Você está na página 1de 3

O QUE É NOVA ERA

Pergunta: A Nova Era faz sucesso porque promete paz, fraternidade e


felicidade – valores que faltam ao mundo de hoje, e que ninguém vê como
solucionar mediante meios convencionais. Na falta de uma solução
racional e lógica, a mente humana se abre facilmente às propostas
fantasiosas e mágicas, como são as da Nova Era. Como os cristãos
podem responder a esse desafio da Nova Era?

Resposta: O Movimento Nova Era é um conjunto de proposições misticas


pouco lógicas, consubstanciadas em quatro principais teses: 1) o
panteísmo; 2) a reencarnação; 3) a comunicação com o além; e 4) a
implantação de uma nova era dita “de Aquário” (ou Aguadeiro), em que a
humanidade estará unificada sob um só governo mundial e uma só
religião. Tal mensagem é mais fantasiosa e emocional do que lógica e
científica.

Pergunta: O Movimento Nova Era apresenta um sistema de pensamento


uniforme, ou seja, todas as pessoas ligadas ao Movimento Nova Era
possuem uma só linha de pensamento?

Resposta: Não. O Movimento Nova Era compreende várias linhas de


pensamento, que correm paralelas entre si, e formam um conjunto
heterogêneo, tais como: panteismo, ufologia, comunicação com ETs,
psicologia transpessoal, movimento ecológico, cura pela medicina
alternativa dentre outras.

Pergunta: Quais são as crenças religiosas do Movimento Nova Era?

Resposta: O Movimento Nova Era adota o panteísmo. Uma frase muito


usada entre os adeptos desse movimento é “Deus dorme nos minerais,
sente nos vegetais, sonha nos animais e desperta nos humanos”. A Sra.
Helena Blavatsky, uma das precursoras do Movimento Nova Era,
manifesta assim seu pensamento sobre Deus: “Vocês acreditam que o
homem é um deus? – Por favor, diga Deus (com letra maiúscula) e não
um deus (com letra minúscula). E como poderia ser de outra forma?
“Chamamos “pai do céu”(com letra minúscula) a essa essência deífica que
reconhecemos dentro de nós, em nosso coração e em nossa consciência
espiritual”.
Pergunta: O conceito sobre Deus na Bíblia é bem diferente do panteista?

Resposta: Sem dúvida. O Deus da Bíblia é um Deus pessoal, Criador do


universo, e não parte dele. Moisés encontrou Deus na experiência da
sarça ardente, e Deus identificou-se como um ser pessoal, dizendo: “Eu
sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de
Jacó. Eu sou o que Sou” (Êxodo 3.6,14). A Abraão Deus disse: “Eu sou o
Deus Todo-poderoso; anda na minha presença, e sê perfeito” (Gênesis
17.1). Esse Deus eterno revelou-se na Bíblia como Pai, Filho e Espírito
Santo (Mateus 28.19). O conhecimento que este ser Todo-poderoso
possui é declarado sem limites, Deus conhece todas as coisas (1João
3.20). Ele possui vontade (Romanos 12.2). Jesus ensinou a orar “venha o
teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu”(Mateus
6.10).

Pergunta: Qual o conceito do Movimento Nova Era sobre Jesus?

Resposta: Para o Movimento Nova Era Jesus Cristo foi apenas um dos
muitos mestres que contribuíram para a evolução da humanidade. O seu
nome consta de Jesus – apelativo judaico masculino – e Cristo, adjetivo
que designa um nível de evolução elevado. Portanto, Jesus foi um homem
altamente crístico, daí ser chamado Jesus. Jesus não é chamado Senhor
pelos mestres da Nova Era, porque o seu senhorio termina com a Era de
Peixes. Com a mudança de Peixes para Aquário, dizem os astrólogos, sai
de cena também Jesus Cristo, o grande avatar da era que termina, dando
lugar ao patrono máximo de aquário, o mestre San German.

Pergunta: Mas a Bíblia apresenta um conceito totalmente diferente de


Jesus. O que o Pastor diz sobre isso?

Resposta: A Nova Era ignora a pessoa histórica de Jesus Cristo.


Segundo a Bíblia Jesus não é um avatar, nem deixará de ser o que é hoje
e o que a Bíblia fala dele para o furturo. Jesus prometeu que voltará a esta
terra, mas não para ser de novo Crucificado. Ele disse: “Virei outra
vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós
também” (João 14.3). O quadro de Cristo descendo das nuvens do céu,
como se lê em 1Tessalonicenses 4.16-17 e em Apocalipse 1.7, depende
diretamente da doutrina da ressurreição de Cristo. Repetidas vezes no
Novo Testamento Cristo profetizou sua ressurreição corporal dos mortos
(Mateus 20.19; Marcos 9.31 e 10.34).
Pergunta: Os adeptos da Nova Era acreditam na ressurreição de Jesus?

Resposta: Não. Até chegam a admitir sua ressurreição, mas uma


ressurreição do espírito. Não estão preparados para confessar a
ressurreição corporal de Jesus, da mesma forma como as Testemunhas
de Jeová, que falam da ressurreição do espírito de Jesus e negam sua
ressurreição corporal. Jesus ressuscitado disse que um espírito não tem
carne e ossos como ele tinha, quando apareceu aos discípulos (Lucas
24.36-41). Assim, a Nova Era teme a pregação do evangelho de Jesus
Cristo, que é o mesmo ontem, hoje e eternamente (Hebreus 13.8) e o fato
da sua ressurreição. Daniel 7.13-14 fala do reinado imutável de Jesus.