Você está na página 1de 2

Em 1850, iniciou o processo de inventário do Comendador Manoel Pedroso de Albuquerque.

Além da viúva, Dona Mafalda Sinforoza Mena Barreto de Albuquerque, deixa os seguintes
herdeiros:

- Dona Carolina Pedroso de Albuquerque da Costa, viúva do Brigadeiro João Feliciano da Costa
Ferreira, residente em São Gabriel;
- Dona Carlota Leopoldina de Albuquerque Lewis, casado com Guilherme Lewis, moradora na
Serra do Distrito do Couto (atual Santa Cruz);
- Dona Maria da Glória Barreto de Albuquerque Pinto, casada com Tristão José Pinto, moradora
em São Gabriel;
- Manoel Pedroso Barreto de Albuquerque, maior de 21 anos, morador nesta cidade;
- Propício Pedroso Barreto de Albuquerque, menor de 21 anos, na corte do Rio de Janeiro;
- Fidêncio Pedroso Barreto de Albuquerque, menor de 21 anos, na corte do Rio de Janeiro;
- Antônio Pedroso Barreto de Albuquerque, cadete do 4º Regimento de Cavalaria Ligeira, em
São Gabriel;
- João Pedroso Barreto de Albuquerque, cadete do 4º Regimento de Cavalaria Ligeira, em São
Gabriel;

Faziam parte do inventário os seguintes escravos:

Nome Sexo Idade Cor Origem Ocupação Estado Preço


Felix M 60 NC NC NC NC 150$000
Faustino M 40 NC NC NC Alugado 350$000
Agostinho M 35 NC NC NC NC 500$000
Simão M 35 NC NC NC NC 500$000
Bento M 35 NC NC NC NC 450$000
Lourenço M 35 NC NC Carpint. NC 500$000
João M 35 NC NC Carpint. NC 400$000
João M 45 NC NC NC NC 350$000
Thomaz M 40 NC NC Roceiro NC 300$000
Francisco M 60 NC NC NC NC 100$000
Baltazar M 40 NC NC NC NC 400$000
Domingos M 35 NC NC NC NC 500$000
Armando M 22 NC NC NC NC 600$000
Joaquim M 18 NC NC NC NC 500$000
Francisco M 15 NC NC NC NC 400$000
Ignácio M 10 NC Crioulo NC NC 300$000
Feliciano (mulato velho) M 60 Mulato NC NC NC 100$000
Rosa F 55 NC NC NC NC 200$000
Francisca F 40 NC NC NC NC 350$000
Pacífica F 50 NC NC NC NC 250$000
Catarina F 35 NC NC NC NC 500$000
Luiz (negro velho) M 80 NC NC NC NC 30$000
Mathias M 80 NC NC NC NC 30$000

Chama a atenção nesse inventário o adendo onde consta:

“Dona Mafalda Barreto de Albuquerque, viúva do Comendador Guarda Roupa finado Manoel
Pedroso de Albuquerque, vem à presença de V.Sa. fazer a declaração do aparecimento de cinco
escravos de sua casa que por se acharem fugidos em quilombo, não foram descritos no
Inventário e como foram capturados quatro e um se apresentou vem a suplicante declará-los e,
são eles: Mateus, Sebastião, Vicente, Adão e Miguel. Também requer que se proceda a avaliação
dos mesmos. Ouvindo os herdeiros e o curador geral, V.Sa. se digne de admitir a suplicante a
assinar termo de responsabilidade pela importância deles, com hipoteca dos bens da suplicante
que V.Sa. julgar suficiente para garantir o valor dos oito escravos, concedendo V.Sa. licença à
suplicante para mandar dispor deles no Rio de Janeiro, onde melhor preço podem alcançar, do
que o aqui, onde são conhecidos por quilombolas, obrigando-se a suplicante a apresentar
qualquer quantia que exceda o valor em que forem estimados, deduzindo despesas da captura
e conservação dos escravos em segurança e as que foram feitas até a ultima venda deles.”

O advogado Antônio Alves Guimarães de Azambuja

Entre os bens do casal estão listados e avaliados, entre outros:

Bens móveis e semoventes

(...)

Animais

Q Descrição Idade Valor


42 Bois mansos avaliados cada um em 12$000 504$000
10 Vacas mansas, avaliadas cada uma em 8$000 80$000
5 Terneiros, avaliados cada um em 2$000 10$000
6 Bezerros, avaliados cada um em 1$600 9$600
12 Cavalos mansos em mal estado, avaliados cada um em 8$000 96$000
13 Éguas mansas avaliadas cada uma em 1$600 20$800
41 Mulas avaliadas cada uma em 8$000 328$000
850 Reses de criar na Fazenda Vacacaí em São Gabriel 6:800$000
300 Touros a 14$000 cada na Vacacaí em São Gabriel 4:200$000
55 Éguas e Potros
400 Reses de criar na estância do Céu a 8$000 cada 3:200$000
600 Éguas e potros
30 Mulas Xucras 8$000 cada 240$000
60 Burros

Observa-se por esses quadros que o valor dos animais de criação, comparativamente com os
bens industrializados, são bastante baixos.