Você está na página 1de 2

AO JUIZO DE DIREITO DA __ VARA CÍVEL DA

COMARCA DE FLORIANÓPOLIS

João, brasileiro, pedreiro, (...), Portador da cédula de identidade nº (...),


inscrito no CPF nº (...), residente e domiciliado na cidade de Florianópolis,
endereço eletrônico (...), com fulcro no art.726 e §1º do CPC, vem por seu
advogado constituído, conforme procuração anexa, interpor a presente

NOTIFICAÇÂO JUDICIAL
Contra, empresa Tubos e Cia, inscrita no Ministério da Fazenda no CNPJ
nº(...), sediada na rua (...), CEP (...), por seu representante legal, mediante as
razões de fato e de direito a seguir expostas:

Dos fatos
João, pedreiro, e residente da cidade de Florianópolis, realizou a invenção de
um produto totalmente inovador no campo das tubulações de esgoto, tendo
solicitado ao INPI na data de 22/03/2009 um pedido de Invenção, n°
BR2019.0001.02, que até o presente momento ainda tramita na Autarquia
Federal. Ocorre que, na data de 05/02/2018, João descobre que a empresa
Tubos e Cia está produzindo um equipamento idêntico ao seu, comercializando-
o não apenas na cidade de Florianópolis, mas como em todo o Brasil.
João teme, devido ao backlog do INPI, que quando do deferimento de seu
pedido, a empresa Tubos e Cia já tenha levantado fortunas com sua invenção.
Diante disto, é seu desejo impedir que a empresa produza a inovação por ele
protegida, no entanto, como seu pedido no INPI ainda não foi deferido, isto não
será possível.

Dos Direitos
Insta dizer que o novo Código de Processo Civil, no seu artigo 726,
refere a notificação destinada à prevenção de responsabilidade, provimento de
conservação e ressalva de direitos, bem como à manifestação de qualquer
intenção de maneira formal.

“Art. 726. Todo aquele que desejar prevenir


responsabilidade, prover a conservação e ressalva de
seus direitos ou manifestar qualquer intenção de
modo formal, poderá fazer por escrito o seu protesto,
em petição dirigida ao juiz, e requerer que do mesmo
se intime a quem de direito”
Conforme já salientado, o notificante possui a solicitação junto ao INPI na data
de 22/03/2009 um pedido de Invenção, n° BR2019.0001.02, embora aguarde o
deferimento, o notificante vê produto semelhante ao solicitado para registro,
sendo comercializado pelo notificado em todo território nacional.
Portanto se faz necessário que o notificado apresente a documentação legal
que comprove a licença para fabricar e comercializar produto semelhante ao
encaminhado para solicitação de registro junto ao INPI, pelo notificante, ficando
desde já ciente de que, não comprovando a licença por meio de documentação
pertinente e após deferimento do pedido, fica o notificado sujeito a responder
judicialmente por todos os meios em direito disponíveis.

Dos Pedidos
Diante do exposto e do que preceitua legislação vigente, requer-se a V.
Excelentíssima que receba a presente Notificação, determinado desde já as seguintes
providências:
a) Seja a Notificada intimada via mandado, nos moldes do artigo 247 do novo
CPC, no endereço supramencionado, para tomar conhecimento de todos os
termos da presente Notificação Judicial, alcançando todos os propósitos
definidos nos artigos 726 e s. S. Do CPC/2015.
b) Feita a intimação, sejam os autos entregues à Notificante, por meio do seu
advogado que subscreve a presente, independentemente de traslado
(Art. 729CPC/2015).
c) Que o notificado apresente a documentação pertinente à fabricação do produto
que comercializa.
d) Protesta provar o alegado por todos os meios de provas admitidos em direito,
provas periciais, em especial pelas provas documentais juntadas, provas
testemunhais e demais provas que vierem a ser produzidas durante a instrução
processual.

Dá-se a causa o valor de R$ 1.000,00 (um mil reais) somente para fins
fiscais.

Nestes termos

Pede espera deferimento

Florianópolis, (data)

Advogado
OAB