Você está na página 1de 3

c 


             
    
  
  
         
        
 

                  
  
  

 

      
 
 
  
      
     
    
       
Orientações Gerais
A i    não deve ser encarada como uma doença que necessita de tratamento, mas sim como
uma condição clínica que requer controle. Isso porque, na pessoa predisposta, suas manifestações
ocorrem ao longo da vida, na dependência de uma gama de fatores físicos e emocionais. Nesse
contexto, as manifestações devem ser tratadas na direta proporção de sua gravidade.

¦       



          

! "#                


  

   
! $  
 #        
! % 
  &   


 
  
'   
! (
    

 

 )
 

"#  

"#      &  *   &    



 
 )

  +    


  ,  

 #  
 #  

             
 -   .   
-       .

/#

¦!    



 &  '     0 #      
        

   +       
     
 
   
 
 )
 

"
   & 


0     


  &  
  
    '  
  '    
 
 

  
 ¦     

  
       

  
         

 
   1 

    

 

   
  
   & 
    
   '   

(
 

2
  
     
  +    
  
   

   
  
   


  
 
  
creqüente ambientes que estão de acordo com os seus valores

$  
 /# 3  

! 4         


   
    

c &  & 

! 5 
#    &    
    
    #
          
   
 '! 4  #
#
     
        /   -.  6 -.
 
  
  
    
   
#  /
    

! 4 
   
  
 
         
     '      /#
#    
       
 
 
  
  
    /   -.  6 -.
      
 /

! ¦    # 


  

  5  #   
    
 # 

    /  6 /

! ¦             '! 4  #  


 
    !         /    
    
 /

! /      


 

! 4          


 "    #   

 
 
 
        '      4  
# 5  
    /  6       

/

! ¦   '


  
 
     5         
/#          ' 
    /   
6 /

! "     #     5         


  
    4  #   #          

        #


 
  
   / 
 
 7      
 /

! /       



! 4      
!      !   
 & 
5      /#
#   

     

   
   
#  /  6 /

! "          #          '
     4   #
#    

      5  

   
 ' 
    /   
 /

! c'     &  4         4   #   


 
 &  &


! ( ' 
    /       
 /

! 4
 
 #
   
           

#  
       /   /

! 1 #   &   


#
    
  
     
6       

#
  
  c'
#          &