Você está na página 1de 53

EXERCÍCIOS DE TEORIA DE FÍSICA

GERAL E EXPERIMENTAL I
10 SEM/2017
P2
FACULDADES DE ENGENHARIA CIVIL,
MECÂNICA, PETRÓLEO, PRODUÇÃO,
QUÍMICA E ELÉTRICA.
Este material foi elaborado pelo prof. MSc. De Matos, Mario Eduardo

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


1

ESTÁTICA

GRANDEZAS VETORIAIS

1.0 Vetor

Na Física, certas grandezas necessitam de três elementos: um módulo, direção e sentido.


Tais grandezas são denominadas Grandezas vetoriais e são representadas por um ente
geométrico denominado vetor.
Um vetor V é representado por um segmento orientado.

r é a reta suporte do vetor e define sua direção; seu sentido é de A para B. O módulo ou
intensidade do vetor é representado por:

VV


A uma reta orientada costuma-se associar um vetor unitário ou versor u , cujo módulo é
unitário, que tem a mesma direção e sentido que a reta.


u


Um vetor V que tem a mesma direção e sentido que reta orientada pode ser
representado pelo produto de seu módulo pelo versor da reta:

 
V  V .u

e sua direção é dada pelo versor:



 V
u
V

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


2

2.0 COMPONENTES OU PROJEÇÃO DE UM VETOR


V

Vr

A componente do vetor V segundo a reta orientada ou eixo r é o segmento orientado


A'B':

Vr  V . cos 

Se o vetor tiver sentido oposto ao eixo, a sua componente segundo esse eixo é negativa.


V

Vr

Vr  V . cos 

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


3

3.0 COMPONENTES CARTESIANAS DE UM VETOR

Seja um sistema cartesiano de eixos Ox e Oy. O versor do eixo Ox é representado


 
por i e o do eixo Oy por j .

Um vetor V terá uma componente Vx segundo o eixo ox e Vy segundo o eixo Oy.



Vy 


j
 
i Vx

Dessa forma,

Vx  V . cos 
V y  V . cos 

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


4

4.0 FORÇAS CONCORRENTES

As forças são grandezas vetoriais e são representadas por vetores. Dizemos que um
conjunto de forças são concorrentes quando as suas retas suportes ou linhas de ação
passam todas por um mesmo ponto.

 
F3 F2


F1

A força resultante é a soma vetorial das forças. Nesse caso,


   
FR  F1  F2  F3

5.0 DETERMINAÇÃO DE RESULTANTE DE UM SISTEMA DE FORÇAS

(i) Duas forças de mesma direção e sentido.

 
F1 F2


FR

O módulo da força resultante é:

FR  F1  F2

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


5

(ii) Duas forças de mesma direção e sentidos opostos.


F1


F2

FR

O módulo da força resultante é:

FR  F1  F2

(iii) Duas forças perpendiculares.


 FR
F2



F1

O módulo da força resultante é:

2 2
FR  F1  F2

F2
tan  
F1

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


6

(iv) Duas forças quaisquer. Regra do paralelogramo

 
F2 FR



F1

Aplicando-se a lei dos cossenos:

2 2
FR  F1  F2  2.F1.F2. . cos 

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


7

1.0 Na figura a seguir, determine a força resultante utilizando o método das projeções.

F1= 50,0N
F2= 40,0N
F3= 50,0N  
F2 F1
RESP.:
FR = 8,7N 30 0 50 0
0
  106,7

F3

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


8

2.0 Na figura a seguir, determine a força resultante utilizando o método das projeções.

F1= 20,0N F2
F2= 30,0N  
F3= 20,0N F3 F1
F4= 15,0N 450
450
RESP.:
FR = 43,3N

  90 0 F4

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


9

03. Na figura abaixo, determine a força resultante e o ângulo que ela forma com a força
F1.
F1= 30,0N
F2= 50,0N
F3= 30,0N 
F3

RESP.: F
0 0 1
FR= 25,4N 30 50
  200,7 0
20 0


F2

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


10

04. Na figura a seguir, determine a força resultante utilizando o método das projeções.

F1= 40,0N 
F2
F2= 50,0N 
 F1
F3= 20,0N F3
F4= 30,0N
F5= 150,0N
40 0 50 0

RESP.: F4 70 0
FR = 57,1N
  56,28 0 
F5

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


11

05. Na figura a seguir, determine a força resultante utilizando o método das projeções.

F1= 30,0N
F2= 50,0N
F3= 20,0N  
F5 F1
F4= 40,0N
F5= 50,0N

30 0 40 0 F2
RESP.:
FR= 20,8N
  39,8 0
200 
 F3
F4

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


12

06. Na figura a seguir, determine a força resultante utilizando o método das projeções.

F1= 40,0N
F2= 50,0N  
F3=50,0N F4 F1
F4= 30,0N

RESP.: 0 450
30
FR= 30,8N F3 70 0
  186,9 0

F2

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


13

(v) Equilíbrio de um ponto material.

Ponto material é um corpo de dimensões desprezíveis. Nesse caso, representamos por


um ponto e associamos a uma massa.
Dizemos que um ponto material está em equilíbrio quando a força resultante sobre ele é
nula. Assim, para um sistema de forças concorrentes, projeta-se todas as forças nos
eixos Ox e Oy.

FRx=0 e FRy=0 ou

 FRx= F1x + F2x + F3x+ ... + Fnx = 0

 FRy= F1y + F2y + F3y + ...+ Fny = 0

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


14

Em todos os exercícios a seguir, considere os fios e as polias são ideais

07. Um corpo de peso P = 40,0N está em equilíbrio suspenso por dois fios AB e AC.
Determine a intensidade da força de tração em cada fio.

RESP.:
TAB = 23,1N
TAC = 46,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


15

08. Um corpo de peso P = 60,0N está em equilíbrio suspenso por dois fios AB e AC.
Determine a intensidade da força de tração em cada fio.

RESP.:
TAC = 69,3N
TAB = 34,6N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


16

09. Um bloco de peso 80,0 N está suspenso por um fio, como mostra a figura abaixo.
Determine:
(a) a intensidade da tração no fio AB;
(a) a intensidade da tração no fio AC.

RESP.:
TAB = 113,2N
TAC = 80,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


17

10. Determine as trações nos fios, sabendo que o sistema abaixo está em equilíbrio.
Dado: P = 200,0N
RESP.:
TAB = 100,0N
TAC = 173,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


18

11. Na figura abaixo, qual deve ser o peso do corpo A para que o sistema mantenha-se
em equilíbrio? Dado : PB = 100,0N

RESP.:
PA = 70,7N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


19

12. Na figura abaixo, qual deve ser o peso do corpo A para que o sistema mantenha-se
em equilíbrio? Dado : PB = 300,0N

RESP.:
PA = 150,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


20

13. Na figura abaixo, qual deve ser o peso do corpo A para que o sistema mantenha-se
em equilíbrio? Dado : PB = 200,0N

RESP.:
PA = 173,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


21

14. O sistema representado abaixo, encontra-se em equilíbrio na posição indicada. Sabe-


se que o corpo 3 tem peso P3 = 100,0N. Determine o valor dos pesos dos corpos 1 e 2.

RESP.:
P1 = 141,4N
P2 = 193,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


22

15. O sistema representado abaixo, encontra-se em equilíbrio na posição indicada. Sabe-


se que o corpo 3 tem peso P3 = 500,0N. Determine o valor dos pesos dos corpos 1 e 2.

RESP.:
P1 = 673,6N
P2 = 766,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


23

16. Determine o peso P2, sabendo-se que o corpo1 de peso P1 = 200,0N está em
equilíbrio na posição indicada.

RESP.:
P2 = 80,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


24

17. Determine o peso P2, sabendo-se que o corpo1 de peso P1 = 150,0N está em
equilíbrio na posição indicada.

RESP.:
P2 = 113,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


25

18. No sistema apresentado abaixo, em equilíbrio, o corpo 2 tem peso P2 = 100,0N.


Sabe-se que as superfícies de apoio são perfeitamente lisas. Determine o peso do corpo
1 e a reação que o plano exerce sobre o corpo 2.

RESP.:
P1 =122,5N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


26

19. No sistema apresentado abaixo, em equilíbrio, o corpo 2 tem peso P2 = 100,0N.


Sabe-se que as superfícies de apoio são perfeitamente lisas. Determine o peso do corpo
1 e a reação que o plano exerce sobre o corpo 2.

RESP.:
P1 = 64,3N
N2 = 86,6N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


27

20. Na figura abaixo, qual deve ser o peso do corpo A, o peso do corpo B e as forças
tensoras nos fios OA e OB, para o sistema permanecer em equilíbrio?
Dado: PC = 200,0 N

RESP.:
PA = 216,6N
PB = 386,3N
TAO = 181,8N
TOB = 282,8N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


28

21. Na figura abaixo, qual deve ser o peso do corpo A, o peso do corpo B e as forças
tensoras nos fios OA e OB, para o sistema permanecer em equilíbrio?
Dado: PC = 400,0 N
RESP.:
PA= 433,4N
PB= 772,7N
TOA= 363,6N
TOB= 565,7N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


29

22. No sistema representado abaixo, determine:


(a) o peso do corpo B para o sistema permanecer em equilíbrio;
(b) a reação da superfície do plano inclinado sobre o corpo A, sabendo-se que a
superfície do plano inclinado é perfeitamente lisa.
Dados: PA = 40,0 N e PC = 20,0 N.

RESP.:
(a) PB = 60,0N
(b) NA = 17,3N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


30

23. No sistema representado abaixo, determine:


(a) o peso do corpo B para o sistema permanecer em equilíbrio;
(b) a reação da superfície do plano inclinado sobre o corpo A, sabendo-se que a
superfície do plano inclinado é perfeitamente lisa.
Dados: PA = 30,0 N e PC = 10,0 N.

RESP.:
(a) PB = 47,6N
(b) NA = 11,6N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


31

24. No sistema apresentado abaixo, determine:


(a) o peso do corpo C para que o sistema permaneça em equilíbrio;
(b) a reação da superfície do plano horizontal sobre o corpo B, sabendo-se que a
superfície do plano inclinado é perfeitamente lisa.
Dado: PA = 150,0 N e PB = 100,0 N.

RESP.:
(a) PC = 229,8N
(b) NB = 3,6N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


32

25. No sistema apresentado abaixo, determine:


(a) o peso do corpo C para que o sistema permaneça em equilíbrio;
(b) a reação da superfície do plano horizontal sobre o corpo B, sabendo-se que a
superfície do plano inclinado é perfeitamente lisa.
Dado: PA = 100,0 N e PB = 300,0 N.

RESP.:
(a) PC = 153,2N
(b) NB = 235,7N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


33

EQUILÍBRIO DE CORPOS EXTENSOS.

Seja F a intensidade de uma força, aplicada no ponto P de uma chave que pode girar
livremente em torno do ponto O, de acordo com a figura abaixo.

A tendência de rotação que a força F produz na chave, em relação ao ponto O, é

chamada de momento(M) da força F .

M F   F .d


F

Por convenção, o momento é positivo quando a força tende a provocar rotação no


sentido anti-horário, em relação ao ponto O, e, negativo, quando a rotação é no sentido
horário.

EQUILÍBRIO ESTÁTICO DE CORPOS EXTENSOS.

Equilíbrio de translação.
Quando a força resultante é nula.

F  F1  F2  F3  ...  Fn  0

Equilíbrio de rotação.
Quando a momento resultante é nulo.

M  M 1  M 2  M 3  ...  M n  0

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


34

26. Para o sistema de forças representado abaixo, determinar:


(a) o momento de cada uma das forças em relação ao ponto O;
(b) o momento resultante em relação ao ponto O.
RESP.:
Dados: (a)
F1 = 10,0N M 1  50,0 N .m
F2 = 20,0N M 2  200,0 N .m
F3 = 30,0N M 3  150,0 N .m
F4 = 40,0N M4  0
F5 = 50,0N
M 5  500,0 N .m
(b )
M R  500,0 N .m

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


35

27. Para o sistema de forças representado abaixo, determinar:


(a) o momento de cada uma das forças em relação ao ponto O;
(b) o momento resultante em relação ao ponto O.
Dados: RESP.:
F1 = 20,0N (a)
F2 = 10,0N M 1  200,0 N .m
F3 = 30,0N M 2  100,0 N .m
F4 = 50,0N M 3  600,0 N .m
F5 = 40,0N M4  0
M 5  800,0 N .m
(b )
M R  100,0 N .m

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


36

28. Para o sistema de forças representado abaixo, determinar:


a) o momento resultante em relação ao ponto A;
b) o momento resultante em relação ao ponto B;
c) o momento resultante em relação ao ponto C.
RESP . :
Dados: AC  5,0 m e CB  3,0m
F1 = 40,0N ( a ) M R  120,0 N .m
F2 = 30,0N (b) M R  120,0 N .m
F3 = 20,0N (c ) M R  60,0 N .m
F4 =50,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


37

29. No esquema representado abaixo, o peso da barra homogênea é de 40,0N. Sabendo


que o sistema está em equilíbrio, determine a intensidade da força de tração no fio AB e
o peso do corpo B.
Dado: PA = 60,0N.

RESP.:
T = 120,0N
PB = 20,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


38

30. No esquema representado abaixo, o peso da barra homogênea é de 50,0N. Sabendo


que o sistema está em equilíbrio, determine a intensidade da força de tração no fio AB e
o peso do corpo A.
Dado: PB = 40,0N.

RESP.:
T = 195,0N
PA = 105,0N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


39

31. No esquema abaixo, o peso da barra homogênea é de 80,0N e seu comprimento é de


4,0m. Determine a que distancia do corpo A devemos prender o fio fazendo com que a
barra fique suspensa na horizontal.
Dados: PA = 200,0N e PB = 60,0N.

RESP.:
x = 1,2m

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


40

32. No esquema abaixo, o peso da barra homogênea é de 50,0N e seu comprimento é de


4,0m. Determine a que distancia do corpo A devemos prender o fio fazendo com que a
barra fique suspensa na horizontal.
Dados: PA = 100,0N e PB = 50,0N.

RESP.:
x = 1,5m

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


41

33. A barra representada no esquema abaixo é homogênea, tem seção constante e tem
peso P = 100,0N. Determine o valor das reações nos apoios.
Dados: RESP. :
F1 = 40,0N V A  124,0 N

F2 = 100,0N H A  100,0 N
F3 = 60,0N V B  76,0 N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


42

34. A barra representada no esquema abaixo é homogênea, tem seção constante e tem
peso P = 200,0N. Determine o valor das reações nos apoios.
Dados: RESP . :
F1 = 30,0N V A  146 ,0 N
F2 = 20,0N
H A  20,0 N
F3 = 50,0N
VB  134 ,0 N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


43

35. A barra esquematizada na figura abaixo é homogênea, tem seção constante, seu
comprimento é L = 6,0m e tem peso próprio P = 40,0kN. Determine o valor das reações
nos apoios. RESP . :
Dados;
V A  57 ,5kN
F1 = 10,0kN
F2 = 50,0kN HA  0
F3 = 40,0kN VB  42 ,5kN
F4 = 20,0kN

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


44

36. A barra esquematizada na figura abaixo é homogênea, tem seção constante, seu
comprimento é L = 6,0m e tem peso próprio P = 50,0kN. Determine o valor das reações
nos apoios. RESP. :
Dados;
VA  50,0 kN
F1 = 20,0kN
F2 = 40,0kN VB  40,0kN
F3 = 50,0kN
F4 = 30,0kN

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


45

37. A barra esquematizada na figura abaixo é homogênea, tem seção constante, seu
comprimento é L = 8,0m e tem peso próprio P = 100,0N. Determine o valor das reações
nos apoios.
Dados: RESP . :
F1 = 50,0N
V A  65,9 N
F2 = 40,0N
F3 = 30,0N H A  12,9 N
F4 = 20,0N V B  89 ,4 N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


46

38. A barra esquematizada na figura abaixo é homogênea, tem seção constante, seu
comprimento é L = 8,0m e tem peso próprio P = 100,0N. Determine o valor das reações
Dados:
F1 = 50,0N RESP. :
F2 = 40,0N V A  65,9 N

F3 = 30,0N H A  12,9 N
F4 = 20,0N V B  89,4 N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


47

39. No sistema em equilíbrio apresentado abaixo a barra AB, de comprimento L = 8,0m


é homogênea, tem secção constante e peso P = 100,0N. Determinar a força tensora no
fio BC e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dado: P1 = 80,0N

RESP.:
VA = 180,0N
HA =225,2N
T = 225,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


48

40. No sistema em equilíbrio apresentado abaixo a barra AB, de comprimento L = 4,0m


é homogênea, tem secção constante e peso P = 200,0N. Determinar a força tensora no
fio BC e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dado: P1 = 50,0N

RESP.:
VA = 250,0N
HA =259,8N
T = 259,8N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


49

41. No sistema em equilíbrio representado abaixo a barra AB, de comprimento L = 3,0


m é homogênea, tem secção constante e peso P = 200,0N, está apoiada na extremidade
B sobre uma parede vertical perfeitamente lisa. Determinar a reação exercida pela
parede e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dados: P1 = 100,0 N; AC  2,0m

RESP.:
N = 288,7N
VA = 300,0N
HA = 288,7N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


50

42. No sistema em equilíbrio representado abaixo a barra AB, de comprimento L = 5,0


m é homogênea, tem secção constante e peso P = 100,0N, está apoiada na extremidade
B sobre uma parede vertical perfeitamente lisa. Determinar a reação exercida pela
parede e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dados: P1 = 40,0N; AC  3,0m

RESP.:
N = 128,2N
VA = 140,0N
HA = 128,2N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


51

43. No sistema abaixo em equilíbrio a barra AB, de comprimento L = 10,0m é


homogênea, tem secção constante e peso P = 400,0N, está apoiada na extremidade B
sobre uma parede vertical perfeitamente lisa. Determinar a reação exercida pela parede
e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dados: P1 = 100,0N; P2 = 200,0N ; AC  6,0 m

RESP.:
VA = 600,0N
HA = 381,4N
N = 281,4N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos


52

44. No sistema abaixo em equilíbrio a barra AB, de comprimento L = 8,0m é


homogênea, tem secção constante e peso P = 600,0N, está apoiada na extremidade B
sobre uma parede vertical perfeitamente lisa. Determinar a reação exercida pela parede
e a reação exercida pelo pino, sobre a barra em A.
Dados: P1 = 100,0N ; P2 = 200,0N ; AC  5,0m

RESP.:
VA = 800,0N
HA = 736,1N
N = 636,1N

Material de divulgação para distribuição sem fins lucrativos