Você está na página 1de 21

u pe r d ic a s

16 S binar seu r
end im en t o n a guitarra
para tur

por Regisson Silva


“Aprendizado implica a mudan
ça de comportamento.
Se tal mudança não ocorreu, es
tamos falando apenas de
enciclopedismo gratuito, para
gastar em almoços e festas”
Regisson Silva

Fundador do blog ShredGuitarShow, profissional da


área de música a mais de quinze anos  atuando
como guitarrista, professor e produtor musical.

Durante os últimos 10 anos esteve envolvido em


vários projetos com bandas (principalmente no
g ê n e ro m e t a l . G r a v o u á l b u n s q u e f o r a m
lançamentos mundiais, além de cooperar
ativamente em projetos paralelos com músicos de
diversos cantos do mundo.

Na área pedagógica se especializou em criação e


desenvolvimento de métodos direcionados a
guitarristas e violonistas. Métodos para iniciantes,
intermediários e avançados, abordando os mais
variados temas como teoria, leitura, percepção,
harmonia, improvisação e, claro, técnica.
INTRODUÇÃO

Grande parte das pessoas imagina o aprendizado como


um processo de absorção, pura e simplesmente, mas
aprender é mudar comportamentos, e sua relação está
diretamente relacionada com modelos mentais. 

Levando em consideração que a atividade técnica na


guitarra exige resposta do corpo físico, há a
necessidade de prepará-lo ao máximo para absorver
essa carga de informação e atividade física e intelectual
ao qual o corpo será exposto. Para tanto exponho aqui
16 dicas essenciais para que você possa tirar o melhor
proveito dos seus estudos.

1. Durma o suficiente.

Estudos têm revelado que quando dormimos o cérebro é


lavado com um fluido que o limpa de toxinas. Quando não
dormimos o suficiente, nossos cérebros ficam tão cheios
de lixo que fica difícil funcionar corretamente. Quanto é
suficiente em termos de sono depende de você e de como
seu corpo funciona. Dormir entre sete a oito horas por
noite é a recomendação geral para maioria dos
adultos, mas algumas pessoas precisam de menos sono e
outras de mais. Você deve ser capaz de se sentir acordado
e alerta durante a maior parte do dia sem a ajuda de
estimulantes. Se você ficar cansado antes das quatro ou
cinco da tarde, provavelmente não está dormindo o
suficiente (ou está dormindo demais).

2. Coma o suficiente.

Quando você está com fome, seu cérebro fica com


dificuldade de absorver qualquer informação. É difícil se
concentrar quando todo o seu corpo sente que o
estômago está vazio. Coma o suficiente em todas as
refeições principais. Você pode até escolher algo saudável
para fazer um lanche nos intervalos dos seus estudos.

3. Hidrate-se com frequência.

Seu corpo funciona melhor quando está bem hidratado.


Sem água o suficiente você não será capaz de se
concentrar. Você pode facilmente ficar distraído por sua
sede, às vezes até sem perceber. A desidratação pode até
causar sintomas como dor de cabeça, tornando mais difícil
aprender.

4. Se exercite fisicamente.

Alguns estudos descobriram que exercícios físicos leves


durante o estudo podem ajudar a aprender mais rápido. Para
pessoas muito ativas fisicamente ser forçado a ficar parado
por muito tempo também pode tornar difícil manter o foco,
por isso se exercitar durante o estudo também pode ser útil
nesse sentido. Ex: caminhadas curtas, alongamentos, etc.

"Manter seu corpo descansado, bem


alimentado e hidratado, e sempre
ativo irá aumentar seu rendimento
em cerca de 40%"
5. Ensine seu cérebro a aprender.

Aprender rápido é um hábito e você pode precisar treinar


seu cérebro para substituir maus hábitos por bons. Melhore
seu foco fazendo seu treinamento sem pausas. Reserve um
horário e lugar apenas para aprender e mantenha esse local
como se fosse sagrado. Talvez o mais importante seja
encontrar uma maneira de tornar o aprendizado divertido
para você. Isso fará com que seu cérebro queira estudar
mais e você não terá tanta dificuldade para guardar o
conteúdo.

Obs: faça pausas programadas a cada 25 minutos de


treino.

6. Preste atenção quando aprender algo pela primeira


vez.

A melhor maneira de aprender mais rápido é prestando


atenção quando as coisas são explicadas para você pela
primeira vez. A menor perda de concentração pode fazer o
cérebro não reter a informação de maneira adequada. Tente
manter a atenção a todos os detalhes técnicos e teóricos.
Dicas de posicionamentos mãos, macetes, tudo isso irá
acelerar seu desenvolvimento, mas para que isso funcione
mantenha o foco na explicação inicial trazida pelo seu
professor, ele vai te dar todas as dicas necessárias para
alavancar seu desenvolvimento.

7. Faça anotações.

Essa é outra ótima maneira de manter a concentração


quando se aprende um assunto pela primeira vez. As
anotações te obrigam a pensar sobre o tema e também
servem para estudar depois. Ex: assuntos como teoria e
harmonia ficam muito mais fáceis de serem aprendidos se
você fizer suas próprias anotações, para técnica anote os
macetes para evitar esquecimentos.

8. Crie um ambiente propício.

Você precisa de um ambiente tranquilo para estudar se


quiser aumentar as chances do cérebro reter informações.
Escolha um lugar tranquilo e livre de distrações. Ter um
lugar reservado para estudar e aprender também pode
ajudar porque estimula o seu cérebro a trabalhar de
determinada maneira. Tenha sempre sua guitarra ao alcance
de suas mãos, isso vai facilitar a manter sua rotina de
estudos.

9. Trabalhe de acordo com o seu estilo de aprendizado


(visual, auditivo, físico).

Existem diferentes maneiras de absorver melhor as


informações. Podemos aprender usando todas elas, mas
geralmente há uma ou duas que funcionam melhor para um
indivíduo. Você pode fazer testes online para ajudar a
descobrir qual o seu estilo, mas se tiver um professor
disponível ele pode ser capaz de ajudá-lo a descobrir. Você
pode até mesmo conversar com ele sobre incluir mais desse
estilo de aprendizado nas aulas. Ex. se você for mais visual vai
aprender melhor com tabelas, gráficos. Já se você for auditivo
vai preferir atividades que se relacionem diretamente com os
sons em si, tocar sobre backing tracks, gravar e etc. 

10. Aprenda da forma certa para o tipo de material em


estudo.

Dependendo do assunto você pode ajustar a forma de estudo


para aprender as habilidades certas que funcionam para seu
cérebro de maneira mais prática e rápida. Por exemplo, no
caso da guitarra os tópicos de ordem técnica estarão quase
que totalmente relacionados à parte prática do instrumento,
porém a lógica ou outra forma mais metodológica pode ser útil
para memorizar escalas e shapes de acordes, arpejos, etc.

11.Faça uma avaliação de distúrbios de aprendizagem.

Se você sente que tem problemas graves de concentração ou


que seu cérebro parece não absorver toda a informação,
mesmo com ajuda de diferentes técnicas, pode ser uma boa
ideia fazer uma avaliação para identificar distúrbios de
aprendizagem. Existem muitos tipos de dificuldades e muitas
são bastante comuns. Isso não significa que você é estúpido
ou que há algo errado com você e sim que você aprende de
uma forma diferente. Ex: dislexia - que causa problemas com
a leitura, déficit de atenção ou até mesmo problemas de
audição.

12. Estude logo que possível e com a maior frequência


que conseguir.

É claro que quanto mais você estudar, mais vai aprender, logo
estudar com frequência é uma boa ideia. Para isto elabore
uma boa estratégia de estudos, programe-se e seja rigoroso
com seus horários. LEMBRE-SE: isso é importante para você
e não para sua família e/ou amigos, portanto, é você quem
deve priorizar seu horário de estudo!
13. Busque um tutor ou professor.

Isso irá ajudar muito a se desenvolver mais rápido e você não


perderá tempo nem dinheiro aprendendo coisas que não
serão úteis para seu desenvolvimento. Um profissional
experiente fará toda diferença no seu desenvolvimento
musical, ensinando através de uma metodologia eficiente e
de forma segura coisas que você provavelmente não
conseguiria encontrar na internet, ou da maneira correta, ou
ainda talvez levaria muito mais tempo para aprender sozinho! 

“Os atalhos dos ensinamentos estão aí


para te ajudar, mas somente um
profissional saberá dar uma base sólida
para você se desenvolver de maneira
ordenada e consciente.”
14. Faça um mapa mental para acelerar os estudos.

Um mapa mental é uma ótima maneira de gravar todas as


informações diretamente no cérebro. Ele é uma representação
visual do que você está tentando aprender. Use cartões,
imagens e folhas de papel para escrever fatos, explicações e
conceitos organizados. Fixe os itens em uma parede,
colocando os semelhantes juntos e usando fios ou outros itens
para indicar ideias e assuntos conectados. Estude a partir
desse mapa em vez de apenas olhar apenas as anotações.

15. Memorize de forma eficiente para reter a informação


rápido. 

Quando você estiver aprendendo e estudando, é uma boa


ideia ficar confortável com pequenos conjuntos de
informações antes de passar para os novos, dessa forma você
sempre terá um link entre assuntos novos e o que você já
sabia anteriormente.

16. Use um contexto que você considere interessante.

Quando você tem o contexto para os assuntos, fica muito mais


fácil processá-los. Quando esse contexto é realmente
interessante para você, ele também torna as informações mais
fáceis de lembrar. Procure experiências que podem ajudar você
a contextualizar o que está tentando aprender. Ex. ao aprender
uma técnica específica, tente estudar frases e/ou licks que
coloquem esta técnica em prática. Use e abuse dos backing
tracks (você pode encontrá-los aos montes no youtube), ou
mesmo do desenvolver um repertório contendo músicas que
utilizem na prática a técnica estudada. 

Como organizar meus estudos


corretamente?

Durante anos dei aulas presenciais e desde o início 2016


resolvi focar no método online de ensino por trazer
resultados mais rápidos e por se alinhar com a minha missão
de ajudar o maior número de pessoas possível a realizar o
sonho de aprender a tocar guitarra e de fazer o que gosta.

Mas desde o início da minha carreira na área pedagógica eu


notei que um dos principais motivo pelo qual as pessoas
falham ao aprender a tocar um instrumento não é
necessariamente a falta de habilidade e/ou falta de tempo,
mas sim a falta de um método de organização e o
comprometimento pessoal com esse método.
Mesmo aquelas pessoas que moram nos grandes centros, e
tem a oportunidade de estudar em uma instituição de
qualidade. 


É por isso que resolvi disponibilizar o meu método de
organização pessoal. Utilizando toda a minha experiência
de mais de 15 anos de profissão, onde ensinei centenas de
alunos a atingir seus objetivos como guitarrista, para
desenvolver uma metodologia eficiente que fosse capaz de
ensinar mesmo pela internet a melhor maneira para você se
organizar e atingir seus objetivos na guitarra


Esse é um curso online sobre como organizar seus estudos
para obter o melhor rendimento em curto espaço de tempo,
e aproveitando da melhor maneira possível as possibilidades
dentro da sua agenda diária.

Veja a seguir como funciona o Curso


Técnica Express
Neste curso você vai aprender:

- Como organizar os assuntos a serem estudados por


grupos;

- Técnicas para gerenciamento de tempo adaptáveis à sua


disponibilidade (baseado em um dos melhores métodos de
gerenciamento de tempo do mundo!);

- Como definir suas Prioridade;

- Modelos prontos de estudo para você adaptar à sua


realidade e aplicar na sua rotina de estudos;
Ao fazer sua inscrição no curso você recebe seu login e senha
de acesso ao Portal do Aluno diretamente no seu e-mail e
poderá assistir as aulas onde, quando e quantas vezes quiser. 


Aí você me pergunta “ah mas e o preço, deve ser muito caro,


né?”

Minha resposta é “muito menos do que você poderia imaginar,


você vai se surpreender!!”

ENTÃO CLIQUE AQUI E VEJA ESTE VÍDEO EXCLUSIVO QUE GRAVEI PARA VOCÊ