Você está na página 1de 4

Histórico Introdução

 Quarto componente do concreto;


 Romanos e incas:  Estados Unidos, Japão e Alemanha, utilizam cerca
albumina (sangue e clara de ovos); de 80% de concreto aditivado.
álcalis (cal);
 Brasil: “Aditivos não transformam um concreto mal dosado
 óleo de baleia; em um bom concreto. Eles aprimoram certas
 gesso cru e cloreto de cálcio; características positivas do concreto.”

 Alemanha e França:
graxa de cal.

Definições Efeitos Genéricos

 Aditivos são produtos empregados na elaboração


de concretos, argamassas de cimento para  Vantagens:
modificar certas propriedades do material fresco  Aumento da trabalhabilidade;

ou endurecido.  Redução do consumo de água;


 Maior resistência;
 Base orgânica ou inorgânica
 Redução da água e do cimento;
 Aditivos com alto teor de sólidos são mais eficientes.

Química Aplicada
 Os produtos com base melamina, naftaleno ou
lignossulfonato atuam principalmente por repulsão
eletrostática;
 Os aditivos superplastificantes com base de
policarboxilatos além de agirem por repulsão
eletrostática apresentam outro mecanismo de
ação, conhecido como repulsão estérica.

1
Classificação - NBR 11768/92 Aditivos não-normalizados:

 Agentes inibidores de corrosão;


 Aditivo plastificante (tipo P)  Redutores de retração;
 Aditivo retardador (tipo R)  Expansores;
 Aditivo acelerador (tipo A)  Agentes impermeabilizantes;

 Aditivo plastificante retardador (tipo PR)  Redutor de ar incorporado;

 Aditivo plastificante acelerador (tipo PA)  Promotor de viscosidade;


 Redutor de expansão álcali-agregado;
 Aditivo incorporador de ar (tipo IAR)
 Promotor de adesão;
 Aditivo superplastificante (tipo SP)
 Fungicidas, inseticidas e bactericidas;
 Aditivo superplastificante retardador (tipo SPR)
 Agentes de cura.
 Aditivo superplastificante acelerador (tipo SPA)

Aditivos de ação física Aditivos de ação química

 Plastificantes (Redutores de água): melhoram a  Aceleradores: facilitam a dissolução da cal e da


deformabilidade dos concretos frescos; sílica, nos silicatos, e da alumina, nos
aluminatos. Aceleram fortemente as reações
 Incorporação de ar: o diâmetro das iniciais de hidratação e endurecimento,
microbolhas, de 100 a 300 μm, varia segundo a especialmente do C3S.
substância química empregada na fabricação do
produto.

Aditivos de ação físico-química Emprego dos aditivos

 Retardadores: retardam a osmose da água Plastificantes (Redutores de água)


nos grãos de cimento, agindo por defloculação
e adsorção. Maior resistência mecânica;
Maior impermeabilidade e durabilidade;
Minimização de retração, fissuramento e
exsudação;
Melhor proteção e aderência da armadura;
Fácil adensamento e bombeamento;
Melhor aspecto, em caso de concreto
aparente.

2
Retardadores / plastificantes:
Superplastificantes: indicados para misturas
relativamente ricas em cimento.
Os retardadores têm a função de retardar a
hidratação inicial dos grãos de cimento;
Ideais em casos de armaduras densas,
bombeamentos, concretos aparentes de alta Também plastificam a mistura;
resistência Permitem maior tempo de manuseio do
Permitem reduzir consideravelmente a concreto;
relação /cimento; Inibem o surgimento de juntas frias;
não alteram o tempo de pega do concreto. Permitem a concretagem das peças de difícil
acesso e vibração.

Incorporadores de Ar:
Aceleradores:

Maior plasticidade;
Empregados quando o concreto necessita
ser solicitado a curto prazo; Impermeabilidade e resistência aos ataques
químicos de águas agressivas;
Reduzem o tempo de desforma;
Menor segregação e exsudação;
Os aceleradores à base de cloreto são os
mais eficientes; Função primordial de suprir a deficiência de
finos;
Quanto maior o consumo de cimento, maior
a eficiência do acelerador. A plasticidade conferida permite reduzir a
quantidade de água;
Resistência ao ataque dos sulfatos.

Aditivos impermeabilizantes Agentes de cura


 Substâncias mais comuns  Uso recomendado
 Ácido estereático  Locais onde a cura úmida com água é
 Ácido caprílico impraticável
 Ácido oleico
 Mecanismo principal de ação
 Emulsão de cera
 Emulsão betuminosa  A evaporação do solvente propicia a
 Ácido cáprico formação de uma película contínua que
 Estereato de cálcio impede a evaporação da água de
 Estereato de alumínio amassamento.
 Resina hidrocarbonada
 Mecanismo principal de ação
 Agem sobre a natureza da superfície do conglomerado
 São hidrófugos

3
Aditivos expansores
 Usos recomendados
 Ancoragem de equipamentos
 Restauração de estruturas degradadas
 Cimentos expansivos
 Cimento Portland comum + aditivo expansor
 Aditivo expansor – reduz ou elimina os inconvenientes da
retração (fissuração)
 Retração compensada
 Auto compressíveis
 Mecanismo de ação
 Formação de etringita
 Formação de Ca(OH)2 e Mg(OH)2