Você está na página 1de 4

NOÇÕES DE PROCESSOS LICITATÓRIOS.

DISPENSA DE LICITAÇÃO.
Princípios.
NOÇÕES DE PROCESSOS LICITATÓRIOS.
DISPENSA DE LICITAÇÃO. Entre outros, os princípios que regem a licitação são:
legalidade, impessoalidade, moralidade, igualdade, publi-
cidade, probidade administrativa, vinculação ao instrumen-
to convocatório e julgamento objetivo.
Licitações “- Legalidade: É aquele que prevê que só é possível fa-
zer o que está previsto na Lei;
Objeto e finalidade. - Impessoalidade: O interesse da Administração preva-
lece acima dos interesses pessoais;
Conceito - Moralidade: As regras morais vigentes devem ser
Licitação é o processo pelo qual a Administração Pú- obedecidas em conjunto com as leis em vigor;
blica contrata serviços e adquire bens dos particulares, evi- - Igualdade: Todos são iguais perante a Lei. Não pode
tando-se que a escolha dos contratados seja fraudulenta e haver discriminação nem beneficiamento entre os partici-
prejudicial ao Estado em favor dos interesses particulares pantes da licitação;
do governante. - Publicidade: A licitação não pode ser sigilosa. As de-
Segundo Carvalho Filho1, “não poderia a lei deixar ao cisões tomadas durante a licitação devem ser públicas. É a
exclusivo critério do administrador a escolha das pessoas transparência do processo licitatório.
a serem contratadas, porque, fácil é prever, essa liberdade - Probidade administrativa: A licitação deve ser proces-
daria margem a escolhas impróprias, ou mesmo a concer- sada por pessoas que tenham honestidade;
tos escusos entre alguns administradores públicos inescru-
- Vinculação ao instrumento convocatório: O Edital é a
pulosos e particulares, com o que prejudicada, em última
lei entre quem promove e quem participa da licitação, não
análise, seria a Administração Pública, gestora dos interes-
podendo ser descumprido;
ses públicos”.
- Julgamento objetivo: As propostas dos licitantes de-
Deste modo, Carvalho Filho2 conceitua licitação como
vem ser julgadas de acordo com o que diz o Edital”3.
“o procedimento administrativo vinculado por meio do
qual os entes da Administração Pública e aqueles por ela
Contratação direta: dispensa e inexigibilidade.
controlados selecionam a melhor proposta entre as ofe-
recidas pelos vários interessados, com dois objetivos – a
Em alguns casos, a licitação será obrigatória, em outros
celebração de contrato, ou a obtenção do melhor trabalho
poderá ser dispensada apesar de viável (dispensa), sendo
técnico, artístico ou científico”.
possível ainda que se enquadre numa exceção em que nem
Logo, a licitação é um procedimento administrativo
ao menos é exigida (inexigibilidade). A atual regulamenta-
que tem por finalidade evitar práticas fraudulentas na Ad-
ção da licitação traz hipóteses de obrigatoriedade, dispen-
ministração Pública, garantindo a contratação do serviço sa e inexigibilidade.
ou produto que melhor atenda às expectativas de custo- A legislação anterior, qual seja, o Decreto-lei nº
-benefício para o aparato público. 2.300/1986, previa a vedação do procedimento de licita-
ção, estabelecendo-se contratação direta, nos casos em
Objeto e finalidade que houvesse comprometimento da segurança nacional,
O objeto é a aquisição de bens e serviços pela Admi- mas a disciplina não se repetiu no atual estatuto.
nistração Pública. A finalidade da licitação deve ser sempre Obs.: Há posicionamento de que o artigo 7º, §5º da Lei
atender o interesse público, buscar a proposta mais vanta- nº 8.666/1993 traz um caso remanescente de vedação, mas
josa, existindo igualdade de condições, além dos demais predomina o posicionamento de Carvalho Filho4, segundo
princípios resguardados pela constituição. o qual não se trata de vedação, mas sim de restrição. Prevê
o dispositivo:
Destinatários.
Art. 7º, § 5º. É vedada a realização de licitação cujo
Além do próprio Poder Público, também são destina- objeto inclua bens e serviços sem similaridade ou de
tários os licitantes interessados em contratar com o Poder marcas, características e especificações exclusivas, salvo
Público e qualquer pessoa interessada em saber sobre os nos casos em que for tecnicamente justificável, ou ainda
procedimentos público de licitação. quando o fornecimento de tais materiais e serviços for feito
sob o regime de administração contratada, previsto e discri-
minado no ato convocatório.
1 CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de
direito administrativo. 23. ed. Rio de Janeiro: Lumen juris,
2010. 3 http://www.sebrae.com.br/
2 CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de 4 CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de
direito administrativo. 23. ed. Rio de Janeiro: Lumen juris, direito administrativo. 23. ed. Rio de Janeiro: Lumen juris,
2010. 2010.

1
NOÇÕES DE PROCESSOS LICITATÓRIOS.
DISPENSA DE LICITAÇÃO.
Acompanha-se o entendimento dominante, eis que a - Imóvel destinado a Administração: Para compra ou
expressão “salvo”, em destaque confere a ideia de restrição. locação de imóvel destinado ao atendimento, cujas ne-
Em regra, a licitação é obrigatória, tanto é que a dou- cessidades de instalação e localização condicionem a sua
trina afirma o princípio da obrigatoriedade da licitação, o escolha, desde que o preço seja compatível com o valor
qual “[...] impõe que todos os destinatários do Estatuto de mercado, segundo avaliação prévia. Deverá a Adminis-
façam realizar o procedimento antes de contratarem obras tração formalizar a locação se for de ordem temporária ou
e serviços”. No entanto, a lei não poderia deixar de lado comprá-lo se for de ordem definitiva.
possibilidades de dispensa e inexigibilidade deste proce- - Gêneros Perecíveis: Compras de hortifrutigranjeiros,
dimento. Em verdade, tal princípio decorre do texto cons- pão e outros gêneros perecíveis durante o tempo necessário
titucional: para a realização do processo licitatório correspondente.
- Ensino, pesquisa e recuperação social do preso: Na
Art. 37, XXI, CF - ressalvados os casos especificados na contratação de instituição brasileira dedicada a recupera-
legislação, as obras, serviços, compras e alienações serão ção social do preso, desde que a contratada detenha in-
contratados mediante processo de licitação pública que as- questionável reputação ético-profissional e não tenha fins
segure igualdade de condições a todos os concorrentes, com lucrativos na aplicação de suas funções.
cláusulas que estabeleçam obrigações de pagamento, man- - Acordo Internacional: Somente para aquisição de
tidas as condições efetivas da proposta, nos termos da lei, o bens quando comprovado que as condições ofertadas são
qual somente permitirá as exigências de qualificação técnica vantajosas para o poder público.
e econômica indispensáveis à garantia do cumprimento das - Obras de Arte e Objetos Históricos: Somente se jus-
obrigações. tifica a aplicação da dispensa de licitação se a finalidade
de resgatar a peça ou restaurar for de importância para a
“A contratação por meio da dispensa de licitação deve composição do acervo histórico e artístico nacional.
limitar-se a aquisição de bens e serviços indispensáveis ao - Aquisição de Componentes em Garantia: Caso a aqui-
atendimento da situação de emergência e não qualquer sição do componente ou material seja necessário para ma-
bem ou qualquer prazo. Conheça os casos de Dispensa nutenção de equipamentos durante o período de garantia.
fundamentados no artigo 24 da Lei nº 8666/93. Deverá a Administração comprá-lo do fornecedor original
A licitação é dispensável quando: deste equipamento, quando a condição de exclusividade
- Em situações de emergência: exemplos de Casos de for indispensável para a vigência do prazo de garantia.
guerra; grave perturbação da ordem; calamidade pública, - Abastecimento em Trânsito: Para abastecimento de
obras para evitar desabamentos, quebras de barreiras, for- embarcações, navios, tropas e seus meios de deslocamento
necimento de energia. quando em eventual curta duração, por motivo de movi-
- Por motivo de licitação frustrada por fraude ou abu- mentação operacional e for comprovado que compromete
so de poder econômico: preços superfaturados, neste caso a normalidade os propósitos da operação, desde que o va-
pode-se aplicar o artigo 48 parágrafo 3º da Lei nº 8666/93 lor não exceda ao limite previsto para dispensa de licitação.
para conceder prazo para readaptação das propostas nos - Compra de materiais de uso pelas forças armadas:
termos do edital de licitação. Sujeito à verificação conforme material, ressaltando que as
- Intervenção no Domínio Econômico: exemplos de compras de material de uso pessoal e administrativo sujei-
congelamento de preços ou tabelamento de preços. tam-se ao regular certame licitatório.
- Dispensa para contratar com Entidades da Adminis- - Associação de portadores de deficiência física: A con-
tração Pública: Somente poderá ocorrer se não houver em- tratação desta associação deverá seguir as seguintes exi-
presas privadas ou de economia mista que possam pres- gências: Não poderá ter fins lucrativos; comprovar idonei-
tar ou oferecer os mesmos bens ou serviços. Exemplos de dade, preço compatível com o mercado”5.
Imprensa Oficial, processamento de dados, recrutamento, “Na inexigibilidade, a contratação se dá em razão da
seleção e treinamento de servidores civis da administração. inviabilidade da competição ou da desnecessidade do pro-
- Contratação de Pequeno Valor: Materiais, produtos, cedimento licitatório. Na inexigibilidade, as hipóteses do
serviços, obras de pequeno valor, que não ultrapassem o artigo 25 da Lei 8666 de 1993, autorizam o administrador
valor estimado por lei para esta modalidade de licitação. público, após comprovada a inviabilidade ou desnecessi-
- Dispensa para complementação de contratos: Ma- dade de licitação, contratar diretamente o fornecimento do
teriais, produtos, serviços, obras no caso de rescisão con- produto ou a execução dos serviços. É importante observar
tratual, desde que atendida a ordem de classificação da que o rol descrito neste artigo, não abrange todas as hi-
licitação aceitas as mesmas condições oferecidas pelo li- póteses de inexigibilidade. A licitação poderá ser inexigível
citante vencedor, inclusive quanto ao preço, devidamente quando:
corrigido. * Fornecedor Exclusivo:
- Ausência de Interessados: Quando não tiver interes- - Exclusividade Comercial: somente um representan-
sados pelo objeto da licitação, mantidas, neste caso, todas te ou comerciante tem o bem a ser adquirido, um grande
as condições preestabelecidas em edital. exemplo disto seria medicamentos.
- Comprometimento da Segurança Nacional: Quando - Exclusividade Industrial: somente quando um produ-
o Presidente da República, diante de um caso concreto, de- tor ou indústria se acha em condições materiais e legais de
pois de ouvido o Conselho de Defesa Nacional, determine produzir o bem e fornecê-los a Administração
a contratação com o descarte da licitação. 5 http://www.licitacao.net/

2
NOÇÕES
NOÇÕESDE
DEPROCESSOS
PROCESSOSLICITATÓRIOS.
LICITATÓRIOS.
DISPENSA
DISPENSADE
DELICITAÇÃO.
LICITAÇÃO.
Aplica-se a inexigibilidade quando comprovada por § 4º Concurso é a modalidade de licitação entre
meio de fornecimento de Atestado de Exclusividade de quaisquer interessados para escolha de trabalho técnico,
venda ou fabricação emitido pelo órgão de registro do co- científico ou artístico, mediante a instituição de prêmios ou
mércio para o local em que se realizará a licitação. remuneração aos vencedores, conforme critérios constantes
* Singularidade para contratação de serviços técnicos: de edital publicado na imprensa oficial com antecedência
Somente poderão ser contratados aqueles enumerados no mínima de 45 (quarenta e cinco) dias.
artigo 13 da Lei 8666/93 § 5º Leilão é a modalidade de licitação entre quaisquer
- estudos Técnicos; interessados para a venda de bens móveis inservíveis para
- planejamentos e projetos básicos ou executivos; a administração ou de produtos legalmente apreendidos ou
- pareceres, perícias e avaliação em geral; penhorados, ou para a alienação de bens imóveis prevista no
- acessórias ou consultorias técnicas e auditorias finan- art. 19, a quem oferecer o maior lance, igual ou superior ao
ceiras ou tributárias; valor da avaliação.
- fiscalização, supervisão ou gerenciamento de obras
e serviços; Por sua vez, a LEI Nº 10.520, DE 17 DE JULHO DE 2002,
- patrocínio ou defesa de causas judiciais ou adminis- trabalha com uma modalidade adicional de licitação, o
trativas; pregão. É a modalidade de licitação voltada à aquisição de
- treinamento e aperfeiçoamento de pessoal; bens e serviços comuns, assim considerados aqueles cujos
- restauração de obras de arte e bens de valor histórico. padrões de desempenho e qualidade possam ser objetiva-
* Notória Especialização: mente definidos no edital por meio de especificações do
Contratação de empresa ou pessoa física com notória mercado.
experiência para execução de serviços técnicos. Este tipo
de contratação se alimenta do passado, de desempenhos Tipos.
anteriores, estudos, experiências, publicações, nenhum cri-
tério é indicado para orientar ou informar como e de que Em relação aos tipos de licitação, apontam-se no Esta-
modo a Administração pode concluir que o trabalho de um tuto: melhor preço, melhor técnica, técnica e preço, e me-
profissional ou empresa é o mais adequado à plena satisfa- lhor lance ou oferta. Os tipos licitatórios não passam de
ção do objeto do contrato. critérios de julgamento para a escolha da proposta mais
* Profissional Artista: adequada aos interesses da Administração Pública. A disci-
Contratação de profissional de qualquer setor artísti- plina encontra-se no caput e no §1º da Lei nº 8.666/1993:
co, diretamente ou através de empresário exclusivo, desde
que consagrado pela crítica especializada ou pela opinião Art. 45. O julgamento das propostas será objetivo, de-
pública”6. vendo a Comissão de licitação ou o responsável pelo con-
vite realizá-lo em conformidade com os tipos de licitação,
Modalidades. os critérios previamente estabelecidos no ato convocatório e
de acordo com os fatores exclusivamente nele referidos, de
Prosseguindo o estudo, quanto às modalidades de li- maneira a possibilitar sua aferição pelos licitantes e pelos
citação, podem ser apontadas as seguintes modalidades: órgãos de controle.
Concorrência, tomada de preços, convite, concurso e leilão § 1º Para os efeitos deste artigo, constituem tipos de
(artigo 22, Lei nº 8.666/1993). Dos parágrafos 1º a 5º, o licitação, exceto na modalidade concurso:
artigo 22 conceitua cada uma das modalidades: I - a de menor preço - quando o critério de seleção da
proposta mais vantajosa para a Administração determinar
§ 1º Concorrência é a modalidade de licitação entre que será vencedor o licitante que apresentar a proposta de
quaisquer interessados que, na fase inicial de habilitação acordo com as especificações do edital ou convite e ofertar
preliminar, comprovem possuir os requisitos mínimos de o menor preço;
qualificação exigidos no edital para execução de seu objeto. II - a de melhor técnica;
§ 2º Tomada de preços é a modalidade de licitação en- III - a de técnica e preço;
tre interessados devidamente cadastrados ou que atende- IV - a de maior lance ou oferta - nos casos de alienação
rem a todas as condições exigidas para cadastramento até de bens ou concessão de direito real de uso.
o terceiro dia anterior à data do recebimento das propostas,
observada a necessária qualificação. Procedimento.
§ 3º Convite é a modalidade de licitação entre interes-
sados do ramo pertinente ao seu objeto, cadastrados ou não, Do artigo 38 ao 53 da Lei nº 8.666/93 está descrito
escolhidos e convidados em número mínimo de 3 (três) pela o procedimento a ser adotado nas licitações em geral. A
unidade administrativa, a qual afixará, em local apropriado, modalidade pregão tem procedimento próprio, previsto na
cópia do instrumento convocatório e o estenderá aos demais lei especial.
cadastrados na correspondente especialidade que manifes- No que tange à revogação e à anulação, ambas volta-
tarem seu interesse com antecedência de até 24 (vinte e qua- das às consequências dos vícios no processo de licitação,
tro) horas da apresentação das propostas. destaca-se a previsão do artigo 49:
6 http://www.licitacao.net/

3
NOÇÕES DE PROCESSOS LICITATÓRIOS.
DISPENSA DE LICITAÇÃO.
Art. 49. A autoridade competente para a aprovação do oportunidade; e ainda, a lei referida, prevê que no caso de
procedimento somente poderá revogar a licitação por razões desfazimento da licitação ficam assegurados o contraditó-
de interesse público decorrente de fato superveniente devi- rio e a ampla defesa, garantia essa que é dada somente
damente comprovado, pertinente e suficiente para justificar ao vencedor, o único com efeitos interesses na permanência
tal conduta, devendo anulá-la por ilegalidade, de ofício ou desse ato, pois por meio dele pode chegar a contrato.
por provocação de terceiros, mediante parecer escrito e devi- Hely Lopes Meireles8 conceitua anulação como “é a inva-
damente fundamentado. lidação da licitação ou do julgamento por motivo de ilegalida-
§ 1º A anulação do procedimento licitatório por motivo de, pode ser feita a qualquer fase e tempo antes da assinatura
de ilegalidade não gera obrigação de indenizar, ressalvado o do contrato, desde que a Administração ou o Judiciário veri-
disposto no parágrafo único do art. 59 desta Lei. fique e aponte a infringência à lei ou ao edital”. Cabe ainda
§ 2º A nulidade do procedimento licitatório induz à do ressaltar que a anulação da licitação acarreta a nulidade do
contrato, ressalvado o disposto no parágrafo único do art. contrato (art. 49, § 2º). No mesmo sentido “a anulação poderá
59 desta Lei. ocorrer tanto pela Via Judicante como pela Via Administrativa”.
§ 3º No caso de desfazimento do processo licitatório,
fica assegurado o contraditório e a ampla defesa. Sanções administrativas.
§ 4º O disposto neste artigo e seus parágrafos aplica-se
Em relação ao cumprimento as normas estabelecidas pela
aos atos do procedimento de dispensa e de inexigibilidade
Lei de Licitações e Contratos Administrativos - Lei 8.666/1993,
de licitação.
caso haja alguma irregularidade, comprovação da prática de
atos ilícitos pela parte que causou o dano, além das responsa-
Anular é extinguir um ato ou um conjunto de atos em bilidades civis, caberá também aplicação das responsabilida-
razão de sua ilegalidade. Quando se fala, portanto, em des administrativas e judiciais.
anulação de uma licitação, pressupõe-se a ilegalidade da A recusa injustificada do adjudicatário em assinar o con-
mesma, pois anula-se o que é ilegítimo. A licitação poderá trato, aceitar ou retirar o instrumento equivalente, dentro do
ser anulada pela via administrativa ou pela via judiciária. A prazo estabelecido pela Administração, caracteriza o descum-
anulação de uma licitação pode ser total (se o vício atingir primento total da obrigação assumida, sujeitando-o às penali-
a origem dos atos licitatórios) ou parcial (se o vício atingir dades legalmente estabelecidas.
parte dos atos licitatórios). Isto não se aplica aos licitantes convocados, que não acei-
Revogar uma licitação é extingui-la por ser inconve- tarem a contratação, nas mesmas condições propostas pelo
niente ou inoportuna. Desde o momento em que a lici- primeiro adjudicatário, inclusive quanto ao prazo e preço.
tação foi aberta até o final da mesma, pode-se falar em Os agentes administrativos que praticarem atos em de-
revogação. Após a assinatura do contrato, entretanto, não sacordo com os preceitos definidos pela Lei de Licitações e
poderá haver a revogação da licitação. Somente se justifica Contratos Administrativos ou visando a frustrar os objetivos da
a revogação quando houver um fato posterior à abertura licitação sujeitam-se às sanções previstas na lei licitatória e nos
da licitação e quando o fato for pertinente, ou seja, quando regulamentos próprios, sem prejuízo das responsabilidades ci-
possuir uma relação lógica com a revogação da licitação. vil e criminal que seu ato ensejar.
Ainda deve ser suficiente, quando a intensidade do fato
justificar a revogação. Deve ser respeitado o direito ao con- LEI Nº 8.666/1993 E SUAS ALTERAÇÕES
traditório e ampla defesa, e a revogação deverá ser feita
mediante parecer escrito e devidamente fundamentado. LEI Nº 8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993
Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal,
Anulação e revogação. institui normas para licitações e contratos da Administração Pú-
blica e dá outras providências.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso
Os institutos estão previstos no artigo 49 da lei nº
Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
8.666/93. Revogação da licitação por interesse público de-
corrente de fato superveniente devidamente comprova-
Capítulo I
do, pertinente e suficiente para justificar tal conduta, bem DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
como a obrigatoriedade de sua anulação por ilegalidade,
neste último caso podendo agir de ofício ou provocado por Seção I
terceiros, mediante parecer escrito e devidamente funda- Dos Princípios
mentado.
Revogação segundo Diógenes Gasparini “é o desfazi- Art. 1º Esta Lei estabelece normas gerais sobre licitações e
mento da licitação acabada por motivos de conveniência contratos administrativos pertinentes a obras, serviços, inclusive
e oportunidade (interesse público) superveniente – art. 49 de publicidade, compras, alienações e locações no âmbito
da lei nº 8.666/93”7. Trata-se de um ato administrativo vin- dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos
culado, embora assentada em motivos de conveniência e Municípios.

7 GASPARINI, Diógenes. Direito Administrativo. 8 MEIRELLES, Hely Lopes. Direito administrativo


11. ed. São Paulo: Saraiva, 2006. brasileiro. São Paulo: Malheiros, 1993.