Você está na página 1de 60

ESTRUTURAS METÁLICAS

ENGENHARIA CIVIL - UNEMAT PROFª ARIANY CARDOSO


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO

1º DEFINIÇÃO DO MODELO ESTRUTURAL


• Análise de todos os projetos complementares Modulação do mezanino
• Distribuição dos pilares, vigas mestres e barrotes Viga Intermediária
Barrotes Metálicos

Pilares

EXEMPLO:
MODULAÇÃO DE ESTRUTURA
METÁLICA
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO

1º DEFINIÇÃO DO MODELO ESTRUTURAL – Tipos de Lajes de Piso


Laje fundida in-loco

É ainda a solução mais econômica no país, apresenta a desvantagem de exigir formas e


cimbramentos durante a fase de cura.
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
Laje fundida in-loco
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO

1º DEFINIÇÃO DO MODELO ESTRUTURAL – Tipos de Lajes de Piso


Laje com forma em aço, incorporada

A laje é fundida in-loco sobre forma de chapa


de aço conformada, capaz de vencer os vãos
entre vigas, e que inclusive passa a ser a
ferragem positiva da laje. É um sistema que
tem vantagem de prescindir, em boa parte dos
casos, de formas e escoras durante a cura,
liberando dessa forma a área sob a laje para
outros trabalhos. Além disso, a seção
transversal da forma abre espaço para
passagem dos dutos e cabos de utilidades.
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
1º DEFINIÇÃO DO MODELO ESTRUTURAL – Tipos de Lajes de Piso

Painel Wall
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
2º DETERMINE AS AÇÕES PERMANENTES, VARIÁVEIS E ACIDENTAIS DO PROJETO
NBR 6120 – CARGAS PARA O CÁLCULO DE ESTRUTURAS DE EDIFICAÇÕES

NBR 6123 – FORÇAS DEVIDAS AO VENTO EM EDIFICAÇÕES

3º DETERMINE DOS COEFICIENTES DE PONDERAÇÃO DAS AÇÕES


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
DIMENSIONAMENTO – 1º MÉTODO
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
DIMENSIONAMENTO – 1º MÉTODO
1º CONSIDERAÇÕES DE PROJETO
Para o dimensionamento, foram considerados os seguintes parâmetros de projeto:
• Uso como casa de Máquinas, implicando em uma carga acidental de 7,5 KN/m² (NBR 6120);
• Peso do revestimento igual a 1,5 KN/m²;
• Estimativa do peso próprio da estrutura igual a 0,45 KN/m²;
• Peso da laje pré-moldada igual a 2,0 KN/m²
• Aço Estrutural ASTM A36 para perfis;
• Perfis laminados da Gerdau Açominas;
• Pilares de 3 m de altura
• Pilares com a base engastada
• Vigas bi-apoiadas
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
ESTIMATIVA DO PESO DA ESTRUTURA POR TIPO DE EDIFICAÇÃO: estrutura metálica
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
2º COEFICIENTES DE PONDERAÇÃO DAS AÇÕES

• γg1 = 1,25 (relacionado com o peso próprio da estrutura);


• γg2 = 1,35 (relacionado a estruturas moldadas no local e elementos
industrializados);
• γq = 1,5 (relacionado a ações variáveis, incluindo as decorrentes do uso e
ocupação).
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3

• CARGA DISTRIBUÍDA

Qsd = [ Σ(γg1 x Fg) + (γg2 x Fq1) + Σ(γq x q0 x Fq) ] x Área de influência


Qsd = [ 1,25 x 0,45 + 1,35 x (2,0 + 1,5) + 1,5 x 7,5 ] x 2,5
Qsd = 41,34 KN/m
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3
• Momento fletor
Para a determinação do momento fletor, serão consideradas como vigas bi-
apoiadas, assim o momento é dado por:

• Esforço cortante
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3

• Pré-dimensionamento da seção transversal das vigas

Supondo seção compacta e utilizando a expressão que define o momento


resistente de cálculo, temos:

(Zx)mín = 960,65 cm³


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3

• Pré-dimensionamento da seção transversal das vigas

Supondo seção compacta e utilizando a expressão que define o momento


resistente de cálculo, temos:

(Zx)mín = 960,65 cm³


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3
• Escolha do perfil

A escolha do perfil será feita com base na tabela de perfis laminados da Gerdau
Açominas, comparando a resistência plástica mínima exigida com a fornecida pelo
fabricante.
Portanto, o perfil escolhido será o W 360 x 58, cuja as características da seção
transversal são:
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS
• Determinação da força cortante resistente de cálculo
V2 E V3
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3 • Verificação de flambagem local – FLM e FLA


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3 • Determinação do momento fletor resistente de dimensionamento


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


Segundo a NBR 8800, item 4.7.7.3.2, devido a carga permanente atuar em toda
vida da estrutura, podemos retirar os coeficientes de majoração das cargas permanentes e
minorar (coef. Y2) as ações variáveis, para a verificação do estado limite de serviço.
Assim, o carregamento da viga V2 e V3 é dado a seguir:
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


• O deslocamento no meio do vão pode ser calculado pela expressão
definida abaixo:

De acordo com a NBR 8800, tabela c.1, o deslocamento limite para uma viga de
piso é L/350, então:

(δAtuante ≤ δLimite)
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V2 E V3 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


• O deslocamento no meio do vão pode ser calculado pela expressão
definida abaixo:

De acordo com a NBR 8800, tabela c.1, o deslocamento limite para uma viga de
piso é L/350, então:
(δAtuante ≤ δLimite)
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4

• CARGA DISTRIBUÍDA
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4
• MOMENTO FLETOR • ESFORÇO CORTANTE
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4
• Pré-dimensionamento da seção transversal das vigas
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4
• Escolha do perfil

O perfil escolhido será o W 360 x 32,9, cuja as características da seção transversal


são:
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS
• Determinação da força cortante resistente de cálculo
V1 E V4
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4 • Verificação de flambagem local – FLM e FLA


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4 • Determinação do momento fletor resistente de dimensionamento


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V1 E V4 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS V5 E V6


Os carregamentos destas vigas podem ser obtidos pelas forças de reações das vigas V1, V2, V3 e V4,
como mostra a figura abaixo.
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS V5 E V6


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS V5 E V6


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
EXEMPLO DE DIMENSIONAMENTO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6
• Pré-dimensionamento da seção transversal das vigas
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


O novo carregamento para a verificação do deslocamento limite das vigas V5 e V6, é obtido
pelas reações de apoio das vigas V1, V2, V3, V4 com os carregamentos reduzidos utilizados na
verificação do E.L.S.
Portanto, a nova configuração do carregamento é mostrado na figura abaixo:
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
PRÉ - DIMENSIONAMENTO DAS VIGAS

V5 E V6 • Verificação do Estado Limite de Serviço – E.L.S


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
A carga atuante nos pilares pode ser obtida a partir das reações das vigas V5 e V6
mostradas anteriormente. Todos os pilares possuem uma carga de compressão
idênticas, por isso o cálculo será resumido em apenas do pilar P1.
• Carga no pilar P1
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
• Escolha do perfil
Normalmente, nos casos de peças comprimidas escolhe-se uma seção e verifica-se a sua estabilidade.
Neste caso será escolhido o perfil W 150 x 13, cuja as características são mostradas abaixo:
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
• Cálculo da força resistente de cálculo
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
• Cálculo da força resistente de cálculo
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
• Cálculo da força resistente de cálculo
Para o dimensionamento do pilar, será considerado sua base engastada e o topo rotulado
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)
• Cálculo da carga crítica de Euler
Contribuindo com a segurança, será utilizado o menor momento de inercia do perfil, que no
caso é de 82 cm4.

• Cálculo do coeficiente de redução


DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)

• Coeficiente de segurança
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PREMISSAS DE PROJETO
DIMENSIONAMENTO DOS PILARES - (P1 = P2 = P3 = P4)

• Coeficiente de segurança
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
DIMENSIONAMENTO

Dicas para projetar uma estrutura econômica e segura:

• Verifique a altura ideal da viga (H ~ L/20).


• Procurar a Inec somente para a carga variável tomando por base o deslocamento
máximo (L/350) neste tipo de carga.
• Procurar nas tabelas correspondentes 2 ou 3 Perfis com pesos próximos e que
atendam a necessidade estrutural.
• Tentar padronizar o máximo as bitolas para facilitar a fabricação e a montagem,
utilizando a combinação dos Perfis previamente escolhidos.
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PROJETO
PLANTA DE MONTAGEM
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PROJETO
ELEVAÇÕES (MÍN. 2)
DIMENSIONAMENTO DE MEZANINO
PROJETO
DETALHAMENTO DO PINO DE SOLIDARIZAÇÃO, DA LAJE E O Lb
DETALHAMENTO DAS LIGAÇÕES DAS VIGAS
TABELAS
TABELAS
TABELAS
ESTRUTURAS METÁLICAS

ENGENHARIA CIVIL - UNEMAT PROFª ARIANY CARDOSO