Você está na página 1de 4

Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo

FESPSP

PLANO DE ENSINO DE CURSOS DE EXTENSÃO


I. IDENTIFICAÇÃO

Governamentalidade, poder e
performatividade pública:
CURSO Introdução a Michel Foucault e
CARGA HORÁRIA 32
Judith Butler
Mestre em
Antropologia
Social(USP)
PROFESSOR Jacqueline Moraes Teixeira TITULAÇÃO e doutoranda
em
Antropologia
Social (USP)
DIAS DISPONÍVEIS Sábado PERÍODO tarde

Dropbox:
Login:introduzgenero@usp.br
Senha: desnaturalizacao

II. OBJETIVOS

Introduzir de maneira aprofundada alguns conceitos chave das teorias de Michel Foucault e de Judith
Butler, com o intuito de compreender, a partir do percurso teórico desses autores, formas de poder e de
desigualdade que são socialmente produzidas, e que acabam por tornarem-se referências na
configuração das políticas sociais.

III. EMENTA

Este curso pretende esquadrinhar os modos como Michel Foucault e Judith Butler desenvolvem de forma
peculiar e, em alguns pontos, complementar, um arcabouço teórico indispensável para a compreensão
das relações na modernidade, ao pensarem a produção política de tecnologias para o saber-poder, a
constituição dos sujeitos, o cuidado de si, os processos de subjetivação dos corpos, a dimensão pública
das subjetividades, o Estado e os movimentos sociais. Se para Foucault, a compreensão das estruturas de
poder na sociedade ocidental moderna estão profundamente atreladas a emergência da sexualidade
como um dispositivo histórico, Judith Butler, por sua vez, evidencia a partir do conceito de gênero, a
importância de se repensar os modelos binários das relações sociais que foram estruturadas pela ideia de
sexo biológico. O conceito de gênero emerge assim como um instrumento para a produção de uma teoria
da ação política. De modo geral, o curso pretende oferecer a partir deste referencial bibliográfico,
instrumentos analíticos para a apreensão dos fenômenos políticos atuais.

IV. CONTEÚDO SELECIONADO


I. Arqueologia do saber como princípio metodológico
II. Discurso, dispositivo e saber-poder
III. O Governo dos outros e a anatomo política do corpo
IV. Sexualidade, biopolíticas e governamentalidade
V. Performatividade de gênero e reflexividade
VI. Sujeição e processos de Subjetivação
VII. Violência do Estado e éticas do reconhecimento
VIII. Precariedade, performatividade pública e Teoria do Ajuntamento

V. METODOLOGIA

A – Metodologia

Aulas expositivas sobre o conteúdo selecionado para o curso, seguido de discussões e dinâmicas que
visem uma maior interação dos participantes entre si.

B – Recursos

Computador, Datashow e áudio: para exibição de imagens e de vídeos que serão usados como recursos
didáticos

VI. AVALIAÇÃO

Leitura dos textos e participação nas aulas.


- Produção do artigo/ trabalho final.
- É necessário ter participado de pelo menos 85% das aulas para receber o certificado.

VII. BIBLIOGRAFIA

Básica:

BUTLER, Judith. Problemas de Gênero. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira, 2003.


____________. Mecanismos psíquicos del poder: Teorias sobre la sujeción. Madrid. 2004
____________. Relatar a si mesmo: critica a violência ética. Belo Horizonte: Autêntica. 2015
____________. Notes toward a performative theory of assembly. Havard. 2015
FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no College de France em 2 de dezembro de 1970.
São Paulo. Edições Loyola
_____________. Arqueologia do Saber. Rio de Janeiro. Forense Universitária, 2003
_____________. Microfisica do Poder. Rio de Janeiro. Graal. 2005
_____________. Segurança, Território e População. São Paulo: Martins Fontes.2008
_____________.Segurança, Penalidade e Prisão. Coleção Ditos e Escritos VIII. Rio de Janeiro: Forense
Universitária. 2014

Complementar:

BUTLER, Judith. “Aparence Aside” in Prejudicial Apperances: The logic of American Antidiscrminination
law. Durk University Press. 2001
BUTLER, Judith. & SPIVAK. Gayatri C, Who sings the nation-state? Language, politics, belonging. British
Library Cataloguing-in Publication. Calcuta – Índia. 2007
BUTLER, Judith. Vida Precária: el poder poder del duelo e la violência. Paidos Argentina. Buenos Aires.
2012
BUTLER, Judith. Gênero em disputa: el feminino y la submission de la identidad. Paidos Espanha. 2007
MCLAREN. Margareth. Foucault, feminismos e subjetividade. São Paulo. Intermeios. 2016
GUTTING. GARRY. Foucault. São Paulo. Ideias e Letras. 2016
SALIH. SARA. Judith Butler e a teoria Queer. Belo Horizonte. Autêntica. 2012

VIII. CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

1ª semana I. Arqueologia do saber como princípio metodológico


11/03/2017
Leituras: Foucault, Michel. “A descrição arqueológica” in Arqueologia do Saber. Rio de
Janeiro. Forense Universitária. ( p. 153-199)
Leitura complementar: Foucault, Michel. A ordem do discurso: aula inaugural no
College de France em 2 de dezembro de 1970. São Paulo. Edições Loyola

2ª semana II. Discurso, dispositivo e saber-poder


18/03/2017 Leituras: Foucault, Michel. Cap. 1: “As meninas” & Cap VII “Os limites da
representação” in As palavras e as coisas. São Paulo. Martins Fontes.

Leitura complementar: Manzi, Ronaldo. “O cogito e a loucura: revisitando o debate entre


Foucault e Derrida em torno da descontinuidade dos saberes”. Synesis, v. 5, n. 2 (2013)

3ª semana III. O Governo dos outros e a anatomo-política do corpo


25/03/2017
Leituras: Foucault, Michel. “As cabeças da política”, “A angustia de julgar”, “O bom uso
do criminoso”. In: Segurança, Penalidade e Prisão. Coleção Ditos e Escritos VIII. Rio de
Janeiro: Forense Universitária.
Leitura Complementar: FOUCAULT. Michel. Microfisica do Poder. Rio de Janeiro. Graal.
2005

4ª semana IV. Sexualidade, biopolíticas e governamentalidade


01/04/2017
Leituras: FOUCAULT. Michel. Segurança, Território e População. São Paulo: Martins
Fontes.2008
5ª semana V. Performatividade de gênero e reflexividade
Leituras:
08/04/2017
BUTLER. Judith. Problemas de Gênero. Rio de Janeiro, Civilização Brasileira,
2003.
BUTLER, Judith. Gênero em disputa: el feminino y la submission de la identidad.
Paidos Espanha. 2007
6ª semana VI. Sujeição e processos de Subjetivação
Leituras:
29/04/2017
BUTLER. Judith. Mecanismos psíquicos del poder: Teorias sobre la sujeción.
Madrid. 2004

7ª semana VII. Violência, Estado e éticas do reconhecimento


Leituras:
06/05/2017
BUTLER. Judith. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. Belo Horizonte.
Autêntica. 2015.
BUTLER, Judith. Marcos da guerra: las vidas lloradas. Editorial Paidos Mexicana.
2010

8ª semana VIII. Precariedade, performatividade pública e Teoria do Ajuntamento

Leituras:
13/05/2017

Butler. Judith. Notes toward a performative theory of assembly. Havard. 2015


Butler. Judith. Vidas Precárias. Dossiê Diferenças e Desigualdades. Revista
Contemporânea n.1, p- 13-33, jan-jun- 2011