Você está na página 1de 5

Exercícios sobre pH

1) Calcular o pK do ácido lático, sabendo-se que, quando a concentração de ácido lático livre
é 0,01 M, a do íon lactato é 0,087 M e o pH é 4,8. R: 3,86

2) Calcular o pH de uma mistura em que ácido acético esteja numa concentração de 0,1 M e
acetato de sódio em 0,2 M. O pKa do acético é de 4,74. R: 5,04

3) Calcular a razão entre as concentrações de acetato de sódio e ácido acético necessária em


um tampão de pH =5,3. O pKa do acético é de 4,74. R: 3,63

4) Em uma solução tampão, o ácido acético 0,04 M está 1,4 dissociada. Calcule seu pH. O
pKa do acético é de 4,74. R: 2,893 ≈ 2,89

5) Calcular a variação de pH causada ao dissolver-se 1,025 g de acetato de sódio anidro em


100 ml de ácido acético 0,25 M (PM acetato de sódio anidro = 82; pKa = 4,74). R: 4,44

6) Quer se mudar o pH de 100 ml de uma solução 0,1 N de HCL de 1 para 4,4 pela adição de
acetato de sódio. Qual a massa de sal sólido CH3COONa.3H2O a ser adicionada?

7) Como você prepararia 1 litro de tampão piridina 0,02 M e pH = 5,0 dispondo de uma
solução 0,1 M de piridina e de HCl 2 N? Considere pKb da piridina = 8,64.

8) Um suco de tomate tem pH=4,0 e um suco de limão tem pH=2,0. Sabendo-se que pH=-
log[H+], calcule quantas vezes a concentração de H+ do suco de limão é maior do que a
concentração de H+ do suco de tomate. R: 100 vezes.

9) Qual será o pH teórico de uma solução resultante da adição de 50 mL de NaOH 0,1 M a


200 mL de ácido acético 0,05 M, sabendo-se que o pKHAc = 4,77. R. pH = 4,77.

10) Qual será o pH de uma solução que contenha 0,2 g/L de Na2CO3 e 0,2 g/L de NaHCO3.
Dados: k = 5,6 x 10-11 M PM Na2CO3 = 106 e PM NaHCO3 = 84. R: pH=10,15.
11) Calcule o pH de um tampão constituído por CH3COONa 0,040 mol L-1 e CH3COOH
0,080 mol L-1 . ka= 1,8 x 10-5. R: pH 4,44
Resolução:

1) Calcular o pK do ácido lático, sabendo-se que, quando a concentração de ácido lático livre
é 0,01 M, a do íon lactato é 0,087 M e o pH é 4,8.

Ácido lático livre [HA] = 0,01 M

Lactato [A-] = 0,087 M

pH = pK + log A- 4,8 = pK + log 0,087 4,8 = pK + 0,94 pK = 3,86


HA 0,01

2) Calcular o pH de uma mistura em que ácido acético esteja numa concentração de 0,1 M e
acetato de sódio em 0,2 M. O pKa do acético é de 4,74.

pH = pK + log A- pH = 4,74 + log 0,2 pH = 4,74 + log 2 = 4,74 + 0,3 = 5,04


HA 0 ,1
3) Calcular a razão entre as concentrações de acetato de sódio e ácido acético necessária em
um tampão de pH =5,3.

pH = pK + log A- 5,3 = 4,74 + log A- 0,56 = log A- daí A- =100,56 = 3,63


HA HA HA HA

4) Uma solução de ácido acético 0,04 M está 1,4 dissociada. Calcule seu pH.

Ácido acético  acetato + H+

98,6% 1,4%

pH = pK + log [dissociada]
[não dissociada]

pH = 4,74 + log 1,4/100 x 0,04


98,6/100 x 0,04

pH = 4,74 + log 0,00056


0,03944

pH = 4,74 + log 0,1419 = 4,74 – 1,847 = pH 2,893


5) Calcular a variação de pH causada ao dissolver-se 1,025 g de acetato de sódio anidro em
100 ml de ácido acético 0,25 M (PM acetato de sódio anidro = 82; pKa = 4,74).

1,025 g acetato de sódio - PM 82


1 mol _____ 82 g
X moles ____ 1,025 g x = 0,0125 moles _____100 mL = 0,125 moles/L
Ácido acético 0,25 M – 0,25 moles/L
pH = pK + log A- pH = 4,74 + log 0,125
HÁ 0,25

pH = 4,74 + log 0,5 = 4,74-0,30

pH = 4,44

Ácido acético:

Ka = [H+].[A-] / [HÁ] mas, [H+] = [A-] e [HA] = C, daí Ka = [H+]² / C

Ka.C = [H+]² ou seja [H+] = [Ka.C

pH = ½ pKa . ½ log 0,25 -log [H+] = -logKa/2 – log C/2

daí pH = 4,74/2 – (-0,60/2) = 2,37 + 0,3 = 2,67

variação de pH = 4,44 – 2,67 = 1,77

6) Quer se mudar o pH de 100 ml de uma solução 0,1 N de HCL de 1 para 4,4 pela adição de
acetato de sódio. Qual a massa de sal sólido CH3COONa.3H2O a ser adicionada?

(PM acetato de sódio.3H2O = 136; pKa = 4,74).

[H+] inicial = 10-1M (pH 1,0)

[H+] final pH = - log H+; 4,4 = - log H+ ou - 4,4 = log H+ [H+] = 10-4,4 = 3,98 x 10-5 M

Variação de pH = 10-1 – 3,98 x 10-5 = 9,99 x 10-2 M = [HAc]

pH = pK + log [Acetato]/[Ác acético] 4,4 = 4,74 + log [Acetato]/[Ác acético]

4,4 – 4,74 = log [Acetato]/[Ác acético] -0,34 = log [Acetato]/[Ác acético]

[Acetato]/[Ác acético] = 10-0,34 = 0,457

[acetato] = 0,457 x [Ác acético] = 0,457 x 9,99 x 10-2 = 0,045 M

[NaAc] = 0,045 M + 9,99 x 10-2 M = 0,145 M


conc, acetato HAc p/deslocar o pH

1 mol NaAc 3.H2O----------136 g

0,145 moles ----------------x = 19,72 g/L ou 1,972 g para 100 mL


7) Como você prepararia 1 litro de tampão piridina 0,02 M e pH = 5,0 dispondo de uma
solução 0,1 M de piridina e de HCl 2 N? Considere pKb da piridina = 8,64.

pKa + pKb = pKw

pKa = pKw-pKb = 14 – 8,64 = 5,36

pH = pKa + log [A-]/[HA]

5 = 5,36 + log [A-]/[HA], daí log [A-]/[HA] = -0,36 [A-]/[HA] = 10-0,36 = 0,4365

[A-] = 0,4365 x [HA]

0,02 M ------------1000 mL
0,1 M----------------x x = 0,02 M x 1000 mL / 0,1 M = 200 mL ou 0,2 L
N° moles piridina = 0,2 L x 0,1 M = 0,02 moles
[HA] + 0,4365 [HÁ] = 0,02 moles
1,4365 [HA] = 0,02 moles, daí [HA] = 0,014 moles HCl
HCl 2 N 2 moles ----1000 mL
0,014 moles ------x = 0,014 x 1000/2 = 7 mL HCl

Para preparar: 200 mL piridina + 7 mL HCl

8) Um suco de tomate tem pH=4,0 e um suco de limão tem pH=2,0. Sabendo-se que pH=-
log[H+], calcule quantas vezes a concentração de H+ do suco de limão é maior do que a
concentração de H+ do suco de tomate. R: 100 vezes.
suco de tomate pH=4,0
pH = -log [H+] , donde 4 = -log [H+] e [H+] = 10-4
suco de limão pH=2,0
pH = -log [H+] , donde 2 = -log [H+] e [H+] = 10-2

Quantas vezes [H+] do suco de limão é maior do que a do tomate:


[H+] suco de limão/ [H+] suco de tomate = 10-2/10-4 = 102 = 100 vezes ou 0,01/0,0001 = 100
vezes
9) Qual será o pH teórico de uma solução resultante da adição de 50 mL de NaOH 0,1 M a
200 mL de ácido acético 0,05 M, sabendo-se que o pKHAc = 4,77. R. pH = 4,77.

pH = pK + log [sal]/[ácido] pK = 4,77

reação: CH3COOH + NaOH → CH3COO-Na+ + H2O + CH3COOH ( não neutralizado -


NaOH)
0,05M 0,1M
200 mL 50 mL 250 mL

Ci.Vi = Cf.Vf

[CH3COOH] final = CiVi/Vf = 0,05 M x 200 mL / 250 mL = 0,02M


[NaOH] = [CH3COO-Na+] final = CiVi/Vf = 0,1 M x 50 mL 250 mL = 0,04 M
[CH3COOH não neutralizado] = CH3COOH inicial – [NaOH] = 0,04 M – 0,02 M = 0,02 M.

pH = 4,77 + log 0,02 M/ 0,02M = 4,77 + log 1 = 4,77.

10) Qual será o pH de uma solução que contenha 0,2 g/L de Na2CO3 e 0,2 g/L de NaHCO3.
Dados: k = 5,6 x 10-11 M PM Na2CO3 = 106 e PM NaHCO3 = 84. R: pH=10,15.

pKa = log 1/Ka = log 1/5,6 x 10-11 M = log1 –( log 5,6 x 10-11) = - (log 5,6 + log 10-11)
= -(0,748-11) = -(-10,252) pK = 10,25

[Na2CO3] 1 M = 1 mol/L 106 g/L --- 1 M


0,2 g/L --- x = 1,88 x 10-3 M
[NaHCO3] 1 M = 1 mol/L 84 g/L --- 1 M
0,2 g/L --- x = 2,38 x 10-3 M

pH = pK + log [Na2CO3] /[ NaHCO] pH = 10,25 + log (1,88 x 10-3 M/2,38 x 10-3 M) =


= 10,25 + log 0,7899 = 10,25 – 0,1024 = 10,149 = pH 10,15.

11) Calcule o pH de um tampão constituído por CH3COONa 0,040 mol L-1 e CH3COOH
0,080 mol L-1 . ka= 1,8 x 10-5. R: pH 4,44

CH3COOH + NaOH → CH3COO-Na+ + H2O


0,08 mol/L 0,04 mol/L

Ka = 1,8 x 10-5 e pK = 1/ Ka = 1/ 1,8 x 10-5 = log 1 – (log 1,8 x 10-5) = -( log 1,8 + log 10-5)
=
= -(0,255 – 5) = -(-4,744) = 4,744.

pH = 7,44 + log 0,04 M /0,08M = 4,744 + log 0,5 = 4,744 – 0,301 = pH 4,443