Você está na página 1de 10

Esta publicação foi escrita sem adesão ao novo acordo ortográfico.

Paulo Gomes , Engº Director Executivo EDITORIAL Arrancamos em 2018 com um significativo novo esforço

Paulo Gomes, Engº

Director Executivo

EDITORIAL Arrancamos em 2018 com um significativo novo esforço de actualização e enriquecimento do conteúdo do nosso sítio internet (apta.pt). Para nossa satisfação, verifica- mos uma interessante reacção dos Exmos. Profissio- nais, traduzida na evolução para uma média mensal de 1.037utilizadores em 2018, que compara com uma média mensal de 713 utilizadores em 2017 (ver gráfico abaixo). O universo consolidado dos nossos prezados utilizadores,

tem, desde o início do corrente ano, a seguinte principal distribuição por países (ver gráfico abaixo): 74% de Por- tugal, 13,5% do Brasil, 2,6% dos E.U.A., 2,2% de Angola

e 1,9% de França. Em relação a Portugal e no mesmo

período anterior, verifica-se a seguinte distribuição por

distritos (ver gráfico abaixo): 33% dos utilizadores são de Lisboa, 23% do Porto, 7,5% de Braga, 5,5% de Aveiro, 5,1% de Setúbal, 4,7% de Coimbra, 3,3% de Leiria, 3,0% de Faro, 2,5% de Santarém e 2,4% de Viseu. Ainda no contexto do sítio apta.pt, chama-se a atenção para o facto de ser necessário um registo prévio, para possibilitar a consulta/descarga de informação téc- nica APTA, em particular a disponibilizada na opção DOCUMENTAÇÃO APTA. Este registo prévio é realizado

clicando em “Registo”, situado abaixo do menu localizado

à esquerda, seguido do preenchimento de um pequeno

questionário de identificação, que culmina no envio para

o e-mail indicado de um “link” de validação, seguido da

“password” associada ao Utilizador. Actualmente, estão registados no sítio apta.pt 6.253 utilizadores, dos quais

mais de 80% pertencem à área das engenharias. Como tema em destaque da presente publicação, com- plementamos a descrição dos principais tipos de válvulas para aplicação em redes de águas, apresentada na APTitude n.º 58, com uma nova série de exemplos prá- ticos das válvulas em causa, detalhando as respectivas especificações técnicas e gamas.

O signatário na qualidade de director executivo da

A.P.T.A., reitera a sua total disponibilidade e aproveita

esta oportunidade para em nome das empresas associa- das e em seu próprio enviar os melhores cumprimentos, com votos de profícuos negócios.

Tema em Destaque

Tipos de válvulas para aplicação em redes de águas.

(CONTINUAÇÃO)

para aplicação em redes de águas. (CONTINUAÇÃO) associação de produtores de tubos e acessórios aptitude
para aplicação em redes de águas. (CONTINUAÇÃO) associação de produtores de tubos e acessórios aptitude

associação de produtores de tubos e acessórios

associação de produtores de tubos e acessórios aptitude 59 atitudes APTA em revista. ANO 20 ·

aptitude59

atitudes APTA em revista.

ANO 20 · JULHO/2018 · SEMESTRAL · DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

N.º MENSAL DE UTILIZADORES DO SÍTIO APTA.PT - 1º SEMESTRE DE 2018:

DE UTILIZADORES DO SÍTIO APTA.PT - 1º SEMESTRE DE 2018: janeiro 2017 abril 2017 julho 2017

janeiro 2017

abril 2017

julho 2017

outubro 2017

janeiro 2018

abril 2018

junho 2018

UTILIZADORES DO SÍTIO APTA.PT POR PAÍS - 1º SEMESTRE DE 2018:
UTILIZADORES DO SÍTIO APTA.PT POR PAÍS - 1º SEMESTRE DE 2018:
UTILIZADORES NACIONAIS DO SÍTIO APTA.PT POR DISTRITO - 1º SEMESTRE DE 2018:
UTILIZADORES NACIONAIS DO SÍTIO APTA.PT POR DISTRITO - 1º SEMESTRE DE 2018:
DO SÍTIO APTA.PT POR DISTRITO - 1º SEMESTRE DE 2018: Manual do Instalador APTA Está disponível

Manual do Instalador APTA

Manual do Instalador APTA Está disponível a 4ª Edição do Capítulo 1 e respectivos Anexos (2

Está disponível a 4ª Edição do Capítulo 1 e respectivos Anexos (2 ficheiros em formato pdf). Para obtenção des- ta edição distribuída gratuitamente, os Exmos. Profis- sionais apenas terão que a solicitar à APTA por e-mail, fax ou carta, explicitando:

- Endereço electrónico,

- Nome do profissional,

- Função,

- Nome da empresa,

- Morada completa,

- Telefone e fax.

A indicação do endereço electrónico é fundamental, dado que o envio dos ficheiros é realizado unicamente por e-mail.

466

ACTUALIZAÇÃO DO CERTIFICADO CERTIF REFERENTE A ACESSÓRIOS DE CANALIZAÇÃO O No contexto da certificação
ACTUALIZAÇÃO DO CERTIFICADO CERTIF
REFERENTE A ACESSÓRIOS DE CANALIZAÇÃO
O
No contexto da certificação obrigatória, por via do De-
creto-Lei n.º 390/89 de 9 de Novembro, confirmado pela
Portaria n.º 193/2005 de 17 de Fevereiro (Capítulo XXI,
Secção III), a CERTIF procedeu à actualização do certifi-
cado referente aos acessórios roscados fabricados em
ferro fundido maleável, das marcas EO e GE da empresa
nossa Associada Porfite Lda.
Assim, esta certificação da conformidade com a norma
europeia EN 10242, passou a estar sustentada no certi-
ficado CERTIF n.º TAC-001/2018, com data de validade
até 2023-03-01. Substituindo o certificado CERTIF n.º
TAC-006/2013.
Este novo certificado substitui e anula o certificado
CERTIF n.º TAC-006/2013.
Conforme estabelecido pela Portaria n.º 193/2005, incum-
be aos técnicos responsáveis pelos projectos de obras
obrigatória imposta pelo Decreto-Lei n.º 390/89.
As entidades e empresas de fiscalização desempenham
claramente um papel fundamental na observância destas
questões, devendo prever nos seus procedimentos ope-
rativos a verificação destas conformidades obrigatórias.
Em particular, os Departamentos do Estado, Empresas
do Sector Público, Câmaras Municipais, Sérviços Mu-
nicipais de Águas e Saneamento, Entidades Gestoras
públicas ou privadas, etc., no seu importante papel de
clientes (donos de obras), ou se aplicável, na qualidade de
entidade fiscalizadora, têm a responsabilidade de serem
exemplares na forma e método de actuação, e natural-
mente coerentes com os regulamentos que elaboraram,
ou ajudaram a elaborar, para o correcto funcionamento
do mercado. Naturalmente, estas exigências devem ser
implementadas e exemplificadas nos concursos públicos
e e
sua execução garantir o cumprimento da certficação
sua execução garantir o cumprimento da certficação
para aquisição de bens ou serviços.
para aquisição de bens ou serviços.

467

DEC-IPV 07·05·2018 ISEC 14·05·2018 SESSÕES TÉCNICAS REDES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS A convite do Sr.
DEC-IPV 07·05·2018
DEC-IPV 07·05·2018
ISEC 14·05·2018
ISEC 14·05·2018
DEC-IPV 07·05·2018 ISEC 14·05·2018 SESSÕES TÉCNICAS REDES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS A convite do Sr. Prof.

SESSÕESTÉCNICAS

REDES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS

SESSÕES TÉCNICAS REDES DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS A convite do Sr. Prof. Francisco Martins, do Departamento

A convite do Sr. Prof. Francisco Martins, do Departamento

de Engenharia Civil (DEC) da Escola Superior de Tecnologia

e Gestão de Viseu, e no contexto da celebração dos 25

anos do DEC, a APTA realizou a 7 de Maio uma palestra, destinada aos alunos da Licenciatura em Engenharia Civil e

do Mestrado em Engenharia de Construção e Reabilitação, com a seguinte estrutura:

CÁLCULO RI - Sistema de Canalização em Aço – Di- mensionamento de Redes de Incêndio Convencionais com base na folha de cálculo APTA. Programa resumido:

alterado pelo n.º 224/2015 e Portaria n.º 1532/2008). - quadramento à luz da regulamentação aplicável: colunas secas, redes de incêndio armadas e colunas húmidas. contra incêndios: requisitos regulamentares, normas e especificações. - ção em redes de segurança contra incêndios: requisitos regulamentares, normas e especificações. em redes de segurança contra incêndios: requisitos regulamentares e especificações.

de produtos em Portugal: mostra e análise do certificado de acessórios roscados.

· Conceito de perdas de carga contínuas e localizadas;

· Perdas de carga contínuas calculadas pelas fórmulas de Flamant e Hazen & Williams. - sível e velocidade admissível) aplicáveis a:

· Colunas secas;

· Redes de incêndio armadas;

· Colunas húmidas.

dimensionamento de redes de segurança contra incêndios dos tipos:

rede de incêndio armada, rede/coluna húmida e rede/coluna seca. cálculo. armada com bocas tipo carretel. Aos participantes na palestra foi fornecido um certificado emitido pelo DEC-IPV.

INSTALAÇÕES DE GÁS EM EDIFÍCIOS

emitido pelo DEC-IPV. INSTALAÇÕES DE GÁS EM EDIFÍCIOS A convite dos Srs. Prof. João Ferreira Mendes

A convite dos Srs. Prof. João Ferreira Mendes e Prof. Virgílio Monteiro de Oliveira, do Departamento de Engenharia Mecânica do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra,

a APTA realizou a 14 de Maio uma palestra, destinada aos alunos dos Mestrados em Engenharia Mecânica/Electro-

mecânica, enquadrada na disciplina de Redes de Fluídos, com a seguinte estrutura:

Sistema de Canalização em Aço - Dimensionamento de Instalações de Gás em Edifícios Programa:

- tualizada pela Portaria n.º 690/2001). edifícios: requisitos regulamentares, normalização e especificações. - zação em instalações de gás para edifícios: requisitos regulamentares, normalização e especificações. ligações mecânicas e ligações soldadas.

· Conceito de perdas de carga contínuas e localizadas;

· Perdas de carga contínuas calculadas pelas fórmulas de Renouard (quadrática e simplificada);

· Observações importantes referentes ao sistema de unidades (formulário APTA). de gás para edifícios:

· Dimensionamento em média pressão;

· Dimensionamento em baixa pressão.

pressão:

· Critérios de simultaneidade;

· Perda de carga admissível;

· Velocidade de escoamento admissível.

dimensionamento de instalações de gás para edifícios:

· Apresentação, estrutura e funcionamento;

· Dimensionamento da instalação colectiva;

· Dimensionamento das instalações individuais. gás para edifícios.

468

PORTEFÓLIO DE FOLHAS DE CÁLCULO DA APTA AO DISPOR DOS PROJECTISTAS

REDES DE INCÊNDIO CONVENCIONAIS

REDES DE INCÊNDIO CONVENCIONAIS
REDES DE INCÊNDIO CONVENCIONAIS
REDES DE INCÊNDIO CONVENCIONAIS

REDES DE INCÊNDIO COM SPRINKLERS

REDES DE INCÊNDIO COM SPRINKLERS
REDES DE INCÊNDIO COM SPRINKLERS
REDES DE INCÊNDIO COM SPRINKLERS
REDES DE GÁS PARA EDIFÍCIOS
REDES DE GÁS
PARA EDIFÍCIOS

REDES DE ÁGUAS PARA EDIFÍCIOS

469

Tema em Destaque

Tipos de válvulas para aplicação em redes de águas.

Em continuação do Tema em Destaque da APTitude anterior (n.º 58), apresenta-se um conjunto de novos exemplos práticos das válvulas em causa.

EXEMPLO 6 - VÁLVULA DE FILTRAGEM

Ref.ª 510 FILTRO EM “Y” - FLANGEADO equipado com malha metálica em aço inox

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Principal matéria prima

- ferro fundido cinzento, conforme a EN 1561, da classe EN-GJL-250: R m = 250 MPa.

Flanges

- conformes a EN 1092-2 PN 10 / PN 16.

Distância entre flanges

- conforme a EN 558 Série 1 (DIN 3202-1 F1).

Pressão de serviço

- PN 16.

Temperatura de serviço

- -10 ºC a 140 ºC.

Acabamento

- revestimento interior e exterior EPOXY, espessura: 250 μm.

Ensaios de pressão

- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.

Detalhes construtivos

- concepção unidirecional.

-

instalação horizontal ou vertical.

Aplicações - protecção de equipamentos em: sistemas de águas em geral, redes de adução, bombeamento e fornecimento de águas, aplicações industriais, sistemas de rega, hidráulica e construção civil, climatização, etc.

GAMA DIMENSIONAL

Código da

Dimensão da tubagem

válvula

Dimensão

Dimensão

Diâmetro

Nominal

Imperial

Exterior

DN

NPS

D

 

e

 

mm

VF510040

DN 40

1

1/2

48,3

VF510050

DN 50

2

60,3

VF510065

DN 65

2 1/2

76,1

VF510080

DN 80

3

88,9

VF510100

DN 100

4

114,3

VF510125

DN 125

5

139,7

VF510150

DN 150

6

168,3

VF510201

DN 200

8

219,1

VF510200

DN 200

8

219,1

VF510251

DN 250

10

273,0

VF510250

DN 250

10

273,0

VF510301

DN 300

12

323,9

VF510300

DN 300

12

323,9

VF510350

DN 350

14

355,6

VF510400

DN 400

16

406,4

Dimensões aproximadas da válvula

Atravancamento

Flange EN 1092-2 PN 10/16

L

H

ØA

PN

D

K

n - d

G

b

mm

mm

mm

mm

mm

nº - mm

mm

mm

200

118

1,5

16

150

110

4 - 19

88

18

230

178

1,5

16

165

125

4 - 19

102

20

290

211

1,5

16

185

145

4 - 19

122

20

310

202

1,5

16

200

160

8 - 19

138

22

350

226

3,0

16

220

180

8 - 19

158

24

400

264

3,0

16

250

210

8 - 19

188

26

480

309

3,0

16

285

240

8 - 23

212

26

600

410

3,0

10

340

295

8 - 23

268

30

600

410

3,0

16

340

295

12 - 23

268

30

730

444

3,0

10

395

350

12 - 23

320

32

730

444

3,0

16

405

355

12 - 28

320

32

850

486

3,0

10

455

400

12 - 23

370

32

850

486

3,0

16

460

410

12 - 28

378

32

980

595

3,0

16

520

470

16 - 28

438

36

1100

673

3,0

16

580

525

16 - 31

490

38

EXEMPLO 7 - VÁLVULA DE RETENÇÃO

Ref.ª 520 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE PRATO DUPLO - TIPO “WAFER” equipada com sede em NBR

DE PRATO DUPLO - TIPO “WAFER” equipada com sede em NBR ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Principal matéria prima

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Principal matéria prima

- ferro fundido cinzento, conforme a EN 1561, da classe EN-GJL-250: R m = 250 MPa.

Compatibilidade

- adequada para flanges PN 10 e PN 16.

 

Acabamento

- revestimento exterior EPOXY, espessura: 250 μm.

Distância entre flanges

- conforme a EN 558 Série 50 (DIN 3202-1).

 

Pressão de serviço

- PN 16.

 

Temperatura de serviço

- -10 ºC a 80 ºC.

 

Ensaios de pressão

- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.

Detalhes construtivos

- para ser inserida entre flanges.

- instalação horizontal ou vertical.

-

estanquidade absoluta.

- concepção unidirecional.

Aplicações

- sistemas de águas em geral, redes de adução, bombeamento e fornecimento de águas, aplicações industriais, sistemas de rega, hidráulica e construção civil, cli- matização, óleos e gasóleo, etc.

Peso aproxim. da válvula W kg 7,2 11,5 16,5 18,9 24,7 36,1 50,2 88,8 88,8
Peso
aproxim.
da válvula
W
kg
7,2
11,5
16,5
18,9
24,7
36,1
50,2
88,8
88,8

135,5

135,5

210,0

210,0

294,0

REFª 510

399,0
399,0

470

GAMA DIMENSIONAL

 

Código da

 

Dimensão da tubagem

Dimensões aproxi- madas da válvula

Peso

válvula

 

aproxim.

Dimensão

Dimensão

Diâmetro

Atravancamento

da válvula

Nominal

Imperial

Exterior

W

     

DN

NPS

D

L

G

Di

     

e

       
     

mm

mm

mm

mm

kg

VF520040

DN

40

1

1/2

48,3

43

92

65

1,2

VF520050

DN

50

2

60,3

54

107

65

1,9

VF520065

DN

65

2

1/2

76,1

54

127

80

2,5

VF520080

DN

80

3

88,9

57

142

94

2,9

VF520100

DN 100

4

114,3

64

162

117

4,5

VF520125

DN 125

 

5

139,7

70

192

145

6,3

VF520150

DN 150

6

168,3

76

218

170

9,0

VF520200

DN 200

8

219,1

95

273

224

15,7

VF520250

DN 250

10

273,0

108

329

265

23,8

VF520300

DN 300

12

323,9

143

384

312

41,0

VF520350

DN 350

14

355,6

184

446

360

61,0

DN 350 14 355,6 184 446 360 61,0 REFª 520 EXEMPLO 8 - VÁLVULA DE RETENÇÃO

REFª 520

EXEMPLO 8 - VÁLVULA DE RETENÇÃO

Ref.ª 540 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE CHARNEIRA - TIPO “WAFER” equipada com vedantes tipo O-ring em Viton

TIPO “WAFER” equipada com vedantes tipo O-ring em Viton ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Principal matéria prima -

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Principal matéria prima

- aço inoxidável da qualidade AISI 316.

Compatibilidade

- adequada para flanges conformes a EN 1092-2 PN 16.

Pressão de serviço

- PN 16.

Temperatura de serviço

- -10 ºC a 150 ºC.

Ensaios de pressão

- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.

Detalhes construtivos

- para ser inserida entre flanges.

- passagem total, com uma perda de carga mínima.

- instalação horizontal ou vertical.

- concepção unidirecional.

Aplicações

- sistemas de águas em geral, redes de adução, bombeamento e fornecimento de águas, aplicações industriais, hidráulica e construção civil, climatização, etc.

GAMA DIMENSIONAL

 

Código da

 

Dimensão da tubagem

Dimensões aproxi- madas da válvula

Peso

válvula

 

aproxim.

Dimensão

Dimensão

Diâmetro

Atravancamento

da válvula

Nominal

Imperial

Exterior

W

     

DN

NPS

D

L

G

Di

     

e

       
   

mm

mm

mm

mm

kg

VF540050

DN

50

2

60,3

14

107

32

1,0

VF540065

DN

65

2

1/2

76,1

14

127

40

1,5

VF540080

DN

80

3

88,9

14

142

54

2,0

VF540100

DN 100

4

114,3

18

162

70

2,5

VF540125

DN 125

5

139,7

18

192

92

3,5

VF540150

DN 150

6

168,3

20

218

114

4,5

VF540200

DN 200

8

219,1

22

273

154

7,5

VF540250

DN 250

10

273,0

26

329

200

12,0

200 8 219,1 22 273 154 7,5 VF540250 DN 250 10 273,0 26 329 200 12,0
200 8 219,1 22 273 154 7,5 VF540250 DN 250 10 273,0 26 329 200 12,0

REFª 540

471

EXEMPLO 9 - VÁLVULA DE RETENÇÃO

Ref.ª 550 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE BOLA - FLANGEADA equipada com bola revestida a NBR
Ref.ª 550 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE BOLA - FLANGEADA
equipada com bola revestida a NBR
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Principal matéria prima
- ferro fundido dúctil (nodular), conforme a EN 1563, da classe EN-GJS-400-15:
R m = 400 MPa ; R p0,2 = 250 MPa ; A = 15 %.
Flanges
- conformes a EN 1092-2 PN 10/16.
Distância entre flanges
- conforme a EN 558 Série 48 (DIN 3202-1 F6).
Pressão de serviço
- PN 16.
Temperatura de serviço
- -10 ºC a 80 ºC.
Acabamento
- revestimento interior e exterior EPOXY, espessura: 250 μm.
Ensaios de pressão
- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.
Detalhes construtivos
- passagem total, com uma perda de carga mínima.
- concepção unidirecional.
- instalação horizontal ou vertical.
Aplicações
- depuração e bombeamento de águas residuais.
- desenhada para líquidos contaminado, densos e viscosos.
- óleos, etc.
GAMA DIMENSIONAL
Código da
Dimensão da tubagem
Dimensões aproximadas da válvula
Peso
válvula
aproxim.
Dimensão
Dimensão
Diâmetro
Atravancamento
Flange EN 1092-2 PN 10/16
da válvula
Nominal
Imperial
Exterior
W
L
H
PN
D
K
n - d
DN
NPS
D
e
mm
mm
mm
mm
mm
nº - mm
kg
VF550040
DN 40
1
1/2
48,3
180
98
16
150
110
4 - 19
7,0
VF550050
DN 50
2
60,3
200
106
16
165
125
4 - 19
7,5
VF550065
DN 65
2 1/2
76,1
240
129
16
185
145
4 - 19
11,0
VF550080
DN 80
3
88,9
260
146
16
200
160
8 - 19
15,0
VF550100
DN 100
4
114,3
300
194
16
220
180
8 - 19
22,0
VF550125
DN 125
5
139,7
350
207
16
250
210
8 - 19
34,0
VF550150
DN 150
6
168,3
400
240
16
285
240
8 - 23
46,0
VF550201
DN 200
8
219,1
500
322
10
340
295
8 - 23
90,0
VF550200
DN 200
8
219,1
500
322
16
340
295
12 - 23
90,0
VF550251
DN 250
10
273,0
600
388
10
395
350
12 - 23
163,0
VF550250
DN 250
10
273,0
600
388
16
405
355
12 - 28
163,0
REFª 550
VF550301
DN 300
12
323,9
700
458
10
455
400
12 - 23
230,0
VF550300
DN 300
12
323,9
700
458
16
460
410
12 - 28
230,0
EXEMPLO 10 - VÁLVULA DE RETENÇÃO
Ref.ª 555 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE BOLA - ROSCADA
equipada com bola revestida a NBR
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Principal matéria prima
- ferro fundido dúctil (nodular), conforme a EN 1563, da classe EN-GJS-400-15:
R m = 400 MPa ; R p0,2 = 250 MPa ; A = 15 %.
Roscas
- fêmea, com estanquidade nos filetes, conforme a EN 10226-1.
Pressão de serviço
- PN 16.
Temperatura de serviço
- -10 ºC a 80 ºC.
Acabamento
- revestimento interior e exterior EPOXY, espessura: 250 μm.
Ensaios de pressão
- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.
Detalhes construtivos
- passagem total, com uma perda de carga mínima.
- concepção unidirecional.
- instalação horizontal ou vertical.
Aplicações
- depuração e bombeamento de águas residuais urbanas ou industriais.
- desenhada para líquidos contaminados, densos e viscosos.
- óleos, etc.
de águas residuais urbanas ou industriais. - desenhada para líquidos contaminados, densos e viscosos. - óleos,

472

REFª 555
REFª 555

GAMA DIMENSIONAL

 

Código da

Dimensão da tubagem

Dimensões aproximadas

Peso

válvula

 

da válvula

aproxim.

Dimensão

Dimensão

Diâmetro

Atravancamento

 

da válvula

Nominal

Imperial

Exterior

 

W

     

DN

NPS

D

LhG

     

e

       
   

mm

mm

mm

 

“ kg

VF555005

DN 25

 

1

33,7

125

75

 

1 1,5

VF555006

DN 32

1 1/4

42,4

132

75

1 1/4

1,5

VF555007

DN 40

1 1/2

48,3

145

85

1 1/2

2,5

VF555008

DN 50

 

2

60,3

174

116

 

2

3,5

VF55500A

DN 65

2

1/2

76,1

200

140

2

1/2

5,0

VF55500B

DN 80

3

88,9

243

160

3

11,0

EXEMPLO 11 - VÁLVULA DE RETENÇÃO Ref.ª 560 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE DISCO AXIAL -
EXEMPLO 11 - VÁLVULA DE RETENÇÃO
Ref.ª 560 VÁLVULA DE RETENÇÃO DE DISCO AXIAL - FLANGEADA
equipada com junta de vedação NBR
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Corpo
- ferro fundido cinzento, conforme a EN 1561, da classe EN-GJL-250: R m = 250 MPa.
Obturador e Guia
- ferro fundido dúctil (nodular), conforme a EN 1563, da classe EN-GJS-400-15: R m =
400 MPa ; R p0,2 = 250 MPa ; A = 15 %.
Flanges
- conformes a EN 1092-2 PN 16.
Pressão de serviço
- PN 16.
Temperatura de serviço
- -10 ºC a 80 ºC.
Acabamento
- revestimento interior e exterior EPOXY, espessura: 250 μm.
Ensaios de pressão
- ensaios unitários de pressão conformes a EN 12266-1.
Detalhes construtivos
- estanquidade absoluta.
- funcionamento silencioso.
- concepção unidirecional.
- funcionamento em todas as posições.
- uso como válvula de aspiração, acrescentando o filtro Ref. 565.
Aplicações
- sistemas de águas em geral.
- redes de adução, bombeamento e fornecimento de águas.
- depuração e bombeamento de águas residuais urbanas ou industriais.
- sistemas de rega.
- hidráulica e construção civil.
- climatização, etc.
GAMA DIMENSIONAL
Código da
Dimensão da tubagem
Dimensões aproximadas da válvula
Peso
válvula
aproxim.
Dimensão
Dimensão
Diâmetro
Atravan-
Flange EN 1092-2 PN 16
da válvula
Nominal
Imperial
Exterior
camento
W
DN
NPS
D
e
L
D
K
n - d
mm
mm
mm
mm
nº - mm
kg
VF560050
DN 50
2
60,3
100
165
125
4 - 19
5,7
VF560065
DN 65
2 1/2
76,1
120
185
145
4 - 19
8,7
VF560080
DN 80
3
88,9
140
200
160
8 - 19
10,8
VF560100
DN 100
4
114,3
170
220
180
8 - 19
13,5
VF560125
DN 125
5
139,7
200
250
210
8 - 19
21,0
VF560150
DN 150
6
168,3
230
285
240
8 - 23
30,0
VF560200
DN 200
8
219,1
301
340
295
12 - 23
49,0
VF560250
DN 250
10
273,0
370
405
355
12 - 28
73,3
VF550300
DN 300
12
323,9
410
460
410
12 - 28
112,0
REFª 560

473

EXEMPLO 12 - VÁLVULA DE BORBOLETA Ref.ª 901 VÁLVULA DE BORBOLETA - TIPO “WAFER” (BOLACHA)
EXEMPLO 12 - VÁLVULA DE BORBOLETA
Ref.ª 901 VÁLVULA DE BORBOLETA - TIPO “WAFER” (BOLACHA)
equipada com volante para manobra
ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS
Principal matéria prima
- ferro fundido cinzento, conforme a EN 1561, da classe
EN-GJL-250: R m = 250 MPa.
Compatibilidade
- adequada para flanges PN 10 e PN 16.
Acabamento
- revestimento exterior EPOXY, espessura: 250 μm.
Flange da haste
- conforme a EN ISO 5211.
Pressão de serviço
- PN 16.
Temperatura de serviço
- -10 ºC a 120 ºC.
Detalhes construtivos
- para ser inserida entre flanges.
- válvula de regulação.
- haste interior caracterizada por uma peça única.
- não utiliza pinos ou cavilhas na união disco-haste (excep-
to
DN 350, DN 400 e DN 500).
- não necessita de juntas para a montagem entre flanges.
- pescoço longo para facilitar o isolamento térmico da
válvula.
- concepção bidirecional.
Aplicações - sistemas de águas em geral, redes de adução, bombea-
mento e fornecimento de águas, aplicações industriais
a
baixas pressões e temperaturas, sistemas de rega,
hidráulica e construção civil, climatização, etc.
GAMA DIMENSIONAL
Código da
Dimensão da tubagem
Dimensões aproximadas da válvula
Peso
válvula
aproxim.
Dimensão
Dimensão
Diâmetro
Atravancamento
Diversos
Flange EN ISO 5211
da válvula
Nominal
Imperial
Exterior
W
ØDi
A
B
C
L
G
E
F
H
I
ØD 2
ØD 1
n-Ød 2
Ød 3
S
Tipo
n-Ød 1
ØF
ØE
DN
NPS
D
e
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
mm
nº - mm
mm
mm
nº - mm
mm
mm
kg
VF901040
DN 40
1
1/2
48,3
42,8
150
65
33
24
61
52
153
52
45
146
110
4 - 19
12,6
9x9
F05
4 - 7
70
50
5,1
VF901050
DN 50
2
60,3
52,9
161
75
42
29
61
52
153
52
45
146
125
4 - 19
12,6
9x9
F05
4 - 7
70
50
5,8
VF901065
DN 65
2 1/2
76,1
64,5
175
89
45
29
61
52
153
52
45
146
145
4 - 19
12,6
9x9
F05
4 - 7
70
50
6,2
VF901080
DN 80
3
88,9
78,8
181
95
46
26
61
52
153
52
45
146
160
4 - 19
12,6
11x11
F05
4 - 7
70
50
6,5
VF901100
DN 100
4
114,3
104,0
200
114
52
26
61
52
153
52
45
146
180
4 - 19
15,8
11x11
F05
4 - 7
70
50
7,7
VF901125
DN 125
5
139,7
123,3
213
127
55
28
61
52
153
52
45
146
210
4 - 19
18,9
14x14
F07
4 - 9
90
70
10,2
VF901150
DN 150
6
168,3
155,1
226
139
56
32
61
52
153
52
45
146
240
4 - 23
18,9
14x14
F07
4 - 9
90
70
10,8
VF901200
DN 200
8
219,1
202,5
260
175
61
29
73
75
250
75
63
266
295
4 - 23
22,1
17x17
F07
4 - 9
90
70
18,1
VF901250
DN 250
10
273,0
250,5
292
203
66
38
73
75
250
75
63
266
355
4 - 28
28,5
22x22
F10
4 - 12
125
102
25,0
VF901300
DN 300
12
323,9
301,6
337
242
77
34
73
81
227
81
80
266
410
4 - 28
31,6
22x22
F10
4 - 12
125
102
37,0
VF901350
DN 350
14
355,6
333,3
368
267
77
45
73
81
227
81
80
300
470
4 - 26
31,6
22x22
F10
4 - 12
140
102
49,0
VF901400
DN 400
16
406,4
389,6
400
309
87
52
98
127
250
127
120
300
525
4 - 30
33,2
27x27
F14
4 - 18
197
140
77,0
VF901500
DN 500
20
508,0
491,6
489
361
127
65
120
127
250
127
120
300
650
4 - 28
41,2
36x36
F14
4 - 18
197
140
139,0
REFª 901

474

No cumprimento do Decreto-Lei n.º 390/89, aceite unicamente certificados emitidos pela CERTIF. Aplicável a: ·
No cumprimento
do Decreto-Lei n.º 390/89,
aceite unicamente
certificados emitidos
pela CERTIF.
Aplicável a:
· Tubos de aço EN 10255 e EN 10217-1
· Acessórios roscados em fundição maleável EN 10242
associação de produtores de tubos e acessórios

COM O APOIO DE:

PORFITE Acessórios para Canalizações, Lda. Acessórios para Canalizações, Lda.

Tel. 229 410 583 · Fax 229 410 644 Rua do Outeiro, 280 · Sector 3 · MOREIRA 4470-637 MOREIRA MAIA vendas@porfite.pt · www.porfite.pt

ATUSA Grupo Empresarial, SA Grupo Empresarial, SA

Tel. +34.945 180 000 · Fax +34.945 300 153 Polígono Industrial ATUSA · Agurain E 01200 SALVATIERRA - Álava (España) info@atusa.es · www.atusa.es

FICHA TÉCNICA:

Distribuição em formato digital gratuíta.

Propriedade: APTA Associação de Produtores de Tubos e Acessórios

Coordenação: Paulo Gomes (Engº) Grafismo: brandcreativestore.pt

Paulo Gomes (Engº) Grafismo: brandcreativestore.pt associação de produtores de tubos e acessórios Tel. 229

associação de produtores de tubos e acessórios

Tel. 229 444 532 Fax 229 444 531 Apartado 6066 4476-908 OUTEIRO MAIA www.apta.pt info@apta.pt

6066 4476-908 OUTEIRO MAIA www.apta.pt info@apta.pt PEDIDO DE INFORMAÇÃO: A indicação do endereço

PEDIDO DE INFORMAÇÃO:

A indicação do endereço electrónico é fundamental, dado que o envio da APTITUDE e das Folhas de Cálculo APTA, é realizado unicamente por e-mail.

aptitude

atitudes APTA em revista.

NOME

FUNÇÃO

EMPRESA

ACTIVIDADE

MORADA

C. POSTAL

TEL.

FAX

E-MAIL

Sim, desejo receber gratuitamente esta publicação periódica

Sim, desejo receber gratuitamente a “Folha de Cálculo Gás - APTA” (Formato Excel)

Sim, desejo receber gratuitamente a “Folha de Cálculo Redes de Incêndio - APTA” (Formato Excel)

Sim, desejo receber gratuitamente a “Folha de Cálculo Redes de Sprinklers - APTA” (Formato Excel)

Sim, desejo receber gratuitamente a “Folha de Cálculo Águas - APTA” (Formato Excel)

Enviar por FAX, CARTA ou E-MAIL para: APTA, Associação de Produtores de Tubos e Acessórios · Apartado 6066 · 4476-908 OUTEIRO MAIA · Fax: 229 444 531 · info@apta.pt

475