Você está na página 1de 47

CENTRO DE INSTRUÇÃO E CURSO INDEPENDENTES

240 HORAS
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

INSTRUTOR: AUGUSTO E LUCIANO


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

➢ Conhecer os quatro elementos formadores da combustão


➢ As formas de propagação do calor
➢ As temperaturas do fogo
➢ Os métodos de extinção do fogo
➢ A classificação dos incêndios
➢ Os principais agentes extintores, unidade extintora e capacidade extintora
➢ As fases do combate ao fogo, o Flashover, o Backdraft, o Bleve e o Boil Over
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

A combustão é uma reação química exotérmica que se processa entre um


combustível e um comburente liberando luz e calor. Para que esta reação
aconteça e se mantenha, são necessários quatro elementos: o combustível, o
comburente, o calor e a reação em cadeia. Estes elementos são simbolizados
pelo tetraedro do fogo.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CALOR: É uma reação química em cadeia que desprende luz e calor devido à
combustão de materiais diversos. Pode ser uma faísca, uma chama ou até um
super aquecimento em máquinas e aparelhos energizados.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

COMBUSTÍVEL: Combustível é toda substância capaz de queimar e propiciar a


propagação do fogo. Os combustíveis podem se apresentar em todos os
estados da matéria: sólido, líquido e gasoso.

Exemplos de Combustíveis :
➢ Sólidos: Madeira, tecido, papel;
➢ Líquidos: Gasolina, álcool;
➢ Gasosos: GLP**, hidrogênio.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

COMBURENTE: Comburente é o elemento que, durante a combustão, dá vida


às chamas e as torna mais intensas e brilhantes, além disso, a presença do
comburente permite a elevação da temperatura e a ocorrência da combustão,
sendo o Oxigênio o mais comum dos comburentes.

REAÇÃO EM CADEIA: Em certo momento observar que a queima, torna-se


autossustentável, observamos que o calor irradiado das chamas promove a
decomposição do combustível em partículas que, combinadas com o
comburente, queimam, irradiando calor novamente, que iniciará novamente
este ciclo, que chamamos de reação em cadeia.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

O calor é uma forma de energia produzida pela combustão ou originada do


atrito dos corpos.

Ele se propaga por três processos de transmissão:

➢ Condução;
➢ Convecção e
➢ Irradiação.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CONDUÇÃO: É a forma pela qual se transmite o calor através do próprio


material, de molécula a molécula ou de corpo a corpo
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CONVECÇÃO: É quando o calor é transmitido de uma massa de ar aquecida,


que se desloca do local em chamas, levando para outros locais quantidade de
calor suficiente para que os materiais combustíveis aí existentes atinjam seu
ponto de combustão, originando outro foco de fogo.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

IRRADIAÇÃO: É a transmissão de calor por ondas de energia calorífica que se


deslocam através do espaço.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

Os combustíveis são transformados pelo calor, essas ocorrem em temperaturas


diferentes, à medida que o material vai sendo aquecido.

➢ Ponto de Fulgor

➢ Ponto de Combustão

➢ Ponto de Ignição
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

PONTO DE FULGOR: É quando material começa a liberar vapores, que se


incendeiam se houver uma fonte externa de calor. As chamas não se mantêm,
devido à pequena quantidade de vapores.

PONTO DE COMBUSTÃO: Prosseguindo no aquecimento, atinge-se uma


temperatura em que os gases desprendidos do material, ao entrarem em
contato com uma fonte externa de calor, iniciam a combustão, e continuam a
queimar sem o auxílio daquela fonte.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

PONTO DE IGNIÇÃO: É aquela em que os gases desprendidos dos combustíveis


entram em combustão apenas pelo contato com o oxigênio do ar,
independente de qualquer fonte de calor.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

Os métodos de extinção do fogo baseiam-se na eliminação de um ou mais


elementos essenciais que provocam o fogo.

Temos os seguintes métodos de extinção:

➢ Extinção por retirada do material;


➢ Por abafamento;
➢ Por resfriamento e ;
➢ Extinção química.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINÇÃO POR RETIRADA DO MATERIAL : Baseia-se na retirada do material


combustível, ainda não atingido, da área de propagação do fogo,
interrompendo a alimentação da combustão. Método também denominado
corte ou remoção do suprimento do combustível.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINÇÃO POR RETIRADA DO MATERIAL


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

POR ABAFAMENTO : Consiste em diminuir ou impedir o contato do oxigênio


com o material combustível. Não havendo comburente para reagir com o
combustível, não haverá fogo.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

POR ABAFAMENTO
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

POR RESFRIAMENTO: É o método mais utilizado. Consiste em diminuir a


temperatura do material combustível que está queimando, diminuindo,
consequentemente, a liberação de gases ou vapores inflamáveis. A água é o
agente extintor mais usado, por ter grande capacidade de absorver calor e ser
facilmente encontrada na natureza.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

POR RESFRIAMENTO
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINÇÃO QUÍMICA: Certos agentes extintores, quando lançados sobre o fogo,


sofrem ação do calor, reagindo sobre a área das chamas, interrompendo assim
a “reação em cadeia”
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINÇÃO QUÍMICA
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

Os incêndios são classificados de acordo com os materiais neles envolvidos,


bem como a situação em que se encontram. Essa classificação é feita para
determinar o agente extintor adequado para o tipo de incêndio específico.

CLASSES DE INCÊNDIO
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CLASSES A : Incêndio envolvendo combustíveis sólidos comuns, como papel,


madeira, pano, borracha.
MÉTODO DE EXTINÇÃO: Necessita de resfriamento para a sua extinção, isto é,
do uso de água .

CLASSES B : Incêndio envolvendo líquidos inflamáveis, graxas e gases


combustíveis.
MÉTODO DE EXTINÇÃO: Para a sua extinção do abafamento ou da extinção
química.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CLASSES C : Incêndio envolvendo equipamentos energizados.


MÉTODO DE EXTINÇÃO: Para a sua extinção necessita de agente extintor que não
conduza a corrente elétrica e utilize o princípio de abafamento ou da extinção
química. Esta classe de incêndio pode ser mudada para “A”, se for interrompido o
fluxo elétrico .

CLASSES D : Incêndio envolvendo metais combustíveis pirofóricos (magnésio,


selênio, antimônio, lítio, potássio, alumínio fragmentado, zinco, titânio, sódio,
zircônio).
MÉTODO DE EXTINÇÃO: Para a sua extinção, a princípio usado é o método de
abafamento, e agentes extintores especiais que se fundam em contato com o
metal combustível, formando uma espécie de capa que o isola.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

➢ Água;

➢ Espuma;

➢ Pó Químico seco – PQS;

➢ Gás Carbônico – CO2;

➢ Compostos halogenados – halon.


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

ÁGUA : Agente extintor mais abundante na natureza, age principalmente por


resfriamento, devido a sua propriedade de absorver muito calor.

ESPUMA : Pode ser química ou mecânica conforme seu processo de formação.


Química: se resultou da reação entre sulfato de alumínio e bicarbonato de sódio;
Mecânica: se foi produzida pelo batimento da água, LGE e ar.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

A espuma é mais uma das formas de aplicação da água, pois constitui-se de um


aglomerado de bolhas de ar ou gás (CO2) envoltas por película de água. Mais leve
que todos os líquidos inflamáveis, é usada para extinguir incêndios por abafamento
e possui uma ação secundária de resfriamento(água).

PÓ QUÍMICO SECO – PQS : São substâncias constituídas de bicarbonato de sódio,


bicarbonato de potássio ou cloreto de potássio, que, pulverizadas, formam uma
nuvem de pó sobre o fogo, extinguindo-o por quebra da reação em cadeia e por
abafamento. Incêndios de classe “D”: usamos pós especiais à base de cloreto de
sódio, cloreto de bário, monofosfato de amônia ou grafite seco.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

GÁS CARBÔNICO – CO2: Também conhecido como dióxido de carbono ou CO2, é um


gás mais denso (mais pesado) que o ar, sem cor, sem cheiro, não condutor de
eletricidade e não venenoso (mas asfixiante). Age principalmente por abafamento,
tendo, secundariamente, ação de resfriamento.

COMPOSTOS HALOGENADOS – HALON : São compostos químicos formados por


elementos halogênios (flúor, cloro, bromo e iodo). Atuam na quebra da reação
química em cadeia devido às suas propriedades específicas e, de forma secundária,
por abafamento. São ideais para o combate a incêndios em equipamentos elétricos e
eletrônicos sensíveis, sendo mais eficientes que o CO2.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

É a medida do poder de extinção de fogo de um extintor, obtida em ensaio prático


normalizado. Os extintores devem conter uma carga mínima de agente extintor em
seu interior que é especificada em norma.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

CONSTRUÇÃO ENGRADADOS DE MADEIRA – NBR 9443

Capac. Qt. de Espessura Comp. das


Extintora ripas das ripas ripas
1–A 50 45 X 45 500

2-A 78 45 X 45 600

4–A 120 45 X 45 850

6–A 153 45 X 45 1000

10 - A 209 45 X 45 1220
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

NBR 9444
Quantidade de
Capacidade Área em inflamável
Extintora m2 litros
5–B 1,15 58,5

10 – B 2,3 117

20 – B 4,65 245

40 - B 6,95 360
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINTORES PORTÁTEIS / capacidades mínimas:

➢ Carga d’água: 2-A;

➢ Carga de espuma mecânica: 2-A : 20-B;

➢ Carga de Dióxido de Carbono (CO2): 5-B : C;

➢ Carga de Pó BC: 20-B : C;

➢ Carga de Pó ABC: 2-A : 20-B : C;

➢ Carga de compostos halogenados: 5-B : C.


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

EXTINTORES SOBRE RODAS / capacidades mínimas:

➢ Carga d’água – 10-A;

➢ Carga de espuma mecânica – 6-A : 40-B;

➢ Carga de dióxido de carbono – 10-B : C;

➢ Carga de pó BC – 80-B : C;

➢ Carga de pó ABC – 6-A : 80-B : C.


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

O incêndio pode ser mais bem entendido se estudarmos seus três estágios de
desenvolvimento:

➢ Fase Inicial;

➢ Fase da Queima Livre;

➢ Queima Lenta.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

FASE INICIAL: Na fase inicial não há alterações drásticas no ambiente, mas já há


indícios de calor, fumaça e danos causados pelas chamas.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

FASE DA QUEIMA LIVRE : Na queima livre o fogo aumenta rapidamente, usando


muito oxigênio, e eleva a quantidade de calor. Nessa fase o fogo aquece
gradualmente todos os combustíveis do ambiente.
Quando determinados combustíveis atingem seu ponto de ignição,
simultaneamente, haverá uma queima instantânea e concomitante desses produtos,
o que poderá provocar uma explosão ambiental, ficando toda a área envolvida pelas
chamas. Esse fenômeno é conhecido como “Flashover”.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

FASE DA QUEIMA LIVRE


CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

FLASHOVER
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

FASE QUEIMA LENTA : Como nas fases anteriores, o fogo continua a consumir
oxigênio, até atingir um ponto onde o comburente é insuficiente para sustentar a
combustão. Nesta fase, as chamas podem deixar de existir se não houver ar
suficiente para mantê-la.
Na fase de queima lenta em um incêndio, a combustão é incompleta porque não há
oxigênio suficiente para sustentar o fogo. Contudo, o calor da queima livre
permanece, e as partículas de carbono não queimadas (bem como outros gases
inflamáveis, produtos da combustão) estão prontas para incendiar-se rapidamente
assim que o oxigênio for suficiente. Na presença de oxigênio, esse ambiente
explodirá. A essa explosão chamamos “Backdraft”.
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

BACKDRAFT
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES

BLEVE : Explosão da Expansão de Vapor de Líquido Fervente. Fenômeno que pode


ocorrer em recipiente com líquidos inflamáveis e não inflamáveis.

BOILOVER : A água entra em ebulição por volta dos 100 ºC, vaporizando e
aumentando seu volume (1 para 1700).
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES
CENTRO DE INSTRUÇÃO
E
CURSO INDEPENDENTES