Você está na página 1de 2

O que o aluno poderá aprender com esta aula

· Reconhecer a importância do solo para os seres vivos;

· Considerar o solo como um recurso natural necessário aos seres vivos;

· Reconhecer a necessidade de conservar o solo;

· Conhecer alguns animais que vivem no solo;

· Compreender como as queimadas, o desmatamento e o lixo pode prejudicar o


solo;

· Entender que o deslizamento e as enchentes podem ser consequências da falta


de conservação e construção sob o solo;

· Entender como se escreve uma notícia;

· Ajustar o texto falado à escrita;

· Refletir sobre o sistema de escrita alfabético;

· Avançar no processo de leitura e de escrita;

· Desenvolver a capacidade de produzir textos;

· Desenvolver a linguagem oral;

· Desenvolver atitudes de interação, de colaboração e de troca de experiências em


grupos.

Duração das atividades

Aproximadamente 300 minutos – 5 atividades de 60 minutos cada uma.

Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno

Para que esta aula seja realizada é necessário que os alunos tenham habilidades de
leitura e de escrita.

1ª Atividade – Aproximadamente 60 minutos.

Introduzindo o tema: Será que há vida no solo?


Professor, para a presente aula, você deverá organizar os alunos em uma roda de
conversa e estabelecer um diálogo a respeito do que eles sabem sobre o solo. O diálogo
na roda de conversa é um espaço privilegiado de troca e deve ser sempre utilizado pelo
professor, lembrando que é fundamental oferecer a oportunidade de participação para
todos os alunos e valorizar a sua fala. A aula deverá ser desenvolvida a partir dos
conhecimentos prévios da turma, e ampliação das informações dos alunos acerca da
importância do solo e sua preservação. Deve ser esclarecido que o solo recobre toda a
superfície do planeta, tanto nos continentes quanto no fundo dos rios, mares e oceanos.
Normalmente, nessa idade, os alunos desconhecem que existe solo embaixo das águas e
ainda, que é necessário preservar o solo, pois necessitamos dele para nossa
sobrevivência.

 Na roda de conversa você poderá fazer perguntas a respeito do solo, como por
exemplo:

- O que vocês acreditam ser o solo?

É provável que o reconheçam como chão ou terra. Informe, então, que o solo não é
apenas o chão onde pisamos. Quando caminhamos em uma calçada ou estrada asfaltada
não estamos pisando na terra porque o ser humano colocou uma cobertura por cima do
solo, mas, mesmo não pisando na terra, estamos pisando sobre o solo.

 Questione:

- Para que serve o solo?

Certamente as crianças responderão que é para pisar, construir casas e segurar as


plantas. Explique que além de construirmos nossas moradias sobre o solo é dele que
retiramos a maior parte dos nossos alimentos e que tem grande importância na vida de
todos os seres vivos.

 Pergunte:

- Vocês acham que existe vida no solo?

Possivelmente responderão que sim, por que se lembrarão das minhocas. Mas, conte a
eles que existem muitos outros seres que vivem no solo além das minhocas, como:
tatus, algumas cobras, aranhas, insetos, larvas de grilos e gafanhotos, formigas, cupins,
centopeias, caracóis, entre outros. Conte que além de animais há também partes de
plantas, como raiz e caule e que essas raízes podem ter dezenas de metro de
comprimento dentro o solo. E que também vivem micro-organismos representados por
bactérias e os fungos. São eles que decompõem os restos de animais e plantas,
formando a camada mais superficial e escura ao solo. As bactérias e os fungos fazem
com que os seres, depois de mortos, devolvam ao solo aquilo que dele retiram em vida.