Você está na página 1de 4

22/10/2010

Sistemas de Informação Contábeis

Fonte: DAVENPORT, 1998


© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
1

Sistemas de Informação Contábeis

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
2

1
22/10/2010

Sistemas de Informação Contábeis

O QUE É ERP?
É um software de gestão empresarial que facilita o fluxo de informações entre
todos os departamentos da empresa, tais como fabricação, logística , finanças
e recursos humanos.
É um sistema amplo de soluções e informações.
No software entram, fornecidos pelas pessoas que os originam, dados sobre
fatos novos que ocorrem na empresa e saem, fornecido pelo ERP, informações
decorrentes.
Exemplos de fatos novos: movimento de estoque, pagamentos, produção,
contratos, etc.
Exemplos de informações decorrentes: notas fiscais de saída, notas fiscais de
entrada, fluxo de caixa, contabilidade, informações gerenciais, etc.

Fonte:
http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
3

Sistemas de Informação Contábeis

HISTÓRICO DO ERP
MRP (Material Requirements Planning ou Programação e Planejamento de
Manufatura):
surgiu devido à necessidade de reduzir os níveis de estoque. Forneciam uma
visão integrada dos bens, baseada no inventário disponível e nos períodos de
reabastecimento.

MRP-II (Manufacturing Resource Planning ou Programa de Manufatura de


Materiais):
nos anos 80, o MRP evoluiu para MRP-II, que tomava como base, além dos
bens, outros recursos essenciais à produção, tais como mão-de-obra,
máquinas, etc.

ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos


Corporativos):
além de permitir a gestão de manufatura, o ERP permitiu controlar toda a
empresa, da produção às finanças, integrando e sincronizando todos os
departamentos.

Fonte:
http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
4

2
22/10/2010

Sistemas de Informação Contábeis

LINHA DO TEMPO

1970 – MRP Material Requirement Planning


Planejamento de Materiais
Foco no planejamento de compra da Lista de Materiais, como
controlar a produção, estoque e contabilização
Voltada para indústria manufatura
1980 – MRP II segunda versão
Inclusão da gestão da manufatura, planejamento de produto,
controle de inventário, distribuição
1990 – ERP
Inclusão de outros módulos que atendem outras áreas da empresa
e que integra à fábrica: financeiro, pessoal, marketing,…
2000 – Integração com outras soluções de mercado
CRM – Customer Relationship Management
SCM – Supply Chain Management
BI – Business Intelligence
BPM – Business Process Management

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
5

Sistemas de Informação Contábeis


IMPLANTAÇÃO DO ERP

Para um perfeito funcionamento do software ERP, é preciso seguir algumas


etapas que são essenciais:
1. Criação de uma cultura ERP dentro da empresa;
2. Aquisição da solução (software);
3. Treinamento dos usuários;
4. Consultoria na implantação do software;
5. Manutenção do sistema.

PRINCÍPIOS BÁSICOS DE FUNCIONAMENTO

Integração: é a capacidade do software de derivar, a partir de um fato novo,


todas as decorrências.
Suas vantagens: redução de trabalho, velocidade e segurança, entre outras.
Parametrização: é informar ao software como são as políticas, normas,
processos da empresa.
Suas vantagens: adequar o software às necessidades atuais da empresa e
permitir a sua evolução futura.
Fonte:
http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
6

3
22/10/2010

Sistemas de Informação Contábeis

VANTAGENS DO ERP
 Integração total entre áreas, com a eliminação de papéis, decisões
imediatas e acréscimo de planejamento, agilidade, controle e segurança de
processos;
 Elimina o uso de interfaces manuais;
 Redução de custos;
 Otimizar o fluxo da informação e qualidade da mesma dentro da
organização;
 Otimizar o processo de tomada de decisão;
 Eliminar a redundância de atividades;
 Reduzir os lead times e tempos de resposta ao mercado.

Fonte:
http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
7

Sistemas de Informação Contábeis

BARREIRAS E DIFICULDADES

 Insegurança dos funcionários em relação ao manuseio e à utilização do


sistema;
 Dificuldade no atendimento pelo fornecedor: tempo de resposta do
fornecedor é lento, o suporte técnico não é adequado, o consultor é
despreparado;
 A consultoria externa é cara e o projeto tem de ser bem acompanhado,
envolvendo pessoas com conhecimento técnico e de negócio;
 Resistência dos funcionários:
- Adaptação às mudanças na rotina do trabalho, decorrente da introdução
do sistema;
- Resistência da alta administração e dos funcionários mais antigos por
não terem conhecimentos básicos em informática;
- Funcionários sem qualificação técnica para dar suporte e utilizar o
sistema;
 Falta confiabilidade nas informações extraídas do sistema.
Validação do Software sem o mapeamento de processos dos requisitos e
funcionalidades mínimos para atender os usuários.
Fonte:
http://www.administradores.com.br/artigos/erp_enterprise_resource_planning_ou_planejamento_dos_recursos_corporativos/13972/

© Copyright 2010 Este material não substitui as aulas presenciais e o conteúdo é complementado em sala de aula
e consulta à bibliografia recomendada.
8