Você está na página 1de 15

O Secreto Mundo Das Fadas

O Secreto Mundo Das Fadas

Daniele De Araujo

Terceira Edição

Campo Grande/ MS
Julho 2013

Página 1
O Secreto Mundo Das Fadas

Página 2
O Secreto Mundo Das Fadas

Titulo original: O Secreto Mundo Das Fadas


Copyright © 2013 por Daniele De Araujo
Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste livro pode
ser utilizada ou reproduzida sob quaisquer meios existentes,
sem autorização, por escrito, da autora.

Revisão:
Giovanna Lynn

Capa e design:
Lilith Melville

Impressão e acabamento:
Editora Perse – http://www.perse.com.br/
CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE.
Sindicato Nacional dos Editores de Livros, RJ.

Araujo, Daniele, 1992-

O Secreto Mundo Das Fadas / Daniele De Araujo;


Ed. Perse; Perdizes / São Paulo.

2013

ISBN

1. Esoterismo – Religião. 2. Folclore

Página 3
O Secreto Mundo Das Fadas

Página 4
O Secreto Mundo Das Fadas

Sumário
Introdução:
I-Culto às fadas ........................................................................08
II-O que os livros não contam...................................................18
III-Reinos das fadas ...................................................................24
IV-A faceta sombria das fadas ..................................................30
V-As fadas mais
conhecidas..................................................................43

VI-Lendas e avistamentos de
fadas.................................................. 110

VII-Como atrair as
fadas.................................................................... 123

VIII-Quem canta, seus males


espanta!...............................................149

Página 5
O Secreto Mundo Das Fadas

Página 6
O Secreto Mundo Das Fadas

“Todas as vezes que uma criança diz: Não acredito em


fadas – uma pequena fada cai morta em algum lugar.”
James Mattew Barrie

Página 7
O Secreto Mundo Das Fadas

Introdução:

Culto às fadas

As fadas são uma raça de donzelas imortais, às quais


os primitivos nativos da Itália davam o nome de "fatue".
O culto medieval siciliano das fadas, bem documentado
pela inquisição espanhola, estava associado à deusa
Diana, que os italianos há muito tempo já chamavam de
"A rainha das fadas". Diana era cultuada na Itália no lago
Nemi, onde outrora existira seu templo (500 A.C). As
fadas italianas formavam grupos chamados de
"companhias", como a "companhia dos nobres" e a "
companhia dos pobres ". Tanto os homens quanto as
fadas pertenciam a estas companhias, que eram
essencialmente matriarcais, embora se encontrassem
nelas elementos masculinos. Essas fadas possuíam o
poder de abençoar os campos, curar doenças e atrair a
boa sorte. Somente através de preciosos presentes,
podia-se aplacar a ira de uma fada e livrar-se de seus
encantamentos. Tais oferendas só seriam aceitas se
depositadas através das mãos de mulheres humanas.
Porém, o mais antigo registro das fadas, retratadas como
pequenos seres alados, surgiram na arte etrusca à cerca
de 600 A.C, na forma de "Lasa ", espíritos do campo e da
floresta. As Lasa eram descritas como pequenos seres
humanos alados que flutuavam sobre um recipiente com
um incenso ou uma bacia votiva. Estas primeiras fadas,
estavam também associadas ao culto dos ancestrais e
eram encontradas nos templos etruscos. Estavam ainda,
identificadas com a vegetação e com os segredos da

Página 8
O Secreto Mundo Das Fadas

natureza. As imagens das fadas só vieram a surgir na arte


celta após a ascensão do cristianismo, ou seja, depois da
ocupação.
Hoje, acredita-se que o povo de Thuatha de dannan
está associado ao Reino das fadas. Isso se deve a sua
misteriosa aparição às ilhas britânicas envoltos em
brumas. Lá encontraram o povo Fir Bolg, os quais
derrotaram na batalha de Moytura. Posteriormente,
quando os celtas invadiram a Grã-Bretanha (600-500
A.C), os Tuatha de danann desapareceram nos montes e
bosques. Está é a origem na crença de que as fadas
habitam as áreas rurais. As lendas dos mitos celtas foram
preservados em textos como "Mabinogion"," o "Livro
branco de Rhyderch " (1300-1325) e o " livro vermelho de
hergest" (1375-1425). Todas as culturas europeias,
entretanto, possuem folclore envolvendo fadas. E, apesar
das crenças sobre as fadas diferirem de uma cultura para
outra, há dois conceitos básicos universais a todos: a
distorção do próprio tempo e as entradas ocultas ao
mundo das fadas.

Página 9
O Secreto Mundo Das Fadas

Diferenças entre elementais

Tenho notado que muita gente que não se aprofundou


nos estudos sobre os elementais, costuma fazer confusão
na hora de classificá-los. Um mago ou bruxa de verdade
deve saber a diferença entre um espírito e outro para
melhor lidar com eles. Quando você invoca algo, seja o que
for, deve saber com o que está lidando e como se livrar

Página
10
O Secreto Mundo Das Fadas

disso depois. A melhor forma é controlando sua


ansiedade!

Elementais da Terra:
Muita gente pensa que elfos, gnomos e duendes são
praticamente a mesma coisa. Mas não é assim. Muitos
países, como os E.U.A A, por exemplo, usam uma única
palavra Elves (elfos) para classificar gnomos, duendes e
elfos. Por isso, muitas pessoas se confundem. Nosso
idioma (o português), por outro lado, é um idioma rico
em palavras. Dessa forma, podemos classificar os
elementais com mais facilidade.
Os gnomos são seres pequeninos, que medem cerca de
15 a 30 cm. Possuem estatura humana. São muito
independentes e autossuficientes. Constroem suas
próprias casas, fabricam seus próprios utensílios e
costuram suas próprias roupas. Costumam viver em
colônia, embora alguns possam ser solitários. Vivem
como o povo de antigamente. Geralmente, são mais
dóceis que os duendes.
Os duendes são maiores que os gnomos e menores
que os elfos. Geralmente, não passam do tamanho de

Página
11
O Secreto Mundo Das Fadas

uma criança de três anos. São mais levados. E alguns


podem trazer muita dor de cabeça.
Os elfos são altos. Muitos altos, como modelos. São
magros, de pele branca e elegante. Entretanto, quando se
diz que elfos são elegantes, não quer dizer que eles sejam
exatamente bonitos e perfeitos esteticamente. Beleza é
uma coisa. Elegância é outra bem
diferente. Esqueça os elfos do Senhor
dos anéis. Embora o filme seja uma
verdadeira obra prima, foge da
realidade quando se trata da
verdadeira identidade desses seres. Os
elfos de J.R. R Tolkie se parecem mais
com anjos celestes. Quando, na verdade, os elfos são
totalmente o oposto. Elfos são os elementais que mais se
afastaram dos humanos. Devido a isso, eles são selvagens
ignorantes.

Eepa, esses aí não são os Orcs e Ogros?

Não! Os elfos não são necessariamente maus. Mas


também não são bonzinhos.
Eles gostam muito das cores preto e branco.
Se acham superiores a toda e qualquer criatura existente.
Costumam serem um pouco exagerados em vários
sentidos.
Não costumam se arrepender de nada e não pedem
desculpa nunca. Até mesmo, quando o erro é nosso, eles
agem como se nada tivesse acontecido, quando perdoam
ou são perdoados.

Página
12
O Secreto Mundo Das Fadas

Não estão acostumados a certas demonstrações de


carinho, como beijo, abraço e aperto de mão. Sendo que
muitos se assustam com isso.
Não falam seus nomes verdadeiros de jeito algum.
Acredito que seja por causa da famosa maldição presente
em muitos contos antigos que contavam que se o
humano que pudesse vê-los, dissesse seu nome em voz
alta, o elfo desapareceria para sempre.
Outra confusão em relação aos elementais que as
pessoas também fazem é com a palavra Fada, usada para
designar o povo mágico. É semelhante à palavra elves
usada pelos americanos. Mas nesse caso, a palavra fada é
usada para definir o povo mágico. Assim, como a palavra
Homem é usada para definir todos os humanos e a
palavra Animal para animais.
Agora, voltando ao assunto, elfos são muitos maliciosos.
Seu apetite sexual costuma ser tão grande quanto sua
fome. Eles estão sempre comendo, doces, salgados... O
que encontram pela frente. Da mesma forma que nunca
satisfazem sua fome, nunca se satisfazem sexualmente.
Ao menos, não com humanos. Eles sempre querem mais
e mais. Possuem fama de estrupadores e de assassinos.
Apesar desse lado sombrio, eles costumam ser muito fiéis
a suas parceiras. Já, as elfas, ao contrário deles, não. Por
isso, alguns elfos podem ser bastante inseguros e
ciumentos, transformando-se "na sombra de suas
parceiras".
Elfos são excelentes curandeiros. Mas podem se
aproveitar de seu conhecimento sobre ervas e etc para
causar doenças e paralisias terríveis aos outros.

Página
13
O Secreto Mundo Das Fadas

Os poderes deles são telepatia, hipnotismo, Ilusen (um


tipo de encantamento que faz a pessoa ver coisas, lugares
e pessoas que não existem). São muito velozes. Tão
velozes quanto o vento. Não
voam. Mas são capazes de dar
saltos incríveis. Dominam
melhor o campo dos sonhos. E
são experts em provocar
pesadelos angustiantes.
Sua comida e bebida
oferecida a humanos costumam ser enfeitiçadas para
ganhar a simpatia e o amor destes. O efeito não dura
mais que alguns dias, quando eles devem oferecer mais
comida e bebida ao humano para mantê-lo cativo de seu
amor.
Elfos são muito sedutores. Não diria "românticos,
"mas" sedutores". E também enfeitiçam com olhares,
beijos e toques. É muito difícil para uma humana resistir a
um elfo. Mas é possível, com muita força de vontade.
Quando uma humana se apaixona por um elfo, por mais
que tente, não consegue esquecê-lo e definha até a
morte.
Elfos levam casamento e família muito a sério. Isso
costuma ser sagrado para eles. Quando tem algum
problema, se reúnem com todos os parentes para juntos,
buscarem uma solução.
Elfos se ofendem fácil e é difícil acalmá-los. Aliás, a
convivência com eles, por si só, é muito complexa porque
eles possuem costumes muito diferentes dos nossos. Por
exemplo, sexo para eles é algo natural que pode ser feito
em grupo e na frente de crianças. Eles não sentem
vergonha de forma alguma.

Página
14
O Secreto Mundo Das Fadas

Há muitos poucos elfos da luz. E


estes costumam ser covardes. Mas
muitos elfos da luz tem se juntado a
elfos da escuridão. Criando dessa
forma, seres possuidores da luz e da
escuridão, do bem e do mal. Capazes
de discernir com mais clareza tudo ao
seu redor. Entretanto, os elfos da escuridão não as
criaturas a se temer, no Reino Élfico. Os Elfos Selvagens,
sim. São criaturas para se temer. Porque são desprovidos
de bons sentimentos. Costumam ser impiedosos, tanto
com sua espécie quanto com humanos e qualquer outra
que ouse cruzar seu caminho. Os estrupadores e
assassinos se escondem entre eles.

Para se atrair um elfo da luz, devemos experimentar


sentimentos puros de sensibilidade, compreensão e
carinho. Porque semelhante atrai semelhante. O que
você atrair não passará de um reflexo positivo ou
negativo seu. Mas duplicado. Por isso, seja prudente. Não
vou dizer para você desistir da experiência com os elfos
porque isso é uma escolha que tem de partir de você. Só
estou fazendo a minha parte. Mostrando a você que o
bem e o mal estão presente em tudo e em todos. Basta
saber equilibrar isso. Se sente inseguro, comece
trabalhando com outras criaturas, como as Hamadriades
(ninfas das plantas). Eu sei o que é cair em propaganda
enganosa de gente que diz que os elementais são isso ou
que são aquilo só para venderem livros. Eu não quero que
mais tarde, alguém diga algo do tipo: "A Daniele disse

Página
15