Você está na página 1de 12
09/10/2016 NOME: LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES 1. Ao receber a ordem do fiscal de sala

09/10/2016

NOME:

LEIA ATENTAMENTE AS INSTRUÇÕES

1. Ao receber a ordem do fiscal de sala, confira este caderno com muita atenção, pois nenhuma reclamação sobre o total de questões e/ou falhas na impressão será aceita depois de iniciada a prova.

2. Cartão de respostas:

a) Tem, obrigatoriamente, de ser assinado e não poderá ser substituído, portanto, não o rasure nem o amasse:

b) Marque, no cartão de respostas, para cada item: o campo designado com o código C, caso julgue o item CERTO; ou o campo designado com o código E, caso julgue o item ERRADO. A ausência de marcação ou a marcação de ambos os campos não serão apenadas, ou seja, não receberão pontuação negativa.

c) No cartão de respostas, a marcação das letras correspondentes às respostas deve ser feita cobrindo a letra e preen- chendo todo o espaço do campo, de forma continua e densa. A leitora ótica é sensível a marcas escuras; portanto, preencha fortemente os campos de marcação completamente, veja o exemplo:

os campos de marcação completamente, veja o exemplo: d) Reserve os trinta (30) minutos finais para

d) Reserve os trinta (30) minutos finais para marcar seu cartão de respostas.

3. Será eliminado o candidato que:

a) Utilizar - se, durante a realização das provas, de máquinas e/ou relógios de calcular, bem como de rádios gravadores, headphones, telefones celulares ou fontes de consulta de qualquer espécie;

b) Ausentar - se da sala em que se realizam as provas levando consigo o caderno de questões e/ou o cartão de respostas;

c) Recusar - se a entregar o caderno de questões e/ou o cartão de resposta quando terminar o tempo estabelecido.

Observações: Recursos até terça-feira às 12 horas.

BOA PROVA!

www.qstao.com.br

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

Língua Portuguesa

Tramita na Câmara o Projeto de Lei n.º 3.596/2012, do Senado, que estabelece medidas para inibir erros de administração e uso equivocado de medicamentos. Pelo texto, a rotulagem e a embala- gem dos produtos deverão ter características que possibilitem a sua imediata identificação. O autor da proposta observa que a medida poderia evitar equívocos semelhantes ao ocorrido, recentemente, no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Felício Rocho, em Belo Horizonte, onde uma técnica de enfermagem trocou sedativo por ácido. “Entre outras causas, a utilização de rótulos e embala- gens iguais ou semelhantes para produtos de composição diferente é fator que induz a equívocos, muitas vezes fatais”, alerta.

Fonte: Internet: <www2.camara.gov.br> (com adaptações).

01) Pelos sentidos do texto, depreende-se que o pronome “sua” (em a rotulagem e a embalagem dos produtos deverão ter características que possibilitem a sua imediata identifica- ção) retoma, por coesão, o antecedente “a rotulagem e a embalagem”.

02) Sem prejuízo para a correção gramatical e para a coerência do texto, pode-se substituir “onde” (em onde uma técnica de enfermagem trocou sedativo por ácido) por em que ou no qual.

03) O sentido original do período fica alterado se a palavra “administração” (no primeiro período do texto) for substituí- da pela palavra gerenciamento.

A lentidão e os congestionamentos são parte da realidade dos

centros urbanos. Fazer o trânsito fluir, porém, é um quebra- cabeça complexo. No Brasil, o desafio envolve muitas variáveis, desde o número crescente da frota de veículos e a precariedade dos transportes públicos até o comportamento dos motoristas ao

volante. Enquanto os especialistas analisam o assunto na tentati-

va de apontar soluções para o problema, o Psicólogos do Trânsito,

um grupo de jovens paulistanos, decidiu levar bom humor à rua, mostrando que um simples gesto pode melhorar o caos do trânsito.

Com a encenação de curtos espetáculos lúdicos, o grupo transfor- ma uma das esquinas mais movimentadas de São Paulo em palco

de diversão e alegria. Sobretudo nas noites de segunda e sexta-feira,

quando invade a pista e consegue o milagre de fazer o motorista rir

mesmo encontrando-se preso em mais um dos gigantescos engar- rafamentos da cidade.

Vestidos de palhaço, eles aproveitam o tempo dos carros parados no semáforo para cumprir essa missão. Com cartazes educati- vos, ocupam a faixa de pedestres, fazem performances e brincam com os motoristas. Muita gente fecha o vidro do carro. No fim da apresentação de apenas um minuto, os jovens erguem uma faixa com a frase “Um dia sem sorrir é um dia desperdiçado”, de Charlie Chaplin. Em geral, nessa hora, o comportamento dos estressa- dos muda: abrem o vidro, buzinam, acenam e seguem pelo trajeto descontraídos.

Fonte: Fabíola Musarra. Psicólogos da rua. In: Planeta, nov./2011, p. 70-73 (com adaptações).

.

04)

O emprego das vírgulas em “Fazer o trânsito fluir, porém, é um quebra-cabeça complexo” é facultativo, visto que se trata de uma expressão de pequena extensão.

05) O texto mostra que há poucas atitudes praticadas por cidadãos comuns que podem colaborar para a melhoria dos problemas relacionados ao trânsito.

06)

Por meio do trecho “Muita gente fecha o vidro do carro” é possível fazer a inferência de que motoristas estressados no trânsito não conseguem se descontrair com as brincadeiras dos palhaços do grupo Psicólogos do Trânsito.

07) Nos trecho “Enquanto os especialistas analisam o assunto na tentativa de apontar soluções para o problema” e “quando invade a pista e consegue o milagre de fazer o motorista rir”, as conjunções “enquanto” e “quando”, pelos sentidos do texto, tem valor semântico semelhante.

08) Não haveria prejuízo gramatical caso o trecho “A lentidão e os congestionamentos são parte da realidade dos centros urbanos.” fosse assim reescrito: É parte da realidade dos centros urbanos a lentidão e os congestionamentos

As eleições no Brasil mobilizam os veículos de informação também

pelo anedotário que produzem. Curiosamente, a presença crescen-

te

de indígenas no processo eleitoral nos é transmitida exatamen-

te

nesse registro. De certo modo, a participação dos indígenas na

disputa por vagas nos Poderes Legislativo e Executivo é apresen- tada no mesmo tom de estranheza com que o jornalismo brasi- leiro descreve xinguanos paramentados com sandálias havaianas e calções adidas. É como se a candidatura indígena selasse, solene- mente, a inexorável aculturação.

Para além desse anedotário há, de fato, muito que refletirmos. Afinal, os mais diversos povos indígenas estão lidando com as grandes instituições da sociedade branca e com processos políticos pertencentes a uma gramática social e simbólica que lhes é absolu- tamente estranha, ao menos na maneira como estamos acostuma- dos a pensar. A começar pela representação política, que envolve, no mínimo, premissas e categorias mentais muito distintas dos modos nativos de fazer política.

A política, que em muitas formulações nativas atravessa a vida

social de maneira ampla, articulando-se simultaneamente às regras

do parentesco, ao complexo ritual e religioso, ao discurso cosmo-

lógico, passa então a circular em uma ordem específica, a ordem

política, regida por uma racionalidade burocrática e fundamenta-

da em valores que se pretendem universalmente válidos. Formas

tradicionais de liderança política — como, por exemplo, a assumida pelo sábio ancião, com sua oratória sensível, seu zelo pela reatuali- zação permanente do legado mitológico e da tradição, seu prestígio guerreiro — cedem lugar para uma nova forma de liderança, dessa vez protagonizada por jovens talentosos, escolarizados, falantes do português, minimamente conhecedores dos códigos e peculiarida- des do mundo dos brancos.

09)

Fonte: Marcos Pereira Rufino. Instituições dos brancos. Internet: <www.pib.socioambiental.org>, set./2000 (com adaptações).

No texto, defende-se que brancos e índios não são cultural- mente afins.

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

www.qstao.com.br

10)

Infere-se, do texto, que um dos motivos pelos quais o processo eleitoral chama tanto a atenção na mídia é devido ao conjunto de fatos jocosos ou atribuídos aos candidatos.

11)

A palavra “que”, em todas as ocorrências do primeiro parágra- fo, tem a mesma classificação.

12)

Na primeira linha do último parágrafo, a primeira vírgula poderia ser suprimida sem prejuízo gramatical para o texto.

13) Mantém-se a correção gramatical ao se substituir a forma verbal “é apresentada” por “apresenta-se”, no trecho: a partici- pação dos indígenas na disputa por vagas nos Poderes Legis- lativo e Executivo é apresentada.

14) A expressão “por uma racionalidade burocrática e fundamen- tada em valores que se pretendem universalmente válidos”, no último parágrafo, tem sentido passivo.

O filósofo francês Jean-Paul Sartre costumava dizer que o homem

é um projeto. Se assim for, as sociedades humanas deveriam ter a mesma ambição.

A palavra “projeto” remete-se à antecipação e, em boa parte, ao

voluntarismo. Não se trata unicamente de prever o futuro e, sim, de mudar o seu rumo em consequência de um conjunto de valores e de necessidades. Porém, precisamos de um voluntarismo responsável que se esforce por formular propostas viáveis, sem cair na ilusão

de que é possível medir as forças pelas intenções generosas, como

sugeria o poeta romântico polonês Adam Mickiewicz. Em outras palavras, para ganhar a guerra contra a pobreza e o atraso, devemos voltar ao planejamento, um conceito oriundo da economia de guerra, indispensável à ecossocioeconomia de desenvolvimento.

O planejamento caiu em descrédito com a queda do Muro de

Berlim, a implosão da União Soviética e a contrarreforma neoli- beral baseada no mito dos mercados que se autorregulam. Seria ingênuo pensar que esse mito desapareceu com a recente crise, mas, que ele está mal das pernas, está. Chegou, portanto, o momento de

reabilitar e atualizar o planejamento. Até Jeffrey Sachs — diretor do Earth Institute, da Columbia University, em Nova Iorque, e conselheiro do secretário-geral das Nações Unidas —pronuncia-

se em favor de um planejamento flexível a longo prazo, voltado

para o enfrentamento dos três desafios simultâneos da segurança energética, segurança alimentar e redução da pobreza, buscando uma cooperação tripartite entre os setores público e privado e a sociedade civil.

Para tanto, convém prever vários níveis territoriais de planejamen-

to, desde o nacional até o local, com um processo interativo de cima

para baixo e de baixo para cima. No nível técnico, essa tarefa se torna hoje mais fácil por termos saído da era do ábaco para a dos computadores.

O fenomenal crescimento da economia mundial no decorrer dos

dois últimos séculos, baseado no uso das energias fósseis, provocou um aquecimento global de consequências deletérias e, em parte, irreversíveis. Seria, no entanto, um erro considerar que o clima é a bola da vez e as urgências sociais podem esperar. Em 2007, existiam, no Brasil, 10,7 milhões de indigentes e 46,3 milhões de pobres. E, enquanto os latifúndios de mais de mil hectares — 3% do total das propriedades rurais do Brasil — ocupam 57% das terras agricultu-

ráveis,4,8 milhões de famílias sem-terra estão à espera do chão para plantar. O planejamento digno deste nome deve enfrentar simulta- neamente os desafios ambientais e sociais.

Fonte: Ignacy Sachs. Voltando ao planejamento. Internet: <www.envolverde.com.br.> (com adaptações).

15) Os travessões no trecho “Até Jeffrey Sachs — diretor do Earth Institute, da Columbia University, em Nova Iorque,

e conselheiro do secretário-geral das Nações Unidas —

pronuncia-se em favor de um planejamento flexível a longo prazo” poderiam ser substituídos por vírgulas.

16) Os desafios relativos à segurança energética, à segurança alimentar e à redução da pobreza, mencionados no terceiro parágrafo do texto, são afetos ao setor público, ao setor privado e à sociedade civil, respectivamente.

17) No trecho “sem cair na ilusão de que é possível medir as forças”, a supressão da preposição “de” manteria o sentido e a correção gramatical.

18) A supressão da preposição antes dos vocábulos “antecipa-

ção” e “voluntarismo”, no trecho” A palavra “projeto” remete-

se à antecipação e, em boa parte, ao voluntarismo”, com a

manutenção dos artigos definidos, acarretaria prejuízo sintá- tico ao texto.

Com relação ao que especifica o Manual de Redação da Presidên- cia da República, julgue os próximos itens:

19) Aviso e ofício são modalidades de comunicação oficial prati- camente idênticas. A única diferença entre eles é que o aviso

é expedido exclusivamente por Ministros de Estado, para

autoridades de mesma hierarquia, ao passo que o ofício é expedido para e pelas demais autoridades. Ambos têm como finalidade o tratamento de assuntos oficiais pelos órgãos da Administração Pública entre si e, no caso do ofício, também com particulares.

20) Quanto a sua forma, aviso e ofício seguem o modelo do padrão ofício, com acréscimo do vocativo, que invoca o destinatário (exemplos: Excelentíssimo Senhor Presidente da República, Senhora Ministra, Senhor Chefe de Gabinete).

21) Uma mensagem de correio eletrônico só tem valor documen- tal se houver confirmação de recebimento ou de leitura da mensagem pelo destinatário e se existir certificação digital que ateste a identidade do remetente, na forma estabelecida em lei.

22)

A concisão é uma qualidade dos textos oficiais intimamen-

te relacionada ao princípio da economia linguística, que visa

eliminar do texto redundâncias e passagens que nada acres- centem ao que já tenha sido dito.

23) O fecho é um elemento da estrutura das comunicações oficiais que tem como funções básicas sinalizar o final da correspondência e saudar aquele a quem ela se destina.

www.qstao.com.br

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

24)

As comunicações oficiais podem ser remetidas em nome do serviço público ou da pessoa que ocupa determinado cargo dentro do serviço público.

qualquer antivírus com base em assinatura, haja vista ser de fácil detecção.

A respeito dos conceitos básicos de Internet e intranet, protocolos, ferramentas e aplicativos, julgue o itens seguintes.

34) A implementação do protocolo HTTPS é realizada intro- duzindo-se uma nova camada no modelo TCP/IP (camada SSL/TLS), posicionada entre as camadas de transporte e de rede.

Acerca do sistema operacional Windows 8.1, do editor de texto BrOffice Writer e do programa de navegação Internet Explorer 11, julgue o item a seguir.

35)

Por meio de recursos disponíveis no BrOffice Writer, é possível realizar cálculos complexos utilizando-se funções que podem ser inseridas nos campos de uma tabela.

Raciocínio Lógico Matemático

36)

A frase “x+4=8, desde que x seja um número primo” é uma sentença aberta.

37)

A frase “Pedro ser casado com Maria tem como consequência Joana ter 3 filhos com Paulo e Alberto morar na França” pode ser representada na forma PQ^R.

38) A frase “Se dia internacional da saúde e dia nacional do meio ambiente, então dia mundial da paz”, é uma proposição composta que pode representada na forma (P^Q)R.

P1: ~Av(B^~C)

P2: ~Cv[(A^D)->(EvG)]

P3: B->C

C:[(A^D)->(EvG)]

39)

O Argumento formado por P1, P2 e P3 e pela conclusão C é válido.

40)

A conclusão do argumento é equivalente a negação da propo- sição (D^A)v(~E^~G)

Julgue o próximo item com referência a proposição P.

P: Se hoje físicos são cientistas, então estudam a natureza ou estudam a ciência.

41)

A proposição P é equivalente a “Se físicos são cientistas e não estudam a natureza, então estudam a ciência”.

42)

A última coluna tabela verdade da proposição (~PvQ)^(P^~Q) possui somente os valores V.

43)

A tabela verdade da proposição [A(Cv~B)]v[A^(~C^B)] é uma tautologia.

44)

A negação da proposição (PvQ)^(~Pv~Q) pode ser expressa P«Q.

25) Os expedientes que seguem o padrão ofício são documentos que compartilham as mesmas partes e a mesma diagramação, como, por exemplo, o aviso, o memorando e a mensagem.

Informática

Algumas distribuições recentes do sistema Linux, como o SUSE Enterprise Server, já utilizam um mecanismo de inicialização especificado em uma interface conhecida como UEFI (Unified Extensible Firmware Interface).

26) Uma das características desse mecanismo é que ele identifica

o kernel autenticado para inicializar o sistema, reduzindo o

potencial de ataques maliciosos nessa fase inicial de carga do sistema.

No que diz respeito à tecnologia de desenvolvimento móvel para Android, julgue os itens que se seguem.

27) O sistema operacional Android tem o Linux como base, o que permite a utilização simultânea de aplicações que podem

ser executadas em segundo plano, de forma transparente para

o usuário

28) Os sistemas operacionais têm por função homogeneizar o acesso dos aplicativos aos dispositivos fixos e são responsáveis por operar entre o hardware e os softwares de aplicação. Por serem acessados por interfaces de alto nível, não procedimen- tais e determinísticas, o funcionamento dos circuitos eletrô- nicos depende da tecnologia utilizada em sua construção, gerando grande diversidade nas formas de acesso a diferentes componentes físicos.

Julgue os itens a seguir, acerca de sistemas operacionais e conceitos fundamentais de informática.

29) Para que seu conteúdo possa ser interpretado por qualquer usuário, um arquivo binário é gerado por meio de processo de compilação executado por um programa.

30)

Os registradores são dispositivos de memória lentos e com custo baixo.

Acerca de antivírus e softwares maliciosos, julgue o próximo item.

31) Como os antivírus agem a partir da verificação da assinatura de vírus, eles são incapazes de agir contra vírus cuja assinatura seja desconhecida.

32) A criptografia de uma chave privada, usada para codificar e decodificar as mensagens, é uma solução para que possam ser distribuídas com segurança as chaves assimétricas.

No que se refere às características e ao uso de softwares maliciosos, julgue o item seguinte.

33)

Um Rootkit, software que permite ao atacante obter controle administrativo na máquina infectada, pode ser removido por

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

www.qstao.com.br

45)

A

por(~B^~C)v ~A.

negação

da

proposição

A«(BvC)pode

ser

expressa

Conhecimentos Gerais

46)

Veja esta notícia do dia 26 de agosto de 2016 e julgue o item a seguir: “Chefe da polícia das Filipinas incentiva drogados a matar traficantes”.

Sobre as eleições que ocorrerão em outubro de 2016, julgue o item

a seguir.

47)

Em 14 das 399 cidades do Paraná, os eleitores terão apenas um candidato para o cargo de prefeito.

48)

Os dados da Justiça Eleitoral mostram que em cinco cidades do Paraná, há apenas candidatas mulheres.

49) O vice-ministro de Regime Interior da Venezuela, Rodolfo Illanes, foi torturado e assassinado pelos mineiros que os sequestraram.

Sobre as recentes Olimpíadas realizadas no Rio de Janeiro, julgue

o item a seguir.

50)

O Brasil conquistou um total de 7 medalhas de ouro.

Direito Constitucional

Acerca dos direitos sociais, julgue os itens a seguir de acordo com as regras previstas na CF:

51) São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, assegurados pela Constituição Federal, a remuneração do serviço extraor- dinário superior, no mínimo, a quarenta por cento à do normal; seguro-desemprego, em caso de desemprego volun- tário, e gozo de férias anuais remuneradas com, pelo menos, um quarto a mais do que o salário normal.

Acerca dos direitos fundamentais, julgue os itens a seguir de acordo com as regras previstas na CF:

52)

A Constituição Federal traz um rol exaustivo de direitos fundamentais.

53) As convenções internacionais que versarem sobre direitos humanos em que a República Federativa do Brasil seja parte, ao serem aprovadas em cada Casa do Congresso Nacional, serão equivalentes às emendas constitucionais, se a aprovação ocorrer, em dois turnos, por um quinto dos votos dos respec- tivos membros.

Acerca das regras de nacionalidade previstas na CF, julgue o item

a seguir.

54)

De acordo com a Constituição Federal, a lei poderá, em regra, estabelecer distinção entre brasileiros natos e naturalizados.

55) Na determinação da nacionalidade primária, no Brasil se adota com primazia o jus solis (vínculo de territorialidade), mas também se admitem o jus matrimoniale (vínculo de casamento) e o jus sanguinis (vínculo de sangue).

www.qstao.com.br

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

Acerca das atribuições e responsabilidades do presidente da República previstas na CF, julgue o item a seguir:

56) O Presidente da República poderá delegar ao Procurador- Geral da República a atribuição de vetar projetos de lei, total ou parcialmente.

Acerca dos direitos políticos, julgue os itens a seguir de acordo com as regras previstas na CF:

57) Senadores e governadores de estado e do Distrito Federal se equiparam no que se refere à idade mínima exigida como condição de elegibilidade.

58)

Embora possam exercer o direito ao voto, os analfabetos são impedidos de concorrer nas eleições.

Acerca da ordem social, julgue os itens a seguir de acordo com as regras previstas na CF:

59) As condutas e atividades consideradas lesivas ao meio

ambiente sujeitarão os infratores, pessoas físicas ou jurídicas,

a sanções penais e administrativas, sem prejuízo da obrigação de reparação dos danos causados.

60)

De acordo com a Constituição Federal, um dos objetivos da organização da seguridade social é a uniformidade e equiva- lência dos benefícios e serviços às populações urbanas e rurais.

Direito Administrativo

61) A lei que trata dos processos administrativos no âmbito federal previu outros princípios norteadores da administra-

ção pública. Tal previsão extrapolou o âmbito constitucional,

o que gerou a inconstitucionalidade da referida norma.

62) O princípio da legalidade no âmbito da administração pública identifica-se com a formulação genérica, fundada em ideais liberais,segundo a qual ninguém é obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei.

63) A atuação administrativa dos integrantes do setor público deve ser pautada pela existência de uma permissão legal. Assim sendo, o princípio explicitado na CF hierarquicamen- te definido como mais importante é o da legalidade, pois é um princípio norteador das ações públicas.

64) Quando um banco estatal celebra, com um cliente, um contrato de abertura de conta-corrente, está praticando um ato administrativo.

65) Atos praticados pela administração valendo-se de suas prerrogativas e regido pelas normas de direito público são exemplos de atos administrativos, não podendo ser classifi- cados, portanto, como atos da administração.

66) A competência constitui elemento ou requisito do ato administrativo vinculado, cabendo, entretanto, ao próprio órgão público estabelecer as suas atribuições.

67)

Do poder hierárquico decorre a possibilidade de os agentes públicos delegarem suas competências, devendo haver sempre responsabilização do delegante pelos atos do delegado, por agirem em seu nome

68) A hierarquia é atribuição exclusiva do Poder Executivo, que não existe na esfera do Poder Judiciário e do Poder Legisla- tivo, pois as funções atribuídas a esses últimos poderes são apenas de natureza jurisdicional e legiferante.

69)

O regimento interno de um órgão é fruto do exercício do poder hierárquico desse órgão

70) Considere que a Constituição da República determina que as polícias civis sejam dirigidas por delegados de polícia de carreira. Essa determinação confere aos delegados poder hierárquico e poder disciplinar sobre os servidores da polícia civil que lhes são subordinados

Direito Penal

A respeito dos princípios constitucionais penais, julgue o item.

71) Fere o princípio da legalidade, também conhecido por princí- pio da reserva legal, a criação de crimes e penas por meio de medida provisória.

Julgue o item, considerando a lei e a jurisprudência dos tribunais superiores.

72)

O art. 4º do Código Penal afasta o resultado protraído da ação ou omissão já consumadas. Mas dele NÃO se pode extrair que o crime de natureza permanente possa ser tido como consumado antes da cessação da permanência.

Em se tratando do conceito de crime, da consumação, da tentativa

e suas formas, das causas extintivas da punibilidade e aos crimes contra a administração pública, julgue o item que se segue.

73) A restituição integral do valor apropriado aos cofres públicos pelo autor de peculato doloso, antes do recebimento da denúncia, caracteriza arrependimento posterior e a pena pode ser reduzida de um a dois terços.

Para a resolução dos próximos itens, é apresentada uma situação hipotética, seguida de uma assertiva a ser julgada.

Texto I.

Cidade de Sucuri, 15 de setembro de 2016.

Quarteto “mela-calcinhas” volta a atacar!

O Jornal “Tudo a ver” traz em primeira mão a notícia do crime que

ocorreu na cidade de Sucuri, em 14 de setembro de 2016, às 16h, o quarteto “mela-calcinhas”, cujas integrantes andam muito bem vestidas e com grandes decotes esbanjando seios imensos e litros de silicone, passaram-se por repórteres de uma emissora televi- siva local, KTV, enquanto alunos e empresários eram entrevista- dos, durante uma aula em um curso preparatório para concursos públicos, a subtração de pertences ocorria por uma das integrantes que se passava por uma aluna.

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

www.qstao.com.br

A respeito dos crimes contra o patrimônio, concurso de pessoas e as

jurisprudências dos tribunais superiores, julgue o item.

74) As meliantes irão responder em concurso de pessoas pelo fato de obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento, isto é, estelionato.

A

respeito dos crimes contra o patrimônio, concurso de pessoas e

as

jurisprudências dos tribunais superiores, com base no Texto I,

julgue o item.

75) Em relação ao princípio da bagatela, mesmo que a soma total dos bens subtraídos pelas meliantes fosse da ordem de

R$80,00, seria inviável a sua aplicação, pois o STJ conside-

ra que o furto qualificado por escalada, destreza, rompimento

de obstáculo ou concurso de agentes indica a reprovabilidade do comportamento do réu, sendo inaplicável o princípio da insignificância.

A respeito dos crimes contra o patrimônio, concurso de pessoas e as

jurisprudências dos tribunais superiores, julgue o item.

76) Segundo o STJ, a lesão jurídica resultante do crime de furto não pode ser considerada insignificante quando o valor dos bens subtraídos perfaz mais de 10% do salário mínimo vigente à época dos fatos.

77) Levando-se em consideração o seguinte fato: ALTAMIR VALENTE, com dolo de homicídio, esfaqueou seu colega

de farra por motivo fútil, perfurando-lhe o intestino delgado,

o qual recebeu atendimento médico e cirúrgico no HUT.

Apesar da excelência do tratamento, veio a óbito em decor- rência das lesões, um mês após o fato. Dessa forma, é correto afirmar que o autor responderá por lesão corporal seguida de morte (art. 129, §3º, do Código Penal).

78) Caracteriza-se o dolo eventual no caso de um caçador que, confiando em sua habilidade de atirador, dispara contra a caça, mas atinge um companheiro que se encontra próximo ao animal que ele desejava abater.

Para a avaliação da imputabilidade penal, o Código Penal brasileiro adota o critério biopsicológico. No que se refere à imputabilidade penal, julgue o item a seguir.

79) De acordo com o Código Penal brasileiro, a paixão pode levar a uma privação de sentidos, o que resulta no abolimento da faculdade de apreciar a criminalidade do fato e de determi- nar-se de acordo com essa apreciação.

Acerca da aplicação da lei penal, do conceito analítico de crime, da exclusão de ilicitude e da imputabilidade penal, julgue o item que

se segue.

80)

Como a relação de causalidade constitui elemento do tipo

penal no direito brasileiro, foi adotada como regra, no CP,

a teoria da causalidade adequada, também conhecida como teoria da equivalência dos antecedentes causais.

Direito Processual Penal

81) O Ministério Público, caso entenda serem necessárias novas diligências, por considerá-las imprescindíveis ao oferecimen- to da denúncia, poderá requerer a devolução do inquérito à autoridade policial.

82)

Caso seja instaurado um inquérito policial para a apuração de um crime de roubo e, por não haver provas da autoria, seja arquivado o inquérito, é possível reabrir a investigação, independentemente de novas provas, se houver pressão da imprensa

83) Do plexo de direitos dos quais é titular o indiciado — interessado primário no procedimento administrativo do IP —, é corolário e instrumento a prerrogativa do advogado de acesso aos autos respectivos, explicitamente outorgada pelo Estatuto da Advocacia, da qual, porém, excluíram-se os IPs que correm em sigilo.

84) As testemunhas serão inquiridas uma de cada vez, de forma que umas não saibam nem ouçam os depoimentos das outras, devendo o juiz, na ocasião da oitiva, adverti-las das penas cominadas ao falso testemunho.

85) Considera-se álibi a circunstância conhecida e provada que, tendo relação com o fato, autorize, por indução, concluir-se a existência de outra ou outras circunstâncias

86)

Se a perícia requerida pelas partes não for necessária ao escla- recimento da verdade, o juiz ou a autoridade policial negará a perícia, exceto na hipótese de exame de corpo de delito.

87)

A prisão preventiva é admissível, também, para os crimes punidos com detenção.

88) A prisão temporária é cabível tanto na fase de inquérito policial quanto no curso da ação penal, desde que antes da sentença, nos casos de tráfico de entorpecentes.

89)

A jurisprudência do Supremo Tribunal Federal considera ilegal e não admite a hipótese de flagrante provocado.

90) De acordo com o disposto na lei que trata das prisões tempo- rárias, a autoridade policial possui atribuição para realizar a prisão temporária mesmo antes da expedição do mandado judicial, bastando que tenha sido instaurado o regular inqué- rito policial.

Legislação Específica

Nos termos da Lei 4.898/65 que dispõe sobre as condutas de abuso de autoridade, julgue o item subsequente.

91) Constitui abuso de autoridade qualquer atentado aos direitos e garantias legais assegurados ao exercício do voto e aos direitos e garantias assegurados ao exercício profissional.

www.qstao.com.br

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

De acordo com a Lei 7.102/83 que dispõe sobre a segurança dos estabelecimentos financeiros, julgue o item.

92) Nos estabelecimentos financeiros estaduais, o serviço de vigilância ostensiva poderá ser desempenhado pelas Polícias Militares, a critério do Ministério da Justiça.

De acordo com a Lei 10.357/01 que estabelece normas de controle

e fiscalização sobre produtos químicos que possam ser destinados à elaboração de substâncias entorpecentes, julgue o item.

93) A pessoa física ou jurídica que, em caráter eventual, neces- sitar exercer qualquer uma das atividades sujeitas a controle

e fiscalização, deverá providenciar o seu cadastro junto ao Departamento de Polícia Federal e requerer autorização ordinária para efetivar as suas operações.

94) Nos termos do Estatuto do Estrangeiro, previsto na Lei 6.815/80, não será concedido visto ao estrangeiro anterior- mente expulso do país, salvo se a expulsão tiver sido revogada

Nos termos da Lei 11.343/06 que dispõe sobre o combate ao tráfico de drogas, além de definir crimes, julgue o item subsequente.

95) Em caso de ser utilizada a queimada para destruir a plantação ilícita de drogas, serão observadas as cautelas necessárias à proteção ao meio ambiente e as normas de precaução relativas ao emprego do fogo, sendo dispensada a autorização prévia do órgão próprio do Sistema Nacional do Meio Ambiente.

96) Conforme a Lei 9.605/98, que trata das condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, as penas de interdição temporá- ria de direito são a proibição de o condenado contratar com

o Poder Público, de receber incentivos fiscais e a atribuição

ao condenado de realizar tarefas gratuitas junto a parques e jardins públicos.

De acordo com a Lei 8.072/90 que dispõe sobre os crimes hedion- dos, julgue o item.

97) É considerado crime hediondo o favorecimento da prosti- tuição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.

Nos termos da Lei 10.446/02 que dispõe sobre infrações penais de repercussão interestadual ou internacional que exigem repressão uniforme, julgue o item.

98) Um atentado criminoso relativo à violação a direitos humanos, ainda que a República Federativa do Brasil não tenha se comprometido a reprimir, em decorrência de tratados inter- nacionais de que seja parte,é uma infração penal que exige repressão uniforme.

Conforme dispõe a Lei 10.826/03 sobre registro, posse e comercia-

lização de armas de fogo e munição, além de definir crimes, julgue

o item.

99) Caracteriza o crime de posse ilegal de arma de fogo de uso permitido ocultar munição, de uso permitido, sem autoriza- ção e em desacordo com determinação legal ou regulamentar.

De acordo com a Lei 9.455/97, que define o crime de tortura e dá outras providências, julgue o item.

100) Na hipótese de o crime de tortura se cometido contra portador de deficiência, o agente responderá pelo crime de tortura com aumento de pena.

Administração Financeira e Orçamentária

101) O orçamento público pode ser usado como ferramenta de controle econômico, pois possui função distributiva, que aloca recursos na economia para minimizar as falhas de mercado.

No que se refere às classificações orçamentárias e à execução

orçamentária e financeira das receitas e despesas públicas, julgue

os itens subsequentes.

102) A aquisição de material permanente é classificada como despesa corrente. Por essa razão, uma nota fiscal dessa aquisi- ção que não contiver a descrição correta, de acordo com o empenho regularmente emitido, deve ser corrigida durante o estágio da liquidação.

103) Se um ente governamental realizar despesa que tenha como

objetivo o custeio de servidores públicos com atividade ligada

à manutenção predial, então esses recursos serão classificados como despesas de capital.

A respeito do orçamento público brasileiro, julgue os itens a seguir,

com base nas disposições da Lei n.º 4.320/1964.

104) A emissão da ordem de pagamento caracteriza o estágio de liquidação da despesa.

105) Os restos a pagar correspondem às despesas de exercícios anteriores fixadas no orçamento vigente, decorrentes de compromissos assumidos em exercícios financeiros anteriores àquele em que deva ocorrer o pagamento.

Em relação a créditos adicionais, receita, despesa pública, restos a pagar e despesas de exercícios anteriores, julgue os itens seguintes.

106) É possível que determinada despesa de pessoal relativa ao exercício de 2012, cujo pagamento tenha sido exigido por um servidor em 2013, exercício no qual tenha sido empenhada, seja considerada restos a pagar de 2012 e despesa orçamen- tária de 2013.

Com relação ao suprimento de fundos, restos a pagar e despesas de exercícios anteriores, julgue os seguintes itens.

107) Suponha que a inscrição de determinada despesa como restos

a pagar tenha sido cancelada em decorrência do decurso do

prazo prescricional de cinco anos. Nessa situação, se o credor ainda tiver direito ao recebimento dos recursos e vier a recla- má-lo formalmente, o pagamento a que faz jus deverá ser efetuado à conta de dotação destinada a despesas de exercí- cios anteriores.

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) 09/10/2016

www.qstao.com.br

Julgue os itens relativos às receitas e despesas públicas.

108) O pagamento de restos a pagar representa as saídas para pagamentos de despesas empenhadas em exercícios anteriores.

109) Os restos a pagar inscritos e cancelados no exercício seguinte, que vierem a constituir obrigação em outro exercício futuro, serão pagos à conta de despesa orçamentária no exercício em que forem liquidados.

110) O papel desempenhado pela lei de diretrizes orçamentárias é de fundamental importância para a integração entre o plano plurianual e o orçamento anual.

Administração Pública

111) A reforma do governo militar, materializada através do Decreto-Lei 200/67, flexibiliza tanto a administração direta quanto a indireta, modernizando a gestão pública e superan- do a crise do modelo burocrático existente até então.

112) A teoria neoclássica, que tem como o principal teórica Peter Drucker, reafirma relativamente a escola clássica da adminis- tração, e define como as funções da administração o PODC (Planejamento, Direção, Direção e Controle).

113) No planejamento baseado em cenários, quando existe uma situação de crescimento econômico, porém a organização não tem pessoal treinado para determinada tarefa, existe um cenário de necessidade de sobrevivência.

114) A teoria japonesa, baseada nos 14 princípios de Deming, entende que o foco da organização não deve ser o treinamen- to no local de trabalho, pois isto afetaria a produtividade da organização.

Arquivologia

Acerca dos princípios e conceitos da arquivística, julgue os itens que se seguem.

115) Quanto à natureza dos assuntos, os documentos de arquivo podem ser acumulados conforme a atividade fim ou acumu- lados conforme a atividade meio da organização.

116) A diferença entre os arquivos e as bibliotecas pode ser reconhecida na função administrativa que os arquivos têm para uma organização pública ou privada, diferentemente da função cultural das bibliotecas.

117) O princípio arquivístico fundamental para as ações de organi- zação dos arquivos é conhecido como princípio da unicidade.

No que se refere ao ciclo vital dos documentos, julgue os itens subsequentes.

118) O arquivo constituído por documentos que são de uso exclusivo da unidade que os gerou ou recebeu, denomina-se ostensivo.

119) Os documentos correntes são de acesso restrito e devem ficar próximos aos servidores que são seus usuários diretos.

120) Para Marilena Leite Paes em seu livro Arquivo, Teoria e Prática, as atividades dos arquivos correntes distribuem-se em cinco dimensões distintas, a saber: protocolo, expedição, arquivamento, empréstimo e destinação.

www.qstao.com.br

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) – 09/10/2016

PROVA DISCURSIVA

Nesta prova, faça o que se pede, usando, caso deseje, o espaço para rascunho indicado no presente caderno. Em seguida, transcreva

o texto para a folha de texto definitivo da prova discursiva, no local apropriado, pois não será avaliado fragmento de texto escrito em local indevido. Qualquer fragmento de texto que ultrapassar a extensão máxima de linhas disponibilizadas será desconsiderado. Na folha

de texto definitivo, identifique-se apenas no cabeçalho da primeira página, pois não será avaliado texto que tenha qualquer assinatura ou

marca identificadora fora do local apropriado. Ao domínio do conteúdo serão atribuídos até 13,00 pontos, dos quais até 1,00 ponto será atribuído ao quesito apresentação (legibilidade, respeito às margens e indicação de parágrafos) e estrutura textual (organização das ideias em texto estruturado).

TEXTO MOTIVACIONAL

A Comissão Nacional da Verdade (CNV) foi criada pela Lei n. 12.528, de 2011 e instituída em 16 de maio de 2012. A CNV tem por

finalidade apurar graves violações de Direitos Humanos ocorridas entre 18 de setembro de 1946 e 5 de outubro de 1988.

Em cerimônia realizada no Palácio do Planalto, a presidenta Dilma Rousseff deu posse aos sete integrantes da comissão: Cláudio Fonteles, Gilson Dipp, José Carlos Dias, João Paulo Cavalcanti Filho, Maria Rita Kehl, Paulo Sérgio Pinheiro e Rosa Maria Cardoso da Cunha. Na ocasião, Dilma ressaltou que eles foram escolhidos pela competência e pela capacidade de entender a dimensão do trabalho que vão executar.

Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva, Fernando Henrique Cardoso, José Sarney e Fernando Collor de Mello participaram da cerimônia e foram citados por Dilma em seu discurso, pelo papel que tiveram, durante seus governos, na consolidação do processo de resgate da história brasileira durante a ditadura militar.

Ao instalar a comissão, a presidenta Dilma destacou que o Brasil precisa conhecer a totalidade de sua história e disse que as investiga- ções não serão movidas pelo ódio ou revanchismo. “A ignorância sobre a história não pacifica, pelo contrário, mantém latente mágoas e rancores”, acrescentou. Parafraseando Galileu Galilei, a presidenta lembrou que “a força pode esconder a verdade, a tirania pode impedi- -la de circular livremente, o medo pode adiá-la, mas o tempo acaba por trazer a luz. Hoje, esse tempo chegou”.

(fonte: http://www.cnv.gov.br).

Avaliando o texto acima e as disposições pertinentes constantes das normas constitucionais e infraconstitucionais, responda os itens abaixo:

1. O direito brasileiro dispensa tratamento penal diferenciado à prática da tortura? Qual?

2. A Comissão Nacional da Verdade, criada pela Lei n. 12.528, de 2011, objetiva apurar e, consequentemente, punir todos aqueles que, no período de 1946 a 1988 cometeram graves violações de direitos humanos, incluindo a tortura?

Carreiras Policiais - (PRF/PF/DEPEN) – 09/10/2016

www.qstao.com.br

FOLHA DE REDAÇÃO Este rascunho não será corrigido!

1 16 17 18 19 20 21 22
1 16 17 18 19 20 21 22

1

1
1 16 17 18 19 20 21 22

16

17

18

19

20

21

22

16 17 18 19 20 21 22

Transcreva a redação deste rascunho para a folha oficial de redação