Você está na página 1de 3

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ

Núcleo de Educação a Distância


____________________________________________________________________________________
CURRÍCULO SÉRIE / ANO
PLANO DE ENSINO 2013 1º ano - 2016
CURSO LETRAS
DISCIPLINA POLÍTICAS EDUCACIONAIS E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA
CARGA HORÁRIA - (100h)
TEÓRICA PRÁTICA TOTAL TURMA
100 0 100 LET 1, 2, 3 e 4
COORDENADOR TITULAÇÃO
Fabiane Carniel Mestre

1) EMENTA
As Políticas públicas para a educação básica no Brasil e sua relação com as transformações históricas. O estudo das políticas
por meio da legislação da educação básica vigente no contexto das relações econômicas, organizacionais e políticas.

2) OBJETIVO DA DISCIPLINA NO CURSO


 Estudar as relações históricas estabelecidas entre a sociedade, o Estado e a educação no Brasil;
 Analisar as influências do neoliberalismo na educação brasileira a partir da Reforma Educacional iniciada na década
1990;
 Compreender as propostas para a educação das organizações internacionais na educação brasileira;
 Refletir a educação nacional com base na legislação educacional;
 Analisar o financiamento do sistema nacional de educação;
 Compreender a Organização e Estrutura do Sistema de Ensino no Brasil;
 Conhecer as principais formas de avaliação do Sistema Educacional brasileiro com foco das avaliações de
rendimento escolar utilizadas pelo Estado como regulação do Sistema Educacional no Brasil;
 Analisar as metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação (2011-2020), bem como seus limites e perspectivas
nas políticas educacionais brasileiras;
 Refletir e aprofundar as contradições do modelo educacional da contemporaneidade que assinala problemas
quanto sua função fundamental, ou seja, a função de ensinar o conhecimento historicamente produzido e
acumulado pelos homens.

3) JUSTIFICATIVA DA DISCIPLINA NO CURSO


Das políticas educacionais e organização da educação básica decorre a configuração primeira do ensino nacional. O caráter
sistêmico a ser implementado e os objetivos maiores por atingir são todos definidos nesse patamar que permite ao acesso
aos degraus subsequentes. Por se tratar de alunos que trabalharão como docentes, a disciplina faz-se necessária para que
todos conheçam as políticas educacionais brasileiras.

4) CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
UNIDADE I
POLÍTICA EDUCACIONAL – CONCEITOS E CONTEXTOS
Apontamentos Históricos relacionados às Políticas Públicas para a Educação Básica no Brasil
Conceitos básicos: Estado, governo, politica pública e educação
Neoliberalismo e a internacionalização da economia
Organizações Internacionais e as propostas para educação

UNIDADE II
ASPECTOS LEGAIS DA POLÍTICA EDUCACIONAL BRASILEIRA
A educação na constituição federal
Lei de diretrizes e bases da educação nacional de 1996, atualizada até outubro de 2014
O Financiamento da educação nacional

UNIDADE III
CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ
Núcleo de Educação a Distância
____________________________________________________________________________________
SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO: NÍVEIS, MODALIDADES E OS DESAFIOS CENTRAIS DA ORGANIZAÇÃO E ESTRUTURA
DA EDUCAÇÃO ESCOLAR
Organização e Estrutura do Sistema de Ensino no Brasil: elementos históricos e categorias que marcam a Educação Escolar
Nacional
Níveis da Educação Escolar no Brasil: Educação Básica e Ensino Superior
Modalidades da Educação Nacional: educação profissional; educação de jovens e adultos (EJA); educação especial;
educação indígena; educação de negros e quilombolas; educação do campo e educação a distância (EAD)

UNIDADE IV
AVALIAÇÃO NO SISTEMA EDUCACIONAL BRASILEIRO
Avaliação Sistema Educacional brasileiro: um foco na Educação Básica
Inep e as avaliações nacionais: Saeb – Ideb; Encceja e Enem
Sistema de Avaliação do Ensino Superior: SINAES
Avaliações internacionais

UNIDADE V
PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO (2011-2022)
A estrutura do PNE (2011-2022), aspectos legais e históricos
As metas do PNE (2011-2022) com foco para a educação básica e suas modalidades

5) METODOLOGIA DE TRABALHO DA DISCIPLINA


A disciplina conta com aulas conceituais que são disponibilizadas aos alunos no AVA (ambiente virtual de aprendizagem).
Em cada disciplina há um livro didático com unidades de estudo que apresentam o conteúdo conforme programa da
mesma e atividades de autoestudo. Além disso, ainda ocorrerão aulas ao vivo, em dias específicos, nas quais tais conteúdos
serão ministrados e os acadêmicos poderão interagir com professor formador, tutor mediador e os demais alunos por meio
do chat. Fica disponível também aula de estudo de caso que tem como objetivo fazer com que o aluno estabeleça a relação
entre a teoria e a prática possibilitando que compreenda a importância da disciplina para sua profissão. O acadêmico terá
ainda a sua disposição a Mídia Interativa Digital (MID) que contribui para a aquisição e assimilação do conteúdo. Também
integra a metodologia da disciplina atividades on-line e provas presenciais. Nesse contexto, o aluno terá à sua disposição
tutores mediadores para esclarecimento de dúvidas acerca dos conteúdos trabalhados, bem como para a discussão dos
mesmos quando julgar necessário.

6) AVALIAÇÃO DA DISCIPLINA
O sistema de avaliação da disciplina é composto por diferentes atividades que integralizam a média final do aluno.
1. Prova Presencial: É obrigatória, sem consulta e deve ser realizada no Polo de apoio presencial. O período de realização
dessa prova ocorre conforme calendário acadêmico.
2. Atividades de Estudo: Para cada disciplina são previstas atividades de estudo, realizadas conforme calendário acadêmico
e compostas por questões objetivas.
3. Atividades de Conhecimentos Gerais: Referem-se ao conteúdo abordado na palestra da Semana de Conhecimentos
Gerais e são disponibilizadas no dia da aula do curso.
4. Fórum: Atividade que promove a interação do aluno com seus colegas de curso, professores e tutores mediadores por
meio do debate de um tema proposto.
5. MAPA – Material de Avaliação da Aprendizagem: É uma atividade avaliativa, composta por diferentes instrumentos, que
possibilita ao aluno colocar em prática os conhecimentos adquiridos na disciplina.
A média final para aprovação é igual ou superior a 6,0.

7) BIBLIOGRAFIA BÁSICA DA DISCIPLINA NO CURSO


(1) LOPES, Mara Cecília Rafael. Políticas educacionais e organização da educação básica. Maringá: UniCesumar, 2015.
(2) LIBÂNEO, J. C.; TOSCHI, M. S.; OLIVEIRA, J. F. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 10. ed. São Paulo:
Cortez, 2012.
(3) OLIVEIRA, R. P.; ADRIÃO, T. (Org.). Organização do ensino no Brasil: níveis e modalidades na Constituição Federal e na
LDB. 2. ed. São Paulo: Xamã, 2007.
(4) SAVIANI, Demerval. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas: Autores Associados, 2007.

8) BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR DA DISCIPLINA NO CURSO


CENTRO UNIVERSITÁRIO DE MARINGÁ
Núcleo de Educação a Distância
____________________________________________________________________________________
LARA, A. M. B.; KOEPSEL, E. C. N. (Org.). Gestão educacional. Maringá: Eduem, 2010. (Coleção Formação de Professores –
EAD, n. 37). (virtual).
PERONI, V. Politica Educacional e papel do Estado: no Brasil dos anos 1990. São Paulo: Xamã. 2003. (virtual).
SAVIANI, Demerval. Da nova LDB ao FUNDEB: por uma outra política educacional. 2. ed. rev. e amp. Campinas, SP: Autores
Associados, 2008. (virtual).
SHIROMA, E. O.; MORAES, M. C. M. de; EVANGELISTA, O. Política educacional. Rio de Janeiro: DP&A, 2011. (virtual).
VEIGA, Ilma Passos Alencastro; AMARAL, Ana Lúcia (Orgs.). Formação de Professores: Políticas e Debates. 5 ed. Campinas:
Papirus, 2011. (virtual).

9) PERIÓDICOS QUE PODEM SER CONSULTADOS PARA A DISCIPLINA NO CURSO

EDUCAÇÃO & Sociedade. Campinas: Centro de Estudos de Educação e Sociedade. ISSN 0101-7330. Disponível em: <
http://www.cedes.unicamp.br/rev_exemplares.htm>

SOCIOLOGIAS. Porto Alegre: UFRGS. ISSN 1807-0337. Disponível em: <http://www.scielo.br/revistas/soc/paboutj.htm>

REVISTA Brasileira de Educação. Rio de Janeiro. ISSN 1413-2478. Disponível em:


<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issues&pid=1413-2478&lng=pt&nrm=iso>