verificar se a modificação exige alterações nos traçados das
tubulações das instalações e nas disposições dos aparelhos fixos.

Portanto, qualquer alteração de projeto aprovado, como por exemplo a


transferência de nome de proprietário, somente poderá ocorrer antes da
execução da edificação ou durante esta. Após a conclusão das obras, as
alterações de projeto aprovado deverão ser realizadas através de projeto de
substituição, e não com a simples juntada de pranchas no projeto
anteriormente aprovado.

Cartilha de Obras – pág. 47


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

18. DOCUMENTAÇÃO CADASTRAL/PROCURAÇÃO

Com relação à documentação já mencionada em cada tópico específico,


referente a cada tipo de projeto, são necessárias algumas observações a
considerar em casos de titularidade:

 Caso o proprietário tenha adquirido o imóvel através da imobiliária


loteadora, é necessário que os contratos estejam com a anuência
da loteadora até a quitação e escritura do imóvel;

 Caso o proprietário tenha adquirido o imóvel através de terceiros,


apresentar os contratos com todas as sequências das
transferências, com os reconhecimentos de firmas
(vendedor/comprador/cônjuges);

 Caso de Espólio:

o Apresentar certidão de óbito para atualizações cadastrais e;

o Caso o inventário estiver registrado, apresentar a matrícula


atualizada (60 dias);

o Caso houver inventário já concluído e não registrado, juntar


cópia do plano de partilha incluindo a carta de sentença para
atualizações;

o Caso houver inventário aberto, porém em andamento, deverá


apresentar a cópia do despacho judicial que nomeia o
inventariante para que o mesmo possa representar o espólio,
assinando por ele em toda a documentação do processo,
ressaltando que os documentos deverão estar no nome do
espólio e o inventariante deve apenas assinar por ele;

o Caso não houver inventário aberto, apresentar RG e CPF de


todos os herdeiros noticiados na certidão de óbito, inclusive
cônjuge se houver, e toda a documentação deverá estar em nome
dos herdeiros e demais proprietários se houver, e assinada por
todos;

 Se houver vários proprietários, pode ser apresentada procuração


nomeando um responsável para representá-los junto ao poder
público municipal para facilitar as diversas assinaturas do
processo;

Cartilha de Obras – pág. 48


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

 Para qualquer atualização, é necessário apresentar endereço de


correspondência válido, ou seja, cadastrado na base imobiliária
do Município (mesmo que tenha na conta de energia e água).

Modelo de procuração:

PROCURAÇÃO

(Contribuinte), pessoa física, inscrita no CPF/MF nº xxx.xxx.xxx-xx,


residente e domiciliado nesta cidade de Franca/SP, na Rua/Av.
.................................... n.º. xxxx, pelo presente instrumento particular
nomeia e constitui como seu(sua) procurador(a) o Sr(a). (nome do
procurador), brasileiro(a), solteiro(a), portador(a) do RG nº xx.xxx.xxxx -
SSP/SP e devidamente inscrito(a) no CPF/MF nº xxx.xxx.xxx-xx,
residente e domiciliado(a) nesta cidade de Franca, à Rua/Av.
................................., nº xxxx, (bairro), CEP xx.xxx-xx, conferindo-lhe
poderes para representação processual, junto à Prefeitura Municipal de
Franca, podendo se valer de todos os meios e recursos legais.

Franca, (dia) de (mês) de (ano).

________________________________________

(NOME DO CONTRIBUINTE)

Cartilha de Obras – pág. 49


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

19. PROJETOS COMPLEMENTARES

Exigidos pela Prefeitura em projetos de construções e/ou regularizações


residenciais com área superior a 200,00 m² (duzentos metros quadrados) ou
dois pavimentos, independentemente da área a ser construída, e ainda em
projetos de construções e/ou regularizações comerciais e industriais.

São considerados projetos complementares os seguintes:

- Projeto Estrutural;

- Projeto de Instalações Hidráulicas;

- Projeto de Instalações Elétricas;

- Demais projetos solicitados pela Prefeitura.

20. PROJETO DO CORPO DE BOMBEIROS

É exigido em projetos de aprovação e/ou regularização comercial ou


industrial, assim como em projetos de construções residenciais multifamiliares.

Deverá ser elaborado de acordo com a legislação específica e as


normas técnicas do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São
Paulo, que fará sua análise e aprovação.

21. PROJETO DE ACESSIBILIDADE

A acessibilidade é um tema de extrema importância e que requer especial


atenção por parte dos profissionais envolvidos na atividade edilícia. Assim, as
edificações devem ser projetadas com observância das normas técnicas e da
legislação correlata, para que seu uso se torne acessível a qualquer pessoa.

A seguir, trataremos dos sanitários das edificações, por serem um item


que causa muitas dúvidas na hora de projetar. Porém, advertimos que este é
apenas um dos vários aspectos que a legislação traz como obrigatórios e que
devem ser seguidos pelos profissionais na atividade de construção.

Cartilha de Obras – pág. 50


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Em edificações novas: todos os sanitários acessíveis deverão possuir


dimensão mínima de 1,50 m (largura) x 1,70 m (profundidade), porta com 0,80
m de vão livre e área de manobra que permita rotação de 180° (1,20 m x 1,50
m) internamente ao box.

Cartilha de Obras – pág. 51


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Em edificações existentes: todos os sanitários acessíveis deverão


possuir dimensão mínima de 1,50 m x 1,50 m, com porta de 1 m de vão livre e
que permite área de manobra para rotação de 180° (1,20 m x 1,50 m)
externamente ao boxe.

O sanitário acessível deverá possuir barras de apoio com material


resistente, fixadas em superfícies rígidas e estáveis com dimensões e alturas
de acordo com desenho abaixo, área de transferência (lateral, diagonal e
perpendicular) e fácil acionamento de descarga.

Fonte: Acessibilidade: Manual de Instruções Técnicas de Acessibilidade para


apoio ao projeto arquitetônico. Publicação da Secretaria Municipal da Pessoa com
Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED)

Cartilha de Obras – pág. 52


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 53


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22. ESPECIFICAÇÕES GERAIS

22.1. Área Construída

Qualquer área coberta destinada ao uso humano, como por exemplo,


varanda, garagem, lavanderia, abrigo, despensa, depósito, entre outros, é
considerada área construída e deve constar no projeto.

22.2. Área Existente

Existente, para fins de aprovação, é aquela área construída que possui


projeto aprovado, independentemente de estar ou não cadastrada na
Prefeitura, ou até mesmo de constar no registro do imóvel (escritura ou
matrícula). Por exemplo, se existe uma construção de 85,00m² em um imóvel,
sendo que 60,00m² possuem projeto aprovado, considera-se como existente
apenas esta área de 60,00m², mesmo que a área total (85,00m²) já esteja
cadastrada na Prefeitura. Neste exemplo, no projeto a ser aprovado devem
constar 60,00m² como existente e 25,00m² a regularizar.

Um caso muito comum é o de construção espelhada, conforme se


observa na figura XX abaixo. Neste caso, mesmo que haja projeto
anteriormente aprovado, deverá ser feita a regularização desta área.
Recomenda-se que, caso não tenha sido expedido habite-se ou carta de
ocupação para este projeto, ele seja substituído. Porém, se já foi expedido
habite-se ou carta de ocupação, esta área deve ser regularizada, mostrando no
projeto a situação anterior e a situação pretendida, conforme figuras abaixo.

Cartilha de Obras – pág. 54


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 55


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Portanto, quando for protocolar um projeto, deverão ser juntados todos


os projetos anteriormente aprovados.

Cartilha de Obras – pág. 56


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22.3. Área de Iluminação e Ventilação

As áreas destinadas à iluminação e ventilação naturais do imóvel devem


possuir a metragem mínima de 6,00m² (seis metros quadrados).

22.4. ART/RRT

ART – Anotação de Responsabilidade Técnica: emitida por Engenheiro Civil


com registro no CREA.

RRT – Registro de Responsabilidade Técnica: emitida por Arquiteto e


Urbanista ou por Técnico em Edificações com registro no CAU.

Todo projeto a ser aprovado deve ser acompanhado de ART/RRT de execução


e de ART/RRT de projeto.

22.5. Cores do Projeto

As cores convencionais serão as seguintes:


a) preta ou azul para as partes a conservar;
b) amarela para as partes a demolir;
c) vermelha para as partes novas ou a renovar.

22.6. Numeração Predial

A numeração predial é fornecida exclusivamente pela Prefeitura, não


devendo o profissional fornecê-la ao proprietário do imóvel antes da aprovação
do projeto. Assim, quando o projeto é aprovado, o órgão competente da
Prefeitura expede o Alvará de Construção e, juntamente, o memorando com a
numeração predial.

22.7. Piscina

As piscinas devem constar no projeto arquitetônico, com suas


dimensões e capacidade, mas não são consideradas como área construída,
não devendo ter suas metragens somadas às demais áreas do projeto. Assim,
elas devem ser demonstradas no projeto, mas não devem constar no quadro
em que são indicadas as metragens das construções.

Cartilha de Obras – pág. 57


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22.8. Taxa de Ocupação

A taxa de ocupação do lote, em quaisquer tipos de construção, deverá


ser no máximo 80% da área do terreno, exceção para as construções em lotes
do Distrito Industrial, cuja taxa de ocupação é de 60%.

Portanto, em todo imóvel deve ser deixada uma área livre, sem
construção, de pelo menos 20% da área do terreno. Por exemplo, em um
terreno de 250,00 m², pelo menos 50,00 m² deverão permanecer livres, além
de respeitar os recuos mínimos obrigatórios.

22.9. Recuos

Código Civil. Art. 1.301. É defeso abrir janelas, ou fazer eirado, terraço
ou varanda, a menos de metro e meio do terreno vizinho.

§ 1º. As janelas cuja visão não incida sobre a linha divisória, bem como
as perpendiculares, não poderão ser abertas a menos de setenta e cinco
centímetros.

§ 2º. As disposições deste artigo não abrangem as aberturas para luz ou


ventilação, não maiores de dez centímetros de largura sobre vinte de
comprimento e construídas a mais de dois metros de altura de cada piso.

Cartilha de Obras – pág. 58


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

A legislação edilícia municipal traz os seguintes recuos mínimos, para os


principais tipos de construções, como demonstrado na tabela abaixo. Nos
casos que não constam na tabela, deve-se consultar a legislação municipal.

Edifício
Residência (mais de 2 Comércio Indústria
pavimentos)
Frente 2m 2m - 5m
Fundo 2m 2m + h/10 2m 3m
Laterais 1,5m 1,5m + h/10 1,5m 2m

Cartilha de Obras – pág. 59


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 60


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 61


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 62


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

Cartilha de Obras – pág. 63


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22.10. Selo Padrão

Cartilha de Obras – pág. 64


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

22.11. Projeto Padrão

Cartilha de Obras – pág. 65


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

23. EXECUÇÃO DA OBRA

23.1. Precauções na Execução dos Serviços

Na execução dos serviços de edificação, o construtor responsável e o


proprietário do imóvel deverão adotar as medidas necessárias à segurança e
proteção dos trabalhadores, do público e das propriedades vizinhas,
observadas as prescrições sobre segurança no trabalho estabelecidas pela
legislação federal pertinente e complementadas pelo Código de Posturas deste
Município.
É obrigatória a adoção de medidas adequadas para que o leito do
passeio e do logradouro, no trecho compreendido pelas obras, seja
permanentemente mantido em perfeito estado de conservação e limpeza.
Em caso de acidentes por falta de precauções ou de segurança,
devidamente apurados pelo órgão competente da Prefeitura, será multado o
construtor responsável, sem prejuízo das penalidades legais.

23.2. Placa do Profissional

A placa de identificação do profissional responsável pela obra deve ser


fixada em local de fácil visualização, devendo permanecer durante todo o
período necessário à conclusão da obra.

23.3. Licença para Edificar

A licença para edificar será válida, para dar início à construção, pelo
prazo de 06 (seis) meses, à exceção da moradia de tipo popular, cujo prazo
será de 05 (cinco) anos.
Se o interessado quiser reiniciar a execução da obra após o fim dos
prazos acima citados, deverá requerer nova licença e pagar nova taxa.
Considera-se iniciada a construção ao ser promovida a execução dos
serviços de locação e de escavações ou aterros e reaterros.

23.4. Muro de Arrimo/Sustentação

Sempre que o nível de qualquer terreno, edificado ou não, for superior


ao nível do logradouro em que o mesmo se situa, a Prefeitura deverá exigir do
proprietário a construção de muros de sustentação ou de revestimento de
terras.

Cartilha de Obras – pág. 66


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

A exigência do presente artigo é extensiva aos casos de necessidade de


construção de muros de arrimo no interior dos terrenos e nas divisas com os
terrenos vizinhos, quando terras ameaçarem desabar, pondo em risco
construções ou benfeitorias porventura existentes no próprio terreno ou nos
terrenos vizinhos.
Os ônus de construção de muros e ou obras de sustentação caberão ao
proprietário onde foram executadas escavações ou quaisquer obras que
tenham modificado as condições de estabilidade anteriormente existente.
Para a construção de muro de arrimo/sustenação, deverá haver
acompanhamento técnico, devendo ser emitido Laudo Estrutural e Anotação de
Responsabilidade Técnica.

23.5. Tapumes

Qualquer edificação a ser construída ou demolida, situada no


alinhamento do logradouro, deverá ser obrigatoriamente protegida por
tapumes, os quais não poderão ocupar mais da metade da largura da calçada,
limitados a 3 (três) metros, ou seja, se a calçada tiver seis metros ou mais de
largura, a faixa ocupada pelos tapumes não poderá ser superior a três metros.

A colocação de tapumes deverá ser feita antes do início dos trabalhos


em terra e estes deverão ser mantidos enquanto perdurarem as obras.

23.6. Argamassa no Logradouro Público

Não é permitida a preparação de reboco, concreto ou argamassas nos


passeios e logradouros. Se não houver espaço dentro do imóvel, deverá ser
providenciada caixa de madeira ou outro tipo de recipiente que permita o
preparo de tais materiais no logradouro, devendo este ser limpo imediatamente
após tal preparo.

23.7. Tela Protetora

O construtor responsável deverá adotar, dentre as medidas capazes de


evitar incômodos à vizinhança, o uso de telas protetoras que impeçam a queda
de detritos nas propriedades vizinhas e meios que diminuam a produção de
poeira ou ruídos excessivos.

Cartilha de Obras – pág. 67


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

23.8. Passeio Público

O passeio público é destinado ao trânsito de pedestres. Portanto, deve


estar livre de qualquer barreira que impeça ou dificulte a passagem de
pedestres, notadamente daqueles com algum tipo de necessidade especial.
Lembrem-se: a calçada deve seguir o nível da rua.
Para a entrada e saída de veículos, não é permitida a construção de
qualquer tipo de rampa sobre a calçada ou na via pública. Neste caso, deve ser
feito o rebaixamento do meio-fio.

23.9. Lixeira

A lixeira é um equipamento urbano primordial em toda edificação,


encontrando previsão na legislação municipal. Assim, ao se projetar uma
construção, deve ser prevista a instalação deste equipamento, pois sua falta
pode se configurar em impedimento para a expedição do respectivo habite-
se e/ou carta de ocupação do imóvel, além de sujeitar os responsáveis às
penalidades previstas na legislação.

24. CONCLUSÃO DA OBRA

24.1. Limpeza da Obra

Imediatamente após a conclusão dos serviços de construção da


edificação, é obrigatória a remoção de todos os materiais, equipamentos,
ferramentas e acessórios, bem como das peças remanescentes e sobras de
materiais, entulhos e demais resíduos.

Uma observação muito importante é quanto a entulhos depositados em


terrenos vagos, o que ocorre com frequência quando da execução da obra.
Lembramos que o depósito e o descarte de materiais e entulhos deverão ser
feitos através de caçambas, as quais deverão ser devidamente recolhidas após
o prazo previsto na legislação, pois se forem constatados entulhos depositados
em terrenos, os responsáveis serão penalizados.

Retirados os tapumes e andaimes, deverão ser feitos, imediatamente,


pelo construtor responsável, os reparos dos estragos acaso verificados nos
passeios e logradouros, sob pena de multa.

Cartilha de Obras – pág. 68


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

24.2. Habite-se/Carta de Ocupação

24.2.1. Definição

Documento expedido pela Prefeitura, atestando que o imóvel está pronto


para ser habitado (ou ocupado) e que foi construído de acordo com o projeto
aprovado, respeitando as exigências estabelecidas pela legislação.

Terminada a construção de qualquer edificação ou de qualquer obra


parcial em edifício existente, resultante de projeto aprovado e de licença para
edificar, deverá ser feito requerimento pelo proprietário ao órgão competente
da Prefeitura de acordo com os seguintes requisitos:

I – Habite-se, no caso de edificação residencial;

II – Carta de Ocupação, no caso de edificação não residencial.

24.2.2. Documentação

Habite-se:

- Cópia do(s) Projeto(s) Aprovado(s).

- Notas Fiscais de Serviço, se houver, relativas à construção; ou

- Declaração de que não possui notas fiscais.

Carta de Ocupação:

- Cópia do(s) Projeto(s) Aprovado(s).

- Notas Fiscais de Serviço, se houver, relativas à construção; ou

- Declaração de que não possui notas fiscais.

- Alvará de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB)

Cartilha de Obras – pág. 69


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

24.3. Certidão de Área Construída

24.3.1. Definição

Documento expedido para certificar a área construída do imóvel, com a


finalidade de ser feito o registro em cartório, principalmente nos casos de
transmissão (compra, venda, doação).

24.3.2. Documentação

Certidão de Área Construída:

- Cópia do(s) projeto(s) aprovado(s), se houver.

- Declaração de que a construção foi concluída de acordo com o projeto


aprovado.

25. RESPONSABILIDADES E PENALIDADES

É de extrema importância que os profissionais observem as normas que


regem as atividades de construção civil, pois são eles os responsáveis por
qualquer irregularidade na execução das obras, respondendo nas esferas
administrativa, civil, penal e trabalhista, pessoalmente ou solidariamente com
os proprietários. Portanto, é seu dever cumprir e fazer cumprir a legislação,
orientando seus clientes e exigindo que a construção seja executada em total
concordância com o projeto aprovado.

Até mesmo quanto às obras clandestinas, assim consideradas aquelas


sem licença, pode responder o profissional, de forma solidária com o
proprietário, desde que seja o responsável pela execução ou assuma a
responsabilidade técnica das obras.

De acordo com o Código de Edificações do Município de Franca,


poderão ser aplicadas as seguintes penalidades ao profissional:
a) advertência;
b) suspensão;

Cartilha de Obras – pág. 70


Prefeitura Municipal de Franca
Secretaria de Planejamento Urbano

c) exclusão do registro dos profissionais legalmente habilitados, existentes na


Prefeitura;
d) cassação da licença para construir a edificação;
e) multa;
f) embargo das obras;
g) demolição, parcial ou total das obras.

Além disso, o Código prevê que a Prefeitura representará ao órgão de


classe (CREA/CAU), contra o profissional que, no exercício de suas atividades,
violar as disposições da legislação edilícia em vigor.

Cartilha de Obras – pág. 71