Você está na página 1de 56

Centro Educacional Leonardo da Vinci

Matemática II
Professora: Alessandra Mattos
V V é vértice
eixo
R é raio da base
h é altura
h
g é geratriz
g’ g

A Fig. mostra um
R Cone Oblíquo.
*O
a a 90º
Cone Circular Reto
ou Cone de Revolução

V
1) O eixo é perpendicular ao
g plano da base.
h 2) No DVOA :
g2 = h2 + R2
B R A
O*
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

A A

B C C
B
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4 Cone de Revolução:
4)
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
4) Cone de Revolução:
Um cone reto pode ser obtido ao girar um
D retângulo em torno de um dos seus lados.

B C
Seção Meridiana
O DVBA é a seção meridiana do cone.
V
Seção
Meridiana
g Se o triângulo
VBA é
eqüilátero, o
cone é um
B Cone
2R
*O A Eqüilátero.
g=2R
Planificação do Cone Reto

h Clique

x
R
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Cone Planificação do Cone Reto :

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto

R
x
Planificação do Cone Reto
g
Ângulo
β 2pR
β=
g
g pR
2
h R

R
x
Calculando a área lateral do cone

área comprimento
g
círculo π.g2 2π.g

2πR setor AL 2π.R


β

g AL.2π.g = 2πR. πg2

2pR.pg 2
AL = = pRg
2pg
área ângulo (rad)
g
círculo π.g2 2π

2πR setor AL β
β

g
AL.2π = β. πg2

b .pg 2 b .g 2
AL = =
2p 2
Áreas e Volume

Área Base Ab = p R2
( Ab )
AL = p R g ou AL = β.g2/2
Área Lateral
( AL ) AL = p g2. β /360º

Área Total At = AL+ Ab


( At )
Volume V= 1 p R2 h
( V) 3
Ex. 1:

Desenvolvendo a superfície lateral de um


cone reto de raio 4 e altura 3, obtém-se um
setor circular cujo ângulo central mede:

a) 216º d) 288º
b) 240º e) Nenhuma das respostas
anteriores.
c) 270º
Resolução

g2 = 32 + 42 = 9 + 16 = 25

g=5 360º

R=4 β

5.b = 4.360º
b = 288º

Alternativa: d
Ex. 2:
Calcular o volume do sólido gerado pela rotação de
360° de um triângulo retângulo, de catetos 3cm e 4cm,
em torno do menor cateto .
Resolução:
A BASE × H
V= Þ
3
p4 2 × 3
ÞV= Þ
3
H=3
Þ V = 16 pcm 3
R=4

Resposta: V = 16pcm3
Ex. 3:
(UnB) – Julgue: A partir do setor circular da
figura abaixo forma-se um cone. A área total
(área lateral + área da base) deste cone é
16pcm2.
Resolução:

g=6 360º

R β = 120º

360º.R = 120º.6 => R = 2 cm

AL = πRg = π.2.6 = 12 π cm2

AB = πR2 = π.22 = 4 π cm2

AT = AB + AL = 16 π cm2
O item está CORRETO.

Você também pode gostar