Você está na página 1de 6

8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?

ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…

61 Q423662 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: TJ-PAProva: Auxiliar Judiciário


BETA

O ato administrativo que afronta o princípio da legalidade administrativa

a) deverá ser revogado.

b) não poderá se anulado.

c) deverá ser ratificado.

d) deverá ser convalidado.

e) deverá ser anulado.

62 Q423660 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: TJ-PAProva: Auxiliar Judiciário

O motivo do ato administrativo

a) pode estar, ou não, previsto na lei.

b) trata da representação psicológica e interna do agente.

c) não é considerado um de seus requisitos

d) é sinônimo de móvel do ato.

e) é sinônimo de motivação do ato.

63 Q391035 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: TJ-RJProva: Juiz de Direito

Assinale a alternativa que apresenta duas características da competência do ato administrativo.

a) Hierarquia e finalidade.

b) Inderrogabilidade e improrrogabilidade.

c) Limitabilidade e hierarquia.

d) Imperatividade e finalidade.

64 Q408550 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PRODEST-ESProva: Analista Organizacional


- Ciências Jurídicas

A Administração Pública

a) pode revogar seus atos, por motivo de conveniência e oportunidade, respeitados os direitos
adquiridos.

b) não pode declarar nulo seus próprios atos, pela prevalência do princípio constitucional da separação
de poderes

c) não pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, pois depende de
apreciação judicial.

d)
https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 1/6
8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…

pode revogar seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais, pois deles não se
originam direitos.

e) não pode rever seus atos independentemente de provocação em razão de lesão ou ameaça de lesão
a direito de terceiro.

65 Q393167 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: FundacentroProva: Analista em Ciência e


Tecnologia Pleno

A discricionariedade no ato administrativo

a) permite ao administrador agir conforme a sua consciência e tomar decisões baseadas em seus
próprios crité-rios, que venham a fazer a devida justiça.

b) obriga o administrador público a agir exatamente como a lei prevê na solução a ser adotada,
especificando em regra “como” e “quando” o administrador deve editar o ato.

c) é a base legal para que o administrador público tome decisões arbitrárias, que serão impostas
coercitivamente ao particular.

d) é expressamente vedada pela lei, para que o interesse público seja devidamente protegido.

e) autoriza o administrador público a decidir com base na conveniência e oportunidade do ato,


respeitado sempre o interesse público.

66 Q393168 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: FundacentroProva: Analista em Ciência e


Tecnologia Pleno

Os elementos do ato administrativo são:

a) competência, finalidade, forma, motivo e objeto

b) imperatividade, discricionariedade e definitividade.

c) finalidade, intenção, motivação e conteúdo.

d) autoexecutoriedade, objeto e finalidade

e) forma, conteúdo, arbitrariedade e motivação.

67 Q393169 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: FundacentroProva: Analista em Ciência e


Tecnologia Pleno

A propósito da revogação e da anulação dos atos administrativos, é correto afirmar que

a) a Administração pode revogar seus atos, mas a anulação somente o Poder Judiciário pode fazê-lo.

b) tanto a Administração quanto o Poder Judiciário podem revogar e anular os atos administrativos.

c) o Poder Judiciário tem a competência para revogar os atos administrativos.

d) a Administração pode revogar e anular seus próprios atos

e) a Administração pode anular seus próprios atos, mas não pode fazê-lo o Poder Judiciário.

68 Q390180 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PRODEST-ESProva: Administrador

https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 2/6
8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…
São todos atributos do ato administrativo:

a) presunção de legitimidade e veracidade; autoexecutoriedade; atipicidade e legalidade.

b) autoexecutoriedade; liberalidade; atipicidade e legalidade.

c) finalidade; competência; forma e motivação.

d) legalidade; impessoalidade; publicidade e eficiência.

e) presunção de legitimidade e veracidade; autoexecutoriedade; tipicidade e imperatividade.

69 Q516411 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: Prefeitura de Poá - SPProva: Procurador Jurídico

Em relação aos atos administrativos, é correto afirmar que

a) a Administração Pública e o Poder Judiciário podem anular os atos discricionários e vinculados, por
razões de conveniência e oportunidade.

b) a anulação gera efeitos ex nunc, ou seja, a partir da sua declaração, enquanto que a revogação opera
efeitos ex tunc, quer dizer, desde a edição do ato.

c) o contrato de locação celebrado entre a Administração Pública e um particular é exemplo de ato


administrativo no qual se aplica o princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse do
particular.

d) ao praticar o ato discricionário, também denominado de ato arbitrário, a autoridade é livre, dentro das
opções que a própria lei prevê, atendidos a finalidade e o interesse público.

e) os atos que apresentem defeitos sanáveis poderão ser convalidados pela própria Administração em
decisão na qual se evidencie não acarretarem lesão ao interesse público nem prejuízo a terceiros.

70 Q460453 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PGM - SPProva: Procurador Municipal

A licença

a) pode ser considerada um ato discricionário.

b) pode ser negada por motivo de inconveniência ou oportunidade.

c) destina-se à utilização privativa de bem público.

d) é um ato bilateral e constitutivo.

e) difere da autorização por ser um ato declaratório.

71 Q389316 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: PC-SPProva: Delegado de Polícia

O ato administrativo

a) pode ser revogado com fundamento em razões de conveniência e oportunidade, desde que
observados os efeitos ex tunc dessa extinção do ato.

b) tem na presunção de legitimidade a autorização para imediata execução e permanece em vigor até
prova em contrário.

c) é revogável pelo Poder Judiciário que é apto a fazer o controle de legalidade, sem ingressar em seu
mérito administrativo.

d)
https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 3/6
8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…

de Secretário de Segurança Pública que determina remoção ex officio do Delegado de Polícia, sem
motivação, não se sujeita ao controle de juridicidade por conter alta carga de discricionariedade em
seu teor.

e) tem como requisitos a presunção de legitimidade, a autoexecutoriedade, a imperatividade e a


exigibilidade.

72 Q392490 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: Câmara Municipal de São José dos Campos - SPProva: Advogado

Assinale a alternativa que contempla um exemplo de ato administrativo da espécie de atos enunciativos.

a) Autorização.

b) Licença.

c) Aprovação.

d) Permissão.

e) Parecer.

73 Q605143 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: SAP-SPProva: Executivo Público

São todos elementos do ato administrativo:

a) autoexecutoriedade, imperatividade e coercibilidade.

b) presunção de legitimidade, presunção de veracidade e finalidade.

c) motivação, validade e eficácia.

d) legalidade, eficiência, publicidade e moralidade.

e) competência, finalidade, forma, motivo e objeto.

74 Q605144 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: SAP-SPProva: Executivo Público

Determinado agente público praticou um ato administrativo que, depois, constatou ser ilegal. Nessa situação,
considerando o que estabelece o direito administrativo brasileiro, com relação a esse ato, é correto afirmar que

a) a Administração tem o poder de invalidá-lo, sem que seja necessária a intervenção do Poder
Judiciário.

b) poderá ser ratificado e mantida sua validade, apenas se houver concordância do agente público e do
destinatário do ato.

c) deverá ser revogado pelo Poder Judiciário.

d) pode ser ratificado e mantida a sua validade pela própria Administração ou pelo poder Judiciário.

e) a Administração Pública tem o dever de revogá-lo.

75 Q605146 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: SAP-SPProva: Executivo Público

https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 4/6
8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…
Considerando o que estabelece o direito administrativo brasileiro a respeito da descricionariedade administrativa,
é correto afirmar que

a) o ato discricionário pode ser revisto pelo juiz em seus aspectos formais e materiais.

b) o ato por ela produzido é imune, formal e materialmente, ao controle judicial.

c) decisão definitiva por meio de ato administrativo discricionário não pode ser discutida em ação
judicial.

d) o ato discricionário visa sempre o interesse da Administração Pública e baseia-se no princípio


constitucional da verdade sabida

e) o controle judicial não pode adentrar ao mérito do ato administrativo discricionário.

76 Q370484 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: EMPLASAProva: Analista Jurídico

Deliberações são atos administrativos;

a) sob a forma de ordens escritas, de caráter uniforme, expedidas a determinados funcionários ou


agentes administrativos incumbidos de certo serviço.

b) postos em vigência por decreto, para especificar os mandamentos da lei ou prover situações ainda
não disciplinadas por lei.

c) expedidos pelas altas autoridades do Executivo ou pelos presidentes dos órgãos legislativos e
colegiados administrativos, para disciplinar matéria de sua competência específica

d) normativos ou decisórios emanados de órgãos colegiados

e) internos pelos quais os chefes de órgãos, repartições ou serviços expedem determinações gerais ou
especiais a seus subordinados.

77 Q370485 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: EMPLASAProva: Analista Jurídico

A presunção de legitimidade, a imperatividade e a autoexecutoriedade são atributos dos atos administrativos.


Nesse sentido, assinale a alternativa correta.

a) A imperatividade autoriza a imediata execução ou operatividade dos atos administrativos.

b) A legitimidade impõe a coercibilidade para cumprimento e execução dos atos administrativos.

c) A presunção de legitimidade é a transferência do ônus da prova de invalidade do ato administrativo a


quem o invoca.

d) O reconhecimento da autoexecutoriedade tornou-se mais amplo em razão da ampla defesa.

e) A presunção de legitimidade é condição de operatividade do ato perfeito.

78 Q370486 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: EMPLASAProva: Analista Jurídico

Em relação ao ato administrativo, é correto afirmar que:

a) o Judiciário apenas revoga o ato administrativo.

b) a Administração apenas anula o ato administrativo.

c) a Administração pode revogar seus atos por razões de interesse público, devendo anulá-los quando
eivados de vícios que os tornem ilegais.

https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 5/6
8/1/2018 https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codig…

d) a Administração pode revogar seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornem ilegais.

e) a anulação é a supressão de um ato discricionário legítimo e eficaz, realizada pela Administração.

79 Q370487 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2014 Banca: VUNESP Órgão: EMPLASAProva: Analista Jurídico

Atos vinculados;

a) são aqueles para os quais a lei estabelece requisitos e condições de sua realização e impõem à
Administração o dever de motivá-los.

b) podem desatender às disposições legais ou regulamentares se houver decisão judicial dizendo sobre
a conveniência e oportunidade.

c) encontram fundamento e justificativa na complexidade e variedade dos problemas que o Poder


Público tem que solucionar a cada caso e para os quais a lei, por mais casuística que seja, não
poderia prever todas as soluções.

d) são aqueles que permitem à Administração assegurar de modo eficaz os meios realizadores do fim a
que se propõe o Poder Público.

e) são instrumentos legais que permitem ao administrador fazer o que entender conveniente à
coletividade.

80 Q761968 Direito Administrativo Atos administrativos

Ano: 2013 Banca: VUNESP Órgão: COREN-SPProva: Advogado

A respeito dos atos administrativos, é correto afirmar que

a) todos os atos administrativos gozam da prerrogativa de serem autoexecutórios.

b) a retirada do ato em razão do advento de nova legislação contrária à situação anterior configura a
sub-rogação.

c) não há atos administrativos irrevogáveis.

d) a extinção do ato, na hipótese de o beneficiário do ato descumprir as condições que permitiam a sua
manutenção, se perfaz pela cassação.

e) a retirada do ato contrário à lei por iniciativa da própria Administração caracteriza a revogação.

Respostas 61: 62: 63: 64: 65: 66: 67: 68: 69: 70: 71: 72: 73: 74: 75:
76: 77: 78: 79: 80:

← 1 2 34 5 6 7 →

https://www.qconcursos.com/questoes/imprimir?ano_publicacao=&area=&assunto=5&caderno_id=&cargo=&codigo=&discipli… 6/6