Você está na página 1de 9

Meio: Imprensa Pág: 70

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 1 de 9

CONDUÇÃO
DACIA DUSTER vs CITROËN C3 AIRCROSS
Meio: Imprensa Pág: 71

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 2 de 9

CONCORRFNTE
Oito anos depois, a Dacia apresenta a segunda geração do Duster, um SUV que,
por ter um preço imbatível, continua a não ter concorrentes. O mais próximo é o
Citroën C3 Aircross. As versões Diesel continuam a ser as mais procuradas
Marco António . •. • José Bispo
Meio: Imprensa Pág: 72

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 3 de 9

---
Meio: Imprensa Pág: 73

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 4 de 9

O DACIA DUSTER CONTINUA


A SER UMA REFERÊNCIA SEM
CONCORRENTES NO SEGMENTO
DOS PEQUENOS SUV

mbora mantenha a mesma fisio-


nomia, há muitas diferenças en-
tre esta nova geração do Duster e
a anterior, desde a parte frontal
onde os faróis agora mais perto
das extremidades dão uma sen-
sação de maior largueza (uma
ilusão porque o novo modelo
é mais estreito), até à traseira
bastante modificada, passando
pela parte lateral onde as novas
jantes de 17" contribuem para um aspeto mais robusto de
um dos SUV de maior sucesso do mercado. Em contrapar-
tida, o aspeto do C3 Aircross segue uma solução intermédia
e menos radical entre o todo-o-terreno e o monovolume,
partilhando para isso imensos elementos do Opel Crossland
X, enquanto o Duster partilha alguns elementos da Renault,
nomeadamente do Clio. É o caso do motor 1.5 dCi de no cv,
aqui em confronto com o conhecido motor 1.6 BlueHdi de
12.0 cv do Citroën C3 Aircross. Para além desta motorização
Diesel, que no final deste ano terá uma versão mais potente
(115 cv) e económica, o Duster oferece a versão TCe a gaso-
lina de 125 cv e uma versão a G PL prevista para mais tarde.
Os dois disputam o segmento que mais tem crescido na Eu-
ropa, por isso não admira que a ambição da Dada seja refor-
çar o excelente desempenho comercial do anterior modelo.
A Citroën que não tem esse historial no mercado dos pe-
quenos SUV, vê no C3 Aircross uma oportunidade de cres-
cer também aí, ainda que para isso não possua nenhuma
versão 4x4. Em compensação oferece para os mais radicais
a opção do "Grip Control" que mais não é do que um siste-
ma que varia e controla a tração em função do tipo de piso.
Ele está sempre associado a outras ajudas como o controlo
de descida e a utilização de pneus mistos. Por essa circuns-
tância podemos dizer que o C3 Aircross só não é tão eficaz
fora de estrada quanto o Dacia Duster 4x2 porque não tem
tanta altura ao solo nem possui ângulos de ataque e de saída
tão acentuados. Mesmo assim, acompanha o Duster nas ca-
minhadas por terra, conforme tivemos oportunidade de ve-
rificar nas várias saídas de estrada. Nesses cenários, o Duster
continua a surpreender, ainda que esta versão .4xz tenha uma
altura ao solo inferior à versão 4x4 devido à transformação
que a marca teve de fazer para contornar a aberrante lei que
divide os carros em classes nas portagens da auto-estrada em
função da altura ao eixo da frente. O facto de o capot ter uma
forma um pouco mais alta para defender melhor os peões em
caso de atropelamento foi o suficiente para ser apanhado na
malha da lei. A solução passou por baixar a altura nessa zona
mediante a utilização de uns amortecedores específicos com
o apoio das molas ao milímetros mais baixo.

SUSPENSÃO MAIS BAIXA


Para reduzir o impacto negativo que essa modificação pode
ter no conforto, as molas usadas são agora mais suaves, uma
caraterística que nalgumas situações prejudica o comporta-
mento dinâmico. Na comparação com o C3 Aircross, o mo-
delo da marca francesa tem uma suspensão mais orientada
Meio: Imprensa Pág: 74

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 5 de 9

O CONDUÇÃO
DACIA DUSTER vs CITROEN C3 AIRCROSS

FAMILIARES
Como se não
bastasse
a atitude
aventureira
de ambos,
ainda tèm
para oferecer
o espaço e
versatilidade
de um carro
familiar, com
bagageira
o condizer.
Nesta matéria
o Citroën
leva a melhor
no espaço e
também na
regulaçõo
longitudinal dos
bancos traseiros
Meio: Imprensa Pág: 75

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 6 de 9

, , _ , ,.
. ,
Y•16~ ,
," ' :,'.¡"•,' <''..».---,‘•'¡;4 • ,.L ,5 ','-,. ''' -
4 1:e,
P .?)..."-
, . • - .,, ' •-': 4.t" ;'-f' .••
• • ., ''
'''' í "/ ; '. '''''71
' ''' ". ' ''''...1.:4'Í
"...i7V
f, ` '''' • ',','' ' ›.., e ' ; "E" • s '
4 '. :1
• $'..;

para o conforto. Esta porém, não reage muito bem quando FORA DE
as irregularidades são mais amplas, onde as reações sào mais ESTRADA
O Citroën não
secas. Para além da modificação da altura do apoio das mo- tem nenhuma
las ter reduzido a altura ao solo para os 186 milímetros (O C3 versão 4x4
tem uma altura de apenas 175 milímetros) também o ângulo mas em
de ataque passou de 3o° para 27° e o ângulo de saída desceu compensação
oferece um
de 34° para 33°, enquanto o ângulo ventral que tem mais a ver controlo de
com a distância entre eixos se manteve em 21°. tração (Grip
Mas se esta versão 4x2 conseguiu ser Classe 1, a mesma sorte Control) que
não teve a versão 4x4 que passou a ser taxada como classe z! varia em funçõo
dos condições
Uma mudança que não deixa de ser preocupante por 25 por de aderência.
cento das vendas do anterior modelo corresponderem a essa A menor altura
versão mais radical. Uma versão que nesta nova geração estreia ao solo e um
ângulo de
ajudas importantes numa condução fora de estrada. As estreias
entrada e de
são o controlo de descida (Hill Descent Control) que tanto jei- saida mais
to deu na descida à maior pedreira do país perto de Vila Viçosa pequenos
(O C3 também tem esta ajuda associada ao Grip Control) e a limitam a sua
prestação
câmara "multi-view" que permite ter uma visão total do am- foce à superior
biente que nos rodeia, nomeadamente à frente. Para isso, o sis- capacidade
tema serve-se de quatro câmaras (uma frontal, duas laterais e do Dada
uma instalada na traseira) que podem ser ligadas e desligadas
manualmente. As câmaras laterais, posicionadas sob os retro-
visores, permitem visualizar diretamente as rodas dianteiras
e assim conhecer, com rigor, a posição do Duster no terreno.
Outras novidades, partilhadas com o C3 Aircross, são o alerta
do ângulo morto e o sistema de ativação automática das luzes.

INTERIOR MUITO DIFERENTE


Uma boa surpresa é a evolução do interior, desde o &sign
até à qualidade dos materiais, ainda que aqui haja um po-
tencial de progresso grande. Neste capítulo o Citroën é mais
evoluído, com a oferta de melhores padrões de qualidade
sem que isso inflacione significativamente o seu valor mo-
netário. Com uma habitabilidade semelhante, o interior do
Meio: Imprensa Pág: 76

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 19,00 x 27,50 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 7 de 9

CONDUÇÃO
DACIA DUSTER vs CITROËN C3 AIRCROSS

ASPETO
MAIS
RADICAL
A parte
traseira é uma
das maiores
diferenças do
novo Duster em
relação ao seu
antecessor.
E se à frente
a altura baixou.
na traseira
manteve-se

C3 é mais versátil graças ao movimento longitudinal em duas


partes do banco traseiro, que pode aumentar o espaço para
C3 AIRCROSS DUSTER
as pernas e diminuir a capacidade da mala, ou vice-versa. Na 1.6 BLUEHDI 4X2 DCI 110
configuração mais ampla da mala esta ultrapassa a Capacida-
de do Duster (520 contra 478 litros). Os bancos é que não são
tão cómodos pois os novos bancos do Duster, para além de
apresentarem maior capacidade de retenção oferecem um
melhor apoio lombar e uma posição de condução mais agra- MOTOR DIESEL:4 CIL EM LINHA: 1560 C.C.: DIESEL; 4 CIL EM LINHA: 1461 C.0:
dável. 120 CV: 88 KW / 3500 RPM 110 CV: 80 KW / 4000 RPM
300 NM/1750 RPM 260 NM/1750 RPM
O banco do condutor beneficia de um apoio de braço e da BINÁRIO 10.9 KG/CV 10.9 KG/CV
possibilidade de ser regulado até 6o milímetros em altura REL PESO/POTÊNCIA MANUAL DE 6VEL MANUAL DE 6 VEL.
TRANSMISSÃO 1308 KG 1205 KG
(mais zo milímetros que a geração anterior) enquanto o vo- PESO 4.15/L75/159 M 434/18011.89 M
lante passou a ser regulado em altura e profundidade. COMP/LARG./ALT. 2.60 M 2.67 M
Sem ter a possibilidade de ser tão personalizado quanto o C3 DIST. ENTRE EIXOS 410-520-1289 L 478-1623 L
MALA 9.13> 183 KM/H 11.95 ;171 KM/H
onde a opção do teto panorâmico dá ao Aircross uma luminosi- DESEMPENHO
dade superior, o Dacia Duster compensa com uma arrumação
interior maior, graças aos novos espaços distribuídos pelo ha- CONSUMO 4.1(941 L/100 KM 4.4 (59/ 1/100 KM
ÂNGULO DE ATAQUE 23' 27°
bitáculo que totalizam uma capacidade adicional de 27,2 litros. ÂNGULO DE SAIDA 29.3° 33'
ANGULO VENTRAL ND 21°
MENOS DE 20 MIL EUROS ALTURA AO SOLO 178 MM 186 MM
EMISSÕES CO2 107 G/KM (0 ASSE C) 05 G/KM (CLASSE O
Com a mesma relaçào pesojpotência, as prestações são muito
semelhantes, ao contrário do comportamento que, pelas cara- -.1E01;;ÕES Ti/RI10
DESTAQUES DE EQUIPAMENTO
tcrísticas já referidas, é ligeiramente diferente. SÉRIE: ALER rA DO ANGULO MORTO; SÉRIE: BARRAS NO TEJADILHO,
Enquanto o Duster tem um desempenho típico de um SUV, o Al1213AGS LATERAIS: AJUDA DE JANTES EM LIGA LEVE DE 16", ESP:
ARRANQUE NAS SUBIDAS: DIREÇÃO AJUDA DE ARRANQUE EM SUBIDA:
C3, Aireross tem uma atitude mais influenciada pela transfe- ELÉTRICA, COMPUTADOR DE GORDO: AIRBAG LATERAL. ALERTA ANGULO
CRUISE CONTROL: JANTES EM LIGA
rência de peso. Em ambos a direção filtra bem as irregularida- LEVE DE 16"; CX MAN. DE G VEL
MORTO. DIREÇÃO ELÉTRICA;
COMPUTADOR DE BORDO. CRUISE
des do piso, mesmo nos percursos mais duros e irregulares fora OPCAES: TETO PANORÁMICO: CONTROL, OPÇÕES: AC AUT..
GRIP CONTROL. PNEUS MISTOS: AJUDA AO ESTACIONAMENTO: GPS-
de estrada para os quais o Dacia está mais apto. Aptos estão MILL DESCENT CONTROL PINTURA
METALIZADA
CAMARA DE MARCHA ATRAS PNEU
SOBRESSALENTE
também nos consumos, onde a diferença real a favor do Dacia
é mínima. MOTOR / EQUIPAMENTO / , DESEMPENHO FORA DE ESTRADA
Do ponto de vista económico o grande argumento a favor O HABITABILIDADE C / CONSUMOS / QUALIDADE
do Duster 1.5 dCi 4.1cz é o preço, pois nenhum concorrente.
inclusive o C3 1.6 BlueHDi de too cv, fica abaixo dos zo mil O DIREÇÃO MUITO ASSISTIDA /
DESEMPENHO 4X4 O AERODINÂMICA / AUSÉNCIA
DE PNEU SOBRESSALENTE
eu ros. O
Meio: Imprensa Pág: 3

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 11,09 x 3,59 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 8 de 9

70 COMPARATIVO
[;ACIA DUSTER OU CITROËN C3 AIRCROSS?
Meio: Imprensa Pág: 1

País: Portugal Cores: Cor

Period.: Mensal Área: 6,11 x 0,90 cm²

ID: 76008653 01-08-2018 Âmbito: Desporto e Veículos Corte: 9 de 9

liwsia vANG
AS BEM DIFERENTES DE ATRAVESSAR UMA SERRA
T-CROSS
DACIA DUSTER + C3 AIRCROSS
FORD FOCUS
CEDES CLASSE C
ABARTH
TRPCK
DAY

ASIC)
CONTRA OS MAIS TEMÍVEIS
#443 AGOSTO 2018
00443

,CAL 4.70€ ICOML7 SIGA-NOS EM WWW.TURBO.PT oco IPAD/IPHONE/ANDROID/PC O FACEBOOK.COM/REVISTATURBO 111


5 60772 29578
II II I VIII

Você também pode gostar