Você está na página 1de 4

NMF:* núcleo d preenchimento eixo do dente; ângulos internos semelhante ao da dentina;alta

*Dispositivos protéticos fundidos em arredondados;cavo-superficial sem resistência flexural;compatibilidade


ligas metálicas nobres ou semi- bisel;profundidade oclusal 2mm e química c resinas compostas;custo
nobres,q contém uma porção axial 1,2-1,5mm;término em reduzido. Tipos de pinos:
coronária,q restaura a coroa dental chanfrado-1,5mm. Porcelana: METALICOS ATIVOS:*Constituição:
destruída ou inexistente, e uma Propriedades:dureza(alta);resistência Aço inoxidável ou titânio.*Vantagens:
porção intrarradicular q tem como (alta);fragilidade(alta);módulo d -os mais retentivos de todos -
objetivo a fixação,retenção e elasticidade(alto);condutibilidade Dispensa moldagem do canal
estabilidade.Indicações:dentes c térmica e elétrica(baixa).Caract radicular e etapa laboratorial –Facil e
estrutura coronária insuficiente ou preparo:rebaixamento d cúspide rápido –preparo mais conservador –
inexistente;canais excessivamente (2mm);terminação em ombro ou Diferentes formatos.*Desvantagens:
elípticos,mto amplos ou expulsivos; chanfrado(1,5mm);ausência d -Impoem atividade no canal gerando
retentores d PPF e PPR;dentes c retenções adicionais;paredes grandes tenções no mesmo ,por
cargas oclusais predominantemente expulsivas;ângulos internos serem rosqueados a possibilidade de
laterais(dentes anteriores); arredondados;homogeneidade do fratura e grande –Necessidade de
necessidade d modificar a inclinação preparo.O QUE DEVE SER reconstrução da porção coronal – Não
da coroa clínica.Contra-indicações: DETERMINADO P ASSEGURAR Q clinico. *Utilizaçao: -Canal com pouca
patologia periapical persistente; UM DENTE TRATADO profundidade ,por causar acidentes -
obturação radicular precária (curta, ENDODONTICAMENTE ESTEJA Dentes posteriores - Raizes curtas
excessiva,condensada inadequadam; PRONTO P O TRATAMENTO com poucos remanescentes ,raízes
suporte periodontal insuficiente;dentes RESTAURADOR?Ausência d curvas .METALICOS PASSIVOS:
c raízes curvas na altura do terço sensibilidade á pressão,ausência d *Constituiçao: Aço inoxidável ou
médio.Caract ideais: forma igual a da inflamação(exsudato e fístula); titaneo.*Vantagens: -Mais retentivos
estrutura perdida; propriedades físico- Ausência d sensibilidade apical; que os conicos – Facil e rápido –
mecânicas semelhantes ás da selamento apical adequado.PINOS Dispensa moldagem e etapa
estrutura a ser substituída,porém c INTRA-CANAIS:Propriedades laboratorial ao conduto –Retençao
maior resistência ao cisalhamento; mecânicas:*Retenção(comprimento;i química do cimento –Menor remoção
estabilidade química. Vantagens: nclinação das paredes;diâmetro do de tecido sadio em relação ao
personalizável;melhor adaptação; pino;caract duperficial do pino). ativo.*Desvantagens: -necessita de
menor película d cimento;boa rigidez; *Resistência.Fatores modificadores: ampliação do canal para a sua
radiopacidade;alta resistência Diâmetro do pino,qntdade d dentina acomodação ,principalmente na
mecânica;material único. Desvant: coronária remanescente;força d região apical aumenta o risco de
duas sessões clínicas;custo adesão ás várias interfaces; perfuração radicular. –Mais espessura
laboratorial;dificuldade d corte; resistência e rigidez dos materiais; de cimento. –Não estético. –Menos
dificuldade d remoção; corrosão(ligas direcionamento das forças. VANTAG: retentivos que os rosqueados.
ñ nobres).Critérios na confecção: Uso fácil e rápido;baixo custo; *Utilizaçao: -Adesao micromecânica.
*Comprimento do pino (qnto↑ pino↑ dispensa moldagem e etapa –Molares e dentes posteriores
retenção)*diâmetro(pino tem q ter laboratorial;preparo mais conservador; .FIBRAS DE VIDRO: *Constituiçao: -
diâmetro Maximo correspondente a disponível em várias formas tamanhos Fibras de vidro dispostas
1/3 do diâm radicular)*material e materiais;superfície tratada em longitudinalme e imersas em uma
obturador remanescente(o mínimo d alguns casos;utilizado p dentes matriz resinosa.*Vantagens: Esteticos
remanescente são 4mm de selamento anteriores e posteriores;sessão única, /são radiopacos ,modulo de
apical p evitar microinfiltração. o q pode evitar falhas no trat elasticidade semelhante a da dentina
Preparo do remanescente:redução endodôntico.DESV:Necessidade d e alta resistência flexural. Compatibilid
axial e preparo do término cervical; reconstrução da porção coronal;maior químicas com resinas compostas.
remoção das estruturas coronárias espessura d cimento.PINO MET Custo reduzido.*Não sofrem corrosão.
sem suporte;confecção d uma cx ou ATIVO:Geram grandes tensões no –Dispensa etapa laboratorial
ranhura guia;execução do contrabisel; conduto;são rosqueados e travados podendo ser finalizada em apenas
aspecto final do preparo.Métodos d nas paredes do conduto;grande uma sessão clinica.*Desvantagens: -
confecção:*Técnica direta*Técnica possibilidade d fratura;utilização em Facilremoçao,forcas excessivas podes
indireta. INLAY:*Cx oclusal: paredes casos mto particulares;são os mais solta-los. –Flexibilidade pode causar
circundantes levemente divergentes p retentivos;indicados p casos d falhas de adesão. –Baixa radiopacida.
oclusal;parede pulpar plana e condutos c pouca profundidade.PINO –Menos retenção que metálicos
perpendicular ao longo eixo do MET PASSIVO:Superfície lisa ou ativos.*Utilizaçao: -Em casos que há
dente;profundidade parede pulpar:1,5- macrorretenções;apresentação em grandes remanescentes coronários e
2mm;término nítido*Cx proximal/V modelos escalonados;fixados devido radiculares. –Dentes anteriores
/L:paredes circundantes divergentes p ao cimento e retenções do pino; estéticos. –Posteriores retenção
oclusal;parede axial convergente p variabilidade d diâmetro, comprimento menos chance de fratura. FIBRAS DE
oclusal; ângulos internos vivos; e desenho do pino.PINO MET CARBONO: -*Constituiçao : -Fibras
profundidade da parede axial+- PASSIVO CÔNICO:Menos retentivos de carbono dispostas longitudinalmen
1,2mm;término parede gengival em devido a seu desenho e a superfície envoltos por resina epoxa. *Vantag: -
ombro biselado.ONLAY:cúspides lisa;necessita d 7 a 8mm d Possibilidade de preservação dos
rebaixadas 1,5mm;término d profundidade p boa fixação;preparo tecidos radiculares, não requer
chanferete;cx oclusal expulsiva; mais conservador.PINO MET preparos expulsivos. –Melhor
separação do dente adjacente 0,5 a PASSIVO PARALELO:Mais aproveitamento do remanescente
1mm;ângulos internos vivos. retentivos q os passivos cônicos; coronário, Não há necessidade de
Profundidade:dada pela extensão da necessita d ampliação do conduto; preparo para coroa total. *Utilizaçao:
lesão;mínima necessária p resistência indicado p raízes curtas ou -Em casos em que há grandes
e retenção do material.Princípios necessidade d mta retenção(↑risco d remanescentes coronários e
Biomecânicos:Acabamento(arredond perfuração radicular). CERÂMICOS: radiculares. –Dentes posteriores.
amento dos ângulos internos da Vant:Biocompatibilidade;estético;alta CERAMICOS:*Constituição – oxido
cavidade;remoção d prismas d resistência mecânica; radiopacidade; de sircônio. *Vantagens:biocompatibi.
esmalte friáveis).Caract. do preparo: versatilidade.Desv:Dificuldade d – estético e inerte aos tecidos vivos. –
Metais(ângulo cavo-superficial;ângulo corte;dificuldade d remoção; custo. alto modulo de elasticidade, meios
áxio-pulpar arredondado-retenções Utilização:confecção d núcleo suscetíveis a falhas adesivas durante
adicionais na cx proximal).Margens cerâmico fundido, núcleo d a função mastigatória. - ↑Rigidez
do preparo preferencialmente em preenchimento.FIBRA D CARBONO: permite pinos de menor diâmetro,
esmalte:selamento marginal → Ausência d radiopacidade;fácil preserva a estrutura, reduz fratura
microinfiltração(sensibilidade pós- remoção;exige menos desgaste da raiz. – Radiopacidade. – União
operatória;manchamento;reincidência estrutura dental. Vant: química com os materiais resinosos (
d cárie). Resinas indiretas: Biocompatibilidade;resistência a devido a silanização ). – União com
Propriedades: Resistência a corrosão;resistência a fadiga;ME cerâmica fundida e injetada. – Pode
abrasão(maior q RC direta- semelhante á dentina;adesão química ser empregado de forma direta como
fotopolimerização mais eficiente) c resinas compostas;fácil remoção. indireta. – Versatilidade.– Disponibilid
Menor formação d fendas na interface DESV:Poucos estudos clínicos de tamanho. *Desvantag– resistência
dente-restauração.Caract do longitudinais;a flexibilidade pode e rigidez faz que aumente a dificuldad
preparo:paredes expulsivas; parede causar falhas adesivas; cor.FIBRA DE de corte e sua remoção ( não sofre
pulpar plana e perpendicular ao longo VIDRO:Estético;módulo d elasticidade deformação menor chance de
fragmentar a intensidade adesiva ). – água, com papel absorvente seca-se. IRREVERSÍVEIS: *reação química
Custo elevado em relação metálico. – Passa primer com micro-bush *gesso,ZOE,alginatos,elastrômeros.E
os alargadores não possuem guia de evaporar e foto polimerizar. LASTICIDADE;rígidos ou anelásticos:*
ajuste no comprimento dos pinos. Cimentação pode ser química 5 min. gessos ,ZOE, godiva, cera.
*Utilização – Tanto para a confecção toma presa e pode fazer o núcleo com ELÁSTICOS:hIdrocolóides,alginatos,el
de núcleo cerâmicos fundidos, quanto resina composta ou dual - foto astômeros.PROPIEDADES FÍSICAS:
para núcleo de preenchimento. – polimerizavel.Cimento pode ser Precisão ,resistência a deformação,
Dentes anteriores e estéticos. – Coroa resinoso ou com ionomero de vidro estabilidade dimensional após a
clinica curta por poder usar de forma (menor resistente e pino não presa,reprodução de detalhes,
indireta. – Raízes curtas necessita de adesivo)*Fibra de resistência ao rasgamento,tempo de
METALICA:*Terminos: -Vestibular: carbono: Tratamento do pino: trabalho e presa, manipulação,
chanferete 0,6mm. *Desgaste: - condicionamento com AC. Fosfórico, desinfecção,custo.HIDROCOLÓIDE
Oclusal :cúspide de contenção 1,0 a 30 seg, lava com jato de ar e água , IRREVERSÍVEL:*fácil manipulação
1,5 e cuspide de não contenção : 0,5 passa-se o silano e espera 20 seg, *confortável ao paciente*baixo
a1,0. –Vestibular :0,6 metade do parra o adesivo 20 seg, evaporar e custo*capacida e limitada de copiar
diâmetro da broca(4138). –Lingual:0,6 foto-polimerizar.Tratamento do detalhes*altamente hidrofílico.
metade do diâmetro da broca. – condutor: AC. Fosfórico 15 seg. ULTILIZAÇÃO*PPR*Modelos de
Palatino :0,6 metade do diâmetro da dentina, lava com jato de ar e água, estudo*Moldagens de transferência.
broca .METALOPLASTICA com papel absorvente e seca-se. TEMPO DE TRABALHO MÍNIMO-1
:*Termino: -vetibular : Chanfrado 1,5 Passa primer com micro-bush min e 25 seg(A.D.A)Tempo de presa:
a 2,0mm(VM e VD) 4138. –Lingual : - evaporar e foto polimerizar. Cimentaç Regular 2 a 4 min.Rápido:1 a 2
Chanferente 0,5 a 1,0mm (ML e quimica ou dual,pode ser resinoso min.SURGIMENTO DA
DL)2135. Desgaste : -Oclusal : com ionômero vidro e cimento do ELASTICIDADE:1 min e 20 seg a 2
Cuspide de contenção :1,5 a 1,0 e fosfato de sinco. Núcleo de min e 40 seg amenta rapidamente a
cúspide de não contenção :0,5 a 1,0 preenchimento com resina ou valores constantes.Alginatos ipo 1
(4138). –Vestibular :1,5 a 2mm porcelana. RESINA ACRILICA (presa rápida) e tipo 2 (presa
(4138). –Lingual : toda a lingual 0,6 TERMOATIVADA (RATA) ): *Pó – normal).CONTROLE DE TEMPO DE
(2138). –Palatino :1,5 a 2mm (VM e resina pre polimerizada + peroxido de GELEIFICAÇÃO:Quantidade de
VD) 4138 e 0,6 (ML e DL) 2135. benzoila . *Liquido : Resina não fosfato trissódico, presa rápida: 1 a
METALOCERAMICA : *Termino: - polimerizada + metacrilato de 2mi presa normal:3 a 4 min.
Vestibular : -Chanfrado 1,2 a 1,8 (VM metila.*Hidroquinona : iniciador . PROFISSINAIS:Alteração relação pó
e VD)4138. –Chanferete :0,6 (2135). *DTMA :Agente de ligação cruzada.A e liquido. Água resfriada( causando
*Desgaste : - Oclusal :Cuspide de concentração de PO/LIQUIDO e de redução na resistência á ruptura ou
conteçao 2,0 (4138) . –Cuspide de 3/1.Quanto maior a concentração de elasticidade. Temperatura ideal :20
não contenção 1,2 a 1,8 (4138). – po menor a contração de polimerizaç. graus c.MANIPULAÇÃO:1-Ppreparo
Vestibular :1,2 a 1,8 mm (4138). A resina passa por 5 fases: -1 arenoso da mistura:*proporcionamento
COROA DE PORCELANA:*Termino: – 2 Fibrilar – 3 Plastico (tempo que volumétrico\peso*Pó vertido sobre a
-Vestibular ombro reto 2,5 (4138). – fica na fase plástica 5 min,tempo de água*cuba limpa e seca*espátula de
Lingual 2,5 (4138). *Desgaste: - trabalho) –4 Borrochoide ou elástico – metal ou plástico*não incorporar
Oclusal :Cuspide de contençao2,0 a 5 Denso.*Calor : Ativador/decompõe bolhas de ar*pode ser manipulado a
2,5 mm(4138) . –Cuspide de não o periodode benzoila fazendo liberar vácuo*espatulação vigorosa contra as
contenção 2,0mm(4138). –Vestibular radicais livres qua irão se unir aos paredes da cuba.Tempo d
2,0mm (4138). –Lingual 2,0 (4138). – polímeros e monômeros (ligações espatulação:45 a 1 min mistura
Palatino 2,0 (4138). Utilização duplas) Não deixar o calor subir imcompleta, resistência de gel 50%
clinica:*Metálico ativo. -Remove-se demais senão ira aumentar a menor.Massa lisa, cremosa e não
a guta percha e o cimento obturado ( porosidade da resina –So se usa essa pegajosa, resto d gesso na cuba
Gates-glidden, peso, brocas resina em laboratorio.RESINA acelera a presa.**PÓ afofado antes d
personalizados dos pinos ) Não QUIMICAMENTE AUTO- usar*poeira de sílica (glicerina
alongue o canal desnecessário. POLIMERIZAVEL (RAQUA): - )*Geleificação cromática *Espessura
Certifique-se que o canal esteja limpo, Autopolimerizavel. *Po : Peroxido de mínima 3 mm*remoção unidiferencial.
lembre-se que as maiores falhas benzoila.*Liquido: Amina terciaria. – PROPIEADES: BAIXA RESISTENCIA
adesivas ocorrem devido as Maior pingmentaçao :poroso amida A COMPRESSAÕ:*relação A\P
impurezas do canal.*Metálicos terciaria oxida. –Menor biocompatibil. alterada (gel fraco e sem elasticidade)
passivos. - faça uma radiografia –Menor resistência. –Menor contraç. – *Espatulação deficiente (mistura
periapical do dente para verificar se Menor tempo de trabalho. - Se usa pobre)*excesso d espatulação(altura
há resíduo de material obturador nas essa resina na clinica. –Provisorio e de fibrilas).
paredes do canal e selamento opical base de dentadura.RESINA VISCOELASTICIDADE\DEFORMAÇ:*
correto.- o amalgamo é ainda o FOTOATIVADA (RAFA): *Matriz resistência a rasgamento;-maior qndo
matéria de preenchimento mais :UDMA + monômeros de resina da remoção obrupta*velocidade de
utilizado, não possui qualquer acrílica de maior peso molecular. remoção-equilíbrio entre rapidez e
adesividade a estrutura dental, o que *Ativador : Luz.*Inorganica :Silica conforto *evitar remoções em dois
implica sempre na necessidade da microfina. * Iniciador :canfaroquinona tempos.DESINFECÇÃO:*vazamento
execução de retentores mecânicos ou ,liberar os radicais livres que irão atuar imedediato\desinfecção rápida*
com CIV.*Cerâmicos. - Tratamento na ligação(Maior quantidade de po Borrifados c glutaraldeido ou
de pino: condicionador de porcelana ( ,menor contração de polimerização). – hipoclorito d sódio(Água sanitária
Ac fluoridrico ), 20 seg, e laçar com Maior porosidade devido ao calor caseira ,1 p 10 em diluição..Aguarda
jato de ar e água. Secar o pino e excessivo. –Maior tempo (ausência de 10 min, lavar e vazar.ESTABILIDADE
aplicar (agente de união ), ligando pressão adequada/Falta de DIMENSIONAL:* Aterações térmicas
parte inorgânica do pino a orgânica do homogeineidad da resina(po/liquido) a = ligeira contração, vazamento
adesivo. Sistema adesivo e foto RAFA É foto(TBM feitas em retardado:Ambiente hermeticamente
polimerização.-tratamento do conduto: laboratório) termoativada fechado c 100% umidade relativa.
condicionamento acido ( jato de ar e (Laboratorio) Quimica (clinica). EXEMPLOS COMERCIAIS:
água ), papel absorvente, primer *Glicol:Separa ligação dupla ,fazendo POLISSULFETOS*Fácil manuseio
espera evaporar e foto polimeriza a ligação simples. MATERIAIS DE clínico,*alta resistência ao rasgamento
adesivo. Prepara o cimento ( pasta MOLDAGEM: REABILITAÇÃO *ALTA Elasticidade -fácil remoção da
base + catalisadora )[ pode ser com ORAL;*O resultado final de uma moldagem,deformaçães plásticas
preenchimento cerâmico ou resinoso reabilitação iço, planejamento, com deformações severas ,*Reação
– para núcleo de preenchimento] pode protética, independente do do número profundamente influenciada pela
ser cimento resinoso ou ionomero de e tipo de restauração, da sua temperatura*deve ser mantido entre
vidro (menos resistência )*Pino de extensão, ou complexidade,depende 17 e 24 graus,por no máximo 1 ano.
fibra de vidro - Tratamento do Pino: da sua acuidade com q o profissional REAÇÃO DE PRESA:-polimerização
condicionamento com AC. Fosfórico , conduz as diferentes tapas ,desde o por condensão atrav´s dos radicais
30 seg. lavar com jato de ar e água, diagnóstico.o até o ato de cimento, Mercaptânicos.Polimerização dos
passa-se o silano e espera evaporar planejamento*A moldagem se grupos sulfurosos( vulcanização 5 a
por 20 seg. parra o adesivo por 20 sobressai pelo seu valor estratégico. 10 min) , ligações cruzadas.Água-
seg. evaporar e foto polimeriza CLASSIFICAÇÃO:Mecanismo de acelerador de presa no início da
.Tratamento de conduto: AC.Fosforico presa REVERSÍVEIS:*alteração de reação.No final-subproduto.
15 seg. destina, lavar com jato de ar e tempera *godiva, cera, hidrocolóide. PROPIEDADES:*custo moderado
*alteração dimensional0,5 a 1,5%*alta que os polissulfetos, fácil desinfecção. se a pasta pesada na moldeira,
resistência ao rasgamento*tempo de Desvantagens: Vazamento imediato deixando uma depressão no local do
trabalho longo 8 a 10 min* bom (1 hora), menos estável preparo; preencher essa depressão
detalhamento de superfície*levemente dimensionalmente que poliéter e com a pasta fluída, aplicar a pasta
hidrofílico 66 a 80%*baixo índice d silicone por adição, adesivo bom – densa para fazer a moldagem numa
ligações cruxadas*bom adesivo de pouco utilizado. "São assim só voz; após 3,5 min, retirar a
moldeira.TÉCNICA:* Evitar moldar denominados porque todos os sub- moldagem e realizar a lavagem e
áreas retenivas *moldeiras rígidas produtos da reação de presa são desinfecções. SILICONAS DE
(estoque individual)*baixa rigidez após consumidos ou adicionados a ela." < ADIÇÃO MPENTAMIX 2 : Vantagens
a presa*alta viscosidade\manipulação contração de polimerização. > do sistema: permite uma mistura
vigorosa*tempo de trabalho10 a 15 estabilidade dimensional. Alterações homogênea das pastas, não precisa
min*moldagens em prótese total dimensionais durante a presa: 0,05 a proporcionar as pastas (evita erros na
*técica do casquete*vazamento de no 0,16%. Gesso: 0,08%. Estabilidade dosagem), evita erros na dosagem),
máximo 1 hora.POLIESTER:O dimensional após a presa: 7 dias ou evita a formação de bolhas –
adesivo de moldeira é uma borracha 168 horas. Dos elastômeros é o moldagem mais confiável – modelo
de poliéster dissolvida em acetona e menos tóxico e irritante. A resistência mais preciso, não se desperdiça pasta
clorofórmio deve-se evitar contato c a ao rasgamento é relacionado com a – ponta misturada bem curta,
pele.TIXOTROPIA: moldagem de quantidade de carga e viscosidade. praticidade, alta economia de tempo.
selamento em ptr, exelente cópia d tec Tempo de trabalho: 3 a 5 min. Qual o melhor material para
mole.VANTAGENS:*Boa precisão, Retardador: +25% TT e +50% TP. moldagem? Os materiais de
boa molhabilidade,exelente na tec d Alternativa: armazenar em geladeira moldagem tem características físico-
boca fechada , oldaem em ptr, +25% TT. Inibição da presa pelo químicas peculiares, O conhecimento
adesivo de moldeira forte, Enxofre: Luvas de látex. Soluções de suas propriedades reológicas e a
dimensionalmente esáve97 adstringentes (Sulfato férrico e Sulfeto influência da forma de manipulação e
dia).DESVANTAGENS: baixa de alumínio). Tempo para vazamento: das condições ambientais no seu
resistência ao rasgamento, deformaç recomendações do fabricante. desempenho clínico influenciam
permanente, q silicona d adição, Vantagens: precisão, resistência ao decisivamente na qualidade final da
vazamento após 2 horas até 7 dias,, rasgamento moderado, recuperação impressão, as distorções inaceitáveis
gosto amargo,não armazenar em elástica rápida e ótima, sem odor e são aquelas decorrentes do fator
água,rigidez-fratura do modelo. sabor, todas as técnicas de humano, de erros de técnica, uma
DESINFECÇÃO:*Absorção d água, moldagem, estabilidade dimensional impressão não pode abrir mão de
glutaraldeido Max de 10 min, pós a presa, estável em soluções seguir rigorosamente o protocolo
hipoclorito-alteração de desinfetantes, disponível em auto proposto para cada material e técnica,
superfície.MOLDAGEM INDIVIDUAL mistura. Desvantagens: Versão as falhas que produzem um modelo
COM CASQUETE: POLIÉTER: hidrofóbica - abaixador de tensão ou um troquel distorcido se devem a
Vantagens: Boa precisão, boa superficial, custo alto, necessidade de erros de técnicas, descaso com
molhabilidade, excelente na técnica adesivo de moldeira, inibição pelo protocolo e não a deficiência das
de boca fechada,moldagem em PTR, enxofre, na consistência de massa - propriedades dos materiais. TIPOS
adesivo de moldeira forte, tempo de armazenagem curto (6 DE TERMINO CERVICAL: Ombro:
dimensionalme estável (7dias). meses). 3M ESPE EXPRESS: parede axial do preparo forma um
Desvantagens: baixa resistência ao Silicona por adição à base de ângulo de 90 º c/ a pared cervical.
rasgamento, deformação permanente vinilpolisiloxano (vps) sistema Indicado: p preparos com coroas de
> que silicone de adição, vazamento composto por: pasta densa (base e porcelana pura, com 1 a 1,2 mm de
após 2 até 7 dias, gosto amargo, não catalisadora) em potes separados - expessura. Contra-Indicado: Nos
armazenar em água, rigidez-fratura do mistura manual (sem luvas de látex), preparos p coroas com estrutura
modelo. Desinfecção: Absorção de pasta flúida em cartucho, requer metálica. Ombro ou degrau
água, glutaraldeído máximo de 10 ponteira misturada e ponteira intra- biselado: Forma Ang de aprox. 90º
min, hipoclorito – alteração de oral. Usar adesivos de moldeira para entre parede axial e a cervical, c/
superfície. Moldagem individual com silicona por adição. EXPRESS biselamento da aresta cavosuperficial.
casquete: Estrutura confeccionada em VANTAGENS: Alta fidelidade de Indicado: P/ coroas metaloceramica,
resina acrílica com o objetivo de obter detalhes anatômicos, hidrofilia-melhor nas facetas vestibular e metade
a moldagem individual, afastamento cópia, realização de 39 moldagens veltibulo proximais. Bisel com
gengival mecânico, atraumático, limita parciais e 18 totais, material rígido - inclinação de 45º. Chanfrado: término
a quantidade de material moldador, não sofre deformação, pode-se obter em q a junçao entre a parede axial e
reduz o desconforto do paciente, mais de um modelo de gesso a partir gengival é feita por um segmento de
limitada a preparos totais, técnica de sua moldagem, duas semanas circulo, q deverá apresentar
trabalhosa, moldagem no momento para vazar o modelo. VASTAGENS espessura sufuciente p acomodar
mais adequado. Poliéter: 3M espe DA PASTA FLÚIDA EM CARTUCHO: metal e faceta estética.Indicado:P
impregum soft, 3M espe impregum mistura homogenia das pastas - confecções de coroas metaloceramica
penta soft. Alta viscosidade: 600ml garantia da qualidade do material, com ligas básicas, coroas
pasta base 120ml pasta catalisadora, sem sujeira e bagunça, evita o metaloplastica (devera ser realizado
média viscosidade 600ml pasta base desperdício de material. 3M ESPE apenas nas faces envolvidas
120 ml pasta catalisadora, baixa EXPRESS - INDICAÇÕES: moldagem esteticament. Chanferete: termino em
viscosidade 300ml pasta base 60ml para preparos de inlays, onlays, q a junção entra a parede axial e a
pasta catalisadora. SISTEMA DE coroas, pontes e implantes, indicado gengiva é feita por um segmento de
AUTO MISTURA: Indicações: Mistura tanto para a técnica dupla (duas circulo de pqna dimensão –facilita a
automática de impregum penta soft e viscosidades/ dois passos) como para adaptação da peça fundida e o
Express penta h. Benefícios:mistura a técnica simultânea (duas escoamento do cimento. Indicações:
homogênica e sem bolhas ao toque viscosidades/ um passo). 3M ESPE P coroa total metálica e com termino
de um botão, econômico você utiliza a EXPRESS: Antes de realizar cervical nas faces lingual e linguo
quantidade exata de material moldagem: selecionar a moldeira do proximal das coroas metaloplasticas e
necessário para a moldagem, tamanho adequado, aplicar um fina metaloceramicas com termino cervical
confiável - mistura automática garante camada do adesivo na moldeira e das coroas parciais dos ¾ e 4/5.
consistência de qualidade, higiênico – aguardar 5 minutos, prepare o COROA TOTAL: Vantagens –
carregamento direto da moldeira ou cartucho da pasta fluida no facilidade de preparo, características
seringa. SILICONE DE REAÇÃO POR dispensador com a ponta de mistura e mecânicas de retenção, estabilidad,
CONDENSAÇÃO: Contração de a ponteira intra-oral. 3M ESPE possibilidad de adequar o desenho
presa- 0,6%, dupla moldagem EXPRESS MOLDAGEM DUPLA: oclusal, estética. Desvantagens:
contração de 0,3%, versão hidrofóbica Aguardar 2 horas antes de vazar o desgaste acentuado e irreversível,
(ângulo de 81 a 88%), abaixador de modelo, ou colocar por 20 min em dificuldade de adaptação cervical,
tensão superficial, atualmente versão água quente (para evaporar o necessidad de fase laboratorial, maior
hifrofílica, catalisador instável- octato hidrogênio), pode vazar o modelo até custorestaurações diretas. Pincipios
de estanho, desinfecção- 2 semanas após ter sido feita a biomecânicos dos preparos para
glutaraldeído ou hipoclorito. moldagem, pode vazar mais de um restaurações indiretas: remover o
Vantagens: gosto e dor agradáveis, modelo de gesso, moldagem mais estiramento necessário, mas remover
tempo de trabalho moderado com estável que a realizada com silicone o necessarionum desenho capaz de
possibilidade de alteração, boa por condensação. EXPRESS preservar as estruturas biológicas e
recuperação elástica, mais preciso MOLDAGEM SIMULTÂNEA: Colocar- garantir qualidad mecânica e estética
as restauração. Matalocerâmica: prótese fixa parcial, Características
Utilizaç:dentes anteriores.Indicaç: = protegem o complexo dentinho
tratamento simultâneo de vários polpa,devolvem a anatomia correta
dentes.Vantagens:estética, união dos dentes envolvidos,recompõem a
química c resistência e estética e a fonética,protegem o
biocompatibilidad.Desvant:difícil periodonto,adptaçao cervical,
remoção, custo elevado,n podem ser contorno,ameia proximal,higiene oral.
desgastados. Termino-chanfado V, Alteraçoes no tempo de uso=
chanferete L. Metaloplastica: contorno,textura,espessura,desenho
recobrimento das estruturas metálicas oclusal. Tipos de materiais
com cerômeros e compósitos, utilizados=metil metacrilato de
permitindo uma distribuição de forças polimerização ,térmica e foto;resinas
mais favoráveis do q os matérias de compostas de polimerização química
revestimento cerâmico. Término- ,foto e dual.A res tauraçao provisória
chanfrado V, chanferete L. PINOS: deve,de uma consulta para a outra,ser
Fibra de vidro: Utilizaç:dentes fixada ao dente por meio de um
posteriores e anteriores inf. Indicaç: agente cimentante,cimentos
Qndo há grnd remanescentes temporários (a base de pasta de oxido
coronais e radiculares. Vantag: de zinco com ou sem eugenol,de
radiopacidad, alta resistência hidróxido de cálcio. Técnicas para
mecânica, diretos ou indiretos,fácil confecção=molde de alginato ,molde
remoção.Desvantag: falta de de silicone,técnica da bola,provisório
informaç satisfatória. Fibra de com dente de estoque,matriz de
carbono: Utilizaç:dentes poster e plástico,provisório prensado. Objetivo
infer anterio. Indicaç:qndo há grnd =é a promoção da saúde ,sem criar
remanescente coronais e radiculares. limitações maiores ao paciente.
Vantag:rsistencia a fadiga, a corrosão Tempo de uso pode ser modificado
biocompatibilidade, remoção para a preservação=de cirurgias ,da
fácil,caract semelhant a da dentina. real efetividade teraupetica de
Desvant:poucos estudos clínicos procedimentos necessários a
longitudinais.Metalicos:Utilizaç: recuperação do sistema
dentes post. Indicaç: dentes post q estomatognatico, tratamentos
necessitam de NMF bi ou tri.Vantag: ortodônticos(movimentação dentaria)
baixo custo, radiopacidad, Gesso Reaçao de presa=sulfato de
biocompatibilidade, fácil uso,dispensa cálcio hemidratado-agua,quanto mais
moldagem e etapa laboratorial. agua menos resistente e o gesso.
Desvantag: estética e retenção Classificação= tipo I moldagem,tipo II
mecânica. Metalic passivos cônicos: comum ou paris,tipo III pedra,tipo IV
Utilizaç: preparos conservadores. pedra de alta resistência mecânica,
Indicaç: dente com canal tipo pedra de alta resistência
anatomicament normal.Indicaç: mecânica e alta expansão. Proporção
dentes c canal anatomicament de agua e pó=tipo I 0.55 a0.75,tipo II
normal.Vantag: conservação dos 0.45 a 0.55,tipo III 0.30 a 0.35,tipo IV
canais, fácil adaptaç.Desvant: pouco 0.20 a 0.25,tipo IV 0.18 a 0.25.
retentivos. Matalicos passivos Indicação= tipo I moldagem,tipo II
paralelos: Utilizaç:dentes de raiz preenchimento de muftas ,tipo III
robusta. Indicaç: qndo for grd a modelos de estudo e antagonista ,tipo
necessidade de retenç. Vantag: são IV e V modelos de precisão. Tempo
retentivos.Desvant: requerem de trabalho = manipulação 1
ampliação do canal. Metálicos minuto,tempo de trabalho 3 minutos.
ativos: Utiliz: casos especiais. tempo de presa 4 minutos. Tempo de
Indicaç: canais pouco profundos. presa= perda do brilho ,resfriamento
Vantag: maior retenç. Desvant:grd do modelo,teste de penetração ,presa
tensão ao canal. Cimentação: inicial e final. Expansão de presa
Agentes- Carac ideias: =aumenta com o aumento da
Biocompatibilid, baixa viscosidade, proporção de agua/pó.tipo I ate 0.30
alta resitencia, radiopacidade, % ,tipo III ate 0.20%,tipo IV ate 0.10
insolubilidade, variedade de cores, %. Alta expansão = tipo V alta
liberação de flúor, tempo de presa expansão de 0.1 a 0.3 % ,redução na
pqna, CELT semelhante ao dente. quantidade de controladores de
Fosfato de zinco: boa resistência a expansão sulfato de potássio ,cloreto
compressão,liberação de flúor,pqna de sódio e borax,usado com ligas
espessura a película, facilidade metálicas e de alta contração.
técnica de utilização, fácil remoção de
excessos,(n apropriado p cimentações
adesivas estéticas). C. Policalcenoato
de Vidro: maior resistência a ação da
umidade durante a presa, menor
solubilidade, liberação de flúor como
nos convencionais, expansão tardia.
Carga inorgânica: influencia
diretamente algumas propriedades do
cimento, tais como resistência,
contração de polimerização e CELT.
Qnto mais viscoso o cimento, maior a
espessura da película. Adesão a
estrutura dental: Menor possibilidade
de microinfiltraçao, melhor distribuição
e transmissão de estresse funcionais
atrás da interface adesiva, pode
reforçar uma estrutura dental
enfraquecid, redução de sensibilidade
pós-operatória, melhor retenção de
trabalhos indiretos, possibilidade de
opções restauradoras mais
conservadoras. Silano: composto
bifuncional q une as partículas.
Restauraçoes provisorias em