Você está na página 1de 47

A Salvação

CONEXÃO COM A AULA ANTERIOR


Conseqüências do Pecado
•Somos considerados CULPADOS
(Rm5:12; Jo 3:18,36)
•Há uma NATUREZA PECAMINOSA em
nosso ser (Ef 2:3; Sl 51:5; Rm 3:23)
•Somos TOTALMENTE INCAPAZES de
fazer o bem perante Deus
(Jr 17:9; Rm7:18,24; Jo 3:18,36)
•Nossas AÇÕES refletem essa
incapacidade de fazer o bem
(Rm3:9-20; Gl 5:19-20)
REFLEXÃO EM GRUPOS

O Salvo e o Pecado
•Que MARCA DO PECADO (Rm3:9-20),
OUTRORA era mais evidente em você ?

•AGORA que você é Salvo, que OBRA DA


CARNE (Gl 5:19-20) continua presente em
sua vida, e contra a qual você tem lutado?
REFLEXÃO EM GRUPOS

OUTRORA, OUTRORA
QUANDO A VIDA CORRIA POR CONTA DAS PAIXÕES (Ef 2:3)
ANDANDO NA ESCRAVIDÃO DO PECADO ( Rm 6:17)
ORA ENGANANDO ORA SENDO ENGANADO (2Tm 3:13)
EU VIVIA SEM O CONHECIMENTO DO DEUS VERDADEIRO
ERA ASSIM MEU PASSADO (Gl 4:8)

COLHENDO SÓ FRUTOS MORTAIS (Rm 7:5)


CURTINDO A MALDADE TAMANHA (2Pe 2:13)
DO PRINCIPE DAS POTESTADES (Ef 2:2)
DAS TREVAS, DA IRA, DE TANTA VERGONHA (Ef 5:12)
(Ai, Ai, Ai, Ai, Ai, Ai!!!)
REFLEXÃO EM GRUPOS

AGORA, AGORA
QUANDO A GRAÇA REINOU
PARA A VIDA ETERNA EM JESUS (Rm 6:23)
LIBERTO DA ESCRAVIDÃO DO PECADO (Rm 5:21) (Rm 6:14)
SERVO DE DEUS (Rm 6:22), AGORA ADOTADO (Ef 1:5)
PELO FILHO DE DEUS VERDADEIRO
QUE ME AMOU PRIMEIRO(Rm 5:8), EU SEREI CONFORMADO
À IMAGEM DE CRISTO JESUS (Rm 8:29)
EM TUDO SENDO VENCEDOR (Rm 8:37)
EM NOVIDADE DE VIDA (Ef 2:5)
VOU FIRME NA ROCHA E NO SEU AMOR (1Co 15:58)
REFLEXÃO EM GRUPOS

ENTÃO
GLORIFICADO SEREI, COM TODOS AQUELES
QUE EM CRISTO CREMOS (Rm 8:17,30)
NO MEIO ESTARÁ O CORDEIRO
QUE ETERNAMENTE TODOS NÓS LOUVAREMOS (Ap 7:17)

DELE SERÁ TODA HONRA, A FORÇA,


O PODER E A SABEDORIA (Ap 7:12)
AO NOSSO DEUS SERVIREMOS NO SEU SANTUÁRIO
DE NOITE E DE DIA (Ap 7:15)
REFLEXÃO EM GRUPOS

ENTÃO
NEM FOME, NEM SEDE, NEM LÁGRIMA
DOS NOSSOS OLHOS JAMAIS ROLARÃO (Ap 7:16,17)
AO DEUS QUE SE ASSENTA NO TRONO
E AO CORDEIRO, A NOSSA SALVAÇÃO (Ap 7:17)

ENTÃO SE CUMPRIRÁ A PALAVRA


ESCRITA POR DEUS, NA NOSSA HISTÓRIA:
“TRAGADA FOI A MORTE PELA VITÓRIA.”
ONDE ESTÁ, OH MORTE, A TUA VITÓRIA?” (1Co 15:54,55)
Salvação – da Promessa de
Deus à Vida Eterna em Cristo
SALVAÇÃO

Salvação – da promessa de
Deus à Vida Eterna em Cristo
1. Salvação é a aplicação das obras de
Cristo na vida do homem que o
confessa como Salvador e Senhor.
2. Caminhada Bíblica
•Gn 3:15; Gn 12:3; Is 7:14
•Jo 1:29; Jo 11:25; Jo 19:30
•Rm 6:23; Ef 2:8-9; 1Jo 5:13
REFLEXÃO EM GRUPOS

A Salvação e o Tempo
1. Leitura em grupo do texto de Tt 2:11-13
2. Examinem o texto no aspecto da
Salvação no tempo e respondam:
•Como o texto se relaciona com o
PASSADO?
•Que aspectos são considerados
relevantes para o Salvo no PRESENTE?
•Qual o FUTURO que nos espera?
A Natureza da Salvação
NATUREZA DA SALVAÇÃO

A Natureza da Salvação
1. Verdades relacionadas à APLICAÇÃO
da Salvação na vida do HOMEM
•JUSTIFICAÇÃO
•REGENERAÇÃO (ADOÇÃO)
•SANTIFICAÇÃO
Observe: Essas experiências são
simultâneas, no sentido de que na
prática, não se separam
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• JUSTIFICAÇÃO
 É um termo forense, que lembra um
tribunal
 O Homem culpado e condenado
perante Deus, é absolvido e declarado
justo
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• JUSTIFICAÇÃO
 É o ato soberano de Deus, que por
meio do sacrifício de Seu Filho, declara
justo aquele que está unido a ELE.

 Rm 8:1, 33, 34; Rm 3:20-24; Rm 5:1, 9

 IICo 5:21
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• JUSTIFICAÇÃO
 Justificação é mais que perdão dos
pecados e remoção condenação; Deus
coloca o ofensor na posição de JUSTO

 Ef 2:6; Rm 8:30;
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• REGENERAÇÃO (ADOÇÃO)
 São termos que sugerem uma cena
familiar
 A alma, morta em transgressões e
ofensas (ovelha desgarrada e perdida)
precisa de uma nova vida (precisa de
uma nova família)
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• REGENERAÇÃO (ADOÇÃO)
 É a soberana ação do Espirito Santo
que concede ao homem sem Cristo, a
nova vida por um ato divino de
regeneração

 Jo 3:5-8; Tt 3:5; Ef 4:23; 2Co 5:17


1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• ADOÇÃO (REGENERAÇÃO)
 É o ato soberano de Deus através do
qual nós nos tornamos filhos de Deus
por adoção.
 Jo 1:12; 1Jo 3:1; Ef 1:5; Rm 8:15-19
 Gl 4:6
 Assim sendo, a pessoa torna-se
herdeira de Deus e membro de sua
familia.
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• SANTIFICAÇÃO
 Sugere uma cena no templo, pois a
palavra relaciona-se com o culto a Deus
 Santificar significa separar para um
propósito
 A pessoa foi comprada por alto preço e
já não é dona de si mesma, não mais se
afasta do templo (figuradamente), mas
serve a Deus de dia e de noite (Lc 2:37)
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• SANTIFICAÇÃO
 A Santificação é absoluta e progressiva
– absoluta, no sentido de que a obra foi
feita de uma vez por todas (Hb 10:14);
progressiva no sentido de que o cristão
deve perseguir a santidade (Hb 12:14),
aperfeiçoando a consagração pela a
limpeza de todas as impurezas
existentes no seu ser (2Co 7:1)
1. ASPECTOS DA APLICAÇÃO DA SALVAÇÃO

• SANTIFICAÇÃO
 A Santificação é posicional e prática –
posicional, pois primeiramente significa
uma mudança de posição pela qual o
pecador cheio de impurezas é
transformado em santo adorador (1Pe
1:2; Cl 3:3); prática porque exige uma
maneira reta de viver (1Pe 1:15; Cl 3:5)
NATUREZA DA SALVAÇÃO

A Natureza da Salvação
2. Verdades relacionadas à ACEITAÇÃO
da Salvação pelo HOMEM
•ARREPENDIMENTO
•FÉ
•OBEDIÊNCIA (CONVERSÃO)
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• ARREPENDIMENTO
 “A verdadeira tristeza sobre o pecado,
incluindo um esforço sincero de
abandoná-lo”;
 Mediante a pregação da Palavra, o
pecador pelo intelecto entende que não
está em harmonia com Deus
 É a convicção da culpa produzida pelo
Espirito Santo ao aplicar a Palavra (Lei)
divina ao coração do homem;
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• ARREPENDIMENTO
 O lado emocional provoca certos
receios como autoacusação e tristeza
sincera por ter ofendido a Deus
(2Co7:9-10);
 Diferente do “remorso” que só se
preocupa com as consequências do
pecado;
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• ARREPENDIMENTO
 Do lado prático significa “converter-se”,
dar meia-volta e marchar em direção a
Deus (Lc 15:18-20);
 O pecador arrependido propõe-se
(vontade) a mudar de vida e voltar-se
para Deus;
 O resultado prático é que ele produz
frutos dignos do arrependimento (Mt 3:8)
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• FÉ
 “Fé é um passo de obediência em
resposta à pessoa, obra e palavra de
Deus”

 Fé, no sentido bíblico, significa crer e


confiar
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• FÉ
 Quanto ao intelecto, consiste em crer
em certas verdades reveladas sobre
Deus e Cristo (Tt 1:1; 2Ts 2:13; Gl 1:8-9) e
em fatos históricos e concretos (1Co
15:2,14)
 A fé intelectual não é suficiente para
adquirir a salvação (Tg 2:19; At 8:13,21). É
possivel dar seu assentimento
intelectual ao Evangelho sem, contudo,
entregar-se a Cristo;
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• FÉ
 A fé proveniente do coração é essencial
(Rm 10:9);

 A fé que salva representa um ato que


engloba toda a personalidade,
envolvendo o intelecto, as emoções e a
vontade;
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• FÉ
 “Fé em Cristo é graça salvadora pela
qual o recebemos e nele confiamos
inteiramente para receber a salvação
conforme nos é oferecida no Evangelho”

 Na fé que salva, reconhecemos a graça


do Espírito Santo, que ajuda, em
cooperação com a Palavra (Jo 6:44;
Rm10:17; Gl 5:22; Hb 12:2)
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• OBEDIÊNCIA (CONVERSÃO)
 A Palavra de Deus passa a ser a única
norma de fé e prática
 A Obediência à Palavra de Deus é a
expressão externa da Conversão
(Jo14:21a)
2. ASPECTOS DA ACEITAÇÃO DA SALVAÇÃO

• CONVERSÃO (OBEDIÊNCIA)
 A Conversão é abandonar o pecado e
aproximar-se de Deus (At 3:19); está
muito relacionada com o
arrependimento e a fé;
 A Conversão é o resultado da
cooperação das atividades divinas e
humanas (Fp 2:12-13)
A Segurança da Salvação
REFLEXÃO EM GRUPOS

A Segurança da Salvação
Conversem, reflitam e respondam:
•A Salvação é condicional ou
incondicional?
•Uma vez salva, a pessoa é salva
eternamente, ou pode perder a
salvação por causa do pecado?
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

A Segurança da Salvação
1. Calvinismo – Doutrina criada por João
Calvino, mas já ensinada por Agostinho
no Século IV
2. Arminianismo – Ensino de Armínio,
teólogo holandês
3. Equilibrio Bíblico – Nossa Posição (IBC)
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

CALVINISMO
 A Salvação provem inteiramente de
Deus. Quando o homem se arrepende,
crer e aceita a Cristo, é inteiramente
por causa do poder atrativo do Espirito
Santo de Deus.
 A vontade do homem se corrompeu
tanto com a queda que, sem a ajuda de
Deus, ele não pode se arrepender, nem
crer, nem escolher corretamente (o
livre-arbítrio é para o mal).
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

CALVINISMO
Por que Deus, então, não salva todos os
homens?
 Deus predestinou alguns para serem
salvos e outros para serem perdidos.
 Ao agir assim, Deus não é injusto, pois
Ele não é obrigado a salvar ninguem; a
responsabilidade do homem pelos seus
pecados permanesce, pois a queda de
Adão foi sua própria falta.
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

CALVINISMO
Dai temos duas definições importantes:
 Eleição é a livre e soberana vontade de
Deus na escolha daqueles que seriam
alvos da sua Graça
 Predestinação é o decreto de Deus
pelo qual ele decidiu o que será de cada
um e de todos os homens; trata dos
meios e finalidade da eleição
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

CALVINISMO
Concluindo:
 Cristo morreu pelos “eleitos”; sendo
assim o processo de expiação pelo
sacrificio de Jesus fracassaria se
alguns se perdessem
 “Uma vez salvo, sempre salvo”
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

CALVINISMO
Sustentação Bíblica:
 Jo 10:28; Rm 11:29; Fp 1:6; 1Pe 1:5;
Rm8:35; Jo 17:6
 Ef 1:4-5; 1Ts 1:3-4; Rm 9:11; 8:29-30
Conclusão:
“Uma vez salvo, sempre salvo”
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

ARMINIANISMO
 A vontade de Deus é que todos sejam
salvos, porque Cristo morreu por todos

 O homem pode escolher aceitar a graça


de Deus , ou pode resistr-lhe e rejeitá-la.
Seu direito de livre-arbítrio sempre
permanesce
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

ARMINIANISMO
 As Escrituras certamente ensinam a
predestinação, mas não que Deus
predestina alguns para a vida eterna e
outros para o sofrimento eterno.
 Ele predestina “todos os que querem” a
serem salvos – esse plano é bastante
amplo para incluir todos os que
realmente desejam ser salvos
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

ARMINIANISMO
 Segundo os arminianos, na parte de
fora da porta da Salvação está escrito
“quem quiser pode vir”; quando
entramos e somos salvos, do lado de
dentro lemos “eleitos segundo a
presciência de Deus”
 Deus previu o destino delas, mas não o
predeterminou.
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

ARMINIANISMO
Sustentação Bíblica:
 1Tm 2.4-6; Hb 2:9; 2Co 5:14; Tt 2:11-12
 Hb 6:4-6; Hb 10:26-29

Conclusão:
“A Salvação é condicional, ”
“É possivel resistir à graça
divina para a perdição eterna, ”
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

NOSSA DOUTRINA (IBC)


 Somos adeptos da Teologia Biblia
 Quanto à Salvação somos Calvinistas,
por entendermos que suas posições
têm amplo amparo bíblico;
 Entretanto ensinamos que o Salvo não
pode ser negligente quanto a Obra de
Deus para a qual está eleito;
 A segurança da nossa salvação não
pode nos levar a uma vida descuidada;
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

NOSSA DOUTRINA (IBC)


 Entendemos que é inevitavel que nos
defrontemos com mistérios quando nos
propomos a tratar das poderosas
verdades sobre a presciência de Deus e
o livre arbítrio do homem
 Entretanto se guardarmos as
exortações práticas da Bíblia e nos
dedicarmos a cumprir os deveres
específicos que nos são ordenados, não
erraremos (Dt 29:29)
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

NOSSA DOUTRINA (IBC)


Concluindo, entendemos que maior
enfase deve ser dada aos meios de
Seguranca, do que insistirmos nos
Perigos da vida cristã:
 O poder de Cristo como Salvador;
 A fidelidade e a presença do Espirito
Santo que habita em nós;
SEGURANÇA DA SALVAÇÃO

NOSSA DOUTRINA (IBC)


 Certeza das promessas divinas; Deus é
fiel, suas promessas não falham.
 Apesar dos pecados, o Crente pode
sentir-se seguro e ser mais que
vencedor, conforme:

Rm 8:35-39 (Vamos ler!)