Você está na página 1de 3

1º Semestre de 2018.

Introdução à Ciência Política


Prof. Gabriel Avila Casalecchi

Ementa. A disciplina tem como objetivo apresentar aos alunos os conceitos essenciais da Ciência Política,
bem como oferecer um panorama dos principais temas e debates da área. Para isso, ela está dívida em
três módulos. O primeiro módulo, de caráter introdutório, apresenta a disciplina e oferece definições
preliminares a respeito do objeto e do método da Ciência Política. O módulo seguinte trabalha com
conceitos centrais da Ciência Política, levando em consideração o contexto da sua formulação, seus
principais argumentos e críticas. Por fim, o terceiro módulo traz um panorama geral de algumas das
principais áreas de estudo da Ciência Política, retratando seus avanços e controvérsias.

Textos. Todas as aulas terão como referência um ou mais textos de leitura obrigatória e/ou
complementar (será avisado em aula qual texto é obrigatório e qual é complementar). Todos os textos (e
também essa ementa) estarão disponíveis em formato PDF no site: www.gabrielcasalecchi.com.br na ABA
“Ensino”. Os textos também serão disponibilizados no Xerox da UFSCar.

Avaliação. Ao longo do curso o aluno será avaliado a partir das seguintes atividades. Maiores detalhes
em relação a elas serão dados em sala de aula ao longo do curso.
1. Prova escrita, individual e em sala de aula (= 40 pontos)
2. Trabalho digitado, individual, entregue no fim do curso (= 40 pontos)
3. Comentários dos textos complementares (= 20 pontos)

MÓDULO 1. Definições preliminares da Ciência Política

Aula 1. Apresentação da disciplina

Aula 2. O que é a política ou do objeto da Ciência Política


• SCHMITTER, Phillipe. Reflexões sobre o conceito de “política”. Revista de Direito Público e Ciência
Política, v. 8, n. 2, p. 45-60, 1965.
• BOBBIO, Norbert. Dicionário de política. Brasília: Editora UnB, 1986. (p. 936-942; 954-962)
• WEBER, Max. Ciência e Política, duas vocações. São Paulo: Editora Cultrix, 2000. (p. 55-124)

Aula 3. O que é a ciência ou do método da Ciência Política


• DAHL, Robert. Análise política moderna. Brasília: Editora UNB, 1988. (p. 21-31)
• WEBER, Max. Ciência e Política, duas vocações. São Paulo: Editora Cultrix, 2000. (p. 7-54)

MÓDULO 2. Conceitos fundamentais da Ciência Política

Aula 4. A Pólis, a Política e o bem-comum


• ARISTÓTELES. A Política. Brasília: Editora UNB, 1985. (p. 13-17 e p. 77-89)
• WOLFF, Francis. Aristóteles e a política. São Paulo: Discurso Editorial, 1999. (p. 35-48)
• BOBBIO, Norberto. Dicionário de política. Brasília: Editora UnB, 1986. (p. 950-954).

Aula 5. Modernidade e racionalidade política


• MAQUIAVEL, Nicolas. O Príncipe. (Cap. IX, XIV, XV, XVI, XVII)
• BIGNOTTO, Newton. A antropologia negativa de Maquiavel. Analytica, v.12, n.2, 2008.
Aula 6. O surgimento do Estado e seus componentes
• O’DONNELL, Guillermo. Democracia, agência e estado: teoria com intenção comparativa. São
Paulo: Paz e Terra, 2011. (p. 65-114)
• BOBBIO, Norberto. Estado, governo e sociedade: por uma teoria geral da política. Rio de Janeiro:
Editora Paz e Terra, 1987. (p. 53-134)

Aula 7. Poder, dominação e legitimidade política


• WEBER, Max. Os três tipos puros de dominação legítima. In: Gabriel Cohn (org.) Max Weber:
Sociologia. Grandes cientistas sociais, nº 13. São Paulo, Ática, 1979. (p. 128-141)
• BOBBIO, Norberto. Dicionário de política. Brasília: Editora UnB, 1986. (p. 675-679).

Aula 8. Liberalismo, democracia e representação


• BOBBIO, Norberto. Liberalismo e democracia. São Paulo: Brasiliense, 2000. (p. 7-42)
• SARTORI, Giovanni. A teoria da democracia revisitada. São Paulo: Editora Ática, 1994 (p. 145-184)

Aula 9. Republicanismo, igualdade e participação


• PATEMAN, Carole. Participação e teoria democrática. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. (p. 7-42)
• DAHL, Robert. Sobre a democracia. Brasília: Editora UnB, 2001. (p. 115-133)

Aula 10. Capitalismo, ideologia e luta de classes


• MARX, Karl., & ENGELS, Friedrich. Manifesto Comunista. São Paulo: Boi Tempo, 2005. (p. 37-70)
• PETRAS, James. O manifesto comunista, qual a sua relevância hoje? Lutas Sociais, v. 3, p. 1-20.
• BOITO-JÚNIOR, Armando. Cena política e interesse de classe na sociedade capitalista [comentário
em comemoração ao sesquicentenário da publicação de O Dezoito Brumário de Luís Bonaparte].
Crítica Marxista, v. 1, n. 15, 2002.

Aula 11. AVALIAÇÃO (prova escrita, individual e em sala de aula).

MÓDULO 3. Temas fundamentais da Ciência Política contemporânea

Aula 12. Instituições, formas e sistemas de governo


• BOBBIO, Norberto. A teoria das formas de governo. Brasília: Editora UnB, 2001. (p. 39-43)
• CINTRA, Antônio Octávio. Presidencialismo e parlamentarismo: são importantes as instituições?
In: Sistema político brasileiro: uma introdução. (Org. AVELAR, Lúcia. & CINTRA, Antônio Octávio.).
São Paulo: Editora UNESP, 2007. (p. 36-65)
• BOBBIO, Norberto. Dicionário de política. Brasília: Editora UnB, 1986. (p. 1163-1179).

Aula 13. Representação, competição eleitoral e partidos


• MANIN, Bernard., PRZEWORSKI, Adam., e STOKES, S. Eleições e representação. Lua Nova, 2006.
• MANIN, Bernard. A democracia de público reconsiderada. Novos Estudos, 2013.
• AMARAL, Oswaldo. O que sabemos sobre a organização dos partidos políticos: uma avaliação de
100 anos de literatura. Revista Debates, n. 2, v. 7, 2013.

Aula 14. Estado, Federalismo e políticas públicas


• KERSTENETZKY, Cecilia. Welfare State e desenvolvimento. Dados, v. 54, nº. 1, 2011.
• FARIA, Carlos. Uma genealogia das teorias e modelos do Estado de Bem-Estar Social. Revista
Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, n. 42, 1998.
• SOUZA, Celina. Federalismo: teoria e conceitos revisitados. Revista Brasileira de Informação
Bibliográfica em Ciências Sociais, n. 65, 2008.

Aula 15. Sociedade civil e movimentos sociais


• SANTOS, Boaventura., e Avritzer, Leonardo. Para ampliar o cânone democrático. In: Democratizar
a democracia (Org. Santos, B. S.). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. (p. 39-82)
• TONI, Fabiano. Novos rumos e possibilidades para os estudos dos movimentos sociais. Revista
Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, n. 52, 2001.

Aula 16. Opinião pública e comportamento político


• RENNÓ, Lúcio. Teoria da cultura política: vícios e virtudes. Revista Brasileira de Informação
Bibliográfica em Ciências Sociais, n. 45, 1998.
• CASTRO, Mônica Matta Machado de. “Sujeito e estrutura no comportamento eleitoral”. Revista
Brasileira de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 20, p. 7-19, 1992.
• INGLEHART, Ronald. Democratização em perspectiva global. Opinião pública, v. 1, nº 1, 1993.

Você também pode gostar