Você está na página 1de 4

1) O QUE SIGNIFICA ENGENHARIA DE MANUTENÇÃO?

 Custos próprios (internos) da equipe de


É deixar de ficar consertando continuamente, para manutenção, tais como administração, treinamento,
procurar as causas básicas, modificar situações etc e os custos de perdas de produção (se houver);
permanentes de mau desempenho, deixar de conviver  Custo da perda de oportunidade pela falta do
com problemas crônicos, melhorar padrões e produto se houver demanda. Normalmente as
sistemáticas, desenvolver a manutenibilidade, dar empresas acompanham apenas os custos de
feedback ao projeto, interferir tecnicamente nas intervenção, mas devem no mínimo acompanhar
compras. também os custos próprios.
A engenharia de manutenção é o ramo da engenharia TMEF - Tempo médio entre falhas  Indicador que
vocacionado para a aplicação dos seus conceitos à representa o tempo médio entre a ocorrência de uma
otimização dos equipamentos, dos processos e dos falha e a próxima, representa também o tempo de
orçamentos, de modo a alcançar uma melhor funcionamento da máquina ou equipamento diante das
manutenibilidade, fiabilidade e disponibilidade dos necessidades de produção até a próxima falha.
equipamentos.
TMPR - Tempo médio para reparo  Esse indicador nos
2) QUAIS SÃO OS INDICADORES DE MANUTENÇÃO,
aponta o tempo que a equipe de manutenção demanda
QUAIS AS SUAS FINALIDADES E QUAIS SÃO OS
para reparar e disponibilizar a máquina ou
INDICADORES CLASSE MUNDIAL?
equipamento para o sistema produtivo. Nesse período
Os indicadores têm como finalidades medição, como
estão todas as ações envolvidas no reparo, sejam elas
indicação de desempenho, de forma de posicionar a
da equipe de compras, de laboratório ou qualquer outra
empresa face aos concorrentes quanto às diversas
equipe de trabalho.
condições, tais como, produtividade, qualidade,
Confiabilidade  Representa a probabilidade de que
investimentos, etc. – benchmark –, podendo
um item ou uma máquina funcione corretamente em
determinar mudanças de políticas, buscando dar novos
condições esperadas durante um determinado período
rumos para a empresa.
de tempo ou de ainda estar em condições de trabalho
após um determinado período de funcionamento.
Hora parada ou hora indisponível  Representa o
Mantenabilidade  É a probabilidade de que um item
tempo entre a comunicação da indisponibilidade da
avariado possa ser colocado novamente em seu estado
máquina ou equipamento e o momento do início do
operacional, em um período de tempo predefinido,
atendimento por parte do manutentor.
quando a Manutenção é realizada em condições
Hora de impedimento  Esse indicador representa
determinadas, e é efetuada com os meios e
todo e qualquer tempo dispendido com ações que não
procedimentos estabelecidos.
dependem diretamente da ação do grupo da
manutenção, ou seja, demandam ações de outras
Os “índices de classe mundial” mais utilizados e
equipes, tais como a de compras, de projetos, de
difundidos entre os países que reconhecem a
laboratório, etc.
importância da manutenção industrial, sendo que parte
deles se referem à análise específica para da gestão dos
Disponibilidade  Esse indicador representa a
equipamentos e os demais tratam da gestão de custos
probabilidade de em um dado momento um
envolvidos com as manutenções executadas são, entre
equipamento estar disponível. Ele é o resultado do bom
outros:
acompanhamento do indicador de hora parada. Para os
 Tempo Médio entre falhas (MTBF ou TMEF)
colegas do ambiente produtivo, esse indicador
 Tempo Médio para Reparo (MTTR ou TMPR)
representa a possibilidade de garantir o atendimento
 Tempo Médio para Falha (MTTF ou TMPF)
das metas de produção.
 Disponibilidade do Equipamento (EA)
 Custo de manutenção por Faturamento (CMFR)
Custo de manutenção  Representa o somatório básico
das seguintes parcelas:
3) O QUE REPRESENTA OS INDICADORES DE:
 Custos de intervenção de manutenção (recursos
materiais, sobressalentes e mão de obra),
 BACK LOG: O “backlog” trata-se de um indicador A gestão da manutenção é um dos pontos mais
gerencial momentâneo, largamente utilizado na importantes da empresa, pois é no custo da
área de manutenção. Significa o tempo em dias que manutenção que vai uma boa parcela do faturamento
da empresa, se não houver um cuidado especial na
a área de manutenção, com o quadro de pessoal que
gestão da manutenção, esta parcela do faturamento,
possui, levará para concluir todas as OS´s que se com certeza irá aumentar. A empresa ficará
encontram pendentes na carteira de serviços. incompatível com a competitividade globalizada, pois
os custos serão bastante elevados.
 ABSENTEÍSMO: De um modo geral, os indicadores
mais utilizados para verificação do moral do pessoal 8) QUAIS OS PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA UM
são o absenteísmo, a maior incidência de licenças BOM PLANEJAMENTO E CONTROLE DA
MANUTENÇÃO.
médicas e aspectos relacionados ao atraso ou saídas
Durante muito tempo as indústrias funcionaram com o
antecipadas. sistema de manutenção corretiva, ocorriam
desperdícios, retrabalhos, perda de tempo e de
4) QUAIS AS PRINCIPAIS VANTAGENS DA esforços humanos, além do prejuízo financeiro.
MANUTENÇÃO PREDITIVA COM RELAÇÃO A Diante deste cenário a manutenção evoluiu para
MANUTENÇÃO PREVENTIVA? diminuir todos os pontos negativos, e utilizou-se de
VANTAGENS: vários conceitos, como: reparo corretivo; gestão
mecânica de manutenção; manutenção preventiva;
 Maior confiabilidade do ativo; visão sistemática; prevenção de manutenção;
 Disponibilidade assegurada; manutenção preditiva; abordagem participativa e
 Menores níveis de estoques de peças de reposição; manutenção autônoma.
 Simplicidade da gestão de recursos (mão de obra); Um bom planejamento e controle da manutenção, é
 Gastos de manutenção gerenciados quando se tem o domínio do sistema, é possibilitar
melhorias na empresa, tanto em termos materiais,
DESVANTAGENS:
como de pessoal. Uma das práticas adotadas para um
 Custo elevado na aquisição de equipamentos; bom planejamento e controle da manutenção é o
 Custo elevado no treinamento e capacitação dos “TAGamento”, onde é catalogado todos os
funcionários; equipamentos da empresa, com a finalidade de facilitar
 Aplicação a médio e longo prazo pois depende da a localização, de classificar os equipamentos, e ter um
análise de casos anteriores. acompanhamento de falhas.
5) QUAL O OBJETIVO PRINCIPAL DE UMA UNIDADE DE
9) QUAIS OS PRINCIPAIS NÍVEIS DE MANUTENÇÃO E
MANUTENÇÃO INDUSTRIAL?
A RELAÇÃO ENTRE OS MESMOS.
Uma unidade de manutenção dentro da indústria
Manutenção Corretiva Não Planejada – é a atuação
permite a realização de um conjunto de ações que
para a correção da falha ou do desempenho menor do
permitem MANTER ou restabelecer um BEM a um
que o esperado, realizada de forma emergencial.
estado específico, ou ainda, assegurar um determinado
Manutenção Corretiva Planejada - é a atuação para a
serviço, efetuando as operações que possibilitem
correção da falha ou do desempenho menor do que o
conservar o potencial do equipamento ou sistema, para
esperado, realizada por decisão gerencial, isto é, pela
garantir a continuidade e a qualidade da produção.
atuação em função de acompanhamento preditivo ou
pela decisão de operar até a quebra.
6) O QUE É DEREATING?
A manutenção corretiva produz um alto custo, pois
Os equipamentos são projetados para operarem numa
existe perda na produção, apresenta perda da
faixa nominal básica que dispões das condições
qualidade dos produtos, bem como, possibilidade de
nominais nas quais observamos uma determinada taxa
consequências graves ao equipamento.
de falhas. Ao colocarmos componentes ou
Manutenção Preventiva – é a atuação realizada
equipamentos em níveis mais baixos de solicitações
deforma a reduzir ou evitar a falha ou queda no
(abaixo do nível de capacidade nominal) estamos
desempenho, obedecendo a um plano previamente
praticando do DERATING. Através dessa prática uma
elaborado, baseado em intervalos definidos de tempo.
grande margem de segurança é estabelecida pelo
Manutenção Preditiva - é a atuação realizada com base
decréscimo dos esforços operacionais e
em modificação de parâmetro de condição ou
consequentemente da taxa de falhas (aumento da
desempenho cujo acompanhamento obedece a uma
confiabilidade).
sistemática. Tem como objetivo prevenir falhas de
7) COMO VOCÊ AVALIA A GESTÃO DA MANUTENÇÃO
equipamento ou sistemas.
NO MUNDO ATUAL.
Manutenção Detectiva - é a atuação efetuada em ou ainda assegurar um determinado serviço. Na
sistemas de proteção buscando detectar falhas ocultas manutenção dois conceitos se destacam, a Preditiva e a
ou não-perceptíveis ao pessoal de operação e Engenharia de Manutenção, são mais confiáveis para
manutenção. Garante a confiabilidade. serem utilizados nas indústrias. Estes conceitos têm
Engenharia de Manutenção - consiste na procura das como objetivo evitar falhas no sistema de produção. E
causas básicas de defeitos, deixar de conviver com num sistema onde o número de falhas é bem pequeno,
problemas graves, melhorar padrões e sistemáticas, haverá mais disponibilidade, pois os equipamentos
desenvolver a manutenibilidade, interferir estarão trabalhando mais, e os custos que iriam ser
tecnicamente nas compras. aplicados em correções, ou em paradas desnecessárias
não existirão, assim o custo total diminui.
Existem ganhos de confiabilidade com a manutenção
preventiva, quando o equipamento se encontra na faixa Como você avalia a gestão da manutenção no mundo
de sua vida útil? Justifique. atual.
Não. Durante o tempo de vida útil os reparos de A gestão da manutenção é um dos pontos mais
manutenção preventiva não promovem ganhos de importantes da empresa, pois é no custo da
confiabilidade, pois nestes casos a manutenção atua de manutenção que vai uma boa parcela do faturamento
forma a fazer com que o item volte a funcionar nas da empresa, se não houver um cuidado especial na
condições iniciais ou de projeto e não em condições gestão da manutenção, esta parcela do faturamento,
superiores as de projeto. Reparos de manutenção com certeza irá aumentar. A empresa ficará
preventiva são feitas para manter o sistema na condição incompatível com a competitividade globalizada, pois
“tão bom quanto novo”, o sistema é considerado “tão os custos serão bastante elevados.
bom quanto novo” após cada operação de manutenção ------------------------------------------------------------------------
desde que não haja deterioração dos componentes. ------------------------------------------------------------------------
Portanto após um reparo o item terá confiabilidade -----------
igual ou menor que a confiabilidade inicial, mas nunca Qual a relação existente entre os sistemas de informação
terá um nível de confiabilidade superior à definida em e a manutenção.
projeto. Sistemas de Banco de Dados não devem ser apenas
------------------------------------------------------------------------ para acúmulo de dados, deve-se utilizar softwares que
------------------------------------------------------------------------ realizem a exploração e análise de importantes dados
----------- coletados ao longo do tempo.
Quais são indicadores de manutenção, quais as suas É importante que o software tenha módulos que seja de
finalidades e quais são os indicadores classe mundial? acordo com as manutenções adotadas pela empresa,
Indicadores de classe mundial” são aqueles utilizados como por exemplo, módulos de: Manutenção
segundo a mesma expressão em todos os países. Corretiva, Manutenção Preventiva, Manutenção
Através destes índices os resultados da empresa podem Planejada, Melhorias e Serviços (Predial, Geral etc).
ser comparados com outras, independente de sua Onde possibilite o gerenciamento das peças
dimensão ou ramo de atuação. Basicamente seriam substituídas, das horas de manutenção (equipamento,
sete os índices, sendo cinco referidos a análise de setor, motivo etc.), da previsão de peças por
gestão de equipamentos e dois a gestão de custo. São equipamento, fazer o acompanhamento de
eles: pendências, gerar relatórios analíticos e sintéticos.
- TMEF (Tempo Médio Entre Falhas); Os relatórios devem apresentar indicadores para se
- TMPF (Tempo Médio Para Falha); realizar as análises, dados importantes como:
- TMPR (Tempo Médio Para Reparo); • Tempo Médio entre Falhas(MTBF).
- DISP (Disponibilidade de equipamento); • Tempo Médio para Reparo(MTTR).
- CONF (Confiabilidade de equipamento); • Análise Comparativa Corretiva X Preventiva.
- CMFT (Custo de Manutenção por Faturamento); • Análise Comparativa entre os Tipos de Manutenção.
- CMVR (Custo de Manutenção por Valor Reposição). • Disponibilidade dos Equipamentos.
• Histórico Corretiva X Preventiva.
Resserviços ou retrabalhos são repetições ocasionadas Normalmente com a implantação de um sistema de
por problemas ligados às seguintes falhas: Mão de informação na empresa, traz grandes benefícios, como:
Obra; Material; Problemas de Projeto; Problemas de • Aumento da disponibilidade.
Operação. • Balanceamento de custos operacionais.
• Controle do estoque.
Porque a manutenção é considerada hoje como um • Agilidade na tomada de decisões.
centro de lucro. • Melhoria na produtividade.
A manutenção é o conjunto de ações que permitem • Atendimento às normas nacionais e internacionais.
manter ou restabelecer m bem a um estado específico,
Quais os requisitos para elaboração de um bom plano de  Resultados mensais (benefícios – investimento);
manutenção.  Total de investimentos mensais acumulados;
Os requisitos para elaboração de um bom plano de  Totais de benefícios mensais acumulados;
manutenção são: Confiabilidade (probabilidade de que  Resultados mensais;
um item possa desempenhar sua Função requerida, por
 Cálculo do valor presente líquido e da taxa
um intervalo de tempo estabelecido, sob condições
definidas de uso), Manutenção Centrada na interna de retorno.
Confiabilidade (processo usado para determinar o que 3) QUANDO A ATIVIDADE DE MANUTENÇÃO É
precisa ser feito para assegurar que qualquer item físico CONSIDERADA UMA FUNÇÃO ESTRATÉGICA. DÊ
continue a cumprir as funções desejadas no seu EXEMPLO.
contexto operacional atual) e a Falha (cessação da
A atividade de manutenção se torna uma função
função requerida de um item ou incapacidade de
satisfazer a um padrão de desempenho definido. Pode estratégica se atua de forma a medir a sua
representar ou ser representada pela). contribuição para:

O que é Manutenção Produtiva Total, Manutenção  Faturamento e Lucros da Empresa;


Centrada na Confiabilidade e Manutenção Centrada no  Segurança de Pessoal e de instalações;
Risco.  Preservação Ambiental.
 Manutenção Produtiva Total (TPM): consiste em 4) O QUE SIGNIFICA CURVA DA BANHEIRA. O QUE
uma das ferramentas gerências disponíveis na PODE CAUSAR FALHA NA FAIXA I, II e III.
manutenção.
 Manutenção Centrada na Confiabilidade (RCM): é o É uma representação de uma curva que apresenta a
processo usado para determinar o que precisa ser variação da taxa de falha de um componente no
feito para assegurar que qualquer item físico tempo.
continue a cumprir as funções desejadas no seu
contexto operacional atual.  I - Mortalidade infantil está associado com defeitos
 Manutenção Centrada no Risco (RBI): processo de projeto, deficiências do processo de fabricação
semelhante ao RCM, mas difere na utilização de e garantia da qualidade, problemas de instalação.
cálculo de risco explícito, que permite uma descrição  II - Vida útil são causadas principalmente pela
mais completa dos perigos atuais. ocorrência aleatória de esforços que excedem os
níveis de resistência do componente, fadiga ou
1) DESCREVA COM CLAREZA O QUE MOTIVOU O
corrosão acelerada fruto de interações de
ESTABELECIMENTO DA QUINTA GERAÇÃO DA
materiais com o meio.
MANUTENÇÃO.
 III - desgaste deve-se a ocorrência gradual de
Foi o enfoque nos resultados empresarias e uma mudanças físicas e químicas na estrutura interna
grande melhoria na relação entre os departamentos, do componente resultando numa redução
para garantir a gestão dos ativos visando o melhor acentuada do nível de resistência deste.
retorno sobre os ativos (ROA) ou retorno sobre o
investimento (ROI).

2) QUAIS OS PRINCIPAIS FATORES QUE JUSTIFICAM O


INVESTIMENTO EM SOFTWARE DE MANUTENÇÃO.

Situação atual:

 Informações sobre pessoal, estoques, serviços de


(manutenção, produção e gerenciais);
 Ganho de sinergia via integração com sistemas
corporativos.

Situação pós-implantação do software:

 Investimentos;
 Realização dos benefícios.

Análise de resultados: