Você está na página 1de 36

Guia Básico

para Roadies de
‘Primeira Viagem’
> edição 2
O Guia Básico para Roadies de ‘Primeira Viagem’ é uma série de 3
materiais produzidos pela Casa do Roadie, a primeira loja do Brasil
especializada em acessórios para profissionais de shows e eventos.

Esta é a edição 2 e vamos tratar dos seguintes assuntos:


• A importância do segundo idioma
• Diferentes funções em uma turnê
• Pré produção técnica CLIQUE AQUI para
baixar a edição 1.

Fique atento! Em breve lançaremos a edição 3 


A
IMPORTÂNCIA
DO
SEGUNDO
IDIOMA
O inglês é o idioma mais usado no mundo, é o padrão internacional entre
profissionais de shows e eventos.

Falar inglês pode lhe proporcionar mais trabalho com melhor remuneração e maior
frequência. Para quem já é fluente em inglês, é sempre bom aprender um novo
idioma, as orientações a seguir servem para outras linguagens também.

Sabemos que estudar requer investimentos de dinheiro e tempo, mas com força
de vontade e dedicação, você consegue dar os primeiros passos sozinho,
atualmente existem diversos materiais disponiveis para aprender via internet.

Abaixo vão algumas dicas que a Casa do Roadie separou para você que precisa
aprender o básico de forma rápida e bem econômica:

Capítulo 1 - A Importância do Segundo Idioma


APLICATIVOS YOUTUBE
Existem muitos canais no youtube com o
O Duolingo é uma plataforma digital objetivo de ensinar inglês, procure assistir
dedicada a ensinar idiomas por meio de vários e encontre o seu preferido.
jogos e atividades. Gratuito, o app tem
versões para iOS , Android e Windows Abaixo alguns exemplos:
Phone além de uma ótima versão para
desktop, conheça: www.duolingo.com - The School of Life *
- Crash Course *
- English in Brazil
Com certeza o DUOLINGO é o destaque - Manual do Inglês
dos últimos tempos em tecnologia - Inglês Winner
voltada a educação online.
* Estes são ótimos mas precisam ativar as legendas, clique em
detalhes-> legendas/cc-> traduzir automaticamente-> português

Capítulo 1 - A Importância do Segundo Idioma


O BOM E VELHO LIVRO
Em qualquer site de livraria, você encontra livros que ensinam métodos para aprender
inglês. A nossa dica é a Estante Virtual (www.estantevirtual.com.br) uma plataforma que
reúne sebos do Brasil inteiro. O acervo é enorme e o preço é muito acessível.

PODCAST
O podcast é uma mídia de transmissão de informação, no Brasil ainda está em processo
de crescimento mas já tem ótimos programas disponiveis. Alguns deles são focados no
ensino do inglês para iniciantes que já tem algum conhecimento no idioma.
Separamos três programas que valem a pena conhecer:

1 - Inglês Básico Todos os Dias


2 - Inglês na Ponta da Lingua
3 - English Learning Show
Capítulo 1 - A Importância do Segundo Idioma
AMIGOS FLUENTES
NO IDIOMA
Talvez essa seja a principal dica
desta listinha. A conversa com os
amigos que tem uma boa fluência
em outra língua, possibilita uma
grande interação, você pratica o
diálogo e seu amigo pode auxiliar
na correção do seu erro, na hora.
Não é apenas um estudo de
gramática ou o descobrimento do
vocabulário, treinar com seu
colega faz você desenvolver
argumentação e improviso.

Capítulo 1 - A Importância do Segundo Idioma


FREQUÊNCIA É TUDO!
Estudar 4 horas seguidas na segunda-feira, E O PRIMEIRO IDIOMA?
depois passar 3 dias sem estudar nada e Apesar do segundo idioma ser muito
voltar a estudar mais 2 horas na sexta-feira, importante, não vamos nos esquecer
pode não trazer um bom rendimento. do primeiro idioma, o Português.
Ler, escrever e falar corretamente,
Nesse caso, em uma semana você estudou demonstra profissionalismo e
6 horas de forma desregulada. capacidade de comunicação, não
importa se é em uma reunião de
Seu aprendizado pode render mais se você negócios ou no whatsApp.
adquirir o hábito de estudar 1 hora por dia, Fique atento!
de segunda a sábado. Totalizando as
mesmas 6 horas semanais, mas de forma
equilibrada e constante.

Capítulo 1 - A Importância do Segundo Idioma


AS DIFERENTES Para quem quer começar a trabalhar nesse
meio, é importante conhecer todas as
FUNÇÕES funções dentro de uma turnê.
Compreendendo o que cada função
DENTRO representa, pode-se escolher aquela que
você mais se identifica.
DE UMA A apresentação a seguir pode variar
TURNÊ conforme o porte do artista, banda, etc.
AGENTE
(BOOKING AGENT)

Cuida exclusivamente da
agenda do artista, negociando
e vendendo os shows.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


EMPRESÁRIO (MANAGER)

É o responsável pelo direcionamento da carreira do artista, em alguns dos casos,


também é o responsável pelo agenciamento dos shows e o pagamento da equipe.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


PRODUTOR EXECUTIVO (TOUR MANAGER)

Fica a cargo do produtor a elaboração e o gerenciamento do cronograma


de toda a equipe, é ele quem avalia e decide os melhores horários
juntamente com a produção local do show.

O produtor também contrata e gerencia as vans, passagens aéreas e


caminhões para o transporte de todas as pessoas e equipamentos.
Na maioria dos casos ele também vai para a estrada com a equipe.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


DIRETOR DE PALCO
(STAGE MANAGER)

Responsável por toda a


montagem e desmontagem do
palco respeitando o
cronograma estabelecido pelo
produtor e a produção do
evento.
Em uma equipe reduzida, pode
ser também um dos Roadies ou
técnicos de áudio ou luz.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


TÉCNICOS DE ÁUDIO

É o responsável pela sonorização da banda, podendo operar o PA (Front of House - FOH),


ou operar o Monitor, que são os retornos que os músicos utilizam para poder se ouvir.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


TÉCNICO DE LUZ
(LIGHT DESING)

É o responsável pela operação


de luz durante o show, define
cores, prismas, texturas,
posicionamento, tipo de
equipamento, etc.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


MERCH / MERCHANDISE

Responsável por uma


importante fonte de renda do
artista, a venda de produtos
próprios como CDs, camisetas,
canecas, etc.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


CARREGADORES
(STAGE HANDS)

Parte importantíssima de
um show ou evento, são
eles quem vão auxiliar no
árduo trabalho de
carregar, descarregar e
posicionar os
equipamentos, que em
alguns casos, podem
passar de toneladas.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


FOTO E VÍDEO

Para um artista profissional é


indispensavel ter um fotografo
e se possível uma equipe de
filmagem acompanhando suas
apresentações.
Os registros são utilizados
para o arquivo do artista,
materiais de divulgação e
insumo para toda a
comunicação no site, redes
sociais e imprensa.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


Como em qualquer profissão, e independente do seu
cargo ou função, o respeito é fundamental para uma relação
saudável entre todos os profissionais envolvidos no show ou
evento. Lembre-se sempre de tratar o próximo como gostaria
de ser tratado, independente de ser a faxineira da casa, ou o
artista que você está trabalhando.

Capítulo 2 - As Diferentes Funções Dentro de Uma Turnê


PRÉ PRODUÇÃO
PRODUÇÃO TÉCNICA
A pré-produção é talvez a etapa mais importante do processo de um show.

Uma pré bem feita, pode evitar em alguns casos extremos até o
cancelamento de um show. Por exemplo, ao chegar no dia do show e
verificar a ausência de um palco que comporte a banda toda, um sistema
de som que não atende as necessidades do artista, energia instável ou
insuficiente para o sistema de som e luz, etc...

Caso não seja você o responsável pela pré-produção, manter o contato


constantemente com a pessoa responsável é de extrema importância.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


COMUNICAÇÃO

Se você for o responsável pela pré, tenha em mente que tudo deve ser acertado
com a maior antecedência possível, e alguns dias antes do show, entre em contato
novamente com a produção local ou a empresa locadora do som / backline, para
ter certeza que o que foi combinado será cumprido.

E-mails ainda são a melhor forma para alinhar esses detalhes, uma vez que ficam
armazenados e servem como comprovação do que foi combinado, em caso de
descumprimento de qualquer compromisso do contratante. Mas não se limite
somente aos e-mails, e não espere por muito tempo para eles serem respondidos,
telefone para a pessoa responsável, seja insistente, sua responsabilidade é ter
certeza que tudo vai dar certo no dia do show.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


O Rider técnico é o documento com a
relação de equipamentos que o artista
precisa para a realização do show.
LENDO,
Um Rider bem montado e de fácil
COMPREENDENDO interpretação, lhe salvará tempo e
demonstrará profissionalismo.
E CRIANDO O O Rider também é conhecido como
Advance e conta com os seguintes itens:
RIDER TÉCNICO - Input List
- Output List
- Mapa de Palco
- Mapa de Luz
- Relação de Equipamentos

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


RIDER TÉCNICO
Muitas vezes alguns itens solicitados no Rider tem de ser substituídos, e
tudo isso deve ser acertado na pré produção, com a aprovação do
responsável técnico do artista, isso evita surpresas desagradáveis como
chegar no dia do show e descobrir que ao invés de um amplificador
Marshall JCM900 que o seu artista solicitou, tem um cubo CriaSom,
o que vai prejudicar a apresentação.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


INPUT LIST
É a planilha de equipamentos que relaciona todos os canais que entrarão na mesa de som,
os microfones que serão usados, tamanho dos pedestais, vias de monitor, etc.
No Input devem ser listados os modelos e marcas dos microfones escolhidos pelos técnicos
de som da banda, enviado pela casa de show ou locadoras de sistemas de áudio.
Na pré produção devem ser confirmados se terão os microfones solicitados ou verificar a
possibilidade de substituição por outros similares. A escolha do microfone, normalmente é
feita em conjunto com os técnicos de som da banda.

Se informe, estude os microfones, esse com certeza


será um diferencial muito positivo para você!

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


INPUT LIST
Um dos melhores investimento que um artista ou profissional pode fazer, é ter o seu
próprio kit de microfones, conforme sua preferência. Desta forma se tem mais
garantia na qualidade desejada.

O Patch (ordem das entradas e saídas dos canais da mesa de som) é uma parte muito
importante, e embora seja uma responsabilidade dos técnicos de som, um
profissional de palco deve dominar o assunto e saber como proceder em casos de
emergência, por isso é muito importante estar por dentro do Rider e Input da banda.

Veja este exemplo do Input List do artista Tiago Abravanel:

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


INPUT LIST ADVANCE TIAGO ABRAVANEL
ECLÉTICO TOUR 2014-15

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


INPUT LIST ADVANCE TIAGO ABRAVANEL
ECLÉTICO TOUR 2014-15

Um Input List pode


passar de 100 canais em
casos de artistas e
bandas muito grandes,
como por exemplo, em
uma orquestra.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


OUTPUT LIST

No Rider Técnico, deve conter também a Output List, lista de canais


de saída de som, que retornam da mesa, que enviam o sinal para
os monitores de referência, de chão ou fone de ouvido para que os
músicos e artistas possam ouvir o que está sendo tocado.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


OUTPUT LIST

ADVANCE TIAGO ABRAVANEL


ECLÉTICO TOUR 2014-15

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


O Mapa de Palco (Stage Plot) é literalmente o mapa de
posicionamento de cada membro da banda, ele é importante
MAPA para que a equipe de produção local possa adiantar o
posicionamento dos praticáveis, amplificadores, bateria, etc.
DE Um mapa de palco claro e bem definido, pode lhe salvar
horas de trabalho.
PALCO
Confira no exemplo a seguir o mapa de palco da banda
Raimundos:

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


MAPA DE PALCO

Apesar da simplicidade, este mapa deixa bem claro o posicionamento de cada


membro da equipe no palco.

Também destaca a necessidade individual de cada membro, com relação a


monitores, AC (energia), a medida dos praticáveis da bateria (destacando a
altura, largura e profundidade), pedestais, etc.

Hoje existem no mercado alguns programas próprios para a criação de mapas de


palco, um dos mais simples e indicado é o Stage Plot www.stageplot.com.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


RELAÇÃO
DE EQUIPAMENTOS
No rider técnico, também está a relação dos equipamentos e acessórios
necessários para a realização do show.

É no Rider que listamos todo o backline (equipamentos de palco como


amplificadores, bateria, percussão) e também os consoles de audio,
especificações de microfones, etc.

Capítulo 3 - Pré Produção/Produção Técnica


Missão
A Casa do Roadie nasceu com a missão de elevar o
nível das produções de entretenimento no Brasil por
meio de produtos, serviços e geração de conteúdo.

Origem
O projeto toma forma em meados de 2014 como
o primeiro e-commerce no Brasil, especializado
em acessórios para profissionais de shows e
eventos, oferecendo produtos diferenciados, de
alta qualidade e úteis para o dia a dia de pessoas
e empresas.

Idealizador
www.casadoroadie.com.br Idealizada pelo técnico de áudio Rafael Erdei, a Casa do
Roadie é uma combinação de sua vivência profissional (por
trás de graves, médios e agudos das mesas de som, grandes
palcos e milhares de quilômetros de estrada) com a oficina de
sonhos de seu pai, um inventor de mão cheia que com um
sorriso no rosto e boas ferramentas na mesa, é capaz de criar
qualquer coisa.
Esperamos que tenham gostado do material, em breve
lançaremos a edição 3 do Guia Básico para Roadies de
Primeira Viagem, fiquem ligados.

OBRIGADO! Criticas e sugestões, podem encaminhar para:


contato@casadoroadie.com.br

Sigam a Casa do Roadie nas redes sociais:


Facebook.com/CasadoRoadie
Instagram.com/CasadoRoadie
Youtube.com/CasadoRoadie