Você está na página 1de 14

3) Verbo

A banca trabalha muito a identificação dos tempos e modos verbais (o pretérito


imperfeito do indicativo é o queridinho da banca). Além disso, sugiro que estude
"correlação verbal"! Quanto a vozes verbais, é preciso saber fazer a transposição
de voz ativa para passiva, e vice-versa, e a transposição de voz passiva analítica
para passiva sintética, e viceversa. Vale dizer que a correspondência entre
tempos simples e compostos também ajuda. Para fechar, estude a conjugação
dos principais verbos, como vir, ver, pôr, ter, haver e seus derivados. Veja o
capítulo 12 da minha gramática.

1. A frase do texto que permite transposição para a voz passiva é:

(A) Em seguida gravou uma mensagem na sua secretária eletrônica...


(B) Mas o poeta, este de fato não morreu.
(C) Em 1862, chegou aqui a notícia da morte de Gonçalves Dias.
(D) O poeta estava a bordo do Grand Condé...
(E) ... de como tudo neste mundo caminha cada vez mais depressa.
Pensando bem, ele talvez derive do fato...

2. O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o verbo grifado acima
está em
(A) ... um chapéu-de-chuva que não fosse vagabundo demais...
(B) ... nenhum objeto de minha infância existe mais em sua forma primitiva.
(C) Já na minha infância era um objeto de ares antiquados...
(D) ... faça chuva ou sol, apesar dos motejos alheios...
(E) O freguês vulgar e ocasional, este o irrita...

3. Os tempos e modos verbais estão adequadamente correlacionados na


completude da frase: Se lêssemos os jornais e revistas de hoje com espírito
crítico apurado pela dúvida,

(A) muitos dos mais notórios preconceitos em que incorremos acabarão sendo
evitados.
(B) evita-se a precipitação de julgamento com que estamos respondemos aos
fatos.
(C) haveremos de compreender o quanto fôssemos injustos em nossas
avaliações precipitadas.
(D) mais complexos acabariam por se revelar aqueles fatos que julgávamos
tão cristalinos.
(E) as interpretações que vimos dando aos fatos acabarão sendo outras, mais
justas.

4. Admite transposição para a voz passiva a forma verbal da frase:

(A) Tantos parecem estar certos sobre tudo.


(B) Sócrates pulverizava as certezas de seus interlocutores.
(C) As notícias em que costumamos acreditar são muitas vezes falsas.
(D) A dúvida corresponde a um legítimo direito nosso.
(E) A suspensão os preconceitos é um dos méritos da dúvida.

5. Muita gente nos engana valendo-se das páginas da internet.


A transposição da frase acima para a voz passiva implicará

(A) a utilização da forma verbal enganam-nos.


(B) em que o sujeito de valendo-se passe a ser internet.
(C) em que o sujeito de enganar passe a ser nós.
(D) a utilização de muita gente como sujeito.
(E) a utilização de páginas da internet como sujeito.

6. Como há de fato quem confunda a gritante aberração com a alta criação,


o falsário dá-se por recompensado enquanto recebe os parabéns de quem o
“curtiu”.

Caso a frase acima iniciasse com a expressão Se houvesse de fato, as formas


verbais sublinhadas deveriam ser substituídas, na ordem dada, por:

(A) confundisse − dar-se-ia − recebesse − curtisse


(B) confundiria − dera-se − recebera − curtia
(C) confundisse − deu-se − receberia − curte (D) confundira − dar-se-á −
recebera − curta

(E) confundira − dera-se − receba − curtisse

7. Ocorre a transposição correta da voz ativa para a passiva, preservando-


se a concordância adequada, no segmento:

I. Em vez de contemplar a distância grupos, classes ou segmentos = em vez


de ser contemplado a distância por grupos e segmentos
II. para conhecer a história de cada um = para se conhecer a história de cada
um
III. fixa a câmera, abre os olhos e os ouvidos = a câmera é fixada, os olhos e
os ouvidos são abertos

Atende ao enunciado APENAS o que está em

(A) I.
(B) II.
(C) III.
(D) I e II.
(E) II e III.
8. Os tempos e os modos verbais estarão corretamente articulados na frase:

(A) Eduardo Coutinho, morto em 2014, destacara-se como um mestre dos


documentários, cuja arte contemplasse o depoimento vivo, sempre que rejeitava
o retrato estereotipado das pessoas.
(B) A exemplo do que houvesse na arte de Eduardo Coutinho, o primeiro passo
de toda política deveria ter levado em conta o respeito pela condição singular do
outro, conquanto, para isso, surgiam dificuldades.
(C) Caso não fizesse dessa obsessão um eixo de sua trajetória, Coutinho não
viveria como um artista crítico, para quem já houvesse arte encarnada no corpo
e suspensa no espírito do outro.
(D) Em seu processo criativo, Coutinho saberia ver e ouvir e,
consequentemente, havia se acercado da história de cada um como um processo
sensível e inacabado, sem que fosse necessário ajustar conceitos.
(E) A obsessão que Coutinho demonstraria pela cena da vida era similar à que
tivesse pela arte, e isso fez com que seja quase impossível, para Coutinho, opor
personagem a pessoa.

9. Se numa transformação da frase O borracheiro coçou a desmatada cabeça e


proferiu a sentença tranquilizadora atribuirmos aos termos sublinhados a função
de sujeito, as formas verbais que lhes correspondem deverão ser, na ordem
dada:
(A) foi coçada − foi proferida
(B) havia coçado − tinha proferido
(C) coçara − proferira
(D) tinha coçado − teria proferido
(E) estava sendo coçada − tinha sido proferida

10. Há adequada correlação entre os tempos e modos verbais presentes na


seguinte frase:

(A) Apesar de não ser provável que a pergunta chegara ao seu antigo aluno,
o professor decidia formulá-la para expressar uma curiosidade ainda viva.
(B) Como bom professor, já havia se programado para que pudera bem
informar aos alunos que terão ouvido músicas clássicas.
(C) O aluno Carlos se dispusera a comprar um disco de Tchaikovsky, vindo em
seguida perguntar ao professor se havia feito uma boa escolha.
(D) Como ele pediu um disco de música clássica não tendo sido muito caro,
vender-lheiam uma gravação nacional das mais baratas.
(E) Pudessem todos os jovens brasileiros ter oportunidade de ouvir música
clássica, compositores como Tchaikovsky haverão de encantar a muitos.

11. A frase que admite transposição para a voz passiva encontra-se em:
(A) ...que, hoje, subsidia a tradução de seus livros para o resto do mundo.
(B) A Áustria entrou para a história da inteligência do século 20...
(C) Sigmund Freud, o criador da psicanálise, e o pintor expressionista Egon
Schiele são alguns deles.
(D) Em outra face, menos vistosa, foi também um dos berços mentais do
nazismo.
(E) Lá viveu, também, Thomas Bernhard...

12. Está plenamente adequada a correlação entre os tempos e modos verbais na


frase:

(A) A menos que sejam absolutamente indispensáveis, não se devia empregar


palavras estrangeiras quando houver no vernáculo termos equivalentes.
(B) A menos que encontre forte justificativa, o emprego de palavras
estrangeiras deve ser evitado, até porque é ridículo atribuir mecanicamente
prestígio ao que vem de fora.
(C) Não fosse o café, nossa economia não terá se beneficiado com as
volumosas exportações, e o nosso desenvolvimento social estaria ocorrendo em
outro ritmo.
(D) Seria um tolo complexo de inferioridade a razão pela qual muitos
de nós emprestássemos mais prestígio a termos
estrangeiros do que aos que pertencessem ao nosso idioma.
(E) Muitos ainda julgam que a simplicidade de uma palavra como “cafezinho”
não esteja à altura de eventos a que se pretendesse conferir grandeza e
solenidade.
13. ... o encantado interesse com que na fazenda dos seus avós devorava,
adolescente, as páginas das Viagens.

O verbo empregado nos mesmos tempo e modo que o verbo grifado acima está
em:

(A) Escrevia sem sombra de ênfase nem pedantismo.


(B) ... como se fossem romances de aventuras...
(C) ... o seu nome não figura, como o do outro, em todas as enciclopédias...
(D) E assinala o grande carinho, a bondade...
(E) Essa obra formidável do sábio francês representa seis anos de viagens...

14. ... onde percorreu as regiões mal-afamadas do rio Doce...

A forma verbal resultante da transposição da frase acima para a voz PASSIVA é:

(A) foi percorrido.


(B) percorreu-se.
(C) foram percorridas.
(D) eram percorridas.
(E) percorreram.
15. A frase que admite transposição para a voz passiva está em:

(A) Na obra de Augusto dos Anjos aparecem...


(B) Quando a linguagem da poesia desceu ao nível da prosa...
(C) Augusto dos Anjos vive em um ambiente de decadência, doença e luto.
(D) ... o Parnasianismo e o Simbolismo eram as tendências atuantes na poesia
brasileira.
(E) Na época em que Augusto forjava os instrumentos de sua expressão
poética...

16. na época, o látex re


presentava 50% da
exportação do Brasil

O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo que o grifado acima encontra-se
em:

(A) A temática amazônica se impõe...


(B) ... escreveria sobre Paraty ou Pequim, certamente.
(C) E teve uma importância econômica fundamental durante 40 anos...
(D) ... mas conheço um pouco o interior da
Amazônia.
(E) ... quando já era uma fortaleza avançada dos portugueses...
Transpondo-se para a voz passiva a frase Eles alardeavam o
insuportável som instalado nos carros, obtém-se
a forma
verbal

(A) era alardeado.


(B) tinha sido alardeado.
(C) têm alardeado.
(D) eram alardeados.
(E) fora alardeado.

Em qualquer época, ...... que se ...... ao grande público o melhor que


os artistas ......

Haverá plena correlação entre tempos e modos verbais na frase acima


preenchendo-se as lacunas, respectivamente, com

(A) será preciso - oferecesse - produziriam


(B) é preciso - oferecesse - produzissem
(C) seria preciso - ofereça - têm produzido
(D) é preciso - ofereça - produzam
(E) era preciso - oferecia - produzem
O segmento em que NÃO se emprega a voz passiva está em:

(A) Para esse banquete foram convidados Fedro, Pausânias e Sócrates...


(B) ...e onde se produzem incontáveis traduções e comentários.
(C) ...é composto de uma sequência de discursos...
(D) ...que nos faz passar do amor por um corpo belo...
(E) ...que teriam sido proferidos por ocasião de um banquete...

Percebe-se, pelo emprego do futuro do pretérito, que o autor formula


uma hipótese em:

(A) ... ele vai se tornar essencial para o humanismo...


(B) ...que teria ouvido de uma mulher chamada Diotima.
(C) A fundação da Academia Platônica em
Florença, em 1462, permitirá a difusão...
(D) ...o belo e o bem sendo inseparáveis.
(E) ...que ainda eram desconhecidos no Ocidente.
Onde não há passado, começo e fim, nascimento e morte, não há
tempo – e a atemporalidade é o nada estático...

Caso se atribua sentido hipotético ao segmento acima, os verbos


devem assumir, respectivamente, as seguintes formas:

(A) houvera − houvera − fora


(B) haveria − haveria − era
(C) houvesse − haveria − seria
(D) houvesse − houve − seria
(E) haveria − houve − seria

...que emergiam da outra extremidade da coberta curta...

O verbo flexionado nos mesmos tempo e modo que o grifado acima está em:

(A) ...enquanto sua mãe chamava seu pai...


(B) Levantou-se da cama...
(C) Tentaram levá-lo para a delegacia...
(D) ... como acontecera aquilo.
(E) Sua mãe gritando...
Pesquisas que ...... a identificar sítios geoturísticos poderão
favorecer o turismo em bases sustentáveis. O geoturismo, assim, ...... assumir
um grau de importância estratégica para o futuro do desenvolvimento turístico do
Brasil, desde que não ...... danos aos sítios geológicos, como a remoção ilegal de
fósseis e minerais.

Preenchem corretamente as lacunas da frase acima, na ordem dada:

(A) se proporem – deverá – ocorrem


(B) se proporiam – devia − ocorresse
(C) proporem-se – deveria – ocorram
(D) se propuserem − deve − ocorram
(E) propuserem-se – deverá − ocorrem
GABARITO

1- A 12- B

2- D 13- A

3- D 14- C

4- B 15- E

5- C 6- A 16- E 17- A

7- E 18- D

8- C 9- A 19- D

10- C 20- B

11- A 21- C

22- A