Você está na página 1de 2

1.QUAIS OS FATORES QUE CONTRIBUEM PARA AS SINDROMES DOLOROSAS LOMBARES?.

hábitos posturais, obesidade, sedentarismo, depressão, alterações climáticas e fatores

genéticos.

2. HÁ A NECESSIDADE DE EXAMES LABORATORIAIS PARA A INVESTIGAÇÃODE LOMBALGIAS


AGUDAS?

O tratamento das dores lombares agudas deve ser baseado na história clínica e no exame
físico do paciente; não é necessário realizar exames de imagem ou laboratoriais, exceto se
existirem dados clínicos, que sugiram doença que necessite de tratamento especííico.

3.QUAIS AS EVIDENCIAS PARA O TRATAMENTO DE LOMBALGIAS AGUDAS? O QUE PODE E O


QUE NÃO PODE SER FEITO?

Manter as atividades usuais toleradas e evitar o repouso absoluto no leito leva a uma
recuperação mais rápida . Se o paciente apresenta ciatalgia com dor importante, pode se
beneficiar com repouso em decúbiro lateral e pernas flexionadas. Não existem evidências que
exercícios físicos específicos sejam benéficos para o tratamento das lombalgias agudas e eles
não devem ser recomendados . Não existem evidências para a recomendação do uso de
suportes lombares para o tratamento das lombalgias agudas com ou sem radiculopatia.

4.QUANDO PODE SER INDICADO O USO DE AINES E ANALGÉSICOS?

Nas lombalgias agudas, n pode misturar os dois o uso dos aines é mais benéfico do que os
analgésicos por agirem na diminuição da inflamação.

5.PODE SER FEITA A MANIPULAÇÃO EM PACIENTES COM CIATALGIA?

Não deve ser recomendada se o paciente apresenta ciatalgia.

6.PORQUE SO A MASSAGEM SOZINHA NÃO É RECOMENDADA PARA O TTO?

Porque com estes recursos trabalhamos apenas na sintomatologia na causa e não nas
consequencias. As evidências são insuficientes para a recomendação da massagem como
terapêutica isolada nas lombalgias . faltam evidências da eficácia e da efetividade dos meios
físicos (calor, frio, estimulação elétrica transcutânea [tens]) no tratamento das lombalgias
agudas.

7.DEPOIS DE QTS SEMANAS É LOMBALGIA CRONICA?

6 semanas

8.O QUE SE PODE FAZER PARA AS LOMBLAGIAS CRONICAS?

Exercícios orientados (alongamento, aeróbica de baixo impacto, caminhar, bicicleta


rgométrica, natação) melhoram as dores lombares subagudas ou crônicas e previnem a
recorrência

9.É EFICAZ FAZER O USO DE INFILTRAÇÕES PARA ALIVIAR AS DORES LOMBARES CRONICAS?
Faltam evidências convincentes de que infiltrações locais, epidural ou facetária com
anestésicos e corticóides sejam efetivas para o tratamento das dores lombares crônicas

10.A ELETROTOFOTOTERMOTERAPIA É EFICAZ PARA O TRATAMENTO DAS LOMBALGIAS


CRONICAS?

Apesar de amplamente utilizados, por problemas metodológicos nos ensaios clínicos, faltam

evidências da eficácia e da efetividade dos meios físicos (calor, frio, estimulação elétrica
transcutânea [TENS]) no tratamento das lombalgias crônicas

11. QUAISAS INDICAÇÕES PRA CIRURGIA?

As principais indicações cirúrgicas são: síndrome da cauda eqüina e déficit neurológico grave
agudo. Existem evidências de que a cirurgia precoce, isto é, dentro das primeiras 48 horas,
melhora o prognóstico motor e sensorial na síndrome da cauda equina. Outra possível
Indicação cirúrgica é a lombociatalgia adequadamente tratada que não melhora após 90 dias e
impossibilita o paciente de retomar ao trabalho.