Você está na página 1de 7

07.

SAINT GERMAIN E A CHAMA VIOLETA

Podemos acelerar o resgate do carma negativo, transmutar as imperfeições e os erros por meio da Chama Violeta.
Quando desejamos nos libertar dos fardos cármicos com maior velocidade, podemos recorrer à Chama Violeta - um
instrumento cósmico que vem ao nosso alcance para libertar-nos da escravidão em que nossos erros nos lançaram.
Pode-se invocá-la por meio de visualizações, mantras e decretos. O seu uso disciplinado e constante possibilita-nos
abreviar o sofrimento e neutralizar os erros com maior velocidade do que conseguiríamos se resgaássemos o carma
por outros meios. A Chama Violeta foi usada reservadamente por muitos homens ao longo dos tempos. Hoje sua
existência está bastante conhecida, e a humanidade pode utilizar-se dela amplamente.

O QUE É A CHAMA VIOLETA

É uma luz espiritual capaz de provocar profundas mudanças na matéria e na energia; uma
luz alquímica que promove transmutações sobre a matéria ou a energia onde atua. As
transmutações produzidas pela ação da Chama Violeta elevam o estado espiritual da
matéria e da energia. Conhecida como a Chama da Liberdade, atua como uma borracha
espiritual que desfaz registros imperfeitos, como um detergente espiritual que age sobre
nossos atos imperfeitos e suas consequências.

COMO A CHAMA VIOLETA SE APRESENTA

Ela é uma luz em forma de chama, uma luz em movimento, dançante. Às vezes, aparece
em forma de chama de uma vela, às vezes, como um fogo de maiores proporções, outras
vezes como um redemoinho, uma espiral, como fogos de artifício em plena explosão ou
como uma onda de mar quando se quebra. Pode aparecer com a aparência de um mar
violeta, uma cascata de luz violeta, uma cortina etérea ou uma fogueira de fogo violeta.

COMO A CHAMA VIOLETA ATUA

A Chama Violeta resgata o registro de perfeição existente em toda matéria e energia,


consome energias negativas, sentimentos e pensamentos inferiores, libertando a energia
divina aprisionada onde quer que ela atue.

Os Mestres Ascensos explicam que o espaço existente entre os elétrons e o núcleo dos
átomos é habitado pelo espírito de Deus. Nesse espaço santificado, está a energia que
qualificamos. Se a qualificarmos com algo impuro e denso, o movimento dos elétrons é
retardado e a luz fica impedida de fluir com perfeição. A energia impura que lançamos em
forma de pensamentos e sentimentos inferiores tem o efeito de impedir o movimento
natural dos elétrons, como se uma cola pegajosa fosse colocada entre bolas de gude. À
medida que a Chama Violeta atua, vai desalojando as substâncias inferiores e pegajosas
entre os elétrons e eles voltam a girar com maior rapidez nas suas órbitas. A sua ação
provoca uma polarização entre o núcleo do átomo, que assume o polo negativo e o núcleo
da chama, que assume o polo positivo. Devido à força centrífuga, essa polarização faz com
que a impureza seja lançada na Chama e então, desfeita.

O QUE A CHAMA VIOLETA PODE FAZER POR NÓS

A Chama Violeta transmuta imperfeições, traumas, sofrimentos, dificuldades, doenças, o


mau carma e liberta-nos de tudo o que nos impede de manifestar a perfeição do nosso ser
divino. Ela atua em toda a matéria e energia e, por isso, pode ser usada em nossas casas,
veículos, roupas, objetos de nosso uso pessoal, em espaços maiores, como uma cidade,
um país ou o planeta Terra. Sua ação pode desenvolver-se para libertar pessoas e
multidões, transformar situações negativas e causas aparentemente ocultas de diversos
males que afligem a humanidade. O maior benefício que a Chama Violeta pode nos trazer
é devolver a cada um de nós a dignidade e a perfeição que são a nossa essência.

Podemos usá-la para questões bem práticas do cotidiano, como curar um mal-estar,
desfazer um mal-entendido, ajudar uma pessoa em dificuldade, solucionar problemas
emocionais, manter a mente desperta, aumentar a disposição física, recuperar a vitalidade,
desfazer dificuldades nos relacionamentos, solucionar questões financeiras.

COMO OBTER OS BENEFÍCIOS DA AÇÃO DA CHAMA VIOLETA

A Chama Violeta existe no universo; sua origem está em Deus. Para que ela atue em nós
ou por meio de nós, ela precisa ser contatada e atraída para nosso mundo. E ela é atraída
para nosso mundo por meio de nossos sentimentos, pensamentos, de nossas palavras e
ações.

Na prática, como fazer para que isso aconteça?

 Sentimentos: manter sentimentos de liberdade em nosso íntimo, ao contrário de


sentimentos de aprisionamento e obstruções;
 pensamentos: manter pensamentos positivos, alegres, otimistas e visualizar a
Chama Violeta atuando em nós, no nosso mundo, nas circunstâncias externas e
internas relativas a nós e ao mundo;
 palavras: fazer uso de palavras que provoquem transformações e evitar as que
restrinjam as mudanças; fazer uso constante de mantras, decretos e afirmações
relacionados à Chama Violeta;
 ações: promover ações para libertar a energia divina em tudo que estiver ao nosso
alcance, a começar de nós mesmos.
COMO VISUALIZAR A CHAMA VIOLETA

Visualize a Chama Violeta assim: um fogo violeta em movimento, como referido na sua
apresentação. Crie imagens mentais ou digitais com a Chama Violeta. Você poderá fazer
isso em seu retrato, na foto da sua casa, da sua família, do seu carro... Visualize-a no seu
corpo, por fora e por dentro, no local onde você se encontra, na sua família e nos amigos,
na sua cidade, no Brasil, no mundo.

COMO USAR A PALAVRA FALADA PARA ATRAIR E "FAZER" A CHAMA VIOLETA

Existem mantras, decretos e afirmações que potencializam enormemente a ação da Chama


Violeta, como o mantra ensinado por Saint Germain:

Eu Sou um ser de Fogo Violeta


Eu Sou a pureza que Deus deseja.

Esse mantra pode ser repetido 33 vezes, em ritmo acelerado, enquanto você visualiza a
pessoa, o local ou a circunstância em que você quer que a Chama Violeta atue.

Você também pode criar afirmações usando o mantra “Eu Sou”. Quando você diz “Eu Sou”,
está afirmando “Deus em mim é”. Se “Deus em mim é”, então “Eu Sou”. Você pode fazer
afirmações com o tema da Chama Violeta, tais como:

Eu Sou a Chama Violeta em ação.


Eu Sou a liberdade.
Eu Sou a transmutação agindo em todos os aspectos negativos da minha vida.
Eu Sou a ação da Chama Violeta libertando-me dos sentimentos negativos, inferiores e
limitadores.
Eu Sou a Chama Violeta atuando na minha família, desfazendo tais e tais dificuldades.
Eu Sou a Chama Violeta atuando sobre o Brasil.

Você poderá reunir em uma só prática a visualização, as afirmações, os mantras e


decretos, ao som de uma valsa de Strauss e com deliberado sentimento de libertação em
relação aos aspectos que deseja transmutar.

COMO POTENCIALIZAR A AÇÃO DA CHAMA VIOLETA

Podemos potencializar sua ação:

 visualizando-a com nitidez;


 invocando-a constantemente;
 fazendo os mantras da Chama Violeta;
 fazendo os decretos dinâmicos da Chama Violeta;
 fazendo uso das dispensações relacionadas à Chama Violeta;
 fazendo decretos de Chama Violeta especialmente nas primeiras horas do dia;
 ouvindo e dançando valsas;
 magnetizando ametistas com a Chama Violeta e depois utilizando-as;
 sentindo-se livre para expressar o seu potencial divino.

DISPENSAÇÕES DA CHAMA VIOLETA

Uma dispensação é uma concessão, um favor especial, uma permissão. Em termos


espirituais, a dispensação é uma concessão de luz feita pelos Logos Solares para que
possamos cumprir nossa missão, um favor concedido para que tenhamos condições de
servir mais amplamente, uma oportunidade para que a humanidade acelere sua evolução.
A seguir, estão mencionadas algumas dispensações concedidas à humanidade, com relação
ao uso da Chama Violeta.

Dispensações de:

 Omri-tas e orientação de Saint Germain: o mínimo de 15 minutos diários de


decretos de Chama Violeta;
 Omri-tás com relação ao terceiro dia de cada mês;
 Saint Germain: dia 23 de cada mês, dia da descida do carma;
 Ra-Mu e dos sacerdotes e sacerdotisas da Lemúria: multiplicação de cada decreto
de Chama Violeta emitido por dez;
 Melquisedeque: a formação da Cruz de Malta
 Zadquiel: seis anjos da Chama Violeta para cada um de nós.

SERES DA CHAMA VIOLETA

 Saint Germain e Pórcia


 Arcanjo Zadquiel e Santa Ametista
 Arcturus e Vitória
 Orômasis e Diana
 Kuan Yin
 Omri-Tas e os 144 mil sacerdotes e sacerdotisas do Planeta Violeta
 Melquisedeque e os 144 mil sacerdotes e sacerdotisas da Ordem de Melquisedeque
 Salamandras da Chama Violeta

SAINT GERMAIN

O Mestre Ascenso Saint Germain é o Mestre da Chama Violeta. No início do século


passado, Ele trouxe à humanidade a possibilidade do uso da Chama Violeta para este
tempo em que vivemos. A Chama Violeta era usada amplamente no passado, nos tempos
da Atlântida e da Lemúria. Em virtude da má utilização que a humanidade fez não só dessa
energia quanto de outras energias espirituais, a possibilidade do seu uso foi retirada do
planeta, subsistindo apenas em alguns núcleos mais reservados de discípulos evoluídos.
Agora, esse uso está novamente liberado.

ENCARNAÇÕES DE SAINT GERMAIN

 Governante de um grande e próspero império, há 50 mil anos;


 Sumo-sacerdote do Templo da Chama Violeta, Atlântida, há 13 mil anos;
 Profeta Samuel – 1050 a.C.;
 São José;
 Santo Albano – séc. III, Inglaterra;
 Merlim – séc. V, Inglaterra;
 Roger Bacon – séc. XIII, Inglaterra;
 Cristóvão Colombo - 1451 a 1506, Itália, Portugal;
 Francis Bacon – 1561 – Inglaterra.
 Sua última aparição física na história: Conde de Saint Germain, Séc XVIII.

O TRABALHO DE SAINT GERMAIN APÓS SUA ASCENSÃO

 Chohan do Sétimo Raio.


 Auxiliou na fundação da Sociedade Teosófica.
 Transmitiu ensinamentos por meio de Guy Ballar na década de 30.
 Trouxe para a humanidade a dispensação do uso amplo da Chama Violeta.
 Coroado como Senhor da Era de Aquário em 1° de maio de 1954:
 Ungiu Mark e Elizabeth como mensageiros da Grande Fraternidade Branca.

OUTRAS INFORMAÇÕES SOBRE SAINT GERMAIN

 É conhecido nos planos espirituais como patrono da tecnologia.


 Santuários: sobre a antiga Cidade do Sol (Deserto de Saara), sobre a Transilvânia,
sobre o Lago Titicaca, Table Mountain, (EUA), Gruta dos Símbolos (EUA).
 Ascensão – 1° de maio de 1684
 Chama Gêmea: Mestra Pórcia
 Símbolo: Cruz de Malta
 Música: Contos dos Bosques de Viena
 Sua identidade, no reino vegetal, está manifestada nas violetas e no reino mineral,
nas ametistas.
O SÉTIMO RAIO

A ação da Chama Violeta está ligada ao Sétimo Raio, o Raio Violeta, o Raio da Liberdade.
As energias divinas que se manifestam por meio do Sétimo Raio são: liberdade, alquimia,
transmutação, misericórdia, perdão, justiça, diplomacia, criatividade, profecia, nobreza,
ritual, invocação, cerimonial
Quando usadas de forma indevida, as energias do Sétimo Raio sofrem distorções, que
aparecem como libertinagem, permissividade, rebeldia, desafio à Lei, magia negra,
encantamentos, maldições, feitiços, canalização de maus espíritos, fanatismo.

CARACTERÍSTICAS DO SÉTIMO RAIO DISTORÇÕES DAS ENERGIAS DO SÉTIMO RAIO


MANIFESTADAS PELA HUMANIDADE
Liberdade
Alquimia Libertinagem
Transmutação Permissividade
Misericórdia Rebeldia
Perdão Desafio à Lei
Justiça Magia negra
Diplomacia Encantamentos, maldições, feitiços
Criatividade Canalização de maus espíritos
Profecia Fanatismo
Diplomacia Dispersão
Nobreza
Ritual
Invocação
Cerimonial

OUTROS REPRESENTANTES DO SÉTIMO RAIO

Pórcia
Kuan Yin
Melquisedeque
Arcanjos Zadquiel e Santa Ametista
Elohim Arcturus e Vitória

A ALQUIMIA E A CHAMA VIOLETA

A Chama Violeta é uma chama alquímica. Promove profundas transmutações na matéria e


na energia.
Segundo Saint Germain, os propósitos da alquimia são:
 o restabelecimento da unidade do homem com o Criador, a realização do seu papel
na criação, o cumprimento da vontade de Deus;
 o domínio do eu finito, da matéria, do tempo e do espaço;
 a produção de coisas materiais necessárias à evolução do ser e ao cumprimento do
plano divino;
 a transformação da matéria visando seu aperfeiçoamento até que manifeste a
plenitude do espírito;
 a manutenção da criação incessante de Deus, do movimento de transformação de
todas as coisas, do curso da vida em todas as dimensões da matéria.

A magia negra e as bruxarias são manifestações da perversão da alquimia.

* * *

“O homem só é verdadeiramente livre quando ele é capaz de criar.” Saint Germain

Alquimia e liberdade: princípios da Era de Aquário