Você está na página 1de 6

O que é Eletromagnetismo

Início » Física » Eletromagnetismo » O que é Eletromagnetismo

Eletromagnetismo

ÍMÃS
Os fenômenos magnéticos são conhecidos desde a Antiguidade. Naquela época já se utilizavam certas
pedras – que tinham a propriedade de atrair pedaços de ferro – na orientação da rota de grandes viagens.

O vocábulo magnetismo é devido a uma região chamada Magnésia, localizada na Turquia, local em que
essas pedras foram encontradas. Quando suspensas por seus centros de massa, tais pedras orientavam-
se sempre no sentido norte-sul. Eram construídas de óxido de ferro e denominadas magnéticas.
Atualmente, recebem o nome genérico de ímã natural. Só mais tarde descobriu-se a possibilidade de
fabricar ímãs artificiais.

Os ímãs artificiais são, normalmente, barras de ferro ou aço às quais se transmite a propriedade
magnética. Eles levam vantagem sobre os ímãs naturais por terem maior poder atrativo e, também
porque podem receber a forma mais conveniente ao seu uso.

Todo ímã apresenta duas regiões distintas, denominadas pólos, que possuem comportamentos opostos:
pólo norte e pólo sul.

A experiência comprova a seguinte propriedade básica do magnetismo:

Pólos magnéticos de mesmo nome repelem-se e de nomes contrários atraem-se.


CAMPO MAGNÉTICO

Analogamente ao campo elétrico, denomina-se campo magnético a região ao redor de um ímã na qual
ocorre um efeito magnético.

A sua representação é feita por linhas de campo ou linhas de indução, que são linhas imaginárias
fechadas que saem do pólo norte e entram no pólo sul.

No interior do ímã, as linhas de campo vão do pólo sul para o pólo norte.

Cada ponto de um campo magnético é caracterizado por um vetor denominado vetor indução elétrica ou
vetor campo magnético, sempre tangente às linhas de campo e no mesmo sentido delas. A sua
intensidade será definida mais adiante.

Diz-se que um campo magnético é uniforme quando o vetor campo magnético é constante em todos os
pontos do campo. Nesse caso, sua representação é um conjunto de linhas paralelas igualmente
espaçadas e igualmente orientadas.

Campo Magnético criado por corrente elétrica num fio retilíneo

Em 1820, o físico dinamarquês Hans C. Oersted (1777-1851) verificou, experimentalmente, que a


corrente elétrica cria um campo magnético ao seu redor.

Oersted montou um circuito, mantendo um trecho do condutor esticado na direção norte-sul, colocando
bem próximo e sob esse trecho uma bússola.

Verificou que, ao fechar o circuito, a agulha magnética da bússola sofria um desvio e permanecia quase
perpendicular ao condutor, graças ao aumento da corrente. Verificou ainda que, se o sentido da corrente
fosse invertido, a agulha também sofria uma inversão em seu sentido.

Da experiência, Oersted concluiu que:

Uma corrente elétrica cria ao seu redor um campo magnético.


Próxima página (2)

Video relacionado


V
oltar

I
mprimir

I
ndicar

F
órum de Física

B
ate-papo

D
úvidas? Fale com o Professor.

Compartilhe esse conteúdo

twitter MySpace facebook delicious Windows Live Google digg

Fórum de Discussão

• Fórum de Física

Conteúdo Relacionado

• Campo Magnético
Mais matérias de Física

• Ligação Iônica A ligação iônica envolve forças eletrostáticas...

• Velocidade Vetorial Numa trajetória qualquer, a velocidade média é ...

• Satélite Artificial Satélites artificiais são engenho colocados, por meio de ...

• Lâmpada de Incandescêcia Consta de um fio de tungstênio em forma de espiral ...

• O que são Resistores Resistores são todos os aparelhos elétricos que...

• Guia de Atuação Saiba onde Atuar em Geofísica

• Magnetismo Magnetismo, um dos aspectos do eletromagnetismo...

• Teoria Relatividade A teoria da relatividade de Einstein surge como...

Tags
a força dilatação elementos de um circuito elétrico lei primeira lei de newton segunda lei de newton sentido da corrente elétrica vetores

calor corrente elétrica eletrodinâmica eletromagnetismo imãs luz refração resistencia elétrica transmissão unidade de resistividade
a força as forças de ação-e-reação carga elétrica cinemática dilatação eletrização de um corpo elementos de
um circuito elétrico gravitacão universal lei primeira lei de newton princípio da ação e reação princípio da
inércia segunda lei de newton sentido da corrente elétrica terceira lei de newton vetores calor calorimetria
corrente elétrica eletrodinâmica eletromagnetismo hidrostática imãs luz refração resistencia
elétrica teorema de stevin termologia transmissão unidade de resistividade

Física

• Acústica
• Albert Einstein
• Análise dimensional
• Ângulo Limite e Reflexão Total
• Arquimedes
• Associação e Rotação de Espelhos Planos
• Atrito entre sólidos
• Calorimetria
• Campo elétrico
• Campo elétrico uniforme
• Campo magnético
• Campo Magnético da Terra
• Capacitores
• Centro de massa
• Cinemática
• Cinemática Escalar
• Cinemática Vetorial
• Circuito simples
• Colisão mecânica
• Complementos de mudanças de estado
• Componentes da força resultante
• Composição dos Movimentos
• Condutor em equílibrio eletrostático
• Corrente e tensão elétrica
• Curva característica de um gerador
• Dilatação Térmica
• Dinâmica
• Dioptro Plano
• Eletricidade
• Eletrização
• Eletrodinâmica
• Eletromagnetismo
o Campo Magnético
o Campo Magnético
o O que é Eletromagnetismo
 Eletromagnetismo




o O que é Eletromagnetismo
o
o
o
o
• Eletrostática
• Energia mecânica
• Esfera condutora eletrizada
• Estática
• Estática, Gravitação, Hidrostática, Eletromagnetismo
• Estudo do plano inclinado
• Estudo dos Geradores
• Estudo matemático da onda
• Fenômenos ondulatórios
• Fenômenos Ópticos - Leis da Reflexão
• Fontes de campo magnético
• Força Elétrica
• Força eletrostática
• Força magnética sobre condutor retilíneo
• Fundamentos da Cinemática escalar
• Geradores elétricos
• Gravitação
• Hidrostática
• Holografia
• Impulso de uma Força
• Impulso e quantidade de movimento
• Indução eletromagnética
• Inércia
• Instrumentos de Óptica
• Interferência de ondas
• Introdução à Óptica
• Lâmina de Faces Paralelas
• Lançamento de projéteis
• Lei de Dalton
• Leis da Refração
• Leis de Kirchhoff
• Leis de Newton
• Leis de Newton e suas aplicações
• Lentes Esféricas
• Ligação Covalente
• Ligação Iônica
• Magnetismo
• Medidores elétricos
• Movimento Ondulatório
• Movimento uniforme
• Movimento Uniforme Variado (MUV)
• Movimento uniformemente variado
• Movimento vertical do projétil sob ação da gravidade
• Movimentos Circulares
• Mudanças de estado
• Noções gerais de ondas
• Ondas
• Ondas
• Óptica
• Óptica da Visão
• Óptica Geométrica
• Oscilações
• Partícula eletrizada num campo magnético uniforme
• Potência e Energia Elétrica
• Potência mecânica
• Potencial eletrostático
• Prismas Ópticos
• Propriedades do campo elétrico
• Reação Artificial
• Receptores elétricos
• Reflexão da Luz: Espelhos Esféricos
• Reflexão e refração de ondas
• Refração da Luz
• Resistores
• Rutherford e Bohr
• Satélite Artificial
• Teoria dos erros
• Termodinâmica
• Termologia
• Termologia e Eletrodinâmica
• Termometria
• Trabalho
• Trabalho e Energia
• Transmissão de Calor
• Vetores


• Sobre o site
• Cadastro
• Professores
• Termos de uso
• Fale conosco

© Copyright 2001-2010 Grupo iPED. Todos os direitos reservados.


Permitida a reprodução