Você está na página 1de 41

APRESENTAÇÃO

Princípios Fundamentais. Dos Fundamentos da República Federativa do Brasil. Objetivos


Fundamentais. Princípios que regem o Brasil nas suas Relações Internacionais.
Prezado concurseiro (a), seja muito bem-vindo (a) ao Se Joga no INSS. É uma enorme satisfação tê-
lo (a) conosco em mais uma oportunidade. Meu nome é Helder Oliveira e estarei junto com você (s)
neste curso de teoria e questões da disciplina Direito Constitucional para INSS.
O curso terá como base as bancas CESPE, FCC, FGV, ESAF, especialmente a primeira, porque
tradicionalmente promove o certame que iremos prestar. Assim, o curso permite uma preparação
antecipada, mas sem prender o aluno a um estilo específico de questão, facilitando a visão geral da
matéria, sem ficarmos vinculados ao entendimento de uma única banca. É um curso ideal também
para quem estuda Direito Constitucional pela primeira vez, já que teremos questões de bancas
variadas, permitindo ao aluno ampliar seu entendimento em cada assunto.
A preparação do candidato hoje em dia não deve se limitar à simples leitura do material. O nível de
preparação dos concorrentes não permite mais que você seja aprovado em algum certame apenas
livrando a nota de corte. É necessário fazer a diferença naquelas matérias chave.
E, sem dúvida, Direito Constitucional representa um dos diferenciais da prova. Mas não é só isso. O
Direito Constitucional irá acompanhá-lo durante toda a sua carreira. A sua aprovação será apenas
o início. Após a posse, o Direito Constitucional será sua ferramenta de trabalho, como servidor
público.
Nessa linha, buscaremos aqui detalhar todo o conteúdo programático da matéria, numa linguagem
simples e objetiva, sem, contudo, ser superficial.
Nosso curso atenderá tanto aos concurseiros do nível mais básico, ou seja, aqueles que estão
vendo a matéria pela primeira vez, como àqueles mais avançados, que desejam fazer uma revisão
completa e detalhada da matéria. Mas como isso é possível?
Uma das dificuldades que percebo na preparação para concursos é encontrar um material que
possa atender por completo, acompanhando o candidato do nível básico ao avançado.
Diante dessa dificuldade, nosso objetivo é oferecer um curso completo, que atenda aos mais
variados níveis de candidatos, abordando tudo de forma bem detalhada, inclusive com
posicionamentos doutrinários e jurisprudenciais, quando necessários.
Além disso, resolveremos aqui centenas de questões, de tal forma que você ficará bastante afiado
na matéria, ao ponto de chegar à prova com bastante segurança.
Apresentação do professor

Antes de iniciar os comentários sobre o funcionamento do nosso curso, gostaria de fazer


uma breve apresentação pessoal.
Meu nome é Helder Oliveira, sou graduado e mestre em direito pela Universidade Católica
de Pernambuco, além disso, sou especialista em direito constitucional. Ensino a nossa
matéria em cursos de graduação e pós-graduação. Confesso que sou um grande entusiasta
da disciplina, em particular da sua abordagem voltada aos concursos públicos. Por esse
motivo, estamos hoje iniciando um curso que trará para você, caro aluno, os elementos
necessários a fim de que a nossa disciplina seja um diferencial no seu concurso. Contem
fortemente com o meu empenho e apoio.
Feitas as apresentações iniciais, passemos à proposta.

Informações sobre o curso

1. Conteúdo e cronograma das aulas

Aula Assunto Data da Postagem


Constituição da República Federativa do Brasil. Princípios
00 Imediata
fundamentais.
01 Direitos e deveres individuais e coletivos I. 14/05/2018
02 Direitos e deveres individuais e coletivos II. 30/05/2018
03 Direitos sociais. 15/06/2018
04 Direitos de nacionalidade. 29/06/2018
05 Direitos Políticos. Partidos Políticos. 13/07/2018
Administração Pública (artigos de 37 a 41, capítulo VII, Constituição
06 27/07/2018
Federal de 1988 e atualizações)
07 Grande revisão 10/08/2018

2. Metodologia utilizada
A nossa didática será direcionada para o desenvolvimento da teoria intercalado com questões
comentadas à medida que os temas forem sendo apresentados, de modo a unir a teoria e a prática
de prova, fazendo com que você tenha uma visão completa do assunto.
Isso ajuda muito na preparação, já que o estudo somente da teoria pode se tornar cansativo, com
muitos detalhes que acabam por confundir o aluno.
No intuito de facilitar o aprendizado, as questões serão selecionadas de modo que a teoria seja
bem entendida após a sua resolução.
Durante a exposição da teoria, todas as questões apresentadas serão comentadas.
Ou seja, nosso curso será composto de teoria + aproximadamente 300 questões comentadas. Isso
significa que teremos um verdadeiro arsenal de questões, capaz de deixá-lo preparadíssimo para a
prova!

3. Legislação aplicável
Como base do nosso estudo, utilizaremos frequentemente a Constituição Federal. Por isso, é
recomendado que você a tenha sempre que for acompanhar as aulas, de preferência impressos (ou
em PDF), pois podem ser feitas anotações e destaques para consultas posteriores.
Você pode acessá-los e imprimi-los no seguinte link:
Constituição Federal de 1988 www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

4. Abordagem
Estudar Direito Constitucional para qualquer tipo de concurso não pode mais ser restrito à leitura
da Constituição.
As provas evoluíram bastante e exigem do candidato, muitas vezes, entendimentos que não
constam nas leis, mas firmados em discussões judiciais ou defendidos por doutrinadores de escol.
Partindo dessa constatação, se faz necessária uma abordagem completa, que contemple esses
entendimentos. Sendo assim, sempre que o assunto exigir, traremos os posicionamentos dos
tribunais superiores (jurisprudência do STF e do STJ) e entendimentos doutrinários que ilustrem o
tema em discussão.
Ademais, quando estivermos diante de temas mais polêmicos, buscarei explorar qual o
entendimento aceito pelas bancas, para que você não tenha dúvida na hora da prova.

5. Suporte
Por fim, informo que nosso estudo não se limita à apresentação das aulas ao longo do curso. É mais
do que natural que você tenha dúvidas, mas elas não podem permanecer até o dia da prova, não é
mesmo?
Então, estarei sempre à disposição para responder aos seus questionamentos através do fórum de
cada aula.
Todos têm dúvidas! Errar é comum quando se está tentando aprender. O que não pode acontecer é
você guardar sua dúvida ao invés de expor a sua dificuldade.
Conte comigo!
Nada será mais gratificante para mim do que receber uma mensagem trazendo a notícia da sua
aprovação. Vamos juntos até lá!
Assim, dada a importância da nossa matéria e feitas às considerações sobre o nosso curso, vamos
ao que interessa!!!
SUMÁRIO

DEFINIÇÕES INICIAIS........................................................................................................... 09
1. DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS................................................................................... 09
1.1. DOS FUNDAMENTOS DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL................................. 10
1.2. OBJETIVOS FUNDAMENTAIS DA RFB...................................................................... 21
1.3. PRINCÍPIOS QUE REGEM AS RELAÇÕES INTERNACIONAIS....................................... 23
QUESTÕES COMENTADAS EM AULA.................................................................................... 30
GABARITO.......................................................................................................................... 38
LEGISLAÇÃO....................................................................................................................... 39
BIZU................................................................................................................................... 40
DIREITO constitucional

DEFINIÇÕES INICIAIS

1. Dos Princípios Fundamentais

Os princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988 (CF/88) demonstram as


características essenciais do Estado brasileiro.
Desdobrando o raciocínio, falar em princípios fundamentais é compreender que estes são
tratados com bastante importância pelo legislador que fez a CF/88. Já na abertura dela, o
chamado título I (art. 1ª ao 4º) destaca normas jurídicas que são responsáveis pela organização
do Estado brasileiro, bem como o exercício do poder estatal.
No ponto que interessa desse primeiro destaque, percebam que os princípios fundamentais
são categorias de normas jurídicas, isto é, vinculam os órgãos encarregados da produção e
aplicação do direito. São muito mais do que meras diretrizes. Definitivamente, possuem caráter
cogente, portanto atraem a obrigatoriedade do seu cumprimento.

Em prova, o termo princípios fundamentais pode aparecer substituído por princípios


estruturantes, conforme sinônimo escrito pelo professor J. J Canotilho. O professor
português enfatiza que os princípios estruturantes são as normas básicas que sintetizam
aquilo que veremos ao longo da Constituição.

Os Princípios Fundamentais são diferentes dos Princípios Gerais do Direito. Enquanto


aqueles estão positivados na Constituição, estes formam um conjunto teórico de valores
que são aplicáveis a vários ordenamentos.

9
Questão 1: CESPE/Analista de Infraestrutura – MP/2012
Os princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988 (CF) designam as características
mais essenciais do Estado brasileiro.
Comentários
São os princípios fundamentais que mostram a essência do país, sua identidade, seus valores.
Gabarito: Correto.

Questão 2: ESAF/Analista-SUSEP/2010 – Adaptada)


Muito se tem falado acerca dos princípios constitucionais. Sobre tais princípios, é correto
afirmar que:
É correto dizer que há distinção entre os princípios constitucionais fundamentais e os princípios
gerais do direito constitucional.
Comentários
É justamente o que vimos anteriormente. Há essa distinção que não deve ser esquecida para
fins de concursos.
Gabarito: Correto.

1.1. Dos Fundamentos da República Federativa do Brasil


Observamos o art. 1ª que diz ser “A República Federativa do Brasil, formada pela união
indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado democrático
de direito e tem como fundamentos”:
•• Soberania: Tal fundamento pode ser definido como poder supremo, sendo aquele que não
está limitado por nenhum outro na ordem interna; e poder independente, considerando
que no plano internacional, não deve acatar regras que não sejam voluntariamente aceitas,
havendo relação de igualdade com os poderes supremos dos outros povos.
•• Cidadania: Deve ser vista em sentido abrangente, e não apenas jurídico. A cidadania aqui
destacada não se satisfaz apenas com a atribuição formal de direitos políticos ativos e
passivos aos brasileiros que preencham requisitos legais. É necessário que o Poder Público
incentive a atue fazendo com que os indivíduos busquem os seus direitos, promovam
fiscalizações em relação aos atos dos órgãos públicos, cobrando de seus representantes o
cumprimento de promessas eleitorais.
•• Dignidade da pessoa humana: A dignidade da pessoa humana como fundamento da
República Federativa do Brasil consagra nosso Estado como uma organização que foca no
ser humano, sem qualquer outro referencial que desvirtue tal centralização. A dignidade
da pessoa humana assenta-se no reconhecimento de duas posições jurídicas ao indivíduo:

10
(i) apresenta-se como um direito de proteção individual em relação ao Estado, bem como
frente aos demais indivíduos; (ii) constitui dever fundamental de tratamento igualitário dos
próprios semelhantes. Portanto, como corolário, a dignidade da pessoa humana assegura
os direitos individuais, tais como, inviolabilidade do domicílio, direito à cultura, à vida
privada, à honra, à imagem, não sendo possível dizer que o direito coletivo prevalece em
detrimento dos direitos individuais.
•• Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa: É através do trabalho que o indivíduo
garante a sua subsistência e o desenvolvimento da economia do país. Nesse sentido, os
valores sociais da livre iniciativa objetivam destacar a importância do trabalho humano cujo
valor se torna relevante para a sociedade, assim como a liberdade de iniciativa econômica.
Os indivíduos devem compreender que o seu trabalho contribui para o desenvolvimento de
maneira tal que devem receber salários dignos e condições de trabalho para tanto. Some-se
a isso o fato do art. 170 da CF/88 reforçar que "a ordem econômica, fundada na valorização
do trabalho humano e na livre-iniciativa, tem por fim assegurar a todos existência digna,
conforme os ditames da justiça social". Portanto, não basta apenas assegurar que haja a
liberdade de empreender e trabalhar em nosso país é preciso que os trabalhadores sejam
remunerados, ao menos, com o mínimo garantido pela Constituição, além de condições
justas e dignas de trabalho, resguardando, assim, o interesse social.
•• O Pluralismo político: O pluralismo político está intimamente ligado à diversidade. Ao
passo que garante a liberdade de expressão ideológica, resguarda também a postura do
indivíduo que opta por não se manifestar sobre determinados temas. Não há pluralismo
sem respeito às diferenças. Portanto, a nossa sociedade deve reconhecer e garantir a
inclusão das mais variadas correntes de pensamento, no tocante ao processo de formação
da vontade geral. Por último, é importante destacar que o pluralismo político se apresenta
não só como abertura para opções políticas através da expressão de pensamentos, mas
também como a possibilidade de participação em partidos políticos, excluindo discursos de
ódio, não amparados pela liberdade de manifestação do pensamento.
Quanto ao parágrafo único do art. 1ª da CF/88, também chamado de princípio democrático,
a nossa Carta Magna reforça a noção de que inexiste legitimidade democrática se os agentes
políticos não exercerem o seu múnus público de acordo com os interesses da sociedade.
Dentro desse contexto, cumpre relembrar o que Abraham Lincoln disse sobre a democracia ser
o “governo do povo, pelo povo e para o povo”, daí se falar de quem todo o poder emana.
Com isso, o art. 1º da CF/88 permite aprender que em nosso país vigora a chamada democracia
semidireta, ou participativa, onde são conjugados o princípio representativo com os institutos
da democracia direta (plebiscito, referendo, iniciativa popular).
Observem atentamente os próximos itens. É imprescindível para melhor compreender e aplicar
em provas o conhecimento até aqui desenvolvido.
Por fim, vamos tratar melhor do tema em aulas posteriores, mas adiantando, em linhas gerais,
consagrado no art. 2º da CF/88, a separação de poderes (ou de funções) funda-se na ideia de
existência de funções típicas e atípicas no exercício do poder público.
Para essa teoria, teríamos as funções de legislar, julgar e administrar, respectivamente, exercidas
tipicamente pelos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo. Há, ainda, o conhecimento de
que os poderes exercem atipicamente funções atribuídas aos outros poderes.

11
Observamos, por exemplo, que o legislativo julga nos casos de impeachment e administra a
sua estrutura de servidores públicos, remuneração, criação de regimento interno. Além disso,
o próprio judiciário administra a sua estrutura para a prestação de serviços públicos, além de
legislar em certa medida através da expedição das chamadas súmulas vinculantes.
Nesse sentindo, convém destacar que o texto da CF/88 ainda fala da independência e harmonia
desses mesmos poderes no exercício das suas funções.

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união


indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-
se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
I – a soberania;
II – a cidadania;
III – a dignidade da pessoa humana;
IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;
V – o pluralismo político.
Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por
meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta
Constituição.
Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o
Legislativo, o Executivo e o Judiciário.

BIZU!!!
Para memorização dos elementos importantes do art. 1ª da CF/88:
•• Forma de Estado: Federação (FEderação)
•• FOrma de GOverno: Republicana (FO GO na República)
•• SIstema de GOverno: Presidencialismo (SI GO o presidente)
•• REgime de GOverno: Democracia (RE GO democrático)
SO – CI – DI – VA – PLU:
•• SO – soberania
•• CI – cidadania
•• DI – dignidade da pessoa humana
•• VA – valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
•• PLU – pluralismo político (não é partidarismo político)

12
Questão 3: CESPE – AnaTA MDIC/MDIC/2014
Considerando as disposições da CF sobre direitos e garantias fundamentais, direitos e deveres
individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos e partidos
políticos, julgue o item que se segue.
A União, entre cujos fundamentos inclui-se a soberania, é formada pelos Estados, pelos
Municípios e pelo Distrito Federal.
Comentários
O tema será tratado em aulas posteriores, todavia dentre os princípios fundamentais da CF/88,
com bastante ênfase em concurso público, situa-se a forma de Estado chamada Federação.
Nesse sentido, tal forma tem como principal característica a ideia de compartilhamento do
poder político por mais de um governo dentro de determinado território.
A partir da união indissolúvel das coletividades (Estados Federados), temos uma ordem jurídica
através do governo central (União) e vários governos locais (Estados e Municípios) exercendo
de forma descentralizada o poder político com base na Constituição. Observem, portanto, que
na nossa realidade a República Federativa do Brasil – resultado dessa aliança – é soberana para
o direito internacional, enquanto que os estados federados são autônomos.
Com isso, o item apresenta dois erros: (i) A República Federativa do Brasil é, nos termos do art.
1º da CF/88, composta pelos Estados, Municípios e o Distrito Federal, não a União como tentou
fazer crer o examinador; (ii) os entes federados são autônomos, apenas a República Federativa
do Brasil dispõe de soberania.

BIZU!!!
Para não confundir: Forma de Estado: Federação (FEderação)

Gabarito: Errado.

Questão 4: CESPE – AnaTA (CADE)/CADE/2014


Com base nos princípios da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item abaixo.
Os valores sociais da livre iniciativa e a livre iniciativa são princípios da República Federativa do
Brasil; o primeiro é um fundamento, e o segundo, um princípio geral da atividade econômica.

13
Comentários
Conforme dito anteriormente, os valores sociais da livre iniciativa objetivam destacar a
importância do trabalho humano cujo valor se torna relevante para a sociedade, assim como a
liberdade de iniciativa econômica conectado com o valor de produção e desenvolvimento.
Portanto, a assertiva é correta porque reproduz mandamento constitucional sobre o assunto.
Gabarito: Certo.
Questão 5: CESPE – Adm (PF)/PF/2014
No que se refere aos princípios fundamentais e à organização do Estado brasileiro, julgue o
próximo item.
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos estados, municípios e
Distrito Federal (DF), adota a federação como forma de Estado.
Comentários
Muito cuidado com a literalidade do texto da CF/88. Devido à importância da leitura atenta,
reproduzo aqui o art. 1º:
Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união
indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-
se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
I – a soberania;
II – a cidadania;
III – a dignidade da pessoa humana;
IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;
V – o pluralismo político.
Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos
ou diretamente, nos termos desta Constituição.
Gabarito: Certo.
Questão 6: CESPE – Adm (PF)/PF/2014
No que se refere aos princípios fundamentais e à organização do Estado brasileiro, julgue o
próximo item.
O estabelecimento pela CF de que todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de
representantes eleitos ou diretamente, nos seus termos, evidencia a adoção da democracia
semidireta ou participativa.
Comentários
Também chamado de princípio democrático, o parágrafo único do art. 1ª da CF/88 reforça a
noção de que inexiste legitimidade democrática se os agentes políticos não exercerem o seu
múnus público de acordo com os interesses da sociedade. Dentro desse contexto, cumpre
relembrar o que Abraham Lincoln disse sobre a democracia ser o “governo do povo, pelo povo
e para o povo”, daí se falar de quem todo o poder emana.

14
Com isso, o item é correto uma vez que o art. 1º da CF/88 permite extrair tal conhecimento.
Gabarito: Certo.

Questão 7: CESPE – Ass Adm (FUB)/FUB/2015


Julgue o item a seguir, a respeito da Constituição Federal de 1988 (CF) e dos fundamentos da
República Federativa do Brasil.
A livre iniciativa, fundamento da República Federativa do Brasil, possui valor social que
transcende o interesse do empreendedor, merecendo proteção constitucional apenas quando
respeitar e ajudar a desenvolver o trabalho humano. Por isso, não se coaduna com a CF/88
empreitada que deixe de assegurar os direitos sociais dos trabalhadores.
Comentários
Eis aí umas das facetas da livre iniciativa. Não basta apenas assegurar que haja a liberdade de
empreender e trabalhar em nosso país é preciso que os trabalhadores sejam remunerados,
ao menos, com o mínimo garantido pela Constituição, além de condições justas e dignas de
trabalho, resguardando, assim, o interesse social.
Gabarito: Certo.

Questão 8: CESPE – Ass Adm (FUB)/FUB/2015


Julgue o item a seguir, a respeito da Constituição Federal de 1988 (CF) e dos fundamentos da
República Federativa do Brasil.
O pluralismo político, fundamento da República Federativa do Brasil, é pautado pela tolerância
a ideologias diversas, o que exclui discursos de ódio, não amparados pela liberdade de
manifestação do pensamento.
Comentários
A CF/88 destaca o pluralismo político como fundamento da República Federativa do Brasil,
implicando que nossa sociedade deve reconhecer e garantir a inclusão das mais variadas
correntes de pensamento, no tocante ao processo de formação da vontade geral. Por último,
é importante destacar que o pluralismo político se apresenta não só como abertura para
opções políticas através da expressão de pensamentos, mas também como a possibilidade de
participação em partidos políticos, excluindo discursos de ódio, não amparados pela liberdade
de manifestação do pensamento.
Gabarito: Certo.

Questão 9: CESPE – Tec (FUB)/FUB/Ótica/2015


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais da República
Federativa do Brasil, julgue o item a seguir.
O pluralismo político, fundamento da República Federativa do Brasil, apresenta duplo viés:
assegura a liberdade ideológica, incluída a apartidária, e, concomitantemente, impõe a
tolerância às diferenças.

15
Comentários
O pluralismo político está intimamente ligado à diversidade. Ao passo que garante a liberdade
e expressão ideológica, resguarda também a postura do indivíduo que opta por não se
manifestar sobre determinados temas. Não há pluralismo sem respeito às diferenças, razão
pela qual a assertiva ser correta.
Gabarito: Certo.

Questão 10: CESPE – Op Cam TV (FUB)/FUB/2015


Julgue o item seguinte, relativo aos princípios fundamentais da República Federativa do
Brasil.
Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa impedem a intervenção do Estado na ordem
econômica.

Comentários
Ao contrário do proposto na alternativa, o Estado pode e deve intervir quando a atividade
econômica estiver descumprindo a função social que se espera. Observem que vários
dispositivos da CF/88 atestam sobre essa possibilidade, conforme a seguir:
Art. 149. Compete exclusivamente à União instituir contribuições
sociais, de intervenção no domínio econômico e de interesse das
categorias profissionais ou econômicas, como instrumento de sua
atuação nas respectivas áreas, observado o disposto nos arts. 146, III,
e 150, I e III, e sem prejuízo do previsto no art. 195, § 6º, relativamente
às contribuições a que alude o dispositivo.
Art. 173. Ressalvados os casos previstos nesta Constituição, a
exploração direta de atividade econômica pelo Estado só será
permitida quando necessária aos imperativos da segurança nacional
ou a relevante interesse coletivo, conforme definidos em lei.
Art. 174. Como agente normativo e regulador da atividade econômica,
o Estado exercerá, na forma da lei, as funções de fiscalização, incentivo
e planejamento, sendo este determinante para o setor público e
indicativo para o setor privado.
Art. 5º XXIII – a propriedade atenderá a sua função social; XXIV – a
lei estabelecerá o procedimento para desapropriação por necessidade
ou utilidade pública, ou por interesse social, mediante justa e prévia
indenização em dinheiro, ressalvados os casos previstos nesta
Constituição;
XXV – no caso de iminente perigo público, a autoridade competente
poderá usar de propriedade particular, assegurada ao proprietário
indenização ulterior, se houver dano;
Gabarito: Errado.

16
Questão 11: CESPE – Op Cam TV (FUB)/FUB/2015
Julgue o item seguinte, relativo aos princípios fundamentais da República Federativa do
Brasil.
O pluralismo político é princípio fundamental que assegura aos cidadãos até mesmo o
apartidarismo.
Comentários
O pluralismo político é fundamento queridinho dessa banca, mas tenho a certeza de que
vocês não cairão em qualquer assertiva que envolva o tema, acertando todas. Como dito
anteriormente, o pluralismo político, fundamento da República Federativa do Brasil, apresenta
duplo viés: assegura a liberdade ideológica, incluída a apartidária, e impõe a tolerância às
diferenças.
Gabarito: Certo.

Questão 12: CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/"ENAP"/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
Nos termos da nossa CF, todo o poder emana do povo que, por sua vez, o exerce diretamente
ou por meio de representantes eleitos.
Comentários
Cuida-se de questão literal. A assertiva cobra o parágrafo único do art. 1º da CF/88:
Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união
indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-
se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
(...)
Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por
meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta
Constituição.
Gabarito: Certo.

Questão 13: CESPE – AJ (TJ SE)/TJ SE/Administrativa – Judiciária/Direito/2014


Julgue o item a seguir, a respeito da teoria dos direitos fundamentais e dos princípios
fundamentais na Constituição Federal de 1988 (CF).
A dignidade da pessoa humana, princípio fundamental da República Federativa do Brasil,
promove o direito à vida digna em sociedade, em prol do bem comum, fazendo prevalecer o
interesse coletivo em detrimento do direito individual.
Comentários
A dignidade da pessoa humana como fundamento da República Federativa do Brasil consagra
nosso Estado como uma organização que foca no ser humano, sem qualquer outro referencial

17
que desvirtue tal centralização. A dignidade da pessoa humana assenta-se no reconhecimento
de duas posições jurídicas ao indivíduo: (i) apresenta-se como um direito de proteção individual
em relação ao Estado, bem como frente aos demais indivíduos; (ii) constitui dever fundamental
de tratamento igualitário dos próprios semelhantes. Portanto, como corolário, a dignidade da
pessoa humana assegura os direitos individuais, tais como, inviolabilidade do domicílio, direito
à cultura, à vida privada, à honra, à imagem, não sendo possível dizer que o direito coletivo
prevalece em detrimento dos direitos individuais.
Gabarito: Errado.

Questão 14: CESPE – Ag Adm (SUFRAMA)/SUFRAMA/2014


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais, julgue o item a
seguir, considerando que a CF corresponde à Constituição Federal de 1988.
O Poder Executivo federal é exercido pelo presidente da República e tem como um de seus
fundamentos a soberania.
Comentários
Estamos vendo, ao longo da aula, que a soberania faz parte dos fundamentos da República
Federativa do Brasil.
Gabarito: Errado

Questão 15: CESPE – AL (CAM DEP)/CAM DEP/Área I/Consultor Legislativo/2014


Acerca dos direitos e garantias fundamentais e dos princípios constitucionais, julgue o item
subsequente.
A República Federativa do Brasil, constituída como Estado democrático de direito, visa garantir
o pleno exercício dos direitos e garantias fundamentais, incluindo-se, entre seus fundamentos,
a cidadania e a dignidade da pessoa humana.
Comentários
O art. 1º da CF/88 consagra a cidadania e a dignidade da pessoa humana como fundamentos da
República Federativa do Brasil.
Gabarito: Correto.

Questão 16: CESPE – Tec MPU/MPU/Administrativo/2010


A respeito dos princípios fundamentais, das garantias fundamentais e da aplicabilidade das
normas constitucionais, julgue o item a seguir.
A Constituição Federal de 1988 apresenta os chamados princípios fundamentais da República
Federativa do Brasil, que incluem referências a sua forma de Estado, forma de governo e
regime político. Deduz-se do texto constitucional que a República Federativa do Brasil é um
Estado de Direito, o que limita o próprio poder do Estado e garante os direitos fundamentais
dos particulares.

18
Comentários
O conceito de Estado de Direito é, por excelência, ligado à ideia de limitação do poder estatal e
sujeição do governo por meio de leis gerais e abstratas.
Gabarito: Certo.

Questão 17: CESPE – JF TRF5/TRF 5/2006


No que diz respeito à teoria geral do direito constitucional e da hermenêutica constitucional,
julgue o item seguinte.
República e Federação são conceitos relacionados à forma de estado e forma de governo,
respectivamente.

BIZU!!!
Aplicando o bizu...
•• Forma de Estado: Federação (FEderação)
•• FOrma de GOverno: Republicana (FO GO na República)
•• SIstema de GOverno: Presidencialismo (SI GO o presidente)
•• REgime de GOverno: Democracia (RE GO democrático)

Gabarito: Certo.
Questão 18: CESPE – AIE (MPOG)/MPOG/Área I/2012
Com relação aos princípios do direito constitucional, julgue o item a seguir.
São fundamentos da República Federativa do Brasil a soberania, a cidadania, a dignidade da
pessoa humana e a autodeterminação dos povos.
Comentários
Dos itens apresentados pela assertiva, apenas a autodeterminação dos povos não é fundamento
da República Federativa do Brasil.
Gabarito: Errado.

Questão 19: CESPE – TJ TRT17/TRT 17/Administrativa/2009


A respeito dos princípios fundamentais que regem a atuação da República Federativa do
Brasil, julgue o item a seguir.
De acordo com a Constituição Federal de 1988 (CF), todo o poder emana do povo, que o exerce
exclusivamente por meio de representantes eleitos diretamente.

19
Comentários
De acordo com a CF/88, todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes
eleitos ou diretamente.
Gabarito: Errado.

Questão 20: FCC – Analista – TRT- 3ª/2015


São fundamentos constitucionais expressos da República Federativa do Brasil: a
a) soberania; cidadania; dignidade da pessoa humana; monopólio da economia estratégica;
bicameralismo.
b) soberania; cidadania; dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre
iniciativa; pluralismo político.
c) dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; centralismo
político e democrático; defesa da família.
d) cidadania; livre iniciativa; pluricameralismo; defesa da propriedade privada; defesa da
família.
e) dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; monopólio da
economia estratégica; defesa social; defesa do meio ambiente.
Comentários
A alternativa B é a única assertiva que está de acordo com a CF/88.
Gabarito: Alternativa B.

Questão 21: FCC – Téc. Judiciário- TRE-RR/2014


Nos termos da Constituição de 1988, são fundamentos da República Federativa do Brasil,
dentre outros,
a) cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e inafastabilidade da jurisdição.
b) dignidade da pessoa humana, valores sociais do trabalho e função social da propriedade.
c) soberania, igualdade e liberdade.
d) dignidade da pessoa humana, direito à vida e à saúde e fraternidade.
e) soberania, cidadania e pluralismo político.
Comentários
A alternativa E é a única assertiva que está de acordo com a CF/88.
Gabarito: Alternativa E.

Questão 22: CESPE – TJ TJDFT/TJDFT/Administrativa/2015


Com base nas disposições da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue.
Dispositivo de constituição estadual que, para atender ao princípio da eficiência, estabelece
prazo para a prática de atos administrativos pelo governador do estado não ofende a CF.

20
Comentários
Consagrado no art. 2º da CF/88, a separação de poderes (ou de funções) se funda na ideia
de existência de funções típicas e atípicas no exercício do poder público. Para essa teoria,
teríamos as funções de legislar, julgar e administrar, respectivamente, exercidas tipicamente
pelos poderes Legislativo, Judiciário e Executivo. Há, ainda, o conhecimento de que os poderes
exercem atipicamente funções atribuídas aos outros poderes.
Observamos, por exemplo, que o Legislativo julga nos casos de Impeachment e administra a
sua estrutura de servidores públicos, remuneração, criação de regimento interno. Além disso,
o próprio Judiciário administra a sua estrutura para a prestação de serviços públicos, além
de legislar em certa medida através da expedição das chamadas Súmulas Vinculantes. Nesse
sentindo, convém destacar que o texto da CF/88 ainda fala da independência e harmonia desses
mesmos poderes no exercício das suas funções. Portanto, eventual dispositivo de constituição
estadual que estabelece prazo para a prática de atos administrativos pelo governador do
estado ofende a CF.
Gabarito: Errado.

1.2. Objetivos Fundamentais da República Federativa do Brasil


Vejamos o que diz o art. 3º da CF/88:
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do
Brasil:
I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II – garantir o desenvolvimento nacional;
III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades
sociais e regionais;
IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça,
sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
Vê-se que os objetivos fundamentais buscam assegurar a igualdade material entre os
brasileiros, possibilitando iguais oportunidades para alcançar o pleno desenvolvimento de sua
personalidade e dignidade.
Para Bernardo Gonçalves são normas constitucionais que devem ser seguidas constantemente.
Nesses termos, os objetivos fundamentais devem ser alcançados através de medidas jurídicas
e políticas concretas para o cumprimento dos ditames constitucionais neles inseridos1.
Os objetivos fundamentais devem servir de vetor de interpretação para que o legislador
ordinário e o intérprete, em particular às autoridades públicas dos poderes Executivo,
Legislativo, Judiciário e do Ministério Público, orientem-se para a edição de leis ou atos
normativos e suas aplicações.

1 FERNANDES, Bernardo Gonçalves. Curso de Direito Constitucional. Salvador: Juspodivm, 2017. p.


315.

21
Importante destacar que o rol de objetivos fundamentais não é taxativo, sendo meramente
exemplificativo, conforme Alexandre de Moraes:
“Logicamente, o rol de objetivos do art. 3º não é taxativo, tratando-se somente da previsão
de algumas finalidades primordiais a serem perseguidas pela República Federativa do Brasil.
Os poderes públicos devem buscar os meios e instrumentos para promover condições de
igualdade real e efetiva e não somente contentar-se com a igualdade formal, em respeito a um
dos objetivos fundamentais da República: construção de uma sociedade justa”.2

BIZU!!!
Uma observação importante é a de que os objetivos fundamentais sempre começam
com verbos, isto é, exprimem ações que devem ser empreendidas pelo Estado.
•• Construir uma sociedade livre, justa e solidária
•• Garantir o DN – Desenvolvimento Nacional.
•• Erradicar a PM – Pobreza e a Marginalização (social).
•• Reduzir as desigualdades sociais e regionais (social).
•• Promover o RISCO – Raça, Idade, Sexo, Cor, Origem.
Há, ainda, o famoso CON GA ER PRO:
•• CONstruir GArantir ERradicar PROmover.

Questão 23: CESPE – Tec APU (TC-DF)/TC-DF/2014


A respeito das classificações das constituições e dos princípios fundamentais previstos na CF,
julgue o item a seguir.
Ao implementar ações que visem reduzir as desigualdades sociais e regionais e garantir o
desenvolvimento nacional, os governos põem em prática objetivos fundamentais da República
Federativa do Brasil.

2 MORAES, Alexandre de. Direito Constitucional. São Paulo: Atlas, 2017. p. 36.

22
Comentários
Percebemos que a assertiva é correta porque reproduz dois objetivos fundamentais
apresentados no art. 3º da CF/88: (i) reduzir as desigualdades sociais e regionais; (ii) garantir o
desenvolvimento nacional.
Gabarito. Certo.
Questão 24: CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/"ENAP"/2015
Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
De acordo com a CF, os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil incluem
erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais.
Comentários
Percebemos que a assertiva é correta porque reproduz dois objetivos fundamentais
apresentados no art. 3º da CF/88: (i) erradicar a pobreza e a marginalização; (ii) reduzir as
desigualdades sociais e regionais.
Gabarito: Certo.

1.3. Princípios que regem a República Federativa do Brasil nas suas


relações internacionais
Ao finalizar o título I da CF/88, o art. 4º enumera uma série de princípios que podem ser vistos
a partir de dois grandes eixos: (i) atestam o reconhecimento da soberania do país, porque
expressam a sua igualdade nas relações internacionais com os demais Estados; (ii) ênfase no
ser humano, uma vez que o coloca no centro das atenções da República.
Por fim, em seguida aos dez princípios que regem as relações do Brasil na ordem internacional,
o parágrafo único do art. 4º destaca um objetivo a ser perseguido pelo Brasil no plano
internacional, qual seja, a integração econômica, política, social e cultural dos povos da
América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.
A curiosidade desse dispositivo é que uma tentativa de cumpri-lo foi a criação do bloco
econômico Mercosul.
Vejamos a redação do texto constitucional:
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações
internacionais pelos seguintes princípios:
I – independência nacional;
II – prevalência dos direitos humanos;
III – autodeterminação dos povos;
IV – não-intervenção;
V – igualdade entre os Estados;
VI – defesa da paz;

23
VII – solução pacífica dos conflitos;
VIII – repúdio ao terrorismo e ao racismo;
IX – cooperação entre os povos para o progresso da humanidade;
X – concessão de asilo político.
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração
econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina,
visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.

BIZU!!!
A – IN – D – NÃO – CON – PRE – I – RE – COO – S
•• Autodeterminação dos povos;
•• IN dependência nacional;
•• Defesa da paz;
•• NÃO -intervenção;
•• CON cessão de asilo político;
•• PRE valência dos direitos humanos;
•• I ndependência nacional;
•• REpúdio ao terrorismo e ao racismo;
•• COOperação entre os povos para o progresso da humanidade;
•• Solução pacífica dos conflitos;

BIZU!!!
P-E-S-C-I
•• P–olítica
•• E-econômica
•• S-ocial
•• C–ultural
•• I–ntegração dos povos da América Latina

24
Questão 25: CESPE – ATA (DPU)/DPU/2016
Acerca dos princípios fundamentais expressos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
A prevalência dos direitos humanos, a concessão de asilo político e a solução pacífica de
conflitos são princípios fundamentais que regem as relações internacionais do Brasil.
Comentários
Trata-se de mais uma questão que cobra a literalidade do texto constitucional estando de
acordo com o que diz o art. 4º da CF/88:
Gabarito: Certo.

Questão 26: CESPE – Ag Adm (SUFRAMA)/SUFRAMA/2014


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais, julgue o item a
seguir, considerando que a CF corresponde à Constituição Federal de 1988.
A CF propugna, de forma específica, a integração econômica, política, social e cultural do Brasil
com os povos da América Latina.
Comentários
É justamente o que diz o parágrafo único do art. 4º da CF/88.
Gabarito: Certo.
Questão 27: CESPE – AA (ANTAQ)/ANTAQ/Ciências Contábeis/2014
Julgue o item a seguir, com relação aos princípios fundamentais da Constituição Federal de
1988 e à aplicabilidade de suas normas.
A concessão de asilo político é princípio norteador das relações internacionais brasileiras,
conforme expressa disposição do texto constitucional.
Comentários
De acordo com o art. 4º da CF/88 a concessão de asilo político é princípio norteador das
relações internacionais brasileiras.
Gabarito: Certo.

Questão 28: CESPE – Diplomata/IRBr/2015


A respeito do processo legislativo e dos direitos e garantias fundamentais, conforme disposto
na Constituição Federal de 1988, julgue o item subsequente.

25
A concessão de asilo político a estrangeiro é princípio que rege a República Federativa do Brasil
nas suas relações internacionais, mas, como ato de soberania estatal, o Estado brasileiro não
está obrigado a realizá-lo.
Comentários
De fato, como vimos anteriormente, a concessão de asilo político é princípio que rege a
República Federativa do Brasil nas suas relações internacionais. Contudo, o mero pedido de
asilo não enseja a imediata concessão. O Estado Brasileiro deve analisar se as condições do
postulante se encaixam nos requisitos para tanto.
Gabarito: Certo.

Questão 29: CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/"ENAP"/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
O Brasil rege-se nas relações internacionais, entre outros princípios, pelos princípios da
intervenção e vedação de concessão de asilo político.
Comentários
A assertiva contém dois erros: (i) o Brasil rege-se pelo princípio da não-intervenção; (ii)
concessão de asilo político.
Gabarito: Errado.

Questão 30: CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/"ENAP"/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
A busca pela integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina visa à
formação de uma comunidade latino-americana de nações.
Comentários
Mais uma questão cuja cobrança envolve a literalidade do texto constitucional. Vejamos o
parágrafo único do art. 4º da CF/88:
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações
internacionais pelos seguintes princípios:
(...)
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração
econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina,
visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.
Gabarito: Certo.

Questão 31: ESAF – Ministério da Fazenda/2013


Assinale a opção INCORRETA.

26
a) A solução pacífica de conflitos, a igualdade entre os Estados, a defesa da paz e a prevalência
dos direitos humanos devem ser princípios observados pelo Brasil nas suas relações
internacionais.
b) O Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América
Latina, visando à extinção das fronteiras entre os países latino americanos.
c) É um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil erradicar a pobreza e a
marginalização, assim como reduzir as desigualdades sociais e regionais.
d) O Brasil tem por forma de governo a república e adota como regime político a democracia,
na sua forma semidireta.
e) Entre os princípios fundamentais da República Federativa do Brasil, podem ser citados o
pluralismo político.
Comentários
A busca pela integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina visa
à formação de uma comunidade latino-americana de nações.
Gabarito: Alternativa B.

Questão 32: ESAF-AFC-CGU/2008


A República Federativa do Brasil possui fundamentos e as relações internacionais do País
devem ser regidas por princípios. Assinale a única opção que contempla um fundamento da
República e um princípio que deve reger as relações internacionais do Brasil.
a) Soberania e dignidade da pessoa humana.
b) Prevalência dos direitos humanos e independência nacional.
c) Cidadania e valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
d) Pluralismo político e repúdio ao terrorismo e ao racismo.
e) Defesa da paz e solução pacífica dos conflitos.
Comentários
A única alternativa que traz um fundamento da República e um princípio que deve reger as
relações internacionais do Brasil é a letra E.
Gabarito: Alternativa E.

Questão 33: ESAF/ATA-MF/2009


Marque a opção correta.
a) A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, geográfica, política e
educacional dos povos da América Latina.
b) Construir uma sociedade livre, justa e solidária é um dos fundamentos da República
Federativa do Brasil.
c) A cooperação entre os povos para o progresso da humanidade constitui objetivo
fundamental da República Federativa do Brasil.
d) Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer
outras formas de discriminação é princípio que rege a República Federativa do Brasil nas
suas relações internacionais.

27
e) O repúdio ao terrorismo e ao racismo é princípio que rege a República Federativa do Brasil
nas suas relações internacionais.
Comentários
Letra E: Correto. É o que dispõe o artigo 4º, VIII, CF/88.
Gabarito: Alternativa E.

Questão 34: ESAF – PFN/PGFN/2007


A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e
do Distrito Federal, constitui-se em Estado democrático de direito e tem como fundamentos
o que se encontra na única formulação correta, entre as opções abaixo.
a) A independência nacional; a soberania; a sociedade livre, organizada e solidária; a dignidade
da pessoa humana e a liberdade individual.
b) A cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e econômicos
da livre iniciativa; o pluralismo político.
c) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e a
livre concorrência; o pluralismo político e a defesa da paz.
d) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e
da livre iniciativa; o pluralismo político.
e) A cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores econômicos e sociais do trabalho,
da livre iniciativa e da livre concorrência; o pluralismo político.
Comentários
Apenas a letra D reproduz integralmente o mandamento constitucional sobre o assunto
Gabarito: Letra D:
Questão 35: ESAF – Ana Sist (MIN)/MIN/Informática e Redes/2012
Sobre os princípios fundamentais da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988,
é incorreto afirmar que
a) a República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios
e do Distrito Federal.
b) a República Federativa do Brasil tem como um dos seus fundamentos o monismo político.
c) a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito.
d) se constituiu como um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil
erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais.
e) a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais, dentre outros,
pelo princípio da independência nacional.
Comentários
O Brasil tem como um dos seus fundamentos o pluralismo político, não o monismo
político como tentou fazer crer o examinador.
Gabarito. Letra B

28
Caro aluno,
Com isso chegamos ao final da nossa aula demonstrativa.
Além de apresentar os conceitos iniciais da matéria, esta aula serve, também, para dar uma
ideia de como será o nosso curso.
Perceba que, apesar de apresentar os conceitos iniciais da matéria, os assuntos tratados nessa
aula são cobrados em sua maioria através da literalidade do texto constitucional.
Todavia, as próximas aulas serão recheadas de assuntos que irão demandar atenção aos
posicionamentos dos tribunais superiores.
Continuemos firme nos estudos. Para mim será um prazer acompanhá-lo ao longo do curso.
Até a próxima aula!
Um grande abraço e bons estudos!

29
QUESTÕES COMENTADAS EM AULA

1. CESPE/Analista de Infraestrutura – MP/2012


Os princípios fundamentais da Constituição Federal de 1988 (CF) designam as características
mais essenciais do Estado brasileiro.
( ) Certo   ( ) Errado

2. ESAF/Analista-SUSEP/2010 – Adaptada)
Muito se tem falado acerca dos princípios constitucionais. Sobre tais princípios, é correto
afirmar que:
É correto dizer que há distinção entre os princípios constitucionais fundamentais e os princípios
gerais do direito constitucional.
( ) Certo   ( ) Errado

3. CESPE – AnaTA MDIC/MDIC/2014


Considerando as disposições da CF sobre direitos e garantias fundamentais, direitos e deveres
individuais e coletivos, direitos sociais, direitos de nacionalidade, direitos políticos e partidos
políticos, julgue o item que se segue.
A União, entre cujos fundamentos se inclui a soberania, é formada pelos estados, pelos
municípios e pelo Distrito Federal.
( ) Certo   ( ) Errado

4. CESPE – AnaTA (CADE)/CADE/2014


Com base nos princípios da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item abaixo.
Os valores sociais da livre iniciativa e a livre iniciativa são princípios da República Federativa do
Brasil; o primeiro é um fundamento, e o segundo, um princípio geral da atividade econômica.
( ) Certo   ( ) Errado

30
5. CESPE – Adm (PF)/PF/2014
No que se refere aos princípios fundamentais e à organização do Estado brasileiro, julgue o
próximo item.
A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos estados, municípios e
Distrito Federal (DF), adota a federação como forma de Estado.
( ) Certo   ( ) Errado

6. CESPE – Adm (PF)/PF/2014


No que se refere aos princípios fundamentais e à organização do Estado brasileiro, julgue o
próximo item.
O estabelecimento pela CF de que todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de
representantes eleitos ou diretamente, nos seus termos, evidencia a adoção da democracia
semidireta ou participativa.
( ) Certo   ( ) Errado

7. CESPE – Ass Adm (FUB)/FUB/2015


Julgue o item a seguir, a respeito da Constituição Federal de 1988 (CF) e dos fundamentos da
República Federativa do Brasil.
A livre iniciativa, fundamento da República Federativa do Brasil, possui valor social que
transcende o interesse do empreendedor, merecendo proteção constitucional apenas quando
respeitar e ajudar a desenvolver o trabalho humano. Por isso, não se coaduna com a CF
empreitada que deixe de assegurar os direitos sociais dos trabalhadores.
( ) Certo   ( ) Errado

8. CESPE – Ass Adm (FUB)/FUB/2015


Julgue o item a seguir, a respeito da Constituição Federal de 1988 (CF) e dos fundamentos da
República Federativa do Brasil.
O pluralismo político, fundamento da República Federativa do Brasil, é pautado pela tolerância
a ideologias diversas, o que exclui discursos de ódio, não amparados pela liberdade de
manifestação do pensamento.
( ) Certo   ( ) Errado

9. CESPE – Tec (FUB)/FUB/Ótica/2015


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais da República Federativa
do Brasil, julgue o item a seguir.

31
O pluralismo político, fundamento da República Federativa do Brasil, apresenta duplo viés:
assegura a liberdade ideológica, incluída a apartidária, e, concomitantemente, impõe a
tolerância às diferenças.
( ) Certo   ( ) Errado

10. CESPE – Op Cam TV (FUB)/FUB/2015


Julgue o item seguinte, relativo aos princípios fundamentais da República Federativa do Brasil.
Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa impedem a intervenção do Estado na ordem
econômica.
( ) Certo   ( ) Errado

11. CESPE – Op Cam TV (FUB)/FUB/2015


Julgue o item seguinte, relativo aos princípios fundamentais da República Federativa do Brasil.
O pluralismo político é princípio fundamental que assegura aos cidadãos até mesmo o
apartidarismo.
( ) Certo   ( ) Errado

12. CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/”ENAP”/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
Nos termos da nossa CF, todo o poder emana do povo que, por sua vez, o exerce diretamente
ou por meio de representantes eleitos.
( ) Certo   ( ) Errado

13. CESPE – AJ (TJ SE)/TJ SE/Administrativa – Judiciária/Direito/2014


Julgue o item a seguir, a respeito da teoria dos direitos fundamentais e dos princípios
fundamentais na Constituição Federal de 1988 (CF).
A dignidade da pessoa humana, princípio fundamental da República Federativa do Brasil,
promove o direito à vida digna em sociedade, em prol do bem comum, fazendo prevalecer o
interesse coletivo em detrimento do direito individual.
( ) Certo   ( ) Errado

14. CESPE – Ag Adm (SUFRAMA)/SUFRAMA/2014


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais, julgue o item a seguir,
considerando que a CF corresponde à Constituição Federal de 1988.

32
O Poder Executivo federal é exercido pelo presidente da República e tem como um de seus
fundamentos a soberania.
( ) Certo   ( ) Errado

15. CESPE – AL (CAM DEP)/CAM DEP/Área I/Consultor Legislativo/2014


Acerca dos direitos e garantias fundamentais e dos princípios constitucionais, julgue o item
subsequente.
A República Federativa do Brasil, constituída como Estado democrático de direito, visa garantir
o pleno exercício dos direitos e garantias fundamentais, incluindo-se, entre seus fundamentos,
a cidadania e a dignidade da pessoa humana.
( ) Certo   ( ) Errado

16. CESPE – Tec MPU/MPU/Administrativo/2010


A respeito dos princípios fundamentais, das garantias fundamentais e da aplicabilidade das
normas constitucionais, julgue o item a seguir.
A Constituição Federal de 1988 apresenta os chamados princípios fundamentais da República
Federativa do Brasil, que incluem referências a sua forma de Estado, forma de governo e
regime político. Deduz-se do texto constitucional que a República Federativa do Brasil é um
Estado de Direito, o que limita o próprio poder do Estado e garante os direitos fundamentais
dos particulares.
( ) Certo   ( ) Errado

17. CESPE – JF TRF5/TRF 5/2006


No que diz respeito à teoria geral do direito constitucional e da hermenêutica constitucional,
julgue o item seguinte.
República e Federação são conceitos relacionados à forma de estado e forma de governo,
respectivamente.
( ) Certo   ( ) Errado

18. CESPE – AIE (MPOG)/MPOG/Área I/2012


Com relação aos princípios do direito constitucional, julgue o item a seguir.
São fundamentos da República Federativa do Brasil a soberania, a cidadania, a dignidade da
pessoa humana e a autodeterminação dos povos.
( ) Certo   ( ) Errado

33
19. CESPE – TJ TRT17/TRT 17/Administrativa/2009
A respeito dos princípios fundamentais que regem a atuação da República Federativa do Brasil,
julgue o item a seguir.
De acordo com a Constituição Federal de 1988 (CF), todo o poder emana do povo, que o exerce
exclusivamente por meio de representantes eleitos diretamente.
( ) Certo   ( ) Errado

20. FCC – Analista- TRT- 3ª/2015


São fundamentos constitucionais expressos da República Federativa do Brasil:
a) soberania; cidadania; dignidade da pessoa humana; monopólio da economia estratégica;
bicameralismo.
b) soberania; cidadania; dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre
iniciativa; pluralismo político.
c) dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; centralismo
político e democrático; defesa da família.
d) cidadania; livre iniciativa; pluricameralismo; defesa da propriedade privada; defesa da
família.
e) dignidade da pessoa humana; valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; monopólio da
economia estratégica; defesa social; defesa do meio ambiente.

21. FCC – Téc. Judiciário – TRE-RR/2014


Nos termos da Constituição de 1988, são fundamentos da República Federativa do Brasil,
dentre outros,
a) cidadania, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa e inafastabilidade da jurisdição.
b) dignidade da pessoa humana, valores sociais do trabalho e função social da propriedade.
c) soberania, igualdade e liberdade.
d) dignidade da pessoa humana, direito à vida e à saúde e fraternidade.
e) soberania, cidadania e pluralismo político.

22. CESPE – TJ TJDFT/TJDFT/Administrativa/2015


Com base nas disposições da Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o item que se segue.
Dispositivo de constituição estadual que, para atender ao princípio da eficiência, estabelece
prazo para a prática de atos administrativos pelo governador do estado não ofende a CF.
( ) Certo   ( ) Errado

34
23. CESPE – Tec APU (TC-DF)/TC-DF/2014
A respeito das classificações das constituições e dos princípios fundamentais previstos na CF,
julgue o item a seguir.
Ao implementar ações que visem reduzir as desigualdades sociais e regionais e garantir o
desenvolvimento nacional, os governos põem em prática objetivos fundamentais da República
Federativa do Brasil.
( ) Certo   ( ) Errado

24. CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/”ENAP”/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
De acordo com a CF, os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil incluem
erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais.
( ) Certo   ( ) Errado

25. CESPE – ATA (DPU)/DPU/2016


Acerca dos princípios fundamentais expressos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
A prevalência dos direitos humanos, a concessão de asilo político e a solução pacífica de
conflitos são princípios fundamentais que regem as relações internacionais do Brasil.
( ) Certo   ( ) Errado

26. CESPE – Ag Adm (SUFRAMA)/SUFRAMA/2014


Acerca da classificação das constituições e dos princípios fundamentais, julgue o item a seguir,
considerando que a CF corresponde à Constituição Federal de 1988.
A CF propugna, de forma específica, a integração econômica, política, social e cultural do Brasil
com os povos da América Latina.
( ) Certo   ( ) Errado

27. CESPE – AA (ANTAQ)/ANTAQ/Ciências Contábeis/2014


Julgue o item a seguir, com relação aos princípios fundamentais da Constituição Federal de
1988 e à aplicabilidade de suas normas.
A concessão de asilo político é princípio norteador das relações internacionais brasileiras,
conforme expressa disposição do texto constitucional.
( ) Certo   ( ) Errado

35
28 CESPE – Diplomata/IRBr/2015
A respeito do processo legislativo e dos direitos e garantias fundamentais, conforme disposto
na Constituição Federal de 1988, julgue o item subsequente.
A concessão de asilo político a estrangeiro é princípio que rege a República Federativa do Brasil
nas suas relações internacionais, mas, como ato de soberania estatal, o Estado brasileiro não
está obrigado a realizá-lo.
( ) Certo   ( ) Errado

29. CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/”ENAP”/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
O Brasil rege-se nas relações internacionais, entre outros princípios, pelos princípios da
intervenção e vedação de concessão de asilo político.
( ) Certo   ( ) Errado

30. CESPE – Tec NS (MPOG)/MPOG/”ENAP”/2015


Acerca dos princípios fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988 (CF), julgue o
item a seguir.
A busca pela integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina visa à
formação de uma comunidade latino-americana de nações.
( ) Certo   ( ) Errado

31. ESAF – Ministério da Fazenda/2013


Assinale a opção INCORRETA.
a) A solução pacífica de conflitos, a igualdade entre os Estados, a defesa da paz e a prevalência
dos direitos humanos devem ser princípios observados pelo Brasil nas suas relações
internacionais.
b) O Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América
Latina, visando à extinção das fronteiras entre os países latino americanos.
c) É um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil erradicar a pobreza e a
marginalização, assim como reduzir as desigualdades sociais e regionais.
d) O Brasil tem por forma de governo a república e adota como regime político a democracia,
na sua forma semidireta.
e) Entre os princípios fundamentais da República Federativa do Brasil, podem ser citados o
pluralismo político.

36
32. ESAF-AFC-CGU/2008
A República Federativa do Brasil possui fundamentos e as relações internacionais do País devem
ser regidas por princípios. Assinale a única opção que contempla um fundamento da República
e um princípio que deve reger as relações internacionais do Brasil.
a) Soberania e dignidade da pessoa humana.
b) Prevalência dos direitos humanos e independência nacional.
c) Cidadania e valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
d) Pluralismo político e repúdio ao terrorismo e ao racismo.
e) Defesa da paz e solução pacífica dos conflitos.

33. ESAF/ATA-MF/2009
Marque a opção correta.
a) A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, geográfica, política e
educacional dos povos da América Latina.
b) Construir uma sociedade livre, justa e solidária é um dos fundamentos da República
Federativa do Brasil.
c) A cooperação entre os povos para o progresso da humanidade constitui objetivo
fundamental da República Federativa do Brasil.
d) Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer
outras formas de discriminação é princípio que rege a República Federativa do Brasil nas
suas relações internacionais.
e) O repúdio ao terrorismo e ao racismo é princípio que rege a República Federativa do Brasil
nas suas relações internacionais.

34. ESAF – PFN/PGFN/2007


A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do
Distrito Federal, constitui-se em Estado democrático de direito e tem como fundamentos o que
se encontra na única formulação correta, entre as opções abaixo.
a) A independência nacional; a soberania; a sociedade livre, organizada e solidária; a dignidade
da pessoa humana e a liberdade individual.
b) A cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e econômicos
da livre iniciativa; o pluralismo político.
c) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e a
livre concorrência; o pluralismo político e a defesa da paz.
d) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais do trabalho e
da livre iniciativa; o pluralismo político.
e) A cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores econômicos e sociais do trabalho,
da livre iniciativa e da livre concorrência; o pluralismo político.

37
35. ESAF – Ana Sist (MIN)/MIN/Informática e Redes/2012
Sobre os princípios fundamentais da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, é
incorreto afirmar que
a) a República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios
e do Distrito Federal.
b) a República Federativa do Brasil tem como um dos seus fundamentos o monismo político.
c) a República Federativa do Brasil constitui-se em Estado Democrático de Direito.
d) se constituiu como um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil
erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais.
e) a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais, dentre outros,
pelo princípio da independência nacional.

GABARITO
1. C 2. C 3. E 4. C 5. C 6. C 7. C 8. C 9. C 10. E 11. C 12. C 13. E 14. E
15. C 16. C 17. C 18. E 19. E 20. B 21. E 22. E 23. C 24. C 25. C 26. C 27. C
28. C 29. E 30. C 31. B 32. E 33. E 34. D 35. B

38
LEGISLAÇÃO

Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e
do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
I – a soberania;
II – a cidadania;
III – a dignidade da pessoa humana;
IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa;
V – o pluralismo político.
Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos
ou diretamente, nos termos desta Constituição.
Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o
Judiciário.
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II – garantir o desenvolvimento nacional;
III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer
outras formas de discriminação.
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes
princípios:
I – independência nacional;
II –prevalência dos direitos humanos;
III – autodeterminação dos povos;
IV – não-intervenção;
V – igualdade entre os Estados;
VI – defesa da paz;
VII – solução pacífica dos conflitos;
VIII – repúdio ao terrorismo e ao racismo;
IX – cooperação entre os povos para o progresso da humanidade;
X – concessão de asilo político.
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política,
social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-
americana de nações.

39
BIZU

•• Forma de Estado: Federação (FEderação)


•• FOrma de GOverno: Republicana (FO GO na República)
•• SIstema de GOverno: Presidencialismo (SI GO o presidente)
•• REgime de GOverno: Democracia (RE GO democrático)
SO – CI – DI – VA – PLU:
•• SO – soberania
•• CI – cidadania
•• DI- dignidade da pessoa humana
•• VA- valores sociais do trabalho e da livre iniciativa
•• PLU – pluralismo político (Não é partidarismo político)
Os objetivos fundamentais sempre começam com verbos, isto é, exprimem ações que devem
ser empreendidas pelo Estado.
•• Construir uma sociedade livre, justa e solidária
•• Garantir o DN – Desenvolvimento Nacional.
•• Erradicar a PM – Pobreza e a Marginalização (social).
•• Reduzir as desigualdades sociais e regionais (social).
•• Promover o RISCO – Raça, Idade, Sexo, Cor, Origem.
Há, ainda, o famoso CON GA ER PRO:
•• CONstruir GArantir ERradicar PROmover.
A – IN – D – NÃO – CON – PRE – I – RE – COO – S
•• Autodeterminação dos povos;
•• IN dependência nacional;
•• Defesa da paz;
•• NÃO -intervenção;
•• CON cessão de asilo político;
•• PRE valência dos direitos humanos;
•• I ndependência nacional;
•• REpúdio ao terrorismo e ao racismo;
•• COOperação entre os povos para o progresso da humanidade;
•• Solução pacífica dos conflitos;

40
P-E-S-C-I
•• P–olítica
•• E-econômica
•• S-ocial
•• C–ultural
•• I–ntegração dos povos da América Latina

41