Você está na página 1de 53

OS 3 MÉTODOS DE LEITURA DOS ARCANOS MENORES

INICIAÇÃO AOS ARCANOS MENORES DOS TAROTS

A maioria dos livros sobre o Tarô explica primeiro, se não exclusivamente, os Arcanos Maiores. O problema com
essa abordagem é que as imagens do Arcano Maior e as idéias que elas transmitem são tão poderosas que muitas
vezes é difícil prestar a mesma atenção a um estudo sobre o significado de Arcanos Menores.

Os Arcanos Menores são bastante complementares ao Major. Se eles dão origem a reflexões filosóficas, espirituais,
muito fortes e poderosas, os Arcanos Menores nos aproximam do cotidiano, do imediato. Dizem que os mineiros
respondem às nossas perguntas quando querem respostas mais específicas ...

No entanto, pessoas que praticam Taromancia sem usar os pequenos mistérios se privam de obter muita precisão
em seu tarot de consulta. Às vezes eles não conseguem entender o que os Arcanos Maiores estão tentando dizer a
eles, e eles não sabem que os Arcanos Menores são realmente de grande ajuda neste caso. O arcano menor
expressa de maneira simples, "elementar", e especifica ... Eles são capazes de explicar a presença de uma lâmina
maior em um empate e de indicar para quais outras lâminas ela deve ser conectada.

Quanto aos Honors, esses 16 arcana sobre os quais são personagens humanos, eles nos transportam também no
universo dos construtores de catedrais (nos oferecendo assim belas trilhas de análise esotérica) que no mundo da
psicologia junguiana, nós propondo uma descrição dos 16 arquétipos de personalidades ... bem antes que a
psicologia as pegue, vários séculos depois!

Descubra aqui uma oportunidade de estudar (até mesmo de ser iniciado) para esses arcanos, muitas vezes não
amados ou compreendidos e, ainda assim, tão ricos de significados práticos e concretos.

OS 3 MÉTODOS DE DESENHO DOS ARCANOS MENORES


Os mistérios menores são a obsessão de muitos praticantes do Tarô de Marselha, mas achamos que você os
apreciará enormemente, uma vez que conhece as diferentes maneiras de interpretá-los, porque eles oferecem muito
mais possibilidades do que se poderia pensar à primeira vista. ...

Obviamente, seria fortemente tentado a usar um tarot moderno mais imaginativo, com cenas evocativas, como é o
caso, por exemplo, do Tarot Rider-Waite e seus herdeiros ... Ou para se relacionar com uma confusão psicodélica
como o de Tarot Thoth desenvolvido por Aleister Crowley ... Caso contrário, esses muitos tarots semelhantes aos
quadrinhos como muitos publicados por Lo Scarabeo ...

A escolha de um tarô sempre será uma questão de escolha pessoal, uma questão de gosto, afinidade ... mas você
deve saber que essas imagens mais tarot são muito menos eficazes para a adivinhação.

Na verdade, você vai encontrar-se um dia para descobrir toda a magia escondida nas principais lâminas de tarots de
Marselha, que, apesar de uma imagem minimalista, são evocativas ...

Para dizer a verdade, os velhos taros deixam mais espaço para a imaginação, e empolgam à verdadeira clarividência
... Enquanto o tarô inglês modernizado se propõe a tranquilizar, indicando o que "ver", auxiliado pelo apoio dessas
alegorias. .

Como o desenho já tem uma "história na foto", fica menos claro como aplicar o significado do mapa ao contexto da
pergunta.

De fato, o desenho oferece, por assim dizer, muita informação, além do fato de que a história da imagem é baseada
em um sistema que nada tem a ver com a tradição do Tarot de Marselha.

Ironicamente, a escassez de imagens no Tarô de Marselha permite ao leitor ir do abstrato ao mais específico com
maior facilidade. É a ausência de imagens no menor Arcana Tarot de Marselha que os torna mais fáceis de ler! É,
portanto, paradoxal, mas, no entanto, verdadeiro que a natureza abstrata do Tarô de Marselha torna possível liberar
significados mais claros.

Dito isto, não devemos acreditar que os pequenos mistérios dos Tarôs de Marselha sejam menos eloqüentes; porque
na verdade é o contrário! Os pequenos mistérios dos Tarots de Marselha guardam as chaves para segredos
absolutamente mágicos! A magia dessas chaves escapou dos criadores de tarots modernos.

Mas, então ... Como interpretar, por exemplo, um 6 de negadores alinhados em um cartão, ou um 5 de copas
dispostas lado a lado, ou duas espadas unidas?

É possível que alguém também possa "imaginar" as cenas Tarot Rider-Waite ou Thoth Tarot observando as
aparentemente estéreis cartas numeradas do Tarô de Marselha?

Certamente, é possível, por que não ... Esses tarots tomaram como ponto de partida os mistérios do Tarot de
Marselha ... Eles procuraram esclarecer o significado com cenas pictóricas, mas é apenas uma questão de
interpretações" ... as interpretações feitas das lâminas são inspirados pelas cartas de tarô antigos ilustrados com
cenas mitológicas, tais como, entre outros, o Sola Busca, o Minchiate Etruria, que mais tarde irá inspirar Etteilla e
Rider-Waite .. .

Esta ideia é certamente interessante, inspiradora ... Também irá inspirar muitos artistas, a partir do século XX para
criar um tarot ... Então, sobre estes arcanos menores ilustrados, tarots modernos, vários criadores de tarots deixaram
Livres à sua imaginação, derramando suas idéias pessoais, sua ideologia, sua visão, sua fantasmagoria, até mesmo
suas fantasias ... E neste sentido, os pequenos mistérios são frequentemente forçados a tomar o significado que lhes
foi emprestado por seus designers. .

Essas ideias sugeridas sobre as lâminas, já determinadas, já admitidas, oferecem-lhe a sensação de ser arcano sem
que você tenha que quebrar a cabeça para decodificar os mistérios de um Tarô de Marselha ...

Mas isso é privar-se da verdadeira magia do tarô! E acima de tudo: O segredo da clarividência está nos mistérios
menores.

Portanto, recomendamos que você veja o Tarot de Marselha Menor Arcana como eles são ... Não como gostaríamos
que fossem.

O LINK MÁGICO ENTRE OS PRINCIPAIS ARCANOS E OS ARCANOS MENORES

Arcanos Maiores Tarot de Marselha poderia ser comparado a uma bola de cristal, isto é, um instrumento para induzir
visões, provocar imagens e inspirar clarividência ... Na verdade, os Arcanos Maiores como o A bola de cristal é um
meio para a clarividência.

Os arcanos menores, por sua vez, poderiam ser explicados como os diferentes tons de luzes que cruzam a bola de
cristal para iluminar o exercício da adivinhação ...

Os arcanos menores estão, de alguma forma, diferentes cores, tons, acentos, intensidades de iluminação
enlumineront esfera ... O ponto de Arcanos Menores, articular, identificar e discernir ... Eles atraem o olho em
detalhes, eles e acima de tudo eles têm o dom de dar vida às imagens que estão se formando pouco a pouco !!!!

Como veremos, a razão para o imaginário minimalista e mais humilde das lâminas do Tarô de Marselha não é um
compromisso, mas, pelo contrário, é a força do Tarô de Marselha.

Existem várias maneiras, provavelmente para interpretar os mistérios menores, mas na minha opinião é importante
descobri-los pouco a pouco, e descobrir toda a magia iniciando-se ... confie em si mesmo ... Não é tão difícil quanto
parece à primeira vista ... Você tem que estar preparado para ver o arcano sob uma nova luz, e deixar o trabalho
mágico porque os mistérios menores operam por uma combinação inteligente de fenômenos ...

Para começar a desenvolver sua habilidade com esses fenômenos, eu recomendo 3 métodos relacionados que irão
ajudá-lo a interpretar o Tarot dos Arcanos Inferiores de Marselha.

Método 1: Pelo Simbolismo das Figuras Pitagóricas


Método 2: Menores traduzidos como principais
Método 3: Por "Analogia Óptica"

MÉTODO 1:
SIMBOLISMO PITÁGORO DAS FIGURAS
A numerologia é essencialmente o estudo dos significados ocultos e misteriosos que as figuras podem fornecer sobre
uma pessoa, um lugar, um evento, etc.

Nos primeiros tempos, as pessoas usavam a numerologia para prever o futuro, se não para entender a personalidade
das pessoas.

Pitágoras, "o pai da matemática", disse que "os números são a verdadeira natureza das coisas e que todos os
conceitos podem ser expressos em números!"

Além disso, ele elaborou os caracteres, propriedades, significados simbólicos e relações relativas de cada uma das
nove figuras e, como tal, tornou-se o pai da numerologia moderna.

Existem esses temas que se tornam comuns com base na numerologia que flui através dos arcanos menores. Os 9
dígitos são necessariamente 9 símbolos "arquetípicos".

A numerologia é a arte divinatória que usa figuras como base de interpretação. As grades de interpretação dos
numerologistas são substancialmente diferentes umas das outras, no entanto, o significado original de um número é
o mesmo para todos os numerólogos.

Arithmancy
Uma ciência divinatória

Arithmancy é uma técnica de adivinhação baseada em números de 1 a 9. Na maioria das vezes, trata-se de
transformar o primeiro e o último nome de pessoas em uma série de números para obter o chamado número. de
expressão, o número íntimo e o número de realização. Cada um desses números é então analisado. As origens da
aritmancia parecem remontar a mais de 2000 anos, desenvolvidas pelos pitagóricos. As pessoas que praticam a
aritmancia são chamadas de aritmancers.

A regra da transformação de letras para números permanece simples. Basta seguir as colunas da tabela a seguir.
O alfabeto de Trípoli
O número obtido após o cálculo dá o valor correspondente.
Essa "figura pessoal" corresponde ao temperamento de uma pessoa. Para obter o "número pessoal" ("número de
expressão"), basta escrever sob cada uma das letras do nome, seu próprio valor numérico. Tomemos o exemplo de
Pitágoras:

Pitágoras

7 + 7 + 2 + 8 + 1 + 7 + 6 + 9 + 5 = 52 = (5 + 2) = 7

Então, digitalmente, Pitágoras é um "7"

Aritmancia é o sistema que permite interpretar os números, de acordo com os preceitos estabelecidos por Pitágoras

Então esta operação será usada para nomes de pessoas, mas também para nomes de lugares, ou sobre outros
elementos ... Mas alguns tarólogos usarão esta técnica de aritmancia para obter respostas de uma continuação ou de
uma combinação de arcano, como é o caso de impressões cruzadas das quais uma "síntese arcana" é determinada
por aritmancia.

OS NÚMEROS DE ACORDO COM A ESCOLA DE PYTHAGORE ...

Agora, aqui está a lista de "simbólico" anexada às 9 figuras de acordo com os preceitos de Pitágoras:

AS (1): Unidade, Origem, Início, Início


O número "1" é o símbolo da unidade, de Deus e da perfeição.
Os "Ases" são a energia bruta que precede a Criação. Eles indicam que existem oportunidades de desenvolvimento e
mudança.

Segundo os pitagóricos, "1" refere-se ao começo de tudo. O número 1 é um princípio de construção, criação e
origem.

Este número representa uma forte ambição, um desejo de independência, uma certa combatividade e uma grande
energia para alcançar o objetivo que você definiu. Se o seu número pessoal for 1, você é ambicioso e quer alcançar
seus objetivos independentemente dos meios que usa ...

Esse é o número de individualidade. Os "1's" são seres independentes, concentrados, determinados, que seguem as
idéias. Eles estabelecem um objetivo e se atêm a ele. É o temperamento dos chefs e inventores. Os 1 têm dificuldade
em trabalhar em equipe e não gostam de receber pedidos. Eles são egocêntricos e autoritários. Muitas vezes são
solitários.

Palavras-chave: começos, oportunidades, ideias, potencial criativo, inspiração ...

Arcanos Maiores Correspondentes: The Bateleur

2: Forças Opostas Complementares, Dualidade, Conflito

O segundo é o símbolo de opostos ou dualidade, conflitos, o destino do homem que o leva a fazer escolhas
perpétuas.

Segundo os pitagóricos, o "2" evoca o princípio de "forças opostas complementares" (cf. Yin e Yang). Esse equilíbrio
necessário de forças opostas pode trazer muito, mas um desequilíbrio também pode atrasá-lo. O pessoal número 2
reflete grande sensibilidade (que pode revelar-se uma fraqueza), bem como uma afinidade com as áreas que exigem
explorar misteriosas áreas de tecelagem que a maioria tem medo de explorar.

Este também é o número que indica uma troca. Entre dois vasos comunicantes ... Você aprende com os outros e
vice-versa. É a relação entre o professor e o iniciante aspirante, a relação entre o professor e seu aluno, essa relação
privilegiada que permite ao acadêmico transmitir seu conhecimento, segredos, heranças ...

O "2" representa interação, comunicação bidirecional, ensino, cooperação e equilíbrio.

Ele ainda representa a magia das energias que vêm dos dois pólos da criação. Símbolo do equilíbrio entre as forças,
a partir do equilíbrio que mantém os ciclos das estrelas, entre o dia e a noite, a luz e a escuridão ...
O "2" é o símbolo das "forças opostas complementares", a união dos opostos, assim símbolo da alquimia e da ordem
celestial ... De equilíbrio e harmonia ...

As personalidades "2" são cheias de imaginação e criatividade. Essas são boas naturezas. Paz, harmonia,
compromisso, lealdade e justiça costumam caracterizá-los. Mas o 2 também implica a ideia de conflito, de forças
opostas, de aspectos contraditórios da mesma realidade: o dia e a noite, o bem e o mal. Os dois são por vezes
retirados, caprichosos, tímidos e indecisos.

Palavras-chave: desenvolvimento, equilíbrio, harmonia, escolha, interação

Correspondente Maior Arcana: O Papa

3: Vida, Fertilidade, Abundância, Feminilidade

O 3 também está relacionado com a psique, o espírito e o divino ...

De acordo com os pitagóricos, o "3" reflete o forte princípio de que a vida (o ciclo da vida é estabelecido em três
fases: nascimento, crescimento e morte), desenvolvimento. O número pessoal 3 representa o sucesso, uma grande
flexibilidade de caráter, mas também um intelecto particularmente desenvolvido, um importante potencial criativo e
uma incrível capacidade de adaptação. Você tem grandes qualidades e um grande potencial para ir longe na vida,
você só tem que otimizá-lo sem se dispersar.

Evoca a inteireza, a noção de "tudo", como no trio do passado-presente-futuro ou no espírito da alma-corpo. Os


pitagóricos consideraram os 3 como o primeiro número "completo", porque quando três pedras
em um caminho, há um começo, um meio e um fim.
Os três implicam talento e energia; indica uma natureza artística, cheia de humor e graça na sociedade.

Os 3 são muitas vezes sortudos, confortáveis (de maneiras e finanças) e bem sucedidos. Mas eles também podem
ser espalhados, irritados sem motivo ou ser superficiais.

Três é o número de criatividade, crescimento, ação e entusiasmo.

Palavras-chave: planejamento, criação, construção, crescimento

Correspondente Major Arcana: The Empress

4: Matéria, Estado Sólido, Masculinidade

O 4 representa a matéria e tudo o que é material é o número de estabilidade e tudo o que é terreno e terreno.

Segundo as teorias pitagóricas, o "4" simboliza o princípio da estabilidade, dureza, materialidade (e, portanto, a
"Terra" e seus quatro pontos cardeais).

Os pitagóricos consideram o número 4 como o número de ordem e rigor. Se o seu número pessoal for 4, isso reflete
uma grande firmeza, impassibilidade, determinação e muita coragem. Esta era a figura preferida dos imperadores,
dos monarcas e especialmente dos grandes líderes militares ... Este é o número de conquistadores, homens de
poder, latifundiários ... Os 4 refletem a estabilidade e a honestidade. Você está ciente de que você tem lição de casa
e não quer escapar, você assume. Você é uma pessoa sólida em quem pode confiar.

Como uma mesa firmemente plantada em todos os quatro pés, esse número é de estabilidade e firmeza. Os 4
gostam de trabalhar duro. Eles são pragmáticos, confiáveis e têm a cabeça nos ombros. Para os ataques da loucura,
eles preferem lógica e razão.
Eles são excelentes organizadores, que sempre realizam seu projeto. Como o ciclo das 4 estações, eles são
bastante previsíveis.

Eles são tacanhos, suscetíveis e sujeitos a explosões de raiva. Os possíveis conflitos porque os 2 são multiplicados
por dois entre os 4.

Palavras-chave: estabilidade, segurança, estrutura

Correspondente Major Arcana: The Emperor

5: Os 5 sentidos, homem, receptividade, espiritualidade

O 5 corresponde ao homem, a aspiração humana ao conhecimento através da espiritualidade.

O número pessoal (segundo as teorias pitagóricas) 5 simboliza o princípio fundamental do homem (cinco sentidos
...). Os pitagóricos também consideram ser o número nupcial. Esta é a figura da fé, convicção e bem-aventurança,
então é também o número de oração, oração, invocação ... De fato, o número 5 pode desenhar pentagramas e
pentagramas mágicos.

O número pessoal 5 representa aliança, estabilidade, sabedoria e gênio. Se o seu número pessoal for 5, significa que
você está predisposto a elevar a mente, tem preocupações espirituais. Você aspira a aventura, a descobrir e não se
preocupar com os pequenos inconvenientes da vida ... Você é um explorador misturado com um filósofo. Você está
interessado em várias áreas, você é naturalmente curioso, e um entusiasta em tudo que você faz. O 5 adora
aprender, colecionar e compartilhar seu conhecimento ...

NOTA: Alguns numerologistas não concordam sobre os atributos que devem ser combinados com o número 5 ...
Para eles o número 5 é o da instabilidade ... Então eles confundem com o número 6 ?

Na verdade, o 5 e o 6 se juntam em um ponto: ambos são figuras que anunciam mudanças imprevisíveis, ou que os
padrões estabelecidos serão perturbados ou mudados ... Mas, na minha opinião, seria errado associar o 5 com
instabilidade ou derrota ... O 5 é essencialmente a figura da Sabedoria e Espiritualidade. Pelo contrário, é uma figura
de grande estabilidade, equilíbrio e até ousadia ... (qualidades que certamente não podem se relacionar com o 6).

Palavras-chave: sabedoria, harmonia, fé, bem-aventurança, responsabilidade, verdade, receptividade, florescimento,


equilíbrio

Correspondente do Arcano Maior: O Papa

6: Transição, Mudança, Contingências, Emoções, Hesitações


O 6 anuncia as transições, a mudança.

O número "6" é o que deu origem às mais diversas e contraditórias interpretações ... No número 6 numerologistas
nem todos concordam ... Esta é a figura que causa mais diferenças.

Segundo as teorias de Pitágoras, o "6" simboliza: Contingências de transição

Mas há muitos numerologistas que associam o 6 ao princípio da paz e do trabalho (de acordo com a Bíblia, o homem
foi criado no sexto dia). Esta é uma interpretação bastante gnóstica ...

Do ponto de vista "esotérico" o 6 seria o número representando Vênus, deusa grega do amor. Então o 6 seria a figura
do amor!

Para Pitágoras que incluiu o aspecto "matemática", mas também "metafísico", "geométrico" e os números
"alquímicos", a parte 6 foi depois as outras figuras como uma unidade lógica imutável 1 = 2 = originais dupla opostas
adicional 3 = 4 = fêmea movimento fixidez-5 = macho homem espiritualidade 6 = 7 = contingências transição-vitória-
luta-equilíbrio 8 = 9 = harmonia tempo de gestação, meditação, sabedoria

Então o 6 anuncia um evento importante ...

Sem dúvida, esta mudança pode dizer respeito a área de sentimentos e provavelmente 6 em relação ao universo de
emoções ... Assunto de amor, certamente, mas também teme, apreensões, e todas as gamas de emoções .. .

Segundo a interpretação de alguns numerólogos, o "6" representa harmonia, amizade e vida familiar.

Segundo outros 6 sempre anuncia necessariamente negócio de corações, uma nova conquista, um amante, um raio
...

Outra tradição diz que o 6 significa que um evento significativo irá atrapalhar a nossa vida e que é o número de
contingência inesperado, mudanças inevitáveis ... Segundo eles, é antes o número da dúvida e do hesitação ...

Eu me considero o número 6 como um número difícil de descobrir que é confuso e que nos coloca em dúvida ... Eu
acho que representa os eventos inesperados que podem desviar nossa vida em outro caminho ... Este é o número
que marca um estágio em que teremos que fazer escolhas. As escolhas determinam ...

Os pitagóricos também concordariam que o sexto diz respeito ao Amor e aos "momentos de Transições importantes"
... Talvez o Amor venha com mais frequência quando menos esperamos e Este é provavelmente ainda um "momento
de transições importantes" em nossa vida ...
A Escola de Pitágoras apelidada de "6": "fusão". Eu acho que esse termo contém vários aspectos do número "6":
"emoção, amor, contingências, transição ...

Em todo caso, os pitagóricos consideravam o "6" como "nascido da perfeição" porque é divisível por 2 e 3; também é
igual à soma e ao produto dos três primeiros números (1 + 2 + 3 = 6 e 1 x 2 x 3 = 6).

É a dupla natureza dos 6 que torna tão difícil definir ou corrigir um significado ...

Matematicamente ele parece expressar o equilíbrio.


Geometricamente, ele expressa a fusão
Alquimicamente expressa a transição, a fusão
Metafisicamente representa o acaso, o inesperado
Simbolicamente representa emoções, amor, Vênus (amor e beleza)

As 6 são pessoas que vivem na incerteza. Os seis são atraídos por uma série de coisas diferentes, mas não se
envolvem em nenhum deles. Eles são enérgicos, aventureiros que não têm medo de correr riscos. Eles gostam de
viajar e conhecer novas pessoas, mas geralmente não ficam em um lugar por muito tempo. Os seis são às vezes
vaidosos, irresponsáveis, carregados e impacientes.

O 6 indica mudanças e eventos imprevisíveis. Eles são uma indicação de que os padrões estabelecidos serão
perturbados ou alterados. Pode haver dificuldades e obstáculos para vir e eles terão que trabalhar duro para superá-
los. O 6 é um número que indica uma perturbação ou um obstáculo. A tensão entre a imaginação criativa e a dura
realidade cria um desafio. Existem escolhas a serem tomadas e decisões a serem tomadas agora. O 6 muitas vezes
pode ser pessimista, sarcástico e ansioso.

Palavras-chave: desequilíbrio, mudança, desafio, luta, adaptação, perda

Correspondência do Arcano Maior: O Amante

7: Combate, Triunfo, Vitória

O número pessoal (de acordo com as teorias pitagóricas) 7 simboliza o bem merecido Triunfo ... O cumprimento! O
sucesso, mas não por golpe de sorte ... Um sucesso obtido através de esforços, sacrifícios, combates liderados
desafios ... O 7 é considerado pelos pitagóricos para ser o número de magia! Era uma figura virtualmente venerada,
mesmo antes de Pitágoras o elogiar ... O 7 tem sido desde a aurora dos tempos uma figura considerada "mágica" é
uma figura "amuleto da sorte", um talismã. ..
Na época de Pitágoras, considerou-se que havia 7 corpos celestes (da astronomia antiga: o Sol, a Lua, Mercúrio,
Vênus, Marte, Saturno e Júpiter). estava, portanto, em ressonância com essas 7 estrelas, 7 influências astrais, como
sete vibrações, como as 7 notas do intervalo, os 7 níveis de consciência.

Muitos ciclos na natureza correspondem ao número de sete e podem indicar o fim de um ciclo ou a conclusão de
uma fase.

O sétimo é considerado um número mágico e no Egito Antigo o sétimo foi considerado uma figura de grande poder.

Os místicos também dão grande importância porque há os 7 dias da Criação, e o 7 é o número de Cristo.

A sorte sorri para as pessoas com o número pessoal 7. Se o seu número pessoal for 7, você é uma pessoa
misteriosa particularmente interessada em espiritualidade, meditação. Às vezes místico. Você é dotado de grande
sabedoria e está sempre à procura de uma maior abertura.

Sensíveis, compreensivos e brilhantes, os 7 gostam de trabalhar duro e aceitar desafios. Eles são freqüentemente
sérios e eruditos e seu interesse está em todos os assuntos misteriosos.

Com eles, originalidade e imaginação superam a atração de ganhos e bens materiais.

Palavras-chave: escolha, reflexão, dificuldades, luta, triunfo, realização, destino, vocação, missão, misticismo, magia
...

Arcanum Maior correspondente: A Carruagem

8: Equilíbrio, Equidade, Paz

O 8 lhe dará equilíbrio, estabilidade e solidez em todos os seus projetos.

O número pessoal (de acordo com as teorias pitagóricas) 8 simboliza o princípio do equilíbrio cósmico e do
renascimento.

A pessoa com número pessoal 8 é particularmente corajosa e não se deterá diante de nada quando se trata de
ascensão ao poder. O oitavo evoca autoridade e obstinação. Você quer manter o poder em suas mãos e fazer todo o
possível para alcançar seus objetivos.

O 8 é considerado o número mais previsível do ciclo; ele pode incorporar o cume do sucesso, bem como o fundo do
fracasso. Desde o nascimento, os dois caminhos abrem para oito.
Esse número geralmente é um grande sucesso em negócios, finanças ou política. Os 8 são pragmáticos e go-getters,
eles são trabalhadores duros. Eles também são às vezes ciumentos, invejosos, autoritários e famintos por poder.

O oitavo também significa sucesso material, prosperidade, bem como poder espiritual e equilíbrio de forças opostas.

Palavras-chave: movimento perpétuo, equilíbrio, ordem, regeneração, justiça, paz, harmonia

Arcanum Maior Correspondente: A Justiça

9: Sabedoria, De volta ao passado, um retorno a si mesmo

O número 9, de acordo com as teorias pitagóricas, simboliza o princípio do fim do ciclo e o começo de outro ciclo. A
criança nasce no final dos nove meses e é então um novo ciclo que começa para ele. 9 é também o tempo de
gestação ... o número de passos a serem dados antes de nascer, ou renascer no mundo ...

Se multiplicarmos por si, o número 9 sempre dará 9 (2 multiplicado por 9, 18, 1 adicionado a 8, 9).

A pessoa cujo número pessoal é 9, tem uma grande riqueza de sentimentos. O número 9 representa um poderoso
potencial intelectual, altruísmo e egocentrismo.

Simboliza a perfeição e o sucesso levado ao extremo. Eles têm uma vontade de ferro e trabalham
incansavelmente; eles são muitas vezes para os outros um exemplo ou uma fonte de inspiração. No entanto, eles
podem ser arrogantes e pretensiosos se as coisas não funcionarem como desejarem.
Este é realmente o número "completo" (3) multiplicado por si mesmo (3 x 3 = 9).

A vocação do 9 é focar nos outros, e é por isso que eles são frequentemente professores, pesquisadores ou ativistas
em organizações humanitárias.

Nove é o número que simboliza preocupações humanitárias, perfeição e amor transcendente. A satisfação e a
necessidade de avançar são relevantes para esta questão.

Palavras-chave: meditação, consciência, conclusão, realização, sonhos, misticismo, sabedoria

Correspondência do Arcano Maior: O Eremita

O 10 é o retorno à unidade ... É o múltiplo divino no unitário

O "10" é propício para a plenitude de calma e serenidade.

O "10" marca o início de um novo ciclo ... após o final de um ciclo (o "9"), é o retorno ao número "1". Ele traz a
sabedoria da experiência que adquirimos no ciclo anterior.

Palavras-chave: realização, transformação, no final de um ciclo, perfeição, renascimento

Arcanos Maiores Correspondentes: A Roda da Fortuna.

O 21 é o número, símbolo da perfeição, e da Criação ... esse número dito "perfeito" é representado pelo arcano "O
MUNDO".
21 é o número de Arcanos Maiores ... Quando adicionamos os números 2 + 1, obtemos a soma de "3", que é também
para Pitágoras uma figura de perfeição. O "3" é o princípio trinitário da vida e da criação. O "21" é, em si, o número
da "Criação". Para Pitágoras o "3" era o número divino do "trinitário" e para ele o número que significava a apoteose
da "Criação" era o "21".

MÉTODO 2:
MENORES TRADUZIDOS COMO MAJOR
O primeiro método chamado "pitagórico" propunha-se a colocar os mistérios menores em relação aos significados
numerológicos que teriam sido determinados por Pitágoras, de acordo com antigos arquétipos associados a números
...

Agora, este segundo método, relacionado ao primeiro propõe pôr, desta vez, os arcanos menores em relação aos
arcanos maiores que são ou simbolicamente correspondentes ...

Por exemplo, como = Bateleur, 2 = Papesse, 3 = A Imperatriz, etc, e assim por diante ...

Neste caso, as Figuras podem então corresponder a 11, 12, 13 e 14, então Valet = Força, Cavaleiro = Enforcado,
Rainha = Morte, Rei = Temperança ... Mas estas correspondências parecem bastante duvidosas ...

Embora o Simbolismo dos Números (numerologia) corresponda bem ao tempo em que o Tarô de Marselha foi criado
e popularizado, é certamente considerado apenas como uma contribuição adicional de interpretação. Alguns
pesquisadores disseram que o Tarô de Marselha não requer tais acréscimos, mas pode ser entendido como um
sistema interno para si mesmo. (e é verdade ...) Finalmente ...

Existem duas maneiras muito especiais de combinar arcanos menores com arcanos maiores ...

O SEGREDO ...

Um dos segredos da leitura dos Menores Arcanos reside precisamente nas enigmáticas relações que eles têm com
os Arcanos Maiores que na maioria das vezes procuram especificar ...

Dito isto ... repito, as chaves da taromancia estão no uso criterioso e esclarecido dos mistérios menores ...

Por esta razão, não é uma questão de simplesmente e simplesmente considerar um Menor arcano como Maior, que
consiste em dizer, por exemplo, que todos os 3 estão diretamente relacionados ao IMPERADOR, e todos os 9 ao
HERMITE. .

Neste sentido, este sistema é simplesmente idêntico ao primeiro método ... De certo modo, é o mesmo ...

Primeiro, o 2º Método de Leitura nos leva a traduzir o slide não no sentido de que empresta-lhe os "numerologistas",
mas no sentido de que geralmente empresta-se aos Arcanos Maiores que lhe correspondem.

Um ponto de partida lógico é simplesmente alinhar os Majors da mesma maneira como são montados Menor: de 1 a
10, (removendo LS, não numeradas na Major) e remover Honors (Figuras), em os menores.

Pode-se simplesmente parar aqui e considerar o Mapa Menor como uma interpretação rudimentar do Mapa Principal
correspondente na Suíte relevante. Mas o leitor perspicaz vai notar que os dez melhores cartões de Arcanos Maiores
e Menores estão necessariamente sincronizadas com os significados dos números de Pitágoras ... E não apenas no
sentido de experiência numerológico ... Note-se que em cada série de 4 Arcana associado com a mesma figura há
um que procura mais especificamente se relacionar com o Arcano Maior que lhe corresponde. Por exemplo,
notaremos que na série dos quatro "7" existe um dos Arcanos Menores que parece mais relacionado com os Arcanos
Maiores correspondentes.

No sistema seguinte, nos voltamos para os Arcanos Menores para finalmente entender melhor o Major! Mas o que
arcana exatamente? e como?

O 3º Método contém as chaves para a interpretação arcana e as chaves para adivinhação!

MÉTODO 3:
"ANALOGIAS ÓPTICAS"
O método dos iniciados

Com este método, os Menores são considerados como tendo uma composição gráfica suficientemente explícita para
os elementos artísticos de cada slide para indicar como interpretar o significado, por analogia.

Nenhum método adicional é necessário para dar sentido a isso.

Nós simplesmente olhamos o mapa e descrevemos o que está acontecendo. Isso então se torna uma "Analogia
Óptica" em relação à situação do candidato.

Quando as cartas são colocadas lado a lado, a analogia se torna ainda mais clara, como resultado de um processo
iconográfico interativo entre duas imagens.

O significado de "Honras" (Figuras) e outras lâminas Menores torna-se imediatamente perceptível, pela forma como
sua iconografia interage com outras cartas.

No "Método das Analogias Ópticas", não precisamos de nenhum significado de Números ou Correspondências
Pitagóricos com Arcanos Maiores. O significado da carta é imediatamente perceptível pelo que é representado
graficamente nela!

ANALOGIAS ÓPTICAS ???

Les caractéristiques iconographiques de la carte sont décrites. Elles deviennent une analogie pour dégager le sens
de la carte, combinée au contexte de la question. Le plus souvent la lame indique avec force à quel arcanes majeurs
elle se réfère et en accentue les couleurs, arrive même à faire comprendre de nouvelles interactions entre les arcanes
majeurs qui n’avaient pas encore été envisagées. De plus, cet effet optique provoque parfois de véritables visions
soudaines! Parce que les maîtres cartiers qui ont créés les Tarots de Marseille étaient des initiés se servant d’un
langage codés très ingénieux qui comme les pièces d’un mystérieux casse-tête peuvent s’assembler dans d’infinies
combinaisons, et révéler les secrets des arcanes selon le discernement, la sagacité et la sagesse de celui qui les
consultera...

CONTEXTE DE LA QUESTION...

Primeiro, a natureza da questão especifica como o significado deve ser aplicado ...
Por exemplo, se imaginamos que o autor quer saber como melhorar as coisas em seu casamento, podemos notar
que visualmente as Copas se alinham imediatamente nas questões de "relações" para vir a afirmar que os
sentimentos são recíprocos ... O copo pode ser uma reminiscência de um broto de flor, e isso indica que essa relação
fará o consultor florescer. Mas os Sticks também se mostram para avisar que todas as relações devem ser
construtivas e devem ir na direção da nossa realização ...

Derechef também será adicionado ao Swords, a fim de chegarmos a resolver a questão! Espadas dobram o ar para
fornecer inspiração. Eles sussurram: "vá na direção de suas convicções", "torne sua vida uma missão", "

Quando as Espadas aparecem em um empate, elas indicam, em um sentido amplo, uma conexão entre o material e
o espiritual, entre o terrestre e o celestial ... e então as Espadas são símbolos de inspiração, imaginação, criatividade.
... No sentido mais básico eles expressam lutas que são conduzidas por crenças ou idéias ... Ainda mais básico: o
arcano diz que o consultor terá as ferramentas que lhe permitirão realizar suas idéias.

E se houver os negadores que se mostram? Bem ... Alguns vão deduzir imediatamente que o consultor vai ter
problemas financeiros, se preocupa com seus bens ... (O dinheiro muitas vezes representa a área de finanças) .. Sim
... Mas ainda assim .. observe este motivo floral no centro dos Negadores ... O elemento "terra" é o que produz as
plantas ... Os negadores representam bem a agricultura. Ele denota uma "roda" como uma engrenagem com 12
dentes ... No centro este famoso padrão floral que expressa os números: "4", "8", "9", e novamente o "12" em
finalmente até o "13"! ... (são as 5 fases da vida de uma planta)

E novamente ... O Denário pode certamente ser comparado à imagem simplificada de A Roda da Fortuna ... Os
Negadores também se refeririam a elementos importantes que constituem o tecido de nosso destino ... E se podemos
compará-los em uma "roda", ainda podemos compará-los a um "sol"! É uma questão de "óptica".

Essas conotações ópticas podem se tornar "analogias" no contexto da questão ....

Os atributos da Suite dão um significado específico ....

Naturalmente, as analogias ópticas só fazem sentido no contexto da pergunta que é feita. O exemplo acima só fala
de Copas e Paus, Espadas e Negadores ... É adicionando o contexto da questão que as analogias fazem sentido.

Os leitores que estão intrigados por este método pode se referir ao livro mágico '' cruzados Castle of Fates '' (1997)
por Italo Calvino, para saber como ele pode ser aplicado a todas as cartas do Tarot.

Agora ... agora eu convidá-lo a pagar mais, a atenção para os Arcanos Menores do Tarot de Marselha e aprofundar
este método de "Analogias ópticos" que oferecem o praticante ricas possibilidades de interpretação e pediu-lhe para
se aproximar da magia Tarot de uma nova maneira ...

ANALOGIAS ÓPTICAS ... em "AS"


Ace (1) simboliza o bom funcionamento da energia em questão. O "Ases" sinaliza seguro, controle ou conclusão. No
entanto, o Ás (como você sabe) também pode representar o número 1 e tomar o simbolismo, incluindo a sinalização
de um ponto de partida, um começo e, portanto, incerteza ou imaturidade. Deve obviamente ser notado que os 4
elementos da 4 série de Arcanos Menores estão todos representados no Arcane du Bateleur ...

Vamos notar estas poucas analogias ópticas:

The As Deniers é como: A Roda da Fortuna, o Sol, etc ...

O Ace des Coupes é como: A Casa-Deus (um templo, uma catedral ...), A Imperatriz, O Imperador ou O Papa (Uma
Cabeça Coroada), etc ...

O Ás de Espadas é como: Justiça, Morte, Sol ou Lua (alguma semelhança por causa de gotículas - a coroa pode
significar o sol), etc ...

O Ás dos Bastões é como: O Bateleur, O Mundo, então: O Mat, A Imperatriz, O Imperador, O Eremita tem um
bastão ... Os bastões são encontrados em outros arcanos: a flecha cupido da lâmina 6, o carrasco entre duas pilhas
etc ... etc ...

ANALOGIAS ÓPTICAS ... EM RELAÇÃO À "HONRA"


EXEMPLO: VALETS

Eles correspondem a uma energia jovem, que pode corresponder a uma potencialidade ainda não explorada. Eles
precisam ou esperam que um elemento externo lance sua riqueza potencial.

Invertida: Um valet invertido representa uma energia que não tem consciência de sua potencialidade e não buscará a
ajuda de que necessita. Ela é muito estática.

Valet de Deniers é como: O Bateleur (seu chapéu)


Valet de Coupes é como: Temperança (dois recipientes em cada mão)
Valet of Swords é como: The Bateleur The Bateleur ou Justice
Valet of Sticks é semelhante a: The Mat ou The Hermit

Os Segredos das Analogias Ópticas dos Arcanos Menores o convidam a fazer um esforço para descobri-los e
reconhecê-los ... Esta é uma maneira de exercitar o discernimento e a clarividência ...

A melhor forma de um cartão de Menores do Tarot de Marselha NUNCA irá pré-existente, mas será sempre
determinado NO MOMENTO DO JOGO EM VIRTUDE DO contexto específico da pergunta ...
A flexibilidade para combinar categorias abstratas para dar finalmente um significado específico é um método
diferente daqueles oferecidos pela Rider-Waite e Crowley, em que uma lista específica de significados é dada e deve
ser sujeito a todos.

Esse método de combinação fornece menos flexibilidade e também limita inadequadamente o praticante
"particionando" o significado da placa menor.

Enquanto o processo de encontrar o significado último pode parecer trabalhoso, não há realmente uma pressão,
quando o praticante considera Atributos rapidamente devido a analogias efeitos ópticos e ver como tudo se encaixa
no contexto da questão.

Sim ... Porque é muito importante que as respostas do Tarot possam ser colocadas no contexto da questão!

Inicialmente, a questão é o que é mais importante ... É a pergunta que o consultor fará seu foco e é a esta pergunta
que o Tarot vai tentar responder como "mais próximo possível (Não evasivamente como alguns acreditam) ...

Então, vamos dar um exemplo ...

Digamos que o demandante queira saber: "Eu tenho que me preocupar com a saúde da minha mãe, a morte a está
assistindo". Uma pergunta simples, que o Tarô deveria ter conseguido responder com a mesma facilidade e
eficiência.

O cartão que é desenhado é o 7 de Copas. (Por razões de simplificação, usamos apenas um mapa aqui, mas em
uma leitura real, usamos vários mapas para discernir padrões.)

Vamos ver se a imagem do Rider-Waite será relevante neste caso ...

O mapa do Rider-Waite normalmente significa: Fantasias e sonhos são indicados pela Sete de Copas ... A cena
narrada pela lâmina mostra um personagem na frente das principais aspirações do consultor, visões exuberantes de
felicidade, o personagem vê em copos de ouro nas nuvens, mas parecem miragens, porque são todos objetivos
irrealistas no momento: uma mulher de sonho (a mulher ideal), uma mulher velada com uma aura (espiritualidade -
Love), uma cobra (o wyvern, sexualidade), um castelo (uma casa, um domínio), jóias (de riqueza), uma coroa de
louros (o sucesso, reconhecimento, fama), (nota: esta coroa laurel aparece curiosamente em um copo que tem o
reflexo de uma cabeça de morte) e, finalmente, um último copo em que um dragão se agita (iniciação,segredos
herméticos).

De acordo com os Tarologistas que usam o Waite-Rider Tarot, essa lâmina de "7 Cortes" indica, entre outras coisas:
Você pode encontrar uma preocupação que o impedirá de alcançar seus objetivos. Você tem desejos que excedem a
realidade de suas habilidades e seus meios. Seus objetivos são baseados em fantasias. Você exagera-os como uma
maneira de escapar de uma realidade emocional ... você não é capaz de lidar com a realidade. Em poucas palavras:
você é irrealista.

Como veremos, esses significados pré-fabricados são inúteis e indesejáveis na tradição do Tarô de Marselha! E,
aqui, pode ser visto, as lâminas não podem cumprir a questão, isto é, o domínio ou o universo que diz respeito à
questão ... a saúde da mãe do consultor! !!
Assim, são interpretações típicas da Golden Dawn e não têm relação intrínseca com a verdadeira adivinhação
característica do Tarô de Marselha.

Na medida em que a questão é apresentada como "um pedido de conselho", a resposta seguirá este contexto.

Se a pergunta do demandante fosse saber se ele teve que mudar de emprego ou mudar de parceiro, talvez esse
mistério tivesse respondido à pergunta mais precisamente, dizendo que essas são aspirações irrealistas ... a saúde
de sua mãe ... Não está claro, e é confuso ...

No entanto, o 7 de Coupes é uma resposta clara ... Primeiro, as Copas dizem respeito ao negócio de "coração",
"sangue" ... A circulação sanguínea ...

Então, numericamente, o 7 significa: Vitória, então "saia vitorioso" ...

Se traduzirmos este arcano pela Carruagem: a lâmina indica sucesso e realização. Mas se olharmos para a imagem
na lâmina da Carruagem, notaremos que ela expressa isto: "depois de uma luta difícil, sairá vencedora". Na lâmina
notamos esses dois cavalos que devem ser domados para que a pessoa envolvida possa tirar sua vida ...

Nos dois ombros do personagem do Chariot arcano notamos dois rostos, um sorrindo, o outro triste ... Isso indica que
isso causará preocupação, mas que devemos ajudar a pessoa a manter o moral . O arcano indica: Devemos lutar,
vamos, ter sucesso ...

E o arcano menor do 7º de Coupes confirma isto porque olhando para isto com meticulosidade você notará que um
efeito de Analogia Óptica ocorre entre o "coração" do cartão do Chariot e as formas que são de repente distintas
como por magia no menor arcano do 7 de Copas ...

E um que vai deixar de lado as interpretações feitas quaisquer avanços que acontecerá, provavelmente, ver a
mensagem na forma do visual visão arcana inspirado para o leitor Tarot, aparecerá uma mensagem de repente uma
evidência alucinante, ie. ..

Os cortes indicam um problema de circulação do coração e do sangue ... Ligados podem estar no menaupose ...
Problemas nos ovários ou nos rins são possíveis ... O arcano sugere ir ao médico para ser feito prescrever drogas
mais apropriadas ... (O rosto de um médico de repente aparece magicamente no centro do cartão: a taça central está
em sua testa ... O personagem curioso que está surgindo é um pouco semelhante ao Temperança com suas asas e
duas xícaras ... Seus olhos são como jovens brotos, na forma de pontas e isso revela que este médico vai ver o que
está errado e vai encontrar o remédio certo).

O arcano requer novos diagnósticos. Ela aparentemente recomenda fitoterapia! É provavelmente uma planta sem flor
(o arcano de 7 de Copas é o único arcano desta série com um padrão sem flor) ... Parece uma planta trepadeira, um
remédio que é tomado por via oral ... o médico saberá tranquilizá-la e prescrever as drogas certas ... O arcano indica
novamente que a pessoa deve entender que deve ao mesmo tempo curar seu corpo, seu coração e sua alma ...
porque freqüentemente há três níveis problemas que são a fonte de um problema de saúde.
Há duas hastes, cada uma adornada com duas folhas, e de repente um curioso efeito ótico nos diz que a pessoa em
questão está cercada por duas pessoas importantes para ela e que ela precisa do apoio delas ... Esses dois
personagens curiosos têm o rosto virado para a seção central no topo, no nível da cabeça, o que indica que dá a
essa pessoa um forte apoio moral. E esses mesmos dois personagens parecem derramar algo na taça do centro do
arcano, o que indica que as atenções e as marcas de afeto que elas proporcionam à pessoa são importantes na cura
da pessoa ...

Etc ...

Sim, eu paro aqui porque cada vez que começamos a deixar um arcano menor provocar visões, elas amplificam,
acentuam detalhes, chamam a atenção para os outros e trazem impressões ...

Podemos ver aqui que a arena do 7 Tarot de Marselha Cups realmente fala de forma diferente para o consultor e
também parece significar outra coisa ...

Lembramos que o arcano Waite-Rider sugere: "Quimeras, fantasias, devaneios, projetos irreais". Isso, sem dúvida,
nos leva a tirar uma conclusão em um sentido negativo ... nos dizendo ... sua saúde é ruim e esperar melhor é
irrealista ...

Enquanto o Tarô de Marselha indica todo o resto e em uma ordem completamente diferente de idéias ...

Primeiro numericamente, 7 significa "vitória", e simbolicamente é um número positivo, uma figura vencedora ou até
mesmo uma figura de "amuleto da sorte". Além disso, a figura seguinte, após o "6", que significa "dúvida, hesitação,"
e "7" vem a significar uma escolha é feita e vai ser uma escolha decisiva na vida da pessoa em causa .

O Arcano Maior da Carruagem, que está ligado a ele, diz quase a mesma coisa que no sentido numerológico:
sucesso, sucesso, triunfo, vitória depois de liderar a luta ...

O Arcano (Tarot de Marselha) apenas indicam onde há um problema, como corrigi-lo, com quem e com o que o
conjunto ... ea lâmina 7 demonstra poderosamente o que está conectado com o mistério da Trolley, sem dúvida! Se
permitido falar que ela usa uma luz sobre a interpretação ... e capacidade de resposta, inspiração como o consultor
de discernimento haverá mais ou menos precisão e nuance na interpretação do lâmina.

Assim, o método de combinação de simbolismo de Pitágoras figuras com os atributos de resultados, tais como
ligações com o Arcana principal correspondente, é colocado no contexto de analogias Optics, pode traduzir a
linguagem codificado, (selado) 40 Arcano Menores numerados sem a necessidade de apoio de cenas
sugestivas. (Cenas que me lembro, foram inspirados pelos ocultistas, ou medo de ser pouco artistas conscientes
reduziram a importância das lâminas à sua interpretação mística, muito menos consciente de ter acidentalmente
jogar as chaves para adivinhação!) ...

A magia operativa do tarô está na vibração dos arcanos menores. E o segredo da adivinhação pelo Tarô está na
misteriosa combinação de arcanos maiores e menores que operam em "osmose".

Embora isso possa parecer superfície trabalhoso, isso acontece de fato em um microssegundo -em um piscar de
olhos e o resultado é uma sensação de que está sempre adaptada à situação do requerente.

Embora o Rider-Waite possa sugerir idéias similares, como neste exemplo (como se os dois jogos fossem os
mesmos, com apenas uma cena ilustrada em uma versão do mapa, e 7 copos desenhados na outra) é relativo a este
exemplo específico. Este é o falso mito de que muitos praticantes contemporâneos manter o seu baralho de Tarô
Rider-Waite: é simplesmente um Tarot de Marselha com ilustrações que indicam os significados e o significado
simbólico-esotérica profunda.

Isso não é totalmente falso. É verdade, mas, está considerando o papel do arcana de outro ponto de vista. Esta é a
maneira de interpretar o arcano por aqueles que param no Conhecimento adquirido através da "Escola de Erudição" ,
e acreditam que o Tarot é uma ferramenta reservada para os estudiosos ... Eles Acreditamos que a adivinhação é
uma questão de erudição ... E sem saber, eles perdem a coisa essencial que consiste em também fazer suas aulas
na "Escola de Adivinhação" , que diz respeito à linguagem codificada, magia , magi (estes inventores do i-mago no
mago-i), esta escola que nos ensina a receptividade, o discernimento, o transe, o dom de si e a pura clarividência ...

OUTROS INCIDENTES DO RIDER-WAITE E SEUS HISTISTAS

Também estar ciente de que muitas cenas dos Arcanos Menores do Tarot Rider-Waite não coincide com o
simbolismo de figuras ou significados básicos ou taromantiques já anexado ao Arcanos Menores do Tarot de
Marselha, originalmente para uso para a adivinhação.
Existem muitas discrepâncias entre as imagens do Rider Waite e o sistema numérico de Pitágoras. (Como
demonstrado pelos famosos 7 copos - ocultistas chamam de "Quimera".

Insiders, magos e gnósticos acreditam que o contrário seus "7 Cups" como 7 "containers", 7 "corações", 7 "
Elementos Vitais ", os 7" Benefícios ", os 7" Chakras ", as 7" Vibrações ", as 7" Notas ", as 7" Cores ", as 7" Igrejas ",
etc ...)

É que, em vez de seguir os preceitos numerológicos estabelecidos por Pitágoras, o Cavaleiro-Waite geralmente
segue o sistema numerológico da "Golden Dawn" ou as interpretações determinadas por Eteilla.

Quanto ao Thoth Tarot de Crowley; o seu "7 de Copas" tem incontestavelmente nada a ver com o simbolismo das
figuras do Tarô de Marselha.

Talvez o sistema Golden Dawn seja perfeitamente aceitável para você. Neste caso, recomendamos que você faça
sua leitura com um jogo de Rider-Waite, um Crowley Thoth ou um de seus muitos clones. Eles inspiraram muitos
tarots (especialmente para aqueles de língua inglesa ou pertencentes a grupos esotéricos). Há algumas muito
bonitas, e isso provavelmente chamará sua atenção ... Especialmente há algo para todos os gostos, em todos os
estilos, todos os modos, abordando todas as áreas da ficção científica para o erotismo ...

Assumimos que o leitor deste site vai querer encontrar uma maneira de abraçar o Tarô de Marselha e não usá-lo
como uma espécie de passo antes de passar para os Tarôs modernos ... Porque quem quer que procure uma
iniciação séria À Adivinhação pelo Tarô de Decra passar necessariamente pelo Tarô de Marselha para voltar sempre
ao Tarô de Marselha.

Nós reconhecemos que alguns leitores de tarô pode fazer adivinhação com um Rider-Waite, e usado como um
"oráculo" é uma ferramenta que é operativa ... Tarot Waite é ainda um "oráculo" bastante poderoso e evocativo ...

Este Tarot tem um modo particular de se expressar, e também é destinado a certas pessoas, que têm personalidades
que seguem essa particular ferramenta de adivinhação ... Particularmente, porque seguindo a ideologia particular dos
seguidores de A Aurora Dourada ** ...

O mesmo vale para as imagens psicodélicas, sonhadoras e abstratas do Crowley Thoth. Um Oracle Tarot que pode
ser lido da mesma maneira que você pode ler um teste de Rorschach.

Finalmente, para provar que eu não sou exclusivo Tarot de Marselha, eu tenho minha coleção de alguns tarot Tarot
moderna não me alienar, porque este é tarô com o qual tive pequenos acidentes vasculares cerebrais Relâmpago,
estou ligado a isso ... Suas ilustrações me agradaram especialmente. Eu gosto de possuí-los como eu gosto de
possuir um livro de belas ilustrações ... Meus favoritos são o Morgan Greer, o Connolly e o Novo Palladini ...

Mas minhas descobertas sobre o Tarot de Marselha e adivinhação, levou-me a entender que o Tarot de Marselha foi
uma ferramenta de adivinhação além de outros oráculos um sistema, perfeito, imutável, referindo-se a uma
linguagem codificado incomum.

A descoberta desta língua leva a uma verdadeira iniciação, Cimento que permite que as várias peças do puzzle de
fragmentos de erudição, para conectar ... É esta a alquimia supremo que dá a substância da verdadeira
adivinhação. O ouro do filósofo do qual são feitas as chaves que abrem as portas herméticas dos arcanos.

Eu deixo você para continuar sua descoberta destes segredos sobre os 3 Métodos Relacionados que permitem a
leitura dos Arcanos Menores. Note primeiro que exercícios analógicos ópticos são realmente mais fáceis de fazer
com o Tarot de Marseille. Então observe as incongruências numerológicas que podem surgir com alguns tarots, e
veja como o Tarô de Marselha queria expressar cada um dos números e números ...

TAROT DO AMANHECER DOURADO OU TAROT DE MARSELHA?

Além disso, porque o original autêntico Tarots e Tarot de Marselha não são um produto da "Golden Dawn Society" (é
exatamente o oposto!) ... O Tarot é foi criado por insiders mas esses iniciados tinham uma ideologia completamente
diferente!

A Golden Dawn estava interessada na magia operativa do Tarô e na adivinhação, mas transpôs sua cosmogonia
oculta e seus conceitos.

O Tarot de Marselha foi aprovada por esta sociedade secreta, porque é um sistema de sistema de iniciação, a
alquimia, adivinhação e magia ... Também a recuperação do Tarot permitiu-lhes para fazer propaganda de sua
ideologia. A propagação do tarô criado pelos seguidores da Golden Dawn invadiu o mundo! E por causa disso, eles
são mais conhecidos e usados do que os Tarots de Marselha ...
Tarot da Golden Dawn são atraentes e fáceis de usar, eles convidam para se tornar insiders sem muito ter que fazer
um esforço, se não aceitar as ideias ordens propostas ... Para se ter toda a atenção estas cartas de tarô Muitas
vezes, têm ilustrações sugestivas ou misturam ocultismo e erotismo ... Finalmente, há várias razões para sua grande
popularidade ...

O Marseille Tarot deve ser entendida fora das propostas que foram feitas pela Golden Dawn ... E além disso, se você
só vai escapar das propostas escuras feitas pela Golden Dawn e suas ramificações tortuosos, o Tarô Marselha é o
bilhete, porque é anterior a ele e seu ensino não vai na mesma direção ... Não ensina a mesma magia ... Não é sobre
o mesmo caminho iniciático ... O Tarô de Marselha traz outra forma de aprendizado e nos convida a um outro tipo de
"transmutação" ... E acima de tudo, o Tarô de Marselha é um "Livro Mágico", mas das Ciências "Herméticas", que
conta a história de "A Estrela dos Magos", enquanto a sociedade esotérica de "Golden Dawn" conta outra história
pelo arcano!Daí as muitas confusões sobre as correspondências esotéricas atribuídas a cada um dos arcanos ...

A Aurora Dourada não conta realmente "uma história", mas transpôs o sistema de seus ritos ocultos dedicados a
"Ísis-Urânia" no sistema de adivinhação mágica do Tarô de Marselha. (A Golden Dawn rompe o selo do "hermetismo"
e se torna "a voz das revelações" ... De fato, será notado que das obras de Gebelin, Levi, Papus e os outros, de
repente se torna tudo natural para "revelar segredos" ... Os segredos mais secretos são desvendados, o ocultismo
está ao alcance de todos, não há mais segredos e obstáculos ... Esta é a nova era de ocultistas que se recusam a
tem que fazer o esforço para se tornar sábio para ter acesso aos verdadeiros segredos da magia).

Assim, de certa forma, o Tarô de Marselha compromete o iniciado em um caminho diferente daquele que embarca no
caminho dos Tarôs inspirado pela Aurora Dourada ...

Às vezes, gostaríamos de emprestar ao Tarô de Marselha origens pagãs ou exóticas, mas na verdade determinamos
que a origem é um pouco mais complexa e que existe um selo que protege o segredo. O Tarô de Marselha nos
ensina de onde vem ... Sua origem é certamente ocidental. Sua alma é ocidental. E apesar de alguns ecos da era
greco-romana, o Tarô que se tornará o "Tarô de Marselha" nasceu nos tempos medievais. Como bem entendido
Oswald Wirth, o Tarot de Marselha é colocado em associação direta com o conhecimento hermético da imagem
decisores da Idade Média ... O Marseille Tarot usa uma linguagem codificada e um sistema alegórico semelhante a a
dos alquimistas e construtores de catedrais.

Finalmente, a aparente escassez de imagens nos Mineiros Arcanos do Tarô de Marselha, o que os torna
aparentemente inacessíveis ou ilegíveis, é na verdade a mais inteligente engenhosidade ... É preciso um tour de
force ... Mas com o "Tarô de Marselha" , os esforços feitos com sabedoria e paciência, são sempre recompensados
cem vezes ...

Postado por Walter Boralis em 10:16 7 comentários:


Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Etiquetas: Analogias Ópticas , Arcanos Menores , Aritmancia , Numerologia , Pitágoras , Significados Arcanos

Sexta-feira, 16 de novembro de 2012


SEGREDOS DOS 56 ARCANOS MENORES
Os 56 Arcanos Menores ...

Primeira nota que os 56 menores Arcana Tarot de Marselha (quatro conjuntos de 14 cartas, divididos sob o guarda-
chuva de 4 sinais: Copas, Paus, Negadores, Espadas, incluindo Rei, Rainha, Cavalier, Valet e os cartões numéricos
de 1 a 10), têm uma correspondência direta com os nossos jogos de cartas tradicionais, Cavalier menos.

Qual das "cartas de baralho" ou Tarot chegou primeiro? É ainda um mistério, parece ... De qualquer forma, a maioria
dos autores concorda que "copos" Tarot de Marselha tornou-se o "Corações" jogo de cartas ; e "espadas",
"espadas".

No entanto, alguma controvérsia ainda existe sobre os "paus" e "negadores", como alguns autores dão o simbolismo
de varas para trevos cartão e que de Ouros cartões telhas (entre outras querida Papus); enquanto de acordo com
outros autores famosos (Sr. Jean Chevalier e Alain Gheerbrant no "Dicionário de Símbolos", Éditions Robert Laffont),
seria o oposto, já que as "varas"

É fácil encontrar uma resposta inegável a estas perguntas ...

Para os indivíduos que estão interessados em encontrar um sentido esotérico do Tarô, as associações de idéias e
símbolos, foram feitas a partir do domínio dos 4 elementos ... É por isso que a maioria dos ocultistas fez escolhas.
errado, como Papus e muitos outros seguindo ele ...

Felizmente, há especialistas no Tarot que conseguiram desvendar a questão, e encontrar a resposta ... como Henri
de Moncontour, entre outros, que após séria pesquisa e uma iniciação na linguagem simbólica do Tarot,
determinaram, sem erro possível a associação dos negadores com as telhas e varas com trevos ... Aqui está como
ele determinou as inter-relações:

Para a questão dos elementos:

O Denier é uma placa, que permite transportar a terra


A taça é um recipiente que pode transportar água
A Espada é uma ferramenta que pode dividir e mover o ar
Stick é uma ferramenta que pode levar fogo

É assim que os ocultistas interpretaram o significado esotérico dos arcanos menores. Por exemplo, aqui está como
Papus associa arcanos menores com cartas de baralho:

O Carreau é o quadrado, associado ao número 4, símbolo da terra e da matéria, associado aos azulejos.
O Coração, desde que a substância com o vinho do Graal, símbolo do amor, associado com os cortes
A pá é uma lâmina e um ponto. Símbolo de movimento e agilidade, associado a espadas
Trevo, associado ao número 3, símbolo da unidade em três ... símbolo do divino em si, da inspiração e também
símbolo da criação, associado aos bastões.

Mas, pela minha convicção pessoal, devo dar alguma luz a essa desventura, que vem acontecendo há séculos. Entre
outras coisas, porque a versão que nos foi dada pelos editores do Tarô e pelos mestres é bem diferente !!!

De forma inequívoca, o mestre do cartier Henri-Michel Corbo, especialista e historiador dos Tarots, explica que essas
associações são bastante errôneas se nos referimos à arte dos fazedores de imagem e à tradição dos cartiers ... Ele
responde a a questão, sem mais ambiguidades:

Além disso, o simbolismo dos Arcanos Menores não pode ser mais claro sobre isso. Para entender melhor a nuança,
é uma questão de comparar uma lâmina com um mapa de azulejo.

Como ilustrado abaixo com o Ten of Sticks, o cruzamento dos Sticks claramente desenha um losango em seu centro:
diamante correspondentemente inegavelmente aos cartões dos ladrilhos dos jogos contemporâneos ...

Sobre a metamorfose sofrida pelos arcanos menores, especialmente para facilitar o uso pelos jogadores, os cartiers
simplificaram as imagens ao máximo para chegar a formas simples, básicas e não baseadas no idéia de associados
com "elementos" ou "elementais".

Dito isto, em detrimento do que muitos esoteristas e ocultistas pensam, a origem dos "ladrilhos" foi diretamente
inspirada no cruzamento dos Sticks ...

Mesma coisa para a questão dos negadores ... A transposição das imagens dos negadores, na sua forma mais
simplificada, foi reduzida a "trevos". Aqui, o cartier culpado de jogos modernizados, reinterpretou a série de Deniers
por um "Clover", que é uma ilustração simbólica de um Deniers Three. As lâminas dos negadores referem-se
diretamente, pelas imagens do símbolo, às cartas dos trevos.

Longe de mim a ideia de aumentar a confusão trazendo algumas informações ... (Especialmente que são inegáveis).

Nós nos encontramos aqui (de novo), com diferentes pontos de vista que nos trazem, de repente, diferentes
explicações ...

Muitas vezes, os esoteristas procuram trazer tudo de volta às suas ideologias, às suas fantasias e não se preocupam
em se preocupar com a autenticidade de suas afirmações. Eles inventam facilmente mitos e estimulam a imaginação,
conectando o Tarô a intenções que ele não tem.

Enquanto esses obscurantistas se esforçam para inventar uma história, Tarot, o trabalho cartier, humildemente, em
silêncio, apesar de sempre terem as chaves para as imagens do Tarô.

De acordo com a tradição dos treinadores, aqui estão as associações apropriadas:

Negadores = Trevos = Terra


Corações = Taças = Água
Espadas = Espadas = Ar
Sticks = Telhas = Fogo

De acordo com a tradição dos cartomantes ciganos, essas associações são exatas, e os significados que elas dão a
cada série de arcanos menores são eloqüentes, especialmente quando as associam às quatro virtudes cardeais:

Negadores = Trevos = Dinheiro, Saúde e Prosperidade (Força)


Copas = Copas = relativas ao amor e questões sentimentais (Temperança)
Espadas = Espadas = sobre deslocamentos e projetos (Justiça)
Sticks = Tiles = Concerning Personal and Spiritual (Prudence)

Essa tradição dá a cada série um tipo de pessoa, um tipo de personagem ...

Aqueles que vendem e circulam dinheiro, juntam-se ao círculo dos negadores.


Aqueles que curam e ensinam, encontram-se nas Copas.
Aqueles que defendem e governam estão concentrados em Espadas.
Aqueles que produzem e fabricam estão unidos sob o emblema de Sticks.

Onde todos finalmente parecem concordar é sobre a questão dos elementos:

Negadores = Terra
Corações = água
Espadas = Ar
Varas = fogo

Portanto, qualquer que seja o Tarô com o qual se trabalhe, não há problema em ficar com essas correspondências ...
E, além disso, que o Denier se tornou o Carreau ou o Trevo, não importa o ponto do ponto de vista da
adivinhação. Na verdade, o Tarot é necessariamente um livro que vem da combinação dos quatro elementos ...

Terra = o material = o corpo


Água = O Fluido = O Coração
Ar = O Invisível = O Espírito
Fogo = o espiritual = a alma

Para a questão das cores, aqui está a indicação que nos dá o mestre cartier:

Terra = Denário (oeste) = Preto (ou verde) = Trevos (terra + elfos) = Preto
Água = Cortes (leste) = Amarelo (ou Azul) = Corações (sangue) = Vermelho
Ar = Espadas (Norte) = Branco (ou Roxo) = Espadas (Invisíveis) = Preto
Fogo = Paus (Sul) = Vermelho = Telhas (Tison) = Vermelho

Para entender melhor a alma do Tarot de Marselha e para melhor decifrar os augúrios simbolismo e adivinhação,
continuamos aqui a descrição dos 56 mineiros Arcana tarô de Marselha começou mais cedo por interpretar o
significado de "elementar" Arcanos Maiores . Vamos, portanto, em primeiro lugar, abordar os mistérios menores em
uma perspectiva "divinatória" ...

ARCANOS MENORES: OS NEGROS


OS NEGADORES = TRÉLFES
Os "Deniers" devem estar associados ao elemento "Earth"
Aqueles que vendem e ganham dinheiro crescem e circulam
Os negadores representam o produto da união dos princípios ativos e passivos, e simbolizam o resultado da
ação. Refere-se ao mundo material, ao negócio do dinheiro, à estabilidade e ao conforto do lar.

Os negadores expressam o produto da ação, a frutificação da herança, a totalidade, a conclusão, a realização


material, a estabilidade financeira e a segurança. Aqueles dos seguintes negadores têm a arte de fazer da fruta uma
herança recebida (ex: estudos elevados, fortuna herdada, propriedades herdadas ou adquiridas por pouco, etc); e -
ou o dinheiro de outros ou adquirido pela produtividade de outros (ex: trabalhadores de fábrica).

Eles estão associados ao trabalho duro por um resultado concreto, ofertas de dinheiro, transações, prosperidade e
riqueza. Então, por sua referência ao escudo, o Denário incorpora dois significados: ecu-dinheiro (antiga moeda
romana e francesa, tornar-se denier) e escudo-ecu (senso de proteção, talismã).

Esta suíte está, portanto, relacionada à materialidade, segurança, preservação e consolidação de ativos,
prosperidade financeira, conforto material e crescimento financeiro; e negócios, dinheiro, trabalho ou ocupação (por
exemplo, educação, carreira), bens materiais, casa e família (patrimônio), projetos concretos, status social, reputação
e notoriedade, conforto financeiro, imóveis, empresas com funcionários, fábricas e fábricas, proprietários de terras ou
proprietários de imóveis.

Os personagens dos negadores são considerados os tomadores de dinheiro; e como aqueles que primeiro confiam
em fundações sólidas antes de se mudarem.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Como (1): Renovação, crescimento, novas oportunidades, dinheiro voltando. Projeto concretizado.

Dois (2): hesitação, mau equilíbrio, preocupação. Oportunidade de aproveitar: mas devemos ter cuidado.

Três (3): Realização de projetos, promoção. Renda aumentada.

Quatro (4): segurança financeira, dependência de conforto. O dinheiro está no centro de sua vida.

Cinco (5): Inversão financeira frequentemente causada por culpa própria. Perda de benefícios, infidelidade.

Seis (6): Abertura aos outros, generosidade diante dos bens e recursos materiais.

Sete (7): Pequenos ganhos ou influxos de caixa, resultados modestos apesar de grandes esforços.

Oito (8): Avaliações, discussões, palestras. Perfeição, trabalho, ambição para ter sucesso.

Nono (9): Associação, parceria. Consolidação, prosperidade, sucesso, segurança material.

Dez (10): Segurança e prosperidade no lado material, financeiro e familiar. Prata, opulência, abundância.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)


Como (1): Projeto que é malsucedido ou ameaçado, tem dificuldades financeiras ou materiais. Início falso.

Dois (2): Perda de controle em nossos assuntos, insegurança material, retrocessos de dinheiro. Golpe ou vôo
possível.

Três (3): Falta de seriedade e perseverança: isso corre o risco de abortar os projetos.

Quatro (4): Obsessão por dinheiro: sentimos falta ou temos muito. Avareza, rapacidade.

Cinco (5): Restauração, reconstrução. A crise passou, o começo de um novo ciclo.

6 (seis): Perdas financeiras, compartilhamento forçado de bens materiais e ativos financeiros.

Sete (7): Falta de dinheiro, escassez financeira. Apare duro sem ter resultados satisfatórios.

Oito (8): excesso de trabalho, fadiga, esgotamento, frustração no trabalho. Desilusão, desilusão.

Nove (9): Imprudência, decepção, desonestidade induzindo um rompimento de associação.

Dez (10): Obstruções, atrasos e dificuldades financeiras. A vida no lar parece mais exigente.

HONORS
FIGURAS DOS DENIERS - PERSONAGENS DO TRIBUNAL DE MARINHEIROS

Tradicionalmente: fazedores de dinheiro. Cabelos escuros: preto, marrom ou vermelho escuro. Olhos escuros,
escuros ou castanhos. SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Valet (V): Jovem / mulher (com menos de 20 anos). Este Valet anuncia uma boa notícia financeira; é o resultado de
nossos esforços depois do trabalho duro.

Cavaleiro (C): Jovem homem / mulher (21 a 30 anos). Este Cavalier anuncia a chegada de um caráter determinado,
paciente e tenaz que visa o sucesso financeiro. Sucesso material.

Rainha (D): Uma mulher madura, com boas habilidades práticas, um bom senso de gestão e
organização. Frutificação de realizações. Sucesso material, financeiro.
Rei (R): Um homem maduro, paciente e meticuloso, talentoso para o negócio do dinheiro. A prosperidade está de
volta, a renda está crescendo.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Valet (V): personagem despreocupado, desperdiçando seus recursos e dinheiro. Então, corremos o risco de atrair
problemas financeiros.

Cavalier (C): Preguiça, inatividade e descuido podem levar a contratempos financeiros.

Rainha (D: mulher ambiciosa, gananciosa, gananciosa, obsessão por possuir tudo, desejo de fortuna a qualquer
preço.

Rei (R): Homem avarento, teimoso, corrupto. Bloqueios ao progresso material e financeiro.
Postado por Walter Boralis em 08:34 1 comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Marcadores: 0- os fundos , Arcanos Menores , Significados Arcane
ARCANOS MENORES: OS CORTES
CORTES = CORAÇÕES
As "Taças" devem ser associadas ao elemento "Água"
Aqueles que consolam, curam e ensinam

Representar o princípio passivo ou feminino que permite a germinação. Copos estão associados com o coração,
sentimentos, emoções, afetos, amores e amizades, laços de sangue, família, lar, parentesco, a alma humana e seus
segredos. empatia (por vezes, intuição), a compaixão subjacente da ação, o místico, o religioso (às vezes, o
espiritual), os valores e o código moral, as artes, a criatividade, os pequenos e grandes prazeres da vida.

Essa suíte também fala sobre bons relacionamentos, novos romances, amigos e amantes, novos relacionamentos,
insatisfação com o status quo, tormento da alma, possível perda emocional, mágoa, da perda de suas ilusões, de
relações passadas que afetam as relações atuais; então pesquisar e até mesmo a busca por algo, às vezes um
sentido para a vida.

As personagens das Copas são consideradas pessoas de bom coração, muitas vezes sábias, tendo uma
predisposição natural para cuidar e apoiar os outros (ex: terapeuta, padre, psicólogo, enfermeiro, etc ...).

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Como (1): Iluminação, alegria e felicidade sentimental, paz. Lar, família e intimidade do consultor. Amor, felicidade.

Dois (2): Consolidação ou início de um relacionamento. União, reunião, reconciliação. Nova reunião.

Três (3): resultado favorável, amizades, alegrias, celebrações. Fim das preocupações

Quatro (4): equilíbrio sentimental trazendo lassidão, descontentamento, depressão, aborrecimentos e queixas.
Cinco (5): Uma promessa importante é traída. Perda seguida por tristeza, negação, desespero.

Seis (6): Memórias, evocação do passado afetando o presente. Nostalgia, melancolia, escolha a
fazer. Reaproximação familiar.

Sete (7): Sonhos, flertes, alegrias do coração. Dinâmica positiva, momentum forward. Desejos do coração feito.

Oito (8): Dor de coração, lacrimejamento. Desilusão, melancolia, tristeza. Risco de separação, ruptura.

Nove (9): Alegria, tranquilidade, contentamento, felicidade. Desejos que se tornam realidade. Sucesso, triunfo.

Dez (10): estabilidade emocional e familiar. Sinceridade, felicidade, harmonia, satisfação, projetos futuros comuns.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Como (1): insatisfação emocional, agitação e lacrimejamento. Mal-estar em casa.

Dois (2): Desequilíbrio, dilema emocional. Fora do relacionamento, separação. Relacionamento insalubre ou de curto
prazo.

Três (3): Dor de viver, abuso, excesso de conduta, exaustão, depressão, perda. Dor e tristeza.

Quatro (4): Ter prazer em uma situação insatisfatória ou estar atordoado para fugir.

Cinco (5): As nuvens desaparecem, o sol volta. As dificuldades terminam, lado emocional.

Seis (6): É hora de cortar o cordão umbilical. Ruminar o passado. Indecisão no amor, risco de ruptura.

Sete (7): Miragens, imaginação desenfreada, abuso de álcool ou drogas, devassidão. Escapar da realidade

Oito (8): Tristeza, desespero silencioso, desinteresse. Nós não colhemos os frutos que semeamos.

Nove (9): Esnobismo, fatuidade, suficiência: pensamos que somos mais finos do que todos os outros. Instabilidade
emocional, despeito.

Dez (10): Instabilidade, brigas, oposições, mesquinhez. Transtorno relacional, defletores ...

HONORS
FIGURAS: PERSONAGENS DO TRIBUNAL DE CORTE
Tradicionalmente: pessoas com um grande coração. Cabelo loiro, castanho claro ou vermelho pálido; pele
clara. Olhos azuis ou cinzentos.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Valet (V): Jovem / mulher (com menos de 20 anos). Este Valet anuncia o possível nascimento de novos sentimentos,
idéias, projetos ou atitudes.

Cavaleiro (C): Jovem homem / mulher (21 a 30 anos). Este Cavalier anuncia a chegada de um sedutor. Pode ser um
novo encontro, um novo amor, um convite ou uma chance de aproveitar.

Rainha (D): mulher madura. Muitas vezes intuitiva e às vezes clarividente, ela favorece amores e
amizades. Dispense bons conselhos, proteção e alegria ao redor dela.

Rei (R): Homem maduro, perto de suas emoções. Ele é bom, protetor e generoso; e dispensar apoio, bons conselhos
e idéias práticas.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Valet (V): Problemas temporários, especialmente coração: as ilusões são fáceis! Bajulação e sedução são usadas
para alcançar seus objetivos. Encantador de personagens, enganador, volúvel.

Cavalier (C): Personagem usando astúcia, lisonja e mentiras para alcançar seu objetivo. Lout.

Rainha (D): Mulher invejosa, caprichosa, vingativa. Índice de sofrimento emocional, intrigas, chantagem emocional.

Rei (R): Homem remoto e lado emocional frio. Muitas vezes impedido de fornecer ajuda e apoio. Ele tende a fugir de
sua realidade.
Postado por Walter Boralis em 06:03 1 comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Marcadores: 0- CORTES , Arcanos Menores , Significados Arcane
ARCANOS MENORES: AS ESPADAS
AS EQUIPES = PIQUES
As "Espadas" devem ser associadas ao elemento "Ar"
Aqueles que argumentam, que defendem e governam
As espadas representam a união de princípios ativos e passivos, simbolizando a luta construtiva para alcançar a
ação. Refere-se ao mundo do pensamento e do espírito, da Verdade que o torna livre, dos desafios a superar e das
dificuldades a superar (lutas, conflitos, saúde, questões de justiça, governantes etc.); bem como a inteligência, o
poder transformador do pensamento, da comunicação.

Essa sequência evoca a luta às vezes difícil ou dolorosa, mas necessária, para executar a ação; porque implica a
necessidade de separar o joio e o grão, restaurar a ordem nos negócios e progredir livremente de novo. Esta luta
sustenta a possibilidade de lesão, a potencialidade da morte, o rompimento de relacionamentos, a mudança drástica
que transforma uma vida, o risco de vencer ou derrotar, a possível intervenção do Poder que decide e decide (como
a Espada da Justiça, o bisturi do médico, as palavras incisivas que agarram e impedem os obstáculos, etc.).

As Espadas são, portanto, associadas ao mundo da inteligência - que inclui a faculdade de discernimento - de
governo, de fala e palavras, de comunicações eficazes e inquestionáveis; mas também à polêmica, a necessidade de
romper a verdade para libertar-se e avançar, para as lutas e disputas que podem levar a uma ruptura no contato e a
uma ruptura no relacionamento.

Na Terra, todos aspiram a uma vida em que a ordem, a justiça, a liberdade, a segurança e a paz de espírito
reinam. Essa seqüência expressa os pequenos problemas da vida (falta ou excesso de energia das Espadas) e os
impactos de uma experiência relacionada a conflitos, dificuldades, sofrimento, frustrações, excesso de trabalho e
esgotamento, infortúnios, o deprimido e depressão, doenças e acidentes, viuvez ou eventual morte, contratos e
documentos oficiais (incluindo diplomas), os vários problemas, golpes ou falências, inimigos (oculto ou não) , as
maldições e feitiços, para egrégoras (forma de pensamento negativo), o oculto, coisas secretas, os escândalos, os
abusos de poder, julgamentos e processos judiciais, etc ...

Os personagens das espadas são considerados encrenqueiros (por exemplo, o encanador, o espião, o traidor, o falso
amigo, etc.), e - ou como aqueles por quem os problemas se manifestam (por exemplo, advogado, médico, juiz
policial, oficial de justiça, etc.). Eles são freqüentemente referidos como "homens de vestuário": pessoas em posições
de autoridade diante de si; ou pessoas solteiras, solteiras, endurecidas, viúvas ou divorciadas, bastante austeras ou
azedas.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Como (1): Classifique o joio do grão. Procure a verdade. Restaure a ordem onde há desordem. Documento oficial.

Dois (2): defensivos, conflitos e oposições trazem tensão. Trégua temporária, abcesso ainda para morrer.

Três (3): traição, decepção, abandono, rejeição, pensamentos negros. Quebre um relacionamento.

Quatro (4): Após o esforço, descanso e tempo de recuperação. Interceda para recuperar sua força.

Cinco (5): As adversidades e derrotas suplantam os esforços investidos. Tristeza, hostilidades, impasse.

Seis (6): Lassitude, tédio, estagnação. Sentindo-se afundando, deprimido. Possibilidade de viajar.

Sete (7): Situação instável, confronto de opiniões antagônicas. Obstáculos, às vezes se rompem.
Oito (8): Sentido de estar em um beco sem saída, preso. Desânimo, pesar, crítica. Depressão.

Nove (9): clima de desconfiança, tristeza, angústia, fatalidades. Obstruções, lutas, problemas de saúde.

Dez (10): Mudanças difíceis por vir: mas quem será para melhor. Nós fazemos trabalhos domésticos, nós limpamos.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Como (1): Tensões, estresse, inação, incompreensão. Atrasos impedem progresso e projetos.

Dois (2): Manipulações, mentiras e enganos. Contradições, confrontos, problemas, travessuras.

Três (3): Problemas fora de controle que bagunçam a vida. Confusão, caos, revolta.

Quatro (4): Excesso de trabalho, descanso forçado: somos obrigados a parar. Solidão, despeito.

Cinco (5): batalhas intelectuais e verbais contra as calúnias; perda, rancor.

Seis (6): Conflitos não resolvidos, luto e perdas. As dificuldades existem há muito tempo.

Sete (7): Manipulação, pessimismo, inveja, vingança. Risco de traição, fraude ou roubo.

Oito (8): Liberação gradual de obstáculos, luz no fim do túnel. Suporte concedido para avançar.

Nove (9): Restauração, retorno da esperança. Apesar dos tempos difíceis, reconstruímos a sua vida.

Dez (10): Inimigos nas sombras, trama ao seu redor. Decida resolver uma situação e virar a página.

HONORS
FIGURAS: PERSONAGENS DO TRIBUNAL DE ESPADAS

Tradicionalmente: os causadores de problemas. Cabelo preto, castanho ou vermelho escuro. Olhos pretos,
castanhos, verdes, pers, cinzentos ou azuis.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)


Valet (V): Jovem / mulher (com menos de 20 anos). Este Valet anuncia placots e o tráfico de pequenas fofocas e
calúnias. Espiando, conversando.

Cavaleiro (C): Jovem homem / mulher (21 a 30 anos). Este Cavalier anuncia a chegada de um personagem
empreendedor, pronto para lutar para defender suas idéias e projetos. Trastornos, lutas.

Rainha (D): mulher madura. Mulher chefe, racional, quem sabe para onde vai e faz de tudo para chegar lá. Relações
de poder, opressão. Oportunista, novato.

Rei (R): homem maduro. Chama-se "o homem do vestido" ou o profissional. Ele é um homem de autoridade, de
poder em nossos assuntos.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Valet (V): Ninguém com um ambiente mal-humorado, que tenta criar problemas em torno dela, sem o conhecimento
das pessoas. Devemos ter cuidado: pode prejudicar.

Cavalier (C): personagem gordo e vaidoso, hipócrita, desonesto, mentiroso, que bajula para esmagar melhor.

Rainha (D): Mulher invejosa. É chamado de "placoteuse". Malícia, travessuras, astúcia. Faz muito mal.

Rei (R) : Homem de poder, tirano abusando de sua autoridade para prejudicá-lo. Pode ferir o consultor.
Postado por Walter Boralis às 16:02 1 Comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Etiquetas: 0- AS ESPADAS , Arcanos Menores , Significados Arcanos
ARCANOS MENORES: AS VARAS
AS VARAS = TELHAS
Os "Sticks" devem ser associados ao elemento "Fire"
Eles representam aqueles que inovam, produzem e fabricam ...

Os Sticks representam o princípio ativo ou masculino, o dinamismo que põe as coisas em movimento; e simbolizam a
iniciativa de ação. Referindo-se principalmente ao mundo do trabalho, planos e projetos, movimentos, iniciativa
pessoal, crescimento pessoal, espiritualidade e divindade.

Esta suíte evoca planejamento, organização, ação, progresso, criatividade, inovação e inspiração; então o sucesso
obtido através da paixão, inovação, ação e esforço pessoal - que fazem as coisas acontecerem.

Os Sticks, portanto, expressam a capacidade de planejar projetos, colocá-los em ação e torná-los reais. Eles estão
associados com o movimento, os movimentos de uma pessoa (viagens, viagens) ou informações (comunicações,
correio, telefone, internet); e projetos, abordagens, iniciativas, novos negócios, o local de trabalho e suas interações,
a profissão: incluindo comércio, comércio, negócios e transações, vida profissional, empreendedorismo, escritos e
comunicações, pequenas viagens e viagens ao exterior e ao exterior, ciência, criatividade, inventividade, ambição,
paixões, engenhosidade, pensamento rápido, a intuição que inspira e comunica com o divino.
Os personagens dos Sticks são considerados os criadores do projeto. São eles que saem do caminho
comum; aqueles que avançam o mundo e promovem as sociedades.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Como (1) : Início de um novo projeto. Novas ideias, inspiração. Cartas, mensagens.

Dois (2) : rivalidades estéreis, confrontos. energia e encontrará oposição.

Três (3) : projetos inovadores, impulso criativo, apoio, parceria, colaboração.

Quatro (4) : Tempo das colheitas, da abundância, das colheitas. Prosperidade, alegria de viver, otimismo.

Cinco (5) : Impressão de ter o ambiente contra si mesmo, bloqueios. Frustrações, lutas, vários obstáculos.

Seis (6) : Prêmios morais e reconhecimento pelo trabalho realizado. Progress.

Sete (7) : avaliações, testes, relatórios, palestras, negociações. Faça um exame, faça um concurso.

Oito (8) : Comunicações, movimentos, deslocamentos. Sucesso nas etapas, projetos que avançam.

Nove (9) : Nós alcançamos a meta, mas devemos perseverar apesar de todas as probabilidades. Risco de plágio,
roubo de ideias.

Dez (10) : Responsabilidades muito pesadas, muito trabalho a fazer, excesso de trabalho. Possibilidade de viajar.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Como (1) : falha na tentativa. Estagnação. Bloqueios e atrasos. Más notícias.

Dois (2) : O planejamento meticuloso da equipe ajuda você a ter sucesso. Equilíbrio, harmonia.

Três (3) : Falta de perspectivas, teimosia, oportunidades perdidas, traição.

Quatro (4) : Preocupações, bloqueios. Sucesso atrasado por vários contratempos.

Cinco (5) : Disputas, disputas, disputas, conflitos internos. A situação de tensão degenerou.

Seis (6) : Dificuldade ou perda, muitas vezes causada por uma terceira pessoa. Conclusão atrasada, atraso.

Sete (7) : Inércia induzida pelo medo de arriscar, de falhar. Ansiedade, indecisão, dúvida, confusão.

Oito (8) : Energia dispersa, impossibilidade de agir, freios. O processo dá poucos resultados.

Nove (9) : Obstáculos, atrasos, atrasos, atrasos, impedimentos. O reconhecimento é lento na vinda. Vôo de idéias,
plágio.

Dez (10) : Responsabilidades, problemas para resolver: aprendemos a delegar um pouco. Viagem atrasada,
cancelada.

As "honras"
FIGURAS DO STICK - AS PERSONAGENS DO TRIBUNAL
Tradicionalmente: os criadores de projetos. Cabelo castanho, vermelho ou castanho claro. Olhos verdes, pers ou
cinza.

SENTIDO POSITIVO (LÂMINA NO LOCAL)

Valet (V) : Jovem / mulher (com menos de 20 anos). Este Valet anuncia boas notícias e mensagens, convites,
socialidades, vários passeios.

Cavaleiro (C) : Jovem homem / mulher (21 a 30 anos). Este Cavalier anuncia soluções inesperadas, mudanças de
horizonte, partidas e viagens inesperadas. Retificador de erros.

Rainha (D) : mulher madura. Muitas vezes "diferente" dos outros pelo seu jeito de ser, sua origem, suas idéias, seu
trabalho. Idéias e projetos concretos. Liderança.

Rei (R) : homem maduro, muitas vezes "diferente" pelo seu modo de ser, sua origem, suas idéias, seu
trabalho. Líder, concretiza idéias e projetos.

SENTIDO NEGATIVO (LÂMINA NA PARTE TRASEIRA)

Valet (V) : Notícia ruim, desagradável, maliciosa: pode endossar maus conselhos ou mentiras. Preocupação e
preocupação.

Cavalier (C) : Locutor esperto, que pode tentar nos enganar. Chicanes, links quebrados, partidas.

Rainha (D) : Uma mulher que pode usar seu poder contra os outros, se ela acha que está sendo traída. Oposição,
veemência.

Rei (R) : Homem ambicioso e egoísta. Para ele, o fim justifica os meios: até mesmo para esmagar qualquer
um. Dificuldades para vir.
Postado por Walter Boralis às 09:59 0 comentários Enviar por e- mail BlogThis !
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Marcadores: 0- VARAS , Arcanos Menores , Significados Arcane

Quinta-feira, 15 de novembro de 2012


OS SEGREDOS DOS ARCANOS MENORES
INICIAÇÕES NOS ARCANOS MENORES DO TAROT

A maioria dos livros sobre o Tarô primeiro explica, ou mesmo exclusivamente, os Arcanos Maiores.

O problema com esta abordagem é que as imagens dos Arcanos Maiores e as idéias que eles transmitem, são tão
poderosos que muitas vezes é difícil depois de pagar a mesma atenção com um estudo do significado de Arcanos
Menores.

Os Arcanos menores são bastante complementares aos Maiores. Se eles levantam reflexões filosóficas espirituais
muito fortes e poderosas, Arcanos Menores, eles nos aproximamos do dia, o imediato. Dizem que os mineiros
respondem às nossas perguntas quando querem respostas muito rápidas.

Mas a sociedade em que vivemos e as pessoas que vêm consultar o Tarot não costumam estar na emergência?

Descubra aqui uma oportunidade de estudar esses arcanos muitas vezes não amados ou entendidos e, ao mesmo
tempo, tão ricos de significados práticos e concretos.

Quanto às Honras, estes 16 personagens humanos arcana, transportam-nos também no universo dos construtores
de catedrais (oferecendo-nos assim belas pistas de análise esotérica) que no mundo da psicologia junguiana, nos
propondo um descrição dos 16 arquétipos de personalidade (s) ... bem antes que a psicologia a aprove, vários
séculos depois!

USO DE ARCANOS MENORES

Os Arcanos menores representam as forças secundárias subordinadas aos princípios expressos pelos Arcanos
Maiores. Eles tornam possível mostrar as conseqüências que levam às realidades e são os escalões entre os
princípios e as aplicações práticas: eles concretizam os principais Arcanos.

Numa ordem mais concreta de idéia, os Arcanos menores dão os detalhes que seguem dos princípios expressos
pelos Arcanos Maiores, porque, não vivendo nos princípios, é necessário expressar as conseqüências que levam às
realidades. Eles são, como os principais, sujeitos às leis dos números. Representando uma ideia material, eles
contêm mais expressões simples, portanto imagens, e é por isso que seu número total é maior que o do último.
Eles são 56 contra 22 porque o seu próprio ser a aplicar-se a combinações de matéria, eles são necessariamente
agrupados em quatro séries, sendo 4 o número representativo do campo de trabalho.

O LADO PRÁTICO ...

Na minha prática consultiva, raramente uso arcanos menores, geralmente encontrando informações suficientes com
arcanos maiores. Eu às vezes aprofundo uma leitura dos Arcanos Maiores cobrindo-os com alguns Arcanos
menores. Na minha opinião, os mistérios menores tornam possível especificar a interpretação de uma
impressão; mas eu aconselho nunca usar mais do que 3 arcanos menores por lâmina que queremos especificar ...
Para ter respostas claras, é melhor usá-las com parcimônia, caso contrário, em vez de tornar a leitura mais precisa, o
um exagerado número de arcanos os dilui ...

Arcanos Menores são divididos em quatro conjuntos de objetos: Paus, Copas, Espadas e Negadores.

Esses quatro objetos podem ser associados ao simbolismo dos quatro elementos da seguinte maneira: bastões com
fogo, taças com água, espadas com ar e negadores com a terra.

O simbolismo dos quatro objetos (em suma):

Os NEGROS simbolizam a relação com o mundo material. Eles indicam os esforços e as ambições. Como o
simbolismo do elemento terra, os negadores representam a aptidão prática para a adaptação. Os DENIERS
expressam o aspecto concreto, sensual e prazeroso dos eventos.

Os DENIERS e os BATTONS nos conectam a nós mesmos, ao nosso corpo e aos impulsos de nossa pulsão. Os
NEGROS respondem ao instinto de sobrevivência e segurança. Os STICKS respondem ao nosso instinto
reprodutivo, expressam nossos impulsos sexuais e agressivos. Os CUTS e as SWORDS nos conectam ao mundo e
aos outros, são expressão de nosso relacionamento com o meio natural e social.

O COUPE pode ser associado com o símbolo do Graal representando a esperança e uma busca iniciática que libera
o mal. O COUPE, como a água, é um símbolo de sentimento, comunicação, capacidade de amar, receptividade,
sensibilidade, emoções e também o inconsciente.

O ÉPÉE é uma arma inventada pelo humano. No nível simbólico, a EMSA é a arma do espírito que fornece uma
força afiada para atacar idéias e crenças. O ÉPÉE representa a capacidade de discernimento para tomar decisões e
fazer escolhas. Como o símbolo do ar, o ÉPÉE representa o intelecto, a reflexão, a capacidade de conceber
estratégias. A espada é um símbolo do pensamento.

O STICK é uma substância natural, é o único dos quatro objetos que vem de um organismo vivo: a árvore. Os CUTS,
SWORDS e DENIERS são objetos criados e modelados pelo ser humano. Um STICK pode ser um meio de defesa e
ataque. Simboliza autoridade e poder. Uma árvore ou um STICK são símbolos do eixo. Como o fogo, o STICK
representa ardor, determinação e resistência. O fogo pode nos consumir de dentro, é então associado com culpa ou
vergonha. O STIC pode estar relacionado com a função psíquica da intuição.

Os DENIERS (elemento terra): representam o mundo material, nosso corpo, a criação, mas também o dinheiro, os
bens, as posses; eles também representam elegância, ambição, ganância, necessidade, riqueza ou pobreza,
trabalho, trabalho, mas também sucesso, fortuna, sorte ... DENIERS concretizam riqueza neles estendendo-se a
todos os domínios da terra, pelas obras da inteligência.
Arte: escultura, desenhos, pintura
Negadores estão associados com pedras (litoterapia).

As COUPAS (elemento água): representam o sentimento e as emoções sutis; eles também representam força, vida,
amor, generosidade, abundância e fertilidade ... Um símbolo da sensibilidade receptiva do homem, as COUPAS
estão cheias de suas riquezas espirituais e as expressam com uma psique que estende-se da forma mais elevada à
mais elementar: do amor divino ao afeto humano.
Arte: teatro, poesia, escrita
Os cortes estão associados às plantas.

As EQUIPAS (elemento ar): representam o pensamento; a imaginação, a inspiração, os sonhos ... eles ainda
representam, a inteligência, o talento, a volubilidade, os estados mutantes, a psicologia, a parte invisível do mundo, a
clarividência, as vibrações ... LES ÉPÉES representam a atividade dos planos material e espiritual, que, em sua
expressão mais sutil e estendida. EQUIPES revelam nossas costas, eles são os mistérios da percepção extra-
sensorial. O ÉPÉES abre um acesso ao divino.
Arte: musica, canto
Espadas são associadas a perfumes e oração (invocações)
Os STICKS (elemento fogo): representam os impulsos instintivos e libidinais, o temperamento, as paixões, os
impulsos; eles representam também a jornada, a descoberta, a iniciação, a magia, as estrelas, a luz ... Os STICKS
são símbolo de força física, iluminação e poder mágico ... Eles nos convidam a responder nossa curiosidade, explorar
o mundo, iluminar o obscuro, e também inovar, desenvolver nossos talentos, nossas aptidões, construir, cultivar e
realizar.
Arte: dança
Sticks estão associados a constelações, símbolos e alquimia

LENDO OS ARCANOS MENORES EM UM DESENHO ...

Cada série conta com 14 cartas: 10 cartas numéricas que variam de Ás a 10 e 4 cartas de honras que são o valete, a
rainha, o rei e o cavaleiro.

Para a leitura dos arcanos menores, é uma questão de considerar tanto o objeto quanto o número ou a honra
nomeada ...

Quanto aos números, consulte numerologia. (cf: "Os 3 Métodos de Leitura de Arcanos Menores" - a ser publicado ...)

Por outro lado, como o Tarô representa a evolução do Homem, simbolizado pelos ciclos de 10, e o 10 implica todos
os elementos periódicos do mundo físico, cada elemento das Lâminas Menor Quaternárias, repetindo-se 10 vezes,
expressa todas as combinações possíveis de números no mundo físico.

Quando o arcano menor é usado nos sorteios, é útil estar atento, a princípio, à distribuição dos objetos (energias) que
são os bastões, os cortes, as espadas e os negadores. É uma questão de observar se as energias estão distribuídas
equitativamente: ou se há um equilíbrio, uma harmonia ou se há um desequilíbrio causado por um excesso de objeto
em detrimento de um ou mais outros. É importante identificar qual (is) energia (s) está faltando ou se permanece mal
representada e qual energia (s) aparece consideravelmente.

Por exemplo: se o sorteio tiver 10 cartas e o menor Arcana 2 e 8 cortadas, 5 e 7 e a Rainha da Espada, 4 dos
negadores, assim como Ases e 3 e 6 e Cavaleiro Cavaleiro estiverem fora, é claro que os paus são mais
representados que os outros e que o dinheiro é menos presente; os copos e espadas são mais ou menos
equilibrados, etc ...

Para a interpretação, considerando esse excedente de paus e essa falta de dinheiro, pode-se pensar que há
impulsividade e libido forte (forte impulso sexual, ativo ou fantasiado). Os negadores nos relatam a realidade (o
mundo material); a falta de dinheiro indica uma dificuldade em termos de adaptação (por exemplo, refugiar-se em
devaneios ou idealizações) ...

DANDO SUAS LETRAS DE NOBESSES A MENORES ...

Se os baralhos de tarô sempre foram feitas por 78 lâminas, 21 arcana, 1 Joker, e 56 Arcanos Menores, é por razões
tanto quanto a matemática metafísicos ... Não deve ser esquecido que na Arcanos Menores são adicionados aos
mistérios principais permitem ir além na arte de adivinhação, no sentido que eles podem nos dar indicações nos
lugares, o tempo, em pessoas particulares (o trabalho deles / delas, a situação social deles / delas ou financeiros,
seus sentimentos por você, etc ...), Os mistérios menores são uma fonte de informação que muitas vezes se mostra
muito frutífera.
Além disso, a taromancia no sentido de adivinhação e iniciação necessariamente precisa da contribuição dos arcanos
menores, porque eles são como faróis que se projetam no maior ... É por isso que em todos os momentos, os
cartomantes e os iniciados sempre prestaram muita atenção aos pequenos mistérios.

Cartomanciennes, entretanto, conseguiram encontrar maneiras de fazer sorteios divinatórios com apenas arcana
menor, ou seja, com um jogo simples de 56 cartas de jogar comuns.

Formalmente, os Arcanos Menores são, na verdade, a base do jogo de cartas comumente usado, e talvez seja um
pouco por esse motivo que eles perderam seu encanto e duvidamos de seu poder divinatório ...

Aussi, depuis l’apparition des jeux anglais, entre autre le Waite-Rider, avec ces arcanes mineurs illustrées par des
scènes, le grand public a peu à peu abandonner ces antiques arcanes qu’ils estiment difficiles à lire et à interpréter...

Mais les arcanes mineurs des tarots marseillais malgré tout sont les plus éloquentes et expressives, et d’autant plus
magiques! Mais évidemment, les arcanes mineurs demandent un certains apprentissage des symboles, de la
numérologie, et des codes des imagiers... Cet apprentissage permet de voir les arcanes majeurs sous un jour
différent, avec toute une gamme de tonalités.

Finalmente, a iniciação aos segredos dos arcanos menores é essencial para aqueles que querem praticar a arte de
ler os tarots a sério. A introdução aos mistérios menores convida a alargar os horizontes, a ver mais, e certamente
permite desenvolver compreensão, discernimento e clarividência ...
Postado por Walter Boralis em 00:10 1 comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Etiquetas: Arcanos Menores , Significados Arcanos

Sábado 3 de novembro de 2012


OS 4 "ÓPTICOS"
AS QUATRO MANEIRAS DE USAR O TARÔ

1 - TAROT DIVINATÓRIO ou "MOIRES" = "DIVINATÓRIO ÓPTICO"


2- ESPELHO TAROT = ÓTICA TERAPÊUTICA
3- GRIMOIRE DE TAROT = ÓPTICA TAUMATURGICA
4- TAROT DE TRANSMUTAÇÃO ou "ALCHEMICAL" = INICIATIVA ÓPTICA

USO DIVERSOS DE TAROT


O que é o Tarot?
Por que razões e com que propósito essas imagens simbólicas foram criadas?

O Tarô, sua função e suas chaves de leitura permanecem misteriosas. Até hoje, só podemos formular hipóteses.

Vários autores fornecem várias teorias sobre o Tarot, por exemplo, que o design do Tarot remonta ao Antigo Egito (o
Tarot seria uma representação gráfica inspirada no "Livro dos Mortos" , segundo alguns), ou que o Tarot era criado
na China, e outros asseguram que o Tarô vem da Índia, finalmente outras fontes atribuem a criação do Tarô aos
humanistas italianos do século XIV. Seja como for, é apenas a partir do século XVIII que será considerado como uma
ferramenta de aprendizado esotérico, e é apenas nas últimas décadas que ele é considerado uma ferramenta
terapêutica. .

Segundo Liliane Souvay, "O Tarô é o livro da vida, expresso de forma simbólica ..." . Essa definição parece sensata
para mim.

Diz-se que os Arcanos Maiores são inspirados em várias ciências, tais como numerologia, cabala, alquimia,
astrologia e em alguns tarots modernos, teosofia e egiptologia.

GI Gurdjieff disse sobre o Tarot: "(...) há também um simbolismo da alquimia, simbólica da astrologia, para não
mencionar o sistema de símbolos Tarot que os une num todo."

O Tarô reúne cartões ilustrados, nomeados e numerados para alguns. Cada cartão contém muitos símbolos,
especialmente cartões chamados "arcana maior" . Parece que o criador ou criadores conceberam, através do Tarot,
uma linguagem simbólica para conseguir transmitir um ensinamento esotérico, um conhecimento essencial ...

É claro que este jogo de cartas com mais de cinco séculos (pelo menos) não envelhece. Seu simbolismo permanece
atual, apesar das mudanças no estilo de vida, costumes e costumes; apesar da evolução intelectual e tecnológica do
ser humano.

De acordo com Marianne Leconte, "O Tarô é uma mensagem enviada do fundo dos séculos, livre de todos os limites,
com o objetivo de se tornar a chave para o Arcano Único que não é outro senão a Consciência".

Esta definição envolve "Consciência". O Tarô poderia ser uma mensagem ou uma metodologia para o
desenvolvimento da consciência.

Quanto à definição do Tarot, não sabemos muito mais. Objetivamente, podemos dizer que o Tarot é um concentrado
de símbolos.

Minha definição: o Tarô é um tipo de livro, não conectado, usado para transmitir um conhecimento iniciático. Este
livro da vida é escrito em linguagem simbólica universal. Sua mensagem vai para o essencial e se adapta a todos os
usuários, todas as épocas, todas as culturas e todas as circunstâncias; o conteúdo da mensagem assume uma forma
diferente a cada consulta.

O Tarô pode ser usado como um instrumento de adivinhação, evolução pessoal ou iniciação. Pode provavelmente
ser considerado como um instrumento "mágico".
O Tarot é certamente uma ferramenta que pode ter vários usos, pois existem várias maneiras de usá-lo. Dizem que
seus mistérios estão alinhados com os desenhos que estão no céu! Vá e descubra de onde vêm as vozes de
arcanos!

O que é certo é que o tarô representa um meio precioso de projeções psíquicas ... Seu arcana age como um
espelho; e assim se torna um meio de conectar-se com as profundezas do nosso ser ... Nesse sentido, o Tarô é um
extraordinário instrumento de consciência. É uma ferramenta de desenvolvimento pessoal. O Tarô se abre para o
autoconhecimento e propõe um caminho para a sabedoria.

O chamado à sabedoria ... É aqui que o Tarô toma todo o seu sentido ... Se é um instrumento de cura e terapia, aqui
está o Tarô nos convida à sabedoria ... nos convida a empreender um caminho, a embarcar no caminho da auto-
realização, portanto o caminho último do iniciado ... Porque o Tarot é também um ensinamento que nos guia neste
caminho de transmutação ... caminho que leva o iniciado a ser completamente transformado e finalmente liberado do
jugo.

THE 4 OPTICS (ou "DOMAINS")

Quando descobri o Tarô, como muitas pessoas tentei ver o futuro ... eu o apreendi pela ciência da adivinhação. Eu
também estava tentando desvendar seu mistério. Durante vários anos, progredi lentamente ... para mim, entender
que o tarô fala com várias vozes, em 4 diferentes tons, mas em perfeita harmonia, foi uma verdadeira revelação,
mesmo uma verdadeira iluminação.

Primeiro, tive que fazer a idéia de que não poderíamos jogar para desafiar o tarô, ou impor revelar segredos sem
aceitar fazer escolhas ou concordar em mudar (para melhor ou para o pior!) ...

Este é o lugar onde os 4 domínios, as 4 esferas, estes famosos 4 tons expressos em uníssono pelo tarot tomam todo
o seu significado ...

O "sentido elementar", como resultado, está intimamente ligado à evolução pessoal, quanto aos passos de erudição
e iniciação a que o tarô nos convida todos de uma vez!

Portanto, é necessário levar em consideração que cada arcano expressa 4 domínios distintos mas ressonantes em
uníssono, quatro "notas" de cada vez! Que produz um "acordo".

O arcano que se expressa indica assim, no "sentido elementar", o futuro provável, as potencialidades, as causas das
adversidades ou dos obstáculos, os sucessos ou provações que virão, e o arcano, especialmente, dá conselhos e
permite que o consultor continue sua jornada com uma nova compreensão dos problemas.

Esta leitura elementar do tarot é muito importante, e muitas vezes apenas o iniciado (o tarólogo) consegue fazer uma
leitura clara e evocativa. (O que é necessário se o consultor quiser ser capaz de fazer escolhas informadas e
permanecer auspicioso).

Na verdade, o tarólogo deve, em primeiro lugar, antes de responder a alguns consultores sedentos de revelações,
ouvir o conselho do tarô e concordar em fazer um trabalho sobre si mesmo. Aceitar emprestar a um laborioso
aprendizado desta ciência marginal e assumir o desafio da profunda transformação do próprio ser ...

Feito isso, o tarólogo terá a sabedoria e o julgamento necessários.

Isso também explica por que mais e mais pessoas estão interessadas na perspectiva da "evolução pessoal", porque
permite que todos floresçam ao mesmo tempo e, ao mesmo tempo, ganhem mais discernimento ... C É também uma
maneira de adotar uma escola (a ótica taumatúrgica, é o ensino do tarô pelo tarô) e seguir um caminho iniciático sem
ter que seguir um movimento de seita ou exigir a ajuda de um mestre. Tornar o tarô seu mestre e professor é, de
certo modo, procurar tornar-se independente de um mestre e encontrar um meio de alcançar aquela luz que reside
em nós mesmos. Com o tarot se torna o próprio mestre e o aluno ...

A ótica conhecida como "terapêutica" ou "evolução pessoal" (Tarot "Mirror"), é uma passagem necessária, e é, além
disso, sem dúvida o primeiro papel do tarô ... Ou seja, para finalmente operar uma cura do corpo, do coração e da
alma.

Então ... o que é que o chamado domínio "Elementar" rima?

Sim, qual é o uso de empréstimos para impressões de tarô no sentido elementar? Por que você conhece o futuro
dele? É necessário? É saudável?
De fato, o domínio "elementar", necessariamente expresso pelos arcanos do tarô, é tão importante quanto os outros
3 domínios que o complementam ...

O campo "Elementar" está associado ao terreno e ao concreto: Concernente, trabalho, finanças, preocupações,
famílias, amores, saúde, etc ... Obviamente, o Tarô é um instrumento de adivinhação.

O campo "terapêutico" está associado à água, ou seja, "psique" e hereditária ... é a ótica da "evolução pessoal",
certamente, mas também, e especialmente, é fazer um uso "terapêutico" do Tarô. Certamente, o Tarot é uma
ferramenta de cura.

O domínio "taumatúrgico" está associado ao ar e é nossa inteligência e vontade de aprender, aqui, para o qual o
Tarô apela. O Tarô é uma ferramenta de aprendizado, seus mistérios são chaves que abrem as portas que se abrem
no verdadeiro conhecimento. Alta Ciência Hermética e Segredo dos Destinos ... O domínio taumatúrgico usa o Tarô
como ferramenta de ensino.

O campo "Iniciaticismo" está associado ao fogo e à luz, é o "Caminho dos iniciados" ... Ou seja, a transmutação do
ser ... A realização de "Grandeza". trabalhar. " O Tarô é ao mesmo tempo o guia e o mestre do iniciado, ao mesmo
tempo um reflexo do universo e do seu universo interior ... O Tarô, aqui, é apresentado como uma luz que guia e um
caminho a seguir ... E o Tarot é então revelado como uma ferramenta de iniciação.

E esses 4 elementos são combinados (como a salamandra mordendo a cauda representada pelos ouroboros), e o
domínio iniciático nos traz de volta ao domínio elementar ... E então percebemos que o domínio iniciático expressa o
mesmo " note "que o domínio elementar! Este é o "tônico", mas tocou na "oitava"!

Na verdade, depois de ter passado pelas transformações dos três domínios: terapêutico, taumatúrgico e
iniciático; agora o iniciado redescobre a importância do campo do elementar (elemento terra).

Finalmente, conecte-se aos elementos terrestres e astrais, aqui ele é capaz de entender o significado dos arcanos e
convencido de que o tarô obedece à voz divina e celestial ... E então, o iniciado entende que essa voz ressoa nas
esferas do domínio elementar ...

Passado, presente, futuro ... destinos ... instruções, avisos, conselhos ... O significado básico é o "TAROT DA VOZ
DO BOM CONSELHO" .

Essa voz enigmática que se expressa através do arcano tarot é que ela nem sempre é consultada para conseguir seu
bom conselho para seguir?

Não é sempre o que o Tarô primeiro procura dizer? Uma dica a seguir, uma opção para ver, um projeto para
empreender, um caminho para engajar, um obstáculo para evitar ...

A tarologista Anne-Marie d'Avignon considera que o Tarô fala com duas vozes:

1- A Voz do Conselheiro
2- A Voz do Professor

A Voz do Conselheiro é aquela que nos diz qual escolha deve ser feita, e que nos guia durante nossa jornada .... A
Voz do Professor é a que nos ensina os fundamentos do tarô, que nos ajuda para entender a linguagem simbólica
dos arcanos e a arte de desenhar lições. A Voz do Conselheiro é celestial, divina ... Ela é a voz do senso comum, é
"A Voz da Sabedoria", que traz de volta à ordem e que convida todos os seres a se aperfeiçoarem, florescer no
sentido de sua realização, de acordo, em harmonia com a criação.
Quanto à voz da professora, ela é quem entrega os segredos do tarô, que nos introduz ao "Conhecimento" da ciência
hermética, à magia do grimório, essa magia de símbolos, rituais e mitos.

Anne-Marie d'Avignon acrescenta que essas vozes são alegoricamente personificadas por dois dos personagens do
Tarô. A Voz do Conselheiro seria a Voz da ESTRELA ... E a Voz do Professor seria a voz do ESPÍRITO.

Aristide de l'Espinay, grande iniciado do século XIX, é quem primeiro determinou as 4 áreas nas quais o tarô é
expresso. Ele considerou estas 4 áreas como:

1- O Consultor de Voz
2- O Espelho da Alma
3- O Livro de Thoth
4- O Caminho dos Magos

Segundo Aristide de l'Espinay, o tarot expressa de quatro ângulos diferentes essa "magia da Palavra":

1- O som
2- O eco
3- A escrita
4- A luz

Por outro lado, de Espinay considerou que todos esses domínios estão no domínio dos "divinatórios". Entre outros,
para ele o Tarô era acima de tudo um instrumento de magia, ele estava interessado em "mundos vibratórios" e
"correspondências" porque sentia que tudo era uma questão de ondas, vibrações; de sintonia e comunicação ... Já
estava à frente do seu tempo, pelo menos para o conceito de que "tudo é vibração" .

Também e novamente, devemos a ele a concepção de "Tarot Grimoire" e a invenção do novo termo, em seu tempo,
de "Domaine des Moires" , referindo-se à "Divinação". Os "Moires" lidavam com o campo da adivinhação, e o Tarot
Grimoire lidava com o ensino e a orientação do iniciado ...

Segundo ele, no entanto, as vozes do Tarot são de origem "divina" (moire), de origem "astral" e são ao mesmo tempo
ensinamentos extraordinários que convidam o ser a uma transformação.

Em seu trabalho intitulado "Les Enseignements de la Papesse" , o conhecido taromante Anne-Marie d'Avignon,
explica as 4 áreas, (as 4 óticas) como segue:

1- As Vozes Celestes = "Adivinhação Óptica"


2- O Espelho da Alma = Ótica "Evolução Pessoal"
3- O Templo do Conhecimento = Ótica Taumatúrgica
4- O Caminho da Transmutação = Ótica "Iniciática"

Esta última proposição é a que eu me adoto ...

1- Uso Básico = Oracle Tarot = Awakening


2- Uso Terapêutico = Espelho Tarot = Cura
3- Uso Taumatúrgico = Tarot Grimoire = Ensinamentos
4- Uso Iniciático = Tarot Operacional = Transmutação

1- Tônico = nossa personalidade e nossa hereditariedade


2- Terceiro = nossas experiências e nosso aprendizado
3- Quinte = nossas escolhas, nossas ações e comportamentos
4- Octaves = nossa realização e nosso cumprimento

O uso do Tarô na direção "iniciática" nos leva a tomar uma direção, a direção é gradualmente decidida enquanto
consertamos o terceiro, e então determinamos o quinto, para que possamos finalmente para alcançar a oitava, uma
oitava acima da tônica, e esta oitava é a nós mesmos, mas em um nível mais alto ...

Anne-Marie d'Avignon considera que os mistérios do Tarot são "reflexos de nós mesmos" : os fragmentos de um
espelho que nos enviam imagens do nosso universo interior ... Ela também é uma daquelas quem usa o Tarô para
efetuar curas e mudanças benéficas em um nível pessoal.

DIFERENÇAS ENTRE IMPRESSÕES "DIVINATÓRIAS" E IMPRESSÕES "TERAPÊUTICAS"

Como o termo indica o tarô "Divinatório" é a expressão do campo "Divinatório" e sempre expressa em primeiro lugar
no sentido "elementar". Então fazemos desenhos do Tarot Divinatório para prever o futuro e obter "bons conselhos"
...

O consultor faz suas perguntas, e é o vidente quem traduz, interpreta e dá as respostas. O consultor ouve ... A
pessoa é passiva ... Tanto para as consultas do Tarot Divinatório ...

Agora, no que diz respeito ao Espelho Tarot, cujas funções são "terapêuticas, o caso é muito diferente ...

O Tarot Miroir está preocupado com a cura do ser e a evolução do ser no nível pessoal, o que alguns chamam de
distorcer o "Tarot Psicológico" .

LEDS OU TERAPEUTAS?

Obviamente, quando passamos por um momento difícil em nossa vida, muitas vezes temos um terapeuta ou um
vidente, se não pelo menos um amigo, um confidente, um bom conselheiro ...

Quer se trate de desemprego, divórcio, amor aborrecido, novo amor, trabalho, filhos, etc ... Não é tão bom termos
esse tipo de abordagem. É quando surge ansiedade ou problemas que "consultamos".
A pessoa que consulta um psíquico não tem o mesmo objetivo de quem vai ver um terapeuta.

Vamos dar um exemplo concreto que será mais fácil de entender ...

Digamos que você se preocupe com seu casal, seu marido (ou sua esposa) retorna mais e mais tarde. Você ainda
ama seu marido (sua esposa), mas "sente" que o relacionamento está em perigo e gostaria de saber o que está
acontecendo. Bem, aqui você tem duas possibilidades: você verá um clarividente ou um terapeuta. A pergunta feita
será absolutamente a mesma, mas é apenas a abordagem de quem consulta quem será diferente.

Se você for ver um vidente, esperará que ele lhe dê as soluções para SEUS PROBLEMAS, para lhe dizer o que vai
acontecer (ou deve acontecer).

Se você vai ver um psicólogo, curandeiro ou terapeuta, ele usará o Tarô para fins essencialmente terapêuticos. Aqui,
não se trata de prever o futuro, mas de usar o Tarot como uma ferramenta para investigar a saúde física e
psicológica do cliente. O Tarô também criará uma ponte, um meio-termo, uma linguagem de símbolo que permitirá ao
terapeuta e ao consultor comunicar-se em vários níveis e encontrar soluções juntas para o problema do consultor ...

Caso contrário, de repente, o consultor tem um problema que ele não pode resolver, e se ele não encontrar um
recurso, então, talvez ele decida "abrir" um tarô, e ele procurará suas respostas. E então, ele começará a se tornar
seu próprio terapeuta, com a ajuda de seu tarô, que ele realmente usará como um espelho da alma.

De qualquer forma, o Tarot é sempre expressa no sentido de uma evolução pessoal ... Os conselhos e sugestões
que ele doou, sempre ir na direção do desenvolvimento e realização da pessoa.

Se houver um terapeuta, ele estará lá apenas para guiá-lo no caminho da descoberta. Uma descoberta de si
mesmo. O tarô evoca idéias, emoções, eventos. O consultor reage ... O terapeuta serve como guia e moderador. Em
qualquer caso, nem a cartomante nem o curador darão todas as respostas ao consultor, pelo bom motivo de que
apenas aquele que consulta SABE O QUE É APENAS PARA ELE.

A maioria dos terapeutas não é muito clarividente, mesmo que esteja discriminando. O oposto pode ser verdade:
cartomantes dominicanos e tarólogos nem sempre são os melhores terapeutas.

O clarividente não procura realmente curar ou desenvolver o consultor, o clarividente diz o que vê ... Ele traduz e
interpreta o que o arcanismo expressa, no bem e no mal e às custas do que pode provocar repercussões na vida do
consultor ... O papel do clarividente é especialmente um papel de "intérprete". Aqui, o consultor sabia o que queria
saber, então cabe ao consultor fazer as escolhas certas para ele ...

O terapeuta do seu lado olhando ... cura do corpo, coração ou alma ... Assim, ele usa o Tarot para estabelecer uma
ponte entre ele e consultor e utiliza tarot arcano para causa reações ao consultor ... Ao observar as reações do
consultor ele pode descobrir a origem de seus problemas, sejam eles físicos, emocionais ou psicológicos ... Aqui, o
consultor se sente apoiado e orientado em sua jornada para a cura. Mas, novamente, o terapeuta não o forçará a
fazer mudanças sem que o consultor descubra por si mesmo e, finalmente, esteja convencido de que deve trabalhar
consigo mesmo na direção da cura e da realização. ...

Então, de qualquer forma, o Tarot Miroir é o começo de uma relação privilegiada com o tarô arcano ... Um
relacionamento íntimo que revela especialmente o consultor para si mesmo! Os arcanos então se expressam como
se fossem ecos, reflexos de seu universo interior.

Por exemplo, tomando o caso acima, imagine que uma cartomante lhe diz que sua esposa (marido) pensa em se
divorciar, que você já deve fazer seus arranjos a respeito de sua propriedade em comum, etc ... etc ...

Ele indicará um certo número de fatos que, finalmente, são apenas sua INTERPRETAÇÃO (e, infelizmente, há
muitas projeções).

Como eu disse acima, da parte do consultor, é uma atitude passiva. É como se você dissesse a ele: " Diga-me o que
fazer porque eu não sou capaz". Essa é a mensagem ... Os consultores do Tarô são muitas vezes indivíduos que
perderam a confiança em si mesmos, em seu potencial, e na maioria das vezes procuram as respostas "já prontas".

Finalmente, quer você esteja usando um adivinho, um cartomante, um curador ou um terapeuta, o tarô de sua parte
não mudará sua mensagem. E sua mensagem será sempre: "encontre maneiras de florescer!"

E esse grito, esse chamado às vezes é tão forte que o consultor pode ir diretamente ao Tarô, procurando consultá-lo
para si mesmo ...

Se isso acontecer, é porque você está prestes a "abrir" um Espelho de Tarô e, imediatamente, ele retornará sua
imagem e, em seguida, imagens de si mesmo que você não suspeita estar presente em si mesmo.
Na maioria das vezes, o Tarot está presente em nossas vidas, quando é hora de fazer grandes mudanças e assumir
o controle de nossas vidas ... O Tarot trata de você e da primeira ele mostra Arcane , já que evoca algo em você, e
você se refere imagens, emoções, e o Tarô Miroir está a partir de agora em operação ...

Ali está você que, falando, deixando seu inconsciente se expressar através dos mistérios que você descobre,
encontrará a (s) solução (ões) para resolver seus problemas ... É você quem age.

Aqui a mensagem é: "EU SOU CAPAZ DE RESOLVER MEUS PROBLEMAS MIM" ... sou responsável pela minha
vida.

Vamos pegar o exemplo acima ...

Graças ao Tarô, talvez você descubra que, por algum tempo, não quis sair quando seu marido (sua esposa) precisou
de um pouco de ar fresco para ver amigos enquanto você estava plantado. ) na frente da tela do seu computador.

Talvez a comunicação tenha se tornado inexistente ou irrelevante?

Talvez você entenda que, finalmente, cheio de pequenos sinais já deveria ter lhe alertado quando você não viu nada
ou quis ver. E isso, em última análise, a responsabilidade pelo fracasso é compartilhada. Etc ... etc ...

De fato, o tarô permite entender: "nunca cometemos erros, vivemos apenas experiências" ...

Porque, como disse Galileu: "Não podemos ensinar nada às pessoas, só podemos ajudá-las a entender que elas já
têm em si tudo o que é aprender".
Postado por Walter Boralis em 09:17 1 comentário:
Enviar por e-mailBlogThis!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest
Marcadores: Lendo o Tarot , O 4 Optical , Métodos Prints , Optical divinatoire , Optical Iniciática ,Optical
Taumatúrgica , terapêutico Optical
ÓTICA "DIVINATÓRIA"
TAROT "DIVINATÓRIO" ou "MOIRES"
(No sentido elementar)

O TAROT "DIVINATÓRIO" É "O TARÔ DA VOZ DE BOAS ACONSELHAMENTO"

Imagine por um momento uma situação concreta: nos perguntamos como vai acontecer no próximo verão ...
finalmente terei minha promoção? Minha esposa tem um amante? Eu vou morrer neste verão? Alguém poderia
perguntar?

Não! Este é o tipo de pergunta que todos estão fazendo ... Estas são questões "básicas" ...

Para esses tipos de perguntas, você deve usar um sorteio de cartas ...
É absolutamente necessário esperar que este tipo de impressão perturbe o consultor ... Acontece com bastante
frequência ... Certamente, mesmo as impressões que parecem mais inócuas permanecem impressas na memória do
consultor e acabarão por ter um impacto em eventos atuais ou futuros ... O "Tarot Divinatório" é precisamente uma
ferramenta que permite saber como visualizar o futuro ... Que decisões tomar, que eventualidades surgem ...

Mas cuidado, o empate do "Tarô Divinatório", isto é, no sentido de "Elemental", nem sempre dá as respostas
esperadas, e muitas vezes um arcano se mostra e mina a moral !

Quantas vezes eu disparei um arcano, em um empate pessoal ou para outros, e me encontro diante da eminência de
uma catástrofe! Anúncio de grandes transtornos, perda de emprego, separação e até morte! Este aspecto das coisas
funcionou durante anos.

O Tarô usado de maneira "divinatória" é certamente muito desconcertante e perturbador!

Mas não aprenda a ler os dramas vistos! Devemos aprender a ler o "conselho" ... O Tarot Divinatório é em primeiro
lugar: um conselheiro!

Como uso o Tarô como oráculo adivinhador, tenho a impressão de me mover muito mais rápido, como se um pedaço
de véu que ocultasse o Mistério tivesse subido gradualmente e permitisse visões gerais!

Para abordar o Tarô, é importante perguntar a si mesmo; o que estamos tentando descobrir? Por exemplo, como
esta situação evoluirá? O que me levaria a empreender isso? O que está acontecendo nesse relacionamento? Como
ajudar X a sobreviver? O que eu poderia fazer, o que mobilizar como faculdades para concluir com sucesso esse
negócio (ou situação)? Etc ...

O Tarot pode ser consultado também quando ocorre um evento imprevisto, desestabilizador, chocante ou
incompreensível ...

O arcano maior oferece um reflexo do que está acontecendo em nosso mundo interior, um reflexo de seu
movimento. Este olhar carregado nas profundezas do nosso ser, graças ao Tarô, torna possível avaliar se o nosso
desejo ou os nossos pensamentos conscientes estão em harmonia com as nossas motivações inconscientes; o que
torna possível definir se nossa ação é coerente, se somos congruentes ou se estamos em conflito interno,
ambivalente, contraditório, em uma dada situação.

Por que você também diz "MOIRES"?

Na mitologia grega, os Moires (no grego antigo Μοιραι / Moîrai, literalmente as "partes do destino atribuídas a cada
homem") são divindades do Destino implacável. Eles são assimilados aos destinos na mitologia romana.

Os Moires eram, portanto, a personificação do Destino, mais precisamente "Destinos".


Eles foram considerados como as filhas de Zeus e Themis, mas para Hesíodo eles são as filhas da Noite.

Em geral, eles observam o destino dos homens mais do que eles determinam. Na mitologia grega, os destinos são às
vezes personificados, às vezes distintos de Zeus, às vezes confundidos com ele. Mas, em geral, os outros deuses e
o próprio Zeus parecem estar sujeitos a "DESTINO" (como tal) como Ésquilo afirmou em "Prometheus Acorrentado" .
Muitos dos escritores clássicos consideravam os Moires mais poderosos que os próprios
deuses; Homero e Virgílio representaram Zeus pesando os feitiços dos heróis em uma escala.

Assim, Zeus aparece mais como o executor do destino do que como aquele que o determina. É o Moire que impede
os deuses de intervirem no campo de batalha de Tróia quando o herói vê sua última hora chegar.

O destino tem vários nomes ou agentes que se relacionam com a idéia de "a parte reservada a cada ser" (vida,
felicidade, miséria).

Os Moires são três em número:

• Clotho gira os dias e eventos da vida.


• Lachesis acumula o filho e atrai o feitiço de todos.
• Atropos corta com sua tesoura, o fio da vida.

Entre os romanos, os Parques eram chamados de "Nona", "Decima" e "Morta". Eles presidiram o nascimento, o
casamento e a morte. Eles foram representados no Fórum e eles foram chamados de "Tria Fata" (as 3 fadas).

As divindades do Destino também aparecem em outras mitologias, como a mitologia germânica e nórdica, sob o
nome de "Norns".

OS PNEUS E O TARÔ

A idéia de que o destino de todo ser humano é ordenado e governado por forças além dele é tão antiga quanto a
própria humanidade. Os gregos usaram vários termos para descrever essas forças: para eles, os 3 moires cuidavam
dos destinos e, especialmente, tinham uma fraqueza por metáforas tiradas da noção do "fio" da vida. (como essa
noção do "fio" de Ariane, que impede que uma se perca e permita voltar à fonte).

Assim, na personificação mais antiga do Destino da literatura grega, Hesíodo menciona os três spinners, os "Klothes"
(ou Moires). Hesíodo foi o primeiro a dar um nome e atribuir uma tarefa específica a cada uma das três irmãs.
Lachesis atribui a cada homem sua parcela de discussão, Clotho a envolve e Atropos a divide em um horário
fixo. Aparentemente, Mourners muitas vezes agem contra a vontade de Zeus. Mas todos os deuses estão obrigados
a obedecê-los, pois a própria existência dos Moires garante a boa ordem do universo ao qual os deuses estão
sujeitos.

Precisamos iniciar Aristide Espinay a expressão: " O Fates", para denotar as impressões do Tarot nos sentidos
"Adivinhação" ... De acordo com ele, o Tarot é uma maneira de entrar em comunicação com o "Divino", na verdade:
com os "Moires".

Ele explica novamente, que o Tarot indica como se pode transformar o nosso destino, e afirma que o Tarô é fruto de
uma correspondência privilegiada com o "Tria Fata", que é, além do título de seu trabalho dedicado aos segredos do
3 destinos ...

DIVINAÇÃO E O SEGREDO DOS 3 DESTINOS

Freqüentemente abordarei este assunto, eixo central dos segredos do Tarô ... Eixo ao redor do qual gira a Roda dos
Destinos ... É ali de uma das Chaves esotéricas, mas especialmente é A CHAVE DA ADIÇÃO! Essa chave que abre
o Grande Portão do Templo, e que permite ter uma visão além do tempo ... E isso ainda permite ao iniciado
transformar, mudar seu destino ...

No entanto, esses princípios e leis que governam o mundo astral de três destinos são de difícil acesso e exigem
muito aprendizado, paciência e sabedoria ... Esse aprendizado requer vários anos de trabalho interno, e revela tudo
os ângulos exigem uma massa considerável de indicações e ensinamentos ... (Esses ensinamentos foram coletados
e foram meticulosamente relatados em meu livro: "Os Segredos Iniciáticos do Tarô" ).

A LEITURA DO DIVINO TAROT É UM "ORACLE"

O Tarot é uma ferramenta divinatória que prova ser a mais completa do "Oracle".

Definições oficiais: uma adivinhação é uma previsão do futuro. Bom, sem dúvida ... Mas também, o termo
adivinhação refere-se diretamente ao "Divino". E novamente, "adivinhação" nos leva a "adivinhar".

Quanto ao Oráculo, estritamente falando, não é mais nem menos que uma "mensagem"; uma resposta divina. Um
oráculo serve para responder às importantes questões que nos atormentam. A ajuda é divina e pode-se fingir que é
luminosa, inocente e pura.

O manuseio do Tarô nos permite conectar com a parte divina em nós.

O Tarô se torna uma ferramenta extraordinariamente útil e eficaz para nos ajudar a discernir melhor ou pesar várias
possibilidades e, também, avaliar as oportunidades e o bom momento para agir, para empreender, para se envolver,
etc.

Nossa vida é determinada por nossas escolhas, sejam elas menos importantes como as escolhas importantes que
determinarão nosso destino, nosso modo de vida.

Fazemos escolhas sem perceber, automaticamente, enquanto outras escolhas são decididas após a reflexão, e
outras nos deixam indecisos e nos puxam, o que provoca um estado de oposição entre duas idéias ou desejos, seja
um conflito interno.

Um Oráculo se consulta quando se tem uma decisão importante a tomar, uma escolha decisiva ou para ver, além das
aparências, uma situação que afeta. Essa abordagem também é feita para confirmar ou refutar uma intuição, um
sentimento, um pensamento.

O filme Matrix mostra a importância, bem como as funções e motivos para consultar o Oracle (personificado no
filme). Em cada chave, momento importante, os heróis consultam o Oracle. Consultar Tarot serve, como no filme,
para encontrar um espírito superior para confrontar nossas crenças com a opinião divina.

PAPÉIS DO CONSULTOR E DO TARÓLOGO


Receber uma pessoa em "consulta" não é um jogo nem uma maneira de concordar com a importância. O cenário
nunca é trivial. De fato, aceitar uma consulta de Tarô é aceitar colocar nossa parte divina a serviço do outro e, assim,
colocar nossa personalidade entre parênteses para nos abrirmos às energias e ondas do consultor. É somente a
partir daí que uma troca pode ser feita e trazer algo para a pessoa que consulta.

COMO ABORDAR O FUTURO COM O TARÔ

Minha opinião sobre as previsões é bastante desfavorável. Parto da ideia de que o presente é um "produto" do
passado; e o futuro começa agora. Toda decisão que tomamos, a cada momento do dia, pode mudar o futuro; ao
qual deve ser adicionado todo imprevisto, até mesmo o mais insignificante, e todo acidente ou golpe do destino. É por
isso que eu trabalho no presente.

Pode acontecer a todos estarem preocupados com o futuro. O Tarô é eficaz para projetar no futuro a partir de um
ponto específico localizado aqui e agora. Olhar para o futuro serve para estudar as probabilidades de
desenvolvimento, bem como as possíveis consequências de nossas idéias, projetos, negócios e outras decisões a
serem tomadas.

Preocupar-se com os futuros relatórios, mais frequentemente, estamos experimentando um estado de confusão ou
desconforto ou desânimo ou tédio profundo, etc ... Este estado de insatisfação nos impulsiona a querer saber o
futuro, como se a solução para nossa dificuldade atual ou sofrimento estivesse lá; como se o que sabemos do futuro
pudesse nos dar as motivações, esperança e fé que nos fazem imperfeitos aqui e agora. Esta abordagem é absurda,
especialmente porque a esperança e a fé são cultivadas dia a dia e individualmente.

Na verdade, ninguém que eu sei não pode saber o futuro com precisão, dado o número de probabilidades previsíveis
e imprevisíveis para considerar, ao qual deve ser adicionado o destino ou o acaso acidental e caprichoso, ao qual
devem ser adicionados a influência de leis e forças superiores agindo, ao qual devemos acrescentar também
convulsões naturais de nossa mãe terra viva e, portanto, imprevisível (terremoto, tsunami, erupções vulcânicas,
furacões ...), etc ... etc ... etc .. .

Se é possível mudar nossos destinos, certamente influencia de certo modo o DESTINO do mundo, e reverbera em
toda a humanidade ... mesmo no infinito do cosmos! E se, como afirmou Aristide de l'Espinay, os Moires estão
sempre prontos para fazer mudanças no destino da humanidade, desde que essas mudanças sejam desejadas e
sigam em direção a uma elevação e uma realização, em o significado de "bom".

Dito isto ...

Para abordar o futuro, é melhor evitar o tipo de perguntas como "isso mudará?" É óbvio que nenhum dos arcanos
menor e maior oferece uma resposta binária "sim" ou "não". E nenhum oferece uma solução empacotada. Também é
melhor evitar o tipo de perguntas "o que eu faria em um mês?" .

De fato, essas questões não se baseiam em nenhuma ideia, projeto ou desejo. Essas questões sugerem uma
necessidade de mudança. Mas a vida, seu movimento perpétuo, não para de provocar mudanças! E,
paradoxalmente, às vezes esperamos uma mudança, ao mesmo tempo que tememos, porque a mudança gera
novidade, o que desencadeia um sentimento de insegurança diante do desconhecido, bem como uma perda de
referência e controle sobre o que foi estabilizado.

Sobre a clarividência, por favor, considere este fato: um vidente não precisa do Tarô para ter imagens ou idéias! Um
verdadeiro clarividente recebe lampejos clarividentes, seja na forma de imagens, seja na forma sensível ou na forma
de pensamentos. Na maioria das vezes, esses flashes revelam o passado, e não o futuro.
Os chamados videntes, cartomantes e outros podem ser bons em ver tramas do passado; e como a tendência é
repetir as mesmas situações, os mesmos padrões, eles deduzem nosso possível futuro de acordo com nosso
esquema preestabelecido; que representa o risco de reforçar e manter neste esquema pré-estabelecido, continuar no
círculo vicioso de repetições.

Ou, de outro modo, esses chamados videntes percebem o que sonhamos, o que desejamos e argumentam nessa
direção. O risco dessa abordagem é tornar o cliente dependente dessas chamadas visões do futuro. Essas previsões
podem assumir a forma de uma sugestão para o pensamento frágil ou insuficientemente independente.

Para usar o Tarô, é melhor perguntar "como proceder para que esse aspecto mude ou evolua?" ou: "Que interesse
eu teria para mudar de emprego?" ou novamente: "O que me faz desmotivado nesta situação?" ou "como esta
situação evoluirá?" , etc ...

Quando alguém quer se projetar para o futuro, deve perguntar a si mesmo o que busca saber, descobrir, consolidar,
melhorar. Então, resta perguntar como conseguir o que eu quero. Para estudar como, o Tarot é muito eficaz.

Observar o mundo, observar-se, estudar, analisar, conhecer-se e compreender uma situação presente, todos esses
atos têm o efeito de nos tornar sempre mais lúcidos e intuitivos para o futuro.

Para desfazer uma situação atual, para superar uma dificuldade ou um bloqueio, enfrentar nossos medos e demônios
interiores abre caminho para um futuro melhor.

Aprender com o passado nos torna mais fortes e inteligentes no aqui e agora; reflita e medite aqui e agora prepare-se
para o futuro.

É por isso que o Tarot é o mais útil: entender melhor o que está acontecendo em nossas vidas e preparar um futuro
melhor.

Georges Colleuil escreveu judiciosamente: "O Tarô não é usado para ler o futuro, mas para construí-lo" .

Querer saber o seu futuro é procurar enfraquecer e justificar a nossa inércia (preguiça, covardia, depressão, medo do
fracasso ou sucesso, etc ...)

Querer conhecer o futuro é colocar o destino nas mãos e a vontade dos outros.
Querer conhecer o próprio futuro é silenciar a criatividade e silenciar a função intuitiva.
Querer conhecer o próprio futuro é recusar-se a admitir a parte irracional e misteriosa da vida / morte.
Querer conhecer o próprio futuro é privar-se das miraculosas surpresas da vida.

Quem pode afirmar saber exatamente o que será amanhã? Sabendo que cada momento por vir e que o evento
menos imprevisto pode desviar uma trajetória, até mesmo infinitamente.

Portanto, quando se consulta o Tarô Divino, deve-se lembrar que é uma questão de ouvir "A Voz do Bom Conselho",
em vez da voz duvidosa das profecias formuladas pretensiosamente ...

Cuidado com os incontáveis charlatães. Não se deixe enganar.

Mais frequentemente do que não, querer conhecer o futuro é um processo vão, provavelmente sem esperança. De
fato, se eu viver plenamente o momento presente, não me importo com o passado ou o futuro. Procurar viver como
no passado ou saber o que vem pela frente equivale a uma rejeição da realidade ou um sintoma de insatisfação em
relação ao que é vivido no presente. O que nos espera amanhã depende do que fazemos e do que não fazemos
hoje.

Projetar-se no futuro pode ser útil, é até um excelente exercício para alcançar um projeto, um sonho ou outros. Se
projetar no futuro é se preocupar com o futuro, o bem-estar físico e psíquico. E é uma atividade individual (mesmo se
acompanhada) que mobiliza a imaginação criativa e estimula a inteligência.

Com o Tarot, é possível ver, estudar a possível evolução de uma situação, um projeto, um relacionamento ou um
estado de ser. Mas a evolução é percebida a partir de um dado momento, a partir de uma foto da situação
mencionada anteriormente ... Trata-se de fazer como um fazendeiro que planta várias sementes diferentes em vários
campos, esperando por generosas várias culturas. Ao plantar as sementes, o fazendeiro está ciente de que parte das
sementes não dará nada e que outra parte, ou tudo, pode ser destruída por eventos acidentais.

É no momento atual que plantamos as sementes do nosso devir. Buscar plantar boas sementes, em bom solo e em
boas condições é uma maneira de preparar o futuro. É nesse quadro que o Tarô é eficaz.
O Tarô é uma ferramenta poderosa para entender o passado e o presente, bem como preparar o amanhã, por meio
de um estudo racional e intuitivo.

Em conclusão, quando consultamos o Tarot, devemos primeiro definir com a maior precisão possível a situação a ser
tratada. Se necessário, desenhe com uma pergunta sobre o passado, para entender melhor as causas da situação
atual, para identificar o que o levou a essa situação insatisfatória. E finalmente, pense no que te questiona sobre o
futuro ou sobre os aspectos que bloqueiam e que gostaria de superar ou de outra forma, sobre os aspectos que
gostaria de mudar, evoluir, etc ... E pedir conselho humildemente ...

Lembre-se de que os mistérios do Tarô trazem os aspectos inconscientes e irracionais das situações, o que é
complementar ao raciocínio.

Para refletir: Onde? Onde meu futuro surge? O que "condiciona" meu futuro a seguir essa direção e não outra?