Você está na página 1de 33
Como montar uma fábrica de brindes EMPREENDEDORISMO Especialistas em pequenos negócios / 0 8 0

Como montar uma fábrica de brindes

Como montar uma fábrica de brindes EMPREENDEDORISMO Especialistas em pequenos negócios / 0 8 0 0

EMPREENDEDORISMO

Especialistas em pequenos negócios / 0800 570 0800 / sebrae.com.br

Expediente Presidente do Conselho Deliberativo Robson Braga de Andrade – Presidente do CDN Diretor-Presidente Guilherme

Expediente

Presidente do Conselho Deliberativo

Robson Braga de Andrade – Presidente do CDN

Diretor-Presidente

Guilherme Afif Domingos

Diretora Técnica

Heloísa Regina Guimarães de Menezes

Diretor de Administração e Finanças

Vinícius Lages

Unidade de Capacitação Empresarial e Cultura Empreendedora

Mirela Malvestiti

Coordenação

Luciana Rodrigues Macedo

Autor

Roberto Chamoun

Projeto Gráfico

Staff Art Marketing e Comunicação Ltda.

www.staffart.com.br

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /

Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /

Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /

TOKEN_HIDDEN_PAGE

do Processo Produtivo / Automação / TOKEN_HIDDEN_PAGE Sumário 1. 2. 3. Apresentação Mercado Localização 4.

Sumário

1.

2.

3.

Apresentação

Mercado

Localização

4. Exigências Legais e Específicas

5.

6.

7.

Estrutura

Pessoal

Equipamentos

8. Matéria Prima/Mercadoria

9. Organização do Processo Produtivo

10.

Automação

11. Canais de Distribuição

12.

Investimento

13. Capital de Giro

14.

Custos

15. Diversificação/Agregação de Valor

16.

Divulgação

17. Informações Fiscais e Tributárias

18.

Eventos

19. Entidades em Geral

20. Normas Técnicas

21.

Glossário

1

2

3

4

5

6

7

7

8

9

10

11

12

13

13

14

14

16

17

18

19

22. Dicas de Negócio

21

23. Características

22

24. Bibliografia

23

25. Fonte

24

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura /

Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor /

Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação /

/ Organização do Processo Produtivo / Automação / Sumário 27. Soluções Sebrae 28. Sites Úteis 29.

Sumário

27. Soluções Sebrae

28. Sites Úteis

29.

URL

25

25

29

Apresentação / Apresentação

1. Apresentação

O mercado de brindes tem demanda para produtos personalizados para empresas em promoções, eventos e feiras de negócios, além de datas comemorativas.

Aviso: antes de conhecer este negócio, deve-se ressaltar que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade. O objetivo de todos os tópicos é oferecer uma visão geral sobre como um negócio posiciona-se no mercado, por meio de discussões acerca das variáveis que mais afetam o tipo de negócio, do comportamento dessas variáveis de mercado e dos meios para se levantarem as informações necessárias para tomar a iniciativa de empreender.

Entre vendedores, o hábito de utilizar brindes como forma de atrair clientes e promover suas marcas ocorre há muito tempo e é um excelente reforço na divulgação de produtos ou serviços prestados.

Considera-se brinde qualquer tipo de objeto ou material personalizado com a marca do produto e/ou da empresa ofertante, o qual possa gerar afinidade, fidelidade, ações de venda e incontáveis formas de promoções. A ideia é que o cliente final lembre-se de maneira positiva da marca da empresa que o presenteou e estreite o relacionamento comercial.

Atualmente, o consumidor assume poderes cada vez maiores devido à competição entre fornecedores. O setor de brindes promocional ganha espaço nas estratégias para a conquista e manutenção de clientes de muitas empresas, independentemente de seu porte. Segundo Motta (2010), os fabricantes de brindes podem faturar em qualquer época do ano devido a constante realização de promoções, eventos, feiras de negócios, datas comemorativas em empresas etc.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

1
1

Apresentação / Apresentação / Mercado

Este documento não substitui o Plano de Negócio. Para a sua elaboração consulte o Sebrae mais próximo.

2. Mercado

O mercado de brindes está em alta e cada vez mais diversificado. Basta verificar que

empresas usam brindes não apenas em fim de ano, mas em eventos, datas representativas da empresa, homenagem aos funcionários e no dia a dia. O uso do brinde também é bem comum em festas e eventos. O que anteriormente era artesanal, hoje em dia é muito utilizado em casamentos, aniversários e diferentes datas comemorativas diversas. O baixo preço e a qualidade dos produtos presentes no mercado na atualidade tornam o brinde bem atrativo.

O site da ABRINDE - Associação Brasileira de Brindes

(http://www.guiadebrindes.com.br/) relaciona mais de 500 tipos de brindes, como canetas, adesivos, agendas, isqueiros, porta-cartões, entre outros. Com a “onda ecológica” e o incentivo ao uso de produtos reciclados, a lista não para de crescer.

Para abrir uma empresa de brindes, é importante que o empreendedor encontre respostas para algumas das seguintes questões:

1-

Que brindes irei produzir?

2-

Usarei produção própria, terceirização de atividades ou ambas?

3-

Quais recursos usarei?

4-

Qual equipamento precisarei comprar para produzir os brindes desejados?

5-

Para quem irei vender?

6-

Qual é o mercado para o brinde que escolhi?

O

mercado de brindes é muito amplo e diversificado. As empresas utilizam cada vez

mais a concessão de brindes em suas ações de marketing e o mercado de festas infantis, casamentos, batizados, dentre muitas outras datas comemorativas é extremamente promissor.

A Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Promocionais (APPROM) calcula

que o mercado de brindes seja responsável pela geração de aproximadamente 150 mil

empregos diretos; os dados ainda mostram que 60% das empresas empregam até 10 funcionários (estimativa feita em julho de 2013).

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

2
2

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização

3. Localização

Diferentemente de alguns negócios, uma fábrica de brindes não precisa de uma localização muito centralizada, basta estar em um local de fácil acesso e com certo movimento. A maioria destas empresas não fica em grandes avenidas, mas sim em locais um pouco afastados. Uma fábrica de brindes não precisa de mídia externa e pode contar apenas com anúncios, sites, redes sociais e lista telefônica para ter visibilidade. Os departamentos de marketing das empresas não costumam ir até as lojas de brindes; as encomendas são geralmente feitas por telefone ou email, o que torna o negócio um tipo de empreendimento de fácil acesso por meio de uma boa divulgação em mídia, representantes externos e panfletos.

Dependendo dos brindes produzidos e do processo de fabricação (produção própria, terceirização ou só personalização dos objetos), a atividade pode ser desempenhada em uma pequena oficina, escritório ou mesmo na própria casa do empreendedor.

Caso o empreendedor decida aumentar sua produção ou manufaturar itens mais sofisticados, ele deve montar sua fábrica de brindes em local apropriado e considerar alguns fatores.:

- A fábrica deve ser instalada em um local próximo aos fornecedores e às suas fontes de produtos e serviços.

- Se o imóvel onde se instalará a fábrica for alugado, é importante que sejam

acordados com o locador o valor do aluguel, a data de pagamento, o prazo de locação

e demais disposições contratuais, em condições compatíveis com o empreendimento, considerando-se o tempo de retorno do investimento.

- O imóvel deve atender às necessidades operacionais da fábrica quanto à localização,

capacidade de instalação dos equipamentos, características da vizinhança, qualidade dos serviços de água, luz, esgoto e telefone, por exemplo.

- O imóvel deve estar legalizado e regularizado junto aos órgãos públicos municipais que possam interferir ou impedir a futura atividade da fábrica.

- A prefeitura deve aprovar a planta do imóvel; qualquer obra posterior à aprovação do projeto original: aumento, modificação ou diminuição da área primitiva deve estar devidamente regularizada. Verifique também na Prefeitura Municipal;

- Se o imóvel está regularizado, o empreendedor também deve verificar junto à

prefeitura municipal se o imóvel possui “Habite-se”. Só se consegue o “Habite-se” mediante aprovação do Corpo de Bombeiros. Alguns municípios brasileiros possuem convênios o Corpo de Bombeiros. Caso não exista esse convênio no município onde a fábrica for instalada, deve-se verificar junto ao Corpo de Bombeiros local quais são os requisitos necessários para a concessão do documento.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

3
3

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas

As atividades a serem desenvolvidas na fábrica devem respeitar a lei de zoneamento do município; os impostos - IPTU e ITR - devem estar em dia e deve-se observar a legislação municipal que trata da instalação de anúncios. p>

4. Exigências Legais e Específicas

As licenças necessárias são as mesmas exigidas para qualquer pessoa jurídica.

O contador é o profissional indicado e especializado para auxiliar o empreendedor a

realizar todo o processo inicial de instalação da empresa. Além de saber a forma correta e eficaz de iniciar a abertura do negócio, ele providencia todos os documentos

necessários.

O registro da empresa deve ser feitos nos seguintes órgãos:

- Junta Comercial

- Secretaria da Receita Federal, para a obtenção do CNPJ

- Secretaria Estadual da Fazenda

- Secretaria Municipal de Fazenda?

- Prefeitura do Município, para obter o alvará de funcionamento

- Entidade Sindical Patronal (a empresa deve ser enquadrada no órgão e ficará

obrigada a recolher anualmente a taxa da Contribuição Sindical Patronal, até o dia 31 de janeiro de cada ano)

- Caixa Econômica Federal, para o cadastramento no sistema “Conectividade Social –

INSS/FGTS”

- Corpo de Bombeiros Militar

O empreendedor deve visitar a prefeitura da cidade onde pretende montar a sua

fábrica de brindes para fazer a consulta de local e emissão de alvará e das certidões

de Uso do Solo e Número Oficial.

Embora não exista uma legislação específica para a fabricação de brindes, algumas normas afetam diretamente o segmento, pois estabelecem limitações ao recebimento e utilização desses instrumentos promocionais. Dentre esses normativos, destacamos:

- Decreto nº. 1.171, de 22/06/1994 - Código de Ética Profissional do Servidor Civil do Poder Executivo.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

4
4

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura

- Decreto de 21/08/2000 - Código de Conduta da Alta Administração Federal.

- Lei 11.300, de 10 de maio de 2006. Conhecida como minirreforma eleitoral, essa lei

proíbe a distribuição de brindes, como camisetas, bonés e canetas, além da divulgação

de propaganda de partidos e candidatos em camisas, bonés e broches.

- Lei n° 5.768, de 20.12.71. Altera a legislação sobre distribuição gratuita de prêmios mediante sorteio, vale-brinde ou concurso, a título de propaganda. Estabelece normas de proteção à poupança popular e dá outras providências.

O empreendimento está dispensado de obter autorização ou registro de funcionamento

específico junto às entidades ou órgãos fiscalizadores de atividades regulamentadas, bastando ao empreendedor obter a inscrição junto aos órgãos exigíveis das sociedades empresárias em geral.

A pessoa jurídica também não está sujeita à responsabilidade técnica, ou seja, não se

exige do empreendimento a manutenção, em seus quadros, de profissional habilitado junto a órgão ou conselho de classe fiscalizador de profissão regulamentada.

5. Estrutura

A estrutura deve ser adequada aos tipos de brindes produzidos e dos processos

utilizados na sua fabricação e personalização.

O empreendedor que irá produzir os próprios itens precisará de uma área de

aproximadamente 60m². Essa área irá variar de tamanho conforme o processo de

produção envolvido.

Algumas empresas do setor compram prontos os objetos de fornecedores diversos, montam o próprio catálogo e realizam as gravações e personalização dos brindes conforme a demanda. Nesse caso, o empreendedor só precisará de uma oficina de gravação de cerca de 32m².

A estrutra da empresa deverá conter as seguintes repartições:

- recepção;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

5
5

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal

- depósito de matéria-prima;

- sala de fabricação;

- depósito de produtos acabados;

- expedição;

- escritório administrativo;

- vestiários/banheiros;

- refeitório/copa.

6. Pessoal

Algumas funções são básicas na fábrica de brindes. Além de bons vendedores, você vai precisar também de um designer gráfico, a pessoa que irá desenhar as artes dos brindes para impressão. Esse profissional precisa ter conhecimento gráfico e bom senso de combinação de cores e saber usar os programas gráficos para artes diversas. Em geral, uma pequena fábrica de brindes conta com um quadro fixo de até 10 empregados responsáveis que assumem as seguintes funções:

- Administrador: cuida de toda a administração e todos os controles (financeiros e estoques) da empresa; pode ser o próprio empreendedor.

- Assistente administrativo: desempenha as atividades burocráticas da empresa, como

emissão de notas fiscais, pedidos de clientes e de matéria-prima, elaboração de planilhas de controles financeiros e de estoques, de controle de pessoal, entre outras.

- Supervisor de Produção: é o responsável pelo controle da produção em relação à quantidade e qualidade final dos produtos.

- Orçamentista: é responsável pela elaboração do preço a ser cobrado pelas peças

encomendadas. Por se tratar de uma atividade específica, essa função poderá ser acumulada por uma pessoa que já tenha outra atividade na empresa, como, por exemplo, o administrador.

- Gravadores: elabora as gravações nas peças.

- Operadores de prensa e corte: cuidam da parte inicial da produção. A capacitação

desses profissionais que operam as máquinas é de fundamental importância, para que não ocorram perda de matéria-prima e os consequentes prejuízos operacional e

financeiro.

- Embaladores: são funcionários que trabalham na expedição e nos estoques; cuidam do acondicionamento dos produtos acabados para que sejam enviados para os clientes.

- Vendedores e representantes diversos: são os responsáveis pela geração de pedidos junto às empresas clientes. O setor de vendas é a mola propulsora da produção da

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

6
6

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria

fábrica de brindes. Quanto mais venda, mais trabalho na linha de produção.

7. Equipamentos

As máquinas utilizadas neste tipo de negócio variam de acordo com os brindes que serão fabricados. Cada máquina fabrica um tipo de brinde. Existem as que estampam desenhos em canecas, as que colocam os logotipos e mensagens em chaveiros, as que produzem ímãs para geladeira, entre outras. Para começar um pequeno negócio neste ramo, o ideal é comprar máquinas manuais (prensas térmicas, prensas de bottons, máquinas de corte, máquinas para gravações de canetas etc.), que podem ser montadas com facilidade. Entretanto, se o futuro empreendedor preferir ter uma estrutura maior ou se especializar na produção de determinados brindes, terá de ter equipamentos mais específicos, tais como:

- computadores com programas gráficos;

- embaladoras;

- impressoras cilíndricas manuais e a laser de alta definição;

- máquina de injeção plástica para fabricação de produtos em nylon, tecidos laminados, de PVC ou termoinjetados;

- máquina de solda eletrônica;

- máquinas de costura;

- máquinas para gravações a laser;

- máquinas para gravações cilíndricas;

- máquinas para gravações de adesivos;

- máquinas para gravações de telas planas;

- mesas cilíndricas de impressão e de luz, a vácuo;

- seladoras.

8. Matéria Prima/Mercadoria

A administração de estoques está relacionada ao equilíbrio entre a oferta e a

demanda. Esse equilíbrio deve ser sistematicamente aferido por meio de quatro importantes indicadores de desempenho:

1- Giro dos estoques: o giro dos estoques é um indicador do número de vezes em que

o capital investido em estoques é recuperado por meio das vendas. Essa apuração é

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

7
7

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo

feita pelos índices de rotação, índice de cobertura do estoque e índice de serviços.

2- Índice de Rotação: quanto maior for a frequência de entregas dos fornecedores,

logicamente em menores lotes, maior será o índice de giro dos estoques.

3- Cobertura dos estoques: o índice de cobertura dos estoques é a indicação do

período de tempo em que o estoque, em determinado momento, consegue cobrir as

vendas futuras, sem que haja suprimento.

4- Nível de serviço ao cliente: o indicador de nível de serviço ao cliente demonstra o

número de oportunidades de venda que podem ter sido perdidas, porque a mercadoria não existia em estoque ou porque não se podia executar o serviço com prontidão.

Assim, o estoque dos produtos deve ser mínimo, visando gerar o menor impacto na alocação de capital de giro.

Os tipos de matérias-primas utilizadas na produção vão depender dos objetos que se desejam fabricar. Dentre as matérias-primas mais utilizadas na fabricação de brindes, destacamos: arame, borracha, cerâmica, couro, cola, EVA colorida, metais, madeira, papéis, tecidos diversos, vidro, resinas de PVC, dentre outros materiais.

O PVC tem alguns diferenciais que devem ser destacados e que são responsáveis por

sua larga utilização na fabricação dos mais diversos tipos de brindes. Uma vez que a resina de PVC é totalmente atóxica e inerte, a escolha de aditivos com essas mesmas características permite a fabricação de filmes, lacres e laminados para embalagens,

chaveiros, brinquedos, dentre outros produtos.

9. Organização do Processo Produtivo

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

8
8

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação

O processo produtivo é a combinação de fatores de produção que proporciona a

realização e obtenção de um determinado produto final.

Para que uma fábrica de brindes funcione corretamente, diversas atividades precisam ser executadas de forma adequada e eficaz, dentre elas:

- desenvolvimento e compras: envolvem a atividade de identificação de produtos e

objetos que possuam características favoráveis ao processo de produção, podendo, assim, ser utilizados como matéria-prima para fabricação do brinde e gerar vendas para a empresa, insumos;

- produção: compreende as atividades de operação dos equipamentos, como corte, montagem, gravação e embalagem dos brindes produzidos pela fábrica;

- administração: são as atividades relacionadas à gestão financeira e administrativa do negócio, que incluem a preparação e a análise de resultados, relacionamento com bancos, escritório contábil, contratação de pessoal, dentre outras atividades;

- vendas: são as atividades relacionadas à gestão do relacionamento com os canais de comercialização, divulgação do portfólio de produtos e gestão do quadro de vendedores e representantes, dentre outras atividades.

10. Automação

Embora existam equipamentos automáticos para a fabricação de alguns tipos de brindes (bottons e chaveiros, por exemplo) que executem as etapas de corte, montagem e personalização de forma integrada, o mais comum é o emprego de equipamento específico para cada fase de produção, utilizado com o objetivo de aumentar a produtividade e aprimorar a qualidade.

Dependendo do tipo de objeto a ser produzido e das fases de fabricação envolvidas, podem ser empregados equipamentos automáticos, tais como máquinas de corte, gravadores a laser e embaladoras.

A gestão do negócio também deve contar com a automação. O empreendedor deve

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

9
9

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição

avaliar a adoção de um software de controle capaz de registrar as vendas realizadas, em conformidade com a legislação fiscal em vigor no seu estado e que possua funcionalidades tais como cadastro de clientes, controle de estoque, contas a pagar e receber, por exemplo.

11. Canais de Distribuição

Um canal de distribuição corresponde a uma ou mais empresas ou indivíduos que participem do fluxo de produtos e/ou serviços desde o produtor até o cliente ou usuário final. São os canais que possibilitam que o produto chegue ao cliente final.

Os canais de distribuição vêm ganhando cada vez mais importância no meio empresarial e suas estruturas evoluem em termos de formatos e alternativas mais criativas e inovadoras.

A estrutura dos canais de distribuição é composta pela:

- Localização;

- Tamanho do mercado;

- Entre outras variáveis que mudam de acordo com o ramo da empresa.

No caso de um empreendimento inicial e pequeno, o canal de distribuição de uma fábrica de brindes poderá ser único e direto com o cliente, como por exemplo, a venda direta em farmácias,bares e lojas de varejo em geral.

Se for uma estrutura maior, a fábrica de brindes poderá contar com outros canais, tais como representantes e empresas de atacado e distribuidoras.

Segue abaixo a simulação dos canais descritos:

1- Fábrica de brindes - empresa cliente 2- Fábrica de brindes - representantes - cliente 3- Fábrica de brindes - representantes - atacado - cliente

Outro canal de distribuição indicado para este negócio é a venda online, a partir de um site da fábrica de brindes, onde o cliente vê os produtos e realiza a compra virtualmente.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

10
10

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento

12. Investimento

É importante que o empreendedor busque ajuda junto ao Sebrae para elaborar seu

plano de negócio, antes de dar qualquer passo em seus projetos, pois todo negócio tem que ser avaliado e detalhado, para que não incorra em erros.

O tamanho do investimento em uma fábrica de brindes dependerá do tamanho do

projeto do empreendedor. Se ele já atuou no ramo de brindes como empresário ou como empregado, é bom avaliar se já tem conhecimento suficiente e se está bem atualizado com o mercado atual do negócio em estudo.

Caso não venha do ramo, o empreendedor terá de aprender muito. O melhor caminho

é pesquisar, conversar com as pessoas do ramo e questionar até que entenda a

melhor forma possível de ganhar dinheiro com a fabricação e comercialização de brindes.

Deverão ser consideradas como investimento as despesas com imóvel (aluguel ou compra), instalações de todos os móveis e máquinas, equipamentos, contratações de serviços e de empregados e treinamentos, documentações para legalização da empresa e capital de giro.

Em geral, pode-se montar uma pequena fábrica de brindes com um investimento inicial de cerca de R$ 65.500,00.

Para facilitar o estudo preliminar, listamos abaixo, uma simulação deste estudo, o qual servirá para orientar o trabalho do empreendedor.

- Instalações e adequações no imóvel): R$ 15.000,00

- Investimento em equipamentos: R$ 10.000,00

- Software: R$ 1.500,00

- Veículo: R$ 18.000,00

- Estoque: R$ 5.000,00

- Matéria-prima: R$ 6.000,00

- Abertura da empresa: R$ 800,00 (despesas com taxas, alvará e contador);

Esse valor será estabelecido conforme o estado e município em que sua empresa seja aberta;

- Inauguração: R$ 1.700,00 (Gastos com divulgação, convites e coffee)

- Capital de giro: R$ 7.500,00

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

11
11

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro

13. Capital de Giro

O capital de giro é uma reserva que toda empresa deve possuir para financiar suas

vendas a prazo de cobrir impostos e taxas em um período curto de tempo ou até que se possa receber o faturamento e repor o valor utilizado.

O capital de giro é regulado pelos prazos praticados pela empresa, que são os prazos

médios recebidos de fornecedores (PMF), os prazos médios de estocagem (PME) e os prazos médios concedidos a clientes (PMCC).

Quanto maior o prazo concedido aos clientes e quanto maior o prazo de estocagem, maior será a necessidade de capital de giro. Portanto, manter estoques mínimos regulados e saber o limite de prazo a conceder ao cliente podem melhorar muito a necessidade de imobilização de dinheiro em caixa.

Se o prazo médio recebido dos fornecedores de matéria-prima, mão de obra, aluguel, impostos e outros fatores forem maiores que os prazos médios de estocagem somados ao prazo médio concedido ao cliente para pagamento dos produtos, a necessidade de capital de giro será positiva, ou seja, é necessária a manutenção de dinheiro disponível para suportar as oscilações de caixa. Nesse caso, um aumento de vendas implica também um aumento de encaixe em capital de giro. Para tanto, o lucro apurado da empresa deve ser ao menos parcialmente reservado para complementar essa necessidade de caixa.

Se ocorrer o contrário, isto é, se os prazos recebidos dos fornecedores forem maiores que os prazos médios de estocagem e os prazos concedidos aos clientes para pagamento, a necessidade de capital de giro é negativa. Nesse caso, deve-se ficar atento ao quanto do dinheiro disponível em caixa é necessário para honrar compromissos de pagamentos futuros (fornecedores e impostos, por exemplo). Portanto, retiradas e imobilizações excessivas poderão fazer com que a empresa venha a ter problemas com seus pagamentos futuros.

Um fluxo de caixa, com previsão de saldos futuros de caixa, deve ser implantado na empresa para a gestão competente da necessidade de capital de giro. Só assim as variações nas vendas e nos prazos praticados no mercado poderão ser geridas com precisão.

Estima-se que a necessidade de capital de giro para fazer frente às necessidades deste negócio fique em torno de 25% do investimento total. Isso é possível exigindo- se, na emissão do pedido de compras dos cientes, um adiantamento de parte do pagamento. Além disso, não há necessidade de formação de grandes estoques de produtos destinados à venda, já que é possível montar catálogos e produzir peças após a efetivação das vendas.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

12
12

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor

14. Custos

O custo é o gasto econômico que representa a fabricação de um produto ou a

prestação de um serviço. Ao estabelecer o custo de produção, é possível determinar o preço de venda ao público do bem em questão (o preço ao público é a soma do custo mais o lucro).

O custo de um produto é composto pelo preço da matéria-prima, o preço da mão de

obra direta usada na sua produção, o preço da mão de obra indireta usada para o funcionamento da empresa e o custo de amortização da maquinaria e dos edifícios.

Aluguel, água, luz, salários, honorários profissionais, despesas de vendas, matéria- prima e insumos consumidos no processo de produção são os principais custos de uma fábrica de brindes.

Quanto menores os custos, maior a chance de o empreendedor ganhar no resultado final do negócio. Para facilitar o entendimento e para futuros estudos preliminares por parte do empreendedor, foi elaborado, como exemplo, uma simulação de estudo. Lembramos que os dados aqui inseridos são meramente ilustrativos.

Custos Mensais:

- Salários e encargos: R$ 7.500,00

- Impostos, contribuições e taxas: R$ 2.500,00

- Aluguel e segurança: R$ 2.400,00

- Água, luz, telefone e acesso à internet: R$ 1.200,00

- Material de cozinha, higiene e limpeza: R$ 800,00

- Recursos para manutenções preventivas e corretivas: R$ 700,00

- Assessoria contábil: R$ 550,00

- Propaganda e publicidade da empresa: R$ 1.000,00

- Aquisição de matéria-prima e insumos: R$ 3.000,00

Total: R$ 19.650,00

15. Diversificação/Agregação de Valor

Em uma empresa de brindes, como em qualquer segmento, o segredo é inovar para surpreender.

O empreendedor deve prestar um serviço diferenciado, avaliar exatamente o que o

cliente está precisando e buscar adaptar-se para atendender a esta demanda.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

13
13

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias

Por isso, uma boa equipe de vendas faz diferença neste segmento. Vendedores que saibam ouvir e captar o que o cliente está esperando alcançar com o brinde conseguem sucesso.

É

preciso superar expectativas e mostrar a diferença que o produto irá fazer na mente

e

no comportamento do consumidor.

16. Divulgação

Hoje, uma das principais ferramentas para divulgação dos negócios é a internet, que oferece uma gama de oportunidades de divulgação de empresas. Porém, cada empresa deve ter uma estratégia para fazer essa divulgação de forma coordenada e precisa. Com relação à criação de perfis nas redes e mídias sociais, recomenda-se que se utilizem sempre a mesma imagem e o mesmo nome. Assim, o cliente consegue identificar mais facilmente a empresa e a marca se fixa.

O empresário deve montar catálogos com seu portfólio de brindes e anunciá-los em

revistas, guias e/ou outros meios de comunicação, expondo o design dos produtos.

A confecção e envio de malas diretas e visitas aos departamentos de marketing de

grandes empresas, agências de publicidade e empresas de eventos também são formas de divulgação dos produtos.

Como foi sugerido anteriormente, é importante utilizar a internet e elaborar um site próprio para que a empresa seja divulgada por meio de sites de busca.

17. Informações Fiscais e Tributárias

O segmento de FÁBRICA DE BRINDES, assim entendido pela CNAE/IBGE

(Classificação Nacional de Atividades Econômicas) 1813-0/01 como atividade de confecção de brindes e impressão de material publicitário em geral, poderá optar pelo SIMPLES Nacional - Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas ME (Microempresas) e EPP (Empresas de Pequeno Porte), instituído pela Lei Complementar nº 123/2006, desde que a receita bruta anual de sua atividade não ultrapasse a R$ 360.000,00 (trezentos e sessenta mil reais) para micro empresa R$ 3.600.000,00 (três milhões e seiscentos mil reais) para empresa de pequeno porte e respeitando os demais requisitos previstos na Lei.

Nesse regime, o empreendedor poderá recolher os seguintes tributos e contribuições,

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

14
14

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias

por meio de apenas um documento fiscal – o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional), que é gerado no Portal do SIMPLES Nacional (http://www8.receita.f azenda.gov.br/SimplesNacional/):

• IRPJ (imposto de renda da pessoa jurídica);

• CSLL (contribuição social sobre o lucro);

• PIS (programa de integração social);

• COFINS (contribuição para o financiamento da seguridade social);

• ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços);

• ISSQN (imposto sobre serviços de qualquer natureza);

• INSS (contribuição para a Seguridade Social relativa a parte patronal).

Conforme a Lei Complementar nº 123/2006, as alíquotas do SIMPLES Nacional, para esse ramo de atividade, variam de 4,5 a 17,42%, dependendo da receita bruta auferida pelo negócio. No caso de início de atividade no próprio ano-calendário da opção pelo SIMPLES Nacional, para efeito de determinação da alíquota no primeiro mês de atividade, os valores de receita bruta acumulada devem ser proporcionais ao número de meses de atividade no período.

Se o Estado em que o empreendedor estiver exercendo a atividade conceder benefícios tributários para o ICMS (desde que a atividade seja tributada por esse imposto), a alíquota poderá ser reduzida conforme o caso. Na esfera Federal poderá ocorrer redução quando se tratar de PIS e/ou COFINS.

Se a receita bruta anual não ultrapassar a R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), o empreendedor, desde que não possua e não seja sócio de outra empresa, poderá optar pelo regime denominado de MEI (Microempreendedor Individual) . Para se enquadrar no MEI o CNAE de sua atividade deve constar e ser tributado conforme a tabela da Resolução CGSN nº 94/2011 - Anexo XIII (http://www.receita.fazenda.gov.br/legislacao/resolucao/2011/CGSN/Resol94.htm ). Neste caso, os recolhimentos dos tributos e contribuições serão efetuados em valores fixos mensais conforme abaixo:

I) Sem empregado

• 5% do salário mínimo vigente - a título de contribuição previdenciária do empreendedor;

• R$ 1,00 mensais de ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias; e/ou

• R$ 5,00 a título de ISS - Imposto sobre serviço de qualquer natureza.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

15
15

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos

II) Com um empregado: (o MEI poderá ter um empregado, desde que o salário seja de um salário mínimo ou piso da categoria)

O empreendedor recolherá mensalmente, além dos valores acima, os seguintes

percentuais:

• Retém do empregado 8% de INSS sobre a remuneração;

• Desembolsa 3% de INSS patronal sobre a remuneração do empregado.

Havendo receita excedente ao limite permitido superior a 20% o MEI terá seu empreendimento incluído no sistema SIMPLES NACIONAL.

Para este segmento, tanto ME, EPP ou MEI, a opção pelo SIMPLES Nacional sempre será muito vantajosa sob o aspecto tributário, bem como nas facilidades de abertura do estabelecimento e para cumprimento das obrigações acessórias.

Fundamentos Legais: Leis Complementares 123/2006 (com as alterações das Leis Complementares nºs 127/2007, 128/2008 e 139/2011) e Resolução CGSN - Comitê Gestor do Simples Nacional nº 94/2011.

18. Eventos

É importante que o empresário desse segmento participe de eventos diversos, pois

são foco para captação de negócios e novos contatos.

Destacamos aqui alguns dos principais eventos da área:

Brazil Promotion Road Show Realizador Forma Editora Telefone: (11) 3723-5200 Site: http://www.brazilpromotion.com.br/port/

CONGRESSO BRASILEIRO DE COMUNICAÇÃO Realizador: Mega Brasil Comunicação Telefone: (11) 5573-3627 Site: http://www.megabrasil.com.br/

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

16
16

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral

EXPO BRINDICE - FEIRA DE BRINDES, PRODUTOS PROMOCIONAIS, PRESENTES CORPORATIVOS & MIDIA Realizador: BRINDICE - Telefone: (11) 6832-4066 Site: http://www.expobrindice.com.br/

SAMPRO - Semana Universitária de Marketing Promocional Realizador: AMPRO - Associação de Marketing Promocional Telefone: (11) 3815-9998 Site: http://www.ampro.com.br/eventos/index.asp

19. Entidades em Geral

Abaixo encontram-se as principais entidades do setor:

ABAP - Associação Brasileira de Agências de Publicidade Rua Pedroso de Alvarenga, 1208 - 8º andar. – Itaim Bibi – São Paulo – SP – CEP:

04531-004

Telefone: (11) 3079-6966 Site: http://webserver.4me.com.br/wwwroot/abap/

ABEOC - Associação Brasileira de Empresas de Eventos Rua Teixeira da Silva, 660 - 10º andar - conj. 101 - Paraíso - CEP: 04002-033 - São Paulo - SP - Brasil Telefones: (11) 3887-3743 / 3887-4397 Site: http://www.abeoc.org.br

ABRINDE - Associação Brasileira de Brindes Rua Tenente Américo Moretti, 95, Vila Santa Catarina. Cep: 04372-060. São Paulo - SP Telefone: (11) 5678-4575 E-mail: contatoabrinde@guiadebrindes.com.br Site: http://www.guiadebrindes.com.br

AMPPRO - Associação de Marketing Promocional Rua Padre Garcia Velho, 73 - 11º andar - Pinheiros - São Paulo - SP - CEP: 05421-030 Telefone: 11 3815-9998 Site: http://www.ampro.com.br

APPROM - Associação Nacional dos Fabricantes de Produtos Promocionais Av. dos Carinás, 58 - CEP: 04086-010 - São Paulo/SP Telefone: (11) 5093-8599 Site: www.approm.org.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

17
17

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas

20. Normas Técnicas

Norma técnica é um documento, estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido que fornece para um uso comum e repetitivo regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando a obtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto. (ABNT NBR ISO/IEC Guia 2).

Participam da elaboração de uma norma técnica a sociedade, em geral, representada por: fabricantes, consumidores e organismos neutros (governo, instituto de pesquisa, universidade e pessoa física).

Toda norma técnica é publicada exclusivamente pela ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, por ser o foro único de normalização do País.

1. Normas específicas para uma Fábrica de brindes

Não existem normas específicas para este negócio.

2. Normas aplicáveis na execução de uma Fábrica de brindes

ABNT NBR 15842:2010 - Qualidade de serviço para pequeno comércio – Requisitos gerais.

Esta Norma estabelece os requisitos de qualidade para as atividades de venda e

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

18
18

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

serviços adicionais nos estabelecimentos de pequeno comércio, que permitam satisfazer as expectativas do cliente.

ABNT NBR 12693:2010 – Sistemas de proteção por extintores de incêndio.

Esta Norma estabelece os requisitos exigíveis para projeto, seleção e instalação de extintores de incêndio portáteis e sobre rodas, em edificações e áreas de risco, para combate a princípio de incêndio.

ABNT NBR IEC 60839-1-1:2010 - Sistemas de alarme - Parte 1: Requisitos gerais - Seção 1: Geral.

Esta Norma especifica os requisitos gerais para o projeto, instalação, comissionamento (controle após instalação), operação, ensaio de manutenção e registros de sistemas de alarme manual e automático empregados para a proteção de pessoas, de propriedade e do ambiente.

21. Glossário

Utilizamos a definição de Produtos promocionais, extraídos do site da APPROM (http://www.approm.org.br /definicaodeprodutos.asp ).

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

19
19

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Amostra grátis: é a versão especial do produto distribuída a título não remunerado.

Brinde (bonificação/prêmio) : refere-se a tudo aquilo que se recebe ou se ganha como benefício condicionado à aquisição de um produto.

Consumidor: é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produtos como destinatário final. Equiparam-se a consumidor todas as pessoas determináveis ou não, expostas às práticas comerciais.

Embalagem: é o recipiente, o pacote ou o envoltório destinado a garantir conservação ou facilitar o transporte e o manuseio de produtos.

Fornecedor: é toda pessoa física, jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem como os entes despersonalizados que desenvolvem atividades de produção, montagem, criação, construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização de produtos ou prestação de serviços.

Informação de caráter comercial: é aquela que mediante pagamento objetiva a divulgação da marca comercial do alimento, inclusive por cores, imagens, desenhos e logomarcas, ou por quaisquer argumentos de cunho publicitários, ainda que não informe diretamente o nome comercial ou componente principal do alimento.

Material educativo: é todo o material escrito, sonoro ou visual destinado ao público em geral que vise orientar sobre a utilização/consumo de alimentos ou sobre assuntos relacionados ao domínio de conhecimento da área Comercial.

Merchandising: é a técnica de veicular ou mencionar produtos, marcas ou serviços de forma não ostensiva e não declaradamente publicitária em um programa de tv ou rádio, filme cinematográfico, espetáculo teatral e outros.

Oferta: são todos os métodos, técnicas e instrumentos que visam aproximar o consumidor dos produtos colocados à sua disposição no mercado pelos fornecedores.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

20
20

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Patrocínio: é o custeio total ou parcial da produção de um programa de rádio, televisão, evento, projeto comunitário, bem como de atividade cultural, artística, esportiva, de pesquisa ou de atualização científica com objetivos publicitários, financeiro ou de outras naturezas, concedido, como estratégia de marketing, por uma instituição a uma atividade cultural, esportiva, científica, comunitária ou assistencial, bem como a um profissional liberal.

Peça publicitária: é cada um dos elementos produzidos para uma campanha publicitária ou de promoção de vendas, com funções e características próprias que seguem a especificidade e linguagens próprias de cada veículo. Exemplos: anúncio, encarte, filmete, spot, jingle, cartaz, painel, letreiro, display, folder, banner, móbile, outdoor, bus door, brinde, etc.

Promoção: é o conjunto de atividades e técnicas informativas e de persuasão, utilizadas por empresas responsáveis pela produção, manipulação, distribuição e comercialização de alimentos, ou por veículos de comunicação e agências de publicidade com o objetivo de divulgar ou tornar mais conhecida, ou prestigiada a imagem de determinada marca, produto, serviço, evento, idéia ou instituição.

Propaganda: é o conjunto de técnicas e atividades de informação e persuasão (ética) com fins ideológicos ou comerciais utilizadas com objetivo de divulgar conhecimentos e/ou visando exercer influência sobre o público por meio de ações que objetivem promover e/ou induzir a prescrição, aquisição, utilização e consumo de produtos.

22. Dicas de Negócio

É fundamental sempre conhecer as novidades do mercado e inovar, visitar feiras e buscar informações sobre o que outras empresas brasileiras e estrangeiras estão fazendo para se destacarem. É interessante também ter brindes com os seus contatos, investir ao menos em um pequeno blog na internet que mostre o portfólio da gráfica e guardar amostras de todos os produtos produzidos para que os novos clientes tenham uma idéia do que a empresa pode fazer.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

21
21

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

No começo, é aconselhável produzir pequenas quantidades de cada objeto para avaliar aqueles que têm mais saída. Assim, evitam-se os gastos desnecessários ou excesso de estoque de matéria-prima e produto acabado. Deve-se montar um portfólio de produtos úteis e diferenciados. Mais do que recursos e equipamentos, a inovação na seleção e comercialização dos produtos e serviços contam mais para os compradores e consumidores finais.

É bom lembrar sempre que, além do brinde em si, os consumidores compram

conceitos de novidade, satisfação e exclusividade. Em relação ao planejamento do negócio, importa que se faça uma avaliação do mercado que se pretenda atingir e que se conheça como esse mercado poderá ser suprido por sua empresa. Ou seja, antes de iniciar a produção, o empreendedor deve avaliar todos os recursos que deverá alocar para atender ao mercado-alvo, desde a obtenção da matéria-prima até as perspectivas para a comercialização do produto.

É importante não se esquecer de mensurar bem os custos, o volume e o lucro do

negócio. Por meio dessas análises e do acompanhamento regular, é possível prever retorno de investimento, margem de lucro e preço, e custo por unidade de produto, evitando, assim, surpresas desagradáveis.

23. Características

Destacamos, a seguir, as principais características necessárias ao empreendedor do segmento de fábrica de brindes:

- Capacidade de assumir riscos e desafios, de arriscar conscientemente e de calcular com cuidado as chances de o empreendimento ser um sucesso (fazer o pleno de negócio).

- Senso de oportunidade para reconhecer situações que sejam oportunidades quando outras pessoas as veem como ameaças.

- Conhecimento do segmento que escolheu. O empreendedor deve preferencialmente

trabalhar ou ter trabalhado no ramo. Caso o segmento não lhe seja familiar, deve-se fazer pesquisas e visitas aos concorrentes. Não se pode desprezar esta característica, pois mais tarde a recompensa é garantida.

- Organização. Essa característica garante que os resultados positivos virão em

consequência da aplicação dos recursos disponíveis, conforme o planejamento do

empreendimento. Caso sejam identificadas falhas no percurso, o empreendedor organizado buscará a correção com muita rapidez.

- Iniciativa e dinamismo. É importante ser pró-ativo, buscar novidades para o negócio, dar sempre o primeiro passo, não esperar pelos outros, pesquisar novos caminhos e

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

22
22

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

estar sempre atento com as novidades do mercado, de uma forma geral.

- Liderança. O líder é uma pessoa com quem todos gostam de trabalhar, em função de

seu espírito de liderança; é alguém que respeita a todos, que mantém os funcionários ao seu lado e nunca abaixo dele. O líder faz um trabalho de equipe, delega autoridade,

mas sempre acompanhando o grupo. Define metas e as cobre com responsabilidade.

- Otimismo e automotivação. O empreendedor precisa buscar dentro de si motivos

para estar sempre motivado, não importando o tamanho dos problemas que enfrentará no andamento de seu empreendimento; agindo assim, sua equipe nunca esmorecerá e a vitória virá com certeza.

24. Bibliografia

BUTTONMAKERS.NET. How to make a button pin-back badge using a button making machine. Disponível em: http://buttonmakers.net/ how_to_make_a_button.htm . Acesso em: 04 de Julho 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Borracha e plástico. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do . Acesso em: 04 de Julho de 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Fabricação de brindes. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em: 04 de Julho de 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Informações sobre máquinas para personalizar brindes. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em: 04 de Julho 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Fornecedores de máquinas e matéria-prima para bótons. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em:

04 de Julho de 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Máquinas e Equipamentos:

Informações sobre o processo de fabricação de brindes (canetas e tecidos) em pequena escala, equipamentos necessários, meteria prima utilizada, relação de fornecedores e cursos. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em: 04 de Julho de 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Metal: Personalização de chaveiros e Mosquetões. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em: 04 de Julho de 2014.

SISTEMA BRASILEIRO DE RESPOSTA TÉCNICA. Serviços industriais: Chaveiro

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

23
23

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

emborrachado. Disponível em: http://sbrt.ibict.br/resposta.do. Acesso em: 04 de Julho de 2014.

Publicações

Revista Feira & Cia. http://www.feiraecia.com.br

Jornal Meio & Mensagem http://www.meioemensa gem.com.br/novomm/br/index.jsp

Revista Empresário Serigráfico http://www.serinews.com.b r/site.jsp?pagina=home

Revista Mega Brindes http://www.megabrinds.com.br

Relação de eventos promocionais Disponível em: http://www.guiadebrindes.com. br/eventos.asp . Acesso em: 05 de Julho 2014.

Fábrica de brindes – Pela IGF Disponível em: http://www.igf.com.br/aprende/NovoNegocio/Neg_Resp.aspx?id=48 . Acesso em:05 de Julho 2014.

Brindes contemporâneos Disponível em: http://pegntv. globo.com/Pegn/0,6993,LIR305470-5027,00.html. Acesso em:05 de Julho de 2014.

25. Fonte

Não há informações disponíveis para este campo.

26. Planejamento Financeiro

Não há informações disponíveis para este campo.

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

24
24

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

27. Soluções Sebrae

Não há informações disponíveis para este campo.

28. Sites Úteis

Não há informações disponíveis para este campo.

TEXTO NOVO

Sites Úteis

Segue lista de alguns dos principais eventos que ocorrem no Brasil, com os endereços eletrônicos para melhores informações:

AES? - Ramo: IMAGEM E SOM ? - Local: ANHEMBI -SP/SP

?Organizador: AES?Fone: (21) 2421-0112

Site: www.aesbrasil.org

BIJÓIAS SP? Ramo: JÓIAS? - Local: RIO DE JANEIRO -RJ/RJ? Organizador: MASI & ASSOCIADOS? Fone: (11) 3862-2700

Site: www.masi-bijoias.com.br

BIO BRAZIL? Ramo: MEIO AMBIENTE - Local: BIENAL IBIRAPUERA- SP/SP?

Organizador: FRANCAL? Fone: (11) 4689-3100

Site: www.francal.com.br

CASA COR? - Ramo: DECORAÇÃO/ UTILIDADES DOMÉSTICAS/MÓVEIS? - Local:

JOCKEY CLUB BRASIL SP/SP?

Organizador: CASACOR? - Fone: (11) 3819-7955

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

25
25

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Site: www.casacor.com.br

CONAI? - Ramo: MEDICINA/ SAÚDE/ FARMACIA? - Local: CENTRO DE EXPOSIÇÃO IMIGRANTES- SP/SP? Organizador: ABINEE?Fone: (11) 2175-0090

Site: www.nanotecexpo.com.br

CONGRESSO MINEIRO DE RADIODIFUSÃO? - Ramo: EDUCAÇÃO/ CULTURA/ LAZER/ ESPORTE? - Local: BELO HORIZONTE- MG/MG

?Organizador: MG EVENTOS? - Fone: (31) 3226 6500;

Site: http://www.mgmarketing.com.br

CONGRESSO DE ODONTOLOGIA DE TOCANTIS? Ramo: MEDICINA/ SAÚDE/ FARMACIA? - Local: PALMAS- TO/TO? -

Organizador: ABO?Fone: (63) 3214-2246

Site: www.abo.org.br

CONIP - ?Ramo: TECNOLOGIA /INFORMATICA/ COMUNICAÇÃO?LOCAL:

FECOMERCIO- SP/SP?

Organizador: IDETI?Fone: (11) 3417-1766

Site: www.conip.com.br

CONSTRUWEEK? Ramo: CONSTRUÇÃO/ EQUIPAMENTOS E MATERIAIS - Local:

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP/SP?

Organizador: AM BUREAU?Fone: (17) 3234-2377

Site: www.ambureau.com.br

CURITIBA FRANCHISING? Ramo: FINANÇAS E SERVIÇOS? - Local: CURITIBA- PR/PR?

Organizador: FAGGA? - Fone: (11) 3044-4410

Site: www.fagga.com.br

DIGISHOW ?Ramo: GRAFICA/ EDITORIAL E EMBALAGENS? - Local: ITM-EXPO- SP/SP?

Organizador: ABIGRAF - ?Fone: (11) 5087-7777

Site: www.abigraf.org.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

26
26

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

EXPO ALUMINIO? Ramo: METALURGICA? Local: CENTRO DE EXPOSIÇÃO IMIGRANTES- SP/SP? Organizador: ABAL;

Site: www.abal.org.br

EXPO FOREST ?Ramo: Indústria e Maquinário? Local: EXPOTRADE CURITIBA- PR/PR?Organizador: HANOVER?Fone: (11) 3521-8000;

Site: www.hanover.com.br

EXPO WASTE?Ramo: QUIMICA? Local: FORA DO BRASIL/EX?Organizador: R. SANTI;

Site: www.rsanti.com.ar

EXPOCACHAÇA? Ramo: AGROPECUARIO ? - Local: MINAS CENTRO- MG/MG?

Organizador: SAVASSI? - Fone: (31) 3287-5243

Site: www.expocachaca.com.br

EXPOCIEE- Feira do Estudante? - Ramo: TECNOLOGIA /INFORMATICA/ COMUNICAÇÃO - Local: BIENAL IBIRAPUERA- SP/SP?

Organizador: CIEE? - Fone: (11) 3044-5071

Site: www.feiradoestudanteciee.com.br

FEIRA BRASIL OCEANO ?Ramo: MEIO AMBIENTE? - Local: RIO GRANDE DO SUL- RS/RS?

Organizador: VC EVENTOS?Fone: (85) 3265-4022

Site: www.cbo2008.com

FEMADE? Ramo: Indústria e Maquinário

Local: EXPOTRADE CURITIBA- PR/PR?Organizador: HANOVER?Fone: (11) 3521-

8000;

Site: www.hanover.com.br

FESTA DO PEÃO CAJAMAR? - Ramo: PRESENTES/BRINDES/BRINQUEDOS/ FESTAS? ? Local: BOIÓDROMO-SP/SP? Organizador:INDEPENDENTES;

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

27
27

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Site: www.boiodromo.com.br

GEOBRAZIL? Ramo: MEIO AMBIENTE? - Local: CENTRO DE EXPOSIÇÃO IMIGRANTES- SP/SP?

Organizador: ALCANTARA MACHADO - REED EXBITONS?Fone: (11) 3291-9111

Site: www.alcantara.com.br

GEO OLEO GAS? - Ramo: MEIO AMBIENTE? - Local: CENTRO DE EXPOSIÇÃO IMIGRANTES- SP/SP?

Organizador: ALCANTARA MACHADO - REED EXBITONS? - Fone: (11) 3291-9111

Site: www.alcantara.com.br

HOSPITALAR? - Ramo: MEDICINA / SAÚDE / FARMACIA? - Local: EXPO CENTER NORTE - SP/SP

?Organizador: HOSPITALAR FEIRAS? - Fone: (11) 3897-6199

Site: www.hospitalar.com.br

NATURAL TECH? - Ramo: BELEZA / COSMÉTICOS/ HIEGIENE/CABELO/ESTÉTICA? - Local: BIENAL IBIRAPUERA- SP/SP?

Organizador: FRANCAL? - Fone: (11) 4689-3100

Site: www.francal.com.br

SAMPA BIKERS ?Ramo: EDUCAÇÃO/ CULTURA/ LAZER/ ESPORTE - Local: MINAS GERAIS/MG? Organizador: PLACAM?Fone: (11) 3045-2722

Site: www.sampabikers.com.br

SERITEX? - Ramo: GRAFICA/ EDITORIAL E EMBALAGENS? - Local: CENTRO DE CONVENÇÕES DE GOIANIA/SP?

Organizador: FCEM EVENTOS? - Fone: (11) 5589-2880

Site: www.fcem.com.br

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

28
28

Apresentação / Apresentação / Mercado / Localização / Exigências Legais e Específicas / Estrutura / Pessoal / Equipamentos / Matéria Prima/Mercadoria / Organização do Processo Produtivo / Automação / Canais de Distribuição / Investimento / Capital de Giro / Custos / Diversificação/Agregação de Valor / Divulgação / Informações Fiscais e Tributárias / Eventos / Entidades em Geral / Normas Técnicas /

Todo esse cenário positivo representa uma gama imensa de oportunidades de negócios para fábricas de brindes, de diferentes portes.

29. URL

http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/Como-montar-uma-f%C3%A1brica-

de-brindes

Ideias de Negócios | www.sebrae.com.br

29
29