Você está na página 1de 283

BC-2800 Analisador hematológico automático

Manual de operação
© 2005-2007 Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd. Todos os direitos
reservados.

Declaração de propriedade intelectual

A SHENZHEN MINDRAY BIO-MEDICAL ELECTRONICS CO., LTD. (doravante denominada


Mindray) detém todos os direitos de propriedade intelectual sobre este produto e este manual.
Este manual pode fazer referência a informações protegidas por direitos autorais ou patentes,
mas não concede qualquer licença de direitos de patente da Mindray ou de terceiros. A
Mindray não assume qualquer responsabilidade sobre infrações de patentes ou de direitos de
terceiros.

A Mindray pretende manter o conteúdo desse manual como informação confidencial. É


terminantemente proibida a publicação das informações contidas neste manual, em qualquer
suporte, sem autorização por escrito da Mindray. É terminantemente proibido publicar,
modificar, reproduzir, distribuir, alugar, adaptar ou traduzir este manual sem autorização por
escrito da Mindray.

e são marcas comerciais ou marcas registradas de propriedade da


Mindray na China e em outros países. Todas as demais marcas comercias citadas neste
manual foram utilizadas exclusivamente com objetivos editoriais, sem qualquer intenção de
uso indevido, e pertencem a seus respectivos proprietários .

O conteúdo deste manual está sujeito a alterações sem prévio aviso.

I
Responsabilidade do fabricante

Parte-se do pressuposto de que todas informações contidas neste manual são corretas. A
Mindray não se responsabiliza pelos erros aqui contidos ou por danos acidentais ou
conseqüentes relacionados à distribuição, aplicação ou uso.

A Mindray é responsável pela segurança, confiabilidade e desempenho deste produto apenas


quando as seguintes condições forem satisfeitas:

„ Apenas pessoal autorizado pela Mindray realiza operações de instalação, expansão,


alterações, mudanças e reparos no produto. e

„ A instalação elétrica do local onde está instalado o equipamento cumpre as


especificações locais e nacionais aplicáveis. e

„ O uso do produto segue estritamente as instruções fornecidas neste manual.

Garantia

Esta garantia é exclusiva e substitui todas as demais garantias, expressas ou implícitas,


incluindo garantias de comercialização ou aplicação para um objetivo específico.

Exceções

As obrigações e responsabilidades da Mindray relativas a essa garantia não incluem gastos


com transporte ou de qualquer outro tipo, nem responsabilidade por atraso ou danos diretos,
indiretos ou ocasionados pelo uso inadequado do produto, pelo uso de componentes ou
acessórios não aprovados pela Mindray, ou ainda por reparos realizados por pessoal não
autorizado.

Esta garantia não é aplicável nas seguintes situações:

„ Qualquer produto Mindray submetido a má utilização, negligência ou acidente. ou

„ Qualquer produto Mindray cuja etiqueta original com número de série ou outras marcas
de identificação tenham sido alteradas ou removidas. ou

„ Qualquer produto de outro fabricante.

II
Política de devolução

Caso seja necessário devolver uma unidade à Mindray, proceda de acordo com as instruções
a seguir:

1.Obtenha uma autorização de devolução.


Entre em contato com o departamento de manutenção da Mindray para obter um Número de
autorização de serviço ao cliente Mindray. Esse número deve aparecer no lado externo da
embalagem de envio. Não serão aceitas devoluções se o Número de autorização de Serviço
de Atendimento ao Cliente Mindray não esteja claramente visível. Inclua também o número
do modelo, o número de série e uma breve descrição do motivo da devolução.

2.Política de frete.
O cliente é responsável pelos custos de frete quando o produto é enviado à Mindray para
manutenção (incluindo taxas alfandegárias ou qualquer outro gasto relativo ao frete).

3.Endereço para devolução.


Envie os componentes ou o equipamento para o endereço fornecido pelo Serviço de
Atendimento ao Cliente.

III
Informações para contato

Fabricante: Shenzhen Mindray Bio-Medical Electronics Co., Ltd.


Endereço: Mindray Building, Keji 12th Road South, Hi-tech Industrial
Park, Nanshan, Shenzhen 518057 P.R. China
Tel: +86 755 26582479 26582888
Fax: +86 755 26582934 26582500

Representantes na UE: Shanghai International Holding Corp. GmbH (Europa)


Endereço: Eiffestraße 80, 20537 Hamburg Alemanha
Tel: 0049-40-2513175
Fax: 0049-40-255726

IV
Nome do produto: Auto Hematology Analyzer

Para este manual de operação, a data de emissão é março de 2007 (Versão: 1.0).
Índice

1 Como usar este manual .......................................................................... 1-1


1.1 Introdução .............................................................................................. 1-1
1.2 Quem deve ler este manual................................................................... 1-2
1.3 Como encontrar informações................................................................. 1-3
1.4 Convenções usadas neste manual........................................................ 1-4
1.5 Termos especiais usados neste manual................................................ 1-5
1.6 Símbolos ................................................................................................ 1-7

2 Noções sobre o analisador..................................................................... 2-1


2.1 Introdução .............................................................................................. 2-1
2.2 Uso pretendido....................................................................................... 2-2
2.3 Interface do usuário ............................................................................... 2-3
2.3.1 Visor LCD .................................................................................... 2-6
2.3.2 Dispositivos de entrada............................................................... 2-6
2.3.3 Registrador.................................................................................. 2-8
2.3.4 Interface do teclado..................................................................... 2-8
2.3.5 Portas seriais............................................................................... 2-8
2.3.6 Porta paralela .............................................................................. 2-8
2.3.7 Fonte de energia para o drive de disquete ................................. 2-8
2.3.8 Indicador de energia ................................................................... 2-8
2.3.9 Dispositivos opcionais................................................................. 2-8
2.4 Software do instrumento ...................................................................... 2-10
2.4.1 Tela principal ............................................................................. 2-10
2.4.2 Proteção de tela ........................................................................ 2-11
2.4.3 Menu do sistema....................................................................... 2-12
2.5 Reagentes, controles e calibradores ................................................... 2-13
2.5.1 Diluente ..................................................................................... 2-13
2.5.2 Lise............................................................................................ 2-14
2.5.3 Enxágüe .................................................................................... 2-14
2.5.4 Solução de limpeza do E-Z ....................................................... 2-14
2.5.5 Limpador de sonda ................................................................... 2-14
2.5.6 Controles e calibradores ........................................................... 2-14

3 Noções sobre os princípios do sistema ................................................ 3-1


3.1 Introdução .............................................................................................. 3-1
3.2 Aspiração ............................................................................................... 3-2
3.3 Diluição .................................................................................................. 3-3
3.4 Medida GB/Hb........................................................................................ 3-4

1
Índice

3.4.1 Medição volumétrica ................................................................... 3-4


3.4.2 Princípios de medição................................................................. 3-6
3.4.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GB ......................... 3-7
3.4.4 Hb................................................................................................ 3-8
3.5 Medida GV/PLT...................................................................................... 3-9
3.5.1 Medição volumétrica ................................................................... 3-9
3.5.2 Princípios de medição............................................................... 3-10
3.5.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GV ....................... 3-10
3.5.4 Derivação dos parâmetros relacionados ao PLT ...................... 3-12
3.6 Limpeza................................................................................................ 3-13

4 Instalação do analisador ......................................................................... 4-1


4.1 Introdução .............................................................................................. 4-1
4.2 Requisitos de instalação ........................................................................ 4-2
4.2.1 Requisitos de espaço.................................................................. 4-2
4.2.2 Requisitos de energia ................................................................. 4-2
4.2.3 Ambiente geral ............................................................................ 4-3
4.3 Como retirar a embalagem do analisador ............................................. 4-4
4.3.1 Como retirar a embalagem e inspecionar o analisador .............. 4-4
4.3.2 Como mover o analisador ........................................................... 4-4
4.4 Procedimento de instalação................................................................... 4-5
4.4.1 Conexão de reagentes................................................................ 4-5
4.4.2 Como instalar o papel registrador ............................................... 4-9
4.4.3 Como conectar o teclado .......................................................... 4-11
4.4.4 Como conectar a impressora (opcional) ................................... 4-11
4.4.5 Como conectar o scanner do código de barras (opcional) ....... 4-11
4.5 Como iniciar o analisador .................................................................... 4-12

5 Personalização do software do analisador ........................................... 5-1


5.1 Introdução .............................................................................................. 5-1
5.2 Senha..................................................................................................... 5-2
5.2.1 Inserção da senha de administrador........................................... 5-2
5.2.2 Redefinição da senha do usuário comum................................... 5-3
5.3 Edição de configurações........................................................................ 5-4
5.3.1 Reagente..................................................................................... 5-5
5.3.2 Configurações de impressão e comunicação ............................. 5-7
5.3.3 Data e hora................................................................................ 5-12
5.3.4 Ganho........................................................................................ 5-14
5.3.5 Contagem.................................................................................. 5-19
5.3.6 Intervalo de referência .............................................................. 5-22
5.3.7 Outras configurações ................................................................ 5-26

6 Operação do analisador.......................................................................... 6-1


6.1 Introdução .............................................................................................. 6-1

2
Índice

6.2 Verificações Iniciais................................................................................ 6-2


6.3 Ligado .................................................................................................... 6-3
6.4 Controle de qualidade diário .................................................................. 6-4
6.5 Seleção do modo de análise.................................................................. 6-5
6.6 Coleta e manuseio de amostra .............................................................. 6-6
6.6.1 Amostras de sangue total ........................................................... 6-6
6.6.2 Amostras de Pré-diluído.............................................................. 6-7
6.7 Teste de amostras de Sangue total ....................................................... 6-9
6.7.1 Inserção de informações da amostra.......................................... 6-9
6.7.2 Teste das amostras ................................................................... 6-14
6.7.3 Funções especiais .................................................................... 6-15
6.8 Teste de amostras Pré-diluídas ........................................................... 6-18
6.8.1 Inserção de informações da amostra........................................ 6-18
6.8.2 Teste das amostras ................................................................... 6-23
6.8.3 Funções especiais .................................................................... 6-23
6.9 Desligar ................................................................................................ 6-26

7 Revisão dos resultados da amostra ...................................................... 7-1


7.1 Introdução .............................................................................................. 7-1
7.2 Navegação por todos os resultados de amostra ................................... 7-2
7.2.1 Navegação no modo Histograma ............................................... 7-2
7.2.2 Navegação no modo “Tabela” ..................................................... 7-8
7.3 Pesquisa de resultados de amostra interessada................................. 7-19
7.3.1 Início da pesquisa ..................................................................... 7-19
7.3.2 Revisão dos resultados da pesquisa no modo “Tabela” ........... 7-21
7.3.3 Revisão dos resultados da pesquisa no modo “Histograma” ... 7-32

8 Uso dos programas de controle de qualidade ...................................... 8-1


8.1 Introdução .............................................................................................. 8-1
8.2 CQ com controles .................................................................................. 8-2
8.2.1 Edição de CQ.............................................................................. 8-2
8.2.2 Manipulação de controles ........................................................... 8-6
8.2.3 Revisão dos resultados de CQ ................................................. 8-11
8.3 Análise X-B .......................................................................................... 8-16
8.3.1 Edição de CQ............................................................................ 8-16
8.3.2 Execução da análise X-B .......................................................... 8-19
8.3.3 Revisão dos resultados X-B...................................................... 8-20

9 Uso dos programas de calibração ......................................................... 9-1


9.1 Introdução .............................................................................................. 9-1
9.2 Quando calibrar...................................................................................... 9-2
9.3 Como calibrar......................................................................................... 9-3
9.3.1 Preparação do analisador ........................................................... 9-3
9.3.2 Calibração utilizando o programa do calibrador ......................... 9-4

3
Índice

9.3.3 Calibração de sangue fresco .................................................... 9-11


9.3.4 Programa de calibração manual ............................................... 9-18

10 Manutenção do analisador ................................................................... 10-1


10.1 Introdução ............................................................................................ 10-1
10.2 Orientações gerais ............................................................................... 10-2
10.3 Como usar o programa “Manutenção”................................................. 10-4
10.3.1 Preparação com diluente .......................................................... 10-5
10.3.2 Prep. c/ solução de enxágüe .................................................... 10-6
10.3.3 Preparação com solução de lise ............................................... 10-7
10.3.4 Alargar abertura ........................................................................ 10-9
10.3.5 Lavar aberturas com jato de água ............................................ 10-9
10.3.6 Limpeza da sonda com solução de limpeza ........................... 10-10
10.3.7 Limpeza de E-Z com solução de limpeza ............................... 10-12
10.3.8 Teste de lise ............................................................................ 10-14
10.3.9 Limpar banheira ...................................................................... 10-17
10.3.10 Drenar banheira ............................................................ 10-17
10.3.11 Drenagem da tubulação ................................................ 10-19
10.3.12 Limpeza do bloco de limpador ...................................... 10-20
10.3.13 Preparação para transporte .......................................... 10-23
10.4 Utilização do programa “Status”......................................................... 10-25
10.5 Uso do programa “Auto-teste” ........................................................... 10-26
10.5.1 Teste do sistema de fluidos..................................................... 10-27
10.5.2 Teste dos motores e do Registrador/Impressora.................... 10-27
10.5.3 Teste de válvulas..................................................................... 10-28
10.5.4 Teste do Interruptor A/D .......................................................... 10-29
10.6 Log ..................................................................................................... 10-30
10.7 Visualização da Configuração do sistema ......................................... 10-32
10.8 Gerenciamento de impressão............................................................ 10-33
10.9 Calibragem da posição da sonda de amostra ................................... 10-35
10.10 Substituição do limpador da sonda.................................................... 10-39
10.11 Substituição do filtro da câmara a vácuo........................................... 10-40

11 Resolução de problemas do analisador .............................................. 11-1


11.1 Introdução ............................................................................................ 11-1
11.2 Erros sem mensagens disponíveis ...................................................... 11-2
11.3 Erros indicados por mensagens de erro.............................................. 11-3

12 Apêndices ................................................................................................A-1

4
1 Como usar este manual

1.1 Introdução

Este capítulo explica como usar o manual de operação , que é enviado com o analisador
hematológico BC-2800 e que contém informações sobre o BC-2800 e procedimentos para
sua operação, resolução de seus problemas e sua manutenção. Leia este manual
cuidadosamente antes começar a operar o analisador e utilize-o exatamente de acordo com
as instruções.

NOTA
z Certifique-se de que o analisador seja usado exatamente de acordo com as
instruções do manual.

1-1
Como usar este manual

1.2 Quem deve ler este manual

Este manual contém informações destinadas a profissionais de laboratório clínico para que:

„ aprendam sobre o hardware e o software do BC-2800;

„ personalizem as definições do sistema;

„ executem as tarefas diárias;

„ executem a manutenção e a resolução dos problemas do sistema.

1-2
Como usar este manual

1.3 Como encontrar informações

Este manual de operação contém 11 capítulos e 4 apêndices. Consulte a tabela abaixo para
encontrar as informações necessárias.

Se deseja… Consulte…
aprender sobre o uso pretendido e os parâmetros do Capítulo 2 Noções sobre o
BC-2800 analisador
aprender sobre o hardware e o software do BC-2800 Capítulo 2 Noções sobre o
analisador
aprender sobre o funcionamento do BC-2800 Capítulo 3 Noções sobre os
princípios do sistema
aprender sobre a instalação do BC-2800 Capítulo 4 Instalação do
analisador
aprender sobre a definição ajuste das configurações do Capítulo 5 Personalização do
sistema software do analisador
aprender sobre o uso do BC-2800 para a execução das Capítulo 6 Operação do
tarefas operacionais diárias analisador
aprender sobre a verificação dos resultados das análises Capítulo 7 Revisão de
salvas amostras de resultados
aprender sobre o uso dos programas de controle de Capítulo 8 Uso dos
qualidade programas de controle de
qualidade
aprender sobre a calibração do BC-2800 Capítulo 9 Uso dos
programas de calibração
aprender sobre a manutenção/serviço do BC-2800 Capítulo 10 Manutenção do
analisador
aprender sobre os significados das mensagens de erro e Capítulo 11 Resolução dos
como corrigir o problema problemas do analisador
aprender sobre as especificações técnicas do BC-2800 Apêndice B Especificações
ver o resumo de todas as mensagens de segurança incluídas Apêndice C Precauções,
neste manual limitações e riscos
aprender sobre o protocolo de comunicação do BC-2800 Apêndice D Comunicação

1-3
Como usar este manual

1.4 Convenções usadas neste manual

Este manual usa certas convenções tipográficas para esclarecer o significado no texto:

„ Todas as letras maiúsculas em [ ] indicam um nome de uma tecla (ou no teclado


embutido ou no externo), como [ENTER].

„ Todas as letras em maiúsculo, negrito e itálico indicam uma operação especial definida
na seção seguinte, como SELECIONE.

„ Letras em negrito entre “ ” indicam textos que são encontrados na tela, como “Preparar
para transporte”.

„ Letras em negrito indicam campos/áreas definidos na tela, como a área Status do


sistema, ou títulos de capítulo, como Capítulo 1 Como usar este manual.

Todas as ilustrações deste manual são fornecidas somente como exemplos. Essas
ilustrações talvez não reflitam necessariamente a configuração do seu analisador ou os
dados exibidos.

1-4
Como usar este manual

1.5 Termos especiais usados neste manual

Quando ler … Significa …


pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) conforme a
CLIQUE
necessidade de mover o cursor até um certo botão na tela e
pressionar [ENTER].
pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) conforme a
necessidade de mover o cursor até a caixa de edição
desejada e usar o teclado embutido ou o externo para inserir
INSIRA as letras ou números desejados. Note que além das teclas
numéricas, você também pode usar as teclas [PgUp] ou
[PgDn] para inserir os dígitos; ou reconhecer um código de
barras por meio do scanner.
pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) conforme a
necessidade de mover o cursor até o caractere ou dígito à
esquerda daquele que deseja excluir e pressionar [DEL]; ou
EXCLUA pressione as teclas de seta ([←][→][↑][↓]) conforme a
necessidade de mover o cursor até o caractere ou dígito à
direita daquele que deseja excluir e pressione [BackSpace] no
teclado externo.

mova o cursor até o caractere ou dígito que deseja mudar e


MODIFIQUE insira o caractere desejado usando o teclado embutido ou o
externo.
pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) conforme a
SELECIONE “ ** ” da necessidade de mover o cursor até a caixa de edição
lista suspensa desejada e pressione [ENTER] para exibir a lista suspensa; e
pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor até o item desejado e
pressione [ENTER] para selecioná-lo.
pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) conforme a
SELECIONE
necessidade até o item desejado e pressione [ENTER].

NOTA
z Este analisador adota um ponto decimal fixo. É possível inserir dígitos sem

1-5
Como usar este manual

se preocupar em procurar pelo [.] no teclado externo.

1-6
Como usar este manual

1.6 Símbolos

Os símbolos a seguir estão presentes neste manual.

Quando vir… Então…


leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta

ATENÇÃO sobre um dano operacional que pode causar ferimentos


pessoais.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta

CUIDADO sobre a possibilidade de danos ao analisador ou resultados


de análise não confiáveis.
leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
NOTA sobre informações que requerem sua atenção.

leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta


sobre a possibilidade de uma situação de risco biológico.

É possível encontrar os seguintes símbolos no analisador ou no reagente.

Quando vir… Significa …


EQÜIPOTENCIALIDADE

CUIDADO, CONSULTE OS DOCUMENTOS


QUE ACOMPANHAM O PRODUTO.

RISCO BIOLÓGICO

ALTA VOLTAGEM

CORRENTE ALTERNADA

USADO POR

1-7
Como usar este manual

NÚMERO DE SÉRIE

DIAGNÓSTICO IN VITRO

DATA DE FABRICAÇÃO

LIMITAÇÃO DE TEMPERATURA

CONSULTE INSTRUÇÕES PARA O USO

O DISPOSITIVO ESTÁ EM PLENA


CONFORMIDADE COM OS DISPOSITIVOS
MÉDICOS 98/79/EC DA DIRETIVA DO
CONSELHO SOBRE DIAGNÓSTICO IN
VITRO.
FABRICANTE

REPRESENTANTE AUTORIZADO NA
COMUNIDADE EUROPÉIA

SUBSTÂNCIA QUE CAUSA IRRITAÇÃO

AS DEFINIÇÕES SEGUINTES DO RÓTULO


WEEE APLICAM-SE SOMENTE AOS
PAÍSES MEMBROS DA UNIÃO EUROPÉIA:
O USO DESSE SÍMBOLO INDICA QUE
ESTE PRODUTO NÃO DEVE SER
TRATADO COMO LIXO DOMÉSTICO. AO
GARANTIR QUE ESSE PRODUTO SEJA
DESCARTADO CORRETAMENTE, VOCÊ
AJUDARÁ A PREVENIR CONSEQÜÊNCIAS
NEGATIVAS AO AMBIENTE E À SAÚDE
HUMANA. PARA INFORMAÇÕES MAIS

1-8
Como usar este manual

DETALHADAS COM RELAÇÃO A


DEVOLUÇÃO E RECICLAGEM DESTE
PRODUTO, CONSULTE O DISTRIBUIDOR
DO QUAL COMPROU O PRODUTO.

1-9
Como usar este manual

(4)

(3)
(2)

(1)

Figura1-1 Voltar ao analisador

(1)
Eqüipotencialidade.

(2)

„ Conecte somente a uma tomada aterrada adequada;

„ Para evitar choque elétrico, desconecte o cabo de força antes de remover ou substituir o
fusível;

„ Substitua o fusível somente por um do tipo e categoria especificados.

(3)
Risco biológico.

(4)

As definições seguintes do rótulo WEEE aplicam-se somente aos países membros da União

1-10
Como usar este manual

Européia: O uso deste símbolo indica que este produto não deve ser tratado como lixo
doméstico. Ao garantir que esse produto seja descartado corretamente, você ajudará a
prevenir conseqüências negativas ao ambiente e à saúde humana. Para informações mais
detalhadas com relação a devolução e a reciclagem deste produto, consulte o distribuidor do
qual comprou o produto.

(5)

Figura 1-2 Etiqueta de aviso

(5)

Para evitar danos, não coloque a mão debaixo do motor quando a máquina estiver
funcionando.

1-11
Como usar este manual

(6)

Figura 1-3 Etiqueta de aviso

(6)

Para evitar choques elétricos, não se esqueça de desconectar a fonte de alimentação antes
de fazer a manutenção deste dispositivo.

1-12
Como usar este manual

(7)

Figura 1-4 Etiqueta de aviso de alta tensão

(7)

ALTA VOLTAGEM

1-13
2 Noções sobre o analisador

2.1 Introdução

O BC-2800 é um analisador hematológico automático quantitativo e um contador


diferencial de leucócitos para ser usado em diagnósticos In Vitro em laboratórios clínicos.

2-1
Noções sobre o analisador

2.2 Uso pretendido

NOTA
z O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal, com todos os
parâmetros normais gerados pelo sistema, e marcar ou identificar
resultados do paciente que requerem estudos adicionais.

O analisador é usado para a determinação das quantidades dos 19 parâmetros máximos e


dos 3 histogramas de amostras de sangue.

Glóbulos brancos ou leucócitos GB


Linfócitos Nº linf.
Célula de tamanho médio Nº méd
Granulócito Nº gran.
Porcentagem de linfócitos % linfócito
Porcentagem de células de tamanho médio % méd
Porcentagem de granulócitos % gran.

Glóbulo vermelho ou eritrócito GV


Concentração de hemoglobina Hb
Volume corpuscular médio (eritrócitos) VCM
Hemoglobina corpuscular média (eritrócitos) HCM
Concentração média de hemoglobina celular CHCM

(eritrócitos)
Coeficiente de variação da amplitude de distribuição ADVG-VC

dos glóbulos vermelhos (eritrócitos)


Desvio padrão da amplitude de distribuição dos ADVG-SD

glóbulos vermelhos (eritrócitos)


Hematócrito Ht
Plaqueta PLT
Volume plaquetário médio VPM
Amplitude da distribuição de plaquetas ADP
Plaquetócritos PCT

Histograma de glóbulos brancos Histograma de GB


Histograma de glóbulos vermelhos Histograma de GV
Histograma de plaquetas Histograma de PLT

2-2
Noções sobre o analisador

2.3 Interface do usuário

Figura2-1 Visão frontal

1 ---- Visor LCD 2 ---- Teclado


3 ---- Registrador 4 ---- Indicador de energia
5 ---- Tecla de aspiração 6 ---- Sonda de amostra

2-3
Noções sobre o analisador

Figura2-2 Visão posterior

1 --- Interruptor 2 --- Eqüipotencialidade


3 --- Saída de lixo (Vermelho) 4 --- Entrada de lyse (Laranja)
5 --- Entrada de enxágüe (Azul) 6 --- Entrada de diluente(Verde)

2-4
Noções sobre o analisador

Figura 2-3 Vista esquerda

1 --- Porta 1 RS-232 2 --- Porta paralela


3 --- Porta 2 RS-232 4 --- Interface de energia do drive de disquete
5 --- Interface com o teclado

2-5
Noções sobre o analisador

2.3.1 Visor LCD


O visor LCD está localizado no painel frontal do analisador, como mostra a Figura 2-4. Ele
exibe todos os dados alfanuméricos e gráficos.

2.3.2 Dispositivos de entrada


Os dispositivos de entrada incluem a tecla de aspiração, teclado embutido e teclado PS/2.

„ Tecla de aspiração

A tecla de aspiração está localizada atrás da sonda de amostra, como mostra a figura Figura
2-4. É possível pressionar a tecla para iniciar o ciclo selecionado ou dispensar o diluente.

Figura 2-4 Sonda de amostra e chave de aspiração

1.Sonda de amostra 2. Tecla de aspiração

2-6
Noções sobre o analisador

„ Teclado embutido

O teclado de 18 teclas está localizado abaixo do LCD, como mostra a Figura 2-5.

Figura 2-5 Teclado embutido

„ Teclado PS/2

O analisador também pode ser controlado por um teclado PS/2 externo que deve ser
conectado à interface do teclado do analisador. Consulte a Tabela 2 -1 para verificar a
correspondência entre as teclas do teclado embutido e as do externo e suas funções.

Tabela 2 -1 Funções das teclas

Teclado Teclado PS/2 Função


embutido

[MENU] [Esc] Pressione para entrar/sair do menu do sistema.


[PRINT] [P] ou [p] Pressione para imprimir os dados no registrador ou na
impressora.
[AJUDA] [H] ou [h] Pressione para exibir a ajuda on-line do analisador.
[DEL] [Delete] ou [Del] Pressione para excluir dados e caracteres.
[ENTER] [ENTER] Pressione para confirmar ou executar uma operação.
[↑], [↓], [↑], [↓], Pressione-as para mover o cursor.
[←], [→] [←], [→]

[F1], [F2], [F3], [F1], [F2], [F3], Pressione-as para usar várias funções. Consulte o
[F4], [F5] [F4], [F5] restante deste material ou a ajuda on-line do analisador
para obter mais detalhes.
[PgUp][PgDn] [PageUp] Pressione-as para percorrer a tela.
[PageDown]
[MODO] [Ctrl+A] Alterna para outro modo de análise (funciona apenas na
tela Contagem).

[DILUENTE] No modo pré-diluído, pressione essa tecla se desejar

2-7
Noções sobre o analisador

dispensar diluente no tubo de amostra.


/ Outras teclas Use-as conforme necessário. Consulte o restante deste
material ou a ajuda on-line do analisador para obter mais
detalhes.

2.3.3 Registrador
O registrador térmico está localizado no painel frontal. É possível usá-lo para imprimir
relatórios de análise e outras informações interessantes.

2.3.4 Interface do teclado


Um teclado PS/2 pode ser conectado aqui.

2.3.5 Portas seriais


O analisador fornece duas portas RS-232, um para conectar o scanner e outro para conectar
o computador (host).

2.3.6 Porta paralela


O analisador fornece uma porta paralela para conectar uma impressora ou um drive de
disquete (um disquete é necessário para atualizar o software do sistema; o drive somente
pode ser conectado pelo cabo fornecido pela Mindray).

2.3.7 Fonte de energia para o drive de disquete


Fornece energia para conectar o drive do disquete. Somente o cabo de drive de energia
fornecido pela Mindraypode ser usado.

2.3.8 Indicador de energia


O indicador de energia indica se o analisador está ligado, desligado ou se a tela está em
modo econômico.

2.3.9 Dispositivos opcionais


„ impressora

Uma impressora externa pode ser conectada à porta paralela na lateral esquerda do
analisador. É possível usá-la para imprimir um relatório detalhado e outras informações
interessantes.

2-8
Noções sobre o analisador

„ Scanner de código de barras

Um scanner de código de barras pode ser conectado à porta 1 RS-232 do analisador. É


possível usá-lo para reconhecer as amostras IDs do código de barra e as informações
reagentes no analisador.

NOTA
z Certifique-se de utilizar a impressora e o scanner do modelo especificado.

2-9
Noções sobre o analisador

2.4 Software do instrumento

2.4.1 Tela principal


Após terminar o procedimento Iniciar, o analisador entra na tela "Contagem", que é a tela a
ser usada mais freqüentemente, por isso o nome Tela principal.
Área de Status do
Área de Títulos Área do modo Contagem
sistema

Área de Mensagens de Área de Ajuda Área de status do


erro Figura 2-6 tela “Contagem” reagente

„ Área de Títulos

A área de Títulos exibe os títulos da tela atual que, no caso da Figura 2-6, é a “Contagem”.

„ Área do modo Contagem

A área do modo Contagem exibe em qual modo de análise (contagem), a próxima amostra
deve ser analisada. No caso da Figura 2-6, a próxima amostra deve ser analisada em
“Sangue total-Todos”.

„ Área de Status do sistema

A área de Status do sistema mostra se este analisador está pronto para a próxima análise.
Quando ela exibe “Pronto”, significa que este analisador está pronto e pode-se prosseguir
para a próxima amostra. Quando exibe “Esperando”, significa que o analisador ainda não
está pronto para a próxima execução. Quando ela exibe “Executando”, significa que este
analisador está analisando uma amostra.

2-10
Noções sobre o analisador

„ Área de Tempo do sistema

A área Tempo do sistema exibe a hora do sistema.

„ Área de informações de amostra

A área de Informações de amostra tem duas subáreas, a superior chamada “Amostra


atual” e a inferior “Próxima amostra”.

A “Amostra atual” refere-se à amostra cujo resultado da análise é exibido na tela


“Contagem”. A ID da amostra, o tempo de análise, o modo de análise e as informações do
paciente (nome, sexo, idade) são exibidos respectivamente nos campos da área “Amostra
atual”.

A “Próxima amostra” refere-se à amostra que será analisada em seguida. A ID da amostra e


o modo de análise são exibidos na área “Próxima amostra”.

„ Área de resultados de análise

A área de Resultados de análise exibe os resultados da análise, incluindo histogramas da


amostra atual.

„ Área de Mensagens de erro

A área de Mensagens de erro exibe as mensagens de erro uma por uma, alternando a cada
dois segundos.

„ Área de status do reagente

A área de Status do reagente exibe para quantas contagens os reagentes restantes são
suficientes. Observe que quando é exibido “99 contagens”, isso indica que os reagentes são
suficientes para mais de 99 contagens e também que há espaço suficiente no recipiente de
lixo para as contagens; quando é exibido “0 contagem”, isso indica que pelo menos um dos
reagentes não é suficiente ou que o recipiente de lixo está cheio.

„ Área de menus

Quando [MENU] for pressionado, esta área exibe o menu do sistema.

„ Área de Ajuda

A área de Ajuda o auxilia a prosseguir para a próxima etapa.

2.4.2 Proteção de tela


Este analisador entrará na proteção de tela quando ficar inativo na tela “Contagem” por 10

2-11
Noções sobre o analisador

minutos. Quando isso acontece o analisador recolhe a sonda de amostra, o LCD fica escuro
e o indicador de energia fica intermitente. Pressione qualquer tecla para retornar à tela e
recolocar a sonda de amostra.

2.4.3 Menu do sistema


Pressione o botão [MENU] e o menu do sistema, mostrado na Figura 2 -7 abaixo, será
exibido.

Figura 2 -7 Menu do sistema

O menu do sistema contém 7 programas. Os programas seguidos por “>”s contêm outros
submenus.

Pode-se selecionar o programa desejado como explicado abaixo.

Se deseja… Selecione…

analisar amostras Contagem


rever os resultados da amostra Revisão
executar o programa Controle de qualidade Controle de
qualidade
personalizar o software do sistema Configurações
manter/servir o analisador Serviço
calibrar o analisador Calibração
desligar o analisador Desligar

2-12
Noções sobre o analisador

2.5 Reagentes, controles e calibradores

Como o analisador, os reagentes (diluente, enxágüe, lise, purificador de sonda e de E-Z), os


controles e os calibradores são componentes de um sistema, o desempenho deste depende
da combinação da integridade de todos os componentes. Deve-se usar somente os
reagentes especificados pela Mindray (consulte as especificações do Apêndice B), que
são formuladas especialmente para o sistema de fluido do analisador para fornecer
desempenho ideal do sistema. Não use outros reagentes. Caso isso aconteça, o analisador
pode não alcançar o desempenho especificado neste manual e pode fornecer resultados
pouco confiáveis. Todas as referências relacionadas a reagentes neste manual fazem
relação com os reagentes formulados especialmente para este analisador.

Cada pacote de reagente deve ser examinado antes de ser usado. Inspecione o pacote para
verificar se há sinais de vazamento ou umidade. A integridade do produto pode ser
comprometida em pacotes danificados. Se há sinais de vazamento ou manuseio impróprio,
não use o reagente.

NOTA
z Armazene e use os reagentes conforme explicado pelas instruções para o
uso dos reagentes.

z Ao mudar o diluente, enxágüe ou lise, execute uma análise de fundo para


ver se os resultados satisfazem o requisito.

z Preste atenção às datas de validade e aos dias de estabilidade do frasco


aberto de todos os reagentes. Certifique-se de não utilizar reagentes
vencidos.

z Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os reagentes parados


por um tempo antes de usá-los.

2.5.1 Diluente
O diluente é formulado para satisfazer os seguintes requisitos:

„ Diluir as amostras de sangue;

„ Fornecer aos glóbulos sangüíneos um ambiente semelhante ao do plasma sangüíneo;

„ Manter o volume celular de cada glóbulo vermelho e de cada plaqueta durante a


contagem e dimensionar a poção do ciclo de medida;

„ Fornecer uma média condutiva para a contagem impedância dos glóbulos vermelhos e
dos brancos e das plaquetas.

2-13
Noções sobre o analisador

2.5.2 Lise
O lise é formulado para satisfazer os seguintes requisitos:

„ Para quebrar rapidamente a parede de glóbulos vermelhos, libere a hemoglobina da


célula e reduza o tamanho dos detritos celulares a um nível que não interfira na
contagem dos glóbulos brancos.

„ Converter a hemoglobina em um complexo cuja absorção seja determinada pela


concentração de hemoglobina.

2.5.3 Enxágüe
O enxágüe é formulado para enxaguar as banheiras e os tubos de medição, fornecer
formação de meniscos adequados para os tubos de medição e mantê-los durante cada ciclo
de medição.

2.5.4 Solução de limpeza do E-Z


O limpador E-Z (enzimático) é uma solução de limpeza isotônico com base em enzimas e um
agente umedecedor formulado para limpar as linhas e banhos de fluido.

2.5.5 Limpador de sonda


O limpador de sonda é uma solução de limpeza alcalina formulada para limpar as linhas de
fluido, aberturas e banhos.

2.5.6 Controles e calibradores


Os controles e calibradores são usados para verificar a operação precisa e calibrar o
analisador.

Os controles são produtos de sangue total preparados comercialmente e são usados para
checar se o analisador está funcionando de maneira adequada. Eles estão disponíveis em
níveis baixo, normal e alto. Uso diário de todos os níveis checa a operação do analisador e
garante que resultados confiáveis são obtidos. Os calibradores são produtos de sangue total
comercialmente preparados e são usados para calibrar o analisador.

Leia e siga as instruções para usar os controles e calibradores. Todas as referências


relacionadas aos controles e aos calibradores neste manual fazem referência aos reagentes
hematológicos Liquichek 16 e ao calibrador do sistema "CC" especialmente formulados para
este analisador. Deve-se comprar estes controles e calibradores da Mindray ou de
distribuidores autorizados pela Mindray.

2-14
3 Noções sobre os princípios do
sistema

3.1 Introdução

Os dois métodos independentes de medição usados no analisador são:

„ o método Coulter para determinação os dados GB, GV, e PLT;

„ o método coulométrico para determinação de Hb.

Durante cada ciclo de análise, a amostra é aspirada, diluída e misturada antes da


determinação de cada parâmetro ser executada.

3-1
Noções sobre os princípios do sistema

3.2 Aspiração

Este analisador pode processar dois tipos de amostras sangüíneas – amostras de sangue
total e de sangue pré-diluído.

Se a análise for de uma amostra de sangue total, pode-se simplesmente apresentar a


amostra à sonda da amostra e pressionar a tecla aspirar para que 13µL da amostra seja
aspirada para dentro do analisador.

Se a análise for de uma amostra sangüínea capilar, primeiro deve-se diluir manualmente a
amostra (20 µL da amostra capilar precisa ser diluída com 1,6 mL de diluente) e então,
apresentar esta amostra pré-diluída à sonda da amostra e pressionar a tecla aspirar para
que 0,7 mL dela seja aspirada para dentro do analisador.

3-2
Noções sobre os princípios do sistema

3.3 Diluição

Geralmente, em amostras sangüíneas as células estão muito próximas umas das outras
pare serem identificadas ou contadas. Por esse motivo, o diluente é usado para separá-las
para que uma por vez passe pela abertura e também para criar um ambiente de
condutividade para a contagem das células. Além disso, o número de glóbulos vermelhos
geralmente é 1.000 vezes maior que o número de glóbulos brancos. Por esse motivo, o lise
necessita ser adicionado à amostra para eliminar os glóbulos vermelhos antes da contagem
GB.

3-3
Noções sobre os princípios do sistema

3.4 Medida GB/Hb

3.4.1 Medição volumétrica


Uma contagem precisa de células não pode ser obtida a não ser que o volume exato da
amostra diluída que passa pela abertura durante a parte da contagem do ciclo de análise (o
ciclo de contagem) seja conhecida. Este analisador usa a unidade de medição volumétrica
para controlar o ciclo da contagem e para garantir que o volume exato da amostra seja
analisado.

A unidade de medição que controla o ciclo da contagem GB consiste em um tubo de


medição com dois sensores ópticos fixados nele, como mostra a Figura 3-1. Este tubo
garante a medição precisa de uma quantidade de amostra diluída durante cada ciclo de
contagem. A quantidade exata é determinada pela distância entre os dois sensores ópticos.
O enxágüe é utilizado para criar um menisco no tubo de medição. O ciclo de contagem inicia
quando o menisco atinge o sensor superior e pára quando o menisco atinge o sensor inferior.
O tempo exigido para que o menisco se locomova do sensor superior até o inferior é
chamado de Tempo da contagem GB e é medido em segundos. Ao final do ciclo de
contagem, o tempo de contagem medido é comparado ao tempo de contagem de referência
predefinido (consulte o capítulo 5.3 para obter detalhes). Se o primeiro for 2 segundos, ou
mais, menor ou maior que o segundo, o analisador irá acusar bolhas GB ou um erro de
obstrução GB. Ao ver a mensagem de erro, consulte o Capítulo 11 Como resolver os
problemas do analisador.

3-4
Noções sobre os princípios do sistema

Sensor superior Sensor superior

Sensor inferior Sensor inferior

1 Esvaziar ao iniciar. 2 A superfície líquida diminui no tubo


volumétrico.

Sensor superior Sensor superior

Sensor inferior Sensor inferior

4 A contagem é concluída quando a


3 A contagem inicia quando a superfície
superfície líquida passa pelo sensor
líquida passa pelo sensor superior.
inferior.
Figura 3-1 Processo de medição volumétrica

3-5
Noções sobre os princípios do sistema

3.4.2 Princípios de medição


„ Medição GB

Os GBs são contados e dimensionados pelo método de Coulter, como mostra a Figura - 32.
Este método está baseado na medição das alterações da resistência elétrica produzida por
uma partícula, que nesse caso é um glóbulo, suspensa em um diluente condutor conforme
passa por uma abertura de dimensões conhecidas. Um eletrodo é submerso no líquido nas
duas laterais da abertura para criar uma passagem elétrica. Conforme cada partícula passa
pela abertura, uma alteração transitória na resistência entre os eletrodos é produzida. Essa
alteração produz um pulso elétrico mensurável. O número de pulsos gerados indica o
número de partículas que passaram pela abertura. A amplitude de cada pulso é proporcional
ao volume de cada partícula. Cada pulso é ampliado e comparado aos canais de voltagem
de referência internos, que só admitem pulsos de certa amplitude. Se o pulso gerado for
acima do limiar GB, é contado como GB.

Amostra diluída

Pressão negativa
Abertura

Voltagem

Circuito
Eletrodo

Fonte de energia constante

Impulso Hora

Figura - 32O método Coulter de contagem e dimensionamento

„ Medição Hb

Hb é determinada pelo método coulométrico. A diluição GB/Hb é entregue ao banho onde é


misturado com uma certa quantidade de lise, que converte hemoglobina em um complexo de
hemoglobina que pode ser medido a 525 nm. Um LED é montado de um lado do banho e
emite um feixe de luz monocromático, com comprimento de onda central de 525 nm, e é,
então, medido por um sensor de luz que é montado no lado oposto. Então, o sinal é
amplificado e a voltagem é medida e comparada com a leitura de referência em branco
(leituras obtidas quando há somente um diluente no banho). O Hb é calculado pela equação
seguinte e é expressada em g/l.

3-6
Noções sobre os princípios do sistema

Hb(g/l) = Constante×Log 10 (Corrente de luz nula/Amostra de corrente de luz)

3.4.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GB


„ GB

GB (109/ l) é o número dos leucócitos medidos diretamente pela contagem de glóbulos


brancos que passam pela abertura.

WBC = n × 109 / L

Note que quando observar NRBCs (glóbulos vermelhos nucleados), os quais não reagem
com o lise e podem ser confundidos com os glóbulos brancos pelo analisador no
microscópio, certifique-se de que o resultado gerado pelo sistema seja corrigido pela
seguinte fórmula,

100
WBC'=WBC ×
100+NRBC

onde GB representa o número de glóbulos brancos gerados pelo sistema, NRBC o número
de NRBCs encontrados em 100 glóbulos brancos e o número correto de glóbulos brancos de
GB.

„ Diferença de GB

Com a ajuda do diluente e do lise, este analisador pode dimensionar os glóbulos brancos em
três sub-populações - linfócito, células de tamanho médio (incluindo monócitos, basófilos e
eosinófilos) e granulócitos. Com base no histograma do GB, este analisador calcula as
Linfas %, Mid % e Gran % como segue e expressa os resultados em porcentagem.

PL
Lymph% = × 100
PL + PM + PG

PM
Mid% = × 100
PL + PM + PG

PG
Gran% = × 100
PL + PM + PG

9
em que PLT = partículas na região de linfócitos( 10 / L )

9
PM = partículas na região de tamanho médio( 10 / L )

9
PG = partículas na região de granulócitos( 10 / L ).

3-7
Noções sobre os princípios do sistema

Após atingir os três parâmetros acima, este analisador prossegue ao cálculo de Linfa# , Mid#
9
e Gran# pelas seguintes equações e expressá-las em 10 /L.

Lymph% × WBC
Lymph# =
100
Mid % × WBC
Mid # =
100
Gran % × WBC
Gran # =
100

„ Histograma de GB

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma


GB, cuja coordenada x representa o volume da célula (fl)e a coordenada y representa o
número de células. O histograma é apresentado na área de resultados da análise da tela
"Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos
resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de
amostras).

Os três primeiros discriminadores do histograma podem ser ajustados caso não esteja
satisfeito com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado GB for menor
que 0.5 ou fora do intervalo de operação.

3.4.4 Hb
Ao usar o método coulométrico, este analisador calcula a concentração de hemoglobina (g/l)
como segue.

Hb(g/l) = Constante×Log 10 (Corrente de luz nula/Amostra de corrente de luz)

3-8
Noções sobre os princípios do sistema

3.5 Medida GV/PLT

3.5.1 Medição volumétrica


Uma contagem precisa de células não pode ser obtida a não ser que o volume exato da
amostra diluída que passa pela abertura durante a parte da contagem do ciclo da análise
seja conhecida. Este analisador usa a unidade de medição volumétrica para controlar o ciclo
da contagem e para garantir que o volume exato da amostra seja analisado.

A unidade de medição que controla o ciclo da contagem GV/PLT consiste em um tubo de


medição com dois sensores ópticos fixados nele, como mostra a Figura 3-3. Este tubo
garante a medição precisa de uma quantidade de amostra diluída durante cada ciclo de
contagem. A quantidade exata é determinada pela distância entre os dois sensores ópticos.
O enxágüe é utilizado para criar um menisco no tubo de medição. O ciclo de contagem inicia
quando o menisco atinge o sensor superior e pára quando o menisco atinge o sensor inferior.
O tempo exigido para que o menisco se locomova do sensor superior até o inferior é
chamado de Tempo da contagem GV e é medido em segundos. No final do ciclo de
contagem, o tempo de contagem medido é comparado ao tempo de contagem de referência
predefinido (consulte o capítulo 5.3 para obter detalhes). Se o primeiro for 2 segundos, ou
mais, menor ou maior que o segundo, o analisador irá acusar bolhas de GV ou um erro de
obstrução GV. Ao ver a mensagem de erro, consulte o Capítulo 11 Como resolver os
problemas do analisador.

Sensor superior Sensor superior

Sensor inferior Sensor inferior

1 Esvaziar ao iniciar. 2 A superfície líquida diminui no tubo


volumétrico.

Sensor superior Sensor superior

Sensor inferior Sensor inferior

4 A contagem é concluída quando a


3 A contagem inicia quando a superfície superfície líquida passa pelo sensor
líquida passa pelo sensor superior. inferior.

3-9
Noções sobre os princípios do sistema

Figura 3-3 Processo de medição volumétrica

3.5.2 Princípios de medição


„ Medida GV/PLT

Os GVs/PLTs são contados e dimensionados pelo método de Coulter, como mostra a Figura
3-4. Este método está baseado na medição das alterações da resistência elétrica produzida
por uma partícula, que nesse caso é um glóbulo, suspensa em um diluente condutor
conforme passa por uma abertura de dimensões conhecidas. Um eletrodo é submerso no
líquido nas duas laterais da abertura para criar uma passagem elétrica. Conforme cada
partícula passa pela abertura, uma alteração transitória na resistência entre os eletrodos é
produzida. Essa alteração produz um pulso elétrico mensurável. O número de pulsos
gerados indica o número de partículas que passaram pela abertura. A amplitude de cada
pulso é proporcional ao volume de cada partícula. Cada pulso é ampliado e comparado aos
canais de voltagem de referência internos, que só admitem pulsos de certa amplitude. Se o
pulso gerado for acima do limiar inferior de GV/PLT, é contado como GV/PLT.

Amostra diluída

Pressão negativa
Abertura

Voltage

Circuito
Eletrodo

Fonte de energia constante

Impulso Hora

Figura 3-4 O método Coulter de contagem e dimensionamento

3.5.3 Derivação dos parâmetros relacionados ao GV

„ GV

O GV (1012/l) é o número de eritrócitos medidos diretamente pela contagem de eritrócitos


que passam pela abertura.

3-10
Noções sobre os princípios do sistema

„ VCM

Com base no histograma GV, este analisador calcula a média do volume celular (VCM) e
expressa o resultado em fL .
Este analisador calcula o Ht (%), o HCM (pg) e o CHCM (g/L) da seguinte maneira:

RBC × MCV
HCT =
10

HGB
MCH =
RBC

HGB
MCHC = × 100
HCT
Em que o GV é expressado em 1012/L, o VCM em fL e o Hb em g/L.

„ ADVG-VC

Com base no histograma GV, este analisador calcula o CV (coeficiente de variação) da


amplitude de distribuição do eritrócito.

„ ADVG-SD

A ADVG-SD (Amplitude de distribuição GV – Desvio padrão, fL) é definida em 20% de nível


de freqüência com o auge sendo de 100%, como mostra a Figura 3-5.

Figura 3-5 Amplitude de distribuição GV – Desvio padrão

„ Histograma de GV

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma


GV, cuja coordenada x representa o volume da célula (fL)e a coordenada y representa o
número de células. O histograma é apresentado na área de resultados da análise da tela
"Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos
resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de
amostras).

Os dois discriminadores do histograma GV podem ser ajustados caso não esteja satisfeito
com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado GV for menor que 0.2 ou

3-11
Noções sobre os princípios do sistema

fora do intervalo de operação.

3.5.4 Derivação dos parâmetros relacionados ao PLT

„ PLT

O PLT (109/L) é medido diretamente pela contagem das plaquetas que passam pela
abertura.

„ VPM

Com base no histograma PLT, este analisador calcula o volume médio de plaquetas (VPM,
fL).

„ ADP

A amplitude da distribuição de plaquetas (ADP) é o padrão de desvio geométrico (GSD) da


distribuição dos tamanhos da plaqueta. Cada resultado ADP provém dos dados do
histograma da plaqueta e é relatado como 10(GSD).

„ PCT

Este analisador calcula o PCT conforme mostrado abaixo e o expressa em %.


Em que o PLT é expressado em 109/L e o VPM em fL.

PLT × MPV
PCT =
10000

„ Histograma de PLT

Além do parâmetro mencionado acima, este analisador também apresenta um histograma


PLT, cuja coordenada x representa o volume da célula (fL)e a coordenada y representa o
número de células. O histograma é apresentado na área de resultados da análise da tela
"Contagem" quando a análise é concluída. Também é possível revisar os histogramas dos
resultados armazenados do paciente (consulte o capítulo 7 Revisão de resultados de
amostras).

Os dois discriminadores do histograma PLT podem ser ajustados caso não esteja satisfeito
com o resultado. Note que não é possível ajustá-los se o resultado PLT for menor que 10 ou
fora do intervalo de operação.

3-12
Noções sobre os princípios do sistema

3.6 Limpeza

Após cada ciclo de análise, todos os elementos do analisador são lavados.

„ Lava-se a o lado interno e externo da sonda de amostra com diluente.

„ O banho é feito com diluente e enxágüe.

„ O tubo de medição é enxagüado.

„ O resto do sistema de fluido é lavado com o diluente.

3-13
Instalação do analisador

4 Instalação do analisador

4.1 Introdução

Este capítulo fornece informações para a instalação do BC-2800. Para garantir que todos os
componentes do sistema funcionem corretamente e verificar o desempenho do sistema, um
representante autorizado pela Mindray realizará a instalação e a configuração inicial do
software.

CUIDADO
z A instalação feita por técnicos não autorizados ou não treinados pela
Mindraypode causar danos ao analisador. Não instale o analisador sem a
presença de um técnico autorizado pela Mindray.

4-1
Instalação do analisador

4.2 Requisitos de instalação

Antes da instalação, certifique-se de que os seguintes requisitos de espaço, energia e


ambiente são satisfeitos.

4.2.1 Requisitos de espaço


Verifique se o local possui espaço adequado. Além disso, verifique se há

„ pelo menos 28 cm de cada lado, que é o espaço ideal para a execução dos
procedimentos de serviço;

„ pelo menos 10 cm atrás para os cabos e ventilação;

„ espaço suficiente sobre ou abaixo da bancada para acomodar os frascos para diluente,
enxágüe e lixo.

4.2.2 Requisitos de energia


Verifique a disponibilidade de uma saída de energia que cumpra os seguintes requisitos

„ Tensão: CA 100 V a 240 V;

„ Freqüência: 50/60 ± 1 Hz

„ Potência: 180 VA

„ Fusível: 250 V T4A

ATENÇÃO
z Certifique-se de que o analisador esteja aterrado adequadamente.

z Substitua o fusível somente por um do tipo e categoria especificados.

z Verifique se a tomada elétrica cumpre os requisitos.

NOTA
z Antes de conectar o cabo de alimentação, certifique-se de que o interruptor
na parte posterior do analisador esteja na posição desligado (O).

4-2
Instalação do analisador

4.2.3 Ambiente geral


„ Temperatura operacional: 15 ℃ a 30 ℃.

„ Umidade relativa: 30% a 85%.

„ Pressão atmosférica: 60 kPa a 106 kPa.

„ O ambiente deve ser o mais limpo possível de pó, vibrações mecânicas, barulho alto e
interferência elétrica.

„ Não coloque o analisador próximo a motores escovados, a luzes fluorescentes


oscilantes e a contatos elétricos que são abertos e fechados regularmente.

„ Não coloque o analisador sob a luz do Sol ou em frente a uma fonte de calor ou
correntes de ar.

ATENÇÃO
z Não coloque o analisador em ambientes inflamáveis ou explosivos.

CUIDADO
z Não coloque nenhum recipiente em cima do analisador.

NOTA
z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional
especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

4-3
Instalação do analisador

4.3 Como retirar a embalagem do analisador

4.3.1 Como retirar a embalagem e inspecionar o analisador


O analisador é testado antes de sair da fábrica. Símbolos internacionais e instruções de
manuseio especial instruem o entregador a como cuidar deste instrumento eletrônico. Ao
receber o analisador, inspecione a embalagem cuidadosamente. Se vir qualquer sinal de
mau cuidado ou dano, entre em contato com o departamento de serviço de atendimento ao
cliente da Mindray ou com o seu distribuidor local imediatamente. Quando tiver certeza de
que a embalagem está em perfeitas condições, siga as etapas abaixo para retirar o
analisador da embalagem:

„ Coloque o pacote em pé no chão com as setas do lado da embalagem apontando para


cima;

„ Remova a fita adesiva e retire a caixa de acessórios. Confira os acessórios checando


com a lista. Avise o Mindray Error! Unknown document property name.
(departamento de atendimento ao cliente) ou o seu distribuidor local imediatamente se
perceber que algo está faltando;

„ Abra a caixa principal e confira os itens com base na lista. Avise o Mindray Error!
Unknown document property name. (departamento de atendimento ao cliente) ou o
seu distribuidor local imediatamente se perceber que algo está faltando;

„ Retire a espuma de proteção da parte superior, remova o analisador com cuidado da


caixa e coloque-o na bancada.

„ Retire a espuma que prende a sonda de amostra.

NOTA
z Guarde a caixa de transporte e os materiais da embalagem, pois poderão
ser utilizados para embalar o analisador caso tenha de ser transportado
novamente.

4.3.2 Como mover o analisador


„ Se o pacote estiver intacto, você pode usar uma placa e uma empilhadeira para mover o
analisador por uma pequena distância.

„ Se o analisador tem sido usado, execute o procedimento ”Esvaziar tubo” e desligue-o


antes de movê-lo.

„ Para movimentação a curta distância em um chão liso, você pode usar um carrinho para
facilitar o transporte.

„ Durante o processo de movimentação, certifique-se de que o LCD e a sonda de amostra

4-4
Instalação do analisador

estejam protegidos de força excessiva e contato com outros objetos.

„ Mantenha o analisador em pé durante o processo. Não o balance ou incline.

„ Tente ao máximo minimizar choques mecânicos ao movimentar o analisador. Após uma


movimentação a longa distância, cheque e sintonize o analisador antes de usá-lo.

4.4 Procedimento de instalação

ATENÇÃO
z Certifique-se de eliminar reagentes, lixo, amostras, suprimentos, etc. de
acordo com a regulamentação governamental.

z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize


equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

NOTA
z Certifique-se de usar os reagentes especificados.

z Após instalar novos reagentes, mantenha-os parados por algum tempo


antes de usá-los.

z Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.

z Para evitar contaminação, certifique-se de que as capas do frasco estejam


bem fechadas quando a instalação estiver concluída.

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

4.4.1 Conexão de reagentes


Na parte posterior do instrumento, há uma conexão de fluido equipada com 4 tomadas de

4-5
Instalação do analisador

plástico. Essas tomadas são fechadas com tampas de proteção para impedir a entrada de pó
e o vazamento de líquidos durante o transporte. Desenrosque essas capas para soltá-las e
mantenha em local seguro para que sejam transportadas mais tarde.

Conexão do recipiente do diluente


1. Retire o tubo de coleta de diluente (com um conector verde) da caixa de acessórios
(Figura 4-1).

Conector verde da
tubulação

Figura 4-1 Recipiente do diluente

2. Remova o frasco de diluente, onde deve haver o suficiente, e coloque-o sobre ou


embaixo da bancada;
3. Remova a capa do frasco e insira a ponta do tubo que não tem nenhum conector no
recipiente do diluente e gire a capa do tubo em sentido horário no frasco de diluente até
que fique guardado adequadamente, como mostra a Figura 4-2.

Figura 4-2 Insira a ponta do tubo no frasco

4. Localize o encaixe verde, marcado DILUENTE, no canto inferior direito da parte posterior
do analisador.
5. Ligue o conector verde do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja
bem preso.

4-6
Instalação do analisador

Conexão do recipiente de enxágüe


1. Retire o tubo de coleta de enxágüe (com um conector azul) da caixa de acessórios,
como mostra a Figura 4-3.

Conector azul da
tubulação

Figura 4-3 Recipiente de enxágüe

2. Remova o recipiente de enxágüe, onde deve haver o suficiente, e coloque-o sobre ou


embaixo da bancada.
3. Remova a capa do frasco e insira a ponta do tubo que não tem nenhum conector no
recipiente de enxágüe e gire a capa do tubo em sentido horário no recipiente de enxágüe
até que fique guardado adequadamente, como mostra a Figura 4-4.

Figura 4-4 Insira a ponta do tubo no frasco

4. Localize o encaixe azul, marcado ENXÁGÜE, no canto inferior direito da parte posterior
do analisador.
5. Ligue o conector azul do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja bem
preso.

Conectar o frasco ao lise


1. Retire o tubo de coleta de lise (com um conector laranja) da caixa de acessórios, como
mostra a Figura 4-5.

4-7
Instalação do analisador

Figura 4-5 Recipiente de lise

2. Retire o frasco do lise, onde deve haver outro lise.


3. Remova a capa do frasco e insira a ponta do tubo que não tem nenhum conector no
recipiente e gire a capa do tubo em sentido horário no recipiente de lise até que fique
guardado adequadamente, como mostra a Figura 4-6.

Figura 4-6 Insira o tubo no frasco

4. Localize o encaixe laranja, marcado LISE, no canto inferior direito da parte posterior do
analisador.
5. Ligue o conector laranja do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja
bem preso.

Conexão do recipiente de lixo


Remova o tubo de lixo (com um conector vermelho) da caixa de acessórios.

Localize o encaixe vermelho, marcado LIXO, no canto inferior direito da parte posterior do
analisador.

Ligue o conector vermelho do tubo no encaixe e gire-o em sentido horário até que esteja
propriamente fixo;

Prepare um frasco para colocar o lixo e coloque-o sobre ou embaixo da bancada.

Insira o tubo de lixo no frasco de lixo.

4-8
Instalação do analisador

4.4.2 Como instalar o papel registrador


Siga os procedimentos abaixo para instalar o papel registrador.

CUIDADO
z A instalação incorreta de papel no registrador pode causar obstrução no
equipamento ou impressões em branco.

Localize a parte de projeção no canto superior direito do registrador e pressione-o na direção


indicada na Figura 4-7 para abri-lo.

Figura 4-7 Registrador

Gire a alavanca de tensão do papel d lado esquerdo para cima. Mantenha o lado de
impressão para baixo. Insira a ponta pontuda do papel no na abertura abaixo da haste de
papel e empurre o papel até que saia por cima da haste. Puxe o papel para fora. Mantenha o
papel centralizado e coloque-o na bandeja de papel. Veja a Figura 4-8;

4-9
Instalação do analisador

Alavanca de
tensão do papel

Figura 4-8 Alavanca de tensão do papel

NOTA
z O papel registrador é tratado de um lado para a impressão. Para determinar
qual lado é o de impressão, arranhe gentilmente os dois lados com as unhas
e o que ficar com uma marca visível é o lado de impressão.

Gire a alavanca de tensão do papel para baixo para travar o papel no lugar, como mostra a
Figura 4-9.

Figura 4-9 Gire a alavanca de tensão do papel

Feche a porta do registrador, como mostra a Figura 4-10.

4-10
Instalação do analisador

Figura 4-10 Feche a porta do registrador

4.4.3 Como conectar o teclado


Retire o teclado do kit de acessórios e conecte-o à interface do teclado marcada como “KB”.

4.4.4 Como conectar a impressora (opcional)


Siga as instruções de uso da impressora para conectá-la à porta paralela.

4.4.5 Como conectar o scanner do código de barras

(opcional)
Siga as instruções de uso do scanner para conectá-lo à porta serial 1.

NOTA
z Certifique-se de utilizar a impressora e o scanner do modelo especificado.

4-11
Instalação do analisador

4.5 Como iniciar o analisador

Remova o fio da caixa de acessório. Ligue a ponta do fio que seja única na entrada AC na
parte posterior do analisador e a ponta com dentes em uma saída elétrica. Coloque o
interruptor localizado na parte posterior do analisador na posição LIGADO (1) para ligar o
analisador. A luz do indicador de energia acenderá e a tela exibirá a mensagem
“Iniciando…“. O analisador inicializará, na ordem, o arquivo, o hardware e os sistemas de
fluido. Todo o processo de inicialização dura aproximadamente de 4 a 7 minutos. Quando a
inicialização estiver terminada, o analisador entrará automaticamente na tela "Contagem".

4-12
Personalização do software do analisador

5 Personalização do software do
analisador

5.1 Introdução

O BC-2800 é um instrumento flexível de laboratório que pode ser anexado ao seu ambiente
de trabalho. É possível usar o programa “Configuração” para personalizar as opções de
software conforme apresentado nos capítulos 5.2 - 5.3.

5-1
Personalização do software do analisador

5.2 Senha

O BC-2800 classifica os usuários em duas categorias: usuários comuns (padrão) e


administradores. É necessário inserir a senha de administrador para ajustar algumas opções
como “Contagem”, “Ganho”, etc.

5.2.1 Inserção da senha de administrador


Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema.

Figura 5 -1 Menu do sistema

SELECIONE “Configuração → Senha” (Figura 5 -1) para entrar na tela ”Senha” (Figura
5-2).

Figura 5-2 tela “Senha”

5-2
Personalização do software do analisador

DIGITE “2826” e pressione [MENU], uma caixa de mensagem será exibida para lembrar o
nível de senha atual, como mostra a Figura 5-3.

Figura 5-3 Uma caixa de mensagem para confirmar o nível do usuário

CLIQUE em “Sim” para confirmar a senha e sair do menu do sistema.

5.2.2 Redefinição da senha do usuário comum


Entre na tela “Senha” e a senha padrão é a do usuário comum. Pressione [MENU]
novamente e uma caixa de mensagem será exibida para lembrá-lo do seu nível atual de
senha, como mostra Figura 5-4.

Figura 5-4 Uma caixa de mensagem para confirmar o nível do usuário

CLIQUE em “Sim” para confirmar a senha e sair do menu do sistema.

5-3
Personalização do software do analisador

5.3 Edição de configurações

É possível usar o menu “Configurações” para editar as configurações do sistema.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema. SELECIONE “Configuração →


Configurações“, como mostra a Figura 5 -5, para acessar a tela “Configurações”, como
mostra a Figura 5-6.

Figura 5 -5 Menu do sistema

Figura 5-6 Tela “Configurações”

Esta tela pode ser interpretada da seguinte maneira:

„ Área dos grupos de configuração (à esquerda)

5-4
Personalização do software do analisador

Esta área exibe os grupos de configurações visíveis ou que podem ser alteradas. Pressione
[F1] para selecionar o grupo desejado. O grupo selecionado é precedido por ⊙.

„ Área Configurações (à direita)

É possível alterar as configurações dos itens exibidos nessa área.

„ Área de Ajuda (na parte inferior)

Esta área exibe informações úteis para o auxiliar a prosseguir para a próxima etapa.

Se desejar obter informações de ajuda nesta tela, pressione [AJUDA]; se desejar voltar ao
menu do sistema, pressione [MENU].

5.3.1 Reagente
É possível selecionar o grupo “Reagente” para alterar as configurações relacionadas aos
reagentes e ao lixo, como mostra a Figura 5-7.

Figura 5-7 Configurações de “Reagente”

„ Seleção do grupo “Reagente”

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Reagente”.

„ Configuração dos volumes restantes de reagentes

É possível configurar os volumes restantes para o diluente, o enxágüe e o lise. Quando


qualquer volume inserido for contado abaixo de zero, o sistema lembrará que é necessário
instalar um novo recipiente.

SELECIONE “Diluente”, “Enxágüe” ou “Lise” no campo “Permanece” conforme necessário;

INSIRA os dígitos desejados. Consulte a Tabela 5-1 para obter os volumes de reagente
válidos.

Tabela 5-1 Volumes de reagentes válidos

5-5
Personalização do software do analisador

Diluente Enxágüe Lise


Intervalo Cerca de 0 a 30,0 L Cerca de 0 a 30,0 L Cerca de 0 a 999,0
mL
permitido

„ Inserção do volume utilizável do recipiente de lixo

É possível inserir o volume utilizável do recipiente de lixo. Quando o sistema conta o volume
inserido abaixo de 0, é emitido um alerta para esvaziar o recipiente de lixo. Siga as etapas
abaixo para definir o volume:

SELECIONE “Recipiente de lixo”.

INSIRA os dígitos desejados.

„ Inserção das datas de vencimento dos reagentes

É possível especificar as datas de vencimento do diluente, de enxágüe e do lise. Após o


vencimento desses reagentes, o sistema emite um alerta para instalar um novo recipiente.
Siga as etapas abaixo para inserir as datas de vencimento:

SELECIONE “Data venc.”.

INSIRA os dígitos desejados. Use o scanner de código de barras (se disponível) para
reconhecer o código de barra dos reagentes no analisador.

Os reagentes abertos permanecem estáveis por 60 dias. A data de vencimento inserida deve
ser a data de abertura + 60 dias ou a data de vencimento indicada no frasco do reagente,
seja qual for a primeira.

„ Como sair do grupo “Reagente”

Quando terminar de alterar todas as configurações de reagente desejadas, é possível:

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou

Pressione [MENU] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações
sejam salvas, como mostra Figura 5-8. CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e voltar
ao menu do sistema; ou CLIQUE em “Não” para voltar o menu do sistema sem salvar as
mudanças.

5-6
Personalização do software do analisador

Figura 5-8 Salvando alterações

Se qualquer valor inserido estiver além do intervalo válido, uma caixa de mensagem será
exibida após pressionar o botão [MENU]. CLIQUE em “Sim” para fechar a caixa de
mensagem e eliminar os valores inválidos.

Figura 5-9 Uma caixa de mensagem lembrando uma entrada incorreta

5.3.2 Configurações de impressão e comunicação


Selecione o grupo “Impr. e comun.” para alterar as configurações de impressão e
comunicação necessárias, como mostra a Figura 5-10.

5-7
Personalização do software do analisador

Figura 5-10 Configurações de impressão e comunicação

„ Seleção do grupo “Impr. e comun.”

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Impr. e comun.”.

„ Seleção dos dispositivos de impressão

Para selecionar um dispositivo de impressão, SELECIONE “Registrador” ou “Impressora”


na lista suspensa “Disposit.”, como mostra a Figura 5-10 .

„ Seleção do formato de impressão

Se a impressora foi selecionada, é possível escolher um dos seguintes formatos.

Formato 1 - Uma página com histograma.

Formato 2 - Uma página sem histograma.

Para selecionar um formato de impressão, SELECIONE o formato desejado na lista


suspensa “Formato”.

Se o registrador foi selecionado, pode-se escolher qualquer um dos 4 seguintes formatos de


impressão.

Formato 1 - valores de parâmetro + histogramas;

Formato 2 – somente valores de parâmetro;

Formato 3 - valores de parâmetro + histogramas;

Formato 4 - somente valores de parâmetro.

Para selecionar o formato desejado, SELECIONE-O na lista suspensa “Formato”, como


mostra Figura 5-11.

5-8
Personalização do software do analisador

Figura 5-11 Seleção do formato de impressão

„ Impressão automática

A função de impressão automática refere-se à capacidade do analisador de imprimir


automaticamente os resultados da análise. Para ativar essa função, SELECIONE “LIGADO”
(ou “DESLIGADO”) na lista suspensa “Automát.”, como mostra a Figura 5-12.

Figura 5-12 Seleção da impressão automática

„ Definição da taxa de baud

Para escolher uma das quatro taxas de baud, “9600”, “4800”, “2400” e “1200”, SELECIONE
a taxa desejada na lista suspensa “Baud”,como mostra a Figura 5-13.

5-9
Personalização do software do analisador

Figura 5-13 Seleção de taxa de bauds

„ Seleção de paridade

Para escolher a verificação “Ímpar”, “Par” ou “Nenh.” (padrão), SELECIONE a verificação


desejada na lista suspensa “Paridade”, como mostra a Figura 5-14.

Figura 5-14 Definição de paridade

„ Ativação/desativação do aperto de mão

Se a função “Aperto mão” estiver ativada, para iniciar a transmissão, esse analisador
enviará um sinal de aperto de mão a um computador externo e aguardará a resposta. Se o
computador não responder, o analisador interromperá a transmissão e indicará um erro de
transmissão. Se a função “Aperto mão” estiver desativada, esse analisador transmitirá os
dados ao computador externo, independentemente da resposta. Essa função está
desativada por padrão.

5-10
Personalização do software do analisador

Para ativar ou desativar essa opção, SELECIONE “Sim” ou ”Não” na lista suspensa
“Aperto mão”, como mostra a Figura 5-15.

Figura 5-15 Configuração do aperto de mão

„ Comunicação automática

A função de comunicação automática refere-se à capacidade do analisador de transmitir


automaticamente os resultados da análise a um computador externo. Para ativar ou
desativar essa função, SELECIONE “Ligado” ou ”Desligado” na lista suspensa
“Automát.” no campo “Transmitir”, como mostra a Figura 5-16.

Figura 5-16 Comunicação automática

„ Edição dos títulos de relatório (requer teclado externo)

Para editar o título de um relatório de análise:

5-11
Personalização do software do analisador

SELECIONE “Registrador” ou ”Impressora” no campo “Título do relatório”, dependendo


do dispositivo de impressão selecionado.

INSIRA o título do relatório desejado.

„ Como sair do grupo “Impr. e comun.”

Quando terminar de alterar todas as configurações de impressão e transmissão desejadas,


pressione [F1] para selecionar outro grupo que deseja alterar; ou pressione [MENU] e uma
caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações sejam salvas, como mostra
Figura 5-17. CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e voltar ao menu do sistema; ou
CLIQUE em “Não” para voltar o menu do sistema sem salvar as mudanças.

Figura 5-17 Salvando alterações

5.3.3 Data e hora


É possível selecionar o grupo “Data e hora” para definir a data e a hora do sistema, como
mostra a Figura 5-18. Para tanto, execute as instruções a seguir.

5-12
Personalização do software do analisador

Figura 5-18 Definição de data e hora

„ Seleção do grupo “Data e hora”


Pressione [F1] para selecionar o grupo “Data e hora”.

„ Definição da data do sistema

SELECIONE “Ano”, ” Mês” ou ”Dia”.

INSIRA os dígitos desejados.

„ Seleção do formato de data

É possível escolher um dos três formatos: “AAAA-MM-DD”, “MM-DD-AAAA“ e


“DD-MM-AAAA”. Para tal, SELECIONE o formato desejado na lista suspensa “Formato”,
como mostra a Figura 5-19.

Figura 5-19 Definição do formato de data

5-13
Personalização do software do analisador

„ Definição da hora do sistema

SELECIONE “Hora”, “Minuto” ou “Seg.”.

INSIRA os dígitos desejados.

„ Como sair do grupo “Data e hora”

Quando terminar de alterar todas as configurações de data e hora desejadas, é possível:

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou;

Pressione [MENU] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações
sejam salvas, como mostra Figura 5-20. CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e voltar
ao menu do sistema; ou CLIQUE em “Não” para voltar o menu do sistema sem salvar as
mudanças.

Figura 5-20 Salvando alterações

5.3.4 Ganho
É possível selecionar o grupo “Ganho” para visualizar ou alterar (se tiver a senha de
administrador) os ganhos de GB, GV e Hb.

5-14
Personalização do software do analisador

Figura 521- Definição do ganho

„ Seleção do grupo “Ganho”

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Ganho”, como mostra a Figura 521.

„ Definição do ganho GB

Quando os histogramas da maioria das amostras for semelhante à Figura 5-22, significa
ganho GB muito pequeno e é necessário aumentar o ganho de forma adequada.

Figura 5-22Ganho GB muito pequeno

Quando os histogramas da maioria das amostras for semelhante à Figura 5-23, significa
ganho GB muito grande e é necessário diminuir o ganho de forma adequada.

Figura 5-23 Ganho GB muito grande

Para aumentar (ou diminuir) o ganho

Digite a senha do administrador conforme descrito no capítulo 5.2.1.

Entre na tela ”Ganho” e INSIRA o ganho desejado no “GB (WB)”, como mostra a Figura
5-24, ou “GB (PB)”, como mostra a Figura 5-25.

5-15
Personalização do software do analisador

Figura 5-24 Definição do ganho de GB (WB)

Figura 5-25 Definição do ganho de GB (PB)

„ Definição do ganho GV

Quando a diferença entre o resultado de VCM real e o resultado esperado for maior do que
6%, é necessário alterar o ganho de GV.

Por exemplo, supondo que o resultado de VCM esperado seja 90,0 fL e o resultado real da
análise seja 82,0 fL, então

ExpectedMCV 90.0
× 100%= × 100% = 109.8%
ActualMCV 82.0

É necessário ajustar o ganho de GV para 109,8% como o mais próximo possível. Para tanto,

5-16
Personalização do software do analisador

execute as etapas a seguir.

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Ganho”;

SELECIONE “GV”, como mostra a Figura 5-26.

INSIRA o ganho desejado para que o ajuste fique o mais próximo possível de 109,8%.

Figura 5-26 Definição de ganho GV

„ Definição do ganho Hb

É possível ajustar o ganho de Hb para alterar a tensão de Hb, que normalmente deve ser
definida entre 3,4 e 4,8 V (4,5 V é recomendado). Siga as etapas abaixo para definir o ganho
de Hb:

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Ganho”;

SELECIONE “Hb”.

INSIRA o ganho desejado para que a tensão de Hb fique entre 3,4 e 4,8 V, como mostra a
Figura 5-27.

5-17
Personalização do software do analisador

Figura 5-27 Definição do ganho Hb

„ Como sair do grupo “Ganho”

Quando terminar de alterar todas as configurações de impressão e transmissão desejadas, é


possível:

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou;

Pressione [MENU] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações
sejam salvas, como mostra Figura 5-28. CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e voltar
ao menu do sistema; ou CLIQUE em “Não” para voltar o menu do sistema sem salvar as
mudanças.

Figura 5-28 Salvando alterações

5-18
Personalização do software do analisador

5.3.5 Contagem
É possível selecionar o grupo “Contagem” para visualizar ou alterar (se tiver a senha de
administrador) as unidades de parâmetro e o tempo de contagem.

Figura 5-29 Definição da unidade e do tempo de contagem

„ Seleção do grupo “Contagem”

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Contagem”, como mostra a Figura 5-29.

„ Seleção das unidades de parâmetros

Este analisador fornece várias unidades para alguns parâmetros. Consulte a Tabela 5-2 para
todas as unidades selecionáveis de todos os parâmetros. Os 19 parâmetros estão divididos
em 11 grupos com base nas unidades e apenas a unidade para o primeiro parâmetro de um
grupo pode ser selecionada. Preste atenção no grupo Hb, que inclui Hb, CHCM e HCM. Ao
selecionar g/L ou g/dL como a unidade de Hb, a unidade padrão para HCM é pg; ao
selecionar mmol/L como a unidade de Hb, a unidade padrão de HCM é fmol.

Tabela 5-2 Unidades dos parâmetros

Parâmetro Formato de Unidade Observação


exibição
GB ***.* 109/L Padrão
Nº linf. ***.* 103/uL /
Nº méd **** 102/uL /
Nº gran. ***.* /nL /

% linfócito **.* Padrão

5-19
Personalização do software do analisador

% méd .*** %
% gran.

Hb,CHCM *** g/L Padrão

**.* g/dL /
**.* mmol/L /
GV *.** 1012/L Padrão

*.** 106/uL /
*** 104/uL /
*.** /pL /

Ht **.* % Padrão
.*** L/L /
VCM, ADVGSD ***.* fL Padrão
***.* um3 /
ADVG-VC **.* % Padrão
PLT **** 109/L Padrão
**** 103/uL /
***.* 104/uL /
**** /nL /

VPM ***.* fL Padrão


***.* um3 /
ADP **.* / Padrão
PCT .*** % Padrão
*.** mL/L /
HCM *.*** pg Padrão
**.** fmol /

Siga as etapas abaixo para selecionar as unidades:

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Contagem”;

SELECIONE a unidade desejada na lista suspensa do parâmetro desejado, como mostra a


Figura 5-30.

5-20
Personalização do software do analisador

Figura 5-30 Seleção da unidade do parâmetro

„ Definição do tempo de contagem

Se o tempo de contagem de GB ou GV for definido incorretamente, o sistema pode emitir


alarmes falsos de obstruções ou bolhas. Quando isso acontecer, siga as etapas abaixo para
alterar o tempo de contagem de GB ou GV. Consulte o tempo de contagem real (leia o
capítulo 10.5.1 para obter informações) ao editar o tempo de contagem. Siga as etapas
abaixo para definir o tempo de contagem:

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Contagem”;

SELECIONE “GB” ou “CV”, como mostra a Figura 5-31;

INSIRA os dígitos desejados.

Figura 5-31 Definição do tempo de contagem

5-21
Personalização do software do analisador

„ Como sair do grupo “Contagem”

Quando terminar de mudar todas as unidades de parâmetros e as configurações de tempo


de contagem desejadas, é possível

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou;

Pressione [MENU] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações
sejam salvas, como mostra Figura 5-32. CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e voltar
ao menu do sistema; ou CLIQUE em “Não” para voltar o menu do sistema sem salvar as
mudanças.

Figura 5-32 Salvando alterações

5.3.6 Intervalo de referência


É possível definir um intervalo de referência para cada parâmetro. O sistema indicará
qualquer resultado de análise que ultrapasse esse intervalo com a letra H ou L. Este
analisador divide os pacientes em 5 grupos, que estão listados na Tabela 5-3. Os intervalos
padrão são recomendados. Os valores padrão servem apenas como referência. Cada
laboratório deve estabelecer suas próprias referências.

Tabela 5-3 Grupos demográficos

Grupo Sexo Idade


Geral Não especificado, masculino ou Não especificado.
feminino

Não especificado. > 12 anos


Homem Masculino > 12 anos
Mulher Feminino > 12 anos
Criança Homem ou Mulher >28 dias e ≤ 12 anos

5-22
Personalização do software do analisador

Recém-nascido Homem ou Mulher ≤ 28 dias

Os limites superior e inferior dos intervalos de referência são visíveis para todos os usuários,
mas podem ser alterados apenas pelos administradores, como mostra a Figura 5-33. Siga as
instruções abaixo para definir os intervalos:

Figura 5-33 Tela de intervalo de referência

„ Seleção do grupo de pacientes

Siga as etapas abaixo para selecionar o grupo de pacientes desejado.

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Interv. ref.”.

SELECIONE a caixa combinada à direita de “Grupo”.

5-23
Personalização do software do analisador

Figura 5-34 Seleção do grupo de pacientes

SELECIONE “Geral”, “Homem”, “Mulher”, “Criança” ou “Neonato” na lista suspensa “Grupo”.

„ Seleção dos intervalos de referência (somente administradores)

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Interv. ref.”, como mostra
a Figura 5-35;

Quando terminar de selecionar o grupo de pacientes, SELECIONE o parâmetro desejado e


INSIRA os dígitos desejados para os limites superior e inferior;

Figura 5-35 Definição do intervalo de referência

Pressione [F2] para salvar as alterações. Se as alterações forem salvas com êxito, a caixa
de mensagem mostrada na Figura 5-36 será exibida; CLIQUE em “Sim” para fechar a caixa
de mensagem;

5-24
Personalização do software do analisador

Figura 5-36 Uma caixa de mensagem para anotar os dados salvos

Se alguns limites forem inválidos, a caixa de mensagem mostrada na Figura 5-37 será
exibida. CLIQUE em “Sim” e insira o número válido novamente;

Figura 5-37 Uma caixa de mensagem lembrando uma entrada incorreta

Se desejar retomar as configurações padrão, pressione [F4].

„ Como sair do grupo “Interv. ref.”

Quando terminar de mudar todas as unidades de parâmetros e as configurações de tempo


de contagem desejadas, é possível

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou;

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

5.3.7 Outras configurações


É possível selecionar o grupo “Outro” para visualizar ou alterar outras configurações.

„ Seleção do grupo “Outro”

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Outro”.

„ Como silenciar o bipe

Este analisador emite um bipe quando ocorre um erro. É possível silenciar o bipe
pressionando qualquer tecla ou deixar o bipe ser emitido até os erros serem removidos. Se
optar pela primeira opção, SELECIONE “Ativado” na lista suspensa “Qualquer tecla para
mudo”; se preferir silenciar o bipe, SELECIONE “Desativado” na lista suspensa “Qualquer
tecla para mudo”. Consulte a Figura 5-38.

5-25
Personalização do software do analisador

Figura 5-38 Como silenciar o bipe

„ Seleção do contraste do LCD

Siga as etapas abaixo para ajustar o contraste do LCD:

SELECIONE “Contraste LCD”, como mostra a Figura 5-39;

INSIRA o contraste desejado (0 a 255 ).

Figura 5-39 Seleção do contraste LCD

„ Definição do tempo do alarme

Siga as etapas abaixo para definir quanto tempo (2 s a 120 s) as mensagens de erro listadas
na Tabela 5-4 devem ser exibidas na tela.

Tabela 5-4 Lista de erros

5-26
Personalização do software do analisador

Nº Erro Nº Erro Nº Erro


1 Erro de comunicação 2 Erro do scanner 3 Erro de comunicação
do scanner
4 Temperatura ambiente 5 Plano de fundo 6 Erro Hb
anormal anormal
7 Ajuste de Hb 8 Obstrução GB 9 Bolhas de GB
10 Obstrução GV 11 Bolhas de GV

SELECIONE “Duração do alarme”, como mostra a Figura 5-40;

INSIRA os dígitos desejados.

Figura 5-40 Definição do tempo do alarme

„ Seleção da cor PMB (senha de administrador necessária)

A cor PMB refere-se à cor de plano de fundo da tela quando o analisador está no modo
pré-diluído. Siga as etapas abaixo para selecionar a cor PMB:

Insira a senha de administrador de acordo com as instruções do Capítulo 5.2.1;

Na tela “Configurações”, pressione [F1] para selecionar o grupo “Outro”;

SELECIONE “Preto” (padrão) ou “Azul” na lista suspensa “Cor PMB”, como mostra a
Figura 5-41.

5-27
Personalização do software do analisador

Figura 5-41 Definição da cor PMB

„ Como sair do grupo “Outro”

Quando terminar de mudar todas as unidades de parâmetros e as configurações de tempo


de contagem desejadas, é possível

Pressione [F1] para selecionar outro grupo de seleção que deseja alterar; ou;

Pressione [MENU] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando que as alterações
sejam salvas, como mostra Figura 5-42. SELECIONE “Sim” para salvar as alterações e sair
do menu do sistema; ou SELECIONE “Não” para sair do menu do sistema sem salvar as
mudanças.

Figura 5-42 Salvando alterações

5-28
6 Operação do analisador

6.1 Introdução

Este capítulo fornece procedimentos passo a passo para a operação diária do analisador.

Verificações iniciais

Ligado

Controle de qualidade diário

Coleta e manuseio de amostras

Não
Modo Sangue total? Testar amostras pré-diluídas

Sim

Testar amostra de Sangue total

Desligar

6-1
Operação do analisador

6.2 Verificações Iniciais

Execute as seguintes verificações antes de ligar o analisador.

Verifique se o frasco de lixo;

Verifique e assegure-se de que o frasco esteja vazio.

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z Certifique-se de eliminar reagentes, lixo, amostras, suprimentos, etc. de
acordo com a regulamentação governamental.

Verifique os tubos e as conexões de energia;

„ Verifique e assegure-se que os tubos de diluente, enxágüe e lixo estão conectados


adequadamente e não estão curvados;

„ Verifique e assegure-se que o cabo de energia do analisador esteja conectado


adequadamente à tomada.

Verificação da impressora (opcional) e do registrador;

Verifique e assegure-se de que haja papel de impressora ou de registrador suficientes


instalados. Verifique e assegure-se que o cabo de energia da impressora esteja conectado
adequadamente à tomada. Verifique e assegure-se de que o cabo da impressora esteja
corretamente conectado ao analisador.

5. Verifique a conexão do teclado.

Verifique e assegure-se de que o teclado esteja conectado adequadamente à interface do


teclado (marcado "KB") do analisador.

6-2
Operação do analisador

6.3 Ligado

Coloque o interruptor localizado na parte posterior do analisador na posição LIGADO (1)


para ligar o analisador. A luz do indicador de energia acenderá e a tela exibirá a mensagem
“Iniciando…“.

O analisador inicializará seqüencialmente o arquivo, o hardware e os sistemas de fluido e


todo o processo de Inicialização dura de 4 a 7 minutos, dependendo de como o analisador
foi desligado anteriormente.

Se nenhum erro ocorrer durante a inicialização. o analisador exibirá a mensagem de erro no


canto inferior esquerdo da tela. Deve-se remover todos os erros antes de testar qualquer
amostra. Consulte o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter
soluções.

NOTA
z Testar as amostras em um ambiente anormal com erros presentes pode
resultar em diagnósticos errados.

6-3
Operação do analisador

6.4 Controle de qualidade diário

Antes de testar qualquer amostra, execute os controles. Consulte o Capítulo 8 Como usar
os programas de controle de qualidade para obter detalhes.

6-4
Operação do analisador

6.5 Seleção do modo de análise

Na tela “Contagem”, pressione [MODO] para selecionar um dos seis modos de análise. O
modo selecionado será exibido na área Modo de contagem.

1. Completo - Todos

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue total e todos os 19
parâmetros são analisados.

2. Completo - GB/Hb

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue total e somente os
parâmetros seguintes são analisados: GB, Nº linf., Nº méd., Nº gran., % linfócito, % méd, %
gran. e Hb, além do histograma de GB.

3. Completo - GV/PLT

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue total e somente os
parâmetros seguintes são analisados: GV, Ht, VCM, HCM, CHCM, ADVGVC, ADVGSD, PLT,
VPM, ADP e PCT, além dos histogramas de GV e PLT.

4. Pré-diluído - Todos

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue pré-diluída e que todos os
19 parâmetros serão analisados, além de 3 histogramas.

5. Pré-diluído - GB/Hb

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue total e somente os
parâmetros seguintes são analisados: GB, Nº linf., Nº méd., Nº gran., % linfócito, % méd, %
gran. e Hb, além do histograma de GB.

6. Pré-diluído -GV/PLT

Significa que a amostra a ser analisada é uma amostra de sangue pré-diluída e somente os
parâmetros seguintes são analisados: GV, Ht, VCM, HCM, CHCM, ADVGVC, ADVGSD, PLT,
VPM, ADP e PCT, além dos histogramas de GV e PLT.

6-5
Operação do analisador

6.6 Coleta e manuseio de amostra

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z Evite contato direto com as amostras de sangue.

CUIDADO
z Não reutilize produtos descartáveis.

NOTA
z Certifique-se de usar tubos de coleta K2EDTA anticoagulante, tubos de teste
de plástico/vidro de sílica fundida e tubos capilares de vidro borosilicato de
20 µL, todos limpos.

6.6.1 Amostras de sangue total


Colete e manuseie a amostra de sangue total de acordo com as seguintes instruções:

Colete sangue venoso com o tubo anticoagulante da linha K2EDTA (1,5 a 2,2 mg/mL);

Misture bem o sangue com o anticoagulante rapidamente;

NOTA
z É necessário coletar pelo menos 2 mL de amostra de sangue venoso.

z Para amostras de sangue total a serem utilizadas na diferenciação de GB ou


contagem de PLT, é necessário armazená-las em temperatura ambiente e
manipulá-las em, no máximo, quatro horas após a coleta.

6-6
Operação do analisador

z Caso não necessite dos resultados da diferenciação de GB, PLT e VCM,


armazene as amostras em um refrigerador (2℃ a 8℃) por 24 horas. É
necessário deixar as amostras refrigeradas à temperatura ambiente por no
mínimo 30 minutos antes de manipulá-las.

z Certifique-se de agitar por alguns instantes as amostras antes de


manipulá-las.

6.6.2 Amostras de Pré-diluído


Colete e manuseie a amostra pré-diluída conforme as instruções que seguem abaixo:

Pressione [MENU] e SELECIONE ”Contagem” para entrar nessa tela;

Pressione [MODO] para selecionar o modo de análise pré-diluído (qualquer modo precedido
por Pré-diluído);

Pressione [DILUENTE] e uma caixa de mensagem será exibida perguntando como o


diluente deve ser liberado no tubo de amostra, como mostra a Figura 6-1;

Figura 6-1 Caixa de mensagem mostrando como ministrar o diluente

Coloque um tubo de amostra limpo na sonda e verifique se o tubo fica inclinado em direção à
sonda, como mostra a Figura 6-2, para evitar derramamentos e bolhas. Pressione a tecla de
aspiração para distribuir 0,7 mL de diluente (o volume de distribuição é controlado pelo
analisador) no tubo;

6-7
Operação do analisador

Figura 6-2 Como dispensar diluente

Quando a administração estiver concluída, pressione [ENTER] para fechar a caixa de


mensagem;

Adicione 20µL de sangue capilar ao diluente e agite o tubo para misturar a amostra.

NOTA
z Certifique-se de manter o diluente preparado livre de poeira.

z Após misturar a amostra capilar com o diluente, certifique-se de aguardar


cinco minutos antes de manipular a amostra.

z Certifique-se de manipular as amostras pré-diluídas dentro de 30 minutos


após a mistura.

z Certifique-se de agitar por alguns instantes as amostras antes de


manipulá-las.

z Certifique-se de avaliar a estabilidade da pré-diluição com base na


população de amostras de seu laboratório e nas técnicas e métodos de
coleta de amostras.

6-8
Operação do analisador

6.7 Teste de amostras de Sangue total

Pressione [MENU] e SELECIONE ”Contagem” para entrar nessa tela, como mostra Figura
6 -3.

Figura 6 -3 Tela “Contagem”

Pressione [MODO] para selecionar o modo de sangue total (qualquer modo precedido por
Sangue total);

NOTA
z Não se esqueça de selecionar o intervalo de referência adequado conforme
descrito na Seção 5.3.6 antes de executar as amostras. Caso contrário, os
resultados obtidos poderão ser marcados de maneira errônea.

z Quando as informações da próxima amostra forem salvas, execute a análise


da amostra; caso contrário, as informações de entrada da amostra podem
não ser exibidas quando o analisador for reiniciado.

6.7.1 Inserção de informações da amostra


É possível inserir as informações da amostra em qualquer um dos três modos, Somente ID,
Todas as info e Edição em lote, dependendo de qual das três configurações corresponder
ao analisador:

„ Somente ID

„ Todas as info

„ Somente ID e Edição em lote.

6-9
Operação do analisador

Modo Somente ID
Para inserir a ID da próxima amostra, é possível

Na tela “Contagem”, use o scanner de código de barras (se disponível) para reconhecer a
ID de amostra; ou
Na tela “Contagem”, pressione [F1] para ir à janela “ID” e INSIRA a ID de amostra.

Figura 6-4 Janela “Próxima amostra”

Quando terminar de inserir a ID de amostra, pressione [MENU] e uma caixa de diálogo será
exibida, como mostra a Figura 6-5. Para ignorar o número inserido, CLIQUE em “Não”; caso
contrário, CLIQUE em “Sim”.

Figura 6-5 Caixa de diálogo

NOTA
z Se existe a intenção de executar uma verificação de fundo em vez da
amostra de um paciente, insira “0” na caixa “ID”.

Modo Todas as info (teclado externo necessário)


„ Entrando em Edição

Na tela “Contagem”, pressione [F1] e uma janela de edição será exibida, como mostra a
Figura 6-6.

6-10
Operação do analisador

Figura 6-6 Inserção das informações da amostra

„ Inserção da ID da amostra

INSIRA o número de ID na caixa “ID”, ou se houver um scanner de código de barras


instalado, pode-se simplesmente reconhecer a amostra ID no analisador.

„ Seleção do sexo do paciente

SELECIONE o item desejado na lista suspensa “Sexo”, como mostra a Figura


6-7.Observe que é possível deixar o campo em branco quando não souber ao certo o sexo
do paciente.

Figura 6-7 Seleção do sexo do paciente

6-11
Operação do analisador

„ Inserção do nome do paciente

INSIRA o nome do paciente na caixa “Nome”.

„ Inserção da idade do paciente

Este analisador fornece três maneiras de se inserir a idade do paciente – em anos, em


meses e em dias.

Para inserir a idade do paciente em anos:INSIRA o número inteiro desejado 0 a 200, na


caixa “Anos”.
Para inserir a idade do paciente em meses: INSIRA o número inteiro desejado 0 a 12, na
caixa “Meses”.
Para inserir a idade do paciente em dias:INSIRA o número desejado inteiro entre 0 e 31,
na caixa “Dias”.

„ Inserção do número do gráfico

INSIRA o número da ficha médica do paciente na caixa “ Nº da ficha”.

„ Inserção do número do leito

INSIRA o número da cama do paciente na caixa”Nº cama“.

„ Inserção do nome do departamento

INSIRA diretamente o nome do departamento de onde a amostra é proveniente na caixa


“Departamento” ou SELECIONE o departamento desejado da lista suspensa
“Departamento” (se houver departamentos salvos anteriormente na lista, como mostra
Figura 6-8).

Figura 6-8 Seleção do nome do departamento

6-12
Operação do analisador

„ Inserção dos nomes do remetente, do testador e do verificador

Para inserir o nome da pessoa que enviou a amostra para análise, digite o nome na caixa
“Remetente” ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Remetente” (se houver
nomes armazenados na lista anteriormente); para inserir o nome da pessoa que deve testar
a amostra (ou que testou), digite o nome na caixa “Testador” ou SELECIONE o nome
desejado na lista suspensa “Testador” se houver nomes armazenados na lista
anteriormente); para inserir o nome da pessoa que deve revisar a amostra , digite o nome na
caixa “Revisor” ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Revisor” se houver
nomes armazenados na lista anteriormente); As três listas suspensas são capazes de
armazenar 30 nomes inseridos.

„ Sair da edição

Quando terminar de inserir todas as informações da amostra de interesse, CLIQUE no botão


“Sim” para salvar as alterações e retornar à tela “Contagem”. Se não desejar salvar as
informações inseridas, CLIQUE no botão “Não” para retornar à tela Contagem” sem salvar
as alterações.

Modo Edição em lote (teclado externo necessário)


Se o seu analisador estiver configurado como Edição em lote, é possível inserir
informações de um lote de amostras constantemente. Para tanto, execute as etapas a
seguir.

„ Entrando em Edição

Na tela “Contagem”, pressione [F4] e uma janela de edição será exibida. Siga as instruções
para inserir as informações da primeira amostra.

„ Salvar

CLIQUE em “Salvar” para salvar as mudanças.

„ Próximo/Anterior

Se deseja revisar as informações inseridas de uma amostra específica, pressione as teclas


de seta apropriadas e CLIQUE em “Anterior” ou “Próximo” para revisar a amostra anterior
ou a próxima até que a amostra desejada seja alcançada.

„ Excluir

Se deseja excluir as informações exibidas atualmente, CLIQUE em “Excluir” para completar


a exclusão.

„ Sair

6-13
Operação do analisador

Quando tiver concluído o lote, CLIQUE em “Sair” para sair da tela “Contagem”. Após uma
amostra ser analisada, as informações correspondentes são exibidas automaticamente na
área Amostra atual.

6.7.2 Teste das amostras

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Não reutilize esses produtos descartáveis como tubos de coleta, de teste,


capilares, etc.

NOTA
z Certifique-se de manter a ponta da sonda de amostra longe do fundo do
tubo. Do contrário, o volume de aspiração poderá ser impreciso.

z Quando a aspiração estiver concluída, remova o tubo da amostra somente


quando a sonda de amostra estiver fora do tubo.

Coloque a amostra misturada na sonda de amostra de forma que ponta fique bem
posicionada no tubo e pressione a tecla de aspiração. A área Status do sistema exibirá a
mensagem “Execut.” e o analisador começará a aspirar a amostra;

Quando ouvir o bipe e a sonda da amostra estiver fora do tubo, retire o tubo da amostra. O
analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será exibido na tela;

Quando a análise estiver concluída, o resultado será exibido na tela e a ID da amostra


aumentará automaticamente em 1, e a sonda de amostra será substituída. Se a função Auto
Impr. estiver ativada, o resultado da análise será impresso automaticamente.

Repita as etapas anteriores em outras amostras.

6-14
Operação do analisador

NOTA
z Se o analisador detectar obstrução ou bolhas de GB/GV durante a análise,
as mensagens de erro correspondentes serão exibidas na área reservada a
mensagens de erro e os resultados de todos os parâmetros relacionados
serão invalidados. Consulte o capítulo 11 Resolução de problemas do
analisador para obter soluções.

z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional


especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

6.7.3 Funções especiais

Recontagem (função configurada)


Se o sistema detectar obstruções ou bolhas durante a análise, ou você não estiver satisfeito
com o resultado e pressionar [F5], uma caixa de diálogo será exibida perguntando se deseja
fazer uma recontagem (analisar essa amostra novamente), como mostra a Figura 6-9.

Figura 6-9 Caixa de diálogo “Recontagem”

Se não deseja recontar esta amostra, CLIQUE em “Não”; caso contrário, CLIQUE em “Sim”
para acessar a tela “Recontagem”, como mostra a Figura 6-10. Esta tela “Recontagem” é
semelhante à tela “Contagem”, com exceção da sub-área inferior da área Informações de
amostra, denominada “Recontagem” em vez de “Próxima amostra”. A ID de amostra
permanece inalterada.

6-15
Operação do analisador

Figura 6-10 Tela “Recontagem”

Siga o procedimento apresentado anteriormente para analisar a amostra em questão


novamente. O novo resultado substituirá o antigo enquanto as informações da amostra
permanecem inalteradas.

Armazenamento automático de resultados de análises


Este analisador armazena automaticamente até 10 mil resultados de amostras. Quando o
número máximo for atingido, o resultado mais recente substituirá o mais antigo.

Sinalizações em parâmetros
„ Se o resultado da análise é seguido por um ”H” ou “L”, significa que o resultado da
análise excedeu o limite superior ou inferior do intervalo de referência.

„ Caso veja *** no lugar do resultado, significa que o resultado não é confiável ou está fora
do intervalo operacional.

„ Se o resultado de GB for inferior a 0,5 × 109/L, este analisador não efetuará a análise de
diferenciação e todos os valores dos parâmetros relacionados serão não-numéricos
(***).

NOTA
z O resultado da verificação de base não será sinalizado.

Sinalizações em histogramas
Os histogramas anormais serão sinalizados pelo sistema.

„ Histogramas de GB anormais serão sinalizados de uma das formas a seguir: R1,R2,


R3,R4 e Rm.

6-16
Operação do analisador

R1:Indica anormalidade no lado esquerdo da saliência do linfócito e a possível presença de


aglutinações de plaquetas, plaquetas gigantes, glóbulo vermelho nucleado, glóbulo vermelho
insolúvel, detritos de proteínas e lipóides na amostra ou ruídos elétricos.
R2: Indica anormalidade entre a saliência do linfócito e a área da célula de tamanho médio, e
possível presença de linfócito anormal, célula plasmática, linfócito atípico, granulócitos
originais na amostra e eosinofilia ou basofilia.
R3:Indica anormalidade entre a área da célula de tamanho médio e os granulócitos e
possível presença de granulócitos imaturos, subpopulação anormal na amostra ou
eosinofilia.
R4:Indica anormalidade no lado direito da saliência de granulócitos e netrofilia.
Rm:Indica no mínimo duas sinalizações R.

„ Histogramas de PLT anormais serão sinalizados de uma das formas a seguir: Pm,PS e
PL.

Pm:Indica demarcação turva entre a plaqueta e a área do glóbulo vermelho, e possível


presença de plaquetas grandes, coagulação de plaquetas, glóbulos vermelhos pequenos,
detrito de células ou fibrina.
PS:Indica PLTs pequenas em excesso.
PL:Indica PLTs grandes em excesso.

NOTA
z Quando o valor de PLT for inferior a 100 × 109 / L, recomenda-se a contagem
manual pelo microscópio.

Ajuste manual dos histogramas


Caso não esteja satisfeito com os histogramas obtidos, é possível ajustá-los manualmente,
contanto que possua a senha de administrador. Consulte o capítulo 7 Revisão de resultados
de amostras para obter detalhes.

6-17
Operação do analisador

6.8 Teste de amostras Pré-diluídas

Pressione [MENU] e SELECIONE ”Contagem” para entrar nessa tela, como mostra Figura
6-11.

Figura 6-11 Tela “Contagem” no modo pré-diluído

Pressione [MODO] para selecionar o modo pré-diluído (qualquer modo precedido por
Pré-diluído);

NOTA
z Não se esqueça de selecionar o intervalo de referência adequado conforme
descrito na Seção 5.3.6 antes de executar as amostras. Caso contrário, os
resultados obtidos poderão ser marcados de maneira errônea.

6.8.1 Inserção de informações da amostra


É possível inserir as informações da amostra em qualquer um dos três modos, Somente ID,
Todas as info e Edição em lote, dependendo de qual das três configurações corresponder
ao analisador:

„ Somente ID

„ Todas as info

„ Somente ID e Edição em lote.

Somente ID
Para inserir a ID da próxima amostra, é possível

6-18
Operação do analisador

Na tela “Contagem”, use o scanner de código de barras (se disponível) para reconhecer a
ID de amostra; ou
Na tela “Contagem”, pressione [F1] para ir à janela “ID” e INSIRA a ID de amostra.

Figura 6-12 Inserção da ID da próxima amostra

Quando terminar de inserir a ID de amostra, pressione [MENU] e uma caixa de diálogo será
exibida, como mostra a Figura 6-13. Para ignorar o número inserido, CLIQUE em “Não”;
caso contrário, CLIQUE em “Sim”.

Figura 6-13 Caixa de diálogo

NOTA
z Se existe a intenção de executar uma verificação de fundo em vez da
amostra de um paciente, insira “0” na caixa “ID”.

Modo Todas as info (teclado externo necessário)


„ Entrando em Edição

Na tela “Contagem”, pressione [F1] e uma janela de edição será exibida, como mostra a
Figura 6-14.

6-19
Operação do analisador

Figura 6-14 Inserção das informações da amostra

„ Inserção da ID da amostra

INSIRA o número de ID na caixa “ID”, ou se houver um scanner de código de barras


instalado, pode-se simplesmente reconhecer a amostra ID no analisador.

„ Seleção do sexo do paciente

SELECIONE o item desejado na lista suspensa “Sexo”, como mostra a Figura 6-15.
Observe que é possível deixar o campo em branco quando não souber ao certo o sexo do
paciente.

Figura 6-15 Seleção do sexo do paciente

„ Inserção do nome do paciente

6-20
Operação do analisador

INSIRA o nome do paciente na caixa “Nome”.

„ Inserção da idade do paciente

Este analisador fornece três maneiras de se inserir a idade do paciente – em anos, em


meses e em dias.

Para inserir a idade do paciente em anos:INSIRA o número inteiro desejado 0 a 200, na


caixa “Anos”.
Para inserir a idade do paciente em meses: INSIRA o número inteiro desejado 0 a 12, na
caixa “Meses”.
Para inserir a idade do paciente em dias:INSIRA o número desejado inteiro entre 0 e 31,
na caixa “Dias”.

„ Inserção do número do gráfico

INSIRA o número da ficha médica do paciente na caixa “ Nº da ficha”.

„ Inserção do número do leito

INSIRA o número da cama do paciente na caixa”Nº cama“.

„ Inserção do nome do departamento

INSIRA diretamente o nome do departamento de onde a amostra é proveniente na caixa


“Departamento” ou SELECIONE o departamento desejado da lista suspensa
“Departamento” (se houver departamentos salvos anteriormente na lista, como mostra a
Figura 6-16).

Figura 6-16 Seleção do nome do departamento

„ Inserção dos nomes do remetente, do testador e do verificador

Para inserir o nome da pessoa que enviou a amostra para análise, digite o nome na caixa

6-21
Operação do analisador

“Remetente” ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Remetente” (se houver


nomes armazenados na lista anteriormente); para inserir o nome da pessoa que deve testar
a amostra (ou que testou), digite o nome na caixa “Testador” SELECIONE o nome desejado
na lista suspensa “Testador” se houver nomes armazenados na lista anteriormente); para
inserir o nome da pessoa que deve revisar a amostra , digite o nome na caixa “Revisor” ou
SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Revisor” se houver nomes
armazenados na lista anteriormente); As três listas suspensas são capazes de armazenar
30 nomes inseridos.

„ Sair da edição

Quando terminar de inserir todas as informações da amostra de interesse, CLIQUE no botão


“Sim” para salvar as alterações e retornar à tela “Contagem”. Se não desejar salvar as
informações inseridas, CLIQUE no botão “Não” para retornar à tela Contagem” sem salvar
as alterações.

Modo Edição em lote (teclado externo necessário)


Se o seu analisador estiver configurado como Edição em lote, é possível inserir
informações de um lote de amostras constantemente. Para tanto, execute as etapas a
seguir.

„ Entrando em Edição

Na tela “Contagem”, pressione [F4] e uma janela de edição será exibida. Siga as instruções
para inserir as informações da primeira amostra.

„ Salvar

CLIQUE em “Salvar” para salvar as mudanças.

„ Próximo/Anterior

Se deseja revisar as informações inseridas de uma amostra específica, pressione as teclas


de seta apropriadas e CLIQUE em “Anterior” ou “Próximo” para revisar a amostra anterior
ou a próxima até que a amostra desejada seja alcançada.

„ Excluir

Se deseja excluir as informações exibidas atualmente, CLIQUE em “Excluir” para completar


a exclusão.

„ Sair

Quando tiver concluído o lote, CLIQUE em “Sair” para sair da tela “Contagem”. Após uma
amostra ser analisada, as informações correspondentes são exibidas automaticamente na
área Amostra atual.

6-22
Operação do analisador

6.8.2 Teste das amostras

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Não reutilize esses produtos descartáveis como tubos de coleta, de teste,


capilares, etc.

NOTA
z Certifique-se de manter a ponta da sonda de amostra longe do fundo do
tubo. Do contrário, o volume de aspiração poderá ser impreciso.

z Quando a aspiração estiver concluída, remova o tubo da amostra somente


quando a sonda de amostra estiver fora do tubo.

Coloque a amostra misturada na sonda de amostra de forma que ponta fique bem
posicionada no tubo e pressione a tecla de aspiração. A área Status do sistema exibirá a
mensagem “Execut.” e o analisador começará a aspirar a amostra;

Quando ouvir o bipe e a sonda da amostra estiver fora do tubo, retire o tubo da amostra. O
analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será exibido na tela;

Quando a análise estiver concluída, o resultado será exibido na tela e a ID da amostra


aumentará automaticamente em 1, e a sonda de amostra será substituída. Se a função Auto
Impr. estiver ativada, o resultado da análise será impresso automaticamente.

Repita as etapas anteriores em outras amostras.

6.8.3 Funções especiais

6-23
Operação do analisador

Recontagem (função configurada)


Se o sistema detectar obstruções ou bolhas durante a análise, ou você não estiver satisfeito
com o resultado e pressionar [F5], uma caixa de diálogo será exibida perguntando se deseja
fazer uma recontagem (analisar essa amostra novamente), como mostra a

Figura 6-17 Caixa de diálogo “Recontagem”

Se não deseja recontar esta amostra, CLIQUE em “Não”; caso contrário, CLIQUE em “Sim”
para acessar a tela “Recontagem”. Esta tela “Recontagem” é semelhante à tela
“Contagem”, com exceção da sub-área inferior da área Informações de amostra,
denominada “Recontagem” em vez de “Próxima amostra”. A ID de amostra permanece
inalterada.

Siga o procedimento apresentado anteriormente para analisar a amostra em questão


novamente. O novo resultado substituirá o antigo enquanto as informações da amostra
permanecem inalteradas.

Armazenamento automático de resultados de análises


Este analisador armazena automaticamente até 10 mil resultados de amostras. Quando o
número máximo for atingido, o resultado mais recente substituirá o mais antigo.

Sinalizações em parâmetros
„ Se o resultado da análise é seguido por um ”H” ou “L”, significa que o resultado da
análise excedeu o limite superior ou inferior do intervalo de referência.

„ Caso veja *** no lugar do resultado, significa que o resultado não é confiável ou está fora
do intervalo operacional.

„ Se o resultado de GB for inferior a 0,5 × 109/L, este analisador não efetuará a análise de
diferenciação e todos os valores dos parâmetros relacionados serão não-numéricos

6-24
Operação do analisador

(***).

NOTA
z O resultado da verificação de base não será sinalizado.

Sinalizações em histogramas
Os histogramas anormais serão sinalizados pelo sistema.

„ Histogramas de GB anormais serão sinalizados de uma das formas a seguir: R1,R2,


R3,R4 e Rm.

R1:Indica anormalidade no lado esquerdo da saliência do linfócito e a possível presença de


aglutinações de plaquetas, plaquetas gigantes, glóbulo vermelho nucleado, glóbulo vermelho
insolúvel, detritos de proteínas e lipóides na amostra ou ruídos elétricos.
R2: Indica anormalidade entre a saliência do linfócito e a área da célula de tamanho médio, e
possível presença de linfócito anormal, célula plasmática, linfócito atípico, granulócitos
originais na amostra e eosinofilia ou basofilia.
R3:Indica anormalidade entre a área da célula de tamanho médio e os granulócitos e
possível presença de granulócitos imaturos, subpopulação anormal na amostra ou
eosinofilia.
R4:Indica anormalidade no lado direito da saliência de granulócitos e netrofilia.
Rm:Indica no mínimo duas sinalizações R.

„ Histogramas de PLT anormais serão sinalizados de uma das formas a seguir: Pm,PS e
PL.

Pm:Indica demarcação turva entre a plaqueta e a área do glóbulo vermelho, e possível


presença de plaquetas grandes, coagulação de plaquetas, glóbulos vermelhos pequenos,
detrito de células ou fibrina.
PS:Indica PLTs pequenas em excesso.
PL:Indica PLTs grandes em excesso.

NOTA
z Quando o valor de PLT for inferior a 100 × 109 / L, recomenda-se a contagem
manual pelo microscópio.

Ajuste manual dos histogramas


Caso não esteja satisfeito com os histogramas obtidos, é possível ajustá-los manualmente,
contanto que possua a senha de administrador. Consulte o capítulo 7 Revisão de resultados
de amostras para obter detalhes.

6-25
Operação do analisador

6.9 Desligar

Execute o procedimento “Desligar” para desligar o analisador diariamente.

NOTA
z Para garantir um desempenho estável do analisador e resultados precisos
de análise, certifique-se de executar o procedimento “Desligar” para
desligar o analisador depois de operar por 24 horas contínuas

z Certifique-se de desligar o analisador exatamente como explicado abaixo.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema e SELECIONE ”Desligar”, como mostra
Figura 6-18;

Figura 6-18 Seleção do programa Desligar

Uma caixa de mensagem será exibida para solicitar que confirme o desligamento, como
mostra Figura 6-19;

6-26
Operação do analisador

Figura 6-19 Caixa de mensagem Desligar

1. CLIQUE em “Sim” e uma janela será exibida com instruções de como desligar o
analisador, como mostra a Figura 6 -20 ;

Figura 6 -20 Janela Desligar

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize


equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e

6-27
Operação do analisador

siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no


laboratório.

Introduza o limpador E-Z à Sonda de amostra e pressione a tecla para aspirar. O analisador
irá aspirar o limpador E-Z e limpará automaticamente as linhas de fluído e os banhos. O
progresso da limpeza será exibido na tela.

Quando a limpeza estiver concluída, coloque o interruptor na parte posterior do analisador


no OFF (O) para desligar o analisador;

Esvazie o frasco lixo.

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z Certifique-se de eliminar reagentes, lixo, amostras, suprimentos, etc. de
acordo com a regulamentação governamental.

6-28
7 Revisão dos resultados da amostra

7.1 Introdução

O analisador salva automaticamente os resultados da análise. No total, podem ser salvos


10.000 resultados. É possível pesquisar todos os resultados de amostras salvos em geral,
ou pesquisar os resultados de uma ou de várias amostras em particular.

7-1
Revisão dos resultados da amostra

7.2 Navegação por todos os resultados de amostra

Para navegar por todos os resultados de amostra salvos, pode-se escolher um dos modos
seguintes:

„ Modo ”Histograma”.

Neste modo, é possível revisar tanto os valores de parâmetro quanto os histogramas dos
resultados de amostras salvos, sendo um resultado de amostra por tela.

„ Modo “Tabela”.

Neste modo, os resultados da amostra são apresentados em forma de colunas, sem


histogramas (a saber, pode-se somente ver os valores de parâmetro). Uma tela exibe, no
máximo, 8 resultados de amostra.

7.2.1 Navegação no modo Histograma

Acesso ao modo "Histograma"


Pressione [MENU] para obter acesso ao menu do sistema e selecione “Revisão” (Figura 7-1 )
para abrir a tela “Revisão” ( Figura 7-2 ).

Figura 7-1 Menu do sistema

7-2
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-2 Tela de revisão do histograma da amostra

Pesquisa de resultados de amostras


Pressione [←] ou [→] para pesquisar o resultado da amostra anterior ou posterior; pressione
[PgUp] ou [PgDn] para pular 8 locais (e.g. do local 1 ao 9).

Troca ao modo "Tabela”


Para mudar para o modo “Tabela”, pressione [↓]; para retornar ao modo “Histograma”,
pressione [↓] novamente.

Como acessar resultados de amostras em local conhecido


Pressione [F1] para abrir a janela “Ir para”, como mostra a Figura 7 -3.

7-3
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -3 Janela “Ir para”

DIGITE o local na caixa “Local” e pressione [ENTER] para acessar o resultado de amostra
desejado.

Edição das informações da amostra (se configurado)


Pressione [F2] para editar as informações da amostra, como mostra a Figura 7 -4.

Figura 7 -4 Edição das informações da amostra

„ ID

Não é possível editar a ID de uma amostra analisada.

„ Seleção do sexo

SELECIONE o item desejado da lista suspensa “Sexo” Observe que é possível deixar o
campo em branco quando não souber ao certo o sexo do paciente.

„ Inserção do nome do paciente

INSIRA o nome do paciente na caixa “Nome”.

„ Inserção da idade do paciente

Este analisador fornece três maneiras de se inserir a idade do paciente – em anos, em


meses e em dias. A primeira maneira foi criada para pacientes com mais de um ano de idade;
a segunda, para pacientes com mais de um mês de idade e com menos de um ano; a
terceira, para pacientes com menos de um mês de idade. É possível escolher uma das três
maneiras de inserir a idade do paciente.

Para inserir a idade do paciente em anos:INSIRA o número inteiro desejado de 0 a 200, na

7-4
Revisão dos resultados da amostra

caixa “Anos”.
Para inserir a idade do paciente em meses:INSIRA o número inteiro desejado de 0 a 12, na
caixa “Meses” .
Para inserir a idade do paciente em dias:INSIRA o número inteiro desejado 0 a 31, na caixa
“Dias” .

„ Inserção do número do gráfico

INSIRA o número da ficha médica do paciente na caixa “Nº da ficha”.

„ Inserção do número do leito

INSIRA o número da cama do paciente na caixa ”Leito nº“.

„ Inserção do nome do departamento

INSIRA diretamente o nome do departamento do qual a amostra provém na caixa


“Departamento” ou SELECIONE o departamento desejado a partir da lista suspensa
“Departamento” (se houver departamentos salvos na lista anteriormente).

„ Inserção dos nomes do remetente, do testador e do verificador

Para inserir o nome da pessoa que enviou a amostra para análise, digite o nome na caixa
“Remetente” ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Remetente” (se houver
nomes armazenados na lista anteriormente); para inserir o nome da pessoa que deve testar
a amostra (ou que testou), digite o nome na caixa “Testador” SELECIONE o nome desejado
na lista suspensa “Testador” se houver nomes armazenados na lista anteriormente); para
inserir o nome da pessoa que deve revisar os resultados das amostras, digite o nome na
caixa “Revisor”, ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Verificador” se
houver nomes armazenados na lista anteriormente). As três listas suspensas são capazes
de armazenar 30 nomes inseridos.

„ botão “Sim”

Quando terminar de inserir todas as informações da amostra de interesse, CLIQUE no botão


“Sim” para salvar as alterações e retornar à janela de edição.

„ botão “Não”

Se não desejar salvar as informações inseridas, CLIQUE no botão “Não” para retornar à
janela de edição.

Ajuste de histogramas
Caso não esteja satisfeito com os histogramas obtidos, é possível ajustá-los manualmente
após inserir a senha do administrador.

7-5
Revisão dos resultados da amostra

Os três primeiros discriminadores do histograma de GB são ajustáveis. Observe que se o


resultado de GB for inferior a 0,5 ou não numérico (***), o histograma de GB não poderá ser
ajustado

Os dois primeiros discriminadores do histograma de GV são ajustáveis. Observe que se o


resultado de GV for inferior a 0,2 ou não numérico (***), o histograma de GV não poderá ser
ajustado.

Os dois primeiros discriminadores do histograma de PLT são ajustáveis. Observe que se o


resultado de PLT for inferior a 10 ou não numérico (***), o histograma de PLT não poderá ser
ajustado.

Por exemplo, para mudar o terceiro discriminador do histograma de GB a seguir, execute o


procedimento abaixo.

Pressione [ENTER] para tornar o discriminador ajustável. Veja a Figura 7 -5;

Figura 7 -5 Histograma GB com discriminadores ajustáveis

Pressione [↑] ou [↓] conforme o necessário para selecionar o histograma de GB, como
mostra a Figura 7 -6;

Figura 7 -6 Ajuste do discriminador (1)

7-6
Revisão dos resultados da amostra

Pressione [F3] para selecionar o terceiro discriminador, como mostra a Figura 7 -7;

Figura 7 -7 Ajuste do discriminador (2)

Pressione [←] para mover o terceiro discriminador, como mostra a Figura 7 -8;

Figura 7 -8 Ajuste do discriminador (3)

Pressione [ENTER] e uma caixa de mensagem será exibida, como mostra a Figura 7-9.

Figura 7-9 Armazenamento das mudanças

CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e retornar à tela “Revisão”.

Impressão dos resultados das amostras


Pressione [PRINT] para imprimir o resultado da amostra atual.

7-7
Revisão dos resultados da amostra

7.2.2 Navegação no modo “Tabela”


No modo “Histograma”, pressione [↓] para mudar para o modo “Tabela”, como mostra a
Figura 7-10.

Figura 7-10 Tela de revisão da tabela de amostras

Os resultados das amostras são exibidos em seqüência na tela. O “Local/Total” exibido no


canto inferior direito da tela indica o local do resultado da amostra atual (cuja “ID” apresenta
iluminação ao fundo) e o número total de resultados de amostra.

Pesquisa de resultados de amostras


Pressione [←] ou [→] para pesquisar o resultado da amostra anterior ou posterior; pressione
[PgUp] ou [PgDn] para pesquisar na tela anterior ou posterior.

Navegação no modo "Histograma”


Se estiver interessado em revisar os histogramas do resultado da amostra atual, pressione
[↓] para mudar para o modo ”Histograma”. Para retornar ao modo “Tabela”, pressione [↓]
novamente.

Como acessar resultados de amostras em local conhecido


Pressione [F1] para abrir a janela “Ir para”, como mostra a Figura 7 -11.

7-8
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -11 Janela “Ir para”

DIGITE o local na caixa “Local” e pressione [ENTER] para acessar o resultado de amostra
desejado.

É possível selecionar certas amostras de interesse para transmissão ou


impressão.
„ Seleção/des. seleção do resultado de uma amostra

Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para o resultado de amostra desejado e pressione
[ENTER] para selecioná-lo. O resultado de amostra selecionado será marcado com um “*”,
como a amostra “117” na Figura 7 -12 mostra.

Figura 7 -12 Seleção de um resultado de amostra

Pressione [ENTER] novamente para desmarcar a seleção do resultado da amostra. Quando

7-9
Revisão dos resultados da amostra

a amostra for desmarcada, o “*” desaparecerá, como mostra a Figura 7 -13.

Figura 7 -13 Exclusão da seleção do resultado da amostra

„ Seleção/cancelamento de seleção de resultados de várias amostras

Exemplo1:Para selecionar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 (IDs de amostra:


114 a 118 ), siga as instruções abaixo:

Pressione [F2] para abrir a janela “Selecionar”, como mostra a Figura 7-14;

Figura 7-14 Acesso à janela “Selecionar”

INSIRA a posição inicial (“00001”) na caixa “De”;

INSIRA a posição final (“00005”) na caixa “Até”;

CLIQUE em “Selecionar” e o canto inferior esquerdo da janela “Selecionar” exibirá


“Selecionar amostras”, como na Figura 7-15;

7-10
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-15 Seleção de resultados de amostra dos locais 1-5

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. Os resultados da


amostra selecionados serão marcados com um “*”, como mostra Figura 7-16.

Figura 7-16 Revisão dos resultados selecionados

Exemplo2:Para desmarcar a seleção dos resultados da amostra dos locais 1 a 5, siga as


instruções abaixo:

Insira as posições inicial e final de acordo com as etapas 1 – 3 do Exemplo1;

CLIQUE em “Desm.Sel.” e o canto inferior esquerdo da janela “Selecionar” exibirá


“Desmarcar seleção dos resultados”, como mostra a Figura 7-17;

7-11
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-17 Desmarcando os resultados de amostra dos locais de 1 a 5

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. O “*” acima dos
resultados de amostra desaparecerão, como mostra Figura7 -18.

Figura7 -18 Revisão dos resultados desmarcados

Exemplo3: Para selecionar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as


instruções abaixo:

Para selecionar os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as instruções


abaixo:

Selecione os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 de acordo com as etapas de 1 a 4 do


Exemplo1;

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. Os resultados da


amostra selecionados serão marcados com um “*”, como mostra Figura 7-19.

7-12
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-19 Revisão dos resultados selecionados

Exemplo4:Pra desmarcar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as


instruções abaixo:

Para desmarcar os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as instruções


abaixo:

Desmarque os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 de acordo com as etapas de 1 a 3


do Exemplo2;

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela de revisão da tabela de amostras. O “*” acima dos
resultados de amostra desaparecerão, como mostra Figura 7 -20.

Figura 7 -20 Revisão dos resultados desmarcados

Transmissão dos resultados da amostra ao host


É possível transmitir tanto os resultados selecionados como todos os da amostra a um
computador externo (um host). Pressione [F3] para abrir a janela “Transmitir”, como mostra a

7-13
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-21.

Figura 7-21 Janela “Transmitir”

„ Para transmitir a um host os resultados de amostra selecionados, CLIQUE em


“Selecionado”;

„ Para transmitir todos os resultados de amostra, CLIQUE em “Todos”;

„ para interromper uma transmissão, CLIQUE em “Parar”;

„ Para retornar à tela de revisão da tabela de amostras, CLIQUE em “Sair”.

Impressão dos resultados das amostras


Selecione os resultados das amostras que deseja imprimir e pressione [PRINT]. Uma caixa
de mensagem será exibida solicitando a confirmação da impressão, como mostra a Figura
7-22. CLIQUE em “Sim” para imprimir todos os resultados selecionados; CLIQUE em “Não”
para cancelar a impressão.

Figura 7-22 Caixa de mensagem Impressão

Funções especiais
Para obter acesso à tela “Funções especiais”, selecione primeiramente vários (de 1 a 500)
resultados de amostra e pressione [F5] para abrir a tela “Funções especiais”, como mostra
a Figura 7-23.

7-14
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-23 Tela Funções especiais aberta para todos os usuários

Duas funções especiais foram incluídas na tela “Funções especiais” – “Reprod.” e


“Tendência”. A anterior está aberta para todos os usuários, como mostra a Figura 7-23, ao
passo que a última está aberta somente para os administradores, como mostra a Figura
7-24.

Figura 7-24 Funções especiais aberta somente para os administradores

Reprodutibilidade

Veja a Figura 7-23 da tela “Funções especiais” aberta para todos os usuários. A tela é
composta por dois campos, o do lado esquerdo exibe as funções disponíveis e o da direita
exibe os 19 parâmetros e seus índices de reprodutibilidade (“Média”, “Dif.” e “VC”).

Se menos de três amostras forem selecionadas, os índices de reprodutibilidade serão todos


0. Se o resultado da análise de certos parâmetros for inválido (***), o índice correspondente

7-15
Revisão dos resultados da amostra

também será inválido (***).

Tendência

Após digitar a senha de administrador, pode-se obter acesso à tela “Funções especiais”
aberta para administradores, como mostra a Figura 7-24. Pressione [F1] para acessar
“Tendência”, que exibe as tendência de GB, GV, PLT, Hb, VCM e ADVGVC dos resultados
da amostra selecionada. As seis tendências são apresentadas em duas telas, três
tendências em cada, como mostram a Figura 7-25 e a Figura 7-26. Pressione [↑][↓] para
alternar entre as telas. Os resultados selecionados são apresentados seqüencialmente na
tendência, o mais novo na extrema esquerda (Nº 1).

Figura 7-25 Tela “Tendência” (1)

Figura 7-26 Tela “Tendência” (2)

7-16
Revisão dos resultados da amostra

Em qualquer tela, pressione [←] ou [→] para visualizar os resultados (exibidos abaixo da
caixa Parâmetro) de cada ponto apresentado no gráfico. A posição atual do cursor é exibida
à direita do “Nº” e a hora em que a amostra foi analisada é exibida à direita de “Hora”.
Pressione [PgUp] ou [PgDn] para pular para avançar ou retroceder de 20 em 20 amostras.

A tendência é interpretada da seguinte maneira:

„ A coordenada x representa quantas amostras foram selecionadas. A coordenada y


representa os resultados da análise dos parâmetros exibidos.

„ A linha tracejada superior da tendência de cada parâmetro representa o limite máximo


do intervalo esperado, 10% acima da média do resultado da análise. No caso de GB na
Figura 7-25, o limite superior é “10.2”.

„ A linha tracejada inferior da tendência de cada parâmetro representa o limite mínimo do


intervalo esperado, 10% abaixo da média do resultado da análise. No caso de GB na
Figura 7-25, o limite inferior é “8.4”.

„ A média de cada parâmetro é exibida entre os valores das linhas tracejadas superior e
inferior. No caso de GB na Figura 7-25, a média é “9.3”.

Para cada parâmetro, os três números à direita de sua tendência representam:


“Média” – o valor da média dos resultados salvos
“Dif.” – desvio padrão dos resultados das análises salvas
“CV” - Coeficiente de variação

∑X
i =1
i
Mean =
n

Diff =
(
∑ X i − Mean )2
n −1

Diff
CV = × 100%
Mean
onde n representa o número de resultados de amostras selecionados e Xi corresponde ao
resultado da iª análise. Se menos de três amostras forem selecionadas, os índices serão
todos 0. Se o resultado da análise de certos parâmetros for inválido (***), os três índices
também serão inválidos (***). Diante dessas duas circunstâncias, os três valores à esquerda
das tendências são as médias do parâmetro e os intervalos esperados pelo usuário
(consulte a Seção 5.3.6).

Cada ponto no gráfico é interpretado da seguinte maneira:


O quadrado escuro ■, que se localiza entre as linhas tracejadas superior e inferior, está
dentro do intervalo esperado. Caso contrário, não está. O quadrado vazio □ representa a
análise da amostra encontrou erros ou o resultado está fora do intervalo de exibição.

7-17
Revisão dos resultados da amostra

7-18
Revisão dos resultados da amostra

7.3 Pesquisa de resultados de amostra interessada

7.3.1 Início da pesquisa


Na tela de revisão da tabela de amostras, pressione [F4] para abrir a janela “Pesquisar”,
como mostra a Figura 7 -27.

Figura 7 -27 Janela “Pesquisa”

Para incluir a condição de pesquisa, pressione [↑] ou [↓] para mover o cursor até a condição
desejada e pressione [ENTER] para selecionar a condição, como mostra a Figura 7-28.

Figura 7-28 Todas as condições de pesquisa estão incluídas

7-19
Revisão dos resultados da amostra

„ Para especificar o nome do paciente

INSIRA o nome do paciente na caixa “Nome”.

„ Seleção do sexo do paciente

SELECIONE o item desejado na lista suspensa "Sexo". Observe que é possível deixar o
campo em branco quando não souber ao certo o sexo do paciente.

„ Seleção do departamento

INSIRA diretamente o nome do departamento do qual a amostra provém na caixa


“Departamento” ou SELECIONE o departamento desejado na lista suspensa
“Departamento” (se houver departamentos salvos na lista anteriormente,

„ Inserção da ID da amostra

INSIRA o número da ID na caixa “ID”.

„ Inserção do número do leito

INSIRA o número da cama do paciente na caixa”Nº cama“.

„ Inserção do número do gráfico

INSIRA o número da ficha médica do paciente na caixa “Nº da ficha”.

„ Inserção das datas inicial e final

INSIRA a data inicial na caixa “Início”; INSIRA a data final na caixa “Fim”.

CLIQUE em “Sim” para iniciar a pesquisa. O analisador irá pesquisar os resultados de


amostra salvos que coincidam com seus critérios e apresentará a conclusão na janela
“Resultado de pesquisa”, como mostra a Figura 7-29. CLIQUE em “Sim” na janela
“Resultado de pesquisa” para retornar à janela de revisão das amostras pesquisadas. As
ocorrências encontradas são armazenadas em um banco de dados denominado
“Pesquisado” e é possível revisá-las no modo “Tabela” ou “Histograma”.

7-20
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-29 Janela “Resultado de pesquisa”

7.3.2 Revisão dos resultados da pesquisa no modo “Tabela”

NOTA
z Para cada pesquisa, o analisador pode exibir no máximo 500 resultados.

z Os resultados serão excluídos ao manipular outra amostra (incluindo a


verificação de base), ao excluir o resultado de uma amostra, ou reiniciar o
analisador após a pesquisa.

Acesso ao modo “Tabela”


Na tela “Revisão”, pressione [↑] para selecionar o banco de dados “Pesquisado” e
pressione [↓] para obter acesso à tela “Tabela”, como mostrado na Figura 7 -30.

7-21
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -30 Tela “Tabela”

Os resultados das amostras são exibidos em seqüência na tela. O “Local/Total” exibido no


canto inferior direito da tela indica o local do resultado da amostra atual (cuja “ID” apresenta
iluminação ao fundo) e o número total de resultados de amostra que coincidem com os
critérios da pesquisa.

Pesquisa de resultados de amostras


Pressione [←] ou [→] para pesquisar o resultado da amostra anterior ou posterior; pressione
[PgUp] ou [PgDn] para pesquisar na tela anterior ou posterior.

Troca ao modo "Histograma”


Se estiver interessado em revisar os histogramas do resultado da amostra atual, pressione
[↓] para mudar para o modo ”Histograma”. Para retornar ao modo “Tabela”, pressione [↓]
novamente.

Como acessar resultados de amostras em local conhecido


Pressione [F1] para abrir a janela “Ir para”, como mostra a Figura 7 -31.

7-22
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -31 Janela “Ir”

DIGITE o local na caixa “Local” e pressione [ENTER] para acessar o resultado de amostra
desejado.

É possível selecionar certas amostras de interesse para transmissão ou


impressão.
„ Seleção/des. seleção do resultado de uma amostra

Pressione [←] ou [→] para mover o cursor para o resultado de amostra desejado e pressione
[ENTER] para selecioná-lo. O resultado de amostra selecionado será marcado com um “*”,
como a amostra “118” na Figura 7 -32 mostra.

Figura 7 -32 Seleção de um resultado de amostra

Pressione [ENTER] novamente para desmarcar a seleção do resultado da amostra. Quando


a amostra for desmarcada, o “*” desaparecerá, como mostra a Figura 7-33.

7-23
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-33 Cancelamento da seleção de um resultado de amostra

„ Seleção/cancelamento de seleção de resultados de várias amostras

Exemplo1:Para selecionar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 (IDs de amostra: 114


a 118), siga as instruções abaixo:

Pressione [F2] para abrir a janela “Selecionar”, como mostra a Figura 7-34;

Figura 7-34 Acesso à janela “Selecionar”

INSIRA a posição inicial (“00001”) na caixa "De”;

INSIRA a posição final (“00005”) na caixa “Até”;

CLIQUE em “Selecionar” e o canto inferior esquerdo da janela “Selecionar” exibirá


“Selecionar amostras”, como na Figura 7-35;

7-24
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-35 Seleção de resultados de amostra dos locais de 1 a 5

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. Os resultados da


amostra selecionados serão marcados com um “*”, como mostra Figura 7-36.

Figura 7-36 Revisão dos resultados selecionados

Exemplo 2:Para desmarcar a seleção dos resultados da amostra dos locais de 1 a 5, siga as
instruções abaixo:

Insira as posições inicial e final de acordo com as etapas 1 – 3 do Exemplo1;

CLIQUE em “Desm.Sel.” e o canto inferior esquerdo da janela “Selecionar” exibirá


“Desmarcar seleção do resultado”, como mostra a Figura 7-37;

7-25
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-37 Cancelamento da seleção dos resultados de amostra dos locais de 1 a 5

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. O “*” acima dos
resultados de amostra desaparecerão, como mostra Figura 7 -38.

Figura 7 -38 Revisão dos resultados desmarcados

Exemplo3: Para selecionar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as


instruções abaixo:

Selecione os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 de acordo com as etapas de 1 a 4 do


Exemplo1;

Selecione os resultados de amostra dos locais de 7 a 8 de acordo com as etapas de 1 a 4 do


Exemplo1;

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. Os resultados da


amostra selecionados serão marcados com um “*”, como mostra a Figura 7-39.

7-26
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-39 Revisão dos resultados selecionados

Exemplo4:Para desmarcar os resultados da amostra dos locais de 1 a 5 e de 7 a 8, siga as


instruções abaixo:

Desmarque os resultados de amostra dos locais de 1 a 5 de acordo com as etapas de 1 a 3


do Exemplo2;

Desmarque os resultados de amostra dos locais de 7 a 8 de acordo com as etapas de 1 a 3


do Exemplo2;

CLIQUE em “Sair” para retornar à tela Revisão da tabela de amostras. O “*” acima dos
resultados de amostra desaparecerão, como mostra a Figura 7 -40.

Figura 7 -40 Revisão dos resultados des. sel.

Transmissão dos resultados da amostra ao host


É possível transmitir tanto os resultados selecionados como todos os da amostra a um
computador externo (um host). Pressione [F3] para abrir a janela “Transmitir”, como mostra

7-27
Revisão dos resultados da amostra

a Figura 7-41.

Figura 7-41 Tela “Transmitir”

„ Para transmitir a um host os resultados de amostra selecionados, CLIQUE em


“Selecionado”;

„ Para transmitir todos os resultados de amostra, CLIQUE em “Todos”;

„ para interromper uma transmissão, CLIQUE em “Parar”;

„ Para retornar à tela de revisão, CLIQUE em “Sair”.

Impressão dos resultados das amostras


Selecione os resultados das amostras que deseja imprimir e pressione [PRINT]. Uma caixa
de mensagem será exibida solicitando a confirmação da impressão, como mostra a Figura
7-42. CLIQUE em “Sim” para imprimir todos os resultados selecionados; CLIQUEem “Não”
para cancelar a impressão.

Figura 7-42 Caixa de mensagem Impressão

Funções especiais
Para obter acesso à tela “Funções especiais”, selecione primeiramente vários (de 1 a 500)
resultados de amostra e pressione [F5] para abrir a tela “Funções especiais”, como mostra
a Figura 7-43.

7-28
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-43 Tela Funções especiais aberta para todos os usuários

Duas funções especiais foram incluídas nesta tela – “Reprod.” e “Tendência”. A anterior
está aberta para todos os usuários, como mostra a Figura 7-43, ao passo que a última está
aberta somente para os administradores, como mostra a Figura 7-44.

Figura 7-44 Funções especiais aberta somente para os administradores

Reprodutibilidade

Veja a Figura 7-43 da tela “Funções especiais” aberta para todos os usuários. A tela é
composta por dois campos, o do lado esquerdo exibe as funções disponíveis e o da direita
exibe os 19 parâmetros e seus índices de reprodutibilidade (“Média”, “Dif.” e “VC”).

Se menos de três amostras forem selecionadas, os índices de reprodutibilidade serão todos


0. Se o resultado da análise de certos parâmetros for inválido (***), o índice correspondente
também será inválido (***).

7-29
Revisão dos resultados da amostra

Tendência

Após digitar a senha de administrador, pode-se obter acesso à tela “Funções especiais”
aberta para administradores, como mostra a Figura 7-44. Pressione [F1] para acessar
“Tendência”, que exibe as tendência de GB, GV, PLT, Hb, VCM e ADVGVC dos resultados
da amostra selecionada. As seis tendências são apresentadas em duas telas, três
tendências em cada, como mostram a Figura 7-45 e a Figura 7-46. Pressione [↑][↓] para
alternar entre as telas. Os resultados selecionados são apresentados seqüencialmente na
tendência, o mais novo na extrema esquerda (Nº 1).

Figura 7-45 Tela “Tendência” (1)

Figura 7-46 Tela “Tendência” (2)

Em qualquer tela, pressione [←] ou [→] para visualizar os resultados (exibidos abaixo da
caixa Parâmetro) de cada ponto apresentado no gráfico. A posição atual do cursor é exibida
à direita do “Nº” e a hora em que a amostra foi analisada é exibida à direita de “Hora”.

7-30
Revisão dos resultados da amostra

Pressione [PgUp] ou [PgDn] para pular para avançar ou retroceder de 20 em 20 amostras.

A tendência é interpretada da seguinte maneira:

„ A coordenada x representa quantas amostras foram selecionadas. A coordenada y


representa os resultados da análise dos parâmetros exibidos.

„ A linha tracejada superior da tendência de cada parâmetro representa o limite máximo


do intervalo esperado, 10% acima da média do resultado da análise. No caso de GB na
Figura 7-45, o limite superior é “10,2”.

„ A linha tracejada inferior da tendência de cada parâmetro representa o limite mínimo do


intervalo esperado, 10% abaixo da média do resultado da análise. No caso de GB na
Figura 7-45, o limite inferior é “8,4”.

„ A média de cada parâmetro é exibida entre os valores das linhas tracejadas superior e
inferior. No caso de GB na Figura 7-45, a média é “9,3”.

Para cada parâmetro, os três números à direita de sua tendência representam:


“Média” – o valor da média dos resultados salvos
“Dif.” – desvio padrão dos resultados das análises salvas
“CV” - Coeficiente de variação

∑X
i =1
i
Mean =
n

Diff =
(
∑ X i − Mean )2
n −1

Diff
CV = × 100%
Mean
onde n representa o número de resultados de amostras selecionados e Xi corresponde ao
resultado da iª análise. Se menos de três amostras forem selecionadas, os índices serão
todos 0. Se o resultado da análise de certos parâmetros for inválido (***), os três índices
também serão inválidos (***). Diante dessas duas circunstâncias, os três valores à esquerda
das tendências são as médias do parâmetro e os intervalos esperados pelo usuário
(consulte a Seção 5.3.6).

Cada ponto no gráfico é interpretado da seguinte maneira:


O quadrado escuro ■, que se localiza entre as linhas tracejadas superior e inferior, está
dentro do intervalo esperado. Caso contrário, não está. O quadrado vazio □ representa a
análise da amostra encontrou erros ou o resultado está fora do intervalo de exibição.

7-31
Revisão dos resultados da amostra

7.3.3 Revisão dos resultados da pesquisa no modo

“Histograma”

Acesso ao modo "Histograma"


Na tela “Revisão”, pressione [↑] para selecionar o banco de dados “Pesquisado” e
pressione [↓] para obter acesso à tela “Histograma”, como mostra a Figura 7-47.

Figura 7-47 Tela Histograma pesquisado

Pesquisa de resultados de amostras


Pressione [←] ou [→] para pesquisar o resultado da amostra anterior ou posterior; pressione
[PgUp] ou [PgDn] para pular 8 locais (ex.: do local 1 ao local 8 ).

Troca ao modo "Tabela”


Para mudar para o modo “Tabela”, pressione [↓]; para retornar ao modo “Histograma”,
pressione [↓] novamente.

Como acessar resultados de amostras em local conhecido


Pressione [F1] para abrir a janela “Ir para”, como mostra a Figura 7 -48.

7-32
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -48 Janela “Ir para”

DIGITE o local na caixa “Local” e pressione [ENTER] para acessar o resultado de amostra
desejado.

Edição de informações da amostra


Pressione [F2] para editar as informações da amostra, como mostra a Figura7 -49.

Figura7 -49 Edição das informações da amostra

„ ID

Não é possível editar a ID de uma amostra analisada.

„ Seleção do sexo

SELECIONE o item desejado da lista suspensa “Sexo” Observe que é possível deixar o

7-33
Revisão dos resultados da amostra

campo em branco quando não souber ao certo o sexo do paciente.

„ Inserção do nome do paciente

INSIRA o nome do paciente na caixa “Nome”.

„ Inserção da idade do paciente

Este analisador fornece três maneiras de se inserir a idade do paciente – em anos, em


meses e em dias. A primeira maneira foi criada para pacientes com mais de um ano de idade;
a segunda, para pacientes com mais de um mês de idade e com menos de um ano; a
terceira, para pacientes com menos de um mês de idade. É possível escolher uma das três
maneiras de inserir a idade do paciente.

Para inserir a idade do paciente em anos:INSIRA o número inteiro desejado de 0 a 200, na


caixa “Anos”.
Para inserir a idade do paciente em meses:INSIRA o número inteiro desejado de 0 a 12, na
caixa “Meses” .
Para inserir a idade do paciente em dias:INSIRA o número inteiro desejado 0 a 31, na caixa
“Dias” .

„ Inserção do número do gráfico

INSIRA o número da ficha médica do paciente na caixa “Nº da ficha”.

„ Inserção do número do leito

INSIRA o número do leito do paciente na caixa ”Leito nº“.

„ Inserção do nome do departamento

INSIRA diretamente o nome do departamento do qual a amostra provém na caixa


“Departamento” ou SELECIONE o departamento desejado a partir da lista suspensa
“Departamento” (se houver departamentos salvos na lista anteriormente).

„ Inserção dos nomes do remetente, do testador e do verificador

Para inserir o nome da pessoa que enviou a amostra para análise, digite o nome na caixa
“Remetente” ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Remetente” (se houver
nomes armazenados na lista anteriormente); para inserir o nome da pessoa que deve testar
a amostra (ou que testou), digite o nome na caixa “Testador” SELECIONE o nome desejado
na lista suspensa “Testador” se houver nomes armazenados na lista anteriormente); para
inserir o nome da pessoa que deve revisar os resultados das amostras, digite o nome na
caixa “Revisor”, ou SELECIONE o nome desejado na lista suspensa “Verificador” se
houver nomes armazenados na lista anteriormente). As três listas suspensas são capazes
de armazenar 30 nomes inseridos.

7-34
Revisão dos resultados da amostra

„ botão “Sim”

Quando terminar de inserir todas as informações da amostra de interesse, CLIQUE no botão


“Sim” para salvar as alterações e retornar à janela de edição.

„ botão “Não”

Se não desejar salvar as informações inseridas, CLIQUE no botão “Não” para retornar à
janela de edição.

Ajuste de histogramas
Caso não esteja satisfeito com os histogramas obtidos, é possível ajustá-los manualmente
após inserir a senha do administrador.

Os três primeiros discriminadores do histograma de GB são ajustáveis. Observe que se o


resultado de GB for inferior a 0,5 ou não numérico (***), o histograma de GB não poderá ser
ajustado

Os dois primeiros discriminadores do histograma de GV são ajustáveis. Observe que se o


resultado de GV for inferior a 0,2 ou não numérico (***), o histograma de GV não poderá ser
ajustado.

Os dois primeiros discriminadores do histograma de PLT são ajustáveis. Observe que se o


resultado de PLT for inferior a 10 ou não numérico (***), o histograma de PLT não poderá ser
ajustado.

Por exemplo, para mudar o terceiro discriminador do histograma de GB a seguir, execute o


procedimento abaixo.

Pressione [ENTER] para tornar o discriminador ajustável. Veja a Figura 7 -50;

7-35
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7 -50 Histograma GB com discriminadores ajustáveis

Pressione [↑] ou [↓] conforme o necessário para selecionar o histograma de GB, como
mostra a Figura 7 -51;

Figura 7 -51 Ajuste do discriminador (1)

Pressione [F3] para selecionar o terceiro discriminador, como mostra a Figura 7 -52;

Figura 7 -52 Ajuste do discriminador (2)

Pressione [←] para mover o terceiro discriminador, como mostra a Figura 7 -53;

Figura 7 -53 Ajuste do discriminador (3)

Pressione [ENTER] e uma caixa de mensagem será exibida, como mostra a Figura 7-54.

7-36
Revisão dos resultados da amostra

Figura 7-54 Armazenamento das mudanças

CLIQUE em “Sim” para salvar as mudanças e retornar à tela “Revisão”.

Impressão dos resultados das amostras


Selecione os resultados das amostras que deseja imprimir e pressione [PRINT]. Uma caixa
de mensagem será exibida solicitando a confirmação da impressão, como mostra a Figura
7-55. CLIQUE em “Sim” para imprimir todos os resultados selecionados; CLIQUE em “Não”
para cancelar a impressão.

Figura 7-55 Caixa de mensagem Impressão

7-37
8 Uso dos programas de controle de
qualidade

8.1 Introdução

O Controle de qualidade (CQ) consiste em estratégias e procedimentos que medem a


precisão e a estabilidade do analisador. Os resultados implicam a confiabilidade dos
resultados de amostra. O CQ envolve materiais de medição com características conhecidas
e estáveis em intervalos freqüentes. A análise dos resultados com métodos estatísticos
permite inferir que os resultados de amostra são confiáveis.

Mindray recomenda executar o programa de CQ diariamente. Um novo lote de controles


deve ser analisado em paralelo ao lote atual antes das datas de vencimento. Para tal,
execute o novo lote de controles duas vezes por dia durante cinco dias usando qualquer
arquivo CQ vazio. Os arquivos CQ calculam o desvio padrão médio e o coeficiente de
variação de cada parâmetro selecionado. As médias dessas 10 execuções calculadas pelo
instrumento devem estar dentro dos intervalos esperados publicados pelo fabricante.

Este analisador oferece dois programas de CQ – CQ com controles e análise X-B.

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

NOTA
z Certifique-se de usar os controles especificados. O uso de controles que
não sejam os especificados acarretará resultados errôneos.

z Consulte as instruções de uso dos controles para saber como armazená-los


e utilizá-los.

8-1
Uso dos programas de controle de qualidade

8.2 CQ com controles


8.2.1 Edição de CQ

Como obter acesso à tela “Controles”


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. SELECIONE “Controles” (Figura 8-1),
para obter acesso à tela “Controles”, como mostra a Figura 8-2. Na tela CQ é possível
incluir no máximo 12 parâmetros, GB, GV, Hb, PLT, Ht, VCM, CHCM, HCM, % linfóc., Nº linf.,
% gran. e Nº gran. na execução do CQ.

Figura 8-1 Menu do sistema

Figura 8-2 Tela “Controles”

8-2
Uso dos programas de controle de qualidade

Seleção de arquivos CQ
O analisador fornece nove Arquivos CQ para salvar as configurações e resultados de CQ.
Todo Arquivo CQ pode armazenar até 31 resultados de CQ executados. Quando os
resultados de CQ salvos atingirem o número máximo, o resultado mais recente substituirá o
mais antigo. É possível pressionar [F1] para trocar os arquivos CQ e o número será atribuído
no canto superior esquerdo da tela. Após selecionar o arquivo CQ, pressione [F2] para
selecionar o modo “Sangue total” ou “Pré-diluído”.

Edição das configurações de CQ


Se houver resultados e configurações de CQ armazenados, será necessário apagá-los antes.
Pressione [F5] para obter acesso à tela “Tabela CQ” para excluir todos os resultados,
consulte o capítulo 8.2.3 para obter detalhes.

„ Acesso à tela “Edição de CQ”

Pressione [F3] na tela “Controles” para obter acesso à tela “Edição de CQ” (Figura 8-3).

Figura 8-3 Tela “Edição de CQ”

„ Inserção do número do lote

INSIRA o número do lote do controle a ser utilizado na caixa “Nº lote", como mostra a Figura
8-4- Inserção do número do lote84.

8-3
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-4- Inserção do número do lote84

„ Inserção da data de vencimento

INSIRA a data de vencimento do controle a ser utilizado na caixa “Data venc.", como mostra
a Figura 8-5.

Figura 8-5 Inserção da data de vencimento

„ Inserção dos resultados esperados (média) e limites (intervalo)

INSIRA os resultados (média) e os limites (intervalo) esperados respectivamente nas caixas


"Média” e “Interv.” dos parâmetros a serem incluídos na análise de CQ, como mostra a
Figura 8-6.

8-4
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-6 Inserção da média de GB

NOTA
z Consulte as instruções de uso do controle para obter informações sobre o
número de lote, data de vencimento, dias de estabilidade de frascos abertos,
resultados esperados e limites.

z A data de vencimento especificada deve ser a data de vencimento impressa


na etiqueta ou a do frasco aberto. Seja qual for a primeira.

z A data de vencimento do frasco aberto é calculada da seguinte forma: data


em que o frasco foi aberto + dias de estabilidade do frasco aberto.

z Na tela “Edição de CQ”, se desejar corrigir uma entrada incorreta,


MODIFIQUE o dígito errado.

„ Exclusão de configurações

Pressione [DEL] para excluir todas as configurações.

„ Impressão de configurações

Pressione [PRINT] para imprimir todas as configurações.

„ Como sair da tela “Edição de CQ”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema. A caixa de mensagem mostrada na Figura
8-7 é exibida se:

Existe um parâmetro para o qual foi inserido somente o resultado esperado ou o limite; ou

Existe um parâmetro cujo resultado esperado é inferior ao igual ao limite.

8-5
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-7 Entrada inválida

CLIQUE em “Sim” para fechar a caixa e apagar as entradas incorretas. Insira novamente os
valores corretos antes de tentar sair da tela novamente. As configurações podem ser
armazenadas somente quando o resultado esperado e o limite forem válidos.

Se todas as entradas estiverem corretas, uma caixa de mensagem será exibida solicitando
que as alterações sejam salvas, como mostra a Figura 8-8. CLIQUE em “Sim” para salvar as
alterações e sair da tela “Controles”; CLIQUE em “Não” para ignorar as alterações e sair da
tela “Controles”.

Figura 8-8 Armazenamento das mudanças

8.2.2 Manipulação de controles

8-6
Uso dos programas de controle de qualidade

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Não reutilize esses produtos descartáveis como tubos de coleta, de teste,


capilares, etc.

NOTA
z Certifique-se de manter a ponta da sonda de amostra longe do fundo do
tubo. Do contrário, o volume de aspiração poderá ser impreciso.

z Quando a aspiração estiver concluída, remova o tubo da amostra somente


quando a sonda de amostra estiver fora do tubo.

Modo Sangue total

1. Certifique-se de que a área Status do sistema exiba “Pronto“;

2. Pressione [F2] para selecionar o modo Sangue total;

3. Coloque um frasco de controle na sonda de amostra de forma que a ponta fique bem
posicionada no frasco e pressione a tecla de aspiração. A área Status do sistema
exibirá a mensagem “Execut.” e o analisador começará a aspirar a amostra;

4. Quando ouvir o bipe e a sonda de amostra estiver fora do frasco, remova o frasco de
controle. O analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será
exibido na tela;

5. Quando a análise for concluída, o resultado será exibido na tela, o “N°/Total” no canto
superior esquerdo da tela aumentará automaticamente 1 unidade e a sonda de amostra
será substituída.

8-7
Uso dos programas de controle de qualidade

NOTA
z Se o analisador detectar obstrução ou bolhas de GB/GV durante a análise,
as mensagens de erro correspondentes serão exibidas no canto inferior
esquerdo da tela e os resultados de todos os parâmetros relacionados serão
invalidados. Consulte o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador
para obter soluções.

z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional


especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

„ Exclusão do resultado de CQ

Para excluir o resultado atual, pressione [DEL] e uma caixa de mensagem será exibida,
como mostra a Figura 8-9. CLIQUE em “Sim” para confirmar a exclusão.

Figura 8-9 Exclusão do resultado atual

„ Impressão dos resultados de CQ

Pressione [PRINT] para imprimir o resultado de CQ atual com a impressora.

„ Como sair da tela “Controles”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

Modo Pré-diluído

6. Certifique-se de que a área Status do sistema exiba “Pronto“;

7. Pressione [F2] para selecionar o modo Pré-diluído;

8. Pressione [DILUENT] e uma caixa de mensagem será exibida orientando como o


diluente deve ser liberado no tubo de amostra, como mostra a Figura 8-10;

8-8
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-10 Caixa de mensagem mostrando como ministrar o diluente

9. Coloque um tubo de amostra limpo na sonda e verifique se o tubo fica inclinado em


direção à sonda, como mostra a Figura 8-11, para evitar derramamentos e bolhas.
Pressione a tecla de aspiração para distribuir 0,7 mL de diluente (o volume de
distribuição é controlado pelo analisador) no tubo;

Figura 8-11 Como ministrar o diluente

10. Quando a administração estiver concluída, pressione [ENTER] para fechar a caixa de
mensagem;

11. Adicione 20 µL de controle ao diluente e agite o tubo para misturar a amostra;

12. Coloque o controle misturado na sonda de amostra de forma que ponta fique bem
posicionada no tubo e pressione a tecla de aspiração. A área Status do sistema exibirá
a mensagem “Execut.” e o analisador começará a aspirar a amostra;

13. Quando ouvir o bipe e a sonda da amostra estiver fora do tubo, retire o tubo da amostra.

8-9
Uso dos programas de controle de qualidade

O analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será exibido na


tela;

14. Quando a análise for concluída, o resultado será exibido na tela, o “N°/Total” no canto
superior esquerdo da tela aumentará automaticamente 1 unidade e a sonda de amostra
será substituída.

NOTA
z Se o analisador detectar obstrução ou bolhas de GB/GV durante a análise,
as mensagens de erro correspondentes serão exibidas no canto inferior
esquerdo da tela e os resultados de todos os parâmetros relacionados serão
invalidados. Consulte o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador
para obter soluções.

z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional


especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

„ Exclusão do resultado de CQ

Para excluir o resultado atual, pressione [DEL] e uma caixa de mensagem será exibida,
como mostra a Figura 8-12. CLIQUE em “Sim” para confirmar a exclusão.

Figura 8-12 Exclusão do resultado atual

„ Impressão dos resultados de CQ

Pressione [PRINT] para imprimir o resultado de CQ atual com a impressora.

8-10
Uso dos programas de controle de qualidade

„ Como sair da tela “Controles”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

8.2.3 Revisão dos resultados de CQ

É possível revisar os resultados salvos em um dos dois modos – “Gráfico L-J” e “Tabela
CQ”.

Gráfico L-J
Na tela “Controles”, pressione [F4] para obter acesso à tela "Gráfico L-J", como mostram a
Figura 8-13, a 8- 14 e a Figura 8-15 Tela Gráfico L-J .

Figura 8-13 Tela Gráfico L-J (1)

Figura 8- 14Tela Gráfico L-J (2)

8-11
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-15 Tela Gráfico L-J (3)

Os 12 parâmetros estão divididos em três grupos para exibição, um grupo por tela. Pressione
[↑] ou [↓] para alternar entre as telas. Em cada tela ” Gráfico L-J”, pressione [←] ou [→] para
visualizar os resultados (exibidos abaixo da caixa de parâmetros) de cada ponto apresentado
no gráfico. A posição atual do cursor é exibida à direita do campo “Nº” e o horário em que o
CQ foi executado é exibido à direita do campo ”Hora”.

O gráfico L-J é interpretado da seguinte maneira:

„ A coordenada x representa o número de vezes que o programa de CQ foi executado. A


coordenada y representa os resultados da análise dos parâmetros exibidos.

„ Para cada parâmetro, o gráfico L-J apresenta no máximo 31 pontos.

„ Para cada parâmetro, a linha tracejada superior de seu gráfico L-J representa o limite
máximo do intervalo esperado do resultado da análise. O valor correspondente (4,9 no
caso do GV na Figura 8-13) equivale ao cálculo Média + Intervalo e é exibido à
esquerda da linha.

„ Para cada parâmetro, a linha tracejada inferior de seu gráfico L-J representa o limite
mínimo do intervalo esperado do resultado da análise. O valor correspondente (4,1 no
caso do GV na Figura 8-13) equivale ao cálculo Média -Intervalo e é exibido à esquerda
da linha.

„ Para cada parâmetro, seu resultado esperado (4,5 no caso do GV na Figura 8-13) é
exibido entre os valores das linhas tracejadas superior e inferior.

„ Para cada parâmetro, os três números exibidos à direita de seu gráfico L-J representam:

“Média” – o valor médio dos resultados salvos, como a equação abaixo define,
n

∑X i
Mean = i =1
n

8-12
Uso dos programas de controle de qualidade

onde n representa o número de vezes que o programa de CQ foi executado e Xi corresponde


ao resultado obtido em cada análise de CQ.
“Dif.” – desvio padrão dos resultados de análise salvos, como a equação abaixo define,

Diff =
(
∑ X i − Mean )2
n −1
onde n representa o número de vezes que o programa de CQ foi executado e Xi corresponde
ao resultado obtido em cada análise de CQ e “Média” corresponde ao valor médio derivado
da primeira equação.
“CV” – Coeficiente de variação, como a equação abaixo define

Diff
CV = × 100%
Mean
onde Média corresponde ao valor médio derivado da primeira equação e Dif. corresponde ao
desvio padrão derivado da segunda equação.

„ Cada ponto no gráfico é interpretado da seguinte maneira:

O quadrado escuro ■, que se localiza entre as linhas tracejadas superior e inferior, está
dentro do intervalo de controle. Caso contrário, não está. O quadrado vazio □ representa que
a análise de CQ encontrou erros ou o resultado está fora do intervalo de exibição.

Caso observe pontos fora do intervalo de controle, execute as etapas a seguir até que o
problema seja resolvido. Se todas as etapas falharem, entre em contato com o Mindray
Error! Unknown document property name. ou com o distribuidor local para obter ajuda.

Verifique o canto inferior esquerdo da tela para ver se há mensagens de erro. Consulte o
capítulo 11 Resolução de problemas de seu analisador para verificar as mensagens de
erro exibidas;

Verifique as configurações L-J para ver as entradas incorretas;

Execute a verificação de base. Em caso de resultado de base anormal, consulte o capítulo


11 Resolução de problemas do seu analisador para obter soluções;

Execute novamente o controle;

Utilize outro frasco de controle;

Verifique se o analisador necessita de calibração.

„ Outras operações:

Para imprimir o gráfico L-J exibido atualmente, pressione [PRINT]. Para obter informações
de ajuda, pressione [AJUDA]. Para retornar à tela ”Controles”, pressione [MENU]

8-13
Uso dos programas de controle de qualidade

Tabela CQ
Na tela “Controles”, pressione [F5] para obter acesso à tela “Tabela CQ”, como mostra a
Figura 8-16, onde cada tela exibe os resultados de seis análises de CQ. Pressione [PgUp] ou
[PgDn] para alternar entre a tela anterior e a seguinte para visualizar outros resultados.

Figura 8-16 Tela “Tabela CQ”

Se desejar excluir todos os resultados salvos, pressione [DEL] e uma caixa de mensagem
será apresentada para confirmar a exclusão, como mostra a Figura 8-17.

Figura 8-17 Exclusão de todos os resultados

CLIQUE em “Sim” para excluir o resultado atual; CLIQUE em “Não” para cancelar a
exclusão.

Se desejar transmitir os resultados de CQ salvos em um computador externo, siga as etapas


descritas abaixo:

8-14
Uso dos programas de controle de qualidade

Pressione [F1] na tela “Tabela CQ” para abrir a caixa de diálogo mostrada na Figura 8-18;

SELECIONE “Sim” para confirmar a transmissão.

Figura 8-18 Caixa de diálogo Transmissão

8-15
Uso dos programas de controle de qualidade

8.3 Análise X-B

Um ponto fraco do controle de qualidade feito por materiais de controle é que esse material é
normalmente analisado somente uma vez na transmissão. Caso uma mudança significativa
ocorra na calibração, não será detectada no restante da transmissão. X-B representa a
média de mudança dos valores hematológicos calculados com um algoritmo desenvolvido
por Dr. Brian Bull. A análise X-B utiliza o algoritmo de Bull para monitorar o desempenho do
analisador controlando os índices da média de glóbulos vermelhos VCM, HCM e CHCM nas
amostras dos pacientes executadas no instrumento em lotes de 20. O valor alvo de X-B é
semelhante ao valor do ensaio de um controle comercial. É derivado do conteúdo do
paciente analisado no instrumento. Limite corresponde ao limite de variação aceitável em
torno do valor alvo.

A análise X-B requer amostras aleatórias e, portanto, as amostras categorizadas por


doenças não são indicadas para essa finalidade.

8.3.1 Edição de CQ

Acesso à tela “Tabela X-B”


Pressione [MENU] para acessar o menu do sistema. SELECIONE "Análise X-B” (8-19) para
obter acesso à tela “Tabela X-B”, como mostra a Figura 8-20.

Figura 8-19 Menu do sistema

8-16
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-20 Tela “Tabela X-B”

Apague o conteúdo da tabela X-B antes de editar as configurações de X-B. Se houver


resultados e configurações de CQ armazenados, será necessário apagá-los antes.
Pressione [DEL] e uma caixa de mensagem será exibida para confirmar a exclusão, como
mostra a Figura 8-21.

Figura 8-21 Exclusão de todos os resultados

CLIQUE em “Sim” para confirmar a exclusão; CLIQUE em “Não” para cancelar a exclusão.

Acesso à edição das configurações X-B


Na tela “Tabela X-B”, pressione [F1] para obter acesso à tela “Edição de X-B” mostrada na
Figura 8-22.

8-17
Uso dos programas de controle de qualidade

Figura 8-22 Tela “Edição de X-B”

Ativação/desativação da análise X-B


As amostras randomizadas são obrigatórias para a análise X-B. No caso de tipos específicos
de amostra (oncologia, neonatal e assim por diante) que interferem muito nos resultados de
X-B, desative a análise X-B.

SELECIONE a caixa de opção à direita de “Análise X-B”, SELECIONE “Ligado” ou


“Desligado” na lista suspensa para ativar ou desativar a análise X-B, como mostra a Figura
8-23.

Figura 8-23 Ativação/desativação da edição de X-B

Inserção do resultado esperado (média) e limite (intervalo)


Os resultados esperados variam de acordo com o laboratório. Recomenda-se que os

8-18
Uso dos programas de controle de qualidade

resultados sejam obtidos através do cálculo das médias de pelo menos 500 amostras
randomizadas de pacientes. O limite recomendável é de 5% a 10%.

NOTA
z Certifique-se de calibrar seu analisador antes de tentar estabelecer os
resultados esperados calculando as médias de amostras aleatórias do
paciente.

INSIRA os valores esperados para a média e o intervalo respectivamente nas caixas


“Média” e “Interv.” dos parâmetros a serem incluídos na execução de CQ.

„ Exclusão de configurações

Pressione [DEL] para excluir todas as configurações.

„ Impressão de configurações

Pressione [PRINT] para imprimir todas as configurações.

„ Como sair da tela “Edição de X-B”

Pressione [MENU] para sair da tela “Edição de X-B”. Uma caixa de mensagem será exibida
para lembrá-lo de salvar as mudanças, como mostra. CLIQUE em “Sim” para salvar as
mudanças; CLIQUE em “Não” para ignorar as mudanças.

Figura 8-24 Uma caixa de mensagem para confirmar as mudanças

8.3.2 Execução da análise X-B


Após ativar a análise X-B e atribuir médias e intervalos válidos aos três parâmetros, o

8-19
Uso dos programas de controle de qualidade

sistema executará automaticamente a análise X-B a cada 20 amostras de paciente, das


quais os resultados de VCM, HCM e CHCM estiverem dentro dos intervalos determinados.

8.3.3 Revisão dos resultados X-B


Este analisador salva automaticamente os resultados das análises X-B. É possível revisar os
resultados salvos em dois modos - Tabela X-B e Gráfico X-B

Tabela X-B
Siga as etapas detalhadas no capítulo 8.3.1.

Gráfico X-B
Na tela “Tabela X-B”, pressione [F2] para obter acesso à tela “Gráfico X-B”, como mostra a
Figura 8-25.

Figura 8-25 Tela Gráfico X-B

O gráfico X-B pode ser interpretado da seguinte maneira:

„ A coordenada x representa o número de análises X-B executadas; a coordenada y


representa os resultados das análises X-B;

„ Para cada parâmetro, o gráfico X-B pode exibir no máximo 500 pontos, 30 pontos por
tela. O horário em que a amostra foi analisada é exibido à direita de “Hora”. A posição atual
do cursor e o número de todos os pontos salvos são exibidos à direita de “Local/Total”.

„ Para qualquer parâmetro, a linha tracejada superior representa o resultado esperado + o


limite;

„ Para qualquer parâmetro, a linha tracejada superior representa o resultado esperado - o


limite;

„ Para cada parâmetro (ex.: VCM), os três números à esquerda do gráfico X-B são
definidos da seguinte forma:

8-20
Uso dos programas de controle de qualidade

95,0 – o resultado esperado + o limite;


90,0 – o resultado esperado;
85,0 – o resultado esperado - o limite;

Os pontos “■” localizados entre as linhas tracejadas superiores e inferiores estão dentro dos
intervalos esperados; Os pontos “■” que estiverem fora das linhas tracejadas superiores ou
inferiores estão fora dos intervalos esperados

Caso observe pontos fora do intervalo de controle, execute as etapas a seguir até que o
problema seja resolvido. Se todas as etapas falharem, entre em contato com o Mindray
Error! Unknown document property name. ou com o distribuidor local para obter ajuda.

Verifique o canto inferior esquerdo da tela para ver se há mensagens de erro. Consulte o
capítulo 11 Resolução de problemas de seu analisador para verificar as mensagens de
erro exibidas;

Verifique se há entradas inadequadas nas configurações X-B;

Execute a verificação de base. Em caso de resultado de base anormal, consulte o capítulo


11 Resolução de problemas do seu analisador para obter soluções;

Execute os controles;

Verifique se o analisador necessita de calibração.

„ Pesquisa de resultados de análise X-B

Pressione [↑] ou [↓] para revisar a tela anterior ou posterior; pressione [PgUp] ou [PgDn] para
revisar o resultado anterior ou posterior. O valor do parâmetro do ponto atual (no qual o
cursor está posicionado) é exibido abaixo do parâmetro. O local do ponto atual é exibido no
campo “Nº”. O horário da análise é exibido no campo “Hora”.

„ Impressão de gráficos X-B

Pressione [PRINT] para imprimir os gráficos X-B exibidos.

„ Como sair da tela “Gráfico X-B”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

8-21
9 Uso dos programas de calibração

9.1 Introdução

A finalidade da calibração é manter a precisão do sistema. A qualidade da calibração


depende dos materiais e reagentes usados. Use apenas os calibradores e reagentes
especificados pela Mindray para a calibração. Não se esqueça de armazenar e usar os
calibradores e os reagentes conforme descrito nas instruções de uso.

A calibração deve ser executada com um calibrador comercial ou com amostras de sangue
fresco. Somente os parâmetros de GB, GV, Hb, VCM, PLT e VPM medidos diretamente
podem ser calibrados.

9-1
Uso dos programas de calibração

9.2 Quando calibrar

É necessário executar o programa de calibração se

„ O analisador for usado pela primeira vez;

„ Alguns componentes importantes do analisador forem trocados;

„ Os resultados do controle de qualidade indicam que pode existir um problema

NOTA
z Todos os parâmetros medidos devem ser calibrados antes que as leituras
deste analisador possam ser utilizadas como resultados de análise válidos.

9-2
Uso dos programas de calibração

9.3 Como calibrar

O analisador fornece três programas de calibração: calibração manual, calibração utilizando


calibradores comerciais e calibração utilizando amostras de sangue fresco. Dois conjuntos
de fatores de calibração são preparados respectivamente para o modo de sangue total e
pré-diluído.

9.3.1 Preparação do analisador


Execute os seguintes procedimentos antes da calibração. Se ocorrerem problemas durante
essas verificações, não tente calibrar o analisador. Se necessário, entre em contato com o
Mindray Error! Unknown document property name. ou com o distribuidor local para obter
ajuda.

Verifique se reagente suficiente foi preparado para a calibração. É necessário iniciar a


calibração se os reagentes acabarem durante o processo.

Execute a verificação de base. Se o analisador indicar resultados anormais de plano de


fundo, consulte o Capítulo 11 Solução de problemas do analisador para obter as
soluções.

Acesse a tela “Contagem” e execute um frasco de controle normal 11 vezes consecutivas.


Acesse a tela “Revisão” para verificar a reprodutibilidade da segunda à décima primeira
execução e certifique-se de que cumpram os seguintes requisitos.

Tabela 9-1 Reprodutibilidade

Parâmetro Intervalo esperado CV(%)


GB 4,0 a 15,0 × 109 / L ≤ 3,0
GV 3,00 a 6,50 × 1012 / L ≤ 2,0
Hb 100 a 180 g/L ≤ 2,0
VCM 70,0 a 100,0 fL ≤ 1,0

PLT 200 a 500 × 109 / L ≤ 5,0

Na tela “Contagem”, execute um frasco de alto controle três vezes consecutivas e execute
imediatamente o diluente três vezes consecutivas, calcule o transporte com a seguinte
equação.

First low - level sample result-Third low - level sample result


Carryover(%) = × 100%
Third high - level sample result-Third low - level sample result

9-3
Uso dos programas de calibração

Os transportes calculados devem atender aos seguintes requisitos: GB, GV e Hb não devem
ser maiores que 0,5% ; PLT não deve ser maior que 1%.

Recomenda-se criar uma tabela de registros para seu analisador. Essa tabela de registros
deve conter todas as informações necessárias pertinentes ao seu analisador. Os itens
sugeridos que podem vir a ser úteis para a tabela de registros são:

„ Data da calibração

„ Fornecedor do calibrador

„ Número do lote

„ Resultados esperados e limites

„ Resultado da verificação de base.

Digite a senha de administrador conforme detalhado no capítulo 5.2.1 e selecione um ou


vários parâmetros entre GB, GV, Hb, VCM e PLT para a calibração.

9.3.2 Calibração utilizando o programa do calibrador

INSIRA a senha do administrador na tela “Senha”. Pressione [MENU] para entrar no menu
do sistema.

Figura 9-1 Menu do sistema

SELECIONE “Calibração → Calibrador” (Figura 9-1) para acessar a tela “Calibrador”


(Figura 9-2).

9-4
Uso dos programas de calibração

Figura 9-2 Tela “Calibrador”

Seleção do modo de contagem


Pressione [F1] para selecionar o modo de calibração desejado.

Edição das configurações de calibração


Pressione [F2] para ativar as caixas de edição, como mostra a Figura 9-4.

Figura 9-3 Tela “Calibrador” ativa

„ Inserção do número do lote

INSIRA o número do lote do calibrador a ser utilizado na caixa “Nº lote”.

„ Inserção da data de vencimento

INSIRA a data de vencimento do calibrador a ser utilizado na caixa “Data venc.”.

9-5
Uso dos programas de calibração

„ Inserção dos resultados esperados (média) e limites (intervalo)

INSIRA os resultados esperados (média) na caixa “Média” dos parâmetros a serem incluídos
na calibração.

NOTA
z Consulte as instruções de uso dos calibradores para obter informações
sobre o número de lote, data de vencimento, resultados esperados e limites.

z Os reagentes permanecem estáveis por 60 dias. A data de vencimento


especificada deve ser a data de abertura acrescida de 60 dias ou a data de
vencimento impressa na embalagem do reagente, seja qual for a primeira.

z Ao editar as configurações, se desejar corrigir uma entrada incorreta,


MODIFIQUE o dígito errado.

„ Como sair da edição

Quando terminar de editar as configurações desejadas, pressione [F2] para desativar as


caixas de edição.

Execução do calibrador

NOTA
z Certifique-se de usar o calibrador especificado pela Mindray. O uso de
calibradores que não sejam os especificados acarretará resultados
errôneos.

z Consulte as instruções de uso do calibrador para saber como armazená-lo e


utilizá-lo.

z No modo de calibração pré-diluído, não distribua diluente do analisador. É


recomendável preparar no mínimo sete frascos de diluente antes de iniciar a
calibração do analisador no modo Pré-diluído.

z Certifique-se de manter a ponta da sonda de amostra longe do fundo do


tubo. Do contrário, o volume de aspiração poderá ser impreciso.

z Quando a aspiração estiver concluída, remova o tubo da amostra somente


quando a sonda de amostra estiver fora do tubo.

9-6
Uso dos programas de calibração

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Não reutilize produtos descartáveis.

„ No modo Sangue total

Na tela “Calibrador”, pressione [F1] para selecionar o modo “Sangue total”;

Coloque um frasco de calibrador mesclado na sonda de amostra de forma que a ponta seja
bem inserida no tubo, pressione a tecla de aspiração e o analisador começará a aspirar a
amostra;

Quando ouvir o bipe e a sonda da amostra estiver fora do frasco, remova o calibrador. O
analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será exibido na tela;

Quando a análise estiver concluída, o resultado será exibido na tela e a sonda de amostra
será substituída.

„ No modo pré-diluído

Na tela “Calibrador”, pressione [F1] para selecionar o modo “Pré-diluído”;

Pressione [DILUENT] e uma caixa de mensagem será exibida orientando como o diluente
deve ser liberado no tubo de amostra, como mostra a Figura 9-4;

9-7
Uso dos programas de calibração

Figura 9-4 Janela “Adicionar diluente”

Coloque um tubo de amostra limpo na sonda e verifique se o tubo fica inclinado em direção à
sonda, como mostra a Figura 9-5, para evitar derramamentos e bolhas. Pressione a tecla de
aspiração para distribuir 0,7mL de diluente (o volume de distribuição é controlado pelo
analisador) no tubo.

Figura 9-5 Como dispensar diluente

Quando a administração estiver concluída, pressione [ENTER] para fechar a caixa de


mensagem;

Certifique-se de que o calibrador esteja em temperatura ambiente e dentro do prazo de


validade;

Adicione 20µL de calibrador em um dos frascos de amostra preparados e misture bem;

Coloque o calibrador mesclado na sonda de amostra;

Pressione a tecla de aspiração para iniciar o processo. Quando ouvir um bipe e a sonda de
amostra estiver fora do frasco, remova a amostra;

O analisador recolherá a sonda de amostra e o progresso da análise será exibido na tela;

Quando a análise estiver concluída, o resultado será exibido na tela e a sonda de amostra

9-8
Uso dos programas de calibração

será substituída.

NOTA
z Certifique-se de manter o diluente preparado livre de poeira.

z Certifique-se de avaliar a estabilidade da pré-diluição com base na


população de amostras de seu laboratório e nas técnicas e métodos de
coleta de amostras.

z Se o analisador detectar obstrução de GV/GB ou bolhas durante a análise,


as mensagens de erro correspondentes serão apresentadas e os resultados
de todos os parâmetros relacionados serão invalidados. Consulte o capítulo
11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional


especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

Como salvar os resultados de calibração


Se valores de parâmetro não numéricos (“***”) forem obtidos, uma caixa de mensagem será
exibida para avisá-lo, como mostra a Figura 9-6. CLIQUE em “Sim” para fechar a caixa de
diálogo e descartar o resultado.

Figura 9-6 Caixa de mensagem para avisar sobre os resultados inválidos

Se os valores de parâmetro obtidos forem numéricos, uma caixa de mensagem será


apresentada para confirmar a validade dos resultados, como mostra a Figura 9 -7.

9-9
Uso dos programas de calibração

Figura 9 -7 Caixa de mensagem para confirmar a validade

CLIQUE em “Sim” para salvar os resultados; CLIQUE em “Não” para cancelar o resultado.
Os resultados salvos serão exibidos na tela.

Repita as etapas anteriores para executar o calibrador por três ou cinco vezes (cinco é o
recomendável) e o analisador irá calcular automaticamente os CVs e os fatores de
calibração, como mostra a Figura 9-8.

Figura 9-8 Resultados da calibração

O fator de calibração calculado deve estar entre 75% e 125%. Caso contrário, será
sinalizado com um “*”. Outros valores não serão exibidos. No caso de fatores de calibração
vazios, tente descobrir o motivo e, se necessário, entre em contato com o Mindray Error!
Unknown document property name. ou com o distribuidor local para obter ajuda.

9-10
Uso dos programas de calibração

Verificação de novos fatores de calibração


Pressione [MENU] para sair da tela “Calibrador”, uma caixa de mensagem será
apresentada para confirmar os novos fatores de calibração, como mostra a Figura 9-9.

Figura 9-9 Caixa de mensagem para confirmar os novos fatores de calibração

CLIQUE em ”Sim” para salvar os novos fatores de calibração e obter acesso à tela
“Contagem” do menu do sistema.

Na tela “Contagem”, execute o calibrador ou um material de controle normal pelo menos 3


vezes consecutivas e calcule a médias dos resultados. Compare as médias obtidas às
médias esperadas.

Outras operações
„ Impressão de novos fatores de calibração

Pressione [PRINT] para imprimir os fatores de calibração atuais.

„ Como sair da tela ”Calibrador”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

9.3.3 Calibração de sangue fresco


INSIRA a senha do administrador na tela “Senha”. Pressione [MENU] para entrar no menu
do sistema.

9-11
Uso dos programas de calibração

Figura 9-10 Menu do sistema

SELECIONE “Calibração → Sangue fresco” (Figura 9-10) para obter acesso à tela
“Sangue fresco” (Figura 9-11).

Figura 9-11 Tela “Sangue fresco”

Conclua a calibração de sangue fresco conforme descrito abaixo:

Determinação dos valores de referência


É possível determinar os valores de referência utilizando três ou mais amostras de sangue
normal preparadas para calibração pelo método de referência ou por um analisador
hematológico devidamente calibrado.

Edição das configurações de calibração


„ Seleção do modo de contagem

9-12
Uso dos programas de calibração

Na tela “Sangue fresco”, pressione [F1] para selecionar o modo “Sangue total” ou
“Pré-diluído”.

„ Seleção de amostras

Quando o modo for selecionado, pressione [F3] para selecionar a amostra de sangue fresco
cujos valores de referência deseja estabelecer.

„ Edição do valor de referência

Pressione [F2] para habilitar as caixas de edição na coluna “Média”, como mostra a Figura
9-12.

Figura 9-12 Edição do valor de referência

DIGITE o valor de referência na caixa de edição “Média”. Para corrigir qualquer entrada
incorreta, MODIFIQUE o dígito. Após concluir a edição, pressione [F2] para sair do estado de
edição.

Execução da amostra
Quando terminar a edição das configurações de calibração da Amostra 1, consulte os
procedimentos de análise e manuseio de amostras no Capítulo 6 Operação do analisador
e prepare as amostras de sangue fresco no modo de contagem selecionado para realizar a
calibração.

Como salvar os resultados de calibração


Se valores de parâmetro não numéricos (“***”) forem obtidos, uma caixa de mensagem será
exibida para avisá-lo, como mostra a Figura 9-13.

9-13
Uso dos programas de calibração

Figura 9-13 Caixa de mensagem para avisar sobre os resultados inválidos

Se todos os valores de parâmetro obtidos forem numéricos, uma caixa de mensagem será
exibida para confirmar a validade dos resultados, como mostra a Figura 9 -14. CLIQUE em
“Sim” para salvar os resultados na tela “Sangue fresco”; CLIQUE em “Não” para cancelar o
resultado.

Figura 9 -14 Caixa de mensagem para confirmar a validade

Repita as etapas anteriores para executar a amostra por três a cinco vezes (cinco é o
recomendável) e o analisador irá calcular automaticamente o CV e o fator de calibração,
conforme a ilustração. Observe que os CVs devem estar dentro dos intervalos especificados
na tabela 9-1.

9-14
Uso dos programas de calibração

Figura 9-15 Calibração com sangue fresco

Os fatores de calibração calculados devem estar entre 75% e 125%. Qualquer valor
calculado que estiver fora do intervalo de calibração será sinalizado com um “*” no canto
superior direito. Outros valores não serão exibidos. No caso de fatores de calibração vazios,
tente descobrir o motivo e, se necessário, entre em contato com o Mindray Error! Unknown
document property name. ou com o distribuidor local.

Siga as etapas de calibração da amostra 1 para executar pelo menos outras duas amostras
de sangue fresco. Quando obtiver os fatores de calibração de no mínimo três amostras de
sangue fresco, pressione [F1] para obter acesso à tela “Calcular”, como mostrado na Figura
9-16.

Figura 9-16 Tela “Calcular”

Esta tela pode exibir fatores de calibração de no máximo cinco amostras de sangue fresco.

9-15
Uso dos programas de calibração

Qualquer fator fora do intervalo de calibração será sinalizado por “*” no canto superior direito.
Outros valores não serão exibidos. No caso de fatores de calibração vazios, tente descobrir
o motivo e, se necessário, entre em contato com o departamento de atendimento ao cliente
da Mindray ou com o distribuidor local. Para cada parâmetro, o analisador irá calcular a
média do fator de calibração, que serve como o novo fator de calibração, somente quando
houver no mínimo três fatores de calibração válidos, como o GB indicado na Figura 9-16.
Caso contrário, o novo fator ficará em branco, como o GV indicado na Figura 9-16.

Verificação de novos fatores de calibração


Pressione [MENU] e uma caixa de diálogo será apresentada solicitando que salve os novos
fatores, como mostra a Figura 9-17.

Figura 9-17 Armazenamento das mudanças

CLIQUE em ”Sim” para salvar os novos fatores de calibração; CLIQUE em “Não” para
cancelar o resultado.

A calibração pode ser verificada executando-se controles comerciais apropriados ou


utilizando-se amostras de sangue total fresco analisadas em um analisador hematológico
devidamente calibrado ou pela metodologia de referência.Teste os novos fatores de
calibração de uma das seguintes formas.

„ Método um:

Prepare 3 a 5 amostras de sangue fresco normal e analise cada uma delas em um


analisador de referência por no mínimo três vezes consecutivas. Calcule a média (MÉDIA 1)
e o SD (SD 1) de cada amostra.

Execute as mesmas amostras no analisador pelo mesmo número de vezes e calcule a


média (MÉDIA 2). A MÉDIA 2 deve estar dentro da MÉDIA 1 ± 2SD. Se alguma das amostras
não estiver de acordo com os critérios, entre em contato com o departamento de
atendimento ao cliente do Mindray ou com o distribuidor local.

„ Método dois:

9-16
Uso dos programas de calibração

Na tela “Contagem”, execute o calibrador pelo menos 5 vezes consecutivas e calcule as


médias dos resultados. As médias devem estar dentro dos intervalos esperados fornecidos
pelo fabricante. Caso contrário, entre em contato com o departamento de atendimento ao
cliente da Mindray ou com o distribuidor local.

Outras operações
„ Se houver dados de calibração (resultados de calibração, CV ou novos fatores)

Se pressionar [F2], uma caixa de diálogo será apresentada para alertá-lo, como mostra a
Figura 9-18. Pressione [ENTER] para retornar à tela “Sangue fresco”.

Figura 9-18 Caixa de diálogo

„ Se os resultados válidos forem menores que três (o CV e os novos fatores ainda não
estão disponíveis).

Se pressionar [F3], uma caixa de diálogo será apresentada para alertá-lo sobre a perda de
dados, como mostra a Figura 9-19.

9-17
Uso dos programas de calibração

Figura 9-19 Caixa de diálogo

Para trocar os modos, CLIQUE em “Sim” para apagar os dados salvos; Caso contrário,
CLIQUE em “Não” para sair.

„ Impressão de novos fatores de calibração

Pressione [PRINT] para imprimir os novos fatores de calibração.

„ Como sair da tela ”Sangue fresco”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

9.3.4 Programa de calibração manual

Execução do calibrador
Na tela “Contagem”, execute um material de calibração com resultados esperados
conhecidos por 11 vezes consecutivas, conforme instruído no capítulo 6, Funcionamento
de seu analisador.

Cálculo manual dos novos fatores de calibração


Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema.

Figura 9-20 Menu do sistema

SELECIONE “Calibração → Manual” (Figura 9-20) para obter acesso à tela “Manual”
( Figura 9-21).

9-18
Uso dos programas de calibração

Figura 9-21 Tela “Manual”

A esquerda da tela “Manual" exibe os modos de calibração disponíveis – “Sangue total” e


“Pré-diluído”. A direita da tela “Manual” exibe os fatores de calibração de GB, GV, Hb, VCM,
PLT e a hora em que os fatores foram salvos.

Use a fórmula a seguir para calcular o novo fator de calibração.

old factor × exp ected result


new factor =
recorded mean
Exemplo:
Supondo que para um determinado calibrador, o valor de GB esperado (o valor de referência
mencionado na fórmula acima) seja 8.4 e o fator de calibração do sangue total seja 98.9%,
analise esse calibrador no modo de sangue total por dez vezes(n=10)e os resultados serão
8.1,8.0,8.1,8.1,8.3,8.3,8.2,8.0,8.1,8.3, CV=1.5%, Média=8.16。

Visto que o CV calculado atende aos requisitos da tabela 9-1, o valor médio, 8.12, é válido e
o novo fator de calibração pode ser calculado da seguinte forma:

O novo fator de calibração calculado deve estar entre 75% e 125%. Caso contrário, tente
descobrir o motivo e, se necessário, entre em contato com o departamento de atendimento
ao cliente da Mindray ou com o distribuidor local para obter ajuda.

Se a reprodutibilidade do parâmetro calibrado não cumprir os requisitos da Tabela 9-1, tente


descobrir o motivo e execute o calibrador novamente após solucionar o problema. Se
necessário, entre em contato com o departamento de atendimento ao cliente da Mindray ou
com o distribuidor local para obter ajuda.

9-19
Uso dos programas de calibração

Inserção dos fatores calculados manualmente


DIGITE a senha de administrador, conforme detalhado no capítulo 5.2.1;

Pressione [F2] para ativar as caixas, como mostra a Figura 9-22.

Figura 9-22 Caixas de edição ativadas

INSIRA o fator de calibração calculado nas caixas correspondentes. Para corrigir uma
entrada incorreta, EXCLUA o dígito errado e insira o certo.

Verificação de novos fatores de calibração


Pressione [F2] para sair da edição.
Se o número digitado estiver fora do intervalo de calibração, uma caixa de diálogo será
apresentada para lembrá-lo de que esse número é inválido, como mostra a Figura 9-23.

Figura 9-23 Uma caixa de mensagem para indicar entrada inválida

9-20
Uso dos programas de calibração

Visualizando a caixa, CLIQUE em “Sim” e insira novamente os fatores. Se todos os fatores


modificados estiverem dentro do intervalo de calibração, uma caixa de diálogo será
apresentada para lembrá-lo de salvar os novos fatores, como mostra a Figura 9-24. CLIQUE
em ”Sim” para salvar os novos fatores de calibração

Figura 9-24 Caixa de mensagem para confirmar os novos fatores de calibração

Na tela “Contagem”, execute o calibrador ou um material de controle normal pelo menos 3


vezes consecutivas e calcule a médias dos resultados. Compare as médias obtidas às
médias esperadas. Caso contrário, entre em contato com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o distribuidor local para obter ajuda.

Outras operações
„ Impressão de novos fatores de calibração

Pressione [PRINT] para imprimir os fatores de calibração atuais.

„ Como sair da tela “Manual”

Pressione [MENU] para sair do menu do sistema.

9-21
10 Manutenção do analisador
10.1 Introdução

São necessários procedimentos de manutenção preventiva e corretiva para manter o


BC-2800 em boas condições de funcionamento. Este analisador possui diversas funções de
manutenção para esse objetivo. Este capítulo explica como usar as funções de manutenção
e solucionar problemas do analisador.

CUIDADO
z Não execute qualquer procedimento de manutenção que não esteja descrito
neste capítulo. A execução de qualquer procedimento de manutenção não
autorizado pode danificar seu analisador.

z Em caso de problemas não especificados neste manual, entre em contato


com o departamento de atendimento ao cliente da Mindray ou seu
distribuidor local para obter assistência.

z Somente as peças fornecidas pela Mindray podem ser utilizadas na


manutenção. Para esclarecer qualquer dúvida, entre em contato com o
departamento de atendimento ao cliente ou seu distribuidor local.

10-1
Manutenção do analisador

10.2 Orientações gerais

Intervalo de
Procedimento
manutenção
Diária Se o analisador for utilizado 24 horas por dia, execute o
procedimento “Limpeza do E-Z c/ solução de limpeza”
diariamente.
Execute o programa de CQ todos os dias. Consulte o Capítulo 8
Como usar os programas de controle de qualidade para obter
detalhes.
A cada três dias Se o analisador for utilizado 24 horas por dia, execute o
procedimento “Limpeza da sonda c/ solução de limpeza” a cada
três dias.
Semanalmente Se o analisador for desligado todos os dias com o procedimento
especificado, execute a “Limpeza da sonda c/ solução de
limpeza” semanalmente.
Mensalmente Use o localizador de sonda fornecido para calibrar a posição da
sonda com a posição de limpeza. O resultado da análise pode ser
afetado pelo alinhamento.
Conforme necessário Quando achar que a banheira pode estar contaminada, execute o
procedimento “Limpeza das banheiras”.
Quando as análises tenham chegado a 600, o analisador alertará
sobre a necessidade de realizar o procedimento de “Limpeza da
sonda c/ solução de limpeza”.
Quando as amostras analisadas chegarem a 4.000, o analisador
alertará sobre a necessidade de realizar o procedimento de
limpeza do bloco de limpador”.
Quando as amostras analisadas chegarem a 100, o analisador
alertará sobre a necessidade de realizar o procedimento “Limp.
E-Z c/ solução limpeza”.
Quando o analisador não for usado por duas semanas, execute o
procedimento “Preparar p/ transporte” para esvaziar e lavar os
cabos de fluido e, em seguida, limpar o analisador, deixá-lo secar
e embalá-lo para armazenamento.
Para obter resultados de análise confiáveis, o analisador precisa
trabalhar em um status normal. Execute os itens do “Auto-teste”
regularmente para verificar o status do analisador.
Quando o analisador emitir um alarme devido a obstruções,
execute o procedimento “Lavar aberturas c/ jato de água” ou
“Alargar aberturas” ou pressione [F2] para desobstruir as
aberturas.

10-2
Manutenção do analisador

Se alguma outra mensagem de erro for exibida, consulte o


Capítulo 11, Solução de problemas do analisador, para obter as
soluções.

10-3
Manutenção do analisador

10.3 Como usar o programa “Manutenção”

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema. SELECIONE “Serviço → Manutenção”


(Figura 10 -1) para entrar na tela “Manutenção” (Figura 10 -2).

Figura 10 -1 Menu do sistema

Figura 10 -2 Tela “Manutenção”

10-4
Manutenção do analisador

No total, 13 procedimentos de manutenção estão disponíveis nesta tela.

„ Preparação c/ diluente

„ Prep. c/ solução de enxágüe

„ Preparação c/ solução de lise

„ Alargar abertura

„ Lavar abert. com jato de água

„ Limp. sonda c/ sol. limpeza

„ Limpeza do E-Z c/ solução de limpeza

„ Teste de lise

„ Limpar banheira

„ Drenar banheira

„ Drenar tubulação

„ Limpar bloco de limpador

„ Preparar para transporte

10.3.1 Preparação com diluente

ATENÇÃO
z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize
equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

NOTA
z Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os reagentes parados
por um tempo antes de usá-los.

z Após instalar um novo frasco de diluente, enxágüe ou lise, execute uma


verificação de base para garantir que os resultados de base estejam
normais.

10-5
Manutenção do analisador

Execute o procedimento “Preparação c/ diluente” para preparar a tubulação com diluente


quando

„ há bolhas na tubulação; ou

„ o diluente na tubulação está contaminado; ou

„ um novo recipiente com diluente tenha sido instalado sem desligar o analisador.

Na tela “Manutenção”, SELECIONE “Preparação com diluente” para preparar a


tubulação com o diluente; o andamento do processo de preparação será exibido na parte
inferior da tela, como mostra a Figura 10-3.Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

Figura 10-3 Tela Preparação com diluente

10.3.2 Prep. c/ solução de enxágüe

ATENÇÃO
z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize
equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

10-6
Manutenção do analisador

NOTA
z Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os reagentes parados
por um tempo antes de usá-los.

z Após instalar um novo frasco de diluente, enxágüe ou lise, execute uma


verificação de base para garantir que os resultados de base estejam
normais.

Execute o procedimento “Prep. c/ solução de enxágüe” para preparar a tubulação com


solução de enxágüe quando

„ há bolhas na tubulação; ou

„ a solução de enxágüe na tubulação está contaminada; ou

„ um novo recipiente com enxágüe tenha sido instalado sem desligar o analisador.

Na tela “Manutenção”, SELECIONE “Prep. c/ solução de enxágüe” para preparar a


tubulação com o enxágüe; o andamento do processo de preparação será exibido na parte
inferior da tela, como mostra a 10-4. Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

Figura10-4 - Tela Preparação com solução de enxágüe

10.3.3 Preparação com solução de lise

10-7
Manutenção do analisador

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

NOTA
z Certifique-se de manter os reagentes intactos por alguns instantes antes de
utilizá-los. Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os
reagentes parados por um tempo antes de usá-los.

z Após instalar um novo frasco de diluente, enxágüe ou lise, execute uma


verificação de base para garantir que os resultados de base estejam
normais.

Execute o procedimento “Preparação c/ solução de lise” para preparar a tubulação com


lise quando

„ há bolhas na tubulação; ou

„ o lise na tubulação está contaminado; ou

„ um novo recipiente com lise tenha sido instalado sem desligar o analisador.

Na tela “Manutenção”, SELECIONE “Prep. c/ solução de lise” para preparar a tubulação


com lise; o andamento do processo de preparação será exibido na parte inferior da tela,
como mostra a 10-5. Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

Figura 10-5 Tela Preparação com solução de lise

10-8
Manutenção do analisador

10.3.4 Alargar abertura


Execute o procedimento “Alargar aberturas” para desobstruir as aberturas ou evitar
obstruções.

Na tela “Manutenção”, SELECIONE “Alargar aberturas” para alargar as aberturas; o


andamento do alargamento será exibido na parte inferior da tela, como mostra a Figura 10 -6.
Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

Figura 10 -6 Alargamento das aberturas

10.3.5 Lavar aberturas com jato de água


Execute o procedimento “Lavar aberturas c/ jato de água” para lavar as aberturas e
desobstruí-las ou para evitar obstruções.

Na tela “Manutenção”, SELECIONE “Lavar aberturas c/ jato de água” para lavar as


aberturas; o andamento da lavagem será exibido na parte inferior da tela, como mostra a
Figura 10 -7. Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

10-9
Manutenção do analisador

Figura 10 -7 Lavagem das aberturas com jato de água

10.3.6 Limpeza da sonda com solução de limpeza

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

NOTA
z A solução de limpeza da sonda é corrosiva. Utilize equipamentos de
proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e siga os
procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no laboratório.

Umedeça as banheiras e os cabos de fluido com a solução de limpeza da sonda, um


detergente alcalino, executando o procedimento “Limpeza da sonda c/ solução de
limpeza”. Se o analisador for executado 24 horas por dia, realize esse procedimento a cada
3 dias. Se o procedimento de desligamento for seguido para desligar o analisador todos os
dias, realize esse procedimento semanalmente.

Para tanto, execute as etapas a seguir:

Na tela “Manutenção”, mova o cursor até “Limpeza da sonda c/ solução de limpeza”;

Coloque o limpador na sonda e pressione [ENTER] para aspirar o limpador. Quando ouvir o

10-10
Manutenção do analisador

bipe e a sonda de amostra estiver fora do frasco, remova o limpador. O analisador iniciará o
processo de preparação, como mostra a Figura 10-8;

Figura 10-8 Preparação das banheiras e dos cabos de fluido

Quando a preparação estiver finalizada, o analisador iniciará o processo de 5 minutos de


umidificação, como mostra a Figura 10 -9 e será preciso pressionar [ENTER] para parar o
processo antes de que termine. Lembre-se de que um processo de preparação menor pode
não ser tão eficaz quanto o processo completo.

Figura 10 -9 Processo de umidificação

Quando a umidificação estiver completa, o analisador iniciará o processo de limpeza, como


mostra a Figura 10 -10, ao final do qual a tela volta ao estado inicial;

10-11
Manutenção do analisador

Figura 10 -10 Processo de limpeza

Para certificar-se de que o analisador está funcionando normalmente, cada vez que as
amostras acumuladas cheguem a 600, uma caixa de mensagem aparecerá para avisar da
necessidade de realizar o procedimento “Limpeza da sonda c/ solução de limpeza”.
CLIQUE em “Sim” para continuar com a limpeza; CLIQUE em “Não” para cancelar a
limpeza.

10.3.7 Limpeza de E-Z com solução de limpeza

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

Use o limpador do E-Z, uma solução de limpeza isotônica baseada em enzimas e o agente
umedecedor para limpar a tubulação e a banheira executando o procedimento “Limpeza do
E-Z c/ solução de limpeza”.
Siga as etapas abaixo para realizar o procedimento:

Na tela “Manutenção”, mova o item para “Limp. E-Z c/ solução limpeza”;

Coloque o limpador na sonda e pressione [ENTER] para aspirar o limpador. Quando ouvir o
bipe e a sonda de amostra estiver fora do frasco, remova o limpador. O analisador prepara
automaticamente a banheira e os cabos de fluido com o limpador aspirado e o andamento é
exibido na tela, como mostra a Figura 10-11;

10-12
Manutenção do analisador

Figura 10-11 Preparação da banheira e dos cabos de fluido

Quando a preparação estiver completa, o analisador iniciará o processo de 10 minutos de


umidificação, como mostra a Figura 10 -12.

Figura 10 -12 Limpeza do E-Z

Quando a preparação estiver completa, o analisador iniciará o processo de drenagem, como


mostra a Figura 10-13. Quando a drenagem estiver completa, o procedimento todo estará
finalizado e a tela volta ao estado inicial.

10-13
Manutenção do analisador

Figura 10-13 Preparação da banheira e dos cabos de fluido

Se o analisador funcionar continuamente por 24 horas, uma caixa de diálogo aparecerá para
avisar da necessidade de realizar o procedimento “Limpeza de E-Z c/ solução de
limpeza”. Para realizá-lo, CLIQUE em “Sim“. Caso contrário, CLIQUE em “Não” para
cancelar a limpeza.

10.3.8 Teste de lise

ATENÇÃO
z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize
equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

Caso ocorra algum histograma ou contagem anormal de GB, é possível realizar o “Teste de
lise” para verificar se o lise pode ser liberado corretamente.
Para tanto, execute as etapas a seguir:

Com as mãos ou com uma chave de fenda, solte e remova os parafusos de retenção da
placa lateral (indicados pelas setas da Figura 10-14);

10-14
Manutenção do analisador

Figura 10-14 Remoção de dois parafusos

Siga a seta da Figura 10-15 para empurrar e remover a placa direita;

Figura 10-15 Remoção da placa direita

Remova os parafusos que fixam a caixa protetora da banheira, como mostra a Figura 10-16;

10-15
Manutenção do analisador

Figura 10-16 Caixa protetora

Retire a caixa protetora para expor a banheira, como mostra a Figura 10-17.

Figura 10-17 Banheira

SELECIONE “Teste de lise”. O analisador começará a drenar automaticamente a banheira e


depois a liberar 2ml de Lise nela;

Verifique a escala para certificar-se de que o Lise atingiu a linha esperada (a segunda de
baixo para cima). Em caso positivo, pressione [ENTER] e o analisador automaticamente
lavará e liberará Lise na banheira, e o teste estará terminado.;

Em caso negativo, repita as etapas 5 e 6 várias vezes. Se todas as tentativas falharem,


verifique se o lise acabou ou se o tubo de retirada do lise está encaixado corretamente no
analisador. Se o lise ainda for suficiente e o tubo estiver bem conectado ao equipamento,
entre em contato com a Mindray ou com o distribuidor local para obter ajuda.

10-16
Manutenção do analisador

10.3.9 Limpar banheira


Siga as etapas a seguir para realizar o procedimento “Limpar banheira”:

SELECIONE “Limpar banheira” para iniciar o procedimento de limpeza, como mostra a


Figura 10-18. Quando a limpeza estiver terminada, a tela volta ao estado inicial.

Figura 10-18 Limpar banheira

10.3.10 Drenar banheira


Quando 3 ou mais resultados de GB, GV, PLT e Hb forem anormais, realize o procedimento
“Esvaziar banheiras” para descobrir o motivo.
Para tanto, execute as etapas a seguir:

Execute os etapas 1 a 4 do procedimento “Drenar banheira” para expor a banheira;

SELECIONE “Drenar banheira” para drenar a banheira;

10-17
Manutenção do analisador

Figura 10-19 Drenagem das banheiras

Quando a drenagem estiver finalizada, a tela exibirá o tempo restante de drenagem da


banheira;

Figura 10-20 Tempo de drenagem da banheira

Verifique se há fluido residual na banheira ou na tubulação sob ela. Se não houver nenhum
fluido, pressione [ENTER] para preparar a banheira com o diluente, como mostra a Figura
10 -21. Quando a preparação estiver terminada, a tela volta ao estado inicial.

10-18
Manutenção do analisador

Figura 10 -21 Preparação das banheiras com diluente

Se houver algum fluido, desligue o analisador e entre em contato com o departamento de


atendimento ao cliente da Mindray ou com o distribuidor local para obter assistência.

10.3.11 Drenagem da tubulação

ATENÇÃO
z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize
equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

NOTA
z Não esqueça de executar o procedimento “Drenar tubulação” antes de
reposicionar o analisador.

O procedimento “Drenar tubulação” pode ser realizado para drenar o sistema de fluidos.
Para tanto, execute as etapas a seguir:

Pressione as teclas de seta ([←][→] [↑][↓]) apropriadas para mover p cursor até “Drenar
tubulação”;

10-19
Manutenção do analisador

Remova os tubos de coleta de diluente, enxágüe e lise da parte traseira do analisador;

Pressione [ENTER] para iniciar o processo de drenagem, como mostra a Figura 10 -22;

Figura 10 -22 Drenagem dos cabos de fluido

Quando a drenagem estiver concluída, a tela exibirá “Desligue o analisador”; desligue o


equipamento conforme as instruções.

10.3.12 Limpeza do bloco de limpador


Após ser usada por muito tempo, a parte inferior do limpador da sonda pode estar
contaminada pelo sangue e a parte interna do limpador também pode estar contaminada
pela sujeira sugada. Portanto, é necessário limpar o limpador da sonda regularmente.

Para tanto, execute as etapas a seguir:

Aproxime a sonda do limpador da sonda de amostra;

SELECIONE “Limpar bloco de limpador” para iniciar a aspiração;

Quando ouvir o bipe e a sonda de amostra estiver fora do frasco, remova o limpador.

Com as mãos ou com uma chave de fenda, solte e remova os parafusos de retenção da
placa direita (indicados pelas setas da Figura 10-23);

10-20
Manutenção do analisador

Figura 10-23 Remoção de dois parafusos

Siga a seta da Figura 10-24 para empurrar e remover a placa direita;

Figura 10-24 Remoção da placa direita

Siga as instruções exibidas na tela para colocar uma xícara vazia, com diâmetro de pelo
menos 8 cm, embaixo da sonda de amostra.

Pressione [ENTER] para umedecer o bloco de limpador com o limpador aspirado. O


andamento do umedecimento é exibido na tela, como mostra a Figura 10 -25.

10-21
Manutenção do analisador

Figura 10 -25 Limpeza do bloco de limpador

Quando o umedecimento estiver concluído, lave a parte inferior do bloco com um pano que
não solte fiapos umedecido com o limpador da sonda.

Pressione [ENTER] para lavar o bloco e a parte inferior da sonda com jato de água; o
andamento do processo é exibido na tela, como mostra a Figura 10-26.

Figura 10-26 Lavagem com jato de água do bloco e do interior da sonda

Quando terminar, a tela volta ao estado inicial.

Quando as amostras acumuladas cheguem a 4.000, uma caixa de mensagem aparecerá


para avisar da necessidade de limpeza da sonda, como. CLIQUE em “Sim” para realizar o
procedimento; CLIQUE em “Não.” para interromper o procedimento.

10-22
Manutenção do analisador

10.3.13 Preparação para transporte


Use o programa “Preparar p/ transporte” para preparar o analisador para um período
prolongado de inatividade ou para transporte.
Para tanto, execute as etapas a seguir:

Pressione as teclas de seta ([↑][↓][←][→]) adequadas para mover o cursor até ”Preparar
para transporte”. Remova as tubulações de diluente, enxágüe e lise dos recipientes,
seguindo as instruções exibidas na tela;

Pressione [ ENTER] e uma caixa de mensagem será exibida solicitando a confirmação da


exclusão, como mostra Figura 10-27.

Figura 10-27 Uma caixa de mensagem de preparação para transporte.

CLIQUE em “NÃO” para cancelar a operação; CLIQUE em “SIM” para continuar com a
operação. O analisador começa a drenar os cabos de fluido e o andamento é exibido na tela,
como mostra a Figura 10 -28.

10-23
Manutenção do analisador

Figura 10 -28 Drenagem dos cabos de fluido

Depois de drenar a tubulação, siga as instruções exibidas na tela (Figura 10-29) para colocar
a tubulação de enxágüe, diluente e lise em água destilada e pressione [ENTER] para lavar
analisador com jato de água destilada;

Figura 10-29 Lavagem do analisador

Quando a lavagem estiver concluída, siga as instruções exibidas na tela para remover a
tubulação de enxágüe, diluente e lise da água destilada e pressione [ENTER] para drenar
novamente a tubulação;

Desligue o analisador quando a tela exibir “Desligue o analisador agora.”;

Limpe, seque e embale o analisador para armazená-lo.

10-24
Manutenção do analisador

10.4 Utilização do programa “Status”

Os itens exibidos na tela “Status do sistema” refletem como o analisador está funcionando
e contribuem significativamente para diagnosticar os erros do analisador. Siga as instruções
abaixo para verificar esses itens.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema e SELECIONE “Serviço → Status”,


como mostra a Figura 10 -30, para entrar na tela “Status”, como mostra a Figura 10-31 .

Figura 10 -30 Menu do sistema

Figura 10-31 tela “Status”

Na tela “Status” só é possível visualizar as informações de status e intervalos de referência,


sem alterá-los.

10-25
Manutenção do analisador

10.5 Uso do programa “Auto-teste”


O Auto-teste do sistema é uma importante forma de localizar erros do sistema. Siga as
instruções abaixo e verifique quais são os itens de Auto-teste disponíveis.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema e SELECIONE “Serviço → Status”,


como mostra a Figura 10 -32, para entrar na tela “Auto-teste”, como mostra a Figura 10 -33 .

Figura 10 -32 Menu do sistema

Figura 10 -33 Tela Auto-teste

Esta tela pode ser interpretada da seguinte maneira:

„ Área de grupos de teste (à esquerda)

Esta área exibe os grupos de teste. Os itens de Auto-teste disponíveis são divididos em

10-26
Manutenção do analisador

quatro grupos, “Tubulação”, “Máquina”, “Válvula” e “Circuito”.

Pressione [F1] para selecionar o grupo desejado. O grupo selecionado é precedido por ⊙.

„ Área de resultado de teste (à direita)

Esta área exibe os itens incluídos no grupo de testes e o resultado dos testes.

„ Área de ajuda (abaixo)

Esta área exibe informações úteis para o auxiliar a prosseguir para a próxima etapa.

Se desejar obter informações de ajuda nesta tela, pressione [AJUDA]; Caso queira imprimir
os resultados dos testes (exceto para ps resultados os testes), pressione [Imprimir].

10.5.1 Teste do sistema de fluidos


Pressione [F1] para selecionar o grupo "Tubulação". Na tela Auto-teste, pressione [F1] para
selecionar o grupo “Tubulação”, como mostra a Figura 10 -33 . Para realizar os seguintes
testes, SELECIONE o teste desejado e os resultados serão exibidos posteriormente.

„ Tempo de contagem
Mede a duração de contagem de GB e GV, indicando quantos segundos os fluidos aspirados
demoram para fluir do primeiro para o segundo sensor.

„ Abertura(v)
Mede a voltagem (v) na abertura.

„ Vácuo
Verifica se o sistema de vácuo está funcionando normalmente.

„ Pressão
Verifica se o sistema lava a abertura com jato de água com pressão normal.

„ Filtro
Verifica se o filtro está funcionando normalmente.

10.5.2 Teste dos motores e do Registrador/Impressora


Para testar os motores e o Registrador/Impressora, pressione [F1] para selecionar o grupo
“Máquina”, como mostra a Figura 10-34.

10-27
Manutenção do analisador

Figura 10-34 Teste de parte mecânica

Para realizar os seguintes testes, SELECIONE o teste desejado e os resultados serão


exibidos posteriormente.

„ Motor de aspiração
O motor de aspiração controla o volume de aspiração. Este teste verifica se o motor funciona
normalmente.

„ Motor de rotação
O motor de rotação gira as sondas de amostra dentro do analisador. Este teste verifica se o
motor funciona normalmente.

„ Motor do elevador
O motor do elevador controla a elevação das sondas de amostra. Este teste verifica se o
motor funciona normalmente.

„ Impressão
Este teste verifica se o registrador ou a impressora funcionam normalmente. Se o
funcionamento for normal, o registrador ou a impressora imprime uma página de teste
quando se pressiona [ENTER]; se o funcionamento for anormal, a tela exibirá a mensagem
de erro correspondente; consulte o Capítulo 11 Solução de problemas.

10.5.3 Teste de válvulas


Testa se as válvulas funcionam adequadamente, pressione [F1] para selecionar o grupo
“Válvula”, como mostra a Figura 10-35. Siga os etapas abaixo para testar a válvula
desejada.

10-28
Manutenção do analisador

Figura 10-35 Teste de válvulas

Para testar uma válvula, SELECIONE a válvula. Se a válvula passar pela seqüência
Desligado-Ligado-Desligado sem emitir nenhum som anormal, foi aprovada no teste. Caso
contrário, a válvula pode estar com algum defeito.

10.5.4 Teste do Interruptor A/D


Para testar Interruptor A/D, pressione [F1] para selecionar o grupo “Circuito”, como mostra a
10-36.

Figura - 10-36 Teste do Interruptor A/D

Para realizar o teste, SELECIONE “Interruptor A/D” e o resultado do teste será exibido
posteriormente.

10-29
Manutenção do analisador

10.6 Log

O log registra todos os principais eventos que ocorrem durante o funcionamento do


analisador. Ele ajuda o serviço de engenharia a diagnosticar erros do sistema.

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema e SELECIONE “Serviço →Log”, como
mostra a Figura 10 -37, para entrar na tela “Log”, como mostra a Figura 10-38 .

Figura 10 -37 Menu do sistema

Figura 10-38 Tela “Log”

Os eventos gravados são divididos em três grupos, “Todos”, “Configurações” e “Outros”


(incluindo Discriminador definido, auto-teste do sistema e atualizações do software do
sistema), que são todos listados à esquerda da tela. Todos os eventos gravados são listados

10-30
Manutenção do analisador

à direita da tela, por padrão. Pressione [F1] para selecionar o grupo desejado e à direita da
tela serão exibidos apenas os eventos do grupo selecionado. Cada tela exibe dez eventos.
Pressione [↑] ou [↓] para verificar um evento de cada vez, ou pressione [PgUp] ou [PgDn]
para verificar os eventos na tela anterior ou posterior. Para imprimir os eventos exibidos,
pressione [Imprimir]. Para obter informação de ajuda, pressione [AJUDA].

Para cada evento gravado, a coluna “N°” exibe a seqüência de eventos gravados; a coluna
“Hora” exibe o momento em que o evento ocorreu; a coluna “Tipo” exibe o tipo do evento; a
coluna “Vezes” exibe quantas vezes (1 a 255) este evento correu e, caso ele tenha ocorrida
mais de 255 vezes, os eventos excedentes serão registrados a partir de 1 em outro arquivo
de log; a coluna "Informação" exibe informação extra sobre o evento.

O analisador pode salvar no máximo 1000 arquivos log e quando o número máximo é
atingido, o log mais novo substituirá automaticamente o mais antigo.

10-31
Manutenção do analisador

10.7 Visualização da Configuração do sistema

Para visualizar a configuração do sistema, pressione [MENU] para entrar no menu do


sistema e SELECIONE “Serviço→Config.” , como mostra a Figura 10 -39, para entrar na
tela “Config.”, como mostra a Figura 10-40.

Figura 10 -39 Menu do sistema

Figura 10-40 tela “Config.”

Cada tela exibe 13 itens e pressionar as teclas [↑] ou [↓] permite selecionar o item que se
deseja visualizar, pressionar [PgUp] ou [PgDn] exibe a tela anterior ou posterior. Para
imprimir a configuração, pressione [IMPRIMIR]. Para obter informação de ajuda, pressione
[AJUDA].

10-32
Manutenção do analisador

10.8 Gerenciamento de impressão

Pressione [MENU] para entrar no menu do sistema e SELECIONE “Serviço→Imprimir” ,


como mostra a Figura 10 -41, para entrar na tela “Impressão”, como mostra a Figura 10-42.

Figura 10 -41 Menu do sistema

Figura 10-42 tela “Imprimir”

As tarefas de impressão são enfileiradas nesta tela, onde é possível visualizar todas elas e
excluir as que estão em andamento. Quando há algum problema com o equipamento de
impressão, a tarefa em processamento será excluída e as demais tarefas permanecerão em
espera. Quando o sistema verifica que o erro foi removido, ele retomará a impressão a partir
da primeira tarefa. Lembre-se de que não é possível alterar a seqüência das tarefas
enfileiradas.

10-33
Manutenção do analisador

É possível realizar as seguintes operações na tela “Impressão”:

„ Pressione [DEL] para excluir as tarefas selecionadas.

„ Pressione [AJUDA] para exibir informação de ajuda;

„ Pressione [MENU] para voltar ao menu do sistema.

10-34
Manutenção do analisador

10.9 Calibragem da posição da sonda de amostra

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

A posição relativa entre a sonda de amostra e o bloco de limpador influencia os resultados


da análise. Na caixa de acessórios, há um localizador da sonda de amostra, como mostra a
Figura 10-43. É necessário usar o localizador para ajustar a posição da sonda de amostra
caso o bloco de limpador tenha sido substituído, haja um erro do motor ou um resultado de
análise incorreto. Além disso, conforme exigido pela manutenção regular, use o localizador
para ajustar a posição da sonda de amostra mensalmente.

Figura 10-43 Localizador da sonda

SELECIONE “Configuração → Senha” e insira a senha de administrador ;

Com as mãos ou com uma chave de fenda, solte e remova os parafusos de retenção da
placa direita (indicados pelas setas da Figura 10-44);

10-35
Manutenção do analisador

Figura 10-44 Remoção de dois parafusos

Siga a seta para empurrar e remover a placa direita;

Figura 10-45 Remoção da placa direita

Pressione [F1] para selecionar o grupo “Máquina” e SELECIONE “Motor do elevador”,


como mostra a Figura10 -46;

Figura10 -46 Tela Auto-teste

Uma janela “Motor do elevador” aparecerá, como mostra a Figura 10-47;

10-36
Manutenção do analisador

Figura 10-47 Janela “Motor do elevador”

Pressione [↑] para mover a Sonda de amostra para cima e pressione[→] para mover a
sonda sobre a banheira, como mostra a Figura 10-48;

Figura 10-48 Sonda de amostra sobre a banheira

Afrouxe o parafuso de retenção com uma chave de fenda, como mostra a Figura 10-49;

10-37
Manutenção do analisador

Figura 10-49 Remoção os parafusos

Remova a sonda do bloco de limpador e insira o localizador no bloco da parte inferior, como
mostra a Figura 10-50;

Figura 10-50 Usando o localizador

Insira a sonda no bloco de limpador até chegar ao localizador, como mostra a Figura 10-51;

Figura 10-51 Inserção da sonda de amostra no bloco de limpador

Aperte novamente o parafuso para fixar a sonda e remova o localizador para proteger o
ajuste.

10-38
Manutenção do analisador

10.10 Substituição do limpador da sonda

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

ATENÇÃO
z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco
biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

Para substituir o limpador da sonda:

Consulte a Seção 10.9 e realize as etapas 1 a 8;

Puxe o limpador da sonda solto para cima para remover o bloco e desconecte os tubos
(preste atenção na correspondência entre os tubos e os conectores), como mostra a Figura
10 -52;

Figura 10 -52 Limpeza do bloco de limpador

Instale um novo bloco e conecte a extremidade da tubulação na marca preta do conector,


embaixo do bloco;

Consulte a Seção 10.9 e realize as etapas 9 a 10 para prender a sonda de amostra.

10-39
Manutenção do analisador

10.11 Substituição do filtro da câmara a vácuo

Com as mãos ou com uma chave de fenda, solte e remova os parafusos de retenção da
placa direita (indicados pelas setas da Figura 10-53);

Figura 10-53 Remoção de dois parafusos

Siga a seta da Figura 10-54 para empurrar e remover a placa direita;

Figura 10-54 Remoção da placa direita

Localize o filtro mostrado no Figura 10-55;

10-40
Manutenção do analisador

Figura 10-55 Filtro de vácuo

Retire o filtro e instale um novo fornecido no kit de acessórios.

10-41
11 Resolução de problemas do
analisador

11.1 Introdução

O BC-2800 monitora continuamente o estado do sistema e exibe informações relevantes no


canto esquerdo da tela “Contagem” (a área das mensagens de erro). Se um problema é
detectado, a área Mensagem de erro exibe a mensagem correspondente. Esse capítulo
contém informações úteis para localizar e corrigir problemas que podem ocorrer durante a
operação do analisador.

NOTA
z Este capítulo não é um manual de serviço completo e está limitado aos
problemas que são prontamente diagnosticados e/ou corrigidos pelo
usuário do analisador. Se a solução recomendada não solucionar o
problema, entre em contato com o Mindray ou com o distribuidor local.

CUIDADO
z A manipulação de amostras na presença de mensagens de erro pode
causar resultados errôneos. Se alguma mensagem de erro for exibida
durante a análise de amostras, resolva o erro primeiro e volte a analisar a
amostra.

ATENÇÃO
z Exceto quando recomenda-se o contrário, sempre desligue o equipamento
antes de tentar corrigir o erro.

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

11-1
Resolução de problemas do analisador

11.2 Erros sem mensagens disponíveis

Erro Causa(s) possíveis Ações recomendadas


Não é possível O cabo de alimentação está Verifique a conexão do cabo de
ligar o quebrado ou não está bem alimentação;
analisador. conectado; Verifique o fusível;
O fusível está quebrado; Verifique a saída elétrica.
A saída de energia não tem
eletricidade.

Líquido Mangueira de bombeamento Desligue o equipamento, lave-o e deixe


vazando da danificado ou filtro bloqueado. secar.

parte interna Entre em contato com o Mindray Error!


do analisador. Unknown document property name.
ou com o distribuidor local para obter
ajuda.

O registrador Obstrução de papel do Retire o papel obstruído.


não funciona. registrador; Se o problema persistir, desligue o
Há algo de errado com o circuito. analisador e ligue-o novamente em 10
segundos.

11-2
Resolução de problemas do analisador

11.3 Erros indicados por mensagens de erro

O analisador pode gerar mensagens de erro. Consulte as tabelas abaixo para conferir as
mensagens de erro, as causas possíveis e a ação recomendada. Se o problema persistir
após a execução das soluções recomendadas, entre em contato com o Mindray Error!
Unknown document property name. ou com o distribuidor local.

Mensagem de Causa(s) possíveis Ação recomendável


erro
Temp. ambiente Temperatura ambiente Acesse a tela “Serviço → Status” para
Anormal anormal ou erro do transdutor verificar a temperatura ambiente;
de temperatura.
Se de fato a temperatura do ambiente
excede a faixa de 15℃ a 30℃, ajuste a
temperatura. Caso contrário, os resultados
da análise talvez não sejam confiáveis;

Se a temperatura real estiver dentro do


intervalo predefinido e o problema
persistir, entre em contato com o
MindrayError! Unknown document
property name. ou com o distribuidor.

Tensão anormal Diluente, tubos de diluente ou Verifique se o diluente está contaminado


banheiras contaminadas; ou vencido;

Diluente vencido. Entre na tela “Contagem” e pressione a


tecla desejada para iniciar o procedimento;

Se o problema persistir, acesse a tela


“Serviço → Manutenção” e execute o
procedimento de limpeza da sonda com
solução de limpeza, conforme descrito na
Seção 10.3.6. Quando o procedimento
estiver concluído, volte à tela “Contagem”
e execute a verificação de plano de fundo
novamente;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro Hb Tensão Hb entre 0 V - 3,2 V Execute o procedimento Limpeza da


ou 4,9 V - 5 V. sonda com solução de limpeza conforme

11-3
Resolução de problemas do analisador

descrito na Seção 10.3.6.;

Se o problema persistir, ajuste o ganho de


Hb conforme detalhado na Seção 5.3.4
para definir a voltagem entre 3,4 V e 4,8 V,
de preferência em 4,5 V;

Se o problema persistir, desligue o


analisador e entre em contato com o
MindrayError! Unknown document
property name. ou com o distribuidor
local.

Ajuste Hb Tensão Hb entre 3.2 V - 3,4 V Execute o procedimento Limpeza da


ou 4,8 V - 4.9 V. sonda com solução de limpeza conforme
descrito na Seção 10.3.6.;

Se o problema persistir, ajuste o ganho de


Hb conforme detalhado na Seção 5.3.4
para definir a voltagem entre 3,4 V e 4,8 V,
de preferência em 4,5 V;

Se o problema persistir, desligue o


analisador e entre em contato com o
MindrayError! Unknown document
property name. ou com o distribuidor
local.

Obstrução GB Abertura obstruída; Acesse a tela “Serviço → Manutenção”.

Configuração inadequada do Alargue e lave a abertura com jato de

tempo de contagem de GB; água conforme descrito na Seção 10.3.4 e


10.3.5;
Erro na válvula solenóide.
Acesse a tela “Configuração →
Configurações → Contagem” e registre o
tempo de contagem de GV. Em seguida,
acesse a tela “Serviço → Auto-teste” e
teste o tempo de contagem real de GB
conforme detalhado no Capítulo 10.5.1;

Se a diferença entre o tempo de contagem


de referência de GB e o tempo de
contagem real de GB for inferior a dois
segundos, significa que o erro foi
removido;

Caso contrário, acesse a tela “Serviço →


Manutenção” e execute o procedimento
de limpeza da sonda com solução de
limpeza, conforme escrito na Seção

11-4
Resolução de problemas do analisador

10.3.6;

Acesse a tela “Configuração →


Configurações → Contagem” e registre o
tempo de contagem de GV. Em seguida,
acesse a tela “Serviço → Auto-teste” e
teste o tempo de contagem real de GB
conforme detalhado no Capítulo 10.5.1;

Se a diferença entre o tempo de contagem


de referência de GB e o tempo de
contagem real de GB for inferior a dois
segundos, significa que o erro foi
removido;

Se a diferença ainda for maior do que 2


segundos, mas consistente, acesse a tela
“Configuração → Configurações →
Tempo de contagem” e redefina o tempo
de contagem de GB. Em seguida, acesse
a tela “Serviço → Auto-teste” e teste o
tempo de contagem de GB real, conforme
descrito na Seção 10.5.1 para confirmar
que a diferença é menor do que 2
segundos.

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Bolhas de GB O diluente ou enxágüe está Verifique se o diluente ou enxágüe


acabando; acabou. Em caso positivo, troque por um

Conexões de tubo soltas; novo recipiente de diluente ou enxágüe


conforme detalhado na Seção 4.4.1;
Configuração inadequada
do tempo de contagem de Verifique a conexão do tubo captador de

GB; diluente e enxágüe. Se necessário,


reconecte-os e aperte-os conforme
detalhado na Seção 4.4.1;

Se o problema persistir, ajuste o tempo de


contagem de GB conforme descrito na
Seção 5.3.5;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

11-5
Resolução de problemas do analisador

Obstrução GV Abertura obstruída; Acesse a tela “Serviço → Manutenção”.

Configuração inadequada do Alargue e lave a abertura com jato de

tempo de contagem de GV; água, conforme descrito na Seção 10.3.4


e 10.3.5;
Erro na válvula solenóide.
Acesse a tela “Configuração →
Configurações → Contagem” e registre o
tempo de contagem de GV. Em seguida,
acesse a tela “Serviço → Auto-teste” e
teste o tempo de contagem real de GV
conforme detalhado no Capítulo 10.5.1;

Se a diferença entre o tempo de contagem


de referência de GV e o tempo de
contagem real de GV for inferior a dois
segundos, significa que o erro foi
removido;

Caso contrário, acesse a tela “Serviço →


Manutenção” e execute o procedimento
de limpeza da sonda com solução de
limpeza, conforme escrito na Seção
10.3.6;

Acesse a tela “Configuração →


Configurações → Contagem” e registre o
tempo de contagem de GV. Em seguida,
acesse a tela “Serviço → Auto-teste” e
teste o tempo de contagem real de GV
conforme detalhado no Capítulo 10.5.1;

Se a diferença entre o tempo de contagem


de referência de GV e o tempo de
contagem real de GV for inferior a dois
segundos, significa que o erro foi
removido;

Se a diferença ainda for maior do que 2


segundos, mas consistente, acesse a tela
“Configuração → Configurações →
Tempo de contagem” e redefina o tempo
de contagem de GV. Em seguida, acesse
a tela “Serviço → Auto-teste” e teste o
tempo de contagem de GV real, conforme
descrito na Seção 10.5.1 para confirmar
que a diferença é menor do que 2
segundos.

Se o problema persistir, entre em contato

11-6
Resolução de problemas do analisador

com o MindrayError! Unknown


document property name. ou com o
distribuidor local.

Bolhas de GV O diluente ou enxágüe está Verifique se o diluente ou enxágüe


acabando; acabou. Em caso positivo, troque por um

Conexões de tubo soltas; novo recipiente de diluente ou enxágüe


conforme detalhado na Seção 4.4.1;
Configuração inadequada do
tempo de contagem de GV; Verifique a conexão do tubo captador de
diluente e enxágüe. Se necessário,
reconecte-os e aperte-os conforme
detalhado na Seção 4.4.1;

Se o problema persistir, ajuste o tempo de


contagem de GV conforme descrito na
Seção 5.3.5;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro de O cabo de comunicação não Verifique que o cabo de comunicação está


transmissão está bem conectado; bem conectado;

Configurações de Observe as configurações de


comunicação incorretas. comunicação conforme descrito na Seção
5.3.2 e verifique se são iguais às do host.

Erro cód. barras Má conexão entre o scanner Verifique se o analisador está bem
e o analisador. conectado ao analisador;

Código de barras inválido. Verifique se o código de barras é válido;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro comun. Má conexão entre o scanner Verifique se o analisador está bem


e o analisador. conectado ao analisador;
cód. barras
Se o problema persistir, entre em contato
com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Impressora sem A impressora está sem papel Verifique se há papel na impressora;


ou o papel não está colocado
papel Verifique se o papel está bem colocado.
corretamente.

11-7
Resolução de problemas do analisador

Impressora Má conexão entre a Verifique se a impressora está bem


impressora e o analisador. conectada ao analisador;
desconectada
Erro comun. Má conexão entre o Desligue o analisador e entre em contato

registrador e o analisador. com o MindrayError! Unknown


registrador
document property name..
Registrador danificado.

Registrador sem O registrador está sem papel Verifique se o papel do registrador acabou.
ou o papel não está colocado Em caso afirmativo, coloque o papel
papel
corretamente. conforme descrito na Seção 4.4.2;

Verifique se o papel está bem colocado.


Caso não esteja, recoloque o papel
conforme descrito na Seção 4.4.2;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Registrador O cabeçote do registrador Para de usar o registrador. Se o problema


se repetir, entre em contato com o
muito quente está muito quente.
MindrayError! Unknown document
property name..
Press. barra p/ A alavanca de tensão não foi Pressione a alavanca conforme descrito
cima substituída. na Seção 4.4.2;

Se o problema persistir, entre em contato


com o departamento de atendimento ao
cliente da Mindray ou com o distribuidor
local.

Lise esgotado Lise insuficiente ou Verifique se há lise suficiente. Em caso


configuração de volume de afirmativo, entre em “Configuração →
lise errada.. Configurações → Reagentes” e ajuste o
volume de lise remanescente como
indicado na seção 5.3.1;

Em caso negativo, troque por um novo


recipiente de solução de lise conforme
instruído na Seção 4.4.1;

Diluente Diluente vencido ou Verifique se o diluente está vencido. Em


configuração de vencimento caso afirmativo, troque um novo recipiente
vencido.
incorreta de diluente conforme instruído na Seção
4.4.1;

Caso contrário, redefina a data de


vencimento conforme detalhado na Seção

11-8
Resolução de problemas do analisador

5.3.1.

Enxágüe Enxágüe vencido ou Verifique se o enxágüe está vencido. Em


configuração de vencimento caso afirmativo, troque um novo recipiente
vencido
incorreta de enxágüe conforme instruído na Seção
4.4.1;

Caso contrário, redefina a data de


vencimento conforme detalhado na Seção
5.3.1.

Lise vencido Lise vencido ou configuração Verifique se a solução de lise está


de vencimento incorreta vencida. Em caso afirmativo, troque um
novo recipiente de solução de lise
conforme instruído na Seção 4.4.1;

Caso contrário, redefina a data de


vencimento conforme detalhado na Seção
5.3.1.

Erro no filtro de O ar na parte interna da Entre em “Serviço → Auto-teste →


câmara de vácuo não é Tubulação” para testar o filtro, como
vácuo
extraído dentro do tempo demonstrado na seção 10.5.1;
especificado.
Se o resultado for normal, o erro será
removido;

Se o problema persistir, substitua o filtro


como demonstrado na seção 10.11;

Se o problema persistir depois da


instalação de um novo filtro, entre em
contato com Mindray Error! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro relógio de Alguém configurou com a Acesse a tela “Configuração →


tempo real bateria incorporada fora da Configurações → Data e hora” e redefina a
placa; ora conforme demonstrado no capítulo

Há algo de errado com a 5.3.3;

bateria (mau contato, bateria Reinicie o analisador após o ajuste; a hora


descarregada, etc.); deve estar correta;

Chip do relógio real Se o problema persistir, entre em contato


danificado. com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro no motor de Contato ruim do motor; 1. Acesse “Serviço → Auto-teste →


aspiração Máquina” para testar o Motor de aspiração

11-9
Resolução de problemas do analisador

Motor danificado; como demonstrado no Capítulo 10.5.2.;

Má conexão entre a placa do 2. Se o resultado for normal, o erro será


drive e a placa da CPU; removido;

Mal-funcionamento do 3. Se o problema persistir, entre em


foto-acoplador. contato com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro no motor de Sonda de amostra obstruída; Abra a porta frontal e verifique se a sonda
rotação Mau contato da linha de de amostra está obstruída;

sinal; Acesse a tela “Serviço → Auto-teste →

Motor danificado; Máquina” para testar o Motor de rotação


como demonstrado no capítulo 10.5.2..
Má conexão entre a placa do
Se o resultado for normal, o erro será
drive e a placa da CPU;
removido;
Mau funcionamento do
Se o problema persistir, entre em contato
foto-acoplador.
com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro no motor do Sonda de amostra obstruída; Abra a porta frontal e verifique se a sonda
elevador Mau contato da linha de de amostra está obstruída;

sinal; Acesse a tela “Serviço → Teste do

Motor danificado; sistema” e verifique o motor como


demonstrado no Capítulo 10.5.2.
Má conexão entre a placa do
drive e a placa da CPU; O erro será removido se o resultado do
teste for normal;
Mau funcionamento do
foto-acoplador. Se o problema persistir, entre em contato
com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro A/D Há algo de errado com a Acesse a tela “Serviço → Auto-teste →


peça de A/D da placa da Circuito” para testar o Interruptor A/D
CPU. como demonstrado no Capítulo 10.5.4.;

Se o resultado for normal, o erro será


removido;

Se o problema persistir, desligue o


analisador e entre em contato com o
MindrayError! Unknown document
property name. ou com o distribuidor
local.

11-10
Resolução de problemas do analisador

Erro de Vácuo O grau do vácuo não atinge o Verifique se a tubulação externa está
valor esperado dentro do sendo pressionada;
tempo especificado.
Em caso negativo, acesse “Serviço→
Auto-teste → Tubulação” para verificar o
Vácuo como demonstrado no capítulo
10.5.1..;

Se o resultado for normal, o erro será


removido;

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Erro de pressão A pressão na parte interna da Verifique se a tubulação externa está


câmara de pressão não sendo pressionada;
atinge o valor esperado
Em caso negativo, acesse a tela
dentro do tempo especificado
“Serviço→ Auto-teste →
Tubulação ”para verificar a pressão
como demonstrado no Capítulo 10.5.1..;

O erro estará removido se o resultado do


teste for normal.

Se o problema persistir, entre em contato


com o MindrayError! Unknown
document property name. ou com o
distribuidor local.

Diluente vazio Diluente insuficiente ou Verifique se há diluente suficiente. Em


configuração de volume de caso afirmativo, entre em “Configuração
diluente errada.. → Configurações → Reagentes” e ajuste
o volume de diluente remanescente como
indicado na seção 5.3.1;

Em caso negativo, troque por um novo


recipiente de diluente conforme instruído
na Seção 4.4.1;

Enxágüe vazio Enxágüe insuficiente ou Verifique se há enxágüe suficiente. Em


configuração de volume de caso afirmativo, entre em “Configuração
enxágüe errada. → Configurações → Reagentes” e ajuste
o volume de diluente remanescente como
indicado na seção 5.3.1;

Em caso negativo, troque por um novo


recipiente de enxágüe, conforme instruído

11-11
Resolução de problemas do analisador

na Seção 4.4.1;

Lixo cheio O recipiente de lixo está Esvazie o recipiente de lixo e redefina o


cheio. volume usado do recipiente de lixo, como
demonstrado no Capítulo 5.3.1.
Erro de arquivo Há algo de errado com o Desligue-o da tomada e entre em contato
sistema de arquivos do com Mindray Error! Unknown
analisador. document property name. ou com o
distribuidor local.
Erro de memória Há algo de errado com a Desligue da tomada e entre em contato
memória do analisador. com o departamento de atendimento ao
dinâmica
cliente da Mindray ou com o distribuidor
local.
Erro alim. Há algo de errado com a Desligue o analisador e entre em contato
analógica placa de alimentação. com o departamento de atendimento ao
cliente da Mindray ou com o distribuidor
local.

11-12
12 Apêndices
A Índice remissivo

abertura 4-4
alargar, 10-9 Conector DB9, D-2
lavar, 10-9 contagem
ADP princípio, 3-1
definição, 3-12 procedimento, 6-9
ADVG-VC, 3-11 tela, 2-10
ambiente, B-5 controles, 2-14
amostra CQ
análise, 6-9 edição das configurações, 8-3
revisão, 7-1 executar, 8-7
analisador Gráfico L-J, 8-11
nome, 2-1 tabela, 8-14
Uso pretendido, 2-2 CV
aperto de mão, 5-22 definição, 7-17
aspiração, 3-2 fórmula, 7-17
descrição dos parâmetros, 2-2
Banheira Desligar, 6-27
drenar, 10-17 diluente
limpar, 10-17 conexão, 4-6
bolhas definição, 2-13
GB, 11-6 preparação, 10-5
GV, 11-8 diluição, 3-3
calibração dimensões, B-5
calibrador, 9-4 Drenar tubulação, 10-19
calibradores, 2-14 energia
finalidade, 9-1 fusível, 4-2
manual, 9-18 Voltagem, 4-2
preparativos, 9-3 enxágüe
procedimentos, 9-3 definição, 2-14
CHCM preparação, 10-6
definição, 3-11 erro
fórmula, 3-11 Ajuste Hb, 11-5
Ciclo completo, B-2 Diluente vazio, 11-13
como retirar a embalagem do analisador, Diluente vencido., 11-10

A-1
Apêndices

Enxágüe vazio, 11-13 Intervalo de linearidade, B-3


Enxágüe vencido, 11-10 Intervalo operacional, B-2
Erro A/D, 11-12 Transporte, B-3
Erro alim. analógica, 11-13 HCM
Erro comun. cód. barras, 11-9 definição, 3-11
Erro comun. registrador, 11-9 fórmula, 3-11
Erro de arquivo, 11-13 Ht
Erro de memória dinâmica, 11-13 definição, 3-11
Erro de pressão, 11-12 fórmula, 3-11
Erro de transmissão, 11-8 ID, 6-9
Erro de Vácuo, 11-12 impressora
Erro Hb, 11-5 conexão, 4-11
erro no código de barras, 11-8 formato, 5-20
Erro no filtro de vácuo, 11-10 Instalação
Erro no motor de aspiração, 11-11 requisito, 4-2
Erro no motor de rotação, 11-11 Intervalo de linearidade
Erro no motor do elevador, 11-12 GB, B-3
Erro relógio de tempo real, 11-11 GV, B-3
Impressora desconectada, 11-9 PLT, B-3
Impressora sem papel, 11-9 intervalo de referência, 5-34
Lise esgotado, 11-10 leucócitos
Lise vencido, 11-10 Célula de tamanho médio, 2-2
lixo cheio, 11-13 Granulócito, 2-2
Press. barra p/ cima, 11-9 linfócitos, 2-2
Registrador muito quente, 11-9 limpador da sonda
Registrador sem papel, 11-9 limpar, 10-20
Temp. ambiente Anormal, 11-4 substituição, 10-40
Tensão anormal, 11-4 lise
especificações, B-1 conexão, 4-7
Especificações de desempenho definição, 2-14
Intervalo operacional, B-2, B-3 localizador da Sonda de amostra, 10-35
ganho manutenção
definição do ganho de GB, 5-27 sistema, 10-4
definição do ganho de GV, 5-28 Modo pré-diluído
definição do ganho de Hb, 5-29 análise, 6-19
GB Coleta e manuseio de amostras, 6-7
definição, 3-7 Nº gran.
Intervalo operacional, B-2 definição, 3-8
GV fórmula, 3-8
definição, 3-10 Nº linf.
Intervalo operacional, B-2 definição, 3-8
medição, 3-10 fórmula, 3-8
Hb Nº méd
definição, 3-8 definição, 3-8

A-2
Apêndices

fórmula, 3-8 sistema


NRBC, 3-7 Auto-teste, 10-26
obstrução status, 10-25
GB, 11-5 solução de limpeza da sonda
GV, 11-7 uso, 10-10
PCT Solução de limpeza do E-Z
definição, 3-12 definição, 2-14
fórmula, 3-12 solução de problemas, 11-1
personalizar sonda de amostra
data e hora, 5-24 ajuste, 10-35
ganho, 5-26 tabela
Impr. e comun., 5-19 amostra, 7-8
intervalo de referência, 5-34 pesquisado, 7-32
outro, 5-38 Tamanho da abertura, B-2
reagente, 5-17 taxa de baud, 5-21
Peso, B-5 Tecla de aspiração, 2-6
PLT Teste de lise, 10-14
definição, 3-12 transmissão
Intervalo operacional, B-2 formato de dados, D-4
Porta serial RS-232, D-1 na tela de revisão, 7-28
Preparar para transporte, 10-23 na tela Tabela CQ, 8-14
Princípio de Coulter, 3-1 umidade, B-5
Programação, D-4 válvula
reagente teste, 10-28
conexão, 4-6 VCM
necessário, 2-13 definição, 3-11
registrador Intervalo operacional, B-2
formato, 5-20 Visor LCD, 2-6
senha, 5-14 VPM
Sensores ópticos, 3-4 definição, 3-12

A-3
B Especificações

B.1 Classificação
De acordo com a classificação da CE, o BC-2800 é um dispositivo de diagnóstico in vitro.

B.2 Reagentes
Diluente DILUENTE M-18D
Enxágüe ENXÁGÜE M-18R
Lise LISE M-18CFL
Limpador do E-Z (limpador de LIMPADOR DO E-Z M-18E
enzimas)
Solução de limpeza da sonda SOLUÇÃO DE LIMPEZA DA SONDA M-18P
Calibrador Calibrador do sistema “CC”
Controle Controle Liquichek Hematologia 16

B.3 Parâmetro
Tabela B - Parâmetros e histogramas medidos diretamente
Parâmetro Abreviação Unidade
9
Glóbulos brancos ou leucócitos GB 10 /L
Glóbulo vermelho ou eritrócito GV 1012/L
Concentração de hemoglobina Hb g/L
Plaqueta PLT 109/L
Histograma de GB Histograma de /
Histograma de GV Histograma de /
Histograma de PLT Histograma de /

Tabela B-2 - Parâmetros derivados de histogramas


Parâmetro Abreviação Unidade
Porcentagem de linfócitos % linfócito %
Porcentagem de células de tamanho médio % méd %
Porcentagem de granulócitos % gran. %
Volume corpuscular médio VCM fL
Extensão da distribuição de glóbulos vermelhos ADVG %
Volume plaquetário médio VPM fL
Amplitude da distribuição de plaquetas ADP /

B-1
Apêndices

Tabela B-3 Parâmetros calculados


Parâmetro Abreviação Unidade
9
Linfócitos Nº linf. 10 /L
Célula de tamanho médio Nº méd 109/L
Granulócito Nº gran. 109/L
Hematócrito Ht %
Hemoglobina corpuscular média HCM pg
Concentração média de hemoglobina CHCM g/L
Volume plaquetário médio PCT %

B.4 Recursos de amostragem

B.4.1 Volumes de amostra necessários para cada análise


Modo Sangue total (sangue 13 µL
venoso)
Modo Pré-diluído (sangue capilar) 20 µL

B.4.2 Tamanho da abertura

Diâmetro Comprimento
Abertura 80 µm 70 µm

B.4.3 Ciclo completo

Menos de 120 segundos/análise

B.5 Especificações de desempenho

B.5.1 Intervalo operacional

Parâmetro Intervalo operacional


9
GB (10 /L) 0.0 a 499.9
12
GV (10 /L) 0.00 a 9.99
Hb (g/L) 0.0 a 300.0
VCM (fL) 0.0 a 250.0
9
PLT (10 /L) 0 a 2999

B-2
Apêndices

B.5.2 Plano de fundo normal

Parâmetro Resultado do plano de fundo


GB ≤ 0,3 × 109 / L
GV ≤ 0,03× 1012/ L
Hb ≤1g/L
Ht ≤ 0,5 %
PLT ≤ 10 × 109 / L

B.5.3 Intervalo de linearidade

Parâmetro Intervalo de linearidade


9
GB (10 /L) 0.0 a 99.9
12
GV (10 /L) 0.2 a 9.99
Hb (g/L) 0 a 300
9
PLT (10 /L) 0 a 999

B.5.4 Transporte

Parâmetro Transporte
GB ≤ 0,5 %
GV ≤ 0,5 %
Hb ≤ 0,5 %
PLT ≤1%

B.5.5 Reprodutibilidade (com nível normal de controle)

Parâmetro Condição VC(%)


9
GB (×10 /L) 4.0 a 15.0 ≤ 3,0
12
GV (×10 /L) 3.00 a 6.50 ≤ 2,0
Hb (g/L) 100 a 180 ≤ 2,0
VCM (fL) 70 a 100 ≤ 1,0
9
PLT(×10 /L) 200 a 500 ≤ 5,0

B.6 Dispositivo de entrada/saída

z Use apenas os dispositivos especificados.

B-3
Apêndices

B.6.1 Teclado
Teclado de 18 teclas.

B.6.2 Teclado
Teclado PS/2.

B.6.3 Leitor de código de barras (opcional)


Leitor de código de barras TYSSO CCD-82.

B.6.4 Visor
LCD Colorido, 7.5″ 640×480

B.6.5 Registrador
Registrador térmico incorporado que admite dois formatos de impressão e impressão
automática.

B.6.6 Impressora(opcional)
EPSON LX-300+.

B.6.7 Interfaces
„ Uma interface de teclado.

„ Duas interfaces RS-232 (distância máxima de transmissão de 12 metros);

„ Uma porta paralela (para impressora ou unidade de disquete);

„ Uma fonte de alimentação para a unidade de disquete(para ser usada apenas com o
cabo fornecido pela Mindray).

„ Interface de disco rígido IDE.

B.7 Fonte de alimentação


„ Tensão: CA 100 V a 240 V;

„ Freqüência: 50/60 Hz;

„ Entrada de energia:180 VA;

„ Fusível: CA 250 V T4 A.

z Use o fusível do tipo e da classificação especificados.

B-4
Apêndices

B.8 Descrição da EMC


„ O produto está sujeito a teste da EMC conforme exigido por EN61326:1997+A1
1998+A2;2001+A3 : 2003;

„ A EMS está em conformidade com o ambiente experimental;

„ A EMC está em conformidade com a Classe A.

B.9 Som
Som máximo: 65 dB

B.10 Ambiente operacional


„ Temperatura de operação:15 ℃ a 30 ℃;

„ Umidade relativa: 30 % a 85 %;

„ Pressão atmosférica: 60 kPa a 106 kPa.

B.11 Ambiente de armazenamento


„ Temperatura ambiente: -10 ℃ a 40 ℃

„ Umidade relativa: 10 % a 93 %

„ Pressão atmosférica: 50 kPa a 106 kPa.

B.12 Dimensões
Profundidade Largura Altura
38.6 cm 32.2 cm 43.7 cm

B.13 Peso
23 kg

B.14 Contra-indicações
Nenhuma.

B-5
C Precauções, limitações e riscos

C.1 Introdução
Os símbolos a seguir estão presentes neste manual.

Quando vir… Então…


Leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
ATENÇÃO sobre um dano operacional que pode causar ferimentos
pessoais.
Leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
CUIDADO sobre a possibilidade de danos ao analisador ou resultados
de análise não confiáveis.
Leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta
NOTA sobre informações que requerem sua atenção.

Leia a declaração abaixo do símbolo. A declaração alerta


sobre a possibilidade de uma situação de risco biológico.

C.1.1 Requisitos de instalação


Todos os requisitos de espaço, energia e localização listados no Capítulo 4 no Apêndice B
devem ser cumpridos. O estabelecimento e a manutenção do aterramento adequado não
podem ser enfatizados exageradamente.

C.1.2 Limitações
Sempre que os resultados estiverem fora dos limites normais, é recomendável que o
laboratório siga o protocolo escrito vigente do estabelecimento para validar os resultados.

Caso ocorra algum erro, o analisador exibe a mensagem de erro correspondente. Em caso
de erro relacionado ao sistema de fluidos (tais como obstrução ou bolhas), recomenda-se
reprocessar a amostra depois que o erro tenha sido corrigido.

Se o valor de PLT for inferior a 100 × 109 / L, recomenda-se que o resultado seja verificado
por um microscópio.

C.1.3 Manutenção
As instruções de manutenção do Capítulo 10 descrevem procedimentos corretivos e
preventivos que devem ser seguidos para garantir a operação e o desempenho adequados
do analisador.

C-1
Apêndices

C.2 Avisos

ATENÇÃO
z É importante que o hospital ou a organização que utiliza este equipamento
tenha um plano de serviço/manutenção razoável. O não cumprimento dessa
recomendação pode resultar em quebra do equipamento ou lesões à saúde
humana.

z Opere o analisador de acordo com as condições especificadas neste


manual; caso contrário, o analisador não funcionará normalmente e os
resultados da análise não serão confiáveis, o que danifica os componentes
do equipamento e causa lesões pessoais.

z Certifique-se de que o analisador esteja aterrado adequadamente.

z Antes de ligar o analisador, certifique-se de que a voltagem de entrada


esteja de acordo com os requisitos acima.

z Ao mover o analisador, fique de frente para o equipamento e segure-o com


as mãos pela parte de baixo.

z Os reagentes provocam irritações aos olhos, à pele e ao diafragma. Utilize


equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para laboratório, etc.) e
siga os procedimentos de segurança do laboratório ao manuseá-los no
laboratório.

z Se houver contato acidental dos reagentes com sua pele, lave com bastante
água e, se necessário, consulte um médico; Se os reagentes espirrarem em
seus olhos acidentalmente, lave-os com bastante água e consulte
imediatamente a um médico.

z Não coloque o analisador em ambientes inflamáveis ou explosivos.

z Certifique-se de eliminar reagentes, lixo, amostras, suprimentos, etc. de


acordo com a regulamentação governamental.

z Evite contato direto com as amostras de sangue.

z A ponta da sonda de amostra é afiada e pode conter materiais de risco


biológico. Tenha cuidado para evitar contato com a sonda quando trabalhar
ao redor da mesma.

z Para evitar lesões pessoais, mantenha suas roupas, seu cabelo e as mãos
longe de peças móveis, como a sonda de amostra.

z Instale apenas o fusível do tipo e da classificação especificados.

z Exceto quando recomenda-se o contrário, sempre desligue o equipamento


antes de tentar corrigir o erro.

C-2
Apêndices

C.3 Cuidados

CUIDADO
z A instalação feita por técnicos não autorizados ou não treinados pela
Mindraypode causar danos ao analisador. Não instale o analisador sem a
presença de um técnico autorizado pela Mindray.

z Não coloque nenhum recipiente em cima do analisador.

z Não reutilize produtos descartáveis.

z Não execute qualquer procedimento de manutenção que não esteja descrito


neste capítulo. A execução de qualquer procedimento de manutenção não
autorizado pode danificar seu analisador.

z Em caso de problemas não especificados neste manual, entre em contato


com o departamento de atendimento ao cliente da Mindray ou seu
distribuidor local para obter assistência.

z Somente as peças fornecidas pela Mindray podem ser utilizadas na


manutenção. Para esclarecer qualquer dúvida, entre em contato com o
departamento de atendimento ao cliente ou seu distribuidor local.

C-3
Apêndices

C.4 Notas

NOTA
z Este equipamento deve ser operado por profissionais médicos
habilitados/treinados.

z Certifique-se de que o analisador seja usado exatamente de acordo com as


instruções do manual.

z Este analisador adota um ponto decimal fixo. É possível inserir dígitos sem
se preocupar em procurar pelo [.] no teclado externo.

z O objetivo deste analisador é identificar o paciente normal, com todos os


parâmetros normais gerados pelo sistema, e marcar ou identificar
resultados do paciente que requerem estudos adicionais.

z Antes de conectar o cabo de alimentação, certifique-se de que o interruptor


na parte posterior do analisador esteja na posição desligado (O).

z Se a temperatura ambiente estiver fora do intervalo operacional


especificado, o analisador alertará sobre uma situação de temperatura
ambiente anormal e os resultados da análise poderão ser incertos. Consulte
o capítulo 11 Resolução de problemas do analisador para obter soluções.

z Guarde a caixa de transporte e os materiais da embalagem, pois poderão


ser utilizados para embalar o analisador caso tenha de ser transportado
novamente.

z Certifique-se de usar os reagentes especificados.

z Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.

z Para evitar contaminação, certifique-se de que as capas do frasco estejam


bem fechadas quando a instalação estiver concluída.

z Certifique-se de utilizar a impressora e o scanner do modelo especificado.

z Armazene e use os reagentes conforme explicado pelas instruções para o


uso dos reagentes.

z Ao mudar o diluente, enxágüe ou lise, execute uma análise de fundo para


ver se os resultados satisfazem o requisito.

z Preste atenção às datas de validade e dias de estabilidade do frasco aberto


de todos os reagentes. Certifique-se de não utilizar reagentes vencidos.

z Após instalar um novo frasco de reagentes, mantenha os reagentes parados


por um tempo antes de usá-los.

z O papel registrador é tratado de um lado para a impressão. Para determinar


qual lado é o de impressão, arranhe gentilmente os dois lados com as unhas

C-4
Apêndices

e o que ficar com uma marca visível é o lado de impressão.

z Para amostras de sangue total a serem utilizadas na diferenciação de GB ou


contagem de PLT, é necessário armazená-las em temperatura ambiente e
manipulá-las em, no máximo, quatro horas após a coleta.

z Caso não necessite dos resultados da diferenciação de GB, PLT e VCM,


armazene as amostras em um refrigerador (2℃ a 8℃) por 24 horas. É
necessário deixar as amostras refrigeradas à temperatura ambiente por no
mínimo 30 minutos antes de manipulá-las.

z Certifique-se de agitar por alguns instantes as amostras antes de


manipulá-las.

z Certifique-se de manter o diluente preparado livre de poeira.

z Após misturar a amostra capilar com o diluente, certifique-se de aguardar


cinco minutos antes de manipular a amostra.

z Certifique-se de manipular as amostras pré-diluídas dentro de 30 minutos


após a mistura.

z Certifique-se de avaliar a estabilidade da pré-diluição com base na


população de amostras de seu laboratório e nas técnicas e métodos de
coleta de amostras.

z Se existe a intenção de executar uma verificação de fundo em vez da


amostra de um paciente, insira “0” na caixa “ID”.

z Certifique-se de manter a ponta da sonda de amostra longe do fundo do


tubo. Do contrário, o volume de aspiração poderá ser impreciso.

z Quando a aspiração estiver concluída, remova o tubo da amostra somente


quando a sonda de amostra estiver fora do tubo.

z Se o analisador detectar obstrução ou bolhas de GB/GV durante a análise,


as mensagens de erro correspondentes serão exibidas na área reservada a
mensagens de erro e os resultados de todos os parâmetros relacionados
serão invalidados. Consulte o capítulo 11 Resolução de problemas do
analisador para obter soluções.

z O resultado da verificação de base não será sinalizado.

z Não se esqueça de selecionar o intervalo de referência adequado conforme


descrito na Seção 5.3.6 antes de executar as amostras. Caso contrário, os
resultados obtidos poderão ser marcados de maneira errônea.

z Para garantir um desempenho estável do analisador e resultados precisos


de análise, certifique-se de executar o procedimento “Desligar” para
desligar o analisador depois de operar por 24 horas contínuas

z Certifique-se de desligar o analisador exatamente como explicado abaixo.

z Detritos de pele e pelos podem obstruir a abertura. Certifique-se de possuir


uma a amostra limpa antes de usar o analisador.

C-5
Apêndices

z Certifique-se de usar os controles especificados. O uso de controles que


não sejam os especificados acarretará resultados errôneos.

z Consulte as instruções de uso dos controles para saber como armazená-los


e utilizá-los.

z Consulte as instruções de uso do controle para obter informações sobre o


número de lote, data de vencimento, dias de estabilidade de frascos abertos,
resultados esperados e limites.

z A data de vencimento especificada deve ser a data de vencimento impressa


na etiqueta ou a do frasco aberto. Seja qual for a primeira.

z A data de vencimento do frasco aberto é calculada da seguinte forma: data


em que o frasco foi aberto + dias de estabilidade do frasco aberto.

z Na tela “Edição de CQ”, se desejar corrigir uma entrada incorreta,


MODIFIQUE o dígito errado.

z Todos os parâmetros medidos devem ser calibrados antes que as leituras


deste analisador possam ser utilizadas como resultados de análise válidos.

z Certifique-se de usar o calibrador especificado pela Mindray. O uso de


calibradores que não sejam os especificados acarretará resultados
errôneos.

z Consulte as instruções de uso do calibrador para saber como armazená-lo e


utilizá-lo.

z Certifique-se de manter o diluente preparado livre de poeira.

z Não esqueça de executar o procedimento “Drenar tubulação” antes de


reposicionar o analisador.

z Este capítulo não é um manual de serviço completo e está limitado aos


problemas que são prontamente diagnosticados e/ou corrigidos pelo
usuário do analisador. Se a solução recomendada não solucionar o
problema, entre em contato com o Mindray ou com o distribuidor local.

C.5 Perigo biológico

z Amostras, controles, calibradores e lixo são potencialmente infecciosos.


Utilize equipamentos de proteção pessoal (ex.: luvas, jaleco para
laboratório, etc.) e siga os procedimentos de segurança do laboratório ao
manuseá-los no laboratório.

C-6
D Comunicação

D.1 Introdução

O BC-2800 pode transmitir dados de amostra de dados de CQ para um computador externo


(um host) através da porta serial RS-232. A transmissão pode ser realizada automaticamente
ou através do comando do operador após a conclusão da análise da amostra. Esta seção
fornece detalhes sobre a configuração de parâmetro de transmissão, a porta serial RS-232 e
o formato de transmissão de dados, fornecendo informações para que os engenheiros de
software programem e o usuário realize a transmissão de forma conveniente.

D-1
Apêndices

D.2 Conexão

O BC-2800 pode ser conectado em um computador externo com um conector DB9. Os pinos
do conector DB9 são mostrados na Figura D-1.

Figura D-1 Conector DB9

Descrição do pino:
DCD:Detector do transportador
RXD:Receber dados
TXD:Transmitir dados
DTR:Terminal de dados pronto
GND:Sinalizar aterramento
DSR:Conjunto de dados pronto
RTS:Solicitar para enviar
CTS:Limpar para enviar
RI:Indicador de anel

O BC-2800 se comunica com um host através da porta serial 2, usando os pinos 2, 3 e 5. A


distância máxima de transmissão é 12 m.

D-2
Apêndices

D.3 Formato da transmissão de dados

D.3.1 Descrição

Símbolos
[ENQ] 0x05
[STX] 0x02
[EOT] 0x04
[EOF] 0x1A
[ETX] 0x03
[ACK] 0x06
[NACK] 0x15
"A" 0x41
"B" 0x42
"C" 0x43
"#" 0x30-0x39
"*" 0x2A

Se o número do lote, mês, dia e ano estiverem vazios no menu de edição de controle de
qualidade, o símbolo “*” (2A Hex) será transmitido ao host.

Para todos os formatos de dados, se algum deles for marcado com “*”, esse símbolo (2A Hex)
será transmitido ao host.

D-3
Apêndices

Programação
Se o Aperto mão estiver desativado, o BC-2800 transmitirá o corpo do texto sem reconhecer
a presença de um computador externo.

Se o Aperto mão estiver ativado, o BC-2800 irá se comunicar com o computador externo nos
seguintes casos:

15. O BC-2800 envia um ENQ (05 Hex) e aguarda até 4 segundos pela resposta do
computador externo. Se o computador não responder, mais um ENQ (05 Hex) será
enviado. Se falhar novamente, o analisador interrompe a transmissão e registra um erro
de transmissão;

16. O computador externo deve responder enviando um ACK (06 Hex). Se qualquer outra
resposta for recebida, outro ENQ (05 Hex) será enviado pelo analisador (no máximo dois
ENQs [05 Hex] serão enviados);

Em seguida, o analisador envia:

Corpo do texto
EOT (04 Hex)
ETX (03 Hex)

17. Desconexão.

O BC-2800 envia um ETX (03 Hex) e aguarda 4 segundos pela resposta do computador
externo. Se nenhuma resposta for recebida, mais um ETX (03 Hex) será enviado; o BC-2800
aguarda 4 segundos antes de desistir e emite um alarme de erro de comunicação.

Se o computador externo responder ACK, a transmissão será concluída com êxito. Se o


computador responder NACK (15 Hex), o analisador repetirá a transmissão a partir da etapa
3. Se a resposta recebida do computador não for ACK(06 Hex) nem NACK (15 Hex), o
analisador enviará ETX (03 Hex) novamente.

D.3.2 Formato dos dados de amostra

Se aperto mão estiver ativado [ENQ]


Se aperto mão estiver desativado [STX]
Início do corpo do texto
Identificador de texto “A”
Versão ##
Comprimento da ID ###
O número de parâmetros ###
Número de parâmetros com ##
descrições de formato

D-4
Apêndices

Formato do parâmetro ###


ID ########
Modo de amostra #
Mês ##
Dia ##
Ano ####
Hora ##
Minutos ##
Segundos ##
9
GB [10 /L] ###.#
9
Nº linf. [10 /L] ###.#
9
N° méd [10 /L] ###.#
9
Nº gran. [10 /L] ###.#
% linfócito [%] ##.#
% méd [%] ##.#
% gran. [%] ##.#
12
GV [10 /L] #.##
Hb [g/L] ###
CHCM [g/L] ####
VCM [fL] ###.#
HCM [pg] ###.#
ADVG-VC [%] ##.#
Ht [%] ##.#
9
PLT [10 /L] ####
VPM [fL] ##.#
ADP ##.#
PCT [%] .###
ADVG-SD [fL] ###.#
Reservado ###############
Rm #
R1 #
R2 #
R3 #
R4 #
Pm #
Ps #
Pl #
Região L1 ###
Região L2 ###
Região L3 ###
Região L4 ###
Região L5 ###

D-5
Apêndices

Região L6 ###
Região L7 ###
Região L8 ###
Reservado ################
Histograma de GB (256 canais) ###
Histograma de GV (256 canais) ###
Histograma de PLT (256 canais) ###
Fim do corpo do texto
Se aperto mão estiver ativado [EOT]
Se aperto mão estiver desativado [EOF]
Se aperto mão estiver ativado [ETX]

D.3.3 Formato de dados padrão do CQ L-J

Se aperto mão estiver [ENQ]


ativado
Se aperto mão estiver [STX]
desativado
Início do corpo do texto
Identificador de texto “B”
Versão ##
O número de parâmetros ###
Número de parâmetros com ##
descrições de formato
Formato do parâmetro ###
N° arq #
N° lote ######
Mês ##
Dia ##
Ano ####
9
GB [10 /L] ###.#
12
GV [10 /L] #.##
Hb [g/L] ###
9
PLT [10 /L] ####
9
Nº linf. [10 /L] ###.#
% linfócito [%] ##.#
9
Nº gran. [10 /L] ###.#
% gran. [%] ##.#
Ht [%] ##.#
VCM [fL] ###.#
HCM [pg] ###.#
CHCM [g/L] ####
9
Limite de GB [10 /L] ###.#
12
Limite de GV [10 /L] #.##

D-6
Apêndices

Limite de Hb [g/L] ###


9
Limite de PLT [10 /L] ####
12
Limite de Nº linf. [10 /L] ###.#
Limite de % linfócito [%] ##.#
9
Limite de N° gran. [10 /L] ###.#
Limite de % gran. [%] ##.#
Limite de Ht [%] ##.#
Limite de VCM [fL] ###.#
Limite de HCM [pg] ###.#
Limite de CHCM [g/L] ####
Fim do corpo do texto
Se aperto mão estiver [EOT]
ativado
Se aperto mão estiver [EOF]
desativado
Se aperto mão estiver [ETX]
ativado

D.3.4 Execução do formato de dados do CQ L-J

Se aperto mão estiver [ENQ]


ativado
Se aperto mão estiver [STX]
desativado
Início do corpo do texto
Identificador de texto ‘C’
Versão ##
O número de parâmetros ###
Número de parâmetros com ##
descrições de formato
Formato do parâmetro ###
Mês ##
Dia ##
Ano ####
Hora ##
Minutos ##
9
GB [10 /L] ###.#
12
GV [10 /L] #.##
Hb [g/L] ###
9
PLT [10 /L] ####
9
Nº linf. [10 /L] ###.#
% linfócito [%] ##.#

D-7
Apêndices

Nº gran. [109/L] ###.#


% gran. [%] ##.#
Ht [%] ##.#
VCM [fL] ###.#
HCM [pg] ###.#
CHCM [g/L] ####
Fim do corpo do texto
Se aperto mão estiver [EOT]
ativado
Se aperto mão estiver [EOF]
desativado
Se aperto mão estiver [ETX]
ativado

D.4 Transmissão

D.4.1 Definição das configurações de transmissão


O formato de dados é fixo para a transmissão de modo que cada byte a ser transmitido tem 7
bits de dados e 1 bit de parada. Acesse a tecla ”Configuração → Configurações→
Impressão e comun.” e edite as configurações de comunicação como demonstrado no
Capítulo 5.3.2.

D.4.2 Transmissão na tela “Contagem”


Se a função de transmissão automática estiver ativada, após a conclusão da análise, o
analisador transmitirá automaticamente os resultados para o computador externo. Se essa
função estiver desativada, é possível transmitir os resultados apenas manualmente na tela
“Revisão.

D.4.3 Transmissão na tela “Revisão”


Selecione os resultados desejados e transmita-os para o computador externo conforme
descrito nas Seções 7.2.2 e 7.3.2.

D.4.4 Transmissão na tela Tabela CQ


Transmita os resultados conforme descrito na Seção 8.2.3.

D-8
OS: 2800-20-28934 (V1.0)