Você está na página 1de 5

UFSCar – Universidade Federal de São Carlos

Campus de Sorocaba
Curso: Engenharia de Produção

Disciplina: Fenômenos de Transporte – Profa Jane M. F. de Paiva

Data: julho e agosto de 2018 – Turmas A e B


4ª. Lista de Exercícios
Assunto geral: Transferência de Calor

- Fazer a leitura dos Capítulos 1, 2 e 3 do Livro: INCROPERA, F. P., DEWITT, D. P.


Fundamentos de Transferência de Calor e de Massa. Editora LTC.
- Alguns exercícios estão resolvidos como exemplos no livro.
- Demonstrar todas as unidades no cálculo.

1) A parede de um forno industrial é construída com tijolos refratários de 0,15 m de espessura, e


com condutividade térmica de 1,7 W/m.K. As temperaturas na superfície interna e externa da parede
são, respectivamente, 1400 K e 1150 K. Calcular:
a) o fluxo de calor
b) a taxa de transferência ou de perda de calor através de uma parede de 50 cm por 1,2 m.

Respostas: a) fluxo de calor = 2833 W/m2 ; b) taxa de perda de calor = 1700 W

1
2) Uma tubulação de vapor sem isolamento térmico passa através de uma sala onde o ar e as paredes
se encontram a 25ºC. O diâmetro externo do tubo é de 70 mm, e a temperatura da superfície e
emissividade são, respectivamente, 200ºC e 0,8.

a) Quais são o poder emissivo e a irradiação da superfície?


b) Se o coeficiente associado à transferência de calor por convecção natural da superfície para o ar é
de 15 W/m2 .K, qual é a perda de calor pela superfície do tubo por unidade de comprimento?

Respostas: E = 2270 W/m 2 ; G = 447 W / m2 ; q’= 998 W/m

Obs.: para resolução deste exercício consultar o Livro: Fundamentos de Transferência de


Calor e Massa (Incropera; DeWitt).

3) A parede externa de uma casa é constituída por uma camada de 20 cm de espessura de tijolo
comum e uma camada de 5 cm de gesso.
Qual a taxa de transferência de calor, em cada unidade de área, se a face interna da parede se
encontra a 35°C e a face externa a 20°C?

Dados: k gesso = 0,48 W/m.K ; k tijolo = 0,69 W/m.K

T1
A

.
Qq

T3

Lt Lg

Resposta: q = 38,1 W a cada 1 m2 de área

2
4) Um tubo de aço carbono ( k = 60,5 W/m.°C ) de 10 cm de diâmetro externo e 2 cm de espessura
conduz vapor d'água superaquecido. Se a temperatura da parede interna do tubo é mantida a 200°C e
a superfície externa se encontra a 20°C, calcule a perda de calor por metro de comprimento de tubo.

Te
re Ti

ri Q
q

Resposta: 133,9 kW por metro de comprimento de tubo.

5) Um fluido escoa em um tubo de aço de 20 cm de diâmetro externo e 3 cm de espessura. O fluido


se encontra a uma temperatura de 50 °C. O tubo está exposto ao ar ambiente, com temperatura de 20
°C. Considerando um coeficiente de transferência de calor por convecção no lado externo de 2000
W/m².K, e no lado interno de 20 W/m².K. Assim:

a) Faça um esquema representativo da situação descrita.


b) calcule a transferência de calor total (para o ambiente) em cada metro de comprimento linear
de tubo.

Dado: k aço = 60,5 W/m.K

Resposta: q total = 260,3 W , ou seja, cerca de 260 W de calor serão transferidos do fluido para o
ambiente, através da parede do tubo, por metro de comprimento.

6) Os gases quentes da combustão de uma fornalha são separados do ar ambiente e de sua


vizinhança, que estão a 25ºC, por uma parede de tijolos de espessura 0,15 m. O tijolo possui
condutividade térmica de 1,2 W/m.K e emissividade superficial de 0,8. Em condições de regime
estacionário, a temperatura da superfície externa está a 100ºC. A transferência de calor por
convecção livre para o ar adjacente à superfície é caracterizada pelo coeficiente de convecção h = 20
W/m2 .

a) Represente o esquema correspondente à situação descrita.


b) Calcule a temperatura da superfície interna do tijolo.

Resposta:
b) T1 = 625 K ou 352º C

3
Obs.: para resolução deste exercício consultar o Livro: Fundamentos de Transferência de
Calor e Massa (Incropera; DeWitt).

7) O revestimento de uma placa é “curado” (polimerizado) através de sua exposição a uma lâmpada
de infravermelho de 2000 W/m2 . Tal revestimento absorve 80% da irradiação e tem emissividade
de 0,50. A placa também está exposta a uma corrente de ar e a uma grande vizinhança, cujas
temperaturas são de 20ºC e 30ºC, respectivamente. Considerando um coeficiente de convecção,
entre a placa e o ambiente, de 15 W/m2 , calcule a temperatura de “cura” da placa.

OBS.: primeiramente, faça um esquema representativo do caso descrito.

Resposta: T = 104ºC

Obs.: para resolução deste exercício consultar o Livro: Fundamentos de Transferência de


Calor e Massa (Incropera; DeWitt).

8) Um chip fino de silício e um substrato de alumínio com 8 mm de espessura encontram-se


separados por uma junta de epóxi de 0,02 mm de espessura. O chip e o substrato têm, cada um, 10
mm de lado, e suas superfícies expostas são resfriadas pelo ar, que está a uma temperatura de 25ºC,
e fornece um coeficiente de convecção de 100 W/m2.K.

a) Considerando o esquema a seguir, desenhe o circuito térmico correspondente.

b) Se o chip dissipa 104 W/m2 em condições normais, verificar se ele irá operar abaixo de uma
temperatura máxima permitida de 85ºC.
Considere: R”t,c = 0,9 x 10 -4 m2.K/W

Resposta: Tc = 75,3ºC

Obs.: para resolução deste exercício consultar o Livro: Fundamentos de Transferência de


Calor e Massa (Incropera; DeWitt).

4
9) Um recipiente esférico metálico de parede delgada é utilizado para armazenar nitrogênio líquido a
77 K. O recipiente tem um diâmetro de 0,5 m e é coberto com um isolamento reflectivo composto
de pó de sílica (com vácuo nos interstícios). A espessura do isolamento é 25 mm, e sua superfície
externa encontra-se exposta ao ar ambiente a 300 K. O coeficiente de convecção é dado por 20 W/
m2 .K O calor latente de vaporização e a massa específica do nitrogênio líquido são 2 x 105 J/kg e
804 kg/m3 , respectivamente.
a) Represente o circuito térmico correspondente à situação descrita.
b) Qual a taxa de transferência de calor para o nitrogênio líquido?
c) Qual a taxa de perda de líquido por evaporação?

Resposta: b) q = 13,06 W ; m = 6,53 x 10-5 kg/s ; m = 5,64 kg/dia ; V = 7 litros/dia

10) Um recipiente fechado, cheio de café quente, está em uma sala cujo ar e as paredes encontram-
se a uma determinada temperatura fixa.
a) Faça um esquema e identifique todos os processos de transferência de calor que contribuem
para o resfriamento do café, de acordo com a representação (Figura) a seguir.

b) Comente as características que contribuiriam para aprimorar o projeto do recipiente.

Obs.: para resolução das questões consultar o Livro: Fundamentos de Transferência de Calor e
Massa (Incropera; DeWitt).