Você está na página 1de 7

1

Vivei, acima de tudo, por modo digno do evangelho de Cristo Paulo depois de falar da sua situação, ele encoraja a igreja de
Filipenses 1.27-30. Filipos a seguir o mesmo caminho que ele. Nunca desanimando,
mas confiando no Senhor e permanecendo firme em Cristo.
Amados irmãos no Senhor Jesus Cristo.
O apóstolo Paulo começa no verso 27 dando ordem aos crentes
A cidade de Filipos era composta pela maioria de gentios. de Filipos. Uma ordem que é uma exortação no Senhor. Ele diz:
Filipos era a colônia romana mais importante. Nela moravam “Vivei, acima de tudo, por modo digno do evangelho de Cristo”.
muitos veteranos de guerras. Eles recebiam terras do império
romano como pagamento pelo trabalho fiel ao império romano. Literalmente o apóstolo está dizendo: “Portai-vos unicamente
como cidadãos, de modo digno do Evangelho”. O que Paulo
Filipos era uma miniatura de Roma. Ela tinha prédios e casas quer dizer? Os crentes de Filipos eram homens que vieram do
que lembravam a cidade mãe. Esses ex-soldados, aposentados, mundo.
não sairiam de Filipos de maneira nenhuma. Para eles era um
paraíso. Eles antes, no passado, eram idolatras, adúlteros e muito mais.
Eles moravam na cidade de Filipos. E todo morador era cidadão
Foi durante sua segunda viagem missionária, guiado pelo romano. Todo cidadão era cadastrado, como nós que temos o
Espírito Santo, que Paulo fundou aquela igreja em Filipos. Foi lá CPF.
que ele e seus companheiros falaram a algumas mulheres.
Se um oficial quisesse saber quem era fulano, era só dizer onde
Certa mulher chamada Lídia, temente a Deus os escutava. O morava. Então, ele tinha todas as informações necessárias sobre
Senhor lhe abriu o coração para entender as coisas que Paulo uma determinada pessoa. E a pessoa que era um cidadão
dizia. Ela creu no Senhor e foi batizada. Assim surgiu a igreja na romano, tinha seus direitos e privilégios.
cidade de Filipos. Com um pequeno grupo de mulheres.
Em Atos 16 fala que Paulo e Silas são açoitados e presos. Eles
Depois de alguns anos Paulo fica sabendo da situação da Igreja. foram lançados na prisão injustamente e sem processo formal.
Mas ele não pode visitá-la porque estava preso. Ele fala que Quando os pretores mandaram soltá-los, Paulo afirma que eles
sempre se lembra deles nas orações com alegria. eram cidadãos romanos.

Como eles cooperaram desde o primeiro dia até agora em favor E os direitos deles tinham sido violados. Os pretores tiveram de
do Evangelho (Fp 1.3-5). ir até lá pedir desculpas e libertá-los pessoalmente.

O apóstolo quer cientificar aos irmãos que as suas cadeias não Eles sabiam que se uma autoridade superior, ficasse sabendo que
são um peso, pelo contrário, estão contribuindo para o progresso os pretores violaram os direitos de um cidadão romano, eles
do Evangelho (Fp 1.12-14). poderiam perder seu emprego e corriam o risco de morrerem.

Paulo depois de falar da sua situação, ele encoraja a igreja de Violar o direito de um cidadão romano não era brincadeira.
2

Violar o direito de um cidadão romano não era brincadeira. E não adorando ao imperador como deus, eles seriam
Punições seriam aplicadas aos transgressores. considerados como traidores de Roma.

Os filipenses eram cidadãos romanos e tinham seus direitos e Eles corriam o risco de serem lançados na cadeia e até serem
privilégios. Eles deveriam viver como cidadãos romanos. lançados aos leões. Eles estavam encurralados.

Fazendo tudo o que era permitido fazer. Estavam prestes a serem maltratados, açoitados, escarnecidos,
Mas agora não! Eles são cristãos! Eles são cidadãos de outro lançados na prisão e assassinados.
reino. O reino de Cristo.
O que eles deveriam fazer? Adorar o imperador pelo menos uma
É por isso que o apóstolo manda-os viverem como cidadãos vez a cada quatro meses? Não! De maneira nenhuma! Eles
dignos do evangelho de Cristo. deveriam permanecer em um só espírito, uma só alma, uma só fé.

Eles tinham que viver UNICAMENTE, não de várias maneiras, Paulo exorta-os a ficarem unidos naquilo que eles têm em
mas UNICAMENTE conforme o evangelho. V 27 comum. O que eles têm em comum é a fé em Jesus Cristo. Eles
fazem parte de Cristo.
Vivei, acima de tudo, por modo digno do evangelho de
Cristo A fé no evangelho de Cristo. É confessar tudo o que Deus
Eles se orgulhavam de ser cidadãos romanos porque tinham revelou em sua palavra.
muitos privilégios. Mas agora eles deveriam viver como
cidadãos de uma pátria superior. Também devemos ficar unidos para enfrentar as tribulações.
Encorajando um ao outro a guardar a fé em Jesus.
Eles tinham que estar firmes em um só espírito, uma só alma,
lutando pela fé do Evangelho. E não se deixando ser intimidado Paulo quer a unidade da Igreja não só nos momentos de alegria, mas
pelos adversários (Fp 1-28). nos momentos de dificuldades também. Guardai o vinculo que vos une.
Sejam um o coração do outro.
Eles têm que guardar a fé no único Salvador e Senhor.
Eles agora iam e estavam sofrendo perseguições por não Mantenham firme a vossa fé no Senhor. Não se curvem à
praticarem idolatria. Os cidadãos romanos cultuavam ao vontade dos homens. Mas à vontade de Deus. O cristão não é
imperador como se fosse um deus. cidadão deste mundo.

Muitos faziam isto apenas para bajular o imperador. Mas os Ele vive nesta terra, deve exercer sua cidadania, mas ele deve
cristãos filipenses não deveriam mais praticar idolatria. viver conforme os padrões do Evangelho de Cristo.

E não adorando ao imperador como deus, eles seriam Não devem viver praticando coisas que venha a sujar o nome de
considerados como traidores de Roma. Cristo.
3
Não devem viver praticando coisas que venha a sujar o nome de A nossa vida, vivida em conformidade com o evangelho de
Cristo. Cristo, serve para condenar os incrédulos. Os cristãos devem ser
a luz do mundo.
Nós somos cristãos e quando pecamos, seja por um péssimo
testemunho ou um outro pecado, o que está em jogo não o Viver de modo digno do evangelho é você fazer a vontade de
nome da nossa denominação. Jesus.

O que está em jogo é a PALAVRA DE DEUS. O santo O nosso modo de viver mostra quem é nosso pai. A nossa
Evangelho. O nome de Cristo será jogado na lama por nossa conduta vai mostrar se nós somos um filho amado de Deus ou um
causa. filho da ira de Deus, um filho do diabo.

Por isso, vivamos de modo digno do evangelho de Cristo. Nós, cristãos fomos chamados a fazer muito mais do que apenas
Como cidadãos do reino de Deus. crer. Nós fomos chamados a sofrer por Cristo.

Porque o Evangelho é prova de que em Cristo estamos salvos. Sofrer por Cristo não significa você tomar o lugar dele na cruz.
Guardando os seus ensinamentos vamos mostrar ao mundo o Significa que você é um cristão e como cristão você vai sofrer
Senhor Jesus em nossas vidas. por levar o nome de Cristo em sua vida.

Vivendo de modo digno do evangelho; sendo cidadão do reino Lembrem-se de Atos 5, quando Pedro e os demais apóstolos
de Cristo. foram presos porque pregavam a Cristo. Eles foram lançados na
prisão e açoitados.
Isso devemos mostrar ao mundo. Com a nossa vida,
pensamentos e atos. Tudo deve estar em conformidade com o Quando saíram do Sinédrio regozijavam por terem sido
Evangelho. Mostrando que somos cidadãos do reino de Deus. considerados dignos de sofrer afrontas por esse nome, que é o
nome de Cristo (At 5.41).
O evangelho de Cristo é prova da nossa salvação. Por isso,
vivei como cidadãos do reino de Deus, vivendo conforme a Eles se alegraram nas marcas nos seus corpos. Porque aquelas
vocação que vós fostes chamados a viver. marcas eram provas do seu amor a Cristo. E eles continuaram a
pregar e ensinar a palavra de Deus com mais fervor ainda.
Esse Evangelho é poderoso para nos salvar da condenação
eterna. Porque eles passaram pelo primeiro teste e foram aprovados por
Cristo. Permaneceram firmes na fé. Guardaram pura a sua fé. Se
Mas ele também é poderoso para condenar os ímpios. Ele é prova da comportaram como verdadeiros cidadãos do reino de Deus.
condenação eterna dos descrentes no fogo eterno. V. 28

A nossa vida, vivida em conformidade com o evangelho de


4
No verso 30 do nosso texto, O apóstolo Paulo disse aos
Filipenses e isto também serve para nós hoje. Ele disse: “pois A Igreja é para pecadores que se arrependem e querem viver
tendes o mesmo combate que vistes em mim e, ainda agora, como Cristo manda. Guardando a unidade da fé no Evangelho
ouvis que é o meu.” (Fp 1.30). de Cristo.

Ele lembra aos filipenses e também a nós de quando ele chegou Nunca negando o que ele é. Mas sempre vivendo de acordo com
em Filipos. Por causa do Evangelho de Cristo, ele foi acusado o que fala.
injustamente. Lançado na prisão. Maltratado e espancado.
Se nós servimos a Cristo, mostremos que nós somos um cristão.
Mas, apesar desses sofrimentos em sua vida ele diz: “Combati Vivamos como cidadãos do Evangelho de Cristo.
o bom combate, completei a carreira, guardei a fé” (2 Tm 4.7).
Porque nós somos cidadãos do Reino de Cristo.
Ele se comportou como um genuíno cristão. Ele chama a nossa Amém.
atenção para seguir o seu exemplo.

Exemplo de um cristão fiel ao seu Senhor. Vivendo como um cidadão


do reino de Deus.

Porque se alguém está na Igreja e não quer viver de modo digno


do Evangelho, depois de conhecer o Evangelho, seria melhor
nem sequer ter conhecido o Evangelho.

Porque conhecer o Evangelho e não querer mudar de vida é


desprezar a Cristo querendo viver como o mundo.

A Igreja é lugar para quem tem compromisso com Cristo. Se o


pecador não quer obedecer e viver como cidadão do reino de
Deus.

Mas preferem viver correndo atrás do vento e não quer mudar


de vida.

O lugar dele não é na Igreja de Cristo. O lugar dele é no


mundo.
5
6
7