Você está na página 1de 16

REORGANIZE SEUS CONCEITOS...

sobre EB Dominical
1. Educação não é o mesmo que currículo ou literatura
(conteúdo);
2. A EB Dominical não é o único espaço de educação
cristã da igreja;
3. A EB Dominical não está alheia aos índices de
crescimento da igreja;
REORGANIZE SEUS CONCEITOS...
sobre EB Discipuladora
1. A Escola Bíblica Discipuladora não é uma escola de
formação de líderes;
2. O PGM não substitui a Escola Bíblica;
3. A Escola Bíblica Discipuladora não anula a Escola
Bíblica Dominical.
• Princípio da formação de discípulos e não de consumidores;
• Princípio da conscientização para frutificação de discípulos;

• Princípio da intencionalidade – discípulos líderes.


• O aperfeiçoado profissionalmente não configura
um aperfeiçoado para servir na igreja;
• O líder deve ser forjado na igreja em que serve;
• Antes de alguém ser um líder, precisa aprender a
acolher e cuidar – “intelectual” impaciente.
• Ensinar a revelação bíblica sob uma
perspectiva discipuladora;
• Acolher os novos membros que chegam à
igreja;
• Integrar essas novas pessoas no Corpo de
Cristo por meio dos PGMs;
• Transformar frequentadores e membros em
discípulos multiplicadores por meio da visão
multiplicadora e da integração nos PGMs e do RD;
• Formar líderes multiplicadores para serem
plantadores igreja.
• Sai de cena o professor detentor do
domínio do conteúdo – Aluno não
sabe tudo, mas o que sabe
domina;

• ANDRAGOGIA – a aprendizagem é orientada para a


resolução de problemas e tarefas que ocorrem na vida
cotidiana;
• A troca de experiência entre os próprios alunos
desenvolve o ciclo: conhecer, ensinar, demonstrar,
praticar e avaliar - Mutualidade.
 Conhecimento do grupo;
 Ensino de uma habilidade;
 A demonstração de como essa
habilidade funciona;
 A permissão dessa prática em
grupo;
 Conclusão pelo mestre sobre o
princípio estudado.

FAVORECIMENTO DO
ENSINO DISCIPULADOR.
PARÁBOLA DO SEMEADOR:

“Jesus ensina a todos, mas os


interessados aprendem e
desses ele prepara alguns
para continuar a obra”.