Você está na página 1de 7

Lattes

Graduação

Mestrado

Doutorado

Pós-doutorando

Membro de corpo editorial: 1 (Bioethanol)

Revisor de periódico: 12

Revisor de projeto de fomento: 3 (RN, DF e MT).

Artigos: A1 e A2

Livros publicados: 3

Avaliador externo do curso de bacharelado em Ciências Biológicas – UEMS

Professor de Biologia: 12 anos

Representante do Governo do Estado no Plano Municipal de Educação.

Informações contidas no e-mail e celular. Slides: Curiosidade

Doenças correlacionadas ao grupo sanguíneo.

Educação alimentar baseado no tipo sanguíneo.

Comportamento escolar e profissional correlacionados ao grupo sanguíneo.

Distribuição geográfica de acordo com o tipo sanguíneo. E-mail/Celular

G1 informação Portaria 1.353/2011. Evita a discriminação. E as doenças passivas de


serem contraídas pelo recebedor. E-mail/Celular

Relação com a Biotecnologia – mudança de sangue.

Meio ambiente

Avaliação diagnostica de Biologia

Termos científicos e conceitos;

Gráficos;
Descrição;

Leitura e intrepretação;

Probabilidade;

Comunicação verbal e não verbal;

Introdução motivadora

Situação problema/chamar atenção pelo tema. Uma pessoa recebeu um sangue


errado o que acontece? Uma pessoa morreu e outra foi salva, como ocorreu.

Aborde os pontos principais, mas não deixe de exemplificar ou de fazer analogias;

Figuras ajudam a prender a atenção do espectador, explore-as durante sua


apresentação. Se tiver facilidade desenhe (caso o tema permita). Se achar pertinente
referencie alguns autores durante sua exposição oral do tema.

Use mais de um recurso audiovisual. Obrigatoriamente utilize adequadamente o


quadro-de-giz. Por exemplo, coloque o nome do ponto sorteado do lado esquerdo do
quadro, acrescente, por exemplo, nos últimos cinco minutos de sua aula faça um
esquema no quadro sintetizando os principais tópicos trabalhados em aula. Aproveite e
faça a síntese final ou "síntese integradora". Poderá fazer isso também no último slaid
de sua apresentação. Didaticamente somará pontos.

24-Independente da extensão do tema você deve atentar para o fato de ser uma aula a
ser ministrada no ensino superior. Isto requer um planejamento e até uma delimitação
do tema com a devida justificativa para a banca. Esta justificativa deve ser sutil durante
a etapa da introdução da aula, onde você apresenta e delimita o conteúdo que irá
abordar.

Exemplo: Quando temos um tema amplo a ser abordado em uma aula de concurso que tem
tempo total de 30 min, é possível optar pelo aprofundamento de um conteúdo específico que
compõe o assunto como um todo, lembrando que é uma aula para ensino superior ou ensino
técnico. Para fazer isso: fazer a apresentação pessoal super rápida, apresentar o objetivo geral
da aula e uma breve introdução com apontamentos breves do que já foi tratado
anteriormente (em uma já trabalhada) em 5min e dedicar (no caso da aula de 30 min os
outros 20 min para abordar no quadro de giz e nos slaids o conteúdo mais aprofundado, deixa
no final uma referência breve que o tema tem continuidade. Nos 5 min finais fazer a síntese
integradora e apenas entregar para a banca a lista de exercício (perspectiva avaliativa e
feedback ou uma pesquisa que pode ser o aprofundamento ou continuidade do tema. Como
mencionei anteriormente não sugerir que a banca resolva os exercícios.

26. Quanto ao item avaliação ou exercícios que pode constar no PLANO DE AULA:
I) No plano de aula: no item avaliação você pode especificar (exemplo):
a.1 A apreciação de desempenho se efetivará a partir da observação do envolvimento
dos alunos na aula e por meio da apresentação de seminários.
b) No item exercícios Exemplos :
b.1) Será aplicado exercícios de apreciação e análise dos textos apresentados em aula.
b.2) Será aplicado lista de exercícios que poderão ser executados individualmente ou
em grupo (produção colaborativa).
Ps. lembrar que vc na aula não precisará falar como vai ser a avaliação daquela aula.
Isso constará apenas no plano de aula.

II) Na aula: quanto à avaliação você pode externar no final da aula, antes ou depois da
síntese integradora (fala rápida sobre os principais tópicos tratados na aula em foco,
principalmente um reforço dos principais termos e conceitos, atendendo ao objetivo geral da
aula) como você organizará a avaliação daquele conteúdo abordado. Poderá fazê-lo a partir da
resolução de uma lista de exercício, a leitura e síntese de um texto complementar ou algo mais
específico relacionado à área do conhecimento. Organiza isso em um material impresso e só
entrega para a banca para ilustrar como você procederia em uma situação real. De maneira
alguma sugira que a banca deverá fazer o exercício ou atividade que você poderá adotar (em
uma situação real) como avaliativa.

A Biologia oferece os fundamentos para análise do impacto ambiental de uma solução


tecnológica, ou para a prevenção de uma doença profissional. Enfim, não há solução
tecnológica sem uma base científica e, por outro lado, soluções tecnológicas podem
propiciar a produção de um novo conhecimento científico.

Essa educação geral, que permite tanto buscar e criar informações como usá-las para
solucionar problemas concretos, é preparação para o trabalho e para o exercício da
cidadania. Na verdade, qualquer competência requerida no exercício profissional, seja
ela psicomotora, sócio-afetiva ou cognitiva é um refinamento das competências
básicas. Essa educação geral permite a construção de competências que se traduzem
em habilidades básicas, técnicas ou de gestão.

A terceira via, que se vem configurando mais recentemente, propõe uma educação
geral com uma forte presença do segmento científico e tecnológico e a
complementaridade da educação profissional, em escolas ou nas empresas:
tendências da educação secundária argentina e, de forma especial, da israelense.

requerem que esse nível educativo seja voltado para a constituição de competências
cognitivas, afetivas e sociais necessárias tanto para continuar estudando como para
ingressar no mundo do trabalho, recomendando que o currículo organize-se de forma
a superar a dualidade entre as duas alternativas.
O ensino médio, assim, deve propiciar ao mesmo tempo educação geral e preparação
básica para o trabalho. Para que isso seja alcançado, duas condições se fazem
necessárias:

Formação por competências e inovações educacionais. Este é um tema instigante. No


Brasil não temos ainda nenhuma experiência de práticas pedagógicas inovadoras na
formação por competências.

Exercícios com forma de aprendizagem

Sala em formato circular, tirar da zona de conforto

X - valorização da experiência extraescolar;

XI - vinculação entre a educação escolar, o trabalho e as práticas sociais.

XII - consideração com a diversidade étnico-racial.

Contextualizar a realidade, mundo do trabalho e ambiental.

promover a integração e a verticalização da educação básica à educação profissional


e educação superior,

II - desenvolver a educação profissional e tecnológica como processo educativo e


investigativo de geração e adaptação de soluções técnicas e tecnológicas às
demandas sociais e peculiaridades regionais;

IV - orientar sua oferta formativa em benefício da consolidação e fortalecimento dos


arranjos produtivos, sociais e culturais locais, identificados com base no mapeamento
das potencialidades de desenvolvimento socioeconômico e cultural no âmbito de
atuação do Instituto Federal;

VII - desenvolver programas de extensão e de divulgação científica e tecnológica;


VIII - realizar e estimular a pesquisa aplicada, a produção cultural, o
empreendedorismo, o cooperativismo e o desenvolvimento científico e
tecnológico;

IX - promover a produção, o desenvolvimento e a transferência de


tecnologias sociais, notadamente as voltadas à preservação do meio ambiente.

realizar pesquisas aplicadas, estimulando o desenvolvimento de soluções técnicas e


tecnológicas, estendendo seus benefícios à comunidade;

IV - desenvolver atividades de extensão de acordo com os princípios e finalidades da


educação profissional e tecnológica, em articulação com o mundo do trabalho e os
segmentos sociais, e com ênfase na produção, desenvolvimento e difusão de
conhecimentos científicos e tecnológicos;

Itens com fonte.

Frase

Turma Estrelas

Cada estudante possui o seu brilho e unidos formaremos uma constelação

José Carlos

2018jc2020@gmail.com

01/01/1950

Antonio Silva

2018ans2020@gmail.com

01/01/1950

Amelia Santos
2018ams2020@gmail.com

01/01/1950

Joana Pereira

2018jp2020@gmail.com

01/01/1950

UTFPR

Quesitos a serem observados na prova de Desempenho Didático


01. O plano de aula foi corretamente elaborado.

02. O professor colocou com clareza os objetivos da aula.

03. O conteúdo é apresentado de modo claro, sugestivo e interessante.

04. O conteúdo é apresentado de forma organizada e seqüencial.

05. O conteúdo apresentado está atendendo aos objetivos propostos.

06. Os recursos de estimulação utilizados pelo professor facilitam a compreensão do conteúdo.

07. Os meios de ensino apresentados aos alunos ajustam-se ao conteúdo da aula.

08. O professor demonstra segurança em relação aos conteúdos as aula, revelando conhecer os
princípios fundamentais.

09. Para ilustrar e esclarecer idéias são utilizados exemplos relevantes.

10. O professor utilizou analogias corretas e adequadas para enriquecer os conteúdos.

11. O professor expressa-se por meio de:

 gestos adequados;
 linguagem correta e clara;
 timbre de voz ajustado.
12. Os procedimentos metodológicos do professor são adequados aos objetivos propostos.

13. Em todos os momentos da aula, o professor providencia a participação efetiva e constante do


aluno.

14. O professor formulou perguntas criativas.

15. O professor movimenta-se dentro dos padrões adequados, evitando manter-se estático ou
movimentar-se em excesso.

16. O professor retorna sempre que necessário aos pontos principais, para que se tornem claros
e evidentes.

17. O professor oferece condições para o aluno demonstrar o que aprendeu.

18. O professor providencia a consolidação de conceitos e idéias fundamentais.