Você está na página 1de 12

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

61) Relacione as denominações com suas respectivas unidades no Sistema Internacional (SI) de unidades de
Magnetismo e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
Denominações: Unidades:
(1) Relutância ( ) weber (Wb).
(2) Fluxo magnético ( ) ampère-espira por metro (Ae/m).
(3) Densidade de fluxo ( ) weber por metro quadrado (Wb/m²) = tesla (T).
magnético ( ) ampère-espira por weber (Ae/Wb).
(4) Intensidade de campo
magnético
a) 1–2–4–3
b) 2–4–3–1
c) 4–3–2–1
d) 3–1–4–2

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”


No sistema internacional (SI), as unidades para as grandezas magnéticas solicitadas são:
Relutância – ampére-espira por weber ( Ae/Wb )
Fluxo magnético - weber ( Wb )
Densidade de fluxo magnético - weber por metro quadrado ( Wb/m² ) = tesla ( T )
Intensidade de campo magnético - ampére-espira por metro ( Ae/m )
Consequentemente teremos a sequência correta: 2 – 4 – 3 – 1
Alternativas “A”, “C” e “D” estão incorretas, não atendem a sequência
FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulo 9, Magnetismo e Eletromagnetismo página 235)

62) Preencha as lacunas abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta.


Se a resistência de um circuito for duplicada e a corrente permanecer a mesma, a tensão _________, ficando o seu
valor o (a) __________ do seu valor inicial.
Se a corrente que passa através de um condutor for duplicada e a resistência permanecer constante, a potência
consumida pelo condutor __________ de __________vezes o seu valor inicial.
a) diminuirá / metade / diminuirá / duas
b) diminuirá / metade / diminuirá / quatro
c) aumentará / dobro / aumentará / duas
d) aumentará / dobro / aumentará / quatro

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “D”


Lei de OHM (V= IxR), logo, se a resistência for duplicada e a corrente permanecer a mesma, a tensão AUMENTARÁ
ficando o seu valor O DOBRO do seu valor inicial.
Potência (P= I² x R), logo, se a corrente que passa através de um condutor for duplicada e a resistência permanecer
constante, a potência consumida pelo condutor AUMENTARÁ de QUATRO vezes o seu valor inicial.
FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulo 3 Lei de ohm e potência, páginas 57 e 61)

63) Utilizando um voltímetro na escala de 50-V, na medida realizada sobre o resistor de 10k, obteve-se a exatidão de
88,3%. Assinale a alternativa que apresenta o valor da leitura e a sensibilidade do medidor.

a) 33,3V e 1 kΩ/V
b) 29,4V e 1 kΩ/V
c) 33,3V e 10 kΩ/V
d) 29,4V e 10 kΩ/V
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”
Tensão verdadeira Vo = 10 kΩ x (100V) = 33,3V
10kΩ +20 kΩ
Resistência equivalente Ro = (10kΩ)(20 kΩ) = 6,67kΩ
10kΩ+ 20 kΩ
Exatidão Kv = tensão medida (Vw) = 0,883 , logo tensão medida = 0,883 x 33,3V = 29,4V
tensão verdadeira (Vo)
Vw = Rin x Vo
Ro + Rin
29,4 = Rin x 33,3 = 50281,5 Ω  50kΩ
6,67kΩ + Rin
Rin = S.V , logo S = Rin = 1kΩ/V, onde S = sensibilidade
V
Alternativas “A” “C” e”D” incorretas, conforme resolução acima.
FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulo 20, Medidas elétricas página 600)

64) Informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a
sequência correta.
( ) A relutância é inversamente proporcional à permeabilidade.
( ) O ar possui alta permeabilidade e, portanto, baixa relutância.
( ) O teorema de Norton é usado para simplificar uma rede em termos de correntes em vez de tensões.
( ) A intensidade de um campo magnético numa bobina de fio depende da intensidade da corrente que flui nas
espiras da bobina.
( ) O teorema de Thevenin afirma que qualquer rede linear de fontes de tensão e resistências, se considerarmos
dois pontos quaisquer da rede, pode ser substituída por uma resistência equivalente em paralelo com uma
fonte equivalente.
a) V–F–V–V–F
b) V–V–F–F–V
c) F–V–V–F–F
d) F–F–F–V–V

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”


A primeira afirmativa é verdadeira. “A relutância é inversamente proporcional à permeabilidade”. ELETRICIDADE
BÁSICA, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo. 639 p. Milton Gussow (Capítulo 9, Magnetismo e Eletromagnetismo
página 230).
A segunda afirmativa é falsa. “O ar possui BAIXA permeabilidade e, portanto, ALTA relutância”. ELETRICIDADE
BÁSICA, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo. 639 p. Milton Gussow (Capítulo 9, Magnetismo e Eletromagnetismo
página 230).
A terceira afirmativa é verdadeira. “O teorema de Norton é usado para simplificar uma rede em termos de correntes
em vez de tensões”. ELETRICIDADE BÁSICA, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo. 639 p. Milton Gussow (Capítulo
8, Cálculo de redes página 168)
A quarta afirmativa é verdadeira. ”A intensidade de um campo magnético numa bobina de fio depende da intensidade
da corrente que flui nas espiras da bobina”. ELETRICIDADE BÁSICA, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo. 639 p.
Milton Gussow (Capítulo 9, Magnetismo e Eletromagnetismo página 225)
A quinta afirmativa é falsa. “O teorema de Thevenin afirma que qualquer rede linear de fontes de tensão e
resistências, se considerarmos dois pontos quaisquer da rede, pode ser substituída por uma resistência equivalente em
SÉRIE com uma fonte equivalente”. ELETRICIDADE BÁSICA, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo. 639 p. Milton
Gussow (Capítulo 8, Cálculo de redes página 165)
FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulos 8 e 9, MAGNETISMO E ELETROMAGNETISMO e CÁLCULO DE REDES páginas 165, 168,
225 e 230)

-2- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


65) A figura abaixo apresenta a forma de onda na saída de um amplificador quando se aplica em sua entrada uma
onda quadrada. Sabendo-se que sua frequência de corte inferior é de 636,62 Hz, indique a alternativa que
apresenta a frequência de entrada aplicada ao amplificador e sua largura de banda.

a) 35 kHz e 10 kHz
b) 10 kHz e 35 kHz
c) 10 kHz e 350 kHz
d) 100 kHz e 350 kHz
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”
A frequência de corte inferior é determinada pela inclinação da curva apresentada no gráfico e através das fórmulas:

Assim temos P = 50mV – 40mV = 0,2


50mV

Então teremos : 636,62 = 0,2 x fs, portanto teremos fs = 10 kHz



Para o cálculo de largura de banda teremos:

Então teremos: tr = 12s - 2s = 10s, portanto BW = 0,35 = 35kHz


10s
FONTE: BOYLESTAD, Robert;NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2004. (Capítulo 11, página 417 e 418)

66) As memórias encontram seu grande emprego no campo da informática, sendo utilizadas em computadores, seus
periféricos e sistemas com microprocessadores. Assim sendo, informe se é falso (F) ou verdadeiro (V) o que se
afirma abaixo sobre as memórias. A seguir, atribuindo para V o valor 1 (um) e para F o valor 0 (zero) indique a
opção que representa a soma das afirmativas corretas no sistema binário.
( ) Quanto à troca de dados, as memórias classificam-se em estáticas e dinâmicas.
( ) Palavra de endereço significa o número total de bits que podem ser armazenados em uma memória.
( ) O tempo de acesso de uma memória é o tempo necessário desde a entrada de um endereço até o momento
em que a informação apareça na saída.
( ) Se uma memória com L localidades precisa de 2 fios para o seu endereçamento no sistema hexadecimal,
então precisará de 8 fios para o seu endereçamento no sistema binário.
a) 001
b) 010
c) 011
d) 100

-3- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”
A primeira afirmativa é FALSA. Quanto à troca de dados as memórias classificam-se em de escrita/leitura ou memória
apenas de leitura. Quanto ao tipo de armazenamento, as memórias classificam-se em ESTÁTICAS e DINÂMICAS.
(Cap. 8, pág. 403, item 8.6.1)
A segunda afirmativa é FALSA. Palavra de endereço é o conjunto de níveis lógicos ou bits necessários para o
endereçamento de uma determinada localidade de memória para o acesso ao dado. O número total de bits que podem
ser armazenados em uma memória é a definição de CAPACIDADE DE MEMÓRIA. (Cap. 8, pág. 406, item 8.6.2)
A terceira afirmativa é VERDADEIRA. O tempo de acesso de uma memória é o tempo necessário desde a entrada de
um endereço até o momento em que a informação apareça na saída. (Cap. 8, pág. 402, item 8.6.1)
A quarta afirmativa é VERDADEIRA. Se uma memória com L localidades precisa de 2 fios para o seu endereçamento
no sistema hexadecimal, então precisará de 8 fios para o seu endereçamento no sistema binário. (Cap. 8, pág. 407,
item 8.6.2)
Temos, então 2 alternativas verdadeiras ( V ), como V = 1; de acordo com o comando, somam-se as verdadeiras, 1+1 =
210 = 0102 (no sistema binário).
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije, CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Capítulo 8, páginas: 402, 403, 406 e 407).

67) Entende-se por famílias de circuitos lógicos os tipos de estruturas internas que nos permitem a confecção destes
blocos em circuitos integrados. As características relacionadas ao funcionamento e desempenho prático de cada
família dependem dos componentes utilizados em sua construção. Considere as características:
I. Tem larga faixa de tensão de alimentação, necessitando de uma regulagem precisa na fonte.
II. Não é adequada para ser utilizada em circuitos que operam em sistemas ou ambientes de alto nível de ruído.
III. Apresenta consumo de potência (com VDD = 5V ) da ordem de 1 nW por porta na série 4000 e 2,5 nW por porta
na versão 74HC.
IV. É construída por transistores MOSFET complementares do tipo canal N e canal P; tendo as portas NOU e NE
como blocos lógicos principais.
Quais características aplicam-se à Família CMOS?
a) I e III.
b) II e IV.
c) III e IV.
d) I, II e IV.
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “C”
A primeira assertiva é falsa: a família CMOS possui larga faixa de tensão de alimentação, logo NÃO NECESSITA de
uma regulagem precisa na fonte. (Cap.9 pág.461, item 9.6.1-1)
A segunda afirmativa é falsa: a margem de imunidade ao ruído para a família CMOS é muito alta comparada com a
família TTL, daí ser adequada para utilização em circuitos que operam em sistemas ou ambientes de alto nível de ruído.
(Cap.9, pág. 460, item 9.6.1-5)
A terceira afirmativa é verdadeira: o baixíssimo consumo de potência é uma das principais características da família
CMOS; com VDD = 5V, é da ordem de 1 nW por porta na série 4000 e 2,5nW por porta na versão 74HC. (Cap.9, pág.
462, item 9.6.1-6)
A quarta afirmativa é verdadeira: a família CMOS (Complementary MOS) é construída por transistores MOS-FET
complementares do tipo canal N e canal P; as portas NOU e NE são os blocos lógicos principais dessa família. (Cap.9,
pág. 458, item 9.6)
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije; CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Capítulo 9, páginas: 458, 460, 461 e 462).

68) Dispomos de dois multímetros digitais: M1, cujo visor fornece leitura no sistema decimal, e M2, que utiliza sistema
binário, mas cujo visor é dotado de um dispositivo que associa ao dígito “1” a indicação “S” e ao dígito “0” a
indicação “N”, mantendo suas posições relativas no número. Ao se medir o mesmo fenômeno com os dois
instrumentos, se M1 indicar 11,0625, então o visor de M2 indicará
a) SSS,SNS.
b) SNSS,SNS.
c) SNSS,NNNS.
d) SNSN,NNNS.

-4- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “C”
Temos que,
11,0625 = 11+ 0,0625, transformando para o sistema binário:
= 1011 + 0,0001 = 1011,0001; mas o visor de M2 transforma “1” em “S” e “0” em “N”, logo, neste visor,
teremos:
SNSS,NNNS.
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije e CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São
Paulo:Érica, 2008. (Capítulo 1, página: 11, item 1.2.4).

69) Considerando-se que a tensão de uma linha CA de alimentação de um circuito seja de 150Vrms, a tensão de pico-
a-pico será
a) 165,0V.
b) 212,1V.
c) 330,0V.
d) 424,2V.
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “D”
VP = tensão de pico

Vp  1,414 xVrms VM  1,414 x150 Vp  212,10 V

V p  p  2 xVM V p  p  2x212,1 V p  p  424,2 V

FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulo 11, Princípios da Corrente ALTERNADA, PÁG 290)

70) Qual é o maior valor de leitura de um DVM (voltímetro digital) de 4 ½ dígitos?


a) 4.500
b) 9.999
c) 19.999
d) 99.999
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “C”
É possível aumentar a capacidade de um display de quatro dígitos, acrescentando um bit mais significativo. Este bit
pode ser “0” ou “1” e é chamado ½ dígito. Assim sendo o maior número formado por um display de 4 ½ dígitos será
19.999.
FONTE: GUSSOW, Milton. Eletricidade básica, 2. ed. Revisada e Ampliada. São Paulo: Pearson Makron Books,1997.
639p. (Schaum) (Capítulo 20, Medidas Elétricas, página 591)

71) Analise o circuito da figura abaixo.

O CI 8038 montado no circuito é um gerador de formas de ondas


a) senoidais, quadradas e triangulares.
b) dente de serra, senoidais e quadradas.
c) triangulares, dente de serra e senoidais.
d) quadradas, triangulares e dente de serra.

-5- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”
O CI 8038 montado no circuito da figura é um gerador de formas de ondas senoidais, quadradas e triangulares,
conforme páginas 649 e 650.
FONTE: BOYLESTAD, Robert;NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2004. (Capítulo 21, páginas 649 e 650)

72) Qual é o valor de Vs no conversor digital-analógico abaixo, para a entrada 1101?


Considere R1 = 10kΩ, R2 = 5kΩ, nível alto = 10V e o nível baixo = 0V.

a) 2,00V
b) 3,65V
c) 5,41V
d) 7,33V

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “C”


Aplicando a entrada ao conversor, temos:

Utilizando o teorema da superposição calculamos a tensão em Vs para cada fonte isoladamente e somando as
resultantes, temos:
Vcc Vcc 0 Vcc
Vs      5,41V
3 6 12 24
(Cap.7 Pág.315 a 318)
Alternativas “A”, “B” e “D” estão incorretas, conforme resolução
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije, CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Cap.7 Conversores Digital-Analógicos e Análogo-Digitais, Pág.315 a 318)

73) O resultado da expressão 1216 + 68, em Código Gray, é


a) 1010.
b) 1100.
c) 1000.
d) 1111.

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”


1 0
Temos que 1216 = 1x16 + 2x16 = 18 e 68 = 6, logo:
18 – 6 = 12, que em código Gray é 1010.
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije; CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40ª ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Capítulos 1 e 5, páginas: 15, 21 e 182).

-6- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


74) Na figura abaixo, P é uma porta lógica. O bloco lógico apresentado gera a saída S quando recebe as entradas A e
B, conforme figura. Assinale a alternativa que identifica corretamente a expressão algébrica da porta lógica P.

a) A . B + A . B

b) A . B + A . B
A
c) A . B + A + B

d) A . B + A + B B
P

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”

A B S ~S
0 1 1 0
1 1 0 1
0 0 0 1
0 1 1 0
1 0 1 0
1 1 0 1
0 1 1 0

A tabela representa algebricamente o bloco lógico da questão. Observando o inversor antes da saída S, temos que o
bloco P gera a saída ~S que é a porta COINCIDÊNCIA cuja expressão algébrica está indicada na alternativa A.
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije; CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Capítulo 2, página 70, item 2.7.2).

75) Sobre os tipos de Diodo, informe se é verdadeiro (V) ou falso (F) o que se afirma e, em seguida, assinale a
alternativa que apresenta a sequência correta.
( ) O Diodo Túnel tem uma região de resistência negativa.
( ) O Fotodiodo é um dispositivo semicondutor de junção p-n, cuja região de operação é limitada à condição
direta.
( ) O Diodo VARACTOR, também chamado VARICAP, é um semicondutor que se comporta como um indutor o
qual varia com a tensão.
( ) O Diodo de Barreira Schottky, também chamado de Diodo de portadores quentes, tem um tempo de resposta
rápido e figura de ruído reduzida.
a) V–V–F–F
b) F–V–V–F
c) V–F–F–V
d) F–F–V–V

-7- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “C”
A primeira afirmativa é verdadeira. No diodo túnel existe uma região em que o aumento da tensão nos seus terminais
reduz a corrente, o que caracteriza uma região de resistência negativa (conforme página 592).
A segunda afirmativa é falsa, porque o Fotodiodo é um dispositivo semicondutor de junção p-n, cuja região de
operação é limitada à condição reversa, conforme página 597.
A terceira afirmativa é falsa, porque o Diodo VARACTOR, também chamado VARICAP, é um semicondutor que se
comporta como um capacitor o qual varia com a tensão, conforme página 588.
A quarta afirmativa é verdadeira, o diodo de Barreira Schottky, também chamado de Diodo de portadores quentes é
empregado em circuitos de altas frequências, porque tem um tempo de resposta rápido e figura de ruído reduzida,
conforme página 586.
FONTE: BOYLESTAD, Robert; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2004. (Capítulo 19, páginas 586, 588, 592 e 597)

76) Relacione a possibilidade de operação simultânea entre equipamentos e, em seguida, assinale a alternativa que
apresenta a sequência correta.
(1) DUPLEX ( ) ligação telefônica.
(2) SIMPLEX ( ) comunicações entre teleimpressores ligados a dois fios.
(3) SEMIDUPLEX ( ) radioenlace entre dois transceptores que operam em uma única frequência.
a) 1–3–2
b) 1–2–3
c) 3–2–1
d) 3–1–2
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”
A ligação telefônica é uma operação DUPLEX.
Comunicações entre teleimpressores ligados a dois fios é uma operação SEMIDUPLEX
Radioenlace entre dois transceptores que operam em uma única frequência é uma operação SIMPLEX.
FONTE: MEDEIROS, Júlio César de Oliveira. Princípios de Telecomunicações teoria e prática 2. ed. São Paulo:
Érica, 2007. (Capítulo 1, página 39)

77) Observe a figura abaixo e assinale a alternativa que completa corretamente as lacunas.

A figura apresentada corresponde a uma Porta ____________ para lógica ____________.


a) AND / negativa
b) OR / positiva
c) OR / negativa
d) AND / positive

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”


O circuito é uma aplicação de diodos para uma Porta OR de lógica positiva, ou seja, o valor 10V da figura corresponde a
„1‟, segundo a álgebra boolena, enquanto a entrada de 0V corresponde a „0”. Uma porta OR é tal que o nível de tensão
de saída será 1 se uma ou ambas as portas forem 1. A saída é 0 se ambas as entradas estiverem no nível 0.
FONTE: BOYLESTAD, Robert; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2004. (Capítulo 2, página 51)

-8- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


78) Na figura abaixo, há um Decodificador BCD 8421 para um display de 7 segmentos a led tipo catodo comum.

Caso se apliquem na entrada os valores de A=0, B=1, C=1 e D=1, acenderão apenas os seguintes segmentos:
a) “b” e “c”.
b) “a”, “b” e “c”.
c) “a”, “b”, “c”, “d” e “g”.
d) “a”, “b”, “d”, “e” e “g”.
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”

Aplicando-se na entrada os valores de A=0, B=1, C=1 e D=1 ao Decodificador BCD 8421, tem-se na saída:
3 2 1 0
0x2 + 1x2 + 1x2 + 1x2 = 4 + 2 + 1 = 7
Logo, acenderão, apenas, os segmentos “a”,”b” e “c”.
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije; CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica: 2008. (Capítulo 5b, página 198).

79) Analise a figura apresentada.

A figura acima corresponde a um MOSFET tipo


a) intensificação de canal p.
b) intensificação de canal n.
c) depleção de canal p.
d) depleção de canal n.
JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “D”
A figura corresponde a um MOSFET tipo depleção de canal n, observe que o símbolo tenta refletir a construção real do
dispositivo. A falta de uma conexão direta (devido à isolação da porta) entre a porta e o canal é representada por um
espaço entre a porta e os outros terminais do símbolo. A linha vertical que representa o canal conecta o dreno à fonte e
é “sustentada” pelo substrato, conforme página 190.
BOYLESTAD, Robert; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo: Pearson
Prentice Hall, 2004. (Capítulo 5, página 190)

-9- CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


80) Quanto ao modo como a onda se propaga e a sua faixa de frequência, relacione a coluna da direita com a da
esquerda. Em seguida, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
(1) Onda terrestre ( ) de 3 a 30 MHz.
(2) Onda ionosférica ( ) acima de 30 MHz.
(3) Onda troposférica ( ) de 10 kHz até cerca de 3MHz.
a) 1–2–3
b) 2–3–1
c) 3–2–1
d) 2–1–3

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”


De 3 a 30 MHz, tem-se a onda ionosférica.
Acima de 30 MHz, tem-se a onda troposférica.
De 10 kHz até cerca de 3MHz, tem-se a onda terrestre.
Logo, a alternativa correta contém a sequência 2-3-1, conforme página 211.
FONTE: MEDEIROS, Júlio César de Oliveira. Princípios de Telecomunicações: 2. ed. São Paulo: Érica, 2007.
(Capítulo 9, página 211)

81) Um radiorreceptor com banda passante de 1 kHz e figura de ruído 3,829 está instalado na sala do comando de um
Teatro de Operações climatizada em 300 K, sendo a constante de Boltzmann igual a –228,6 dBW/K. A alternativa
que indica o valor da potência de ruído interno, gerado pelo receptor, em dBm, é
a) – 120. Dados: log 2 = 0,3010
b) – 140. log 6 = 0,7781
c) – 170.
d) – 200.

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “B”


Temos que, Pn = F.K.T0.B ou,em dB, Pn = F + K + T0 + B; sendo Pn a potência de ruído, F a figura de ruído, K a
constante de Boltzmann, T0 a temperatura ambiente e B a banda do canal. Ajustando os valores para a resolução em
dB, segue:
F = 3,829.
K = - 228,6 dBW/K.
T0 = 300 K, em dB: 10log300 = 10log(6.100/2) = 10( log6 + log100 – log2) = 10(0,7781 + 2 – 0,3010) = 24,771.
3
B = 1 KHz, em dB: 10log10 = 3.10log10 = 30. Substituindo em Pn para valores em dB, temos:
Pn = 3,829 - 228,6 + 24,771 + 30 = - 170 dBW. Para dBm, somam-se 30, daí:
Pn = -170 + 30 = -140 dBm.
FONTE: MEDEIROS, Júlio César de Oliveira. Princípios de Telecomunicações: teoria e prática: 2ª ed. São Paulo:
Érica, 2007. (Capítulo 3,páginas 95 e 99).

82) Considere o circuito lógico a seguir.

Trata-se de um circuito
a) Meio Somador.
b) Meio Subtrator.
c) Somador Completo.
d) Subtrator Completo.

- 10 - CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “D”
Para fazermos a subtração de números bináriosde mais algarismos, basta subtrairmos coluna a coluna, levando em
conta o transporte de entrada, que nada mais é do que o Ts da coluna anterior.
O circuito lógico é um Subtrator Completo, pois este é um circuito que efetua a subtração completa de uma coluna, ou
seja, considera o transporte de entrada (TE) proveniente da coluna anterior.
Segue abaixo a tabela verdade comprovando suas características:

O circuito derivado das expressões é o considerado na questão, portanto representando o subtrator completo.
FONTE: IDOETA, Ivan Valeije e CAPUANO, Francisco Gabriel. Elementos de Eletrônica Digital. 40. ed. São Paulo:
Érica, 2008. (Capítulo 5, páginas 218 a 220).

83) Analise o circuito abaixo, considerando os seguintes valores:


V1 = 10 V
V2 = 20 V
V3 = 30 V
Rf = 220 kΩ
R1 = 22 kΩ
R2 = 10 kΩ
R3 = 11 kΩ

Assinale a alternativa que contém o valor de Vo.


a) – 3,4V.
b) 3,4V.
c) 1140V.
d) – 1140V.

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “D”


Aplicando-se a fórmula, temos:

Vo = -( 220 x 10 + 220 x 20 + 220 x 30) = -(100 + 440 + 600) = -1140V


22 10 11
FONTE: BOYLESTAD, Robert; NASHELSKY, Louis. Dispositivos eletrônicos e teoria de circuitos. 8.ed. São Paulo:
Pearson Prentice Hall, 2004. (Capítulo 13, página 460)

- 11 - CFOE 2013 – COM – P1 Versão A


84) Observe a representação gráfica de uma sequência de bits e assinale a alternativa que corresponde às formas dos
sinais binários abaixo representados em t1, t2 e t3, respectivamente.

a) Polar, bipolar NRZ e bipolar RZ.


b) Polar, bipolar RZ e bipolar NRZ.
c) Manchester, polar e bipolar NRZ.
d) Bipolar RZ, bipolar NRZ e manchester.

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”


Em t1 temos a forma polar ou unipolar de apresentação tradicional do sinal binário, talvez a mais usada (pág 75).
Em t2 temos a forma bipolar sem retorno a zero (NRZ – nonreturn-to-zero), em que o bit 1 é representado por um
pulso positivo (+1) e o bit 0 por um pulso negativo (-1) (pág 75).
Em t3 temos a forma bipolar com retorno a zero (RZ – return-to-zero), em que os bits 1 são representados por pulsos
positivos (+1) e negativos (-1) usados alternadamente a cada ocorrência de 1 e não há pulso (igual a zero) na
ocorrência de zero (pág 75).
FONTE: MEDEIROS, Júlio César de Oliveira. Princípios de Telecomunicações: 2ªEdição. Editora Érica:2007. São
Paulo. (Cap 2, Os sinais elétricos da informação, pág. 75 e 76)

85) Em uma transmissão FM, a maior frequência do sinal modulante é de 20kHz e seu índice de modulação é igual a 5
rad. Calcule a banda ocupada na transmissão.
a) 240 kHz
b) 200 kHz
c) 160 kHz
d) 100 kHz

JUSTIFICATIVA DA ALTERNATIVA CORRETA: LETRA “A”


B = 2 (+1). fm
Onde = índice de modulação = 5
fm = maior frequência do sinal modulante = 20kHz,
Então temos:
B = 2 ( 5 + 1)x 20kHZ = 240 kHz
FONTE: MEDEIROS, Júlio César de Oliveira. Princípios de Telecomunicações: 2. ed. São Paulo: Érica, 2007.
(Cap. 5, O radiotransmissor, pág. 134 e 135)

- 12 - CFOE 2013 – COM – P1 Versão A

Você também pode gostar