Você está na página 1de 2

Todos os anos, milhares de animais são mortos para a indústria

da moda ou cosmética. Isto porque, para saber se um determinado


cosmético traz desvantagens ao organismo humano é necessário
testá-lo. Como é proibido fazê-lo em humanos, os cientistas fazem-no
em animais. As peles de animais também são, na atualidade, muito
cobiçadas e causam a morte desnecessária de muitos animais.

Assim, são efetuados testes de irritação dermatológica aos


animais, testes de Toxicidade Alcoólica e Tabaco através da Inalação
de fumos e ingestão de bebidas alcoólicas. Há uma posterior
dissecação do animal vivo, para verificar os efeitos das substâncias
no organismo.

Também são efetuados testes comportamentais, no quais os s


animais são privados de determinados bens essenciais como: água,
comida, sono ou interação com outros animais. Realizam-se estudos
como a abertura de cérebro para colocação de aparelhos que
permitam obter os resultados. Os animais são submetidos à radiação
de armas químicas, explosões, colisões, inalação de fumos e gases
tóxicos.

Na indústria da moda são mortos cerca de 31 milhões de animais


por ano, para a produção de roupas com padrões e características
que o têxtil não consegue imitar.
Nestes casos a morte dos animais é extremamente violenta uma vez
que é preciso matá-los com métodos que não danifiquem as peles,
métodos estes que acabam por demorar mais tempo sendo também
mais dolorosos para os animais.

De facto, esta "prática" já tem milhões de anos e surgiu quando


os primeiros homens não tinham como se proteger da chuva e do frio.
Começaram, portanto, a utilizar a pele dos animais que matavam
para se alimentar, havendo um aproveitamento quase total do
animal.

A meu ver, com o avanço da tecnologia, já é possível fazer o


"cultivo" de tecidos animais in vitro, permitindo a observação da
toxicidade das substâncias nas células, evitando assim a morte de
animais. Por outro lado, a criação de tecidos sintéticos que fazem
quase o mesmo efeito que a pele animal representam uma vantagem
pois, para além de salvarem vidas, são mais económicas. Porém,
acredito que todos nós podemos contribuir para a diminuição desta
prática preferindo produtos que refiram que não foram testados em
animais ou que não recorram a peles de animais, não contribuindo
assim para a morte desnecessária de seres vivos indefesos.