Você está na página 1de 2

EXERCÍCIOS DE FIXAÇÃO.

(26/05/2018)
01. (UFPB) Numa reação química, o equilíbrio é
observado quando:
a) O número de mols dos reagentes é igual ao
número de mols dos produtos.
b) A temperatura do sistema reacional fica
constante.
c) As velocidades das reações direta e inversa
são
iguais.
d) Os reagentes são totalmente consumidos. De acordo com o gráfico, é correto afirmar:
e) As reações direta e inversa ocorrem a) em t1, a reação alcançou o equilíbrio;
simultaneamente. b) no equilíbrio, a concentração de M é maior
que
02. (CEFET – PR) Com relação ao equilíbrio a concentração de P;
químico, c) em t2, a reação alcança o equilíbrio;
afirma-se: d) no equilíbrio, as concentrações de M e P são
I. O equilíbrio químico só pode ser atingido em iguais;
sistemas fechados (onde não há troca de e) em t1, a velocidade da reação direta é igual à
matéria com o meio ambiente). velocidade da reação inversa.
II. Num equilíbrio químico, as propriedades
macroscópicas do sistema (concentração, 04. Escreva as expressões matemáticas das
densidade, massa e cor) permanecem constantes de equilíbrio Kc e Kp dos seguintes
constantes. equilíbrios em fase gasosa.
III. Num equilíbrio químico, as propriedades a) H2 + I2 ⇄ 2 HI
macroscópicas do sistema (colisões entre b) 2 H2 + S2 ⇄ 2 H2S
moléculas, formação de complexos ativados e c) 2 N2H4 + 2 NO2 ⇄ 3 N2 + 4 H2O
transformações de uma substâncias em outras) 05. (UFPE) Considere o sistema em equilíbrio:
permanecem em evolução, pois o equilíbrio é 2 HI(g) ⇄ H2(g) + I2(g) Kc = 0,02
dinâmico. Qual a equação da constante de equilíbrio da
É (são) correta(s) a(s) afirmação(ões): reação inversa
a) Somente I e II. nas mesma condições?
b) Somente I e III.
c) Somente II e III. 06. (UECE) a 1.200 oC, Kc é igual a 8 para a
d) Somente I. reação:
e) I, II e III. NO2(g) ⇄ NO(g) + ½ O2(g).
Calcule Kc para: 2 NO2(g) ⇄ 2 NO(g) + O2(g).
03. (PUC-PR) O gráfico relaciona o número de
mols de M e P à medida que a reação: 07. Calcule a constante de equilíbrio Kc para a
mM + nN ⇄ pP + qQ se processa para o reação
equilíbrio: 2 SO2(g) + O2(g) ⇄ 2 SO3(g) sabendo que, nas
condições de temperatura e pressão em que se
encontra o sistema, existem as seguintes
concentrações dos compostos no equilíbrio:
[SO3] =
0,1 mol/L; [O2] = 1,5 mol/L e [SO2] = 1,0 mol/L.

08. O pentacloreto de fósforo é um reagente


muito
importante em Química Orgânica. Ele é
preparado
em fase gasosa através da reação:
PCℓ3(g) + Cℓ2(g) ⇄ PCℓ5(g).
Um frasco de 3,00 L contém as seguintes
quantidades em equilíbrio, a 200 oC: 0,120 mol
de
PCℓ5; 0,600 mol de PCℓ3 e 0,0120 mol de Cℓ2.
Calcule o valor da constante de equilíbrio, em
(mol/L)
-1
, a essa temperatura.

09. Um equilíbrio envolvido na formação da


chuva
ácida está representado pela equação:
2 SO2(g) + O2(g) ⇄ 2 SO3(g).
Em um recipiente de 1 litro, foram misturados 6
mols de SO2 e 5 mols de O2. Depois de algum
tempo, o sistema atingiu o equilíbrio; o número
de
mols de SO3 medido foi 4. Calcule a constante
de
equilíbrio Kc dessa reação.

10. Um método proposto para coletar energia


solar
consiste na utilização dessa energia para
aquecer,
a 800 oC, trióxido de enxofre, SO3, ocasionando
a
reação: 2 SO3(g) ⇄ 2 SO2(g) + O2(g). Os
compostos
SO2(g) e O2(g), assim produzidos, são
introduzidos
em um trocador de calor de volume
correspondente
a 1,0 L e se recombinam produzindo SO3 e
liberando calor. Se 5,0 mols de SO3 sofre 60%
de
dissociação nessa temperatura, marque o valor
correto de Kc.
a) 1,1
b) 1,5
c) 3,4
d) 6,7
e) 9,0