Você está na página 1de 9

A radiologia convencional ou radiografia convencional foi o primeiro método de imagem

a ser introduzido. Nele é necessário um chassi com écran e filme radiográfico. O filme é
colocado dentro do chassi, o chassi é posicionado dentro da gaveta bucky na mesa ou na
estativa, dependendo do exame.

O raios-x é disparado da ampola em direção ao paciente, a energia interage e atravessa o


corpo do paciente, chegando até o chassi, onde interagem com os haletos de prata do
filme radiográfico, produzindo uma imagem latente. A imagem obtida no exame já existe,
porém, é invisível na imagem latente do filme.

O objetivo do processamento radiográfico é transformar a imagem latente em imagem


visível. Na radiologia convencional o processamento radiográfico é realizado através de
substâncias químicas.

Dentro da câmara escura, o profissional vai utilizar três tanques com diferentes
substâncias: revelador, fixador e água. Neste processo, o profissional vai utilizar um
gancho (colgadura) para mergulhar o filme radiográfico no revelador, depois na água
para uma lavagem intermediária, em seguida no fixador e na água novamente. Por fim, o
filme irá passar por um processo de secagem, que pode ser colocado em uma espécie de
varal ou em uma estufa.

Você no novo SeaView


Comprando qualquer viagem na
Agaxtur você concorre a uma
cabine no novo MSC SeaView!

Existe um outro processo que é realizado na processadora automática, também realizado


dentro da câmara escura, o filme é introduzido em compartimento da processadora, onde
passa pelo mesmo processo, porém, sem a necessidade de uma lavagem intermediaria,
passando assim pela revelação, fixação, lavagem e secagem. A secagem é feita por um
vapor emitido na própria processadora automática.

Desta forma é realizada o processamento radiográfico na radiologia convencional,


transformando a imagem latente em imagem visível.
Radiologia Computadorizada

Na radiologia computadorizada é utilizada o mesmo mecanismo para formação de


imagem da radiologia convencional, porém, o chassi com filme-écran é substituído por
um placa de fósforo e não é necessário a câmara escura.

O chassi é posicionado na gaveta bucky antes do exame ser realizado. A energia dos raios-
x é disparada em direção ao paciente e interage com a estrutura a ser visualizada e com o
chassi. No chassi, o fósforo é ionizado e armazena elétrons de alta energia, diferenciando
os tecidos do corpo irradiado no exame, assim como os haletos de prata na radiologia
convencional.

O chassi é introduzido em um equipamento chamado Leitora de CR. Ao inserir o chassi no


equipamento, é realizada uma leitura com um laser. Este laser faz com o que os elétrons
liberem energia em forma de luz. A luz emitida pelos elétrons é captada por um sistema
que transforma a luz em sinais elétricos (analógicos), estes sinais por sua vez são
direcionados para decodificadores, transformam os sinais analógicos em sinais digitais,
que por meio de sistemas computadorizados, são transformados em imagens visíveis na
tela do workstation.

O workstation é um equipamento que permite que as imagens seja manipuladas, como


introduzir um texto, inserir uma marcação, inverter cores, dar zoom e distribuir os
arquivos de imagem para o sistema RIS do hospital ou clínica.

 
Leia Mais:

A Importância da Radiografia de Tórax para a Medicina

Conheça a Área da Radiologia Veterinária

Saiba Mais Sobre o Exame de Histerossalpingografia

Radiologia Digital
Na radiologia digital ou radiografia digital não é utilizado chassis, como na radiografia
computadorizada. O aparelho de radiografia digital é diferente dos aparelhos utilizados
na radiografia computadorizada e radiografia convencional. O exame é realizado da
mesma maneira, o paciente é posicionado para o exame, porém, o aparelho possui um
arco, no final do arco tem o receptor de imagem. O receptor de imagem é móvel, podendo
ser movimentado de acordo com o exame pretendido.

Por exemplo, para um exame de mão, o receptor de imagem e a ampola são direcionados
como são direcionados durante um exame na radiografia convencional e
computadorizada. Para um exame de tórax, o receptor e a ampola se direcionam para
realização do exame com o paciente em ortostase. Desta forma, a sala de raios-x ganha
mais espaço, pois não é necessário uma estativa e uma mesa de exame fixa.

A radiologia digital surgiu com o avanço da tecnologia computacional. O receptor de


imagem do aparelho possui um sistem que captura a intensidade dos raios-x depois da
interação com os tecidos do corpo e transformam diretamente na imagem para o
diagnóstico na tela do workstation. 

Esse sistema funciona por conta de três elementos: captura, detecção e acoplamento.

Captura
A captura é o receptor do sistema de imagem digital. Este sistema é chamado de
Dispositivo de Carga Acoplada (DCA). O Dispositivo de Carga Acoplada é constituído de
elementos sensíveis a luz. Esta sensibilidade tem a capacidade de capturar baixas
variações de ondas eletromagnéticas, detectando baixos estímulos de radiação. Outra
característica importante do DCA é capturar uma grande faixa de energia. Isso representa
uma detecção de estímulos muito baixos (com imagens claras) e estímulos muito altos
(com imagens escuras).

Acoplamento 
O elemento de acoplamento faz a ligação entre o sistema de captura e o elemento de
detecção. Transimitindo as informações por meio de dados integrados.

Detecção
Na detecção é realizada a leitura das informações capturadas pelo Dispositivo de Carga
Acoplada, que foram enviadas pelo elemento de acoplamento. Estas informações são
transformados diretamente em imagem por meio de sistemas computadorizados.
As imagens digitais podem ser distribuídas para qualquer setor do hospital ou clínica e
mesmo serem enviadas para ser laudadas em outros locais fora do hospital. Para isso,
precisamos entender outros conceitos como DICOM, PACS, RIS, HIS e Telerradiologia, que
iremos abordar em um próximo artigo.

Até a próxima. 

Tweet

Saiba tudo sobre Radiologia


Cadastre seu e-mail e receba gratuitamente tudo sobre as técnicas radiológias e o
mercado de radiologia.

Coloque o seu melhor e-mail aqui Cadastre-se

Thiago Rubens
Tecnólogo em Radiologia, Professor de Radiologia, Desenvolvedor do Aplicativo MamografiApp,
Pesquisador, Palestrante e Apaixonado pela Radiologia.

Facebook | Twitter | Instagram

Veja Também:

Mamografia Normal, Entenda o Resultado do Exame de Mamografia


  Mamografia Normal, Descubra Como é o Resultado de Mamografia  A maioria…
Mamógrafo Digital - Vantagens
Mamógrafo Digital, Conheça as Vantagens O mamografo digital difere de uma
mamografia…
Ecografia de Mama, Saiba Mais Sobre o Exame
Ecografia de Mama, Saiba Mais A Ecografia de mama usa ondas sonoras…
Mamografia Digital, Saiba Mais
Mamografia Digital, Saiba Mais O câncer de mama é o segundo câncer…
Ecografia Mamária, Tudo Sobre o Exame de Ecografia Mamária
Ecografia Mamária, Saiba Tudo Sobre o Exame A imagem ultra-sonográfica do peito…

VOCÊ PODE ESTAR INTERESSADO EM:


Mamografia Normal, Entenda o Resultado do Exame de Mamografia

Mamógrafo Digital - Vantagens

Ecografia de Mama, Saiba Mais Sobre o Exame

Ecografia Mamária, Tudo Sobre o Exame de Ecografia Mamária

Mamografia Bilateral
Mamografia, Dúvidas Mais Comuns

Radiologia Digital: Uma Real Necessidade da Sociedade

Técnicas Radiológicas Especiais para Joelhos

Técnicas Radiológicas Básicas para Joelhos

DEIXAR SEU COMENTÁRIO

Nome (Obrigatório):

Email:
0 Onde você está?

Digite o texto apresentado na imagem abaixo. Não consegue ver?

Crie um perfil no Gravatar para exibir sua foto.

Concordo com .

Eslondon
Interpersonal intelligence is among the most overlooked, underutilized skill sets.
In school, as we form our careers or level-up our professional life we often think
about technical skills https://preferredmarine.com/advert/try-to-think-of-the-bible-
minus-the-psalms/

cerca de 2 semanas atrás


0

Rob
But the study authors say the findings are quiet concerning.
http://animowany.pl/spolecznosc/animowani/istrefa/profile/

cerca de 1 mês atrás


0

Antonino Rodrigues Gonçalves Rodrigo


boa tarde
Excelente matéria me auxilou muito no conhecimento do aparelho CR ja que
trabalho a muitos anos com o convencional, trabalho em uma cidade de 22 mil
habitantes e morro a 240 km dela .. eu desejo mas conhecimento sobre os CR..

cerca de 1 ano atrás


0

Alberto Muacumbi
As vossas abordagens têm proporcionado informações que, ao símplice, tornam o
complexo razuávelmente ilucidado pelos resumos apresentados. Imagino quanta
ilucidação e detalhe nos vossos trabalhos mais desenvolvidos; caso os tenham,
agradecia que os tivéssemos acesso para que, de forma plausível, consigamos
reactualizações.
Desejo-vos inesgotáveis sucessos na concretização das vossas ideias auxiliadoras.

Imensurável abraço!

cerca de 1 ano atrás


0

udo berndorfer goldhardt


boa tarde, temos um raio-x, portatil, convencional e gostaria de saber como
proceder, se possivel, sua conversão para aplicações digitais. obrigado

cerca de 1 ano atrás


0

ana paula ferreira de jesus


boa tarde gostaria de saber se tem como usa a revelação digital com um aparelho
de raio x convencional obrigada.

cerca de 1 ano atrás


0

ALBERTO TORRES
SENHORES,COM TANTO AVANÇO TECNOLOGICO NA RADIOLOGIA.
A RADIOLOGIA DIGITAL OU COMPUTADORIZADA VEIO PARA DAR UM FIM NA
RADIOLOGIA CONVENCIONAL E NOS AUXILIARES TECNICOS EM RADIOLOGIA?

cerca de 2 anos atrás


0

Amanda
Bom dia, devido a tantos avanços tecnológicos, hj ainda se faz necessário a
impressão do raio X naquele material especial para que o médico avalie uma
possível alteração, ou já existe a possibilidade de se enviar um resultado via
sistema somente(email por ex)?
Dessa forma, podería-se evitar o uso desnecessário, acredito eu, de determinados
materiais.

cerca de 2 anos atrás


0

Adriane Belo Horizonte, Belo Horizonte - State of Minas Gerais, Brazil

Adorei este arquivo, muito bom mesmo.recheado de detalhes importantes e


necessarios para nosso entendimento.

cerca de 2 anos atrás


0

Copyright © 2018 Radiologia Blog - Todos os direitos reservados.


rokettube sikis
mobil porno rokettube
porno

Início Sobre
Ferramentas Simulado
Glossário Contato

Início Diagnóstico por Imagem