Você está na página 1de 10

25

_0
D
H
N

Aventura para personagens de 1° nível

Um Feriado
ao Sol

Chris Pramas

1
2
Um Feriado ao Sol

Créditos
Autor • Chris Pramas
Capa • Wayne Reynolds
Tradução oficial • Jambô Editora
Diagramação • Bruno Sakai
Conversão para Old Dragon • Ninja Egg RPG

Esse produto faz uso de regras apresentadas no Manual de Regras Básicas, Bestiário e Guia de
Raças Old Dragon, todos publicados pela Redbox Editora.

Old Dragon ou abreviadamente OD é um sistema de regras para jogos de RPG desenvolvido por Antonio
Sá Neto e Fabiano Neme, inicialmente lançado de forma independente e mais tarde editado pela Redbox
Editora, em 2010.
O Old Dragon usa a Open Gaming License, do Sistema d20, como base para o seu próprio conjunto de
regras e a Creative Commons para sua licença, que permite a criação de obras derivadas, comecialmente
ou não, por terceiros.

O Homeless Dragon é um grupo apaixonado por RPG e que se reencontrou com o hobby
através do Old Dragon.
Quando surgimos a quantidade de material disponível não era tão farta como atualmente,
então nosso grupo meio que se especializou em fazer adaptações de grandes cenários e aven-
turas já existentes e consagrados em outros sistemas.
Você pode baixar o Old Dragon gratuitamente em www.redboxeditora.com.br

3
A aventura

Iniciando a aventura • Algumas pessoas afi rmam que o interesse


Leia essa introdução aos jogadores: de Lydon pela política está ligado à sua má
sorte como mercador. Talvez ele queira um
É um dia claro e ensolarado na cidade de Por- pouco do dinheiro sujo do Lorde dos Mares
to Livre. A cidade está zumbindo de atividade, Drac.
porque hoje é o dia da Festa do Butim, um dos
feriados mais importantes de Porto Livre. Come- • Lydon tem uma grande dívida de jogo para
morando o Grande Saque dos Lordes dos Mares com Finn, um notório lorde do crime.
Drac e Francisco, quando a frota de Porto Livre Depois de uma curta espera, um jovem rapaz no
aterrorizou as nações marítimas por três meses e palco soa uma trombeta, e a multidão se aquieta.
trouxe tesouros inimagináveis, a Festa do Butim é O Capitão Lydon, um sujeito grandalhão com
uma celebração que dura o dia inteiro e paralisa a longos cabelos desgrenhados, dá um passo à fren-
cidade com alegria, música e bebida. Assim como te. Erguendo suas mãos, ele se dirige ao público.
a maioria dos habitantes da cidade, vocês estão
a caminho do porto. O Capitão Lydon, um lobo “Aaaaaarrrrrr, marujos, e bem-vindos à Festa do
do mar conhecido, vai dar início às festividades às Butim! Quem tem a honra de começar as festivi-
9 da manhã em ponto. Vocês forçam a passagem dades este ano sou eu. Todos vocês, seus cães do
pela multidão até que encontram um bom local mar, sabem que o Lorde dos Mares Drac tá ocu-
para assistir ao Capitão. Ele e seus companheiros pado com seu farol, então é trabalho deste capitão
estão em um palco temporário perto de um longo aqui tomar o lugar dele. Vocês querem saque e
píer. O sol diz que já são quase nove horas. pilhagem!?”

Dê aos PJs alguns minutos para fazer per- A multidão ruge de entusiasmo. O Capitão
guntas e se localizar. Provavelmente eles es- Lydon continua seu discurso, mas é difícil
tarão curiosos sobre o Capitão Lydon. ouvi-lo acima dos gritos do público. Induza
os PJs a prestarem atenção no ambiente, no
Os podres do Capitão Lydon: público. Depois de um tempo de observa-
• O Capitão Lydon está nos mares há anos. ção um dos PJs vê uma figura encapuzada
Dizem que, certa vez, ele pôs um ogro para esgueirando-se através da multidão, em di-
correr apenas mostrando seus dentes podres! reção à traseira do palco. A figura só fica
visível por um segundo, e então volta a se
• Dizem por aí que o Capitão Lydon está mesclar à multidão.
tentando uma vaga no Conselho dos Capi-
tães. Ele está patrocinando muitos eventos Os PJs avistaram Jesswin, uma assassina
da Festa do Butim para arrebanhar apoio da contratada por Finn para cuidar do Capitão
população. Lydon. Parece que o Lorde do Crime não fi-

4
cou feliz com o fato de Lydon ter gasto seu
dinheiro na Festa do Butim, em vez de pagar
sua dívida.
“Duzentos anos atrás” grita o Capitão Ly-
don, “a frota de Porto Livre foi às águas pela
primeira vez. Tínhamos dois poderosos ca-
pitães, e os mariquinhas do continente tre-
meram quando Drac e Francisco lhes deram
fogo e aço de Porto Livre!” Jesswin se apro-
xima do palco e saca uma adaga. A menos
que seja interrompida, ela enfia seu próprio
aço de Porto Livre nas costas do Capitão
Lydon. Quando começa a luta, a multidão
enlouquece.
Qualquer um que não esteja no palco tem
seu deslocamento reduzido à metade, e rece-
be -4 de penalidade em todas as jogadas de
ataque devido ao movimento da multidão.

CAPITÃO LYDON
CA 15 JP 13 MV 9
M 10 XP 145 PV 24
Caso Jesswin seja capturada, não admite
1 espada curta +3 (1d6)
coisa alguma. A guarda da cidade aparece
pouco depois, para levá-la embora “para ser
JESSWIM
interrogada”. Caso o mestre prefira, Jesswin
CA 14 JP 13 MV 9 pode escapar (ou ser libertada) e voltar para
M 10 XP 75 PV 20 atormentar os PJs mais tarde. Afinal, eles ar-
1 adaga +4 (1d4) ruinaram sua reputação.

Diversão para todos


Táticas: Jesswin está aqui para matar o Ca- Tendo os PJs (de preferência) evitado o ata-
pitão Lydon, e vai tentar fazer isso a menos que, as festividades podem continuar. O Ca-
que os PJs atrapalhem. pitão Lydon rapidamente agradece aos PJs,
Ela luta com uma adaga em sua mão direita, e então chama o público de volta com um
e deixa sua mão esquerda livre. Isto permite discurso bajulatório.
que ela use suas luvas de apanhar flechas, ou “Há dez barris de cerveja a caminho, para
arremesse adagas quando necessário. quem quiser ficar!” Com isso, todos se acal-
Uma vez que a luta comece, os companhei- mam, e o feriado recomeça. Lydon volta-
ros do Capitão vão tentar levá-lo embora, se se para os PJs. “Obrigado por salvar um
isso for possível. Caso Jesswin perceba estar velho marujo,” ele diz. “Fiquem comigo e
cercada e em menor número, ela tenta correr nós vamos ter um belo dia.” Caso os PJs
até as docas. Ao invés de lutar até a morte, perguntem sobre a natureza do ataque ou
ela vai tentar correr pelas docas e mergulhar aconselhem o Capitão a sair das ruas, ele os
no cais, usando sua mobilidade para evadir dispensa com um gesto. “Não vale a pena se
os PJs. Caso ela consiga chegar até a água, preocupar com isso,” ele assegura, “e ainda
fugirá para a liberdade. Desenvolvimento: tem um festival pela frente!”

5
“Francisco não foi o único capitão que levou uma começam a atacar em equipe. Eles primei-
facada nas costas,” brinca o Capitão Lydon. ro tentarão flanquear “Jack”. Caso isso não
“Agora, enquanto a gente espera pela cerveja, que funcione, podem tentar sobrepujá-lo, utili-
comece a Festa do Butim!” zando ataques especiais como Imobilizar.
“Como todo mundo sabe, o Grande Saque deixou Tesouro: o prêmio é o “Olho de Jack”, uma
Porto Livre orgulhosa. E nenhum pirata foi mais jóia no valor de 25 PO. Para determinar o
valoroso que o Jack Caolho. Ele tava amarrado melhor candidato PdM, jogue 1d8+3. O
no mastro da nau capitânia de Drac durante uma resultado é o número de homens-peixe que
tempestade, e ele enfrentou mais de uma dúzia de um dos PJs precisa derrotar para ganhar o
homens-peixe, usando só um gancho. Era mesmo prêmio.
um marujo de respeito. Desenvolvimento: é claro que as apostas cor-
Agora, vocês estão prontos pra Batalha do Cao- rem soltas durante as lutas. Ladinos podem
lho?” ter um prato cheio avaliando as chances e jo-
gando. Conjuradores podem ficar tentados a
A multidão mais uma vez ruge de aprova-
trapacear em favor de seus amigos. Eles que
ção. O Capitão Lydon vai até o local do pri-
se cuidem se a multidão perceber que estão
meiro evento, e gesticula para que os PJs o
roubando irão guiar os heróis até a entrada,
sigam. A uma curta distância está um círcu-
mas desse ponto em diante eles deverão ir
lo de terra batida, com um grande mastro de
sozinhos.
madeira em seu centro. Uma corda pende do
topo do mastro. Perseguindo o Rato
As regras do jogo são simples. Os compe- Enquanto a Batalha de Jack Caolho pros-
tidores representam Jack Caolho. Eles são segue, as carroças de cerveja chegam. O
amarrados ao mastro com a corda, e rece- humor da multidão fi ca ainda mais festivo
bem um porrete acolchoado. Uma dúzia de quando a bebida começa a circular. No cais,
marinheiros representam os homens-peixe vários navios encenam famosos conflitos do
(também conhecidos como sahuagin), e Grande Saque. Ao longo do dia, tavernas
estão armados com “arpões” (na verdade, e estalagens lucram fortunas com aqueles
bordões acolchoados). Os homens-peixe ata- mais interessados em fi car bêbados do que
cam Jack Caolho até que sejam todos derro- em jogos e brincadeiras. Os PJs podem ex-
tados, ou até que Jack caia inconsciente. O plorar a cidade, se quiserem, mas traga-os de
competidor que derrotar mais homens-peixe volta ao Capitão Lydon no meio da tarde. A
vence. Qualquer um que derrote todos os ação volta ao palco depois do almoço.
doze homens-peixe vence automaticamente, O Capitão Lydon volta a subir ao palco, e a mul-
e qualquer um que se desamarre perde auto- tidão saúda o velho marujo. Ele ergue um caneco
maticamente. e brinda aos desordeiros, agressivos e alegres ci-
dadãos de Porto Livre. A multidão responde com
“SAHUAGIN” [12]
muitos gritos de “longa vida ao Capitão!” Ele sor
CA 16 JP 16 MV 9 ri, mostrando seus horrendos dentes, e pigarreia.
M8 XP 25 PV 9 “Certo, rapazes e mocinhas, é hora de se divertir
1 pancada (1d4+1) um pouco mais. Todo mundo sabe que o Capitão
Drac e o Capitão Francisco botaram os ratões
Táticas: os marinheiros começam atacando gordos para correr no mar. Bom, agora é a vez de
individualmente ou em duplas, para testar a vocês!”
oposição. Todo dano causado é por contu- Lydon arrasta um pequeno baú até o palco, e
são, assim ninguém corre perigo real. Caso abre-o cuidadosamente. Ele coloca as duas mãos
um oponente seja valoroso, os marinheiros lá dentro, e puxa algo grande e peludo. A multi-

6
dão dá um passo atrás quando ele ergue... um rato mens. Nas profundezas das sombras, vocês vêem,
atroz! Com pelo me nos um metro de comprimento de súbito, um par de olhos. Uma forma aracnídea
e cheio de fúria, o rato se contorce nas mãos do torna-se visível entre as teias. Suas quelíceras esta-
capitão. “O primeiro marujo que me trouxer o ra- lam, e uma voz raspada emerge da abominação.
tão gordo ganha o tesouro. E lembrem que ele vale “Se vocês partirem agora, vou deixá-los viver,” ela
mais vivo do que morto!” diz.
Com isso, o Capitão Lydon joga o imenso rato no Os personagens flagraram a aranea em sua
meio da multidão, e começa o pandemônio! forma aracnídea. Normalmente, a criatu-
Pressionados pela multidão, os PJs vêem ra anda entre o povo de Porto Livre como
que é impossível pegar o rato atroz logo de um anão (usando sua habilidade de mudar
início. O melhor que eles podem esperar nos forma). A Festa do Butim era uma oportuni-
primeiros minutos é mantê-lo à vista. Devi- dade de conseguir comida boa demais para
do às circunstâncias, isto é mais um teste de deixar passar, e diversos cidadãos já foram
resistência do que de velocidade. Com pes- presos para serem consumidos mais tarde.
soas correndo em todas as direções (muitas, ARANEA
especialmente crianças, tentando se afastar
do rato), é difícil ser veloz. . Aqueles que fi- CA 15 JP 15 MV 4 | E 9
cam para trás podem manter seus amigos à M 10 XP 320 PV 29
vista. Ressalte o caos da cena de multidão. 1 mordida +4 (2d4+veneno)
Valentões (use as estatísticas dos sahuagin)
podem tentar começar brigas com alguns Teia: para se soltar da teia, um personagem pre-
cisa ser em sucedido em uma jogada de Força ou
dos PJs (“esse rato é meu!”). Crianças po-
ficará impossibilitado
dem necessitar de salvamento, ou serão piso-
de se movimentar.
teadas. Finalmente, a maior parte da multi-
Veneno: personagens feridos pela ferroada da
dão será deixada para trás. O rato corre para aranha devem realizar uma JP-CON para não
a Vila do Escorbuto, a parte pobre de Porto terem esse atributo reduzido em 1d4 pontos. O
Livre. teste deve ser realizado a cada hora até perder o
efeito (no caso de sucesso), em caso de falha ou-
Um Problema Maior tros 1d4 pontos de Constituição serão drenados.
Vocês vêem o rato atroz mergulhar por uma janela Magia: considere a Aranea como um mago de 3º
aberta, para o porão escuro de um prédio arruina- nível.
do. A maioria dos outros perseguidores ficou para
trás, muitos porque recusavam-se a entrar na Vila A aranea tem duas formas, a de aranha onde
do Escorbuto. pode usar sua teia e veneno, e uma huma-
Os PJs descobrem que a casa está deserta. nóide de tamanho pequeno, onde fica im-
Eles podem rastejar pela janela, atrás do rato possibilitada de usar sua teia, mordida ou o
atroz, ou entrar na casa e descer um lance veneno.
de escadas. De qualquer forma, acabam em Táticas: a aranea usa primeiro suas magias,
um corredor curto que dá para uma porta enquanto os PJs passam pelas teias. Apenas
entreaberta. quando encurralada ela recorre ao combate
A porta se abre para revelar o rato, sim, mas ele corpo-a-corpo, e então tenta usar seu veneno
não está em condições de lutar. A sala está repleta da melhor forma possível (atacando o aven-
de teias penduradas, e o rato está firmemente preso tureiro mais forte, por exemplo).
nelas. Tesouro: escondidas no canto de trás, sob
Suas mandíbulas trabalham inutilmente, en- diversos fi os de teia, estão várias sacolas.
quanto ele tenta se libertar. Por toda a sala há di- Elas contêm 5.000 PP, 300 PO e um bálsa-
versos grandes casulos, alguns do tamanho de ho- mo escorregadio. Lá há também um sabre
+1 embainhado.

7
Desenvolvimento: algumas das vítimas pre-
sas em casulos podem ainda estar vivas. Este
é um momento ideal para introduzir PdMs
à sua campanha. A vítima resgatada de hoje
pode ser o gancho de aventura de amanhã.
A Hora da Farra
Caso os PJs voltem ao Capitão Lydon com
o rato a tiracolo, a multidão os saúda em gri-
tos. O capitão diz que sabia que eles seriam
os vencedores, desde o início. É decisão dos
PJs contar ou não a história da aranea. Caso
o façam, e especialmente se trouxerem pro-
vas, serão tratados como heróis.
Contudo, depois das riquezas da aranea, o
“tesouro” pela captura do rato pode parecer
pequeno (uma caixa de especiarias exóticas
no valor de 75 PO). Às vezes, ser herói é sua
própria recompensa.
Os PJs voltam enquanto ainda há muita Fes-
ta do Butim pela frente. Isto significa que o
grupo pode festejar até o amanhecer, caso
queiram. Contudo, tendo acabado de rece-
ber prêmios valiosos em público, é melhor
que eles mantenham os olhos abertos. Afinal
de contas, isto é Porto Livre!

8
LICENÇA OPEN DRAGON / CREATIVE COMMONS by-sa v3.0
Com esta licença você tem a liberdade de:
Compartilhar — copiar, distribuir e transmitir a obra.
Remixar — criar obras derivadas.
Sob as seguintes condições:
Atribuição — Você deve creditar a obra da forma especificada pelo autor ou licenciante (mas não de maneira que sugira que estes
concedem qualquer aval a você ou ao seu uso da obra).
Compartilhamento pela mesma licença — Se você alterar, transformar ou criar em cima desta obra, você poderá distribuir a obra
resultante apenas sob a mesma licença, ou sob uma licença similar à presente.
______________________________________________________________________________________________________

THIS LICENSE IS APPROVED FOR GENERAL USE. PERMISSION TO DISTRIBUTE THIS LICENSE IS MADE BY WIZARDS
OF THE COAST - OPEN GAME LICENSE Version 1.0a
The following text is the property of Wizards of the Coast, Inc. and is Copyright 2000 Wizards of the Coast, Inc (“Wizards”). All Rights Reserved.
1. Definitions: (a)”Contributors” means the copyright and/or trademark owners who have contributed Open Game Content; (b)”Derivative Material”
means copyrighted material including derivative works and translations (including into other computer languages), potation, modification, correction,
addition, extension, upgrade, improvement, compilation, abridgment or other form in which an existing work may be recast, transformed or adapted; (c)
“Distribute” means to reproduce, license, rent, lease, sell, broadcast, publicly display, transmit or otherwise distribute; (d)”Open Game Content” means the
game mechanic and includes the methods, procedures, processes and routines to the extent such content does not embody the Product Identity and is an
enhancement over the prior art and any additional content clearly identified as Open Game Content by the Contributor, and means any work covered by this
License, including translations and derivative works under copyright law, but specifically excludes Product Identity. (e) “Product Identity” means product and
product line names, logos and identifying marks including trade dress; artifacts; creatures characters; stories, storylines, plots, thematic elements, dialogue,
incidents, language, artwork, symbols, designs, depictions, likenesses, formats, poses, concepts, themes and graphic, photographic and other visual or
audio representations; names and descriptions of characters, spells, enchantments, personalities, teams, personas, likenesses and special abilities; places,
locations, environments, creatures, equipment, magical or supernatural abilities or effects, logos, symbols, or graphic designs; and any other trademark or
registered trademark clearly identified as Product identity by the owner of the Product Identity, and which specifically excludes the Open Game Content; (f)
“Trademark” means the logos, names, mark, sign, motto, designs that are used by a Contributor to identify itself or its products or the associated products
contributed to the Open Game License by the Contributor (g) “Use”, “Used” or “Using” means to use, Distribute, copy, edit, format, modify, translate and
otherwise create Derivative Material of Open Game Content. (h) “You” or “Your” means the licensee in terms of this agreement.
2. The License: This License applies to any Open Game Content that contains a notice indicating that the Open Game Content may only be Used under and in
terms of this License. You must affix such a notice to any Open Game Content that you Use. No terms may be added to or subtracted from this License except
as described by the License itself. No other terms or conditions may be applied to any Open Game Content distributed using this License.
3.Offer and Acceptance: By Using the Open Game Content You indicate Your acceptance of the terms of this License.
4. Grant and Consideration: In consideration for agreeing to use this License, the Contributors grant You a perpetual, worldwide, royalty-free, non-exclusive
license with the exact terms of this License to Use, the Open Game Content.
5.Representation of Authority to Contribute: If You are contributing original material as Open Game Content, You represent that Your Contributions are Your
original creation and/or You have sufficient rights to grant the rights conveyed by this License.
6.Notice of License Copyright: You must update the COPYRIGHT NOTICE portion of this License to include the exact text of the COPYRIGHT NOTICE of
any Open Game Content You are copying, modifying or distributing, and You must add the title, the copyright date, and the copyright holder’s name to the
COPYRIGHT NOTICE of any original Open Game Content you Distribute.
7. Use of Product Identity: You agree not to Use any Product Identity, including as an indication as to compatibility, except as expressly licensed in another,
independent Agreement with the owner of each element of that Product Identity. You agree not to indicate compatibility or co-adaptability with any
Trademark or Registered Trademark in conjunction with a work containing Open Game Content except as expressly licensed in another, independent
Agreement with the owner of such Trademark or Registered Trademark. The use of any Product Identity in Open Game Content does not constitute a
challenge to the ownership of that Product Identity. The owner of any Product Identity used in Open Game Content shall retain all rights, title and interest in
and to that Product Identity.
8. Identification: If you distribute Open Game Content You must clearly indicate which portions of the work that you are distributing are Open Game Content.
9. Updating the License: Wizards or its designated Agents may publish updated versions of this License. You may use any authorized version of this License to
copy, modify and distribute any Open Game Content originally distributed under any version of this License.
10 Copy of this License: You MUST include a copy of this License with every copy of the Open Game Content You Distribute.
11. Use of Contributor Credits: You may not market or advertise the Open Game Content using the name of any Contributor unless You have written
permission from the Contributor to do so.
12 Inability to Comply: If it is impossible for You to comply with any of the terms of this License with respect to some or all of the Open Game Content due to
statute, judicial order, or governmental regulation then You may not Use any Open Game Material so affected.
13 Termination: This License will terminate automatically if You fail to comply with all terms herein and fail to cure such breach within 30 days of becoming
aware of the breach. All sublicenses shall survive the termination of this License.
14 Reformation: If any provision of this License is held to be unenforceable, such provision shall be reformed only to the extent necessary to make it
enforceable.
15 COPYRIGHT NOTICE Open Game License v 1.0 Copyright 2000, Wizards of the Coast, Inc. System Reference Document, Copyright 2000-2003, Wizards of
the Coast, Inc.; Autores: Jonathan Tweet, Monte Cook, Skip Williams, Rich Baker, Andy Collins, David Noonan, Rich Redman, Bruce R. Cordell, John D. Rateliff,
Thomas Reid, James Wyatt, baseado em material original de E. Gary Gygax e Dave Arneson. Old Dragon, Copyright 2010, Antonio Sá Neto e Fabiano Neme.
EM RESPEITO AO ITEM 8 DA OPEN GAME LICENSE v1.0a, INDICAMOS COMO CONTEÚDO ABERTO, TODO ESTE MATERIAL COM EXCEÇÃO DE
NOMES LUGARES, PERSONAGENS, ARTES, ILUSTRAÇÕES, ESQUEMAS, DIAGRAMAÇÕES E QUALQUER OUTRO MATERIAL QUE CONFIGURE
PROPRIEDADE INTELECTUAL DOS SEUS AUTORES.
www. .com.br
Regras para Jogos Clássicos de Fantasia

Interesses relacionados