Você está na página 1de 6

Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.

270-14]

NORMA ABNT NBR


BRASILEIRA 16541

Primeira edição
28.09.2016
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

Argamassa para assentamento e revestimento


de paredes e tetos ― Preparo da mistura para
a realização de ensaios
Mortars applied on walls and ceilings ― Preparation of mortar mixture for
tests

ICS 91.100.10 ISBN 978-85-07-06566-1

Número de referência
ABNT NBR 16541:2016
2 páginas

© ABNT 2016
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

ABNT NBR 16541:2016


Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

© ABNT 2016
Todos os direitos reservados. A menos que especificado de outro modo, nenhuma parte desta publicação pode ser
reproduzida ou utilizada por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia e microfilme, sem permissão por
escrito da ABNT.

ABNT
Av.Treze de Maio, 13 - 28º andar
20031-901 - Rio de Janeiro - RJ
Tel.: + 55 21 3974-2300
Fax: + 55 21 3974-2346
abnt@abnt.org.br
www.abnt.org.br

ii © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados


Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

ABNT NBR 16541:2016

Sumário Página

Prefácio................................................................................................................................................iv
1 Escopo.................................................................................................................................1
2 Referências normativas......................................................................................................1
3 Condições ambientais do laboratório e climatização dos materiais e da
aparelhagem........................................................................................................................1
4 Aparelhagem........................................................................................................................1
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

5 Procedimento......................................................................................................................1
5.1 Princípio do procedimento de preparação da argamassa..............................................1
5.2 Mistura de argamassa anidra com água...........................................................................2
5.2.1 Argamassa industrializada e argamassa dosada em obra, sem utilização de cal
virgem...................................................................................................................................2
5.2.2 Argamassa à base de cimento e cal virgem.....................................................................2

© ABNT 2016 - Todos os direitos reservados iii


Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

ABNT NBR 16541:2016

Prefácio

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Foro Nacional de Normalização. As Normas


Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos
de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e das Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE),
são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas pelas partes interessadas no tema objeto
da normalização.
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

Os Documentos Técnicos ABNT são elaborados conforme as regras da Diretiva ABNT, Parte 2.

A ABNT chama a atenção para que, apesar de ter sido solicitada manifestação sobre eventuais direitos
de patentes durante a Consulta Nacional, estes podem ocorrer e devem ser comunicados à ABNT
a qualquer momento (Lei nº 9.279, de 14 de maio de 1996).

Ressalta-se que Normas Brasileiras podem ser objeto de citação em Regulamentos Técnicos. Nestes
casos, os Órgãos responsáveis pelos Regulamentos Técnicos podem determinar outras datas para
exigência dos requisitos desta Norma.

A ABNT NBR 16541 foi elaborada no Comitê Brasileiro de Cimento, Concreto e Agregados
(ABNT/CB-018), pela Comissão de Estudo de Argamassa para Assentamento e Revestimento
(CE-018:400.004). O Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital nº 06, de 27.06.2016
a 25.08.2016.

O Escopo em inglês desta Norma Brasileira é o seguinte:

Scope
This Standard specifies a preparation method of mixing the mortar in the laboratory to be used in
carrying out the necessary tests to characterize the material.

iv © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados


Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 16541:2016

Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos ―


Preparo da mistura para a realização de ensaios

1 Escopo
Esta Norma especifica um método de preparo da mistura da argamassa, em laboratório, a ser utilizada
na realização de ensaios necessários à caracterização do material.
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

2 Referências normativas
Os documentos relacionados a seguir são indispensáveis à aplicação deste documento. Para refe-
rências datadas, aplicam-se somente as edições citadas. Para referências não datadas, aplicam-se
as edições mais recentes do referido documento (incluindo emendas).

ABNT NBR 7215, Cimento Portland – Determinação da resistência à compressão

ABNT NBR 13276, Argamassa para assentamento e revestimento de paredes e tetos – Determinação
do índice de consistência

3 Condições ambientais do laboratório e climatização dos materiais e da


aparelhagem
3.1 O laboratório deve apresentar temperatura de (23 ± 2) °C e umidade relativa do ar de (60 ± 5) %.

3.2 Os materiais e a aparelhagem devem permanecer na sala de ensaio por pelo menos 12 h antes
do início dos ensaios.

4 Aparelhagem
A aparelhagem necessária à execução do ensaio é a seguinte:

 a) balança com resolução de 0,1 g;

 b) misturador mecânico, conforme a ABNT NBR 7215;

 c) proveta;

 d) cronômetro com resolução de 1 s;

 e) espátula.

5 Procedimento
5.1 Princípio do procedimento de preparação da argamassa

Para a preparação de argamassas frescas a serem utilizadas em ensaios de caracterização do


material, deve-se usar, para cada mistura com água, 2,5 kg com aproximação de 1,0 g de material

© ABNT 2016 - Todos os direitos reservados 1


Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

ABNT NBR 16541:2016

seco (massa de argamassa industrializada ou soma das massas dos componentes anidros, no caso
de argamassa dosada em obra).

5.2 Mistura de argamassa anidra com água

A preparação da mistura da argamassa no estado fresco deve ser realizada de acordo com os proce-
dimentos descritos em 5.2.1 ou 5.2.2, conforme o caso.

5.2.1 Argamassa industrializada e argamassa dosada em obra, sem utilização de cal virgem
Arquivo de impressão gerado em 10/02/2018 17:31:12 de uso exclusivo de TAIS MARINI BRANDELLI [023.608.270-14]

Proceder do seguinte modo:

 a) pesar a massa de argamassa (2,5 kg) com aproximação de 1,0 g. No caso de argamassas dosadas
em obra, seguir rigorosamente o proporcionamento definido pelo usuário para composição
da massa total (2,5 kg);

 b) pesar a massa de água de acordo com as indicações do fabricante/fornecedor da argamassa,


com aproximação de 1,0 g. Na ausência de informação sobre a quantidade de água para mistura
da argamassa, recomenda-se adotar a quantidade necessária para o índice de consistência
de 260 mm ± 5 mm, conforme ABNT NBR 13276, fazendo constar no relatório que o ensaio será
executado com essa argamassa misturada;

 c) colocar toda a argamassa anidra (2,5 kg) na cuba do misturador;

 d) acionar o misturador na velocidade baixa e adicionar 75 % da água de mistura à argamassa (com
uma proveta ou recipiente similar) nos 10 s iniciais, misturando até completar o tempo de 30 s,
desde o acionamento do misturador;

 e) mudar para velocidade alta e misturar por mais 60 s;

 f) parar o misturador, retirar a pá de mistura e raspar toda a superfície interna e da pá. Efetuar esta
tarefa e recolocar a pá em um intervalo de 90 s (caso essa etapa seja concluída em tempo inferior,
deixar a argamassa em repouso até completar os 90 s);

NOTA A cuba pode ser retirada do misturador para realizar esse procedimento de raspagem.

 g) acionar o misturador na velocidade baixa e adicionar o restante da água (25 %) em 10 s, continu-
ando a mistura até completar 30 s mais o tempo indicado pelo fabricante ou até completar 60 s
na ausência desta informação.

Se indicado pelo fabricante, ao término da mistura 5.2.1-a) a g), deixar a argamassa em maturação
pelo tempo definido, coberta por pano úmido, em seguida ligar o equipamento e misturar por 15 s
na velocidade baixa.

5.2.2 Argamassa à base de cimento e cal virgem

Proceder do mesmo modo descrito em 5.2.1, considerando o manuseio e preparo da cal virgem
de acordo com as especificações por escrito do fabricante/fornecedor.

2 © ABNT 2016 - Todos os direitos reservados