Você está na página 1de 43

CV-641

SISTEMAS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA


aula 01

Prof. Dr. Ricardo de Lima Isaac


Departamento de Saneamento e Ambiente
Faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo
UNICAMP
Saúde

• Estado de completo bem-estar físico, mental


e social e não apenas a ausência de doença
ou enfermidade (OMS)

• Saúde Pública: ciência e arte de promover,


proteger e recuperar a saúde física e mental,
através de medidas de alcance coletivo e de
motivação da população
Saneamento

Controle de todos os fatores do meio físico


do homem que exercem ou podem exercer
efeito deletério sobre seu bem-estar físico,
mental ou social (OMS)
Saneamento: Sistemas

• Abastecimento de água

• Esgotamento sanitário

• Drenagem de água pluviais

• Resíduos sólidos
Abastecimento rudimentar
Abastecimento rudimentar:
Zona Rural e Pequenas Comunidades

• Soluções isoladas
• Volumes reduzidos
• Qualidade duvidosa
• Nascentes, poços rasos (lençol freático)
• Coleta, transporte manual,
armazenamento
• Ausência de instalações prediais hidráulico-
sanitárias
Doenças de transmissão hídrica

• Cólera, febre tifóide, febres paratifóides,


hepatite infecciosa, gastrenterites infantis
• Disenteria bacilar, disenteria amebiana
• Helmintoses, parasitoses
• Esquistossomose, leptospirose (via cutânea
– pele ou mucosa)
• Conjuntivites, otites, corizas, sinusites
Doenças de origem hídrica
• Metemoglobinemia: excesso de Nitrato

• Fluorose: excesso de Flúor

• Saturnismo: excesso de Chumbo

• Bócio: carência de Iodo

• Câncer: compostos orgânicos (e.g., THM)


Água potável

Água para consumo humano


cujos parâmetros microbiológicos,
físicos, químicos e radioativos
atendam ao padrão de potabilidade
e não ofereçam riscos à saúde
(Portaria 518/2005)
Sistema de abastecimento de água
para consumo humano

instalação composta por conjunto de obras


civis, materiais e equipamentos, destinada à
produção e à distribuição canalizada de água
potável para populações, sob a
responsabilidade do poder público, mesmo
que administrada em regime de concessão ou
permissão
(Portaria 2914/11)
Solução alternativa de abastecimento de água
para consumo humano

toda modalidade de abastecimento coletivo


de água distinta do sistema de abastecimento
de água, incluindo, entre outras, fonte, poço
comunitário, distribuição por veículo
transportador, instalações condominiais
horizontal e vertical
Importância sanitária

• Controle e prevenção de doenças


• Promoção de hábitos higiênicos
• Desenvolvimento de esportes
• Melhoria da limpeza pública
• Combate a incêndios
• Promoção da saúde pública
• Maior qualidade de vida da população
Importância econômica

• Aumento da expectativa de vida da


população

• Diminuição da mortalidade em geral e,


particularmente, da infantil

• Redução do número de horas perdidas por


diversas doenças, maior disposição ao
trabalho e aumento de produtividade
Importância econômica (cont.)

• Utilização da água como matéria prima na


indústria: bebidas, farmacêutica, química,
etc.

• Utilização da água em processos industriais:


resfriamento, branqueamento, lavagem,
caldeiras

• Desenvolvimento de serviços
Disponibilidade hídrica
18 3
• Planeta Terra: 1,4x10 m de água
97% (água do mar)
2,2% (geleiras)
0,8% (água doce).... 97% subterrânea
..........3% superficial

• Brasil...13% água doce do mundo


80% região Norte e Centro –Oeste (5% pop.)
5% região Sudeste e Sul – 90% Pop.

• Estado de São Paulo

• Bacias hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e


Jundiaí
Ciclo hidrológico
Movimentação da água de um meio para outro
na Terra; mecanismos de transferência:

• Precipitação: água que cai da atmosfera na


superfície (chuva, neve, granizo, orvalho)

• Escoamento superficial: deslocamento sobre o


solo, formando córregos, lagos e rios
Ciclo hidrológico (cont.)
• Infiltração: forma os lençóis subterrâneos; alimenta
os cursos d’água na estiagem; solo coberto com
vegetação > menor escoamento superficial (menos
enchentes), maior infiltração, menor carreamento de
partículas do solo para cursos d’água
lençol freático (pressão atmosférica)
lençol profundo (artesiano, semi-artesiano)

• Evapotranspiração: a água absorvida pelas


plantas do solo, evapora, ao atingir folhas
Bacia hidrográfica

• Conceito: o ciclo hidrológico, na sua fase


terrestre, tem como elemento fundamental a
bacia hidrográfica, que compreende a área de
captação natural das águas precipitadas cujo
escoamento se dirige para um único ponto de
saída.
Usos múltiplos da água

• Geração de energia elétrica


• Navegação
• Recreação
• Paisagismo
• Pesca, piscicultura, pecuária
• Irrigação
• Abastecimento público
Conflito pelo uso da água

• Bacia Hidrográfica Alto Tietê versus PCJ

Sistema Cantareira
• Abastecimento da RMSP (~ 50% consumo)
• Vazão exportada: ~ 33 m3/s
• Vazão Campinas (Sanasa): ~ 3,5 m3/s
• Vazão Piracicaba (Semae): ~ 1,2 m3/s
Redes de monitoramento
hidrológico da qualidade da água

• D.A.E.E.: departamento • CETESB: companhia estadua


de águas e energia de tecnologia ambiental, da
elétrica, da Secretaria Secretaria de Estado de Me
de Estado de Recursos Ambiente
Hídricos e Saneamento • Órgão que dá a licença
• Órgão que dá a outorga ambiental
para captação de água; • Tipo de informação: perfil
• Tipo de informação: sanitário (pH, DBO, OD,
vazões, precipitações, coliformes, cloro; nas
níveis d’água captações: + completo
ESTAÇÕES
DE TRATAMENTO
DE ÁGUA
DA R.M.S.P.
Bacias Hidrográficas dos Mananciais da RMSP

Fonte: Sabesp
Mananciais do Sistema Cantareira

Fonte: Sabesp
Mananciais do Sistema Cantareira

Perfil Hidráulico

Fonte: Sabesp
Mananciais Sistema Cantareira
Represa Atibainha

Fonte: Sabesp
Estação de Tratamento do Sistema Cantareira
ETA Guaraú

Fonte: Sabesp
ETA GUARAÚ

Fonte: Sabesp
REPRESA GUARAPIRANGA

Fonte: Sabesp
ETA ABV (ALTO DA BOA VISTA)

Fonte: Sabesp
ETA Rio Grande

Fonte: Sabesp
Sistema Alto Cotia

Reserva Florestal do Morro Grande


Represa Pedro Beicht
Fonte: Sabesp
Sistema Alto Cotia - Captação

Reserva Florestal o Morro Grande


Represa Cachoeira da Graça
Fonte: Sabesp
ETA Morro Grande – Sistema Alto Cotia

Fonte: Sabesp
ETA Baixo Cotia

Fonte: Sabesp
Sistema Rio Claro

Fonte: Sabesp
ETA Rio Claro

Fonte: Sabesp
ESTAÇÕES
DE TRATAMENTO
DE ESGOTO
DA R.M.S.P.
ETE São Miguel
ETE ABC
ETE Parque Novo Mundo
ETE Barueri
ETE Suzano