Você está na página 1de 6

FICHA DE AVALIAÇÃO SUMATIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA

Nome do aluno: _____________________________________________ Ano e turma: _______


N.º ______ Data: ___ /___ /___
Avaliação: ______________________________ Tomei conhecimento.
O Professor: ____________________________ O Enc.o de Educ. ______________________

1. Lê, atentamente, o texto e as perguntas.

QUERO UMA FESTA!

“Porque a noite é diferente do dia.


E durante o dia as flores estão presas à terra e não se podem mexer. Mas a noite
liberta as flores. E de noite as flores dançam e passeiam. E naquele jardim durante o dia
mandavam a dona da casa e o jardineiro. Mas durante a noite mandava o Rapaz de
Bronze.
Entre o roseiral e o parque, num lugar sombrio, solitário e verde, havia um
pequeno jardim rodeado de árvores altíssimas que o cobriam com os seus ramos. No
meio desse jardim havia um lago redondo sempre cheio de folhas. No centro do lago
havia uma ilha muito pequena feita de pedregulhos e onde cresciam fetos. E no centro
da ilha estava uma estátua que era um rapaz feito de bronze.
E durante o dia o Rapaz de Bronze não se podia mexer e tinha de estar muito
quieto, sempre na mesma posição, porque era uma estátua. Mas durante a noite ele
falava, mexia, caminhava, dançava, e era ele quem mandava nos jardins, no parque, no
pinhal, nos pomares e no campo. E todas as árvores e todos os animais e todas as
plantas lhe obedeciam porque ele era o senhor do jardim e o rei da noite.
– Olá! – disse o Rapaz de Bronze quando viu aparecer o Gladíolo – , que vens tu
fazer a este lugar solitário?
– Preciso de te pedir um favor. Quero que me dês licença para eu organizar
uma festa: uma festa aqui no jardim, uma festa de flores igual às festas dos homens.
– Uma festa igual às dos homens? Mas para quê? Nós não precisamos de mais
festas. Para nós tudo é uma festa: é uma festa o orvalho da manhã, é uma festa a luz do
sol, é uma festa a brisa da tarde, é uma festa a sombra da noite. As flores não precisam
de outras festas. E eu também não.”

Sophia de Mello Breyner Andresen (1994), O Rapaz de Bronze, Salamandra, Lisboa

1
A
1- Qual o nome da autora do livro: “O Rapaz de Bronze”? ____________________
______________________________________________________________________

2- Qual é o tipo de narrador presente neste excerto? Justifica a tua resposta.


a) O narrador é presente, porque os verbos estão escritos na terceira pessoa.
b) O narrador é presente, porque é uma personagem da história.
c) O narrador é ausente, porque não participa na história.
d) O narrador é ausente, porque os verbos estão escritos na primeira pessoa.

3- “Porque a noite é diferente do dia.”


3.1- Explica esta afirmação.
a) A noite é diferente do dia, porque de noite as flores podem-se movimentar.
b) A noite é diferente do dia, porque de noite as flores não se podem
movimentar.
c) A noite é diferente do dia, porque de dia as flores podem-se movimentar.
d) A noite é diferente do dia, porque de dia as pessoas vão dormir.

3.2- Quem é que de dia mandava no jardim? E de noite?


a) De dia, quem mandava no jardim era o Rapaz de Bronze e, de noite, era a
Dona da Casa e o jardineiro.
b) De dia, quem mandava no jardim era a Dona da Casa e o jardineiro e, de
noite, era o Rapaz de Bronze.
c) Tanto de dia como de noite, quem mandava no jardim era o Rapaz de
Bronze.
d) Tanto de dia como de noite quem mandava no jardim era a Dona da Casa e o
jardineiro.

4- Localiza a história no espaço.


a) A história passa-se de noite.
b) A história passa-se no jardim.
c) A história passa-se na Clareira dos Plátanos.
d) A história passa-se no Verão.

5- Identifica o recurso expressivo utilizado nas seguintes frases:


5.1- “Num lugar sombrio, solitário e verde”.
a) Comparação; b) Metáfora; c) Tripla Adjetivação; d) Adjetivação.

5.2- “Mas durante a noite ele falava, mexia, caminhava, dançava, e era ele quem
mandava nos jardins”.
a) Comparação; b) Metáfora; c) Tripla Adjetivação; d) Enumeração.

5.3– “Quero que me dês licença para eu organizar uma festa: uma festa aqui no jardim,
uma festa de flores igual às festas dos homens.”
a)Repetição; b) Enumeração; c) Tripla Adjetivação; d) Adjetivação.

6- Entre que dois espaços se situava o jardim?


a) O jardim situava-se entre o parque e o lago.
b) O jardim situava-se entre o parque e o roseiral.
c) O jardim situava-se entre a clareira e o roseiral.
d) O jardim situava-se entre o roseiral e a ilha.

2
7- A frase: “No centro da ilha havia um lago onde estava uma estátua” não está de
acordo com o texto. Corrige-a.
a) No centro do lago havia uma ilha onde estava uma estátua.
b) No centro do jardim havia um lago onde estava uma estátua.
c) No centro do lago havia um jardim onde estava uma estátua.
d) No centro da ilha havia um jardim onde estava uma estátua.

8- Descreve o local onde o Rapaz de Bronze se encontra.


a) O Rapaz de Bronze encontra-se no centro de uma ilha muito pequena.
b) O Rapaz de Bronze encontra-se no centro do jardim rodeado de árvores
altíssimas.
c) O Rapaz de Bronze encontra-se no centro do lago redondo sempre cheio de
folhas.
d) O Rapaz de Bronze encontra-se no centro do parque, um lugar sombrio,
solitário e verde.

9- “Era ele quem mandava nos jardins, no parque, no pinhal, nos pomares e no
campo.”
9.1- A quem se refere o pronome pessoal “ele”, na frase supracitada?
a) O pronome pessoal “ele” refere-se ao Gladíolo.
b) O pronome pessoal “ele” refere-se ao jardineiro.
c) O pronome pessoal “ele” refere-se ao jardim.
d) O pronome pessoal “ele” refere-se ao Rapaz de Bronze.

10- Quem procurou o Rapaz de Bronze? Por que motivo?


a) Quem procurou o Rapaz de Bronze foi o Muguet, porque queria pedir
licença para organizar uma festa.
b) Quem procurou o Rapaz de Bronze foi o Gladíolo, porque queria pedir
licença para ir à festa das flores.
c) Quem procurou o Rapaz de Bronze foi o Gladíolo, porque queria pedir
licença para organizar uma festa.
d) Quem procurou o Rapaz de Bronze foi o Gladíolo, porque queria pedir
licença para ir à festa das pessoas.

11- “Para nós tudo é uma festa”.


11.1- O que quer dizer o Rapaz de Bronze com esta afirmação?
a) O Rapaz de Bronze quer dizer que todas as coisas simples que acontecem ao
longo do dia já são uma festa.
b) O Rapaz de Bronze quer dizer que as flores já vão todos os dias a festas.
c) O Rapaz de Bronze quer dizer que as flores têm sempre as festas das
pessoas.
d) O Rapaz de Bronze quer dizer que as flores nunca têm festas, mas também
não precisam delas.

11.2- Concordas com a opinião dele? Justifica a tua resposta. _______________


______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

3
B
1- “E durante o dia o Rapaz de Bronze não se podia mexer e tinha de estar
muito quieto, sempre na mesma posição, porque era uma estátua.”
1.1- Reescreve esta frase, no presente do indicativo. _____________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2- Indica o tempo e modo das seguintes formas verbais:


a) “mandavam” (l. 4):
i) Pretérito Perfeito do Indicativo;
ii) Pretérito Imperfeito do Indicativo;
iii) Presente do Conjuntivo;
iv) Pretérito Mais-Que-Perfeito do Indicativo.

b) b) “mexia” (l. 13):


c) Pretérito Perfeito do Indicativo;
d) Pretérito Imperfeito do Indicativo;
e) Presente do Conjuntivo;
f) Pretérito Mais-Que-Perfeito do Indicativo.
c) “viu” (l. 16):
i) Pretérito Perfeito do Indicativo;
ii) Pretérito Imperfeito do Conjuntivo;
iii) Presente do Conjuntivo;
iv) Pretérito Mais-Que-Perfeito do Indicativo.
d) “dês” (l. 18):
i) Pretérito Perfeito do Indicativo;
ii) Pretérito Imperfeito do Indicativo;
iii) Presente do Conjuntivo;
iv) Futuro do Conjuntivo.

3- Classifica as seguintes palavras, quanto à posição da sílaba tónica (grave,


aguda ou esdrúxula):
a) diferente: _______________ c) jardineiro: _______________
b) estão: _______________ d) altíssimas: _______________

4- Sublinha as preposições e faz um círculo em volta das contrações das


seguintes frases:
a) “Porque a noite é diferente do dia”.
b) “E de noite as flores dançam e passeiam”.
c) “E naquele jardim durante o dia mandavam a dona da casa e o jardineiro.”
d) “… num lugar sombrio solitário e verde”.
e) “Nós não precisamos de mais festas”.

5- Retira do quinto parágrafo uma frase que contenha um determinante ou


pronome demonstrativo. Em seguida, sublinha-o e indica se se trata de um
determinante ou pronome. ________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

4
6- Escreve uma frase, de acordo com o texto, na qual empregues um
determinante possessivo. _________________________________________
________________________________________________________________

7- Transforma o quinto parágrafo do texto em discurso indireto, começando


por: Quando viu aparecer o Gladíolo, o Rapaz de Bronze… _____________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

8- Reescreve as seguintes frases, pontuando-as.


E a filha da dona da casa perguntou a Orquídea Não não disse a Rosa parece
uma rosa de plástico
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

1-Quando Florinda saiu para ir à Festa das Flores, decidiu escrever um recado
ao seu pai, para que ele não ficasse preocupado. Imagina e regista o que ela
possa ter redigido.
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________
______________________________________________________________________

2- Desenha o Gladíolo e o Muguet.

3- Para terminar, relembra a história.


a) Local onde viviam a Orquídea e a Begónia: __ __ __ __ __ __
b) A senhora da festa das pessoas vestida de lilás era inglesa e parecia-se com
uma: __ __ __ __ __ __ __
c) A festa realizou-se na __ __ __ __ __ __ __ __ dos Plátanos.
d) A flor que queria saber se ia ser convidada: __ __ __ __ __ __ __ __ __
e) Anuncia o fim da noite: __ __ __ __
f) A flor com quem a Tulipa dançou: __ __ __ __ __

5
1- Imagina que és uma das flores do livro e inventa uma história em que
descrevas um dia no jardim do Rapaz de Bronze. Não te esqueças de situar a
história no espaço e no tempo. O texto deve ter entre 20 e 25 linhas.
1_____________________________________________________________________
2_____________________________________________________________________
3_____________________________________________________________________
4_____________________________________________________________________
5_____________________________________________________________________
6_____________________________________________________________________
7_____________________________________________________________________
8_____________________________________________________________________
9_____________________________________________________________________
10____________________________________________________________________
11____________________________________________________________________
12____________________________________________________________________
13____________________________________________________________________
14____________________________________________________________________
15____________________________________________________________________
16____________________________________________________________________
17____________________________________________________________________
18____________________________________________________________________
19____________________________________________________________________
20____________________________________________________________________
21____________________________________________________________________
22____________________________________________________________________
23____________________________________________________________________
24____________________________________________________________________
25____________________________________________________________________

Bom trabalho!!!
A prof. Susana Costa