Você está na página 1de 98

www.contosdevampiroseterror.blogspot.

com
Momentos Noturnos é uma obra
para que o leitor conheça mais o romance dos vampiros,
o estilo de escrita e também os sentimentos que os
vampiros têm com os mortais e os seus irmãos.

Escrevo poemas desde 2001 e este e-book


é um documento importante
pois reune muitos poemas que produzi.

Sobre o autor:

Adriano Siqueira é um dos escritores do livro “Amor


Vampiro” e criador do fanzine “Adorável Noite” sobre
contos de terror e vampiros, que é distribuído em várias
casas noturnas e eventos sobre cção. Faz palestra sobre
vampiros e escreve para vários sites sobre o tema.

Sites e blogs que criei:

http://contosdevampiroseterror.blogspot.com
http://os-quatro-elementos.blogspot.com
http://www.gizeditorial.com.br/valente/
http://doisescritores.blogspot.com/
http://www.adoravelnoite.blogspot.com/
www.contonoturno.hpg.com.br
www.adoravelnoite.com
Abraço Vampiro

Venha nesta noite,


neste momento obscuro que nos encontramos
junto com nossos irmãos
para celebrar este momento tão raro.

O abraço que precisamos tanto.


Nesta hora em que a lua está bem no alto
é que devemos encontrar nossos amigos,
comemorar nossa existência,
nossos relacionamentos,
nossa natureza.

Venham para os nossos braços.


Pois sempre precisarei do seu.
Vamos trocar nossos fluidos,
nossas energias,
nossas vontades,
nossos desejos.

Vamos ser eternamente unicos.


OS ABANDONADOS

Moramos aqui.
Não temos casas e nem castelos.
Somos os abandonados, os condenados.

Os humanos nos chamariam


de moribundos ou um bando de indigentes mas,
amamos uns aos outros.

Poetizamos, contamos nossas histórias,


de nossa familia de nossos amigos,
de nossa vergonha.

A dor é menor quando


vomitamos nossos defeitos e pecados.

Não pense em encontrar riquezas e nem conforto aqui.


Terá apenas proteção.
Uma proteção duvidosa. Garanto,
pois quando a fome chega...

é só ela que importa.


Passos Noturnos

A janela aberta,
o balanço das cortinas
por causa do vento,
por causa da chuva.

A luminosidade dos raios


Penetra nas paredes escuras do quarto.
A silueta de um homem
com olhar sobrenatural,
bem na frente da janela.

Seus olhos brilham,


emanam energias desconhecidas.

olham atentos
os lençois em movimento.

Mulher maravilhosa que


se mexe enfeitiçada
coreografia de quem flutua.

Clama pelo homem.


Delira em extase,
em prazer, em fogo.

A chama acesa,
chama por mais.

Suas mãos o convida para a cama.


Entrega-se em seus braços
Entrega-se em seus beijos

Gemidos escondidos,
Gemidos silenciosos
Gemidos duradouros.

A noite, que agora brilha,


ilumina os corpos.
como um só.
como uma morte-vida.

tornam-se eterno.
Jura Eterna

Na sua sedução
Fico enrolado em seus abraços.
perdindo em pensamentos e
navego para a ilha dos meus sonhos.
Sei que lá tem um castelo.
uma taça de vinho e uma confortável sala.

Espero que juntos façamos a nossa propria


música noturna.
E que no embalar desta melodia
façamos um mundo com mais verde e menos cinza.

Faça-me mestre e te faço guerreira pela eternidade.


E que neste momento. sua lágrima se transforme
em chuva, em vida, em morte, em dança,
dança da lua, a dança dos vampiros.
Reino selvagem

Nesta absoluta selva urbana


Eu a vejo correr e saltar com a agilidade
inplacável para alcançar com rapidez todas
suas realizações.

Você é fera, tem equilíbrio e


é dona de um enorme coração.

Conquiste e multiplique seus aliados.


Pois o mundo é seu para reinar.
Sempre.
Meu semblante

Na sua beleza natural,


Vejos seus olhos queimando
os invejosos.
Seu poder destroi mundos e
constrói inimigos.
Fazer o que? A inveja vive ao seu lado.
As musas, as deusas, as rainhas sempre
serão invejadas.

Lute adorada
Lute por você, por seu reino.
E nós, seus cavaleiros, estaremos a
frente da batalha,
cortaremos a cabeça dos desprovidos de
paixão e dos que não conseguem ver a
sua real beleza.

Rezo para que uma noite seus olhos


encontrem os meus
E que nesta noite, todos os
seus problemas sejam
eternamente resolvidos e
finalmente, nossas armas sejam
erguidas para o céu em sinal
de glória e conquista.

Que você reine para sempre.


O poder da solidão

A mulher que preenche todas as lacunas solitárias


do mundo fica de frente ao seu castelo
e pensa sobre a sua vida.

Curiosamente ela vê alguns pássaros


passando e isso chama a sua atenção.
Os pássaros vão subindo e subindo até
que eles se escondem em uma núvem.
É exatamente neste momento
que começa a chover...

Suas lágrimas se misturam com a chuva e


ela fica ali sorrindo e agradecendo as
amizades que têm.

Mesmo sozinha
você têm amigos que te amam... muito.
Vampirizando ao amanhecer

Estava indo dormir no meu caixão e como


já é de costume, levo sempre comigo uma
carcaça para divertir-me até ficar com sono.

Porém, ao deitar-me, fiquei incomodado


com seus ossos. Ficavam espetando meu
corpo e então comecei a quebrá-los.

Fiquei olhando, quase dormindo escutando


os pequenos barulhos de ossos quebrando
quando, ao olhar para sua cabeça percebi
um brilho.

Fiquei intrigado.

Fiquei procurando... tateando...


Oh... Era um dente de ouro!

Puxa! Como é bom encontrar riquezas


onde jamais imaginamos.

Coloquei o dentinho de ouro no bolso e


continuei a quebrar os ossinhos até final-
mente dormir.
A FOME E A LOUCURA

Os olhos ...

Estes que, para mim, são a fonte do desejo,


da culpa, da entrega, da submissão...

As vezes olhamos com extremo desejo


de ser vítimas de nossos próprios medos
e prazeres.

Prazeres sem fim, sem dono e sem remorso.

Entregando-se de corpo e alma


no meio dos mares da luxuria e perversão.

Sentindo e implorando pela mordida.

é difícil de se livrar.

é difícil de se livrar.

Entregue-se.
A VAMPIRA E A VINGANÇA

Não perca seu tempo tentando entender


os vermes que te circundam.

Na sua atual atmosfera


o seu tempo é eterno.

Usando a vingança como semblante, sua


morte-vida perde seu poder.

A fome aumenta.
A energia passa a ser negativa como a
dos humanos, dominando a sua raiz e a
sua fonte seca.

Ser vampira está muito além.


Significa vencer! Dominar! Ser adorada!
Tomar as rédias pessoalmente.
Construir seu melhor caminho e deixar,
neste caminho, muitos implorando por
sua volta.

Alimente-se deste conhecimento.


CORRENTE

Encarceirado, vendado e amordaçado


Ainda consigo ouvir seus lamentos
Ainda sinto suas lágrimas

Maldição carimbada em meu corpo


Lobo sedendo que só mata prá comer
Lobo selvagem que só quer viver

Grito surdo, mutante e escoria do mundo


Serre a corrente e conte a todos.
Todos Contos da Corrente.
“Vampiras,Vampiras.

Tem melhor tato do que elas?


Que nos rodeiam e se camuflam
em timidez só para chegar
mais perto e arracar seu coração.
Mesmo assim, ficamos ao seu lado...
quase sóbrios.
Compartilhando os caminhos sombrios
de uma noite deliciosa.
Tudo fariamos para sentir seus toques,
conhecer seus desejos, suas vontades,
prazeres que não contam... Realizam.
Mesmo perdendo no suor e no cansaço,
nós ganhamos sua atenção.
Vale o momento.
Os pequenos segundo daquele olhar
que jamais veriamos em
uma simples mulher.
Ou será que elas é que são
simples e as outras é que
dificultam tudo?
Vampiras querem matar a sede,
seduzindo.
E quem não quer dar de beber para esses
criaturas noturnas?”
Pedido eterno

Cada beijo uma vontade a mais de desejo


que vejo e aproveito seu jeito
de ser completo e inteiro
e me faz guerreiro de seu castelo.
praticamente seu
inteiramente vampiro
que a eternidade me leve a você
e que sejamos amantes eternos
O poder de querer

A realidade é muito pior dos que os


contos que escrevo.
queria eu ser um personagem ter meu
castelo minha pricesa vampira reinando
ao meu lado.
Queria ser forte, guerreiro. lutar contra
os inimigos e e cada vitória tomar
minha princesa em meus braços
e festejar a luz da lua.

Quero ser o que sou e quero estar


presente mesmo nas linhas que escrevo
Góticas

Supremacia ao extremo.
Personalidade que atrai.
Urbana com visual moderno.
Magnitude que sobresai.

Em seus encantos, soturna.


caminha com leveza.
Na atmosfera noturna,
Reinam com delicadeza.

Beldades que, ao luar,


Destacam sua beleza.
com apenas um olhar.
Nos fazem de presa.

quando dançam,
Mexem as sepulturas.
Quando falam,
formam culturas.
Quando olham,
balançam as estruturas.

Gótica de arte
de moda, de música,
e de Mulher.

Quem não ti quer?


Luzes na floresta

Já estava acostumado com a escuridão


da floresta...
Nos adaptamos rápido demais quando
sabemos que não existirá luz naquele lugar.
Então sempre fazemos de tudo para marcar
os caminhos. Memorizar nossos passos.

Naquela noite a lua e as estrelas brilhavam


mais. O céu parecia bem mais limpo do que o
normal. Não havia névoa nem nuvens cobrindo
a noite. Fiquei olhando as árvores e as folhas
de cores verdes misturadas com o azul brilhante
da lua. O caminho estava mais nítido e tentei
memorizá-lo. Sei que aquela noite
seria especial.

Perto de uma árvore uma luz surgiu e no seu


brilho quase cegante, vi apenas os braços e
enormes asas transparentes que quase envolvia
seu corpo.

Os cabelos balançavam com o vento e antes que


eu pudesse perguntar quem era... Desapareceu...

e a floresta voltou a escurecer.

Nunca vou esquecer daquela noite que foi dia.


Vida de Vampiro

É vida-morte que a gente tem


perdida, partida.
Embora segue para voltar que volte nua
como nasce.

Descrente da possibilidade de ir e vir. como


ida e volta.

Conflito de vida diaria, noturna, entardecida


a tarde, na aurora, no crepúsculo, no
amanhecer do tempo que respiro fundo o ar
frio, que gela o corpo, causa arrepio.
Não de medo mas de clima, que de cima
melhora e debaixo acho sapatos... os meus
unícos. Acostumados com meus pés.
Caminhos percorridos, corridos...
nas pontas dos pés.
Neles...deixo poeira... terra... lama... pixe...
só nao deixo rastros... deixo marcas e lem-
branças. As boas.

O carma do meu caminho, é que sempre ando


em circulos.
Tente andar com os meus sapatos.
A dor de Um Vampiro

“Não existe maior tormento do que


amar sem receber amor.
Gritar sem ser ouvido. Correr sem ter
alguém para te parar.
Chorar lágrimas de sangue e recolhê-las
para beber pois nãos existe sangue por
perto para dividir.
Caminhar procurando, mesmo sabendo
que ninguém está escondido.

Mas, é neste “tormando” que vivemos,


nos faz ser o que somos.
Irremediavelmente apaixonados!”
ETERNAMENTE LUA

Nos seus domínios,


Entre feras e beldades.
Encontro nos seus abraços,
lembranças repleta de saudades.
Uma vida eterna, uma promessa,
um caminho e seus olhos.
Guiando.

Nos seus domínios,


Tudo que deseja, acontece.
Encontro nos teus abraços,
Cama cheia de verdades.
Uma vida de paixão,
de desejo, de fogo.
Digerindo.

Na sua fome,
Tudo que precisa, devora.
Encontro nos teus abraços.
Mordidas profundas de imortalidades.

Uma lua em eclipse,


em transformação, em minha volta.

Saciando
Sugando
Devorando
Amando.
VAMPIRA

O fim de uma vida serva


Laço humano separado
A tempestade agora me cerca

Sou fogo,vento e Veneno enjaulado!

Delirios desejos,
suspiros carnais.
Faca de dois lados.
Morro enquanto mato.

Mato de Lírios e Delirios.

Sou Jovem,
Sou Vampira
ECLIPSE

“Escuridão mortal que


domina a noite.
Domina-me.
Possua-me.

É incrível o que pode se ver


quando fechamos os olhos.

Verdadeira face da vida


escondida, perdida,
viagem só de ida.

Quem dera fosse dia.


Onde as sombras nascem.

Quem dera fosse noite.


Onde as sombras sabem.

Eclipse
Mistura abençoada ou
equilíbrio do caos?

Que seja um.”


MEU MUNDO INSANO

Ja sei o que veio fazer aqui.


Quer mostrar que tenho cura,
Que posso ser normal.

Sei o que quer.


Quer transformar meu mundo
Tirar minha insanidade
Tentar ser o salvador do meu caos.

Então tente...
Quem sabe coloco seu cadaver
no meu canto preferido.

Apenas para lembrar

Do mundo que quer me salvar


Sou dono.
O QUE SINTO

“Nós, Vampiros, não pensamos


apenas em cemitérios e
nem vivemos em completa
desilusão... Não...

Pensamos apenas no amor eterno,


pensamos no sexo sem doenças,
nos beijos com gosto de flores.

A natureza mostra finalmente


sua verdadeira essência,
sentir.
Isso mesmo.
Estar em prazer com nossas
sensações
aguça nossas percepções.
Tira nossas angustias e
adiciona paixões.”
Passos Noturnos

A janela aberta,
o balanço das cortinas
por causa do vento,
por causa da chuva.

A luminosidade dos raios


Penetra nas paredes escuras do quarto.
A silueta de um homem
com olhar sobrenatural,
bem na frente da janela.

Seus olhos brilham,


emanam energias desconhecidas.

olham atentos
os lençois em movimento.

Mulher maravilhosa que


se mexe enfeitiçada
coreografia de quem flutua.

Clama pelo homem.


Delira em extase,
em prazer, em fogo.

A chama acesa,
chama por mais.

Suas mãos o convida para a cama.


Entrega-se em seus braços
Entrega-se em seus beijos
Gemidos escondidos,
Gemidos silenciosos
Gemidos duradouros.

A noite, que agora brilha,


ilumina os corpos.
como um só.
como uma morte-vida.

tornam-se eterno.
Vampiros Sempre

Vampiros caminham pelas sombras noturnas


Almas Desoladas, abandonadas pela sociedade.
Mordidas profundas que levam ao prazer.
Parceiros de sangue e irmãos eternos.
Imortais desde o início dos tempos,
Retratam os pesadelos nos homens e
Ouvem os lamentos de um mundo insano.

Que você sinta eternamente


a presença deles.
A Paixão dos Vampiros

Na sua sedução
Fico enrolado em seus braços.
perdindo em pensamentos e
navego para a ilha dos meus sonhos.
Sei que lá tem um castelo.
uma taça de vinho e uma confortável sala.
Espero que juntos façamos a nossa propria
música noturna.
E que no embalar desta melodia
façamos um mundo
com mais verde e menos cinza.
Faça-me mestre e te faço guerreira
pela eternidade.
E que neste momento.
sua lágrima se transforme
em chuva,
em vida,
em dança.
Anjo Negro

Anjo que me proteje do mal que


nos cerca...
Separa-me dos meus inimigos e leva-me
para os que me amam.

Sua voz quero ouvir para sempre.


Seus cabelos quero sentir em
minhas mãos
e que seus olhos presenciem os
meus feitos.

Feito adorada mais que adorada anjo


que todos querem e nunca poderão
ter pois você é divina majestralmente
endeusada pela eternidade.

Que a sua luz iluminem


meus olhos cegos.
O abraço

Que vontade de dar aquele abraço


e passar toda a esperiência
da minha vida para você...
Se fosse possivel eu faria...
Mesmo que nada reste de mim,
ao menos alguém saberia o que vi,
o que penso, o que sou.
Batalha ao Luar

Na sua beleza natural,


Vejos Seus olhos queimando
os invejosos.
Seu poder destroi mundos
e constroi inimigos.
Fazer o que, a inveja vive ao seu lado.
As musas, as deusas, as rainhas sempre
serão invejadas.

Lute adorada
Lute por você, por seu reino.
E nós, seus cavaleiros, estaremos a
frente da batalha,
cortaremos a cabeça dos desprovidos,
dos fracos, dos que não conseguem
ver a sua real beleza.

Rezo para que uma noite seus olhos


encontrem os meus
E que nesta noite, todos os seus
problemas sejam eternamente resolvi-
dos e finalmente nossas
armas sejam erguidas para o céu em
sinal de glória e conquista.

Que você reine para sempre.


NOSSO LEGADO!

Nos vampiros, somos os seres


mais poderosos da terra
Somos imortais e nossa força
é incontrolável!
Nossa paixão devora a alma
de que nos ama!
Nossa beleza cativa e domina os humanos!
Nossos passos serão lembrados
pela humanidade!
Nossso lema é vencer e sobreviver!
Quem nos conhece
jamais vai querer outros!
Quem sente nossos beijos
jamais vão querer outra boca,
outro toque!
Somos o que somos!
Melhores e imbatíveis!

Somos VAMPIROS!
Lua Vampira

Quantas luas devo encontrar


para ao seu lado estar?

Quando olho para você


encontro nos seus olhos
O reflexo da lua que brilha

Lua que ilumina sua beleza


e mostra a sua juventude
sempre brilhante sempre viva
e faz seus cabelos se moverem ao vento
mostrando seu sorriso de caninos salientes
e uma boca sedutora que desejo beijar

Que neste beijo tenha seu sangue


e que seja misturado com o meu
para juntos vivermos a noite
onde a lua é nosso guia

e você...
minha mais querida
amante vampira.
MULHER VAMPIRA

Mostra-me tuas faces,


numerosas, mas únicas.

Mostra-me tuas palavras certas,


sempre metódicas e
que, as vezes corta, as vezes cura.

Mas segura a calma que explora a alma


dos amantes da arte, da leitura
que explode com bravura,
sua textura de mulher impressionante.

Mulher do futuro que faz do passado


um eterno presente.
Vampiros e Fadas

As fadas não vivem sem a natureza


Os vampiros não vivem sem o sangue.
Um faz parte do outro e eu faço parte
da sua luz...
brilhe sempre e me ilumine com
sua magia,
com suas palavras
e principalmente com seu carinho.
DESEJO DE UM VAMPIRO

Me dê compreensão,
para que um dia
eu descifre suas palavras.

Desejo também um minuto,


ou dois para apenas te olhar.

Como se não fosse o suficiente


desejo que me salve dos meus vicios
para poder viver mais e te conhecer mais.
e, de todos os desejos loucos que tenho,
que um deles seja ouvir...

Que me deseja.
Desejos Mortais

Quero ver meu sangue em


sua boca.
Seguido de um beijo para sentir
o gosto.
Doce veneno que me enlouquece.
Desejo que você passe a lingua em
meu pescoço
para lamber as gotas que estão
descendo para o meu peito.
Desejo que rasgue minha roupa e
me ataque como um predador.
Arranhe minhas costas e rosne
como uma leoa.
Desejo que me dê tudo de você,
para que eu possa lembrar eterna-
mente desta noite.
E com um sorriso,
eu possa dizer ao lembrar:
Vampiras... que loucura.
Provérbio vampiro

Lembre-se:
Os Vampiros escondidos na penumbra
noturna geralmente são mais sábios e
confiaveis do que aqueles que
se entregam facilmente em seus braços.

Estes ultimos, querem apenas o seu


sangue e os que se escondem, depois de
encontrados dividem a sua sabedoria.
“V” de Vampiro e de Vitória

Aquelas noites onde tudo sai errado...


Aqueles momentos onde vocês perdem
muitas oportunidades na tentativa
de conquistar algo novo.
Ficam revoltados por não alcançarem
seus objetivos.

Vampiros também passam por isso.


Os nossos objetivos não são alcançados
sem esforços, sem luta.

Mas não importa quantas vezes


somos derrotados.
O que importa é não sermos derrotados
por dentro.

Tudo pode se destruir ao nosso lado.


Podemos perder o nosso castelo,
nosso melhor vinho,
nosso lugar para dormir.
Mas, não podemos nos perder.

Precisamos da nossa energia,


do nosso corpo e mente para prosseguir.

Dependemos do nosso poder interior para


batalhar, guerrilhar e lutar.
Só assim obteremos nossa vitória,
nosso sucesso.
Somos vampiros! Somos imortais.
O espelho

O que vemos em nosso reflexo não importa.


Não será ele que slvara a sua vida.
Não será ele que ditará as regras
para reinar neste mundo.
Não será uma simples imagem
que nos trará alegrias
e saudades.

O espelho só reflete a solidão.


Por isso não confie no espelho.
Ele jamais mostrará
a sua verdadeira face.

Os retratos. Estes sim são nosso cartão de visitas.


O melhor meio de ver outras pessoas
que sentimos falta e que geralmente
não podem mais voltar.
Um dia nossos reflexos mostraram
o que somos realmente e espero
que neste dia
você seja a imagem
que todos querem ver.
Desejos que matam

De um universo paralelo
Sinto seus abraços mortíferos
Enraizado nesta completa linhada
draculalgia que agita o meu
coração vermelho como seus lábios.
Revestido de cores claras como a
minha pele que vê no auge seu espírito
caminhando ao meu compasso,
deslizando com seus dedos macios a
minha pele sensível
aos seus toques e me paralisa...
Deixando-me submerso aos seus desejos,
que só vejo nos meus melhores sonhos.
Desejos que quero realizar.
Devore-me.
Mostre ao mundo que existe outro
mais sedutor.

Seja a minha rainha deste lugar...


Pois assim me sinto inteiro.
Assim me sinto forte...
Assim me sinto seu.
Morda-me.
Vampire Secrets

Quer mesmo sentir meu abraço


com o vento frio desta noite?
Quer mesmo sentir meus beijos
com o sabor do meu sangue?

Então segure a minha mão


e olhe para os meus olhos.
Verá um mundo a ser descoberto,
Um homem a ser desvendado.
um ritual a ser seguido.
um amor revelado.

Liberte o seu sangue coagulado,


amordaçado, acorrentado,
que está gritando dentro de você
e implorando para sair.

Escreva sem sentido


deixe seu coração te guiar,
deixe o desejo fluir em sua mente.

Deixe seu corpo escrever em forma de dança


os seus mais audaciosos e secretos desejos.

E no seu desespero em contar,


deixe-me então, guiá-la,
e assim escreveremos juntos,
nossos tormentos, paixões e desejos
em milhares de toques, desfoques sem retoques.

Mostre-me a verdadeira vontade que está


sufocada e esquecida dentro você.

Mostre-me a sua alma, sua essência!


Dispa-se completamente e
deixe-me ler
através dos meus olhos penetrantes,
através das minhas mãos e
da minha boca...

Que pede sempre mais


do seu sangue,
do seu corpo
e da sua alma.
Vampiros nas Baladas

A música estava alta


Subo no palco e levando os braços
O sangue desce,
Logo, meu corpo fica vermelho.
As luzes ajudam.

Vem vampiro!
Vem Nosferatu!

Muitos vem ao meu encontro.


Ficam sem a parte de cima da roupa.
A festa começa no palco...
e termina com um banho sangrento.

Trocamos mordidas e beijos.


Em troca...

Recebemos VIP´s na próxima balada.


O CARDÁPIO DO VAMPIRO

Você deve achar que os vampiros


ficam tranqüilos em casa,
esperando o alimento chegar.

Quem sabe alguém bate na porta


pedindo informações,
ou até mesmo eles liguem para
um delivery e o azarado entregador
acaba sendo o petisco da semana?

Podem até existir vampiros assim,


mas estão em profundo torpor.

O melhor mesmo é a procura, a caça,


a atitude de sair e aventurar-se aos
olhos da lua.

Quanto mais difícil a caça,


maior é o prazer de saciá-la.

Bon apetit!
Equação Noturna

Que seus olhos contemplem


nossos tesouros assim
como contemplamos
a sua alma obscura e
profundamente misteriosa.

E que nesta madrugada


meus pensamentos atravessem
a inimaginável equação de haver
apenas um lugar
onde dois são um e este um
seja um eterno todo.

Eterno seu!”
Reflexo da escuridão

Este estranho clarão da selva negra


refletindo o fogo da minha
vida inexistente enquanto sou,
pura anatômia infernal,
que me consome.

Transformo em Trevas
a minha infância,
pura diversão macabra.
Subindo em arvores mortas para saltar,
sem medo, sem rancor,
alimentando-me do sentimento alheio.

Quando se vive o nocturno, o sombrio,


os olhos se fecham as leis a a ordem
Ficamos eternamente cegos, pois
Se um dia nossos olhos
abrirem novamente,
desejaremos de coração
o eterno abraço mortal.
Esconda-se Vampiro

Que sina macabra desses caçadores.


Enquanto nos perseguem, nos assistem
para absorver maior conhecimento
para logo depois, tentarem nos eliminar!

Não temos culpa se chamamos a atenção por


sermos vampirilampos urbanos!

Só queremos um pouco
de cada um, de cada gota.
Nada de mais, de menos.

Eles se acabam mesmo.


Na bebida, no vício, na vida sem ida.
E no “V” de Vitória de Vingança!

Que se acabem em nossos braços então!


Pelo menos, na busca da verdade...
mostramos insanidade!

Fique pensando enquanto corre.


Assim, nosso apetite dispara e
sua “vida” permanecerá...
Morte.
Nosferatu Marcado

Na guerra dos trovões


Relampejando e tentando iluminar.

Nosferatu marcado.

A mão que convida


O abraço que proteje
A fome que domina.
Legião da morte-vida.
Herege.

Vampiro de sangue,
energia vital do mal,
da morte-vida, da ordem,
do filho, do ritual.

Energia que leva o poder.


Mão que jura proteção.
Ritual de Sangue,
do beijo,do abraço,
da morte da legião de irmãos.

Nosferatu marcado.

Procura sangue na madrugada fria


para agradar a juventude perdida, aflita.
Se escondendo com a capa
que destaca seu olhar hipnotizante
que te deixa no horizonte perdido, inibido.

Ele quer você!


Quer seu sangue,
seus ossos, seu sexo,
sua forma de vida, maldita.

Nosferatu marcado.

Do beijo que sustenta


da boca que alimenta
As marcas do vampiro
estão por todo o lugar.

Deixando a ferida ativa.


Trazendo morte-vida
por onde caminha.

Nosferatu marcado.

Vida eterna que possui sorrisos


envelhecidos, indecisos, renegados,
salientes e mortiferos.

Nosferatu marcado.

Desejo eterno de sugar a vida.


Despertos, espertos,
armados com os dentes,
olhando atentamente
e arrancando sem piedade
sua alma e liberdade.

Nosferatu marcado.

Notícia quente, corpo frio


é manhã...
e o vampiro fugiu.
Sangue.

Uma vez derramado, desperdiçado,


gera desconforto, gera ódio, gera vingança.
Pobre de quem vê lamber as sobras,
é ver seu próprio destino
Desta vez você será o sangue,
você será o próximo.

Descanse em paz!

long life to the vampires

blood that walks in my body


I want death always.
I want blood always

that the vampire appears now


and take me entirely.
appreciate completely.

I will live like this in peace


with the vampires
Morte

Acompanhado,
segurando a sua mão.

Caminhamos na direção dos portões do outro lado.

O lado B da vida que deixei.


Será que terei seu beijo quando me deixar?

Será que lembrarei


do seu toque frio quando me visitar novamente?

Deixe-me então...
Realizar meu último desejo.

Sem dor, sem lastima e sem pena.


Não precisa dizer nada!

Deixe-me apenas sentir


o toque das suas mãos frias e o seu beijo...

Pela eternidade!
O desconhecido

Grande força que me devora por ser


noturnamente incognito e
nosferatamente misterioso.

Sou assim para os outros.


Como você é para mim.

As pessoas ao meu lado.


me temem.

Os vampiros ao seu lado.


te amam.

Sem mistério e sem temor.


Sou um amante do desconhecido.
Sou seu...
Pertence à noite

Na sintonia do cosmos
e na minha pequena forma obscura,
encostado nos tijolos alaranjados e úmidos,
consegui ver teus olhos.
Que me viam na penumbra.
Naquele mínimo e insignificante momento.
Experimentei teu toquei.

O mundo era nosso. Única existência.


Tornou-se fator imperativo da minha noturna causa.

Que ensandecida nosferatopéia ligada aquele


cheiro noturno!

Quase que me transformo


em pura cobiça, pura fera.
E com selvageria te devoraria em meus sonhos.
Mas mesmo delirando,
dominado e domado por completo,
Vejo novamente teus olhos.
São eles que me devoram, que me querem.

Entrego-me a eles e a sabedoria do Caos.


Que seja sempre eterno,
inesquecível e imortal.
Vampire Kiss

Beijo que alivia a carne


que traz alegria
que enche de folia

Quando a luz da lua aparecia


Eram seus beijos que refletia

Beijo de quem admira


beijo rubro bem na mira
boca que reluz a lua
lingua que irradia morte-vida.

Beijo, porque quero


Beijo para marcar

Beijo por ser sincero


Beijo para ser eterno!
LILITH

Pecaminosa criatura
que só vê sombras e trevas.

Seus cabelos ondulados


seguram as almas dos homens que devora.

Seus olhos. Labaredas que nunca apagam,


fogo que abraça e sufoca os menos avisados.

Te quero inferno
Te quero Lilith
NATUREZA MORTA

O vestido branco está agora misturado ao barro


O barro misturado da selva, com cabelos
misturados a rosas.
Ela não vai mais casar.
Seu destino agora é acompanhar a
noite, a fome.

Ao invés do beijo, uma mordida.


Ao invés da morte, sobrevivência.
O poder de deixar os homens de
joelhos agora é seu.

Porém o que deseja agora


é conhecer a noite.
Conhecer a si mesma, seu corpo,
seus toques.

A sabedoria das rosas.


A energia da noite.
O amor da mordida.
O que os seus olhos veêm?

As muitas faces da minha vida


Disfarces distorcidos pelo tempo.
Os caminhos que tive que percorrer
Em circulos e correndo contra o vento.

O Brilho da lua nos meus cabelos


nas noites chuvosas tentanto te achar.
O meu olhar de carinho e de tristeza
tentanto, de alguma maneira, te abraçar.

A minha luz que pega fogo


e se apaga quando anoitece.
Os meus olhos lacrimejados
que se abre quando você aparece.

As minhas mãos tremulas


sentindo as suas, que são macias, malícias.
O rosto de um homem perdido
procurando se cobrir em noites frias.

Pelo tempo, contra o vento.


tentanto te achar, te abraçar
quando anoitece, você aparece
são macias, malicias em noites frias...
MORDIDA

Nos seus lábios


o meu sangue parece um batom

Em suas mãos
o meu sangue parece
uma luva vermelha
que combina com seu vestido lilás

Nos seus seios,


meu sangue lembra bem o sutiã
que te dei na lua de mel.

Então... Porque está chorando?


Não gosta mais do vermelho
em seu corpo?
Não me aprecia mais como sua alimen-
tação noturna?

Ou será que esta estaca enfiada


por mim no seu peito
faz alguma diferença?
O Silêncio dos Vampiros

Desligue o som.
Não diga nada.
Apenas sinta.

Acredite...
Só no silêncio
me conhecerá melhor.

Só no silêncio
você vai realmente me ouvir.

Só aqui,
neste silêncio,
estaremos realmente juntos
e estaremos compartilhando,
calados... Nossa verdadeira união.

Sou assim... quieto e paciente.


Uso apenas meu coração,
Que é pequeno perto do seu,
e meus olhos...
Que geralmente embassam.

Mas cuidado.
Meu silêncio é tão cativo
que poderá deixá-la...

Sem palavras.
ETERNO

Eterna a dor,
por perdê-la.

Eterna Lua,
que sempre adorava.
Eterno o seu túmulo,
que abraço, enquanto lamento.

E o nosso amor...

Que dure Eternamente.


TENTAÇÃO

Na Loucura da noite
embriagado pelos meus desejos.
Os pensamentos vagam por seu corpo
molhado de suor....

Quando meus caninos sentem o seu corpo,


a mistura de prazer e fome
é saciada pela minha mordida.

No que você pensa quando


me alimento do seu sangue?

O que sente quando


está morrendo para me alimentar?

Na verdade. Sou eu que estou partindo.


Sou eu que estou morrendo.

Sou eu que te amo.


NOTURNA PAIXÃO

Desejo de sangue, vôo noturno,


Boca seca, Noite fria,
Cheiro indica a caça, soturno,
fome e dor, antipatia.

Vento na janela, ela resiste


meus pensamentos exigem,
“alimente-se” ela insiste,
rasgo a roupa com coragem.

Meus dentes em seu pescoço


Alegrias em pensamentos, atentos.
no olhar um clarão maravilhoso
no paladar os melhores alimentos.

Ele aparece com aquela estaca


deitando ela na cama me preparo
ele é rápido e pega uma arma
me detém com um disparo.

Minha força, ele não é páreo


intangível, não sinto nada.
Ela é ferida, cai instantâneo.

Em meus braços ela morre.


Gritando ele tenta se vingar.
A dor agora me consome.

O beijo era instaurador


E pela janela ele se jogou
Ela ressuscitou, é o amor.
TEATRO DOS VAMPIROS

Aqui, todos são bem-vindos


Todos os que apreciam o vermelho
conhecem nosso passado
e admiram os condenados.

Nossa casa é seu lar


Daremos nosso abraço
Beijaremos seu rosto
Compartilharemos entre linguas
Seu paladar.

Nosso maior prazer


é conquistá-lo
seduzi-lo
entretê-lo
e principalmente...

Devorá-lo.
DIÁRIO DOS VAMPIROS

Meus dedos...
Furados pela ponta da minha caneta.

Escrevo com sangue


Sangue dos que já foram mas,
que ainda circulam em minhas veias.

O passado nunca me abandona.


Eu o tenho por todo o meu corpo.

Um dia eu vou lamentar pelo que escrevo.


Mas primeiro...
vou saciar minha sede.
VAMPIRA ETÉREA

As gotas de sangue
explodem nas suas mãos suaves.

Ainda sinto seu abraço mesmo sendo etérea.


Ainda sinto seus beijos mesmo sendo fogo.
Ainda sinto seu calor mesmo na madrugada.

Sinto beijos,
Sinto toques,
Sinto calado.

Mesmo depois da morte.


que para mim...

é vida!
O QUE SINTO

“Nós, Vampiros, não pensamos


apenas em cemitérios e
nem vivemos em completa
desilusão... Não...

Pensamos apenas no amor eterno,


pensamos no sexo sem doenças,
nos beijos com gosto de flores.

A natureza mostra finalmente


sua verdadeira essência,
sentir.
Isso mesmo.
Estar em prazer com nossas
sensações aguça nossas percepções.
Tira nossas angustias e
adiciona paixões.”
Necrônica

Necrônica Terro-literária

Faz boca que morde


dos dedos que rasgam

Pele ferida em trapos sangrados


Tenho que ter
Tenho que ser.

Nécro de feto
Nécro de sangue
Nécro de alma.

Somos necropole insana


na zinetrópole paulistana
Vampirize a Vida

Amor não é sorte,


é gratidão!
É paz no coração.
Não tem azar que tire o amor,
nem dinheiro e nem morte/vida.
Amor é acreditar que um dia eu
me transformo nele
e ele, no que sou.
Sou repelente de ódio...
Quero mais é tesão no coração.
Vampiro de paixão.
Mago do suspiro,
amante vampirizando a vida,
sugando e aproveitando até o final.
VOLTAR A VIVER

As asas do morcego passam bem perto...

Seguindo as ondas sonoras


dos meus gritos o morcego
novamente vem na minha direção.

Malditas as noites em que saio sozinho.

Sinto-me vitima de predadores


que só querem se alimentar do meu sangue.

Mas sou forte.

Afinal, eu os criei em meus pesadelos.

Então porque agora me perseguem?

Novamente ele ataca.

Dessa vez ele não erra e vai direto ao meu pescoço.

Sinto minha vida terminar como um sonho.

sinto indo embora.

Eu sinto ... Muito.

Agora quem está com fome sou eu.


FRIA COMO A LUA

O lobo devorou minha amada


A Lua testemunha de tudo
assistiu de forma gélida
a tudo, sem dizer nada.

Não fui forte o bastante


para protege-la de sua fome
mas o Vampiro maldito
verá a sua própria morte

Quanto encontrei sua tumba,


meu corpo tremia de pavor.
Mal conseguia segurar a estaca
desejava vingança, sem dor.

Afundei a estaca em seu peito


o nosferatu clamava pelo inferno
Martelava sem descanso
Desejos insanos

Após sua morte


Morri em prantos.
VAMPIRA

O fim de uma vida serva


Laço humano separado
A tempestade agora me cerca

Sou fogo,
vento e veneno enjaulado!

Delirios desejos,
suspiros carnais.
Faca de dois lados.
Morro enquanto mato.

Mato de Lírios e Delirios.

Sou Jovem,
Sou Vampira
Noturna Paixão

Desejo de sangue, vôo noturno,


Boca seca, Noite fria,
Cheiro indica a caça, soturno,
fome e dor, antipatia.

Vento na janela, ela resiste


meus pensamentos exigem,
“alimente-se” ela insiste,
rasgo a roupa com coragem.

Meus dentes em seu pescoço


Alegrias em pensamentos, atentos.
no olhar um clarão maravilhoso
no paladar os melhores alimentos.

Ele aparece com aquela estaca


deitando ela na cama me preparo
ele é rápido e pega uma arma
me detém com um disparo.

Minha força, ele não é páreo


intangível, não sinto nada.
Ela é ferida, cai instantâneo.

Em meus braços ela morre.


Gritando ele tenta se vingar.
A dor agora me consome.

O beijo era instaurador


E pela janela ele se jogou
Ela ressuscitou, pelo amor.
1/4 de segundo

Vejo ao meu redor


Embriagadas árvores
que brincam com o vento.
Exausto pela caminhada
e com poucos poderes,
Descanso em uma delas
para fortalecer-me.

Quando olho para o horizonte


encontro tua morada.

Fico horas deslumbrando


a beleza do teu castelo,
dos teus bosques, do teu lago.

Nesta ocasião! Vejo uma grande nuvem


circundando o topo dele,
formando enfeitiçadas imagens
que fariam os deuses
tremerem de inveja
para terem a minha imaginação,
a minha visão, o meu sentimento.

Nesta ocasião! vejo teus olhos.


E... Neste paralelo absorto do tempo...
Eu os tenho!
Desejos que matam.

De um universo paralelo
Sinto seus abraços mortíferos
Enraizado nesta completa linha
da draculalgia que agita o meu
coração vermelho como seus lábios.
Revestido de cores claras como a
minha pele
que vê no auge seu espírito cami-
nhando ao meu compasso,
deslizando com seus dedos macios a
minha pele sensível
aos seus toques e me paralisa...
Deixando-me submerso
aos seus desejos,
que só vejo nos meus
melhores sonhos.
Desejos que quero realizar.
Devore-me.
Mostre ao mundo que existe outro
mais sedutor.
Seja a minha rainha deste lugar...
Pois assim me sinto inteiro.
Assim me sinto forte...
Assim me sinto seu.
Morda-me.
O Convite do Vampiro

Não prometo vida eterna


e nem boa qualidade de vida.
Aliás... Vida é o que menos preciso.
Meu principal intuíto é me alimentar.

Não sou um ser de má indole.


Quero apenas ser seu motineiro
com asas de morcego
trazendo uma relação
de tarefas enormes
para você seguir.

Algumas coisas sobre morte-vida


eu posso ensinar.
Costumo ser paciente,
pois o tempo está ao meu favor.
Mas confesso
que muitas perguntas
me deixam faminto
e garanto...

Você não gostaria


de me ver com fome.
Mundo Vampiro

Vemos o seu mundo de um modo diferente.

O seu mundo acaba no cemitério.


Aqui, vivemos nele.

O seu mundo vive em guerra.


Aqui, nos alimentamos do seu sangue.

O seu mundo gira em torno das doenças.


Aqui, choramos por você.

O seu mundo é enganado por todos


Aqui, contamos a verdade.

Um dia, seu mundo vai acabar.


Aqui, você será sempre...

Nosso.
La vida vamp

Nossos passos,
lentos e cuidadosos
atravessam o mar e a terra!

Somos viajantes do tempo, do universo,


podemos estar em vários lugares
ao mesmo tempo,
pensar em muitas coisas
ao mesmo tempo.
e mesmo fazendo tudo,
estamos perto, estamos ligado.

Nosso mundo é que liga á todos.


Nossos sentimentos
é que mantém os mundos ligados.

Somos donos do nosso mundo


Somos presentes para os outros mundos.
pois será através de nós
que os outros mundos se unirão.
E assim, teremos sempre...
Nosso eterno mundo.
Pacto Eterno

Deixe a janela aberta,


deite-se e vista poucas roupas.
Olhe para as estrelas e me chame.
Não precisa dizer meu nome.
Apenas pense em mim e diga baixinho...
- Sou sua!
Quando chegar a hora noturna
Estarei em seu quarto, bem perto.
Lhe darei o beijo da morte.
O beijo que muitos desejam!

Nesta noite,
conquistaremos nosso mundo, nosso destino.
A sua vida se transformará
na vida que sempre sonhou.

Juntos caminharemos pela noite,


saciaremos a nossa fome.
Os humanos irão implorar para que a suas vidas
terminem em nossas mãos.
Vamos celebrar com sangue a nossa vitória,
a nossa conquista, á nós, e finalmente!
Conhecerá o mundo como ninguém jamais conheceu!

Toma-me então, e em troca,


realizarei seus mais antigos sonhos,
seus mais secretos pedidos e
seus mais intensos desejos!
Querida Vampira

“Que no vazio da noite


eu sinta a sua presença,
e que nela surja mais desejos.
Pois anseio por você minha vampira.

Não venha me morder aos poucos.


Me transforme em vampiro para
que eu possa segui-la.

E nesta pequena maldição.


Nos envolvamos em nossos sonhos.
E assim finalmente
poderei construir nossos castelo.

E que o mundo seja dominado


por nossa energia.
Eterna e cativante.

Sejamos um só nesta noite que chega.


Sejamos eternos nesta noite sem fim.”
A Ira da Vampira

Venha com suas garras afiadas e


rasga meus lençois, minha roupa.
E sinta minha pele arrepiar,
com seus toques e seu olhar

Dispa-me com seu corpo, com sua sedução


e deixe-me sentir seu perfume
enquanto me morde,
enquanto vejo a morte.

Leia meus pensamentos,


Faça juramentos,
Fique de joelhos
e me implore sentimentos

em troca lhe darei o luar


meu toque, minha poesia e meu olhar.

Comemorar este momento noturno.


Celebrar este abraço obscuro
Lembrar este sentimento de sentido único.

E para sempre viver


na esperança de te ver
entrando pela janela
tomando minha vida,
em uma viagem só de ida.

Esperando ancioso
seu olhar precioso e seu toque misterioso.
Aventura Noturna

Que seu gesto, sua forma de ser


mantenha sempre em seu coração.
A verdadeira aventura noturna
está no olhar, na mordida,
na noite enluarada e
no reflexo da estrelas.

Do meu castelo abro o meu melhor vinho.


Eu a saúdo por ser forte e voraz.
Pois não importa o que você faça,
sempre terá muitas pessoas à sua volta.
E os vampiros sempre te observarão.
E todos irão brindar por sua existência.
Por sua sedução por sua amizade.
As vampiras vencem sempre.
Destino

Envolve-nos com sua manta e


nos dê o calor de sua sabedoria
que precisamos ter para conhecer
e desvendar os mistérios deste
mundo louco.
Que sua voz ecoe pelo mundo e
que todos possam entender melhor
a nossa vinda a está terra insana.
Só assim para sabermos exata-
mente como aproveitar este mundo
por completo.
É uma mulher de segredos, de
sabedoria, de garra, de amor.
Lady Wicca

Que seu jeito de ser,


impere até o amanhecer.
E que o dia seja lindo,
como a natureza
que te olha sorrindo.
Indo de encontro a floresta mágica.
Sem derramar uma lágrima,
apenas a segurança que trás, onde
sua coragem é capaz,
de nos dar a luz que precisamos, e
atender quando chamamos.
O Poder do vampiro

A primeira mordida dói muito!


É como se arrancasse o coração!
A segunda mordida
é só uma leve pontada...
E nas outras você não
sente mais dor alguma.

E sem dor...
Seu medo desaparece.

E sem medo...
O homem torna-se superior e

O vampiro Torna-se
indestrutível.
Nascimento da Vampira

Nesta noite tão glamorosa você


nasceu
e trouxe para o mundo um pouco
de paz, sabedoria e de ensinamen-
tos.
aprendi e descobri muito com você
este mundo é cheio de surpresas
mas por onde passou as revelações
sempre se deram por completas.
agradeço o dia que te conheci
a energia que me passou
e a beleza natural
pois você é a vampira que todos
desejam
e a sabedoria que todos querem
conquistar
Lagrimas noturnas

Dizem que as melhores coisas


da vida vemos quando os olhos
se enchem de lágrimas.
Os fluidos da tristeza nos abra-
çam com tanta solidariedade
que percebemos as coisas que
não viamos antes.
Através desta nossa “nova
visão” aprendemos a ter mais
carinho por nós mesmos.

Enfim pecisamos sempre viver.


Chorar faz parte da nossa vida
atual, mas nunca devemos
encarar nossa tristeza com
medo mas sim com confiança
de que logo vem a felicidade e
que ela será plena e cheia de
energia.

Confie!
Vampira Fatal

Abraçado a ela,
mulher encantandora
vampira sedutora,
complexa criatura
que me ama e tortura

meus beijos de noite


minhas marcas na lua
sentimentos de pura loucura!

A suplica do vampiro

Nesta completa hamormia em meu cas-


telo, sentado em minha poltrona, sabo-
reando uma taça de me melhor vinho,
imagino a tua face e seu corpo dançando
em frente a minha lareira como o fogo
que nela está.

Seus movimentos, seus toques, suas


palavras. Me seduzem por completo.

A macies da sua pele ainda está em


minha mente. Por alguns segundos quase
sinto o cheiro do seu perfume.

Chegue mais perto, mais perto e coloque


meu nome em suas paixões.
O vampiro de olhos verdes”

Quando este vampiro


acha a sua vitima
ele captura a imagem
que mais lhe fascina.

Os olhares, a forma de andar


e dançar, os movimentos
sensuais e sedutores.

Tudo isso atraí o vampiro.


Ele reflete, imagina,
sonha com sua companhia
nas noites vazias e solitárias.

Sonha com o seu pescoço.


mas realiza...
Se torna sólido
bem a sua frente
e antes de gritar...

Você já pertence
ao luar.
A vampira do meu lado

Em minhas linhas obscuras


te encontro ao meu lado.
sussurrando o que escrevo.
bem calmantente e baixinho
você me conta suas palavras
e eu as enfeito do meu jeito.
fazemos algo juntos
mesmo assim ...
distante...
mas tão perto.

Night Seduction

My penetrating eyes
they look at his body to dance
their vain curves to and fro.
I am excited with his way of
walking
I see you to approach and to play
me with his seductive mouth
I am going towards his neck and I
give my mortal kiss.
You seat the immortal pleasure.
eternal pleasures.
Come my lady
Let to show me entirely my power
Leve-me

Seus anseios de vampira


nos atraí
pela sua segurança e sedução

Seu jeito de falar.


Sua maneira
de ser sua sedução.

Nos embriaga
Nos enfraquece
e nos leva aos seus
profundos encantos.

Sedutora Vampira.

Seus domínios quero conhecer


Em teus braços quero estar.
Dançar, falar, beijar
e tocar.

Sedução em ebulição.

Ação e devoção.

Rodeada de paixão!
Parceiros Noturnos

vejo em seus olhos o fogo da sua


paixão que passa por meu corpo e
queimamos!
Transformamos nossos corpos em
pura chama.
Inferno é um lugar onde só existe a
luxúria o pecado e desejo.
Meu castelo é assim cheio de
muitos prazeres.
Por isso dançamos ao lado das
chamas.
Por isso seu beijo é como fogo.
Por isso... Somos eternos.
Misteriosa Vampira

Depois que vi teus olhos


não pude resistir aos seus encantos.

Me aprisionou em seu castelo.


Tocou em meus lábios.
Sentiu a minha pele
e passou as unhas levemente
em meu corpo.

Que criatura é essa que me deixa


assim tão encantado
com seus toques e jeitos?
Tal vampira está a cada dia
mais sedenta e mais erotica.

Complete-me...
Se entregue a mim.

E estaremos juntos
como deve ser.
Amantes Vampiros

Que tuas mãos, ao me tocar, sinta


imediatamente todo o fervor de
meu corpo junto ao seu e que
nosso sangue se misture como uma
bebida destilada, alcoólica e se
transforme em puro absinto natural
para nos deixar completamente
loucos pelo desejo que sentimos
em cada sensação, cada carícia.

Assim poderemos realizar nossos


mais prufundos desejos que há
tempos não realizamos.

Venha.
Segure-se em mim enquanto
entramos neste túnel de eternas
sensações que só o coração e a
paixão podem produzir.
Zine Adorável Noite

O zine Adorável Noite -”Contos de Vampi-


ros e Terror” foi criado em 2001 e até hoje
ele é produzido.
Organizado por Adriano Siqueira o Zine
trás contos de escritores da internet e além
de ser distribuído na própria internet em
PDF o Zine também é distribuído em casas
noturnas e eventos do gênero.
Para ter acesso a estes zines do Adorável
Noite, Basta ir no próprio blog.
www.contosdevampiroseterror.blogspot.com
ou entre no Grupo Adorável Noite.

http://br.dir.groups.yahoo.com/group/
adoravelnoite/
Colabore com o Autor.
Compre o Livro “Amor Vampiro”

Amor Vampiro - autores:


André Vianco, Martha Argel, JModesto,
Nelson Magrini, Regina Drummond, Giulia
Moon, Adriano Siqueira

Amor! Por ele o homem


foi levado a realização
de grandes feitos. Mas
também sob sua influ-
ência cometeu grandes
atrocidades! O que
aconteceria se tal sen-
timento dominasse um
ser maléfico que peram-
bula pelas sombras bus-
cando saciar seu desejo? Adriano Siqueira,
André Vianco, Martha Argel, J. Modesto,
Nelson Magrini, Regina Drummond e Giulia
Moon, ícones da literatura fantástica nacio-
nal, se reuniram para responder a questão e
desvendar o Amor Vampiro!

h t t p : / / w w w. g i z e d i t o r i a l . c o m . b r / s i t e /
produto.asp?codcat=FIC009000&codprod=1411

O livro está em todas as livrarias!

Editora Giz Editorial.


www.gizeditorial.com.br
Dedico está obra para
todos que apreciam
os vampiros!

2009

Abraços e tenha
uma Adorável Noite!

Adriano Siqueira
siqueira.adriano@gmail.com
www.contosdevampiroseterror.blogspot.com

Interesses relacionados