Você está na página 1de 39

O Planeta Marte

E a vocação Militar

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 1
Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6
da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA

por Carina Garcia de Almeida


Dezembro de 2014

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 2
ÍNDICE

INTRODUÇÃO.......... ............................................................................................................................................4

ARES /MARTE– DEUS DA GUERRA....................................................................................................................5

O PLANETA MARTE..............................................................................................................................................7

A AMOSTRA..........................................................................................................................................................8

ANÁLISE VOCACIONAL A MAPAS DE MILITARES.............................................................................................9

MARTE E A VOCAÇÃO MILITAR.................................................................................................... ....................15

O TEMPERAMENTO DE MARTE........................................................................................................................18

MAPAS ANALISADOS............................................................................................................. ............................19

CONSIDERAÇÕES FINAIS......................................................................................................... ........................32

BIBLIOGRAFIA.................................................................................... .................................................................33

ANEXOS....................................................................................................................... ........................................34

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 3
INTRODUÇÃO
O planeta Marte sempre teve grande influência na minha vida, desde tenra idade. É o planeta dominante no
meu mapa astrológico, assim como, o da minha filha Maria. Sou filha de militar e desde cedo aprendi a lidar
com esta componente na minha vida, o que me levou aos 21 anos a ingressar na Força Aérea como oficial,
quando terminei a minha licenciatura.
Lidei sempre com muitos militares das Forças Armadas Portuguesas, quer em contexto profissional durante os
9 anos e meio em que trabalhei no Centro de Recrutamento da Força Aérea, quer em contexto pessoal no meu
dia-a-dia desde que me recordo. A Força Aérea, foi um período da minha vida do qual guardo um enorme
carinho, onde fiz grandes amizades e aprendi muito.
Ao estudar astrologia começei a conhecer um pouco mais
acerca destas pessoas, movidades muito por esta energia
marciana ou bélica, por este temperamento activo e
impulsivo.
Decidi fazer o meu projecto de investigação do nível 6, no
âmbito da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA,
sobre a importância do planeta Marte nas carreiras
militares e através da análise de vários mapas astrológicos
de militares irei tentar chegar a um consenso. Os mapas
analisados têm uma amostra variada: celebridades, as quais
identifico, militares no activo ou reforma e ex-militares portugueses anónimos para o estudo em questão, os
quais me facultaram os dados de nascimento para o efeito e que desde já agradeço a disponibilidade.
E, deixo o Lema da Força Aérea "Ex Mero Motu", frase em latim, que se traduz em "À mais pequena
solicitação".

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 4
ARES /MARTE– DEUS DA GUERRA

Na mitologia grega, Ares era filho de Zeus, Deus Supremo Grego, e de Hera. A sua figura representava o
espírito violento e combativo, que só encontra prazer nas batalhas.
É uma das 12 grandes divindades do panteão helênico, Ares, Deus da Guerra, não era muito apreciado pelos
gregos, que davam prioridade aos valores do espírito e à sabedoria. Embora dotado de uma força
extraordinária, era continuamente enganado por outros deuses que, como Atena (personificação da
sabedoria), sabiam tirar proveito da sua pouca inteligência.
Ares era representado com couraça, capacete, lança e escudo. No combate, a sua presença era anunciada
com ferozes gritos de guerra que provocavam pânico.
Lutava de pé ou puxado num carro por cavalos, às vezes na companhia dos filhos que teve com
Afrodite: Deimos (o Medo) e Fobos (o Terror), e outras vezes com sua irmã Éris (a Discórdia).
Segundo a mitologia, foi vencido em várias ocasiões. Os Aloídas derrotaram -no e encerraram-no numa urna de
bronze durante 13 meses.
Segundo se narra no canto V da Ilíada, o herói Diomedes, ajudado pela astuta Atena, conseguiu ferir Ares,
que se refugiou no Olimpo.
Ares manteve constantes aventuras amorosas com mulheres mortais, de que resultaram os seus filhos Alcipe,
Ascálafo e Flégias, entre outros.
O seu amor por Afrodite foi descoberto pelo marido desta, Hefesto, que envolveu astutamente os amantes
numa rede para levá-los ante o soberano juízo dos deuses e assim demonstrar a traição.
Em Roma, com o nome de Marte, recebeu maior veneração que entre os gregos, sobretudo por parte das
legiões romanas.
Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA
por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 5
Na mitologia romana, Marte é o Deus romano da Guerra, equivalente ao grego Ares.
Filho de Juno e de Júpiter, é considerado o Deus da Guerra sangrenta, ao contrário da sua irmã Minerva, que
representa a guerra justa e diplomática. Os dois irmãos tinham uma relação difícil onde prosperava uma rixa,
que acabou por culminar no frente-a-frente de ambos, junto das muralhas de Tróia, cada um dos quais
defendendo um dos exércitos. Marte, protector dos troianos, acabou por ser derrotado.
Marte, apesar de bárbaro e cruel, tem o amor da deusa Vênus, e com ela teve um filho, Cupido e uma filha
mortal, Harmonia. Na verdade tratava-se de uma relação adúltera, uma vez que a deusa era esposa
de Vulcano, que arranjou um estratagema para os descobrir e prender numa rede enquanto estavam juntos na
cama.
O povo romano considerava-se descendente daquele deus porque Rómulo é filho de Reia Sílvia ou Ília,
princesa de Alba Longa, e Marte.
Assim como Marte é o deus romano da guerra, bem como seu correspondente Ares na mitologia grega. Há
também Cariocecus ou Mars Cariocecus que é o deus lusitano da guerra. O planeta Marte provavelmente
recebeu este nome devido à sua cor vermelha, que por ser a cor do sangue era associado à violência e não ao
amor, como foi traduzido na cultura popular com associação às rosas.
Na epopeia portuguesa Os Lusíadas, o poeta Luís Vaz de Camões apresenta Marte como um forte e
proeminente defensor do povo português que navega pelo Oceano Índico, na esperança de concretizar a sua
viagem até à Índia, opondo-se a Baco.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 6
O PLANETA MARTE
Marte é o quarto planeta a partir do Sol, o segundo menor do Sistema Solar. Batizado em homenagem
ao Deus romano da Guerra, muitas vezes é descrito como o "Planeta Vermelho", porque o óxido de
ferro predominante em sua superfície dá-lhe uma aparência avermelhada.

Marte é um planeta rochoso com uma atmosfera fina, com características de superfície que lembram tanto
as crateras de impacto da Lua quanto vulcões, vales, desertos ecalotas polares da Terra. O período
de rotação e os ciclos sazonais de Marte são também semelhantes aos da Terra, assim como é a inclinação
que produz as suas estações do ano. Marte é o lar do Monte Olimpo, a segunda montanha mais alta
conhecida no Sistema Solar (a mais alta em um planeta), e do Valles Marineris, um desfiladeiro gigantesco. A
suave Bacia Polar Norte, no hemisfério norte marciano, cobre cerca de 40% do planeta e pode ser uma
enorme marca de impacto. Marte tem duas luas conhecidas, Fobos e Deimos, que são pequenas e de forma
irregular. Estas luas podem ser asteroides capturados, semelhante ao 5261 Eureka, um asteroide troiano
marciano.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 7
A AMOSTRA
Os 24 mapas analisados têm uma amostra variada:

- 14 mapas do sexo masculino e 10 mapas do sexo feminino de militares e ex-militares das das Forças
Armadas Portuguesas:

- Dos quais 7 mapas de militares contratados, 6 da Força Aérea e 1 do Exército, os quais


permaneceram na vida militar por um período de 2 a 9 anos e meio;

- E 10 mapas de militares do Quadro Permanente, 9 da Força Aérea e 1 da Marinha, entre os quais 8


militares na situação de activo e 2 na reforma;

- 7 mapas de Celebridades: Marechal Franchet D’Esperey (Algéria), General Charles Auger (França), General
Francisco Franco (Espanha), Adolf Hitler (Áustria), General Charles de Gaulle (França), Imperador Napóleon
Bonaparte (França) e Marechal Benito Mussolini (Itália).

Fotografia: EMGFA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 8
ANÁLISE VOCACIONAL A MAPAS DE MILITARES
Padrão Vocacional
Para dar início à minha análise astrológica do padrão vocacional das carreiras militares, comecei por utilizar a
fórmula aconselhada na Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA, onde se calcula a importância de
diferentes aspectos relacionados com a vocação e profissão.

A fórmula em questão do Padrão Vocacional é feita do seguinte modo:


1) Aspectos ao Meio do Céu – 30%
2) Astros nas Casas 2, 6 e 10 – 30%
3) Regente do Ascendente – 10%
4) Regente do Meio do Céu – 15%
5) Dispositor do Sol – 5%
6) Astros na Casa 1 – 10%

NOTA 01: Em anexo é explicado detalhadamente a exemplificação da fórmula em questão e orbes dos
ângulos.

Após a análise detalhada dos 24 mapas astrológicos de militares, obtive as seguintes ocorrências em relação
ao padrão vocacional, havendo na realidade uma predominância do Sol e Saturno, que considero ser
significativo a maior pontuação do Sol, tendo em conta a sua ligação ao desporto, actividade física, neste
sentido o treino físico militar e a própria associação ao “prontos para acção” de qualquer militar. Para já, não há
um destaque de Marte, o que na minha perspectiva terá a ver com o facto de que independentemente de uma
carreira militar, existem dentro das Forças Armadas funções bastante diversas, assim como militares que
comandam, outros que supervisionam e outros que executam, o que pode ocorrer também em áreas
profissionais de actuação distintas.

Padrão Vocacional

8 5 4 3 3 2 2 1 1 1

Hierarquia dos Planetas


Seguidamente, analisei a importância do Regente do Ascendente, Regente do Meio do Céu, Regente da Casa
6 e 10, e Planeta mais Alto no mapa, onde inclui os Planetas Transpessoais. Aqui, já verifiquei uma forte
ocorrência de Marte, considerando já a importância deste planeta nos mapas de militares, com uma pontuação
mais elevada como Regente do Ascendente ou da Casa 6.

Hierarquia dos Planetas, incluindo Transpessoais

29 20 20 15 14 9 6 3 3 1

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 9
Estatística da Amostra de 24 Mapas Astrológicos de Militares
Regente Regente Regente Planeta +
Planeta Regente MC TOTAL
ASC Casa 6 Casa 10 Alto
1 1 1 1 1 6

3 2 8 2 5 20

1 5 1 5 2 14

2 6 1 6 15

9 4 9 4 3 29

3 2 1 2 1 9

4 4 3 4 5 20

3 3

3 3

1 1

TOTAL 24 24 24 24 24

Analisei, ainda a mesma situação, mas exclui os Planetas Transpessoais do Planeta mais alto. Verifiquei na
mesma uma forte ocorrência de Marte, e nesta caso seguido por Mercúrio e Saturno nos mais pontuados.

Hierarquia dos Planetas

30 21 20 17 14 11 7

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 10
Estatística da Amostra de 24 Mapas Astrológicos de Militares
Regente Regente Regente Planeta +
Planeta Regente MC TOTAL
ASC Casa 6 Casa 10 Alto
1 1 1 1 2 7

3 2 8 2 6 21

1 5 1 5 2 14

2 6 1 6 2 17

9 4 9 4 4 30

3 2 1 2 3 11

4 4 3 4 5 20

TOTAL 24 24 24 24 24

NOTA 02: Em anexo é explicado detalhadamente a exemplificação estatística dos cálculos acima referidos.

Signo Ascendente
Nesta análise, a ter em conta a regência de Marte no Ascendente (Regente de Vida) por domicílio (e) e
por exaltação () em 13 dos 24 mapas, verifica-se uma percentagem de 54%. Em a associação
vocacional a áeras de liderança, competição, chefia, actividades independentes e militares. Em a
asscociação a actividades de pesquisa, de forte entrega e disponibilidade. Em a vertente organizacional, as
regras e o rigor.

Marte era considerado pelos antigos como o regente alternativo de Capricórnio, por estar em triplicidade e
Exaltação neste signo. Os quatro mapas com Ascendente são inclusivé todos mapas diurnos.

De referir a predominância do elemento Fogo por signo Ascendente, seguido de Água, ambos emotivos, mas o
Fogo mais extrovertido e a Água mais introvertida. E, modo dominante Cardinal, iniciativa, impulsividade e
acção.

Sem ocorrências de signo Ascendente em ,  e .

Signo Ascendente
           
3 0 2 1 2 1 2 6 3 4 0 0

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 11
Ascendente por Elemento Ascendente por Modo
FOGO TERRA AR ÁGUA CARDINAL FIXO MUTÁVEL
8 5 4 7 9 8 7

Signo Solar
Quanto ao signo Solar um forte destaque para os signos de Fogo (, e ). Verificam-se 14 ocorrências
nos 24 mapas, com uma percentagem elevada de 58%.

Signo Solar
           
4 2 2 0 5 0 2 3 5 0 1 0

Signo Solar por Elemento Signo Solar por Modo


FOGO TERRA AR ÁGUA CARDINAL FIXO MUTÁVEL
14 2 5 3 6 11 7

Nesta situação, a referir a predominância nítida do elemento Fogo por signo Solar, quente e extrovertido e
naturalmente muito ligado a uma energia de força física , de corpo, de competição, de liderança e de guerra. E,
modo dominante por signo Solar Fixo, uma energia mais resistente e de luta.

Nenhuma ocorrências de signo Solar em , ,  e .

Marte por Signo


Em relação à importância de Marte por signo, elemento e modo, nada de relevante a destacar para a presente
análise.

Marte por Signo


           
3 2 2 1 3 4 1 3 0 1 2 2

Marte por Elemento Marte por Modo


FOGO TERRA AR ÁGUA CARDINAL FIXO MUTÁVEL
6 7 5 6 6 10 8

Marte encontra-se em domicílio (e) em 6 mapas, exaltado () num mapa, em queda () num mapa e
em exílio (e ) em 3 mapas. No entanto, nos mapas em que Marte está debilitado (,e ) encontra-
se, porém, numa posição fortalecida ou por ser o Planeta mais alto no mapa ou por estar diretamente ligado ao
Ascendente por aspecto, ou até em ambas as condições.

Marte Retrógrado
Em 24 mapas verifica-se apenas uma ocorrência de Marte Retrógrado. Neste único caso, Marte está
posicionado em  no Ascendente e em estação para directo, conjunto a Júpiter e Nodo Norte, como tal, numa
posição favorecida.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 12
NOTA 03: Exemplo em anexo do único mapa da amostra com Marte Retrógrado.

Aspectos a Marte
Fazendo a análise dos aspectos tensos e fluídos nos 24 mapas verifica-se a ligação de Marte por aspecto
essencialmente a Saturno e Júpiter, seguidos pela Lua e Vénus.

Aspectos a Marte
Aspectos Tensos Fluídos
Planeta Oposição Quadratura Planeta Conjunção Trígono Sextil TOTAL

5 1 4 10

1 1 2

2 4 1 2 9

1 3 2 1 7

6 1 3 2 12

1 5 3 1 2 12

2 4 6

2 1 3 6

1 1 2 4

TOTAL 12 15 TOTAL 20 12 9
TOTAL TENSOS 27 TOTAL FLUÍDOS 41 68

NOTA 04: Em anexo, na Nota 01 existe o quadro das orbes consideradas para os ângulos.

Em relação aos aspectos tensos Júpiter, Saturno e a Lua aparecem bastantes vezes ligados a Marte,
enquanto nos aspectos fluídos a maior ocorrência vai para Vénus, seguido de Saturno e Júpiter.
A nível dos Planetas transpessoais também se verificam muitas ligações por aspecto a Marte, essencialmente
Urano e Neptuno.
Nos 24 mapas uma tendência maior a aspectos fluídos do que tensos, havendo uma forte ocorrência de
conjunções a Marte.
Nos 11 mapas em que Marte não é regente de Ascendente por domicílio ou exaltação, faz em 5 mapas
aspecto ao regente de Ascendente. Nos 3 mapas Ascendente  faz conjunção, quadratura e oposição a
Júpiter, no mapa Ascendente  faz conjunção a Vénus e no mapa Ascendente  faz quadratura a Mercúrio.
Nos restantes 6 mapas que não são regidos por Marte, nem têm o regente de Ascendente ligado a Marte por

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 13
aspecto verifica-se em quase todos aspecto muito exacto ao Sol, Lua ou Ascendente. Por exemplo, no mapa
com Ascendente , Marte está domiciliado em  e conjunto ao Sol.
Nos 4 mapas em que Marte está debilitado (,e ), está sempre em posição forte, estando em duas
situações ligado por aspecto ao regente do Ascendente e nas outras duas situações é o Planeta mais alto no
mapa.

NOTA 05: Exemplo em anexo de um mapa com Marte ligado por aspecto ao regente de Ascendente e de um
mapa em que Marte está debilitado, mas em posição forte.

Hemisfério Superior e Inferior


Verificam-se, 18 posicionamentos do planeta Marte no hemisfério superior, contra 6 posicionamentos no
hemisfério inferior. O que pode reforçar a capacidade de iniciativa, visibilidade e destaque para o exterior.

Os mapas diurnos e nocturnos


Em relação à posição do Sol, verificam-se 15 mapas diurnos contra 9 mapas nocturnos. Curiosamente nos
mapas de militares das Forças Armadas, 11 mapas da Força Aérea diurnos e 4 nocturnos, 1 mapa nocturno do
Exército e 1 mapa nocturno da Marinha. Os nascimentos de dia podem ser associados muito à Força Aérea e
ao Céu, enquanto os nascimentos após o pôr-do-sol, mais associados à Terra e ao Mar.

Nos mapas das Celebridades e tendo em consideração as suas posições de comando existem 4 mapas
diurnos e 3 mapas nocturnos.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 14
MARTE E A VOCAÇÃO MILITAR
No livro Cosmopsicologia, a pesquisa feita pelo casal Gauquelin sugere que os posicionamentos nas casas
cadentes são mais fortes do que se acreditava antigamente, as quais normalmente são tidas como fracas ou
insubstanciais. Michel Gauquelin e sua mulher Françoise, ambos psicólogos e estatísticos, estudaram a
distribuição diurna dos planetas em milhares de mapas natais com hora exata. Analisaram em particular a
posição dos planetas nas casas, nos mapas de determinadas profissões como atores, artistas, médicos,
executivos, políticos, cientistas, soldados, campeões desportivos, escritores, entre outros. O resultado dessa
pesquisa mostrou que os planetas naturalmente associados com cada uma destas profissões (tal como Marte
para os desportistas ou militares) apareciam mais frequentemente nas casas cadentes do que nas casas
angulares como esperaria a astrologia tradicional. Por exemplo, Marte no mapa de desportistas famosos
aparecia com mais frequência nas casas 9 e 12: isto é, imediatamente após o nascimento e a culminação
superior do planeta, em vez de imediatamente antes na casa 1 ou 10. A segunda posição mais frequente de
casas de Marte entre os desportistas analisados, foi nas casas 3 e 6. Mais uma vez, elas estão imediatamente
após o ocaso e a culminação inferior do planeta em vez de antes na casa 4 ou 7. A conclusão tirada da sua
análise é que as casas cadentes são fatores mais importantes na determinação de caráter e de carreira do que
se suspeitava.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 15
Assim sendo, resumindo o casal encontrou as seguintes correlações:

1. Marte apareceu com mais frequência em casas cadentes nos mapas de médicos, líderes militares,
campeões desportivos e altos executivos.

2. Júpiter apareceu com mais frequência em casas cadentes nos mapas de atores, teatrólogos, políticos,
líderes militares, altos executivos e jornalistas.

3. Saturno apareceu com mais frequência em casas cadentes em mapas de cientistas e médicos.

4. A Lua apareceu com mais frequência em casas cadentes nos mapas de escritores e políticos.

Marte por Casas


1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12
1 0 1 2 1 1 2 6 5 3 1 1

Na análise destes 24 mapas astrológicos constata-se segundo as casas angulares um grande equilíbrio,
estando divididas por 8, no entanto, as casas com maior predominância do planeta Marte, são efectivamente
as 8, 9 e 10, ou seja as mais próximas do Meio do Céu e da culminação superior.
Tendo em conta, a posição de Marte por casa existe efectivamente um grande equilíbrio, com a ressalva do
terceiro quadrante apresentar uma posição de maior destaque, para esta situação.

Marte por Casas Angulares Marte por Quadrante


PODER CADENTES SUCEDENTES 1º 2º 3º 4º
8 8 8 2 4 13 5

Segundo Gauquelin, para calcular a intensidade da componente Marte nos mapas é preciso conhecer-se a sua
posição e saber interpretar se a sua intensidade é forte ou fraca.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 16
A intensidade da componente de Marte é considerada importante se:

- o indivíduo nasceu com Marte nas zonas situadas após o nascer e a culminação superior neste caso, possui
muito provavelmente um temperamento com uma componente Marte de forte intensidade;

- o indivíduo nasceu com Marte nas zonas situadas após o ocaso e a culminação inferior, neste caso podemos
admitir que a componente Marte do seu temperamento seja forte, mas menos que o anterior;

- o indivíduo que nasceu com Marte numa das outras regiões do movimento diurno, neste caso a intensidade
da componente Marte do seu temperamento, é de fraca intensidade.

Após a análise dos 24 mapas, considerando, forte intensidade, forte e fraca intensidade verifica-se que 15
possuem grande intensidade da força de Marte no mapa, 2 intensidade média e 7 fraca intensidade da
componente Marte.

Posto isto, conclui que na maioria dos mapas de militares analisados, a intensidade de Marte em função da
sua posição no movimento diurno à nascença é muito relevante, segundo o seu posicionamento maioritário ao
nascer do dia e na culminação superior.

Marte por Intensidade


FORTE INTENSIDADE FORTE FRACA INTENSIDADE
15 2 7

NOTA 06: Em anexo é explicado um exemplo do estudo de Gauquelin.

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 17
O TEMPERAMENTO DE MARTE
No seu livro Michel Gauquelin refere a necessidade de traduzir a posição natal de Marte num diagnóstico de
temperamento, o que concluiu existirem importantes correlações entre certos traços de carácter e a posição de
Marte, tais como:

- traços de carácter com a posição de Marte de forte intensidade e;

- traços de carácter com a posição de Marte de fraca intensidade.

Naturalmente, que com uma forte intensidade temos o típico temperamento Marte e com fraca intensidade,
temos considerado o temperamento não-Marte.

A lista apresentada por Gauquelin tem 100 traços de carácter representativos do tem peramento Marte, as
quais enumero alguns, que por sinal também se podem considerar como caracteríticas típicas de militares:

- Activo; - Eficaz; - Ousado;

- Aguerrido; - Empreendedor; - Persistente;

- Ardente; - Enérgico; - Poderoso;

- Aventureiro; - Entusiasta; - Resistente;

- Belicioso; - Explosivo; - Ríspido;

- Brutal; - Feroz; - Rude;

- Casmurro; - Firme; - Teimoso;

- Colérico; - Impaciente; - Temperamental;

- Combativo; - Indomável; - Trabalhador;

- Corajoso; - Íntegro; - Vencedor;

- Decidido; - Irascível; - Violento;

- Desembaraçado; - Lutador; - Entre outras.

- Determinado; - Mordaz;

- Duro; - Ofensivo;

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 18
MAPAS ANALISADOS

TOTAL: 24 MAPAS DE MILITARES

10 MAPAS DO SEXO FEMININO

14 MAPAS DO SEXO MASCULINO

(dos quais 7 Celebridades)

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 19
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 20
Rodden Rating AA

Rodden Rating A

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 21
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 22
Rodden Rating A

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 23
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 24
Rodden Rating A

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 25
Rodden Rating A

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 26
Rodden Rating AA

Rodden Rating A

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 27
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 28
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 29
Rodden Rating AA

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 30
Rodden Rating A

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 31
CONSIDERAÇÕES FINAIS
Como conclusões finais do meu projecto de investigação sobre a importância de Marte nas carreiras militares,
verifiquei após a análise detalhada dos 24 mapas astrológicos, que existe realmente uma tendência de padrão
no que diz respeito à intensidade de Marte.

Assim sendo:

 Como padrão vocacional, através da análise da fórmula que usei não comprovei uma tendência visto tratar-
se de uma amostra com um universo pequeno. No meu ponto de vista, também pode estar ligado com o facto
de dentro das próprias Forças Armadas existirem diversas áreas profissionais e nem todos têm a hipótese de
liderar ou comandar. Contudo, o Sol apresentou a posição de maior destaque, seguido de Saturno, o que
poderá ter uma correlação no sentido de caracteríticas desportivas e de actividade física ou de rigor e
seriedade, respectivamente, o que também está associado à vida militar e suas regras instituídas;

 Na análise da importância do Regente do Ascendente, Regente do Meio do Céu, Regente da Casa 10 e


Planeta mais alto no mapa, o planeta Marte surge no estudo como o dominante;

 Muito importante a regência de Marte no Ascendente (Regente de Vida) por domicílio (e) e por
exaltação () em 13 dos 24 mapas, verifica-se uma percentagem de 54%. Caso, não existisse uma
correlação, o normal seria uma percentagem de apenas 25%. E, ainda a predominância do Elemento Fogo por
signo Ascendente e do modo Cardinal;

 Quanto ao signo Solar um forte destaque para os signos de Fogo (, e ). Verificam-se 14
ocorrências nos 24 mapas, com uma percentagem elevada de 58%;

 Quanto a Marte por signo encontra-se em domicílio (e) em 6 mapas, exaltado () num mapa, em
queda () num mapa e em exílio (e ) em 3 mapas. No entanto, nos mapas em que Marte está debilitado
(,e ) encontra-se, porém, numa posição fortalecida ou por ser o Planeta mais alto no mapa ou por
estar diretamente ligado ao Ascendente por aspecto, ou até em ambas as condições;

 A nível de aspectos tensos e fluídos nos 24 mapas verifica-se a ligação de Marte por aspecto
essencialmente a Saturno e Júpiter, seguidos pela Lua e Vénus. E, uma tendência maior a aspectos fluídos do
que tensos, havendo uma forte ocorrência de conjunções a Marte.
Nos 11 mapas em que Marte não é regente de Ascendente por domicílio ou exaltação, faz em 5 mapas
aspecto ao regente de Ascendente. Nos 3 mapas Ascendente  faz conjunção, quadratura e oposição a
Júpiter, no mapa Ascendente  faz conjunção a Vénus e no mapa Ascendente  faz quadratura a Mercúrio.
Nos restantes 6 mapas que não são regidos por Marte, nem têm o regente de Ascendente ligado a Marte por
aspecto verifica-se em quase todos aspecto muito exacto ao Sol, Lua ou Ascendente. Por exemplo, no mapa
com Ascendente , Marte está domiciliado em  e conjunto ao Sol.
Nos 4 mapas em que Marte está debilitado (,e ), está sempre em posição forte, estando em duas
situações ligado por aspecto ao regente do Ascendente e nas outras duas situações é o Planeta mais alto no
mapa.

 Em 24 mapas verifica-se apenas uma ocorrência de Marte Retrógrado. Neste único caso, Marte está
posicionado em  no Ascendente e em estação para directo, conjunto a Júpiter e Nodo Norte, como tal, numa
posição favorecida;

 Verifica-se ainda, 18 posicionamentos deste planeta no hemisfério superior, contra 6 posicionamentos no


hemisfério inferior;

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 32
 Em relação à posição do Sol, verificam-se 15 mapas diurnos contra 9 mapas nocturnos.

 Em relação ao planeta Marte por casa destaque para as 8, 9 e 10, com maior incidência, ou seja as mais
próximas do Meio do Céu e da culminação superior;

 Nos quadrantes verifica-se o terceiro quadrante com maior pontuação;

 Pelas pesquisas de Michel Gauquelin descritas neste estudo, verifica-se que 15 mapas possuem grande
intensidade da componente de Marte, 2 mapas forte e 7 mapas fraca intensidade da componente Marte.

Posto isto, conclui que em todos os mapas analisados Marte é um planeta de bastante destaque, tendo
frequentemente uma posição fortalecida, pelas diversas razões já descritas anteriormente, o que na minha
opinião acaba por favorecer a ligação deste projecto de investigação que pretendia fazer a ligação do planeta
Marte e a vocação militar. Nos 24 mapas analisados, independentemente do posto do militar, tempo de
permanência, área profissional, ramo das Forças Armadas verificaram -se muitos mapas diurnos, uma
predominância de Marte no heminsfério superior e próximo do Meio do Céu, essencialmente nas casas 8, 9 e
10. Apenas uma ocorrência de Marte retrógrado, mas que está, no entanto, numa posição favorecida.
Constatei ainda, que 54% dos mapas são regidos por Marte e que o signo Solar em 58% dos mapas,
corresponde a signos de Fogo (, e ).

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 33
BIBLIOGRAFIA
Livros:
ARROYO, Stephen, Manual de Interpretação do Mapa Astrológico,Publicações Europa-América, Lisboa, 2002
BOLEN, Jean Shinoda, As Deusas em cada Mulher: A Deusa Interior, Planeta Editora, Lisboa, 2005
GAUQUELIN, Michel, Cosmopsicologia, Ática, Brasil, 1978
GRAY, John, Os homens são de Marte, As mulheres são de Vénus, Editora Rocco Lda, Rio de Janeiro, 1996
GOODMAN, Linda, Os signos do Zodíaco, Editorial Presença, Lisboa, 1998
MEDEIROS, João, A Carta, Lua de Papel, Lisboa, 2013

Internet:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Marte_(planeta)
http://pt.wikipedia.org/wiki/Marte_(mitologia)
http://estudosdeastrologia.blogspot.pt/2011/08/casas-cadentes.html
http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/mitologia-grega/ares.php
http://www.deldebbio.com.br/2009/06/03/as-pesquisas-de-michel-gauquelin/
http://www.emgfa.pt/pt/home/
http://joaomedeiros.org/marte-e-a-vocacao/
http://joaomedeiros.org/saturno-e-a-vocacao/

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 34
ANEXOS

NOTA 01: Exemplificação da fórmula do padrão vocacional analisada.

Fórmula do Padrão Vocacional:


1) Aspectos ao Meio do Céu – 30%
2) Astros nas Casas 2, 6 e 10 – 30%
3) Regente do Ascendente – 10%
4) Regente do Meio do Céu – 15%
5) Dispositor do Sol – 5%
6) Astros na Casa 1 – 10%

Tendo em consideração as seguintes orbes para os aspectos:

ASPECTO ÂNGULO ORBE


Conjunção 0º +/- 10º
Quadratura 90º +/- 6º
Oposição 180º +/- 10º
Trígono 120º +/- 7º
Sextil 60º +/- 4º

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 35
Exemplo da Fórmula do Padrão Vocacional:
1) Aspectos ao Meio do Céu – 30%
Lua – 7,5 %
Sol – 7,5%
Marte – 7,5%
Saturno – 7,5%
2) Astros nas Casas 2, 6 e 10 – 30%
Lua – 10%
Saturno – 10%
Marte – 10%
3) Regente do Ascendente – 10%
Marte – 10%
4) Regente do Meio do Céu – 15%
Saturno – 15%
5) Dispositor do Sol – 5%
Júpiter – 5%
6) Astros na Casa 1 – 10%
Não existem astros posicionados na Casa 1

Logo, Saturno 32,5%, seguido de Marte 27,5%, seguido da Lua com 17,5%, seguido do Sol com 7,5% e
finalmente de Júpiter com 5%.

NOTA 02: Cálculos para a Hierarquia dos Planetas (ocorrências) incluindo Transpessoais.

Regente ASC Pontuação Regente MC Pontuação Planeta mais Alto Pontuação


Sol 3 Sol 6 Sol
Lua 2 Lua 1 Lua 1
Vénus 2 Vénus 6 Vénus 2
Mercúrio 3 Mercúrio 2 Mercúrio 5
Marte 9 Marte 4 Marte 3
Júpiter 3 Júpiter 2 Júpiter 1
Saturno 4 Saturno 4 Saturno 5
Urano Urano Urano 3
Neptuno Neptuno Neptuno 3
Plutão Plutão Plutão 1
TOTAL 24 24 24

Regente Casa 10 Pontuação Regente Casa 6 Pontuação


Sol 6 Sol 1
Lua 1 Lua 1
Vénus 6 Vénus 1
Mercúrio 2 Mercúrio 8
Marte 4 Marte 9
Júpiter 2 Júpiter 1
Saturno 4 Saturno 4
Urano Urano
Neptuno Neptuno
Plutão Plutão
TOTAL 24 24

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 36
Cálculos para a Hierarquia dos Planetas (ocorrências) excluindo Transpessoais.

Regente ASC Pontuação Regente MC Pontuação Planeta mais Alto Pontuação


Sol 3 Sol 6 Sol 2
Lua 2 Lua 1 Lua 2
Vénus 2 Vénus 6 Vénus 2
Mercúrio 3 Mercúrio 2 Mercúrio 6
Marte 9 Marte 4 Marte 4
Júpiter 3 Júpiter 2 Júpiter 3
Saturno 4 Saturno 4 Saturno 5
TOTAL 24 24 24

Regente Casa 10 Pontuação Regente Casa 6 Pontuação


Sol 6 Sol 1
Lua 1 Lua 1
Vénus 6 Vénus 1
Mercúrio 2 Mercúrio 8
Marte 4 Marte 9
Júpiter 2 Júpiter 1
Saturno 4 Saturno 4
TOTAL 24 24

NOTA 03: Exemplo de mapa com Marte Retrógrado.

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 37
NOTA 05: Dois mapas com Marte ligado por aspecto ao regente de Ascendente..

Rodden Rating AA

Rodden Rating A

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 38
NOTA 06: Em anexo é explicado um exemplo do estudo de Gauquelin.

Rodden Rating AA

Projeto de Investigação no âmbito do Nível 6 da Formação Dinâmica em Astrologia do CEIA


por Carina Almeida - Dezembro de 2014 Página 39

Você também pode gostar